sábado, janeiro 26, 2008


Espaço do leitor

A irresponsabilidade continua 2 (continuação...)

Apesar do que já foi exaustivamente exposto na mídia sobre a ilegalidade da concessão de bens públicos para proveito de particulares, como é o caso do estacionamento rotativo Zona Azul, da praia do Tenório, já mencionado em matéria anterior (“A irresponsabilidade continua...”).

Agora o próprio jornal oficial da Prefeitura Municipal de Ubatuba, “A Cidade”, em seu número de 26 de janeiro de 2008, à página 02, divulga a matéria sobre “Guardadores de carros estão fazendo mal uso de licença”. Apesar disso, o Secretário de segurança continua a doar o uso para terceiros sem respaldo legal.

A atitude do prefeito e de seu secretário de segurança é de continuar ostensivamente a desrespeitar a legislação, em expressa falta de respeito aos cidadãos, dispondo de um bem público (estacionamento público Zona Azul) como se fosse de sua propriedade.

Não resta, pois, alternativa, até que chegue a outubro de 2008, a se recorrer à via judicial, para que, na Justiça, o prefeito e seu secretário de segurança, respeitem a Lei, já que não respeitam à população, eleitores, a quem têm que prestar contas.


Elias Guerra

Helicóptero desaparecido. Sem novidades


O helicóptero desaparecido é semelhante ao da foto, modelo EC 120 Colibri

Buscas a helicóptero do dono da Avibras são interrompidas

FAB tentou retomar trabalhos nesta manhã; mau tempo e a baixa visibilidade no litoral norte de SP atrapalham

UBATUBA - A retomada das buscas ao helicóptero do dono da indústria bélica Avibrás, João Verdi de Carvalho Leite, foi interrompida na manhã deste sábado, 26. Às 8h30, a Força Aérea Brasileira (FAB) afirmou que iria retomar os trabalhos, mas o mau tempo e a baixa visibilidade no litoral norte de São Paulo atrapalharam os trabalhos da FAB e da Polícia Militar. O empresário pilotava o helicóptero e estava acompanhado de sua mulher, Sônia Regina Brasil Leite, quando a aeronave desapareceu, na quarta-feira, 23.
As operações já tinham sido interrompidas na noite de sexta, e só deveriam ser encerradas depois do pôr-do-sol. O helicóptero desapareceu entre Ubatuba e Caraguatatuba e, segundo o capitão da PM Paulo Ribeiro, as buscas estão sendo feitas com base em informações passadas pelo morador Eraldo Santos, até agora a única pessoa que disse ter visto o helicóptero momentos antes da queda.
"Todos os lugares possíveis já vasculhamos na sexta-feira, com base nos relatos do morador", explicou o capitão. Por esse motivo, não foram feitas buscas por via terrestre neste sábado. As buscas aéreas, segundo ele, também não foram possíveis devido ao mau tempo.

Leia mais

Cadê Ubatuba?




Geografia ou Atrofia?

Prezados amigos Ubatubenses,

Para minha surpresa, anteontem em viagem de negócios ao sul do país, fui surpreendido em pleno vôo por meu companheiro de viagem, que comprara um exemplar do Jornal o Estado de São Paulo com a seguinte pergunta:
-Ubatuba não fazia parte do Litoral Norte???
Óbviamente como pude perceber logo em seguida, ele estava brincando. Mas qual não foi minha surpresa no momento que ele me entregou o encarte de turismo do Jornal cuja capa e contracapa interna aqui em anexo estão?
Lá estava escrito:
Litoral Norte - 3 cidades, um só destino: Ilhabela, São Sebastião e Caraguatatuba.
Óbviamente, não foi um erro de geografia.
E Ubatuba...????
É senso comum entre qualquer ser que mínimamente entende e estuda turismo como negócio e ciência que devemos tratar os destinos como um todo e não fragmentá-los.
O litoral Norte é um exemplo. Cada cidade tem suas peculiaridades e a venda de um destino que as some é muito mais poderosa, proveitosa e apetitosa ao consumidor, do que um única cidade. Da mesma forma se economiza em propaganda e se evita concorrencia entre as cidades.
Cada uma tem sua vocação. Pra que queda de braço, não é mesmo?

Bem, fica aqui a pergunta se alguém puder responder: Porque Ubatuba está de fora? Esta propaganda me parece uma positiva movimentação dos municípios vizinhos no sentido de unificar o destino turístico e vendê-lo como um todo.
O Jornal o Estado de São Paulo ainda é em tempos de internet uma das mais poderosas ferramentas de mídia deste país e efetivamente dá retorno em termos de propaganda.
Fico então me perguntando se é uma questão de geografia ou de atrofia...
Terá o Litoral Norte encolhido de tamanho?

Hugo Gallo

TV Víbora: Clássicos

Astrud Gilberto - Agua De Beber (1965)


Eleições 2010

Café sem leite na sucessão

Ruy Fabiano no Blog do Noblat
A receita dos tucanos paulistas para as eleições de 2010 está pronta – e é engenhosa. Consiste em apoiar este ano a reeleição de Gilberto Kassab para a prefeitura de São Paulo, garantindo os votos do DEM para a dobradinha Geraldo Alckmin (governo) e José Serra (Presidência da República) dois anos depois.
Fernando Henrique Cardoso já a chancelou, em recente entrevista ao Estado de S. Paulo, e as conseqüências não tardaram. O governador de Minas, Aécio Neves, presidenciável como Serra e olimpicamente caroneado pela estratégia, passou a sustentar a necessidade de aliança dos tucanos com o PT.
Lula deve estar dando boas gargalhadas. Nada melhor que um adversário dividido por lutas internas, que chega previamente enfraquecido para a disputa. Não há, porém, novidades em nada disso. Claro sempre esteve que, em algum momento, as duas lideranças tucanas entrariam em rota de colisão.
A entrevista de FHC rompeu uma espécie de trégua, que deveria viger até o ano que vem, resistindo às eleições municipais. Mas não resistiu. Minas e São Paulo representam os dois principais colégios eleitorais do país e protagonizam histórica rivalidade política.
Foi o rompimento da aliança São Paulo-Minas, na sucessão de Washington Luiz, nas eleições de 1929, que deu ensejo à Revolução de 1930. A política do café com leite, em que paulistas e mineiros sucediam-se na Presidência da República, buscava acomodar as ambições dos dois principais estados brasileiros.
Rompida, pela recusa paulista em ceder a vez a Minas, somente a partir de 1955 aqueles estados voltariam ao poder - primeiro, com a eleição de Juscelino Kubitschek; depois com a de Jânio Quadros (1960). JK governou até o fim, não obstante ter enfrentado logo no início duas tentativas de golpe militar. Jânio renunciou seis meses após a posse, episódio nebuloso que o general Golbery do Couto e Silva, colaborador secundário de seu governo, atribuiu a um porre mal curado (“esqueceram de trancá-lo no banheiro”).

Leia mais

Usina Nuclear

Informes sobre Angra 3

Caros companheiros das diversas redes,
Ontem, dia 25 de janeiro, a convite do Sr Leonam Guimarães, assistente do Diretor Presidente da Eletronuclear, estive reunido com o Secretário interino do meio ambiente de Ubatuba Sr Farid Nassar e outros assessores da Eletronuclear, na SMMA recebendo informes e sugerindo estratégias para a realização de uma Reunião Pública em Ubatuba e sobre as Audiências Públicas que serão realizadas em Março deste ano, por determinação judicial.
Em Ubatuba, a Reunião Pública poderá se tornar uma Audiência Pública, conforme solicitou o CONSEMA-SP ao IBAMA, caso este órgão assim determine, mas sem antes haver um questionamento jurídico da Eletronuclear que argumenta que não estava previsto no Termo de Referência do IBAMA esta audiência, segundo o Sr Leonam.
Informações sobre as novas AP e onde acessar o Eia Rima (disponível no sítio da Internet):
http://www.eletronuclear.gov.br/noticias/integra.php?id_noticia=542
Audiências Públicas em Paraty, Angra dos Reis e Rio Claro serão precedidas de reuniões nestas cidades.
Esta é uma vitória política e jurídica, cabe a nós, agora fazermos a mobilização da sociedade e de técnicos para que nossos questionamentos sejam relevantes e consigamos reverter este quadro absurdo de se construir uma Usina Nuclear em uma região frágil, sensível e que será inundada em um curto espaço de tempo com a elevação do nível do mar, fruto do aquecimento global, entre vários outros argumentos ambientais.
Aqui em Ubatuba, a Câmara de Vereadores, Prefeito e Secretários realizarão uma visita à Eletronuclear e depois organizarão um Fórum de debates e esclarecimentos à população de Ubatuba.
O Sr Leonam relatou que reconhece a desinformação da população local, quando logo na chegada dele ao Fórum da cidade foi questionado por um funcionário sobre o medo das consequencias de um acidente com a Usina Núclear de Angra.
Nós, da sociedade civil de Ubatuba e região poderemos discutir nossos posicionamentos neste fórum e em uma reunião pública (ou AP) no final de fevereiro, antes das AP de Paraty, Angra dos Reis e Rio Claro. Será disponibilizado transporte gratuito para os munícipes de Ubatuba que quiserem participar da AP de Paraty-RJ.
Para quem quiser, estou com uma cópia digital do EIA RIMA e existem cópias também na SMMA e na Câmara de Vereadores.
Por enquanto é o que tenho a informar.
Agora é importante nossa mobilização em torno deste tema, senão será mais um atropelo governamental em nome do PAC!


