sábado, dezembro 29, 2007

Enquanto isso...


Brejo Seco

Flashes da Cidade (Ainda sem patrocínio)

Cobrador tenta matar motorista e é preso. Passageiro diz que não sabe de nada, embora desconfie que a motivação tenha sido passional. Fiscal assume volante do coletivo rumo à garagem. Os demais passageiros aguardam o bonde que vai recolher os desafetos. A mulher do padeiro teve uma crise de apoplexia e ficou muda qual uma porta. Avisado, o marido largou as massas, correu para o local do incidente e abraçou a esposa, que acordou repentinamente e teve um ataque de nervos ao perceber o banlon sujo de farinha. Fora isso nada de novo aconteceu. A qualquer momento voltaremos com mais um flash. (Sidney Borges)

Qualquer semelhança é que está ficando quente

Diálogos imaginários

- Tem veneno de rato?
- Acabou. Tenho formicida.
- Não serve, quero matar um rato, não formigas.
- Sinto muito. Ratoeira serve?
- Não, o rato é grande.
- Por curiosidade, quão grande? As ratoeiras são para ratazanas.
- Eu quero matar um rato grande, não uma ratazana.
- Que tipo de rato?
- Do gênero traíra. Conhece?
- Nunca ouvi falar.
- Sorte sua. Não confie nesses ratos. Abandonam você por qualquer pedaço de queijo.
- Obrigado pela dica, não me esquecerei.
- Passe bem.


Sidney Borges

Cultura

Tem gente que valoriza a História e a Cultura dos Povos

O Instituto Martius-Staden convida para a abertura da exposição:
Entre as Gentes Antropófagas
dia 04 de janeiro, às 19h
Casa de Câmara e Cadeia de Itanhaém
com coquetel e exibição do filme "Hans Staden" de Luiz Alberto Pereira

A exposição descreve, de forma viva e plástica, o caminho que o primeiro relato sobre o Brasil, em formato de livro, percorreu a partir de 1557. Neste, Hans Staden discorre, de maneira explícita, sobre as dificuldades da travessia, sobre as disputas com os piratas e sobre os dois naufrágios. Em seguida Staden faz um relato sobre a época em que fora comandante em um Forte na Ilha Santo Amaro em frente à Bertioga e narra seu cativeiro de nove meses junto aos Tupinambás, na região de Ubatuba. Seu livro, A Verdadeira Historia..., não compreende somente a narrativa de episódios perigosos. Na segunda parte Staden traz uma descrição impressionante dos Tupinambás, de sua estrutura social e de seu entorno. Esta obra constitui-se, até os dias de hoje, numa importante fonte etnográfica.
Esta exposição já foi mostrada ao público de março a junho de 2007 em Wolfhagen e, na seqüência, em Korbach/ Hesse.
No Brasil desde agosto de 2007, o itinerário da mostra iniciou-se pelas cidades de São Paulo, Valinhos, Florianópolis, Curitiba, agora segue para Itanhaém, e em seguida Bertioga.
As aventuras de Hans Staden, em formato de livro, permanecem, mesmo após 450 anos, sendo matéria de leitura muito fascinante.

O convite acima foi enviado pelo Instituto Martius-Staden, e fortalecem minhas convicções da importância do personagem Hans Staden no desenvolvimento do Turismo em nossa querida Ubatuba.

Charles Medeiros PSDB
Autor da Lei que criou a Semana Hans Staden no Município de Ubatuba

Diretório do PSDB

Futebol

Argentina: o melhor time do mundo?

Ezequiel Fernández Moores de Buenos Aires, Argentina
As mensagens nos fóruns da internet são eloqüentes. Uma pede à fifa que postule Julio Grondona, presidente da Associação de Futebol Argentina (AFA), para o prêmio Nobel da Paz. Outra diz que o Boca Juniores deve ser eleito o time número um do ano ao invés do Milan, que ganhou a final do Mundial de Clubes. Uma terceira sugere que na Fifa se bebe muito álcool e uma quarta mensagem, para citar só algumas, não pára de rir: "hahaha, hehehe, hihihi...". E assim seguem várias linhas mais. De que zombam e riem essas mensagens? Do anúncio da Fifa de que a seleção de futebol argentina foi a "equipe do ano" 2007. O mais curioso, no entanto, é que essas mensagens não aparecem em páginas do Brasil, tradicional rival da Argentina. Não. As mensagens são dos próprios argentinos.

Leia mais

TV Víbora: Clássicos

Dream a Little Dream by Louis Armstrong

TV Víbora: Clássicos

Dean Martin - Young At Heart

TV Víbora: Clássicos

Sade - Cherish The Day (Video)


Dedo-duro

Entregando comunistas

No golpe de 1964, a polícia prendeu em Curitiba o advogado Noel Nascimento. Um major queria nomes de comunistas.
- Não conheço nenhum comunista, major.
- Claro que conhece e tem que contar. Ou se arrepende.
- Mas eu tenho medo. Conheço dois, mas eles podem vingar-se de mim.
- Não tenha medo.
- Não diz que fui eu quem disse? Conheço Kruschev e Mao Tsé-tung.
Noel ficou um mês na solitária. (Cláudio Humberto)

Sol

Um milhão de turistas no litoral norte de SP

Em Ilhabela e Ubatuba, mais de 90% dos leitos estão ocupados

Simone Menocchi, SÃO JOSÉ DOS CAMPOS
Uma verdadeira invasão de turistas. Haverá 1 milhão de visitantes neste réveillon nas quatro principais cidades do litoral norte paulista. Ilhabela, São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba já estão lotadas. O sol forte da semana contribuiu para aumentar a procura pelas praias. Ontem a temperatura chegou a 35 graus e, segundo o Centro de Previsão do Tempo do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o tempo vai continuar bom, com sol e calor em todo litoral norte, com chuva somente no fim do dia.

Leia mais

Emenda

PEC que acaba com a reeleição será analisada na Câmara

A Câmara dos Deputados analisa a Proposta de Emenda à Constituição do deputado Régis de Oliveira (PSC-SP), que proíbe a reeleição para os cargos executivos nos três níveis da Federação - presidente da República, governadores e prefeitos.
Na opinião do autor da proposta, a reeleição (instituída pela Emenda Constitucional 16/97) não contribuiu para o aperfeiçoamento das instituições democráticas. Segundo o parlamentar, a experiência política demonstra o uso indiscriminado da máquina pública em favor dos candidatos à reeleição, com graves prejuízos à lisura do processo eleitoral.
- Geralmente, os titulares do Executivo começam a programar-se para um novo mandato logo no início de sua gestão, o que provoca grande prejuízo para o povo brasileiro, que não tem as políticas de seu interesse priorizadas.
Oliveira sustenta ainda que a reeleição provoca jogos de interesses e de conveniências, como a cooptação de parlamentares de oposição, por meio da distribuição de recursos, o que nem sempre atende os interesses públicos.
- Os candidatos à reeleição aproveitam-se de todos os artifícios eleitoreiros para atingir os seus objetivos - ressalta.
Pela proposta, a medida não será aplicada aos atuais ocupantes de cargos com direito a reeleição.

Leia mais

Manchetes do dia

Sábado, 29 / 12 / 2007
Folha de São Paulo
"Sem CPMF, Receita aperta a fiscalização nos bancos"
A partir do dia 1º de janeiro, os bancos serão obrigados a repassar à Receita Federal os dados de todas as pessoas físicas que movimentam mais de R$ 5.000 por semestre em conta corrente ou poupança. Serão listados contribuintes com movimentação média de R$ 833 por mês. O governo quer substituir o efeito fiscalizador da CPMF.

