segunda-feira, maio 09, 2016

Manchetes do dia

Segunda-feira 9 / 05 / 2016

O Globo
"Temer ainda não tem equipe para assumir governo"

Só ministros da área econômica e do Palácio devem ser anunciados

Maior dificuldade do vice é atender todas as demandas de partidos aliados e do próprio PMDB numa eventual gestão

A apenas dois dias da decisão do Senado sobre o afastamento da presidente Dilma Rousseff, o vice-presidente Michel Temer enfrenta dificuldades para montar um eventual Ministério e, segundo relatos de aliados, a tendência é que, caso assuma, ele anuncie apenas alguns nomes na economia e no Palácio do Planalto. As demandas dos partidos, inclusive do PMDB, já o fizeram desistir da meta de reduzir o número de ministérios de 32 para cerca de 20. Ele chegou a afirmar, em entrevista, que cortaria apenas três ministérios. Nos últimos dias, porém, uma configuração intermediária, com cerca de 25 pastas, entrou em discussão.       

Folha de S.Paulo
"Andrade Gutierrez pede desculpas por malfeitos"

Segunda maior empreiteira do país elogia Lava Jato e propõe licitações mais éticas

Segunda maior empreiteira do país, a Andrade Gutierrez divulga hoje um “pedido de desculpas ao povo brasileiro” por ilegalidades cometidas em obras públicas investigadas na Lava Jato. A empresa diz que vai reparar os danos e apresenta propostas para tornar licitações e contratos mais éticos. O documento, que traz elogios à Lava Jato, é publicado em forma de anúncios em vários veículos de imprensa, inclusive na Folha. O juiz Sergio Moro homologou o acordo de leniência da Andrade, que abranda punições e permite que a empreiteira firme novos contratos com o poder público. A empresa vai pagar indenização de R$ 1 bilhão, a maior da Lava Jato até aqui. “Reconhecemos que erros graves foram cometidos nos últimos anos e, ao contrário de negá-los, estamos assumindo- os publicamente [...] É preciso [...] atuar firmemente para que não voltem a ocorrer”, afirma o texto. A empreiteira relata que, desde dezembro de 2013, implanta “moderno modelo de compliance [transparência], baseado em um rígido Código de Ética e Conduta”. Em delação de ex-executivos, foi informado que a Andrade pagou propina em grandes obras pelo país, entre outros delitos.        

O Estado de S.Paulo
"‘Esqueletos’ da gestão Dilma podem passar de R$ 250 bi"

Estimativas menos conservadoras, porém, apontam para rombo de até R$ 600 bi

Para ajustar o orçamento público,um eventual governo Temer terá de administrar um déficit que pode chegar a R$ 360 bilhões. Especialistas lembram, porém, de uma outra conta, oculta: a dos “esqueletos” que podem ser herdados da gestão de Dilma Rousseff – gastos ainda não contabilizados. Numa projeção conservadora, a conta pode passar de R$ 250 bilhões. A agência de classificação de risco Moody’s estima, no pior cenário, um rombo de R$ 600 bilhões. As estimativas de gastos extras, feitas por especialistas de diversas áreas a pedido do Estado,incluem eventuais capitalizações que o Tesouro terá de fazer em estatais,negociação de dívidas dos Estados, risco de inadimplência com o Fies e manutenção do Fundo de Amparo ao Trabalhador. O especialista em contas públicas Mansueto Almeida diz que o gasto social, com previdência e pessoal é previsível, não deixou esqueletos. “Mas a política setorial deixou”, afirma.       
           

Nenhum comentário:

 
Free counter and web stats