Abraços.

Beto Francine

Nunca se fez tanto...

Para refletir

Na minha infância a frase estava sempre presente quando um adulto dava uma ordem fora do contexto: "faça o que eu digo mas não faça o que eu faço".
Dê uma olhada no link vejasãojosé e confira se não cabe direitinho. (Sidney Borges)

Para refletir

O poder da cidade

Marco Aurélio Nogueira
Nada mais adequado para um ano eleitoral, quando os governos das cidades serão renovados em todo o País, do que refletir sobre as funções do poder político. Afinal, o que pretendem fazer com ele os milhares de candidatos que em breve estarão disputando os Executivos e Legislativos municipais? O que esperam deles os cidadãos que, direta ou indiretamente, em maior ou menor grau, sofrem ou se beneficiam com as decisões que passarão a ser tomadas após a posse dos eleitos? E como se dão, ou não se dão, o vínculo e o relacionamento entre estes dois pólos básicos da política, os governados e os governantes?

O poder político costuma ser visto como dotado de valor em si, isto é, como uma posição a partir da qual seu ocupante pode tudo, ou quase. Na tradução nacional, isso também significa, muitas vezes, estar acima da lei e ser indiferente às expectativas sociais. Ou seja, um político é tratado, em geral, como alguém que trabalha intensamente por seus próprios interesses, quando muito misturando-os com os interesses de alguns grupos, partidos ou regiões. Dificilmente se imagina que um político possa ser um recurso social fundamental, um articulador da sociedade, um personagem sem o qual a força se converte na principal ferramenta de resolução de conflitos e problemas.
Isso acontece por inúmeros motivos. Entre políticos e cidadãos existe uma espécie de abismo ético que dificulta que os segundos aceitem as razões usadas pelos primeiros para justificar muitas de suas condutas. Ajudam a aprofundar este abismo, além do mais, a má formação política das pessoas, a indiferença cívica dos cidadãos, a mediocridade ética de tantos políticos, a impotência programática dos partidos e, mais recentemente, a postura abertamente mercantil que passou a prevalecer na vida em geral. No mundo de hoje, a maioria das decisões e atitudes cotidianas está focada no custo e numa espécie de prazer de curto prazo, importando pouco o sentido, o significado substantivo e o valor futuro dos bens. As eleições também se converteram em atos de compra e venda de votos. E os candidatos, animados por este mercado, agem de acordo com suas regras, esvaziando de sentido as mensagens com que buscam o apoio dos eleitores. Desapareceram assim os programas e os projetos de vida coletiva.
Leia mais

Manchetes do dia

Sábado, 26 / 01 / 2008

Folha de São Paulo
"Desmatadores desafiam governo"
Um dia depois de o governo federal anunciar a suspensão de licença de desmate em 36 municípios que concentram 50% do desmatamento na Amazônia, os tratores de esteira não interromperam o trabalho de abrir caminho para a agricultura e a pecuária em áreas nativas de Alta Floresta e Paranaíta, no extremo norte de Mato Grosso (830 km de Cuiabá). Os municípios constam da lista de maiores devastações divulgada anteontem.
A reportagem da Folha sobrevoou por uma hora, em uma avião monomotor, trechos de floresta dos dois municípios. Próximo a Paranaíta, um trator e um caminhão, com cerca de quatro pessoas, derrubavam as árvores. O sobrevôo foi feito nas mais recentes derrubadas na região, ocorridas entre os meses de novembro e dezembro. O roteiro foi traçado com base nas coordenadas obtidas pelo sistema Deter (Detecção do Desmatamento em Tempo Real), do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais).
Além de confirmar a precisão do levantamento feito por satélite -ainda não haviam sido retirados ou queimados os restos florestais-, a reportagem constatou que o ritmo da devastação não parece ter sido alterado pelo anúncio das recentes medidas de controle. E que, ao menos naquela região, as medidas adotadas podem ter chegado tarde demais.


O Globo
"Delúbio: toda cúpula do PT sabia de caixa 2 em 2002"
No depoimento prestado anteontem à Justiça Federal, o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares decidiu dividir com a cúpula do partido a responsabilidade pelo escândalo de financiamento da campanha em 2002. Delúbio disse que toda a executiva nacional do partido sabia da existência de uma dívida não contabilizada de R$ 26 milhões, e que ele foi incumbido pela direção de "encontrar uma solução para o problema". Segundo ele, a cúpula do PT rejeitou a possibilidade de recolher o dinheiro pelas vias legais. A saída encontrada por Delúbio foi recorrer ao publicitário Marcos Valério. Entre os novos implicados, citados nominalmente por Delúbio, estão a ministra Marta Suplicy (ex-vice-presidente do PT), o senador Aloízio Mercadante (ex-líder) e o deputado Jorge Bittar (ex-secretário-geral), além do deputado José Genoíno, ex-presidente do partido e réu no inquérito do mensalão. Em nota, o PT afirmou que não comentará depoimentos individuais.


O Estado de São Paulo
"Crédito oficial facilitou o desmatamento"
Um estudo sobre o avanço da agropecuária na Amazônia indica que crédito oficial a juros subsidiados contribuiu para o recente aumento do desmatamento. O levantamento é do pesquisador Paulo Barreto, do Instituto do Homem e do Meio Ambiente da Amazônia (Imazon). Ele aponta como instrumentos de crédito fácil programas como o Pronaf, de fortalecimento da agricultura familiar, cuja participação no Fundo Constitucional do Norte Especial passou de 38% para 66%, desde 2003. Outro estudo do Imazon mostrou que a taxa de desmatamento em 343 assentamentos amazônicos foi quatro vezes maior do que fora deles. O último censo agropecuário do IBGE aponta que a área para lavouras cresceu 275% nos últimos 11 anos, na região Norte. Segundo levantamento da organização Amigos da Terra, de 2004 para 2007 o número de abates bovinos na Amazônia Legal aumentou 46% - o que dá idéia da quantidade de mata que cedeu lugar a pastos. Em 2004, o Pará aumentou sua exportação direta de carne bovina em 7.800%; Rondônia, em 1.350%.


Jornal do Brasil
"OAB vai ao Supremo conta quebra de sigilo"
A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) protocolou no Supremo Tribunal Federal uma ação direta de inconstitucionalidade contra o repasse dos dados bancários do contribuinte à Receita Federal. O novo instrumento de fiscalização foi adotado depois da derrubada da CPMF pelo Senado. Na ação, a OAB pede a extinção do artigo 5º da lei que originou o decerto editado pelo governo. A entidade argumenta que o artigo choca-se com a Constituição. Uma vez derrubado, o decerto perde a validade. E os bancos não estarão mais obrigados a enviar para a Receita os dados de todas as pessoas físicas que movimentam mais de R$ 5 mil por semestre em conta corrente ou poupança.

sexta-feira, janeiro 25, 2008

Mala preta

Venezuelano assume culpa em escândalo da mala na Argentina

Anteriormente, Moisés Maionica havia alegado inocência perante autoridades americanas. Caso gerou tensão diplomática entre Argentina, Venezuela e EUA

Da Reuters
Um venezuelano declarou-se culpado nesta sexta-feira (25) de ter agido como um agente estrangeiro clandestino em operação para tentar entrar na Argentina com uma mala com 800 mil dólares para financiar a campanha política do partido do governo.
Moisés Maionica, que mora em Miami, foi acusado em dezembro com outras quatro pessoas implicadas no caso, que deflagrou acusações de corrupção na Argentina e tensões diplomáticas entre Washington, Caracas e Buenos Aires.
Autoridades norte-americanas disseram que os cinco homens representavam o governo do presidente venezuelano Hugo Chávez, um crítico ferrenho dos Estados Unidos, e destacaram perante a Justiça que um deles havia informado que o dinheiro seria para a campanha de Cristina Fernández de Kirchner, a ex-primeira-dama que venceu as eleições presidenciais da Argentina em outubro.

Leia mais

Mundo

Fotos da Amazônia revelam 'mentira' de governo, diz 'The Guardian'

Repórter afirma ter encontrados sinais de desmatamento em setembro

As fotos aéreas da Amazônia revelaram a "mentira da recente 'grande conquista' brasileira em conter desmatamento da Amazônia", diz uma reportagem publicada nesta sexta-feira pelo jornal britânico The Guardian.
A destruição da floresta era "um desastre ecológico que, aparentemente, havia sido evitado", afirma o jornal, citando o anúncio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em agosto passado de que o desmatamento estava controlado.
"Ontem, no entanto, a boa notícia veio por água abaixo quando ministros admitiram que depois de três anos de queda o desmatamento está em alta de novo."
Segundo o Guardian, a destruição da floresta vem sendo causada por uma combinação da ação de madeireiras, fazendeiros e criadores de gado nos últimos 40 anos. A reportagem cita ambientalistas, que afirmam que 20% da floresta já foi destruída e que outros 40% poderão ser perdidos até 2050, caso a tendência não seja revertida.