O Globo
"Bolsa do Brasil só perdeu para as da China em 2007"
A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) teve valorização, em dólar, de 72,29% em 2007. Com isso, só perdeu para as bolsas chinesas de Xangai (110,15%) e Shenzhen (180,84%). Concorrente direta do Brasil na América Latina em atração de investimentos estrangeiros, a bolsa mexicana teve um resultado bem mais modesto, com 11,32% no mesmo período. Em reais, a bolsa brasileira teve alta de 43,65%. Levantamento feito pela Associação Nacional dos Bancos de Investimento (Anbid) mostra que, no ano, os fundos FGTS-Petrobras tiveram o melhor desempenho, com ganho de 88,06% até o dia 24 de dezembro, último dado disponível. O segundo lugar ficou com FGTS-Vale, com 86,48%. Os fundos cambiais tiveram perda de 10,73%.

O Estado de São Paulo
"Sem CPMF, governo anuncia regra para fiscalizar cheques"
Com o fim da CPMF, o governo criou ontem um instrumento de fiscalização das operações financeiras ainda mais poderoso do que o imposto do cheque para descobrir indícios de sonegação e evasão fiscal. Para cria-lo, o governo não precisou nem mesmo de uma nova lei. Bastou uma Instrução Normativa da Receita regulamentando artigo da polêmica Lei Complementar 105, que trata do acesso a informações bancárias. A partir de 1º de janeiro, as instituições financeiras terão que repassar semestralmente ao Fisco informações sobre as operações financeiras que ultrapassem no período de seis meses R$ 5 mil para clientes pessoa física e R$ 10 mil para empresas. A regra vale para cada modalidade de operação financeira, o que aumenta o poder de fiscalização da Receita. A decisão serviu de munição para os críticos da CPMF que apontavam contradição no discurso do governo de que a prorrogação da contribuição era fundamental para caçar os sonegadores.

Jornal do Brasil
"Receita fiscaliza sem CPMF"
As pessoas físicas com movimentação financeira média de R$ 833 por mês e as empresas que têm o dobro, R$ 1.666, vão entrar na mira da fiscalização da Receita Federal. A medida, revelada ontem pelo governo, é decorrente do fim da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF). O governo terá acesso às transações bancárias para efeito de combate à sonegação, como lhe garantia a CPMF.

sexta-feira, dezembro 28, 2007

TV Víbora: Clássicos

Ho Capito que Ti Amo - Luigi Tenco, tocava diariamente no programa Disque Disco de Miguel Vacaro Neto.


Al Qaeda

Ministério divulga conteúdo da ligação telefônica da Al Qaeda sobre Benazir Bhutto

ISLAMABAD, 28 dez 2007 (AFP) - Confira a tradução feita pela AFP do conteúdo integral da ligação telefônica que teria sido efetuada nesta sexta-feira por um alto dirigente da Al Qaeda, Baitullah Mehsud, e outro militante da rede terrorista, que o ministério paquistanês do Interior afirmou ter interceptado após o atentado contra Benazir Bhutto:


Maulvi Sahib (MS) - Asalam Aleikum ! (A Paz esteja com você !)

Baitullah Mehsud (BM) - Waleikum Asalam ! (E com você também !)

MS - Chefe, como você está ?

BM - Estou bem...

MS - Parabéns, acabo de voltar hoje à noite.

BM - Parabéns a você, eram nossos homens?

MS - Sim, eram nossos.

BM - Quem eram eles?

MS - Saeed, Bilal de Badar e Ikramullah.

BM - Foram esses três que fizeram aquilo?

MS - Foram Ikramullah e Bilal.

BM - Então, parabéns.

MS - Onde você está? Quero que nos encontremos.

BM - Estou em Makeen (uma cidade da região tribal do sul do Waziristão). Pode vir, estou na casa de Anwar Shah.

MS - Está bem, irei até aí.

BM - Não informe sua casa por enquanto.

MS - Está bem.

BM - Foi um formidável esforço. Os que a mataram são bons.

MS - Mashallah (Graças a Deus). Quando o vir, vou informá-lo de todos os detalhes.

BM - Estarei esperando você. Parabéns, mais uma vez parabéns.

MS - Parabéns para você.

BM - Há algo que eu possa fazer por você?

MS - Obrigado.

BM - Asalaam Aleikum.

MS - Waaleikum Asalaam. (Fonte: UOL)

Por um triz...



Tarantino tropical

O primeiro de roupa listrada sou eu, no presídio Chaing Gang, no Alabama, onde passei uma temporada sabática. Minha prisão aconteceu depois de uma grande confusão no bar do anão curdo. Tenho vaga lembrança de alguma coisa pesada impedindo que me levantasse, tentei me mover e um um punho fechado atingiu minha boca e parte de meu nariz, fazendo estragos em ambos. O cheiro de sangue e a adrenalina curaram a bebedeira, eu estava em perigo, apanhando sem saber o porquê. Reagir ou fugir, alguma coisa precisava ser feita antes que fosse demasiado tarde. Outro soco atingiu o meu rosto, doeu menos do que a gargalhada sarcástica ao fundo, desta vez senti que o malar tinha sido afundado. Meu oponente era muito forte, mas vacilou e perdeu o olho direito, que afundei com o indicador, golpe que aprendi no Nepal quando me preparava para ser agente secreto da rainha. Aos gritos de desespero o animal saiu de cima e virou de costas, foi o seu maior erro, permitiu que eu sacasse a Walther. O primeiro tiro entrou pela parte posterior da cabeça e esparramou miolos em pedaços minúsculos pelo carpete cinza, fazendo uma composição irrepreensível. Dei mais dois tiros por medida de segurança, ambos no peito. O silêncio que se seguiu fez com que as batidas de meu coração se assemelhassem a tambores dos pigmeus de Bandar. Saí dalí apressado, quando me preparava para entrar no carro senti uma fisgada no ombro esquerdo. Alguém me atingira com uma 9 mm, caí ao lado da porta. Outro tiro tirou uma lasca de osso de minha perna direita, por um momento senti os sentidos indo embora, me abandonando. Alguem estava tentando me matar, justamente a mim que não conhecia ninguém na cidade. Com muito esforço estiquei o braço e empunhei a submetralhadora Uzi. Experimentei ficar imóvel, me fingir de morto, quase sempre dá certo. Um carro deu a partida e avançou em minha direção, rolei para baixo de meu próprio carro e disparei nos pneus do agressor que perdeu o controle e bateu em um poste, enchendo o ar de fumaça. Levantei-me com dificuldede, peguei a 12 no porta-malas e acabei com a festa, depois do terceiro tiro o carro explodiu e virou uma bola de fogo. O sangue perdido acabou por me derrubar. Acordei em um hospital, onde fiquei vinte e oito dias antes de ser julgado e condenado à prisão perpétua, sem direito à condicional. Acabei de fugir, vou voltar e terminar o que comecei, aquela gargalhada ainda martela os meus ouvidos. Do que ria aquela mulher?... (Sidney Borges)

Sonegadores na mira

Sem CPMF, governo cria novo mecanismo de fiscalização

Instituições financeiras terão que informar a Receita sobre grandes movimentações feitas por clientes

Adriana Fernandes e Renata Veríssimo, da Agência Estado
BRASÍLIA - Com o fim da CPMF, o governo criou nesta sexta-feira, 28, outro instrumento de fiscalização com base na movimentação financeira dos contribuintes. A Receita Federal baixou norma exigindo que as instituições financeiras repassem semestralmente ao fisco informações sobre as operações financeiras realizadas por clientes pessoa física que ultrapassem R$ 5 mil. As informações de operações feitas por empresas terão que ser encaminhadas quando ultrapassarem R$ 10 mil.

