domingo, agosto 23, 2015

Manchetes do dia

Domingo 23 / 08 / 2015

O Globo
"EXCLUSIVO/RIO EM TRANSFORMAÇÃO: Prefeitura muda regras para uso de imóveis"

Objetivo é ocupar áreas abandonadas e facilitar construções

Prédios fechados no Centro e nas zonas Sul e Norte terão IPTU maior

Exigências para novos edifícios residenciais vão ser menores

Casarões tombados poderão virar lojas ou apartamentos

Famílias carentes terão ajuda para o aluguel na região central da cidade

Um pacote de sete projetos de lei enviados pelo prefeito Eduardo Paes à Câmara Municipal, onde de tem apoio da maioria dos vereadores, prevê incentivos fiscais e mudanças nas regras urbanísticas do Rio para ocupar áreas degradadas ou em processo de revitalização. Uma das mudanças é a construção de prédios de até seis andares sem a exigência de elevadores. Entre os pomos polêmicos, está a corança de IPTU progressivo, com alíquota de até 15% do valor venal do imóvel, de construções subutilizadas, revela Selma Schmidt. Para evitar que moradores sejam expulsos de áreas que são foco de especulação, grandes empreendimentos serão obrigados a construir casas populares na mesma região.

Folha de S.Paulo
"Saída da presidente traria instabilidade, diz Setúbal"

Para o presidente do Itaú-Unibanco, não há motivo para tirar Dilma do cargo

Uma das vozes mais influentes do empresariado brasileiro, o presidente do Itaú-Unibanco, Roberto Setubal, afirma, em entrevista a David Friedlander, que a saída da presidente Dilma traria instabilidade ao país.

Para o banqueiro, as "graves" manobras fiscais, questionadas pelo TCU, não são motivos para um processo de impeachment. Ele diz não ter visto indícios de envolvimento da petista com esquemas de corrupção.

Setúbal reclama da "grande discussão sobre poder e da pouca discussão sobre o país". Na semana passada, entidades econômicas, como a Confederação Nacional da Indústria, fizeram defesas públicas da estabilidade.

O presidente do maior banco privado do Brasil também defende mudanças profundas para a economia voltar a crescer, como a redução do número de partidos políticos e a reforma trabalhista.

O Estado de S.Paulo
"EUA colhem provas da Lava Jato em ação contra Petrobrás"

EXCLUSIVO: Documentos vão sustentar caso na Suprema Corte de NY; Gabrielli e Graça Foster devem ser citados

Investigadores dos EUA recolheram durante a semana, no Brasil, cópias de documentos da Lava Jato para sustentar ação coletiva milionária, ou class action, em curso na Suprema Corte de Nova York. O grupo reclama perdas milionárias causadas pelo esquema de corrupção na Petrobrás após compra de ações da estatal que sofreram baixas na Bolsa de Valores de Nova York, informam Julia Affonso e Ricardo Brandt. Os ex-presidentes da estatal José Sérgio Gabrielli e Graça Foster devem ser citados. Por negociar papéis, a empresa é obrigada a comunicar fatos relevantes que possam influenciar decisão de investidores. Para eles, a estatal não comunicou apropriadamente ao mercado o esquema de corrupção. A Petrobrás informou que não se manifestaria.

Nenhum comentário:

 
Free counter and web stats