Leia mais

Adoção de Filhotes



Adote um mascote, dá sorte

Nesta sexta, feira, 25, a partir das 17 horas, haverá uma Feira de Adoção de Filhotes ao lado da Feira Hippie e de Produtos Afins, na Avenida Iperoig. Os interessados poderão adotar filhotes de cães ou gatos, já vermifugados. Quem adotar um filhote, terá direito a castrá-lo gratuitamente na idade certa. (PMU)

Recordar é viver

Propaganda subliminar
Candidatos a prefeitura são condenados a pagar multa

Josélio Roza Machado e Marcelo Olegário Soares, candidatos a prefeito e vice-prefeito do município de Medina, em Minas Gerais, foram condenados a pagar multa de R$ 21.282 por fazer propaganda política antecipada. A sentença é do juiz Fausto Geraldo Ferreira Filho, da Comarca de Medina. Cabe recurso.
A representação foi feita pelo Ministério Público Estadual. A promotora da justiça eleitoral Cynthia Maria dos Santos Silva assinou o pedido.
O Ministério Público teve conhecimento de que, em 15 de maio deste ano, os candidatos iniciaram a veiculação de um adesivo com o slogan "Sozinho já era forte. E agora juntos?", durante uma carreata promovida para recepcionar um deputado estadual. O período permitido para o início da propaganda política começou em 6 de julho.

Leia mais

Nota do Editor - Em Ubatuba isso jamais aconteceria pois o Ministério Público está atento ao que se passa e nossos políticos são sérios e competentes e não gastariam dinheiro em propaganda antecipada. (Sidney Borges)

Acidente?

FAB retoma buscas por helicóptero; Marinha apóia ação

da Folha Online da Agência Folha, em São José dos Campos
Foram retomadas na manhã desta sexta-feira as buscas pelo helicóptero que desapareceu na madrugada de ontem (24) depois de decolar de Angra dos Reis (litoral sul do RJ) com destino a São José dos Campos (91 km de São Paulo), no Vale do Paraíba. Na aeronave viajavam o empresário João Verdi de Carvalho Leite, presidente da fabricante de material bélico Avibrás, e a mulher dele, Sônia.
De acordo com a Aeronáutica, o avião e o helicóptero que realizam as buscas decolaram às 8h desta sexta, em São José dos Campos. O helicóptero sobrevoará Caraguatatuba, no litoral de São Paulo, enquanto o avião percorrerá seis rotas possíveis e de uso habitual da aeronave desaparecida. Hoje, as operações contam também com o apoio da Marinha.
Leite e a mulher viajavam em um helicóptero modelo EC 120 Colibri, prefixo PPM-JV, que tem capacidade para cinco pessoas (quatro passageiros mais o piloto). O próprio empresário pilotava o helicóptero. Segundo o site da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), o aparelho estava em condições de voar.

Leia mais

Brasil

A distribuição do pão

A reunião ministerial de anteontem, a 16ª da era Lula, ficará na memória da opinião pública por mais de um motivo, além da alusão sem pé nem cabeça do presidente à Santa Ceia. Textualmente: "Muitas vezes nós ficamos cinco anos juntos, sentamos a esta mesa aqui e parece a Santa Ceia: todo mundo amigo (nem todo mundo, como se sabe). Mas depois passamos um ano sem conversar entre nós." Em primeiro lugar, serviu de pano de fundo para um retrato irretocável do que é este governo - traçado involuntariamente pelo próprio Lula a certa altura do evento que se arrastou por cinco horas e meia, incluída a pausa para a distribuição de sanduíches de presunto (um alimento inconcebível na refeição com que Jesus e os seus 12 apóstolos celebravam o Pessach, a páscoa judaica). Insistindo na crítica à sintomática falta de entrosamento entre os seus 37 ministros e secretários com status ministerial - o que motivou a disparatada analogia com a célebre passagem bíblica -, Lula os repreendeu porque "há quase meses e meses (sic) que vocês não trocam idéia", para arrematar: "Muitos aqui não sabem 20% do que o governo já realizou." Assim é pela simples razão, decerto inadmissível para o presidente, mas nem por isso menos verdadeira, de que a maioria deles não realizou coisa alguma, até porque nesse enxundioso, abagunçado Gabinete alguns não têm mesmo nada que fazer, portanto, nenhuma idéia para trocar. (É de se perguntar, a propósito, se Lula seria capaz de dizer, de bate-pronto, os nomes de todos os membros dessa sua superpovoada equipe. Mas passemos.)
Leia mais

Manchetes do dia

Sexta-feira, 25 / 01 / 2008

Folha de São Paulo
"Governo suspende licença de desmatamento em 36 áreas"
O governo federal suspendeu autorizações para desmatamento em 36 municípios da Amazônia Legal, responsáveis por metade do abate de árvores recente na região. "Estamos declarando uma moratória", resumiu a ministra Marina Silva (Meio Ambiente) após reunião de emergência com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e outros seis ministros para reagir ao aumento recorde da devastação da floresta nos últimos cinco meses de 2007. A "moratória" já estava prevista em decreto assinado pelo presidente Lula em dezembro, mas entrará em vigor com a publicação de portaria da ministra do Meio Ambiente na edição de hoje do "Diário Oficial". Serão listados 36 municípios (6% dos municípios amazônicos) considerados prioritários no combate ao desmate, a maioria em MT e no PA. Nos municípios da lista, as propriedades rurais terão de ser recadastradas e passarão a ser monitoradas. O objetivo é punir não apenas a derrubada ilegal, mas também quem comercializar ou transportar produtos de áreas desmatadas.


O Globo
"Governo se divide sobre causa de desmatamento"
Um dia após a noticias de que o desmatamento na Amazônia é recorde, o presidente Lula precisou intervir para tentar acabar com uma divergência publica entre dois de seus ministros - Marina Silva (Meio Ambiente) e Reinhold Stephanes (Agricultura) - sobre a causa da devastação. "Não é hora de acusar ninguém", disse Lula, quando Marina culpou o agronegócio e Stephanes contestou. O governo enviará à Amazônia 780 homens da PF, Força Nacional, Polícia Rodoviária, Ibama, Incra e Funai. Foi suspensa a licença para corte de árvore em 36 municípios e produtores autuados por derrubadas ilegais serão impedidos de ter acesso a crédito público. Quando Lula esteve na ONU comemorando a queda do desmatamento, em setembro, o governo já sabia que a destruição da floresta tinha voltado a subir informa Miriam Leitão.


O Estado de São Paulo
"Governo corta credito em áreas desmatadas"
O governo lançou ontem pacote de emergência para tentar conter a devastação da Amazônia, que avançou nos últimos cinco meses de 2007. A principal medida anunciada é a proibição a bancos oficiais de financiar propriedades rurais que tenham promovido a derrubada ilegal da floresta. Fazendas envolvidas em crime ambiental ficarão sujeitas a bloqueio. Também foi divulgado que, a partir de 21 de fevereiro, equipes da Polícia Federal e do Ministério da Agricultura vão vistoriar áreas em 36 municípios considerados campeões de desmatamento. A ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, criticou os governadores Blairo Maggi, de Mato Grosso, e Ivo Cassol, de Rondônia. De acordo com Marina, os dois vêm se recusando a colaborar com ações de combate ao desmatamento. Após as declarações da ministra, o presidente Lula mandou assessores dizerem que a hora é de providencias, e não de acusações. Analise feita pela Casa Civil em 2005 já detectava falhas no plano federal de proteção da Amazônia, mas nada foi feito para corrigi-las.


Jornal do Brasil
"Políticos do Rio deram golpe de R$ 100 milhões"
O Ministério Público estadual e a Secretaria de Segurança desmontaram um esquema que desviou R$ 100 milhões em verbas públicas, em 17 municípios. Em Magé, 13 pessoas foram presas, inclusive parentes da prefeita Núbia Cozzolino (PMDB). Segundo o MP, quatro quadrilhas fraudavam licitações contratavam funcionários fantasmas e desviavam dinheiro de escolas e hospitais. Dos 28 mandados de prisão, 19 foram cumpridos. Entre os foragidos estão o ex-prefeito e irmão da prefeita, Charles Cozzolino e a secretaria de Fazenda, Nucia Cozzolino, irmã de Núbia.

quinta-feira, janeiro 24, 2008

TV Víbora: Clássicos

Burt Bacharach - The Look Of Love (Covers Slide)

Helicóptero desaparece em Caraguatatuba

Presidente da Avibrás estava a bordo de helicóptero desaparecido

Ele decolou de Angra dos Reis com a mulher às 9h55 desta quarta-feira (23). Sem notícias, secretária acionou Aeronáutica, que ainda não localizou aeronave.

Do G1, em São Paulo
O Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) confirmou na tarde desta quinta-feira (24) que o presidente da Avibrás, empresa brasileira de produção de material bélico, João Verdi Carvalho Leite, e a mulher dele estavam a bordo do helicóptero que está desaparecido desde a noite de quarta-feira (23).

Com prefixo PP MJV, a aeronave modelo EC 120 Colibri saiu de Angra dos Reis, no litoral sul do Rio de Janeiro, e deveria pousar em São José dos Campos (a 91 km de São Paulo), onde mora Verdi. O presidente da Avibrás decolou por volta das 9h55 da casa dele em Angra dos Reis. Ele não fez uma notificação sobre o vôo, o que não é exigido para helicópteros. Verdi avisou, no entanto, uma secretária, que acionou a Aeronáutica na noite de quarta.