Leia mais

Nota do Editor - Taí o óbvio ululante materializado. Com a medida o governo mata dois coelhos em cajadada única. Identifica sonegadores e cala a militância petista. Sorry, O Ubatuba Víbora já havia indicado o caminho, questão de bom senso, nada mais do que isso. (Sidney Borges)

Paquistão

Funeral de Bhutto termina em clima de violência no Paquistão

da Folha Online
A ex-premiê e líder opositora paquistanesa, Benazir Bhutto, foi enterrada nesta sexta-feira no mausoléu de sua família. O enterro ocorreu em sua cidade natal, Garhi Khuda Baksh, ao sul do país, em meio a ondas de violência.
Novos distúrbios foram registrados nesta sexta-feira no Paquistão. No noroeste do país um ataque a bomba matou quatro pessoas, entre elas um político do partido que apóia o ditador Pervez Musharraf, informou a polícia. Entre ontem e hoje, ao menos 23 pessoas morreram.
Na Província de Peshawar, também no noroeste, simpatizantes da ex-premier incendiaram uma sede do partido de Musharraf, o PML-Q (Liga Muçulmana do Paquistão-Quaid) e também apedrejaram um cinema.

Leia mais

Ocasião


Publicidade

Formação em Pastor

PREÇO COM 50% DESCONTO PAGAMENTO A VISTA
DE R$ 1.600,00 POR APENAS R$ 800,00

* Aproveite nossas promoções.
TABELA DE PARCELAMENTO COM PROMOÇÃO
6 cheques de R$ 200,00 totalizando 1.200,00

4 cheques de R$ 250,00 totalizando 1.000,00
2 cheques de R$ 450,00 totalizando 900,00

PREÇO DO CURSO FORA DA PROMOÇÃO
FORMAÇÃO DE PASTOR - R$ 1.600,00

Para maiores informações clique aqui

Propaganda eleitoral extemporânea

TSE mantém condenação contra apresentador Clodovil e TV Globo

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) negou seguimento ao agravo de instrumento interposto pela TV Globo contra decisão que não admitiu recurso especial. A emissora é acusada de veicular entrevista com o deputado Clodovil Hernandes (PR-SP) em julho de 2006, caracterizando, segundo o MPE (Ministério Público Eleitoral), propaganda eleitoral extemporânea. A multa é de R$ 21.282,00. O MPE propôs representação contra Clodovil Hernandes e a TV Globo por propaganda eleitoral extemporânea. Na época, a emissora veiculou uma entrevista concedida pelo deputado federal em 2 de julho de 2006. Para o MPE, ficou caracterizada propaganda eleitoral extemporânea.O TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo) reconheceu que houve propaganda extemporânea e deu provimento à Representação condenando, tanto a TV Globo quanto o deputado Clodovil Hernandes, ao pagamento da multa.Inconformada com a decisão, a emissora interpôs recurso alegando que o prazo para o ajuizamento da representação seria de cinco dias contados a partir do dia da ciência do fato a ser representado. O que para a TV Globo não aconteceu, já que a representação foi protocolada 46 dias após a exibição da entrevista. Mesmo assim a emissora teve o recurso negado. De acordo com o ministro-relator, José Delgado, o prazo citado pela emissora não se aplica ao caso em exame. “Os paradigmas colacionados pelo agravante representam jurisprudência já superada no TSE”, disse. (Última Instância)

Manchetes do dia

Sexta-feira, 28 / 12 / 2007

Folha de São Paulo
"Atentado mata Benazir Bhutto"
A ex-premiê paquistanesa Benazir Bhutto, 54, foi morta num atentado na cidade de Rawalpindi, perto da capital, Islamabad. Ao menos outras 22 pessoas morreram no ataque. O fato gerou uma onda de violência no país. Benazir encerrara comício para as eleições parlamentares de 8 de janeiro. Ela deixava de carro um parque quando um homem-bomba se explodiu após atirar.


O Globo
"Assassinato de Benazir joga Paquistão no caos"
O assassinato da ex-primeira-ministra Benazir Bhutto deflagrou uma onda de violência no Paquistão, com distúrbios e protestos que tomaram o país. Política mais popular e favorita para voltar ao cargo nas eleições marcadas para 8 de janeiro, Benazir não sobreviveu ao atentado realizado por um suicida, que atirou nela duas vezes e em seguida detonou os explosivos que levava junto ao corpo, matando pelo menos 15 pessoas. Benazir, que retornou ao Paquistão após oito anos de exílio, acabara de discursar num comício do Partido Popular do Paquistão, do qual era líder, e disse que sabia do perigo que corria: "Coloquei minha vida em risco e vim aqui porque senti que este país está em perigo. Tiraremos este país da crise".
Ninguém assumiu o ataque, o que colaborou para aumentar a tensão política no país extremamente dividido. O presidente Pervez Musharraf acusou os grupos radicais islâmicos ligados à al-Qaeda e ao Talibã. Já os partidários de Benazir afirmam que o governo foi o responsável. O ex-premier Nawaz Shariff, líder do segundo maior partido de oposição, também fora alvo de um atentado durante um comício e anunciou boicote às eleições. O assassinato da ex-primeira-ministra foi condenado em todo o mundo e põe por terra a estratégia dos EUA para a construção de um Paquistão democrático, laico e firme contra a al-Qaeda é o fundamentalismo. Chocado, o presidente Lula condenou o uso da violência e do terrorismo na vida política.

O Estado de São Paulo
"Terror mata Benazir Bhutto e violência toma o Paquistão"
A ex-primeira-ministra do Paquistão Benazir Bhutto foi assassinada ontem em atentado após comício na cidade de Bawalpindi, o que provocou violenta onda de protestos por todo o país. Um homem-bomba atirou no peito e no pescoço de Benazir antes de acionar os explosivos, matando outras 20 pessoas. Nenhum grupo assumiu a autoria do atentado contra a líder da oposição. A suspeita, porém, recaiu sobre radicais islâmicos, pois Benazir era adversária dos talebans. Opositores do presidente Pervez Musharraf, bloqueando estradas e incendiando veículos em várias cidades. Pelo menos 14 pessoas morreram em tiroteios. A morte de Benazir aprofundou a crise política paquistanesa, o que pode levar à suspensão de eleições parlamentares marcadas para o dia 8. Filha de um ex-presidente derrubado por golpe militar e executado por ordem de generais, Benazir foi a primeira mulher a chefiar um governo no mundo islâmico. Em outubro, ela já tinha escapado de atentado que matou mais de 140 pessoas.


Jornal do Brasil
"Dengue volta a matar no Rio"
Com a chegada do verão, cresce a ameaça da dengue no Rio. No Hospital Salgado Filho foram registradas as mortes de três pessoas com sintomas da doença, e a Secretaria Estadual de Saúde admite que há risco de epidemia. Este ano já houve registro de 29 mortes provocadas por dengue hemorragia, 21 delas na capital. O número de pessoas infectadas (60.647) é quase o dobro de 2006.

quinta-feira, dezembro 27, 2007

TV Víbora: Garoto Enxaqueca

Qualquer semelhança com políticos ubatubenses é mera coincidência.


