sábado, abril 04, 2015

Manchetes do dia

Sábado 4 / 04 / 2015

O Globo
"Esquema desviou R$ 89 milhões de estrada"

Irregularidade envolve empresas já investigadas

Auditoria da CGU constatou superfaturamento e 'erros grosseiros de projeto’

Além do desvio de verbas em contratos da Petrobras, empreiteiras investigadas na Operação Lava-Jato causaram prejuízos de pelo menos R$ 89,6 milhões em obras de responsabilidade do Ministério dos Transportes, concluiu auditoria da Controladoria-Geral da União (CGU). O total de irregularidades poderia ter chegado a R$ 154 milhões, más os órgãos de controle agiram a tempo de evitar um rombo maior, informam André de Souza e Danilo Fariello. O prejuízo se concentrou num lote da BR-101, na Região Nordeste, tocado por consórcio integrado por Queiroz Galvão, Odebrecht e Andrade Gutierrez, e se deveu, entre outros problemas, a superfaturamento. A auditoria flagrou ainda "erros grosseiros de projeto" e "falta de qualidade dos serviços entregues".

Folha de S.Paulo
"Magistrados se articulam para reduzir poder do CNJ"

Proposta em debate no STF ameaça enfraquecer controle do Judiciário

Magistrados tentam mudar o regimento de tribunais ameaça o poder do CNJ (Conselho Nacional de Justiça, órgão de controle do Judiciário), dizem ministros e conselheiros. O presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, encaminhou o texto a colegas antes de enviá-lo ao Congresso.

O projeto impede ações do CNJ contra o nepotismo, por exemplo. Conselheiros relatam pressão de magistrados estaduais por mais poder.

“O Supremo não pode subscrever qualquer proposta para enfraquecer o CNJ”, criticou o ministro Gilmar Mendes. Para Joaquim Falcão, ex-conselheiro, há “uma tentativa de colocar os interesses da corporação de magistrados contra os interesses da sociedade”.

Já o representante do Senado no CNJ, conselheiro Fabiano Silveira, aplaude a iniciativa de Lewandowski. “Trata-se de uma primeira versão”, diz

Twitter  

Nenhum comentário:

 
Free counter and web stats