De acordo com o Decea, o helicóptero teria desaparecido na região de Caraguatatuba, cidade do litoral paulista distante 173 km da capital. O Decea contou ainda que o sumiço da aeronave passou pela fase de alerta, incerteza e perigo, e, por não ter pousado no local marcado, as buscas se iniciaram.
Leia mais

Refabulando

A verdadeira história

Era uma vez um Lobo mal que comia coisas vivas e ostras com casca e tudo e era péssimo em gramática, mal mesmo. Um dia ele viu uma menininha e pensou: deve ser boa para assar e servir com batatas coradas e brócolis acompanhada de vinho Casal Garcia branco gelado. O Seteanão que ia passando entrou na conversa, digo no pensamento, sem ser chamado, dizendo que vinho branco não ia combinar. Menininhas devem ser saboreadas com vinho tinto, e recomendou um Borgonha safra 1954. Como não havia na adega do condado, Branca de Neve – a menininha era a própria - escapou do forno e hoje vive feliz ao lado de Chapéuzinho Vermelho e do Seteanão. Lobo mal teve cirrose hepática por causa do vinho de São Roque, mas foi curado por um sapo mágico que virou príncipe e hoje é cabeleireiro em São João do Meriti e sai na Portela. Todos estão felizes e assim ficarão até depois do carnaval. (Sidney Borges)

Cinema

Vale à pena ver, ou quem sabe ver de novo

Ontem assisti a um bom filme que recomendo aos leitores do Blog. Sei que boa parte dos que me prestigiam já devem ter visto, mas mesmo assim vou fazer alguns comentários. Estou me referindo a Match Point, de Woody Allen, diretor que cultiva musas, cidades e embala as tramas com música de primeiríssima qualidade. Desta vez a cidade homenageada é Londres, a musa, Scarlett Johansson e a trilha sonora é operística, com trechos muito bem escolhidos para dar fundo à dramaticidade baseada em Dostoiévski. No início uma interessante ode à chance, como nossas vidas em certos instantes ficam ao sabor do imponderável, a metáfora é feita com uma bola de tênis que toca a rede e sobe, podendo significar a vitória ou a derrota conforme o lado em que caia. Não vou contar o filme, seria desleal de minha parte, posso adiantar que a última meia hora lembra Hitchcock e o final é surpreendente. (Sidney Borges)

Mistério

Polícia Federal vai investigar assassinato de Toninho do PT

MAURÍCIO SIMIONATO da Agência Folha, em Campinas
Seis anos e quatro meses depois do assassinato do prefeito de Campinas (95 km de São Paulo) Antonio da Costa Santos, o Toninho do PT, a Polícia Federal vai abrir inquérito para investigar o crime, ocorrido em setembro de 2001 em circunstâncias ainda não esclarecidas.
A determinação para a abertura de inquérito foi feita à PF pelo ministro da Justiça, Tarso Genro. Ele atendeu a pedido da família do prefeito em encontro em 3 de dezembro.
Um ofício foi protocolado pela família no Ministério da Justiça em meados de dezembro -a pedido do ministro- com as justificativas para o pedido de abertura de inquérito.
O advogado da família de Toninho, André Guimarães, alegou no ofício, entre outras coisas, que o crime pode estar ligado à atividade de Toninho como prefeito de Campinas.

Leia mais

Arte


I Funerali di Togliatti, 1972.
Acrilici e collage di carte stampate su carta incollata su quattro pannelli
Galleria d'Arte Moderna Comune di Bologna.

Guttuso, Renato - Realismo Socialista

Renato Guttuso iniciou uma corrente artística denominada Realismo Socialista em que procurava criar uma arte política que fosse simultaneamente moderna e acessível ao comum das pessoas. Guttuso foi lider do movimento e na sua obra combinou aspectos do Cubismo, tais como o esquema de cor não naturalista e a distorção da anatomia, com um realismo descritivo. Em finais dos anos 30 e inicio dos anos 40 do século passado foi membro do Partido Comunista Italiano, que era clandestino na Itália fascista. (veja mais)

Campanha cívica



Birinaite no carnaval

Tome cuidado, beba com moderação senão vão ficar falando mal de você, que você é isso, que você é aquilo

Meu amigo, se você abusar das caipirinha, dos torresminho e das cervejinha nos folguedo do tríduo momesco, não dirija. Amarre a bicicreta em uma árvore e vá para casa tomar uma canja ou um caldo de sururu, antes de cair, pois os cachorro gosta de lamber boca de bêbado e tem os tarado que gosta de fazer outras coisa co’os bêbado que como se sabe aquilo do bêbado não tem dono. (Do redator-chefe e repórter do Ubatuba Víbora que acabou de fazer um estágio em Camanducáia)

Peso de menos

Juíza cancela eleição de Rei Momo magro na Bahia

A juíza Aidê Ouais, substituta da 5ª Vara de Fazenda Pública da Bahia, anulou a escolha de Clarindo Silva, 1,70 metro de altura e 58 quilos, como Rei Momo do Carnaval 2008 de Salvador. Um novo concurso com só candidatos gordos deve ser feito até dois dias antes do carnaval da Bahia, no dia 31 de janeiro. Para a juíza, um Rei Momo magro fortalece o ideal estético da magreza da sociedade. A decisão é liminar e cabe recurso.
Segundo juíza, os argumentos dos três procuradores escalados para a empreitada têm fundamento porque a população está acostumada com o Rei Momo gordo. “A tradição popular deve ser mantida”, julgou Aidê.

Leia mais

Mutirão 26/01

Um outro Acaraú é possível

Caros amigos:
Convidamos a todos para participar do Mutirão 'Um outro Acaraú é possível'.

DATA: 26/01
HORÁRIO: 10 hs
PONTO DE ENCONTRO: Placa Cuidágua - rua Capitão Felipe - Itaguá

ÁREA DE AÇÃO: Margem direita do rio Acaraú, começando ao lado da ponte e subindo até onde conseguirmos.
O QUE FAREMOS: Limpeza, plantio de mudas e conscientização dos comércios do entorno e da população.
O QUE LEVAREMOS: Ferramentas, material de limpeza (sacos e luvas), mudas, água, muita disposição e alegria!

O Mutirão 'Um outro Acaraú é possível' será realizado em consonância com o 'Dia de Mobilização e Ação Global', articulado pela organização do Fórum Social Mundial, para mostrar que um outro mundo é possível.

No dia 26 de Janeiro, milhares de pessoas ao redor do planeta irão marchar, protestar, celebrar e promover discussões em vilas, zonas rurais e centros urbanos em centenas de ações descentralizadas e auto-organizadas.

O RIO ACARAÚ
Na língua tupi rio Acaraú significa rio das Garças.

Juntamente com os rios Tavares (ou Barra da Lagoa) e Grande de Ubatuba, o rio Acaraú faz parte da bacia hidrográfica 7, uma das 34 bacias do Litoral Norte de São Paulo.

O rio nasce no Parque Estadual da Serra do Mar, passa pelos bairros da Sesmaria, Estufa II, Praia Grande, Itaguá, Acaraú e Tenório e deságua no canto direito da praia do Itaguá. Possui uma área de drenagem de 36.200 m² (equivalente à cerca de 4 campos de futebol).

Atualmente o rio vem sofrendo com a contaminação de esgoto doméstico (principalmente durante a temporada), com a deposição de lixo e entulho em suas margens.

O mutirão 'Um outro Acaraú é possível' além de promover uma ação de cuidado com o rio, visa conscientizar a população e especialmente os comerciantes para cuidar dos rios de Ubatuba, através do investimento no saneamento de seu negócio, gerindo adequadamente seu lixo e tratando seu esgoto.

Junte-se a nós,

Saudações,

Equipe ASSU


PARTICIPE TAMBÉM:

No dia 25/01/08 a partir das 15 horas, no calçadão e na Praça Manoel da Nóbrega, várias instituições estarão mostrando as ações desenvolvidas por essas entidades para a construção de um mundo mais justo, solidário e mais humano.

O objetivo é divulgar, dar visibilidade atrair a participação de novos voluntários, fortalecendo e ampliando o alcance dessas ações.

Também haverá a participação de grupos de rock e de hip hop e a apresentação da peça "Meio Ambiente ou Ambiente Inteiro", dirigida por Jorge Lee, que aborda questões atuais relacionadas à qualidade de vida.

Organização: Agenda 21 e Ubatuba em Rede - ASSU-Ubatuba

www.assu.org.br/cuidagua

Mar de rosas



Cruzeiro gay vai agitar carnaval no Rio de Janeiro

Embarcação ficará atracada no litoral brasileiro durante três dias. Viagem segue para Punta del Este, no Uruguai, e Buenos Aires, na Argentina

Glauco Araújo Do G1, em São Paulo
O carnaval deste ano vai contar com uma pitada a mais de animação nas águas do litoral carioca. No dia 3 de fevereiro, o navio Celebrity Infinity vai ancorar no Rio Janeiro com passageiros de um cruzeiro all gay. Segundo a G Travel Online, este é o primeiro pacote completamente gay que parte de território brasileiro. A embarcação tem capacidade para 2.046 pessoas e as vagas serão direcionadas apenas ao púbico gay, de acordo com informações da G Travel Online.
A viagem vai seguir até Búzios (RJ) no dia 6 de fevereiro e depois para o Porto de Santos, em São Paulo, no dia 9. Ainda em águas brasileiras, o cruzeiro gay faz uma parada em Porto Belo (SC), no dia 10. A última escala no Brasil será no dia 11, em Florianópolis.