Segunda divisão dá lucro

Corinthians chega perto de R$ 1 milhão com venda do kit

Por Luciano Borges
O Corinthians está perto de chegar ao faturamento líquido de R$ 1 milhão, como resultado da venda do kit "Eu nunca vou te abandonar", lançado antes do Natal. Até o meio-dia desta quinta-feira, 61.000 unidades já tinham sido vendidas. Na loja do Parque São Jorge, sede do clube na zona leste de São Paulo, a fila era grande, com cerca de 200 pessoas. Isso às 15h. Três dias depois do Natal. O sucesso da campanha fez o Departamento de Marketing ampliar a distribuição, assinando acordo com duas empresas varejistas (Casas Pernambucanas e Lojas Americanas) e com um site (Netshoes).
Leia mais

Eu na Segunda Guerra



Tempos de glória

Decolei de Amiens às 8:00 sharp. Minha missão: escoltar uma esquadrilha de B-17 sobre as montanhas alpinas. Missão altamente secreta, o alvo era Hitler em pessoa. As fortalezas carregavam bombas especialmente projetadas para destruir o refúgio do vilão nazista, isto é, se a meteorologia deixasse. Meu P-38 estalava de novo, os motores ronronravam suavemente em rotação de subida, ajustei a máscara de oxigênio, dei algumas rajadas com as metralhadoras e exerimentei os canhões. Tudo funcionou perfeitamente, abri o gás e assumi a posição de líder na formação diamante. Em breve iríamos nos agrupar dois a dois. Nivelei com o altímetro acusando 30 mil pés, logo abaixo uma camada de nuvens começou a impedir a visão do solo, no horizonte o Sol brilhava e sua luz refletida nas nuvens escondeu os bandidos. De repente cairam sobre nós como um enxame de vespas furiosas e mortais. O combate foi feroz, o ME-109 é um adversário respeitável, mas os canhôes do P-38 falaram mais alto. Nesse dia abati dois boches e quando voltava para a base encontrei o bombardeiro da foto. Mandei-o para o Valhala. Bons tempos foram os que passei como voluntário da RAF. Hitler escapou, foi salvo pelas nuvens. As bombas cairam longe de seu abrigo, mas ele não perdia por esperar, nós voltaríamos para completar a missão. Um dia contarei a história. (Sidney Borges)

Mondrian, Piet - Neo-Plasticismo


Alberi in fiore, 1912
Oil on canvas
65 x 75 c
G. J. Nieuwenhuizen. Seagar. L'Aia. Holland

Still Life with Gingerpot II, 1912
Oil on canvas
37 1/2 x 47 1/8 inches
Guggenheim Museum, New York City

Still Life with Gingerpot I, 1911
Oil on canvas
25 3/4 x 29 1/2 inches
Guggenheim Museum, New York City

Ubatuba em foco

Irresponsabilidade pode levar à morte

Ontem, à tarde, os moradores, turistas e freqüentadores da Praia do Tenório presenciaram uma briga, a qual culminou com o disparo de uma arma de fogo. O referido disparo atingiu a cabeça de um “flanelinha” de nome Paulo.
Tal situação poderia ser encarada como mais uma manchete de programas policiais se não fosse a responsabilidade decorrente da ineficiência administrativa do Prefeito Municipal de Ubatuba.
O estacionamento rotativo, chamado de Zona Azul, foi reinstalado em nosso município desde 15 de dezembro p.p. Apesar de ter parte de sua arrecadação direcionada às Praias que tenham captado os recursos, na Praia do Tenório, o “flanelinha” de nome Paulo persistia, com anuência do Executivo Municipal, em reservar uma área (ambos os lados da rua, desde o quiosque Areia Sereia a até a entrada da Rua Santa Genoveva) em proveito próprio.
Desde a época em que o estacionamento rotativo era de responsabilidade da COMTUR, inúmeras reclamações orais e escritas foram efetuadas pelos funcionários da COMTUR e pelos moradores do Tenório, face as arbitrariedades, agressões, chantagens e atos de pedofilia do Sr. Paulo. Foram acionados o Secretário Municipal de Segurança, a presidente da COMTUR – Mara (atual diretora da Santa Casa) e o próprio Prefeito. Tais reclamações foram totalmente desconsideradas e culminaram com a retirada das placas de Zona Azul do local do conflito. Como se não bastasse turistas, moradores e funcionários da COMTUR ouviam, do Sr. Paulo, constantemente que o mesmo era amigo íntimo do Prefeito e que a área em questão não mais pertencia a ZONA AZUL e sim a ele Paulo.
Como já citado, desde 15 de dezembro houve a reinstalação da ZONA AZUL, sendo que o Decreto municipal manteve a área (ambos os lados da rua, desde o quiosque Areia Sereia a até a entrada da Rua Santa Genoveva) como pertencente à mesma. Novamente o Sr. Paulo descumprindo a legislação vigente mantendo a posse de fato mas não de direito da referida área, impedindo que os profissionais contratados por concurso cumprissem suas obrigações.
A Praia do Tenório é inegavelmente é uma das praias mais freqüentadas por turistas e moradores de Ubatuba. A situação de ontem poderia ter sido evitada se o Prefeito municipal cumprisse as obrigações inerentes a seu cargo e atendo as reclamações dos munícipes referentes ao cumprimento da legislação. Uma obra do acaso ou do Divino fez com que o atirador acertasse seu alvo sem que fossem molestados fisicamente demais freqüentadores do local.
Paulo foi transferido para Taubaté e somente hoje os funcionários da ZONA AZUL passaram a fiscalizar o local que outrora, por determinação, conivência ou anuência do Prefeito, pertencia ao Paulo.
Cabe ressaltar que tanto no período em que a COMTUR administrava a ZONA AZUL, bem como do dia 15 de dezembro a até 26 de dezembro houve renúncia de receita por parte do Executivo Municipal em benefício de terceiros. Como se não bastasse a incompetência administrativa, dos que ganham para isso, culminou com o disparo de arma de fogo. Tais situações além de serem alvo do judiciário devem fazer parte da avaliação de cada eleitor em 2008.

Marcos Leopoldo Guerra, com o apoio de:
Elias Penteado Leopoldo Guerra

Urgente



Explosão em comício eleitoral causa morte de Benazir Bhutto

da BBC Brasil
Uma explosão atingiu um comício eleitoral e causou a morte da ex-primeira-ministra e candidata nas eleições parlamentares do Paquistão, Benazir Bhutto.
De acordo com informações iniciais, 15 pessoas teriam morrido no comício em Rawalpindi.
A correspondente da BBC em Islamabad Barbara Plett recebeu informações da polícia afirmando que a explosão ocorreu depois do discurso de Benazir Bhutto.
A explosão teria ocorrido no portão de saída do parque onde estava ocorrendo o comício, no momento em que as pessoas estavam indo embora.
Autoridades do governo afirmam que há suspeitas de que um suicida teria sido o responsável pelo incidente.
Testemunhas relataram que viam mortos, feridos e membros espalhados pela área da explosão.

Leia mais

Entenda a história de conflitos do Paquistão (Aqui)

Ludopédio

Falha de Dida faz Milan procurar novo goleiro, diz jornal

da Lancepress
Após falha no clássico contra a Inter de Milão, no último domingo, o goleiro Dida pode ver seu ciclo no Milan chegar ao fim. Em má fase nos últimos meses, o brasileiro já não seria unanimidade na diretoria do clube, que estaria cogitando seriamente a possibilidade de contratar um novo atleta para a posição.
De acordo com a edição desta quinta-feira do jornal italiano "Gazzetta dello Sport", o clube milanês estaria de olho no goleiro do Celtic, o polonês Artur Boruc, que deixou boa impressão nos confrontos entre os dois clubes válido pelas oitavas-de-final da última Copa dos Campeões.
Outro goleiro que o Milan poderia tentar contratar é Sébastien Frey, da Fiorentina. No entanto, o arqueiro francês tem contrato com a equipe até 2010 e só poderia se transferir em junho de 2008.


