terça-feira, abril 14, 2015

Manchetes do dia

Terça-feira, 14 / 04 / 2015

O Globo
"Políticos investigados faziam romaria à Petrobras"

Foram 202 visitas de 26 suspeitos à estatal entre 2004 e 2014

O ex-diretor de Abastecimento Paulo Roberto Costa recebeu 17 políticos, em 82 encontros

De 48 políticos investigados pelo Supremo Tribunal Federal a pedido da Lava-Jato, 26 frequentaram a Petrobras de 2004 a 2014, num total de 202 visitas. Até 2012, quando era diretor de Abastecimento, o agora delator Paulo Roberto Costa foi o que mais recebeu os políticos: 17 deles, em 82 encontros na estatal, relata EDUARDO BRESCIANI, que fez a apuração via Lei de Acesso à Informação. O deputado Aníbal Gomes (PMDB-CE) foi quem mais esteve com Costa na Petrobras — 30 vezes. O ex-deputado Pedro Corrêa, condenado pelo mensalão do PT e agora preso na Lava-Jato, foi transferido do Recife para Curitiba.

Folha de S.Paulo
"CGU esperou eleição de Dilma para abrir processo, diz delator"

Ex-executivo de firma holandesa relata entrega em agosto de dossiê sobre corrupção na Petrobras; órgão nega irregularidade

A Controladoria-Geral da União recebeu durante a eleição de 2014 provas sobre corrupção entre a Petrobras e a SBM, relatou Jonathan Taylor ex-executivo da empresa holandesa e delator do caso, a Leandro Colon. O órgão do governo só abriu processo contra a firma estrangeira em novembro, após a vitória de Dilma (PT). Delator na Holanda, Taylor afirma ter entregado, em 27 de agosto, dossiê incluindo contratos com o lobista Julio Faerman, elo da propina entre SBM e Petrobras. O órgão só divulgou o processo em 12 de novembro. Para ele, o atraso da CGU foi deliberado a fim de evitar danos à campanha de reeleição da presidente petista. A firma pagará US$ 240 milhões à Holanda para evitar punição naquele país. No Brasil, negocia com a CGU para auxiliar investigações. O órgão nega irregularidade e diz que abriu o processo em novembro porque foi quando encontrou “indícios mínimos” do caso.

Twitter  

Nenhum comentário:

 
Free counter and web stats