Leia mais

Nota do Editor - O navio Celebrity Infinity não vai fazer escala em Ubatuba. (Sidney Borges)

Telefonia

Uma estrela vermelha no jardim

Demétrio Magnoli
Na América hispânica, a piñata é um boneco artesanal de papel, recheado de doces. Em ocasiões festivas, as crianças rompem a piñata a pauladas, apropriando-se do máximo de guloseimas que conseguirem capturar. A Frente Sandinista de Libertação Nacional (FSLN) tomou o poder na Nicarágua em 1979, derrubando a ditadura de Anastácio Somoza. As propriedades do clã do ditador foram transferidas para o Estado e os dirigentes sandinistas passaram a viver em mansões que pertenceram aos Somozas. Dez anos e uma guerra civil depois, a FSLN viu-se obrigada a promover eleições, que perdeu. Dias antes da entrega do poder, os sandinistas passaram um decreto, alcunhado como Lei da Piñata, pelo qual as mansões se converteram em propriedade privada de seus ocupantes.

Daniel Ortega, o presidente sandinista, tornou-se proprietário de sete imóveis. Tomás Borge e Bayardo Arce, altos dirigentes da FSLN, também participaram da divisão do butim. Depois daquele ato, os sandinistas aliaram-se aos antigos somozistas, tanto na política quanto nos negócios.
No ano em que se dissolvia a guerra fria, a piñata sandinista descortinou hipóteses insuspeitadas de articulação entre o Estado, a riqueza privada e os dirigentes de esquerda. A Nicarágua é um país muito mais simples que o Brasil, mas o paradigma estabelecido por Ortega inspira o lulo-petismo na sua trajetória de associação com a ''''burguesia nacional''''. A aquisição da Brasil Telecom (BrT) pela Oi (ex-Telemar) é um desenvolvimento estratégico da piñata lulo-petista.
Leia mais

Manchetes do dia

Quinta-feira, 24 / 01 / 2008

Folha de São Paulo
"Em dia instável. Bovespa e Europa caem; Nova York fecha em alta"
Os mercados internacionais viveram ontem mais um dia de pessimismo, com forte instabilidade e comportamento errático nas principais Bolsas. O alívio só veio no final da tarde após uma reunião em Nova York chamada às pressas para discutir uma injeção de capital para seguradoras de créditos como a Ambac e a MBIA, empresas fortemente expostas ao risco de empréstimos no país.
Patrocinada pelas autoridades reguladoras do setor de seguros de Nova York, a reunião contou com a participação dos principais bancos americanos, vários deles clientes dessas seguradoras. Eles teriam concordado em fazer uma capitalização de US$ 15 bilhões.
A Ambac perdeu neste mês o selo AAA [melhor avaliação de risco possível] da agência Fitch de classificação de riscos e o mesmo pode acontecer com a MBIA. Capitalizadas, elas poderão manter o rating [nota] AAA, o que diminuirá a necessidade tanto delas quanto dos clientes -bancos e financeiras- de aumentarem o nível de provisionamento para créditos ruins, um dinheiro mantido em separado para cobrir eventuais prejuízos com inadimplência.
O resultado pode ser um efeito em cadeia de diminuição de provisões no sistema financeiro, sobrando mais dinheiro para financiar o consumo. As ações da Ambac subiram ontem 72%, e as da MBIA, 33%. Mais do que o corte histórico nos juros anteontem, de 0,75 ponto, a possibilidade de socorro às seguradoras levou os mercados ao azul a pouco menos de uma hora do fechamento dos negócios. Após cair até 2,7% pela manhã, o índice Dow Jones fechou com alta de 2,5% em Nova York.
A recuperação nos EUA aconteceu após o fechamento da Bovespa, que amargou perdas de 3,32% e voltou aos 54.234 pontos. Se o quadro se sustentar hoje, a Bovespa pode ter recuperação.
Desde ontem, os juros dos "Fed Funds" (taxa básica dos EUA) recuaram de 4,25% para 3,50% ao ano mesmo sob o risco de aceleração da inflação ao consumidor, que ficou em 4,1% em 2007, a maior em 17 anos.
Embora vista como insuficiente por alguns analistas, a ação do Fed foi bem recebida pelos mercados. As principais Bolsas fecharam em alta ou reduziram suas perdas ao longo do dia. Mas a turbulência deve prosseguir, dizem analistas.


O Globo
"Desmatamento é recorde após três anos de queda"
A floresta amazônica sofreu, no segundo semestre de 2007, a maior devastação desde que os dados começaram a ser monitorados começaram a ser monitorados pelo governo. Os satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) detectaram a derrubada de 3.235 quilômetros quadrados de floresta entre agosto e dezembro, mas o governo estima que o estrago tenha sido o dobro. Só em Mato Grosso foram devastados 1.786 quilômetros quadrados. As taxas de desmatamento vinham caindo há três anos. "Nunca havíamos visto isso na Amazônia", disse Gilberto Câmara, diretor do Inpe. O governo atribuiu o problema à estiagem prolongada e à falta no preço de commodities como carne e soja. O presidente Lula convocou uma reunião de emergência para discutir medidas contra a devastação.


O Estado de São Paulo
"Devastação na Amazônia dispara"
Levantamento do Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (INPE) mostra que, nos últimos cinco meses de 2007, foram derrubados 3.233 km quadrado de floresta amazônica - principalmente em novembro e dezembro, quando normalmente há devastação. "Até hoje o Inpe não tinha detectado desmatamentos dessa magnitude", disse Gilberto Câmara, diretor-geral do órgão. "É extremamente preocupante o que está acontecendo", comentou o secretário-executivo do Ministério do Meio Ambiente, João Paulo Capobianco. A área devastada talve3z seja muito maior: pelos cálculos do Inpe e da ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, pode ter atingido 7.000 km quadrado - a confirmação dependerá de outro sistema de detecção por satélite. Segundo Marina, a expansão do cultivo de soja e da pecuária e o fornecimento de árvores para as siderúrgicas de ferro-gusa são a causa principal do desmatamento. A derrubada da floresta ocorreu principalmente em Mato Grosso, Rondônia e Paraná. O presidente Lula convocou reunião de emergência para tratar do assunto hoje.


Jornal do Brasil
"Cedae desafia Dilma e aposta no carro a gás"
Causou contrariedade no Rio a declaração da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, ao desencorajar novas conversões de veículos para uso de gás natural veicular, o GNV. Presidente da Cedae e ex-secretário de Energia do Estado, Wagner Victer planeja converter toda a frota da empresa para o uso de gás. Victerafimia que qualquer desestimulo ao GNV é "um equivoco econômico, energético e ambiental".

quarta-feira, janeiro 23, 2008

Livros


Com destaque notável chega às livrarias de todo país o novo lançamento da Dialeto Latin American Documentary, o livro CULINÁRIA CAIÇARA, que é apresentado através de receitas contemporâneas e práticas elaboradas pela chef de cozinha Ana Bueno, além das percepções do Antropólogo Antonio Carlos Diegues e do documentarista Vito D’Alessio, que levará o leitor a conhecer as histórias e hábitos alimentares desse povo que vive em uma das mais belas e harmoniosas regiões do planeta.

CULINÁRIA CAIÇARA
O sabor entre a Serra e o Mar

‘’...a culinária é apenas mais um encantamento controvertido, desta gente orgânica, vibrante, que vai se adaptando ao mundo com a generosidade dos primeiros brasileiros que povoaram esta terra com o escambo das línguas, credos, raças e também paladares, dando ao Brasil o orgulho desta mestiçagem singular e que seguramente representa o nosso grande patrimônio imemorial.”

Vito D’Alessio


A culinária caiçara possui um requinte autêntico que não passa, fundamentalmente, pela alquimia e pelo paladar, mas sim pela possibilidade de lidar com ingredientes frescos obtidos na pesca, caça ou roça, extraindo da natureza e de todos os seus ciclos o essencial para manter uma vida simples e aconchegante no litoral sul e sudeste do Brasil. É nesta sábia simplicidade que reside o grande diferencial da cozinha caiçara.

As receitas são reveladas com praticidade, através de pratos como o Lambe-lambe, em que o arroz é cozido diretamente com os mariscos inteiros. A rica variedade de ingredientes encontrados entre a Serra e o Mar, resultam em um conjunto inusitado de receitas que tem como a matéria prima as carnes, as folhas e as frutas do lugar. Além da participação emblemática da banana com suas variedades em diversos pratos da cozinha caiçara.

Este povo genuíno compartilha a sabedoria de ouvir da natureza suas ofertas e a partir delas sentirem-se satisfeitos com seu tempo. E é com a delicadeza do povo caiçara e imagens do fotógrafo Vito D’Alessio que o livro se desenvolve e enriquece.


O Perfil da Obra

Sobre o livro: Edição bilíngüe (português e inglês), realizado com o patrocínio da empresa Carglass (
www.carglass.com.br), através da lei de Incentivo à Cultura/ MinC.