Nota do Editor - É dura a vida dos goleiros. Dida fechou o gol do Milan por muito tempo, bastou um galináceo para enodoar forever sua carreira. Um único peru e glu, glu. Lembra a história do homem mais viril do mundo, instado a comprovar a fama no Maracanã. Duzentas mil pessoas lotavam o estádio. No centro do campo um palco e a cama da verdade. Começaram a chegar as voluntárias, uma a uma o machão foi traçando, o número comprobatório ficou estipulado em cem. Na nonagésima nona tentativa ele caiu exausto e anunciou aos juízes a desistência. O Maracanã entoou então um coro que foi ouvido do outro lado da Cordilheira dos Andes. Bicha, bicha, bicha... (Sidney Borges)

Já chegamos?


Clique sobre a imagem para ampliar

- Você não ia?
- Ia.
- Mas não foi.
- Fui.
- E já voltou?
- Já.
- Mas como?
- Pela Real!

Ponto de vista

Reflexões Ambientalistas

Tenho obrigatoriamente e a contra gosto "andado" por aí (vide Maranduba, Grande etc, etc,etc). Pode-se focar, em cada "olhar" farto material para um "estudo do Meio". Como a temporada apenas inicia-se, será muito pertinente a observação criteriosa e, detalhada, desta "visão" de todos os nossos ambientalistas. Sem exceções. De suas conclusões, trazidas a discussão pública, participativa e democrática, poderão sair, quem sabe, propostas sérias, de ações efetivas, para que possamos nos organizar e, planejar o simples "uso" do "nosso meio" antes que acabem com ele. Quiçá, poderemos sonhar com um modelo, exeqüível, de uso consciente e, de uma ocupação que priorize a preservação daquilo que nos dá o pão. O Laisser - Faire, chapa branca, está aí. Muito bem instalado e, nos fazendo "sangrar". O que nos restará? "Eles" querem saber quantos somos, o que pensamos, quando e, como reagiremos! Nestes casos, de enfrentamento (real) não há holofotes! Só aparecem os que realmente "brilham".


Ronaldo Dias

Hertzianas

Fora da onda

Rádio comunitária é fechada por operar em alta frequência

Emissora de rádio comunitária não pode utilizar freqüência elevada e nem vender anúncios comerciais. Com esse entendimento, a 1ª Turma do Superior Tribunal de Justiça determinou o fechamento da empresa de Radiodifusão Informativa e Comunitária Jaciobá FM, de Alagoas. De acordo com o ministro Teori Zavascki, a utilização de uma potência de 931 watts e anúncios pagos desqualificam a suposta emissora como rádio comunitária.
A Rádio Jaciobá entrou com Mandado de Segurança, pedindo liminar para garantir seu funcionamento. Também solicitou que não fossem aplicadas as penas do Código Brasileiro de Comunicações. A empresa alegou que, em fevereiro de 1996, havia entrado com o pedido de regularização de suas atividades no Ministério das Comunicações e que não seria clandestina, pois é registrada na junta comercial do município de Pão de Açúcar (AL), onde fica sua sede.

Leia mais

Pensata

São Paulo, Terceiro Mundo

Sérgio Malbergier na FolhaOnline
Aqui de São Paulo gostamos de olhar para o resto do Brasil como se fôssemos a locomotiva puxando os vagões, uma Nova York dos trópicos, cosmopolita, dinâmica, rica, moderna. É tudo verdade. Temos de longe a maior concentração de PhDs e MBAs do Brasil, ficam aqui o centro financeiro e nossas Bolsas e bancos bilionários, os hospitais de ponta, as principais indústrias, as melhores universidades, os jornais e revistas mais relevantes, as agências de publicidade, os melhores restaurantes, o comércio de luxo.
E ainda argumentamos, cheios de razão, que parte da devassidão do Congresso Nacional é fruto da injusta lei eleitoral que reduz o peso do voto de São Paulo e outros centros mais ricos e avançados enquanto turbina a voz das regiões mais pobres e atrasadas do país. E, não, isso não traz mais equilíbrio entre ricos e pobres, apenas dá mais poder ao voto dos menos educados que acabam elegendo políticos menos educados que acabam fazendo esses estragos todos em Brasília que prejudicam justamente os mais pobres, pois os ricos já são ricos.
Mas basta olhar para a Câmara de Vereadores de São Paulo para concluir que não somos tão melhores assim politicamente.

Leia mais

Empreendedores

PF faz operação para desarticular quadrilha de PMs no Rio

Grupo é acusado de explorar fornecimento clandestino de sinal de TV a cabo em Nova Iguaçu

Solange Spigliatti, do estadao.com.br
RIO - Policiais federais de Nova Iguaçu, no Rio, deram início na manhã desta quinta-feira, 27, a uma operação em vários pontos da Belford Roxo, na Baixada Fluminense, com o objetivo de desarticular uma quadrilha formada por policiais militares acusados de explorar o fornecimento clandestino de sinais de TV a cabo no município. A PF ainda não tem informações sobre número de presos.

Eu marchand



Picasso

À esquerda o original, à direita a cópia que está em minha sala. O original vale milhões de dólares. Se surgir uma boa proposta pela cópia aceito conversar. (Sidney Borges)

Manchetes do dia

Quinta-feira, 27 / 12 / 2007

Folha de São Paulo
"HC adiou obra em central que pegou fogo"
A subestação de energia do Prédio dos Ambulatórios que pegou fogo na noite de Natal no Hospital das Clínicas (zona oeste de SP) já deveria ter sido reformada. Waldemir Rezende, ex-diretor do IC (Instituto Central) do HC, disse que em 2005 foram descobertos problemas na parte elétrica. Segundo ele, foi feita uma troca emergencial de fiação, mas recomendou-se a reforma geral. (...)


O Globo
"Ministro diz que Brasil pode investigar morte de italianos"
O ministro da Justiça, Tarso Genro, deverá pedir à Procuradoria Geral da República que abra uma investigação sobre a suposta participação de ex-repressores brasileiros em casos de torturas e mortes de dois ítalo-argentinos no Brasil durante a Operação Condor. Dos 13 brasileiros que tiveram a prisão preventiva decretada pela Justiça italiana, seis já morreram, entre eles o ex-presidente João Baptista Figueiredo e os generais Walter Pires, Octávio Medeiros e Euclydes Figueiredo. Foram denunciados ainda o ex-superintendente da PF no Rio Agnello de Araújo Brito e Edmundo Murgel, ex-secretário de Segurança do Rio. Em Porto Alegre, um dos quatro acusados, o coronel de reserva Carlos Alberto Ponzi, reagiu irritado: "Fiz o que achava certo, combati os inimigos do meu país".


O Estado de São Paulo
"Estado só gastou 17,8% da verba para obras no HC"
Dos R$ 16,9 milhões orçados pelo governo do Estado de São Paulo para ampliação e aparelhamento do Hospital das Clínicas neste ano, apenas 17,83% - R$ 3.013.281,00 - foram gastos até dia 18, segundo o Sistema de Informações Gerenciais da Execução Orçamentária, da Secretaria da Fazenda. Desde 2005 o Departamento de Controle do Uso de Imóveis, da Prefeitura, pede adequações no Instituto Central do HC e no Prédio dos Ambulatórios - este pegou fogo na noite de segunda-feira. Um hospital de porte bem menor e privado, como o Santa Catarina, instalado num prédio de 12 andares da Av. Paulista, investiu R$ 25 milhões em obras em 2005. O secretário estadual Saúde, Luiz Roberto Barradas, garante que até amanhã serão utilizados os 82,17% das verbas que ainda faltam ser aplicados. Mas as obras só terão início no próximo ano.


