quinta-feira, março 12, 2015

Manchetes do dia

Quinta-feira 12 / 03 / 2015

O Globo
"SwissLeaks - Lista de contas secretas tem acusados de fraudes"

Entre os 8.687 brasileiros correntistas do HSBC há envolvidos nos escândalos da Lava-Jato, Alstom e máfia da Previdência

Alista de brasileiros que mantiveram contas secretas na Suíça inclui personagens envolvidos em ao menos dez escândalos recentes de corrupção no Brasil, como a Operação Lava-Jato e o caso Alstom, sobre a suspeita de propina na obra do metrô de São Paulo. Eles estão entre os 8.687 brasileiros que constam da relação de correntistas do HSBC em Genebra, entre 2006 e 2007, vazada por um ex-funcionário, revelam Chico Otavio, Ruben Berta e Cristina Tardáguila. O caso, conhecido como SwissLeaks, é tema de uma série de reportagens que O GLOBO começa a publicar hoje em parceria com o portal UOL. Também fazem parte da lista, investigada pela Polícia Federal, personagens-chave da máfia da Previdência, que desviou US$ 310 milhões em indenizações trabalhistas. As pessoas localizadas negaram ter conta na Suíça. 

Folha de S.Paulo
"Governo limitará nova concessão de crédito estudantil"

Alvo de críticas de alunos e faculdades, financiamento federal mostrará quantidade de vagas para cada escola

O governo federal decidiu reformular o Fies, maior programa de financiamento estudantil do país, que tem sido alvo de críticas de faculdades privadas e alunos. Haverá um sistema unificado on-line que mostrará o número máximo de financiamentos para cada curso de cada instituição. Hoje essas informações não são públicas. A medida deve vigorar no segundo semestre. O Ministério da Educação definiu que a oferta de vagas considerará, primeiro, a verba disponível para os créditos. Em seguida, adotará critérios de qualidade (a nota do curso) e proporcionalidade (interesse pelo curso). O Fies foi reformulado em 2010, com juros menores. Os beneficiados passaram de 76 mil em 2010 para 1, 9 milhão em 2014 e o custo, de R$ 1 bilhão para R$ 14 bilhões. Só que, em crise orçamentária, o governo endureceu regras para conceder o crédito e conter gastos. Assim, estudantes não têm conseguido se inscrever ou renovar o Fies. A criação de um teto para o reajuste de mensalidades, por exemplo, tem dificultado as matrículas. O aluno que adere ao Fies tem a mensalidade paga pela União, restituindo o valor após se formar.

Twitter  

Nenhum comentário:

 
Free counter and web stats