segunda-feira, março 02, 2015

Manchetes do dia

Segunda-feira 2 / 03 / 2015

O Globo
"Petistas no Congresso rejeitam ajuste fiscal"

De 59 parlamentares ouvidos, 40 são contra as medidas de Dilma

Vinte deputados e senadores estão dispostos a desobedecer à orientação do Planalto na votação de medidas que necessitam de aval do Congresso

Levantamento feito pelo GLOBO entre parlamentares do PT revela que a grande maioria deles é contra o ajuste fiscal do governo Dilma Rousseff, o que pode dificultar a aprovação das medidas que precisam de aval do Congresso. De 59 deputados e senadores ouvidos (do total de 79), 40 disseram não concordar com as propostas, sendo que 20 deles estão dispostos a desobedecer à orientação do Planalto. Outros dez disseram que só votarão a favor caso os projetos sofram alterações. O PMDB cobra o apoio dos petistas ao ajuste, para não ter de carregar sozinho o ônus de defender medidas impopulares.

Folha de S.Paulo
"CPI da Petrobras deverá investigar só gestão do PT"

PMDB quer enfraquecer planos de incluir período FHC nos trabalhos da comissão

Uma operação articulada nos bastidores entre o PMDB na Câmara dos Deputados e o presidente da CPI da Petrobras, Hugo Motta (PMDB-PB), quer isolar o PT na nova comissão. O principal objetivo é limitar os trabalhos de investigação aos governos Lula e Dilma (2005-2015), como quer a oposição. A estratégia é desidratar os planos do relator Luiz Sérgio (PT-RJ ) de investigar desvios desde o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB). O relator se baseia no depoimento do ex-gerente da estatal Pedro Barusco à PF, em que diz ter começado a receber propina entre 1997 e 1998. Peemedebistas firmaram um cronograma para a CPI, onde também ficou decidido que será criada uma sub-relatoria para recuperar ativos da Petrobras no exterior. Segundo a Folha apurou, Motta irá propor a criação de quatro sub-relatorias no total — uma delas terá o auxílio de consultoria privada. A alegação de parlamentares ouvidos pela reportagem é que investigações da estatal sob a gestão tucana fogem do escopo da CPI. J unto com a oposição, os peemedebistas prometem convocar todos os ex-diretores da empresa que foram indicados pelo PT desde o início do governo Lula.

Twitter  

Nenhum comentário:

 
Free counter and web stats