Jornal do Brasil
"Rio joga fora R$ 19 milhões"
Os restos das obras da garagem de barcos na Marina da Glória - um dos cartões-postais do Rio - simbolizam um desperdício dos quase R$ 19 milhões, que a prefeitura do Rio trocou com a empreiteira EBTE pela ampliação da concessão da exploração da área de 10 para 30 anos. A obra, embargada pelo Instituto do Patrimônio Histórico Nacional por desrespeitar o tombamento do espelho d'água da Baía de Guanabara, ficaria pronta para o Pan, em julho. Discute-se ainda na Justiça a derrubada das estruturas, iniciadas com o aval do município. A empreiteira admite demolir, mas promete acionar a prefeitura. A área, degradada, virou pouso de assaltantes.

quarta-feira, dezembro 26, 2007

Crônica

Eu morto?

Noite dessas tive um sonho estranho, como devem ser os sonhos, que se não fossem estranhos não seriam sonhos. Seriam repetição da realidade que por mais absurda que seja é a única que temos e devemos amá-la, pois não sabemos o que seria de nós sem ela. Deitei tarde, com as pálpebras pesadas e de repente me vi num lugar com muita gente, muito barulho, todos apressados, caminhando rápido. Olhei bem, não me era de todo alheia a paisagem. Eu estava na Avenida São Luiz, em São Paulo, quase em frente ao prédio onde morou Caetano Veloso. Atravessei a rua, um veículo que parecia ser um carro, uma espécie de Nash 48, veio em minha direção. Tentei desviar, não foi possível, ele passou através de meu corpo como se eu não existisse. Refeito do susto segui a multidão. Na praça da biblioteca havia uma comemoração. No palanque uma faixa estampava homenagem ao sesquicentenário de Oscar Niemeyer, nascido em 1907. Ele completava naquele dia cento e cinqüenta anos, lúcido e trabalhando ao lado da esposa. A décima segunda. Havia muitas bandeiras vermelhas com a foice e o martelo, fiquei emocionado quando Oscar subiu ao palanque e discursou em tom suave sobre a beleza das curvas e a necessidade de um mundo mais justo. Depois acendeu uma cigarrilha, tomou um trago e se deitou na rede. Fui embora quando a multidão começou a se dispersar. Na esquina encontrei um velho amigo que não via desde os tempos de infância. Paramos para um café, ele ficou feliz em me ver, falamos dos velhos tempos, lembramos dos amigos e só então me dei conta de que ele havia morrido há mais de dez anos. Perguntei sobre a vida de morto. Ele me disse que não é das piores, os impostos são mais brandos e há emprego para todos. Além do trânsito não apresentar congestionamentos, os veículos passam uns pelos outros e pelos prédios e casas sem problemas. No lado de lá não valem as leis da matéria. Despedimo-nos com um forte abraço, embora eu não o sentisse nem ele a mim, os mortos são menos densos, mais etéreos, quase gasosos. Quando ia saindo ele me perguntou como tinha sido a minha passagem. Que passagem? Sua morte. Como você veio parar aqui? Acidente, câncer, vício, bala perdida? Só nesse momento me dei conta que estava vivendo um pesadelo. Acordei suando. Aquele carro que passou através do meu corpo não me sai da cabeça... (Sidney Borges)

Meus sais!

Deu na Folha de S. Paulo
Os conselheiros do TCE paulista empregam parentes


Para os sete titulares, contratação de familiares sem concurso público não é ilegal. O vice Eduardo Bittencourt nomeou seus 5 filhos para trabalhar no gabinete; um deles ganha R$ 12 mil para ler cabeçalhos de cartas

De Lilian Christofoletti:
Os sete conselheiros do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP), órgão criado para fiscalizar os gastos do Executivo, empregam filhos, irmãos e noras em cargos de confiança. A maioria dos parentes, mesmo sem concurso público, recebe por mês cerca de R$ 12 mil líquidos. Os conselheiros, que têm cargos vitalícios e ganham pelo menos R$ 21 mil líquidos por mês, entendem que a prática não é ilegal.


Nota do Editor - Entendam os sete conselheiros como quiserem, se não é ilegal, é de moralidade duvidosa. (Sidney Borges)

Ladrão de casaca

Polícia retoma investigação sobre o furto de obras no Masp

da Folha de S.Paulo, da Folha Online
Alguns dos policiais civis de São Paulo responsáveis por investigar o furto de duas telas do Masp, na madrugada do último dia 20, foram orientados por seus superiores a passar o Natal assistindo filmes sobre crimes ou criminosos hábeis em tentar enganar a polícia, principalmente aqueles dedicados ao furto de obras de arte.
Motivo: quando recomeçarem hoje as investigações sobre os três ladrões que furtaram o museu, os policiais terão de apresentar novas idéias que os ajudem a localizar "O Lavrador de Café" (da década de 30, óleo sobre tela, 100x81 cm), do brasileiro Candido Portinari (1903-1962) e "Retrato de Suzanne Bloch" (1904, óleo sobre tela, 65x54 cm), do espanhol Pablo Picasso (1881-1973).

Leia mais

Nota do Editor - Uma saída seria chamar o Inspetor Clouseau, especialista em ladrões de classe. Eu tenho uma tese, o roubo foi inspirado no filme "Crown, o magnífico, de 1967", que passa tantas vezes na TV paga que deve ter chamado a atenção de algum rapagão rico e entediado. Um dos males do mundo atual é a falta de guerras, o conforto burguês não é inspirador, engorda e faz cair cabelos. A polícia vai enfrentar um oponente de alto calibre, inteligente, audacioso, bem-formado, amante de jogos perigosos, bem diferente dos "elementos" com que está acostumada, que escrevem impório no carro da lança. O ladrão escolheu bem, Picasso e Portinari. Vai pendurar os quadros no apartamento e dar uma festa-balada de três dias para comemorar. Eu tenho um Picasso. É falso, meu sogro copiou de uma gravura. Parece falso, mas é tão decorativo como se fosse verdadeiro. (Sidney Borges)

"Ideologia, preciso uma pra viver..."

Delfin, Lula e o centro da política

No domingo dia 23 de dezembro, o jornal Zero Hora trouxe uma entrevista com Antonio Delfin Netto. Nas páginas 10 e 11, o repórter Moisés Mendes decorreu sobre sua conversa ao telefone com um dos conselheiros do ex-líder sindical Luiz Inácio da Silva. Li e reli a matéria e me veio à mente uma afirmação que considero falsa. Segundo as palavras do ex-ministro de Emílio Garrastazu Médici, ele se posiciona no “centro”. Por esta lógica, no Brasil não existe direita. Digo mais, a ausência de direita assumida, permite a confusão ideológica, escamoteando legendas de “esquerda” que governam por direita. É o caso de Lula.
Discordo profundamente da idéia de ausência de polarização ideológica... No Brasil temos direita sim. Pode-se afirmar a existência de uma direita hegemônica, pregando o neoliberalismo através de receituário macroeconômico que não passa de política financeira. Os demais projetos rendem subserviência a esta primeira. É por isso que na essência, não existe diferença entre os projetos desenvolvimentistas capitaneados por Dilma Roussef, e as críticas internas feitas por José Serra durante o segundo mandato de Fernando Henrique. Este consenso de “maturidade política” é tão forjado quanto os produtos piratas campeões de venda nas ruas do Centro de Porto Alegre.

