terça-feira, fevereiro 02, 2016

Manchetes do dia

Terça-feira 2 / 02 / 2016

O Globo
"OMS declara emergência mundial por microcefalia"

‘Estamos em absoluta perplexidade’, admite ministro da Casa Civil após reunião

Alerta, emitido em casos extremos, ajuda a mobilizar recursos para o combate ao vírus

O crescimento do número de casos de microcefalia e sua relação com o vírus zika, especialmente no Brasil, levaram a Organização Mundial de Saúde (OMS) a decretar emergência internacional de saúde pública. O alerta é emitido em casos extremos, como ocorreu com o vírus ebola, e ajuda a mobilizar recursos para o combate à doença. A presidente Dilma fez reunião de emergência para discutir medidas. “Estamos em absoluta perplexidade”, disse o ministro Jaques Wagner após a reunião, admitindo que pode haver redução de visitas de estrangeiros ao Brasil a curto prazo. Foi autorizada a entrada forçada de agentes de saúde em imóveis públicos e privados abandonados.  

Folha de S.Paulo
"Planalto quer unificar regras de aposentadoria"

Plano prevê padronização “gradual” de homens e mulheres e setores urbano e rural

A proposta de reforma da Previdência que o governo federal planeja prevê a unificação, no longo prazo, de todos os regimes de Previdência no país, informam Valdo Cruz e Julianna Sofia. Esse processo, segundo assessores, seria concretizada de forma “lenta e gradual” em 20 ou 30 anos. O objetivo do plano a ser enviado ao Congresso é submeter às mesmas regras os setores público e privado, homens e mulheres e trabalhadores urbanos e rurais. Assessores do governo dizem que a proposta preserva direitos adquiridos e não muda a regra para quem está perto de se aposentar. Um dos efeitos da padronização de regras seria a fixação, na prática, de idade mínima de aposentadoria. Hoje, no caso dos servidores públicos, essa exigência é, em geral, de 55 anos para mulheres e 60 para homens. O governo quer inclusive elevá-la por considerá-la abaixo dos padrões mundiais. A proposta de unificação das regras da Previdência urbana com as da rural deve provocar forte reação de entidades ligadas aos trabalhadores do campo. Em 2015, enquanto a primeira apresentou um superavit de R$ 5,1 bilhões, a segunda registrou um deficit de R$ 91 bilhões.        

O Estado de S.Paulo
"Microcefalia em área com zika é declarada emergência mundial"

Decisão da OMS inclui também doenças neurológicas
Plano é acelerar pesquisas
Recomendações da entidade não restringem viagens ao Brasil

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou microcefalia e doenças neurológicas em áreas com zika vírus como emergência internacional. A entidade vai tentar acelerar pesquisas sobre casos de má-formação de bebês, mas não adotou restrição de viagem a locais afetados, entre eles o Brasil. Uma das preocupações foi evitar a adoção de medidas extremas por outros países, como a de sugerir a cidadãos não comparecer aos Jogos Olímpicos do Rio. A OMS aconselha, porém, que viajantes sejam informados sobre riscos e que governos lancem campanhas de alerta e controle do Aedes aegypti. A entidade busca evitar críticas por não tomar providências, como as que recebeu no surto de ebola. Até hoje, H1N1, pólio e o próprio ebola haviam sido declarados emergência. A presidente Dilma Rousseff gravou pronunciamento para pedir mobilização. O ministro Jaques Wagner admitiu que a decisão pode afetar o turismo no curto prazo.               
           

Nenhum comentário:

 
Free counter and web stats