sábado, agosto 15, 2015

Manchetes do dia

Sábado 15 / 08 / 2015

O Globo
"Governo bloqueia novos empréstimos para estados’"

Governadores e prefeitos contavam com recursos externos para investir

Tesouro suspende aval para financiamento de administrações estaduais e municipais

Apesar da pressão de governadores e prefeitos, o governo federal decidiu suspender o aval a pedidos de empréstimo de estados e municípios a organismos internacionais. O Tesouro determinou à Comissão de Financiamentos Externos a retirada de pauta de todas as solicitações. Em reunião 15 dias atrás, governadores cobraram da presidente Dilma Rousseff mais rapidez na liberação desses empréstimos, que serviriam para investimentos em infraestrutura e logística. Segundo o Tesouro, essas operações de crédito somaram R$ 44 bilhões entre 2011 e 2014 e “cresceram fortemente nos últimos anos”. 

Folha de S.Paulo
"Chacina mata 18 em SP; governo suspeita de PMs"

Ataques ocorreram em 9 locais de Osasco e Barueri, em menos de três horas

O governo Geraldo Alckmin (PSDB) suspeita que PMS estejam ligados a ataques que deixaram 18 mortos na noite de quinta (1 3), a mais violenta do ano na Grande SP. As mortes, 15 em Osasco e três em Barueri, aconteceram em menos de três horas, em nove locais. (...) Nas cinco principais chacinas na capital paulista desde 2013, nas quais morreram 42 pessoas, há suspeita de participação policial. Segundo a polícia, 12 dos18 mortos anteontem não tinham antecedente criminal. A Corregedoria da PM investiga o caso.

O Estado de S.Paulo
"Maior chacina de SP tem 18 mortos; PMs são suspeitos"

Vingança pelo assassinato de cabo que patrulhava área dos ataques, em Osasco e Barueri, é principal hipótese

A morte de um policial militar num posto de gasolina há oito dias pode ter sido a razão da onda de ataques na noite de anteontem em Osasco e Barueri que acabou com 18 mortos e 6 feridos e levou pânico a moradores da região.(...) O governador Geraldo Alckmin classificou a série de execuções como "gravíssima" e prometeu esclarecer e identificar os assassinos. "A prisão deles é o mais importante", disse.

Nenhum comentário:

 
Free counter and web stats