Leia mais

Arte


Rich Art - 1972-3
Oil on canvas
36 x 50"

Flack, Audrey - Hiper-realismo
Se pintura e fotografia não se confundem, a imagem fotográfica é um recurso permanente dos "novos realistas", sendo utilizada de diversas maneiras. A foto é usada, antes de tudo, como meio para obter as informações do mundo, pinta-se a partir delas. O pintor trabalha tendo como primeiro registo os movimentos congelados pela câmara, num instante preciso. Se o modelo vivo - pessoa ou cena - sofre permanentemente as interferências do ambiente e está, portanto, sempre em movimento, a imagem registada pela máquina encontra-se cristalizada, imune a qualquer efeito externo imediato, o que lhe dá um tom de irrealidade. Audrey Flack (1931) utiliza a fotografia como suporte. Observa-se ainda a utilização de técnicas pictóricas que permitem obter um resultado final similar à fotografia. O uso do aerógrafo (airbrush), por exemplo - que nunca toca a tela e que, portanto, não deixa impressas as marcas do gesto e do pincel - permite o controle da quantidade de tinta a ser empregada e sua distribuição regular: cada área do quadro é pintada do mesmo modo. A pintura obtida, nesse caso, é lisa, sem texturas nem empastes. O recurso à superfície espelhada - painéis com espelhos, vidros e metal reluzente - é outro traço relevante dessa produção.



Sabedoria

Dito e feito

O jornalista Florestan Fernandes Jr (TV Brasil) não esquece a conclusão do saudoso pai, sociólogo e ex-deputado do PT: "Não se iluda, eles (petistas) não são de esquerda; são sindicalistas querendo melhorar de vida". (Cláudio Humberto)

Trânsito

Número de mortes nas estradas aumenta 49%

Dados preliminares mostram crescimento dos casos em relação ao Natal do ano passado

De Demétrio Weber em O Globo:
O Natal começou violento nas estradas federais. Balanço preliminar divulgado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) mostra que 134 pessoas morreram entre a meia-noite da última quinta-feira e as 6h de segunda-feira, o que significa um aumento de 49% em relação ao mesmo período do ano passado, quando 90 pessoas perderam a vida. O inspetor Alexandre Castilho previu ontem que o número final de vítimas fatais deverá superar o do último carnaval, quando morreram 145 pessoas. O balanço completo será anunciado hoje.
— A não ser que parem de acontecer acidentes, acho que o Natal já ultrapassou o número de mortos do último carnaval. É o fim do mundo um feriado religioso ter mais mortos nas estradas do que o carnaval, que é o feriado do excesso, da bebida, da folia. Uma tragédia — disse Castilho, que é assessor de imprensa da PRF.

Opinião

“Peleguismo explícito”

Corsino Aliste Mezquita
Recebe o nome de pelego a pele de carneiro ou de cabra curtida que se coloca sobre a cela do cavalo com a finalidade de amacia-la e, assim, impedir que o trotar do animal maltrate as nádegas do cavaleiro.
No Brasil, desde a época de Getúlio Vargas, atribui-se ao termo “pelego” outro significado, devido à semelhança de utilidades. Pelego é o dirigente sindical ou de associações de classe, comprometido com determinações e políticas dos ocupantes do poder e que se coloca entre o governo e os integrantes de sua categoria servindo como amortecedor dos embates sociais ou de classe. Pelego é o traidor da classe. É todo aquele que, despojando-se de escrúpulos, de princípios, de ética etc.. passa a servir ao cavaleiro (prefeito, governador, presidente) como amaciamento de sua cela.
No ambiente local são todos aqueles que perdendo a visão de futuro, o coleguismo, o respeito à classe apegam-se, a pequenas benesses do presente, para uns poucos, unem-se em associações que já sugerem “aspones”, fazem festas em conluio com o poder público do momento, distraem os trabalhadores para que esqueçam: desprezos, maus tratos, não reposição salarial, falta de material nas repartições, veículos sucatados, ambiente de trabalho carregado de futricas e outras mazelas e ou ilegalidades administrativas.
O peleguismo é de tal modo nocivo que, prejudica os “pelegos” e os “pelegados”, “otários” ou “enganados”. Só é útil a políticos desonestos. Estes, quando conseguidos seus objetivos, chutam os pelegos e os otários enganados.
Lembro a esse respeito que, em 1997-1998, o Prefeito da época, queria emprestar o dinheiro do Fundo de Aposentadorias e Pensões, para pagar o décimo terceiro salário. Os conselheiros, a exceção de três, (dois do Conselho de Administração e um do Conselho Fiscal), “pelegaram” pressionados por Prefeito, Secretários, Comissionados e um grupo de funcionários. A maior parte dos funcionários de carreira apoiou os três que se mantiveram firmes. O dinheiro não foi liberado ou emprestado.Tivesse sido e hoje estaríamos sem Instituto de Previdência Municipal de Ubatuba –IPMU-. A improbidade administrativa do Prefeito e dos Conselhos teria destruído o FUNDO e a criação posterior do IPMU.
Pelegos da época, 1997-1998, militam, aqui e agora, na ASPEM e em cargos chaves da Administração Municipal. Cuidado colegas!. O Sindicato apoiou o Prefeito na Eleição; o PL e o PT o elegeram. Foram traídos. O alerta está sendo dado por quem já sofreu bastante por ter posições firmes e resistir a “pelegos”, “apadrinhados”, “mercenários” e “aproveitadores” e que, neste momento de sua vida, não tem interesses profissionais em jogo, não é candidato a nada, não está comprometido com nada nem com ninguém e não está filiado a partido político. O único interesse é alertar a classe que sempre defendeu e apoiou. Alô Sindicato!. Acorda enquanto é tempo!.
Viva Ubatuba. Sem dengue e sem caluniadores.

Manchetes do dia

Quarta-feira, 26 / 12 / 2007

Folha de São Paulo
"Natal tem 78% a mais de mortes nas estradas"
Balanço da Polícia Rodoviária Federal indica crescimento de ao menos 77,8% no total de mortes nas estradas federais durante o feriadão de Natal em relação a igual período de 2006. Da 0h de sexta-feira até as 6h de ontem, 160 pessoas morreram nas rodovias federais. No ano passado, as mortes foram 90 nos quatro dias de feriadão. Em 2005, a PRF registrou 91 mortes durante o período natalino. (...)


O Globo
"Brasileiros ligados à ditadura têm ordem de prisão na Itália"
A Itália emitiu ordens de prisão contra 140 ex-integrantes da Operação Condor, que uniu durante as décadas de 1970 e 1980 os regimes militares da América do Sul. Entre os acusados estão 13 brasileiros, que não tiveram seus nomes revelados, além de alguns dos principais líderes das ditaduras do Cone Sul, como os ex-presidentes Rafael Videla, da Argentina, Augusto Pinochet, do Chile, e Juan Maria Bordaberry, do Uruguai. A Justiça italiana deverá enviar amanhã pedidos de extradição para sete países. A juíza Luisanna Figliolia chegou a assinar 146 mandados de prisão para 61 argentinos, 32 uruguaios, 22 chilenos, sete bolivianos, sete paraguaios e quatro peruanos. Seis deles, no entanto, já morreram. Eles são acusados da morte de pelo menos 25 italianos na América do Sul. A primeira prisão, a do ex-agente secreto uruguaio Nestor Jorge Fernández Troccoli, foi feita na véspera de Natal na cidade de Salerno, no Sul da Itália.