Sobre a Dialeto: A qualidade do padrão editorial é a marca da Dialeto Latin American Documentary (

www.dialeto.com
), empresa de produção cultural multimídia criada em 1995. Utilizando a multilinguagem, transforma pesquisa e conteúdo complexos em atraentes e poéticas produções de pertinência atemporal: livros, documentários para televisão, CD’s e DVD’s. É a única empresa do mundo especializada em documentar a América Latina, em temas relacionados à história e à realidade do continente. A Dialeto é detentora de importantes Prêmios de Comunicação, como Aberje, Prêmio Tim de Música e Jabuti, entre outros.

Sobre os autores:

Ana Bueno
Chef de cozinha idealizadora e organizadora da Folia Gastronômica de Paraty, Rio de Janeiro. Foi indicada pela Revista VIP, em 2007, como autêntica representante da culinária brasileira. Hoje comanda o Banana da Terra, restaurante paratiense indicado pela revista Prazeres da Mesa entre os 50 melhores do Brasil.

Antonio Carlos Diegues
Antropólogo, professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência Ambiental e diretor científico do NUPAUB- Núcleo de Apoio à Pesquisa sobre Populações e Áreas Úmidas Brasileiras, da USP. É autor e organizador de diversos livros, entre os quais
: O mito moderno da Natureza Intocada, Pesca construindo sociedades; Etno - conservação: novos rumos para a proteção da natureza nos trópicos, Ilhas e Mares, Simbolismo e Imaginário, Enciclopédia Caiçara
(5 Volumes).

Vito D’Alessio
Como fotógrafo e jornalista é colaborador dos principais veículos de comunicação do Brasil e de agências internacionais. Como produtor cultural foi responsável por projetos de grande repercussão como: Projeto Xingu , Expedición Morrillos, Mehinaku Message from Amazon, Cinco Órfãos, Caiapó Metutire, Cem Anos Luz, Sorocabana – Uma Saga Ferroviária, Avenida Paulista, Claro Jansson – O fotógrafo Viajante, Dias de Caiçara, Café – Um Grão de História, entre outros.

SERVIÇO

Livro: CULINÁRIA CAIÇARA
Editora: Dialeto Latin American Documentary
Autores: Ana Bueno, Antonio Carlos Diegues e Vito D’Alessi o
Páginas: 120
Valor: R$ 98,00

Imprensa


Ana Maria Pavão (Editora Chefe) e João Moreira (Publicidade)
Revista nova na praça
Ontem aconteceu o lançamento da revista “Ubatuba em Revista” e este modesto Blog esteve presente. Os editores receberam convidados no bar do restaurante “Bardolino”, que dispensa comentários, o serviço esteve correto e elegante como sempre. Ubatuba deveria estar em festa, uma revista bem feita, que aborde o potencial turístico da cidade e da região é um luxo, um diferencial a ser oferecido à população e aos visitantes. Seria magnífico se os “empresários” locais apoiassem a iniciativa e anunciassem. Ao jovem e corajoso casal o meu apreço. São de fato empresários, estão investindo, espero que colham os frutos da ousadia. Ubatuba precisa de gente corajosa e com idéias. Algumas novas...
Sidney Borges

Então tá explicado...



Fofoca das boas

Por Giulio Sanmartini
Dizem alguns que teria sido somente inveja, todavia um dos principais cronistas do jornal ”El Tiempo” de Bogotá, tem certeza absoluta que Hugo Chávez não é chegado. A história de amor com a modelo Naomi Campbell seria só uma cobertura. Quando a relação tornou-se pública (sempre nas colunas dos cotidianos) não passa um dia sem novos particulares da fofoca.
O presidente venezuelano estaria pronto para casar com a “Venus Negra”. Mas o jornalista Roberto Posada Garcia-Pena, que assina D’Artanham não está convencido diz: muitos homossexuais sérios sustentam pela Internet que Hugo Chávez “é VEADO”. (Fonte: Diário “La Repubblica” - Itália)

Sinal de alerta

Após 5 anos, Lula enfrenta 1ª grande crise econômica

da Folha Online
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva está mais preocupado nos bastidores do que aparenta em público com a recessão nos EUA e os possíveis prejuízos ao PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), segundo reportagem da Folha desta quarta-feira. O receio do presidente é que investidores privados sejam mais conservadores em seus projetos porque ainda não estão claras a duração e a dimensão da atual crise na maior economia do mundo. Mais: investimentos de estatais, como os da Petrobras, também poderiam ser afetados na hipótese de desaceleração mundial.
Dos cerca de R$ 500 bilhões de investimentos do PAC no período 2007-2010, R$ 68 bilhões estão previstos para sair diretamente dos cofres da União. O restante caberia a estatais e a empresas privadas.

Leia mais

Arte


The South Ledges, Appledore, 1913
Oil on canvas
34 1/4 x 36 1/8 in. (87.0 x 91.6 cm)
Smithsonian American Art Museum, Washington, D.C
Hassam, Childe - Post -Impressionismo
Hassan trabalhou como gravador de madeira e ilustrador antes de ir para Boston e depois para Paris, para estudar Arte. Converteu-se ao Impressionismo francês ao admirar o trabalho de Claude Monet, embora o seu treino acadêmico inicial o impedisse de adotar completamente os princípios daquele movimento. Escolhia momentos do dia, características ou condições atmosféricas que constituíssem um desafio técnico, tais como reflexos nos pavimentos molhados, e privilegiava também os estudos sobre mulheres. Hassan tornou-se célebre ainda em vida e conquistou várias medalhas e prêmios. Childe Hassam nasceu em Boston (EUA) em 1859 e Morreu em Nova Iorque em 1935. (Veja mais)

Curiosidades legislativas



Cururu do PV

O vereador Cururu (Cláudio Roberto Insaurriaga), do PV, fez hoje de manhã um ritual de exorcismo na Câmara de Vereadores de Pelotas, para neutralizar o "vodu" encontrado na Casa na semana passada.
Na quinta-feira passada (15), algumas bonecas afixadas a fotos de vereadores, incluindo os cinco integrantes da mesa diretora, e fincadas com alfinetes foram encontradas dentro de um caixão pequeno na Câmara de Vereadores da cidade. (Prosa & Política)

Nota do Editor - Cururu, guarde esse nome. Quem sabe através do exorcismo os maus espíritos que impedem o progresso sejam afastados e o futuro glorioso se faça presente no presente. Vote em Cururu para presidente, além da competência no trato das coisas espirituais o candidato trinca de modernidade. Dê um look no visual. Chic né? (Sidney Borges)

Brasil

A aceitação do inaceitável

Luiz Weis
Um pouco mais, um pouco menos, talvez em 2008, com certeza em 2009, o Brasil chegará ao primeiro milhão de homicídios a contar de 1979, quando o Ministério da Saúde, com base nas informações padronizadas das declarações de óbito emitidas no País, começou a somar as vítimas de crimes de morte. A notícia saiu domingo no Estado.A reportagem Em 3 décadas, 1 milhão de homicídios mostra as variações da matança ano a ano, ouve um dos autores da recém-lançada coletânea Homicídios no Brasil, o economista Daniel Cerqueira, do Ipea, relata a sina da pernambucana Inês Maria da Silva, que já enterrou os cinco filhos, todos assassinados, e registra o comentário do pesquisador para o Brasil da organização de defesa dos direitos humanos Anistia Internacional, Tim Cahill: "Um milhão de mortes em 30 anos é simplesmente inaceitável."

Inaceitável? Só se for como sinônimo de um repúdio que a inércia torna irrelevante. A insegurança se transformou na primeira preocupação dos brasileiros, o combate à violência consome recursos cada vez maiores, a questão da criminalidade atrai um número também crescente de estudiosos e propostas, a segunda metade desta década leva jeito de deixar menos assassinados que a primeira - mas, ainda assim, a conta moral não fecha.
Temos medo de ser roubados, agredidos, seqüestrados. Esse é um dos assuntos mais comuns das nossas conversas, e desses perigos tratamos de nos proteger, cada qual como possa. Mas a pior das barbáries do cotidiano, aquela que tira a vida, não nos tira do sério.
Leia mais

Álcool

BLOOMBERG TV investiga o mundo mortífero do etanol

NOVA YORK, 23 de janeiro - Newswire

Brasil - o maior exportador mundial de etanol -- está experimentando um boom de biocombustível. Entretanto, na medida em que as riquezas se acumulam, pioram as condições para muitos dos trabalhadores nos canaviais. Em três anos, 82.000 cortadores de cana sofreram ferimentos e mais de 300 morreram.
Um documentário especial de meia hora em horário nobre da BLOOMBERG TELEVISION(R), que irá ao ar nesta quinta-feira, documenta os abusos sofridos pelo exército de trabalhadores temporários do Brasil, cortadores da cana que será transformada em etanol.
Apresentado pelo âncora Mike Schneider, o documentário especial, intitulado "Deadly Brew: The Human Toll of Ethanol" (Mistura mortífera: o pedágio humano do etanol) levará os espectadores da BLOOMBERG TELEVISION aos canaviais do Brasil. Lá eles encontrarão um grupo de trabalhadores encarcerados durante mais de um mês porque fizeram greve em uma usina de etanol; uma líder sindical e ex-cortadora de cana, Carlita da Costa, que está lutando pelos direitos básicos dos 1.500 associados de seu sindicato; e um promotor público do Ministério do Trabalho do Brasil. O documentário "Deadly Brew: The Human Toll of Ethanol" será transmitido nos EUA na quinta-feira, 24 de janeiro, às 19:00, 21:00 e 23:00 horas ET (horário da costa leste dos EUA); na sexta-feira, 25 de janeiro, às 20:00 horas ET; e no sábado, 26 de janeiro, às 8:30 horas ET. O especial será transmitido no Reino Unido, Ásia e Brasil na sexta-feira, 25 de janeiro, às 11:00 horas, com repetições durante o fim de semana.


