sexta-feira, março 27, 2015

Manchetes do dia

Sexta-feira 27 / 03 / 2015

O Globo
"PF desvenda fraude fiscal de R$ 19 bi"

Empresa de Jorge Gerdau, Banco Safra e ex-secretário da Receita são investigados

Companhias pagavam propina a conselheiros de órgão do Ministério da Fazenda que julga recursos contra multas

A PF iniciou a operação Zelotes para desarticular uma organização suspeita de fraudar decisões em órgão da Fazenda que julga recursos a multas aplicadas pela Receita Federal. Os desvios podem chegar a R$ 19 bilhões. Os envolvidos pagavam propina para que as multas fossem reduzidas ou eliminadas. Entre os investigados estão uma das empresas de Jorge Gerdau, o Banco Safra e o ex-secretário da Receita Otacílio Cartaxo, além de Francisco Maurício Rebelo de Albuquerque Silva, pai do deputado Eduardo da Fonte (PP -PE), líder do PP , investigado pela Lava-Jato.

Folha de S.Paulo
"PMDB quer fixar prazo para Dilma indicar ministro do STF"

Propostas passam ao Congresso prerrogativas presidenciais como a nomeação de chefes de agências

Principal aliado de Dilma, o PMDB apoia proposta de emenda à Constituição com prazo para o presidente indicar ministros do STF. Se não o fizer, a prerrogativa passa ao Senado, informam V era Magalhães e Paulo Gama. Indicações a cargos no Judiciário, no Ministério Público e em agências reguladoras são direitos presidenciais. A nova demonstração de força tem a simpatia de senadores e de Eduardo Cunha, presidente da Câmara. Peemedebistas encapam emenda de Blairo Maggi (PR-MT) que dá 90 dias para nomeações ao STF. O líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira, vai propor o mesmo prazo para novos diretores de órgãos regulatórios. Para o vice-presidente Michel Temer (PMDB), a pretensão do Congresso pode ferir a independência dos Poderes. Os apoiadores discordam e argumentam que Dilma é quem interfere no Judiciário ao deixar “um vácuo”. A cadeira de Joaquim Barbosa está vaga há oito meses. O limite de tempo agrada a ministros do Supremo, como Marco Aurélio Mello e Gilmar Mendes, que cita a participação do Judiciário alemão em nomeações.

Twitter  

Nenhum comentário:

 
Free counter and web stats