terça-feira, novembro 03, 2015

Manchetes do dia

Terça-feira 3 / 11 / 2015

O Globo
"Barulho é a queixa que mais ocupa 190 da PM"

Problema é tão grave que será atacado por força-tarefa reunindo polícia, Ministério Público e órgão de fiscalização

O barulho tem dado trabalho à Polícia Militar, que recebeu entre janeiro e maio, 51.405 reclamações no serviço 190, o equivalente a 15% do total, ficando em primeiro lugar no ranking de queixas. O problema é tão grande que o Instituto de Segurança Pública fez um levantamento mostrando que a poluição sonora e a perturbação do sossego ficam à frente até de denúncias mais graves como crimes contra a mulher.    

Folha de S.Paulo
"Russomanno lidera com folga corrida à Prefeitura de SP"

A um ano da eleição, deputado do PRB tem 34 % das intenções de voto e Haddad, 12%, mostra Datafolha

O apresentador de TV e deputado federal Celso Russomanno (PRB) lidera, com 34%, as intenções de voto para a Prefeitura de São Paulo, segundo o Datafolha. Nos dois cenários da pesquisa, Russomanno, terceiro colocado no pleito de 2012, ostenta boa vantagem sobre o segundo pelotão. A ex-petista Marta Suplicy (PMDB) tem 13%, o apresentador José Luiz Datena (PP), 12% ou 13%, e Fernando Haddad (PT), 12%. A gestão do atual prefeito é rejeitada por 49% dos paulistanos. Russomanno lidera entre gêneros, faixas etárias, regiões e níveis de escolaridade. No grupo dos mais ricos, fica atrás de Haddad. O deputado Marco Feliciano (PSC) tem 4%, quando o candidato tucano é o empresário João Dória Jr. (com 3%), e 5%, se é o vereador Andrea Matarazzo (4%). Realizada em 28 e 29 de outubro, a pesquisa ouviu 1.092 pessoas. A margem de erro é de três pontos. 

O Estado de S.Paulo
"Conselho facilita escolha de relator aliado de Cunha"

Decisão de órgão da Câmara amplia chance de sorteio para a relatoria favorecer políticos ligados ao presidente da Casa

Uma decisão do Conselho de Ética ampliou a possibilidade de aliados de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) ocuparem a relatoria do processo por quebra de decoro parlamentar. O procedimento, que será instaurado hoje, poderá levar à cassação do mandato do presidente da Câmara. Cunha é acusado de ter mentido à CPI da Petrobrás ao negar ter contas no exterior. Ontem, o presidente do Conselho de Ética, José Carlos Araújo (PSD-BA), definiu como será a escolha do relator do caso. Havia uma dúvida sobre quais partidos poderiam participar do sorteio. Pelo Código de Ética da Câmara, não podem assumir a relatoria deputados do bloco partidário do acusado. Araújo decidiu que os únicos partidos do bloco de apoio a Cunha são o PMDB e o PEN. Deputados de outros 11 partidos foram liberados para concorrer à vaga de relator. "Vai valer o bloco atual. O inicial acabou, eles desmancharam", disse Araújo. A decisão amplia a probabilidade de aliados de Cunha serem sorteados. 
           

Nenhum comentário:

 
Free counter and web stats