Nota do Editor - O Ubatuba Víbora abordou a situação dos trabalhadores da indústria alcooleira há poucos dias, é uma pauta relevante e interessa aos brasileiros. O governo tapuia dá todo o apoio aos donos do capital que produzem álcool e nenhum apoio à força de trabalho que também produz álcool, aliás, se ninguém cortar a cana não haverá álcool. O documentário mostra a prisão de trabalhadores por terem feito greve, o usineiro responsável continua por aí, forte e firme, homem moderno, deve ter até um jatinho, mas acredita na escravidão. Acredita e pratica. Socialismo com escravidão, Marx, Trotsky, Lenin, Engels, podem revirar no túmulo à vontade, o novo socialismo lulista chegou para bombar. O pior de tudo é que nas campanhas políticas os adversários do governo são chamados de direita. Quem encarcera trabalhadores é a verdadeira direita, a mais perigosa, a mais perniciosa, pois travestida de esquerda enche os bolsos de banqueiros, usineiros e capitalistas em geral e dá migalhas aos que carregam o país nas costas. O Brasil continua perverso. E hipócrita. (Sidney Borges)

Manchetes do dia

Quarta-feira, 23 / 01 / 2008

Folha de São Paulo
"EUA fazem corte emergencial de juros e diminuem perdas"
Um dia depois de uma das maiores derrocadas dos mercados nesta década, o Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) surpreendeu com uma reunião extraordinária na qual definiu um corte agressivo de 0,75 ponto percentual nos juros, uma decisão que só era esperada para o dia 30, a próxima reunião agendada. A última vez que o Fed fez reunião extra para intervir na taxa básica foi pouco após os atentados de 11 de setembro de 2001.
Desde ontem, os juros dos "Fed Funds" (taxa básica dos EUA) recuaram de 4,25% para 3,50% ao ano mesmo sob o risco de aceleração da inflação ao consumidor, que ficou em 4,1% em 2007, a maior em 17 anos.
Embora vista como insuficiente por alguns analistas, a ação do Fed foi bem recebida pelos mercados. As principais Bolsas fecharam em alta ou reduziram suas perdas ao longo do dia. Mas a turbulência deve prosseguir, dizem analistas.


O Globo
"Corte inédito de juros não livra os EUA de recessão"
O Federal Reserve, o banco central americano anunciou ontem, antes da abertura dos mercados no Ocidente e após reunião extraordinária redução de 0,75 ponto percentual na taxa de juros, que caiu para 3,5% ao ano. Desde o 11 de Setembro o Fed não fazia um encontro extra e, há 23 anos, não havia corte de juros dessa magnitude. O objetivo era injetar animo nos investidores após o desastre na véspera. Por causa do fuso horário, na madrugada, os mercados da Ásia continuaram despencando, o que motivou a ação do Fed. Mas o resultado ainda foi tímido. A preocupação com a recessão fez a Bolsa de Nova York fechar no vermelho (Dow Jones em m queda de 1,06% e Nasdaq, - 2,04%). Os índices de Paris e Londres subiram No Brasil, puxada por Petrobras, a Bolsa subiu 4,45%.


O Estado de São Paulo
"Maior corte de juros dos EUA em 25 anos alivia mercados"
O Federal Reserve (Fed), banco central dos Estados unidos, reduziu ontem a taxa básica de juros de 4,25% ao ano. Foi maior corte nos juros americanos desde 1982, o que serviu para reduzir a turbulência nos mercados financeiros. A decisão foi tomada em caráter extraordinário, fora do calendário das reuniões regulares do Fed - que não apelava para iniciativas desse tipo desde os atentados terroristas de 11 de setembro de 2001. O próximo encontro do organismo e sta agendado para a semana que vem. O gesto do Fed dissipou o pânico que na véspera dominara as bolsas de valores pelo mundo. A Bolsa de Londres teve alta de 2,90% e a de Paris subiu 2,07%. A de Nova York, que não tinha funcionado na segunda-feira por causa de feriado nos EUA, caiu 1,06%. Puxada pela valorização das ações da Petrobrás, a Bolsa de São Paulo avançou 4,45%. O ministro da Fazenda Guido Mantega considerou o corte dos juros americanos insuficientes para encerrar a fase de turbulência. "Enquanto não houver uma absorção das perdas não teremos a digestão dessa crise", disse.


Jornal do Brasil
"EUA dão choque na crise"
Os Estados Unidos surpreenderam os mercados mundiais ontem, reduzindo sua taxa básica de juros de 4,25% para 3,5%, o maior corte em 14 anos. A decisão, para afastar o temor de recessão na economia americana, deu resultado positivo interrompendo dias de quedas em bolsas de valores. O Fed, banco central dos EUA, quer acelerar o consumo no país, aquecendo a economia. Mesmo assim, a Bolsa de Nova York retomou de feriado com queda de 1,06%. O índice da Bovespa, no Brasil, cresceu 4,45%, depois de registrar perda de 6,6% na véspera.

terça-feira, janeiro 22, 2008


Imprensa

Morre em São Paulo fundador da revista Realidade

Faleceu na tarde de ontem, dia 21, na cidade de São Paulo, aos 74 anos, Paulo Patarra, vítima de câncer na garganta. A pedido do próprio jornalista seu corpo foi doado à faculdade de Medicina da USP, para estudos, em virtude do que a família dispensou cerimônias fúnebres. Patarra é considerado o pai da revista Realidade.
Patarra descobriu a doença, provocada por 61 anos de tabagismo, no início do segundo semestre do ano passado. Durante sua internação hospitalar, em uma entrevista ao
ABI Online concedida a Gil Campos, o veterano jornalista fez a seguinte revelação: “Fumei perto de 1 milhão de cigarros. Fiz as contas.”

Carreira

Paulo Patarra foi membro do Partido Comunista Brasileiro (PCB) entre 1957 e 1960. Durante o Governo Juscelino Kubitschek, foi preso ao ser flagrado pichando a frase “Anistia para Prestes”. Em 1968, fez uma entrevista com Luís Carlos Prestes que mereceu capa da revista Realidade. Considerada uma das principais da trajetória profissional de Patarra, a reportagem lhe rendeu um Prêmio Esso de Jornalismo — bem como sete meses escondido em um hotel no Guarujá, por conta da Editora Abril. Isto porque, quando a publicação saiu, estourou o AI-5, e o jornalista temeu ser preso e torturado pelos dos militares para revelar o destino de Prestes.
Nascido em São José dos Campos-SP, em 21 de outubro de 1933, Paulo Patarra tinha 20 anos quando estudou no Seminário de Cinema do Masp, ao mesmo tempo em que cursava o Centro de Preparação dos Oficiais da Reserva (CPOR) do Exército. Começou o curso de Ciências Sociais na USP, mas não concluiu. Em 1956, foi expulso do curso de Jornalismo da Cásper Líbero, acusado de encabeçar um movimento grevista. Tinha a fama de “jornalista maldito”, termo atingiu toda sua equipe na revista Realidade, devido ao jornalismo de contracultura, que fugia ao padrão de “bons modos” da mídia da época. (Fonte: ABI Online)



Nota do Editor - Em 1984 Paulo Patarra era editor do programa Globo Rural, época em que trabalhamos juntos e nos tornamos amigos. É dificil passar o significado da revista Realidade, para mim uma espécie de cunha enfiada na porta do obscurantismo, a luz fluia através da abertura e por mais que forçassem, a porta nunca se fechou. Em 1968 nós queríamos nos libertar do ranço conservador, presente em todas as atividades, Paulo anteviu essa ânsia dois anos antes e lançou a revista em 1966. A ele o mérito, aos Civita os lucros. Realidade alavancou a Editora Abril e segurou a onda do projeto Veja, deficitário por muitos anos. Patarra não ganhou um milésimo do que produziu, era gauche na vida, gostava de beber e fumar. Fumava tanto que o hoje prestigiado jornalista, Paulo Henrique Amorim, Paco Maluco no metiér, iniciou carreira como carregador de cinzeiro de Paulo Patarra. Onde ele ia, ao lado estava Amorim, sempre compenetrado e carregando o cinzeiro. Paulo dizia isso em tom de brincadeira, Amorim sempre foi gentil com chefes e contínuos, quando começou e naquela época, comentarista poderoso na Globo. Dizer que Patarra morreu por causa do cigarro é forçar a barra, digamos que passou maus bocados por causa do cigarro. Um detalhe, na fase em que estivemos próximos, Paulo bebia Cointreau. Uma garrafa por dia, em copo alto cheio de gelo. Tentei acompanhar, meu fígado não concordou... (Sidney Borges)

Justiça

MPE pede cassação de deputado estadual do DEM

Pedido de cassação de Gilberto Macedo Gil Arante é pela conduta vedada nas eleições de 2006

SÃO PAULO - O Ministério Público Eleitoral (MPE) pediu a cassação do mandato do deputado estadual Gilberto Macedo Gil Arantes, do Democratas, pela conduta vedada nas eleições de 2006. O MPE acusa as servidoras públicas Maria de Fátima Soares e Adélia Torres de utilizar veículo oficial da Prefeitura de Ubatuba (SP), vinculado ao Programa de Saúde da Família (PSF), para comparecer à reunião político-eleitoral no comitê do candidato a deputado estadual, comandada pelo prefeito da cidade, Eduardo César (PR).

O relator do recurso do Ministério Público Eleitoral, ministro Gerardo Grossi, abriu vista do recurso à Procuradoria Geral Eleitoral (PGE).

O MPE, junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), argumenta que o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) desconsiderou as confissões feitas pelos envolvidos na questão e que o uso da máquina administrativa "foi documentado por fotografias". O TRE-SP ratificou que, embora a reunião tenha sido realizada em um sábado, as servidoras estavam "em pleno" horário de trabalho.

A PGE afirma que não há controvérsia quanto ao fato de ter havido uma reunião com a finalidade de promover o candidato a deputado estadual, com a presença de funcionários da prefeitura de Ubatuba e do Programa de Saúde da Família. O pedido final é que o TSE reforme a decisão do TRE-SP para cassar o mandato de Gil Arantes.
(Estadão)

Evolução


O cidadão da foto é Charles Darwin usando um computador. Eu me imagino assim daqui a dez ou quinze anos, a velhice chega de forma inexorável, isto é, caso não se morra antes. Darwin tinha aquele algo mais que faz com que alguns homens mudem a face do planeta, a capacidade de olhar e enxergar, de ver através do véu diáfano que obscurece o que de fato há e nossos olhos escondem da razão. Foi assim com Galileu, Ticho Brahe, Newton, Kepler, o trabalho deles nos colocou no patamar em que vivemos hoje. No início do século passado vivia-se até os quarenta e cinco anos, hoje estamos beirando os oitenta. Por intermédio de pessoas como Darwin Deus sinaliza o caminho da verdade. (Sidney Borges)

Xadrez

Bobby Fischer

João Carlos Salles
Boris Spassky disse, certa feita, que o jogo de xadrez seria como a vida. A afirmação é trivial. O xadrez encenaria a guerra, a luta, a vitória, o fracasso, a morte. Mesmo verdadeira, a analogia é pobre, diz pouco, quase como se revelasse algum possível distanciamento, algum ceticismo ante um simulacro.
Mais expressiva é a analogia entre o xadrez e a linguagem, caso notemos que a analogia se dilui pela pura e simples identificação, tornando-se o xadrez apenas um exemplo privilegiado. O xadrez é, então, simplesmente, linguagem, tratando-se de ver quem nele pode sentir-se em seu elemento, quem pode afirmar estar aí em sua própria pátria, em sua própria língua.
Cada peça é uma palavra, cujo sentido e tempo dependem de um contexto. Nesse caso, saber o significado da palavra bispo é poder senti-lo em sua condenação a apenas metade do tabuleiro, enquanto um peão carrega seus andrajos lentamente, podendo contudo tornar-se cada vez mais forte. É perceber a espacialização do tempo pelo tabuleiro, que uniformiza durações distintas, dispondo em um mesmo campo lances contingentes e lances necessários e separando um gesto legítimo de um puro absurdo.

Leia mais

Nota do Editor - Bobby Fischer é um dos ícones de minha vida. Um dia comprei um livro dele sobre xadrez, sou consumista, compro livros. E costumo lê-los o que depois de alguns milhares de aquisições me tornou alguém que sabe um pouco de tudo e não tem a pretensão de saber tudo de nada, coisa que só se aprende depois da leitura de muitos livros. O livro de Fischer tinha um título singelo: "Bobby Fischer ensina xadrez". Quem melhor para ensinar xadrez do que o maior jogador do mundo? Uma ressalva, o fato de dominar uma arte pode não ser o fator essencial para se ter sucesso ao ensinar essa arte. Saber e saber ensinar são coisas distintas. Newton era considerado um dos professores mais aborrecidos de Cambridge. O livro não tinha teoria, estava na moda o uso de programas de ensino, baseados no raciocínio sincrônico-diacrônico usado no projeto do submarino nuclear Náutilus. Moda é moda, serve para as roupas das mulheres, para a ciência e para o xadrez, se bem que é mais fácil vender roupas femininas. O engôdo passa desapercebido, aquelas moças que desfilam vestem bem qualquer coisa. Nas lições do mestre o aluno aprendia a matar. Idéia fixa, nada de perder tempo com organização do centro, domínio tático, idéias de Packman, que nunca me serviram de nada. Quando terminei os programas de ensino de Fischer eu tinha avançado como jogador de xadrez. Aprendi a ir direto ao ponto, evitar raciocínios dispersivos, cultivar a objetividade e manter os olhos fixos no objetivo. Aprendi a não titubear, não desistir, não me deixar intimidar. Aprendi a encontrar o ponto fraco do adversário e fechar a partida. Usei os métodos do livro em minha aulas de Física. Eles também servem para a política, que tem semelhança com o xadrez. Bobby Fischer morreu. Viva Bobby Fischer. (Sidney Borges)

Circulando na rede

Enterro em Cuba

Toda a família, em Cuba, surpreendeu-se quando chegou de Miami um ataúde com o cadáver de uma tia muito querida. O corpo estava tão apertado no caixão que o rosto parecia colado no visor de cristal...
Quando abriram o caixão encontraram uma carta, presa na roupa com um alfinete, que dizia assim:
"Queridos Papai e Mamãe:
Estou lhes enviando os restos de tia Josefa para que façam seu enterro em Cuba, como ela queria.
Dsculpem-me por não poder acompanhá-la, mas vocês compreenderão que tive muitos gastos com todas as coisas que, aproveitando as circunstâncias, lhes envio.
Vocês encontrarão, dentro do caixão, sob o corpo, o seguinte:
* 12 latas de atum Bumble Bee;
* 12 frascos de condicionador;
* 12 de xampu Paul Mitchell;
* 12 frascos de Vaselina Intensive Care (Muito boa para a pele. Não serve para cozinhar!);
* 12 tubos de pasta de dente Crest;
* 12 escovas de dente;
* 12 latas de Spam das boas (são espanholas);
* 4 latas de chouriço El Miño.
Repartam com a família, sem brigas!
Nos pés de titia estão um par de tênis Reebok novos, tamanho 39, para o Joselito (é para ele, pois com o cadáver de titio não se mandou nada para ele, e ele ficou amuado).
Sob a cabeça há 4 pares de "popis" novos para os filhos de Antônio, são de cores diferentes (por favor, repito, não briguem!).
A tia está vestida com 15 pulôveres Ralph Lauren. Um é para o Pepito e os demais para seus filhos e netos. Ela também usa uma dezena de sutians Wonder Bra (meu favorito). Dividam entre as mulheres; também os 20 esmaltes de unhas Revlon que estão nos cantos do caixão.
As três dezenas de calcinhas Victoria's Secret devem ser repartidas entre as minhas sobrinhas e primas. A titia também está vestida com nove calças Docker's e 3 jeans Lee.
Papai, fique com 3 e as outras são para os meninos.
O relógio suíço que papai me pediu está no pulso esquerdo da titia. Ela também está usando o que mamãe pediu (pulseiras, anéis, etc). A gargantilha que titia está usando é para a prima Rebeca, e também os anéis que ela tem nos pés. Os oito pares de meias Chanel que ela veste são para repartir entre as conhecidas e amigas ou, se quiserem, as vendam (por favor, não briguem por causa destas coisas, não briguem).
A dentadura que pusemos na titia é para o vovô, que ainda que não tenha muito o que mastigar, com ela se dará melhor (que ele a use, custa caro).
Os óculos bifocais são para o Alfredito, pois são do mesmo grau que ele usa, e também o chapéu que a tia usa.
Os aparelhos para surdez que ela tem nos ouvidos são para a Carola. Eles não são exatamente os que ela necessita, mas que os use mesmo assim porque são caríssimos.
Os olhos da titia não são dela, são de vidro. Tirem-nos e nas órbitas vão encontrar a corrente de ouro para o Gustavo e o anel de brilhantes para o casamento da Katiuska.
A peruca platinada, com reflexos dourados, que a titia usa também é para a Katiuska, que vai brilhar, linda, em seu casamento.
Com amor, sua filha Carmencita.

PS1: Por favor, arrumem uma roupa para vestir a tia para o enterro e mandem rezar uma missa pelo descanso de sua alma, pois realmente ela ajudou, mesmo depois de morta. Como vocês repararam o caixão é de madeira boa (não dá cupim). Podem desmontá-lo e fazer os pés da cama de mamãe e outros consertos em casa. O vidro do caixão serve para fazer um porta-retrato da fotografia da vovó que está, há anos, precisando de um novo. Com o forro do caixão, que é de cetim branco (US$ 20,99 o metro), Katiuska pode fazer o seu vestido de noiva.
Na alegria destes presentes, não esqueçam de vestir a titia para o enterro!!!
Com amor, Carmencita.

PS2: Com a morte de tia Josefa, tia Blanca caiu doente. Façam os pedidos com moderação. Bicicleta não cabe nem desmontada e carburador de Niva, modelo 1968, aqui ninguem ouviu falar.

 
Free counter and web stats