O Estado de São Paulo
"Incêndio no HC deixa 4 mil sem atendimento"
Pelo menos 4 mil pessoas por dia ficarão sem atendimento médico a partir de hoje por causa do incêndio que atingiu o Hospital das Clínicas na noite de Natal. Somente cirurgias de urgência e consultas de casos graves serão realizadas. A direção do hospital, o maior da América Latina, estima que o atendimento só vai começar a se normalizar dentro de três dias. O fogo começou no subsolo do Prédio dos Ambulatórios, após curto-circuito nos tubos de transmissão de energia elétrica. A fumaça se espalhou rapidamente pelos dutos de ar-condicionado. As luzes se apagaram, provocando pânico e correria. Pacientes tiveram de ser transferidos às pressas, de forma improvisada, mas ninguém saiu ferido. Pelo menos 42 viaturas dos bombeiros foram mobilizados. Inaugurado em 1981, o edifício onde funcionam os ambulatórios vem passando, desde 2005, por obras na rede elétrica, por determinação do Departamento de Controle do Uso de Imóveis (Contru). Ainda serão instaladas novas portas corta-fogo. Sensores de fumaça já foram colocados, mas falta liga-los a uma central.


Jornal do Brasil
"Presídios estão fora de controle"
O presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Airton Mozart Valadares Pires, afirmou em entrevista ao JB que "não podemos esconder a verdade", quando questionado sobre o fato de uma juíza desconsiderar que estava encarcerando uma menor de idade no meio de 20 homens. "No Pará, como em todos os outros Estados, o Brasil perdeu o controle de suas prisões. E o Estado que tem a obrigação da administração dos presídios, das cadeias públicas", comentou. Na opinião de Mozart Valadares, o juiz só pode mandar uma pessoa para a prisão quando ela oferece efetivamente risco à sociedade.

terça-feira, dezembro 25, 2007

Um pouco de teto...


Recado explícito. Mudou, dançou.

'Infiel' terá dificuldade para manter mandato, diz presidente do TSE

'Dificilmente teremos uma justificativa socialmente aceitável para o troca-troca', disse Mello. Justiça colocou limites às trocas de partido e fixou datas para fidelidade partidária.

Do G1, em São Paulo
O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Marco Aurélio Mello, disse que políticos que trocaram de partido após as datas fixadas pela Justiça terão dificuldades para manter o mandato, segundo informações da Agência Brasil.
No próximo ano, deverão ser julgados cerca de 2 mil processos de partidos que querem reaver os mandatos dos “infiéis”. “Não tenho a menor dúvida de que dificilmente teremos uma justificativa socialmente aceitável para o troca-troca após os períodos fixados pelo TSE”, afirmou à agência o presidente do TSE.

Leia mais

TV Víbora: Clássicos

8½ theme - Nino Rota

Jingobel


O passado condena...

Juiz italiano manda prender integrantes da 'Operação Condor'

Ex-presidentes da Argentina e Uruguai estão na lista; 140 latino-americanos são acusados de mortes e seqüestros

Agências internacionais
ROMA - Um juiz italiano emitiu mandados de prisão para 140 latino-americanos, entre os quais estão 13 brasileiros, suspeitos de envolvimento na perseguição coordenada a dissidentes no período das ditaduras militares do sul da região, na década de 1970. O Itamaraty afirmou que ainda não recebeu a comunicação oficial do pedido de prisão dos brasileiros.
Os pedidos de prisão envolvem cidadãos argentinos, bolivianos, brasileiros, chilenos, paraguaios e peruanos, suspeitos de terem sido cúmplices nas mortes de 25 cidadãos italianos assassinados pelas ditaduras militares da América Latina.
Quase todos os integrantes da lista de pedidos de prisão, realizados na segunda-feira, vivem atualmente na América Latina. Alguns deles já estão sob custódia policial, como parte das investigações relativas à conspiração conhecida como "Operação Condor". De acordo com a lei italiana, os magistrados podem investigar os assassinatos de cidadãos italianos cometidos no exterior. Não ficou claro se o processo contra os integrantes da lista que vivem fora da Itália é simbólica ou se o juiz tentaria obter sua extradição.
Segundo a agência de notícias Efe, a lista incluía 146 nomes, das quais seis já morreram - entre elas o ex-presidente chileno Augusto Pinochet. A lista inclui 61 cidadãos da Argentina, 32 do Uruguai, 22 do Chile, 13 do Brasil, sete da Bolívia, sete do Paraguai e quatro do Peru.

Leia mais



Warhol, Andy - Arte Pop


Portrait of Maurice - 1976
Synthetic polymer paint and silkscreen ink on canvas
65.80 x 81.40 cm
National Galleries of Scotland, Edinburgh

Brasil

2008 será difícil para o governo Lula

De Weiller Diniz no Jornal do Brasil
O ano que vem será difícil para o governo Lula, que vinha surfando em uma onda de popularidade de crescimento econômico beneficiado pelos ventos externos. Interna e externamente há sinalizações de que a brisa tenha se invertido e já começa a soprar contra. A intensidade e freqüência desses ventos é que precisam ser monitoradas pelo governo sob o risco do mandato político - não o administrativo e constitucional - acabar antes de 2010.
A crise imobiliária nos Estados Unidos já dá sinais de que pode extrapolar o segmento onde brotou e contaminar a economia norte-americana com um nefasto e previsível efeito recessivo em todo o planeta. Tanto que Lula instruiu os ministros Guido Mantega e Henrique Meirelles a monitorar a iminente crise acima do Equador. "A única coisa que me deixa de antena ligada no fim do ano é a crise da economia dos EUA", admitiu, antes do Natal.
Mais do que um revés econômico que colocaria a pique sua popularidade, a correlação de forças políticas internas vai passar por uma acomodação que tende a debilitar o apoio político a Lula. Com horizontes incertos na economia e disputas regionais sangrentas, o PT poderá se tornar um coadjuvante na eleição municipal.
Seria uma complementação ao que já se verifica no Congresso, onde a força eleitoral de Lula já não agrega número necessário para fazer prosperar as emendas com o selo da ideologia petista. As reformas que estão prometidas - tributária e política - passarão pelo filtro e anuência da oposição.
A derrota da CPMF foi outro revés que teve um sutil recado do que o PT qualifica como a "velha política" ou oligarquias, que, sentido-se usadas e descartadas, não estenderam a mão solicitada por Lula e, com isso, a CPMF foi enterrada pela vitalidade da Avenida Paulista, com votos de todos os partidos, inclusive governistas. O "no" venezuelano a Chávez, que traduziria um irrefreável terceiro mandato de Lula, é outro elemento que mostra que os ventos podem estar mudando.

Leia mais

Manchetes do dia

Terça-feira, 25 / 12 / 2007

Folha de São Paulo
"Brasil lidera gastos com Previdência no mundo"
O Brasil lidera a lista de países que mais gastam com Previdência, ao lado de nações com população mais velha como Áustria, Polônia e Suíça, segundo um novo critério de cálculo.
A conclusão é de estudo do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) que considera estrutura etária da população, parcela de contribuintes, alíquotas e idade mínima para contribuição. O cálculo tradicional estabelece o percentual do PIB (a soma das riquezas do país) gasto com aposentadorias. Segundo esse critério, o Brasil ocupa a 14ª posição.
Pelo novo critério, o Brasil aparece entre os líderes apesar de ter uma proporção menor de idosos quando se compara com outros países. Os brasileiros com mais de 65 anos equivalem a 9,1% da força de trabalho (pessoas de 15 a 65 anos). Na Áustria e no Uruguai, a proporção é bem maior: 24,2% e 21,2%, respectivamente.
O pesquisador Marcelo Caetano afirma que o novo critério deixa claro as nuances das despesas. Países com um número maior de contribuintes e alíquotas mais elevadas podem gastar mais, exemplifica.


O Globo
"Lucro de aéreas cai 80% com crise do setor"
O caos nos aeroportos fez de 2007 um ano difícil não só para os passageiros como para as companhias aéreas, que amargam perdas de cerca de 80% nos lucros. O resultado também não é bom para quem investiu em ações do setor: de janeiro até a última sexta-feira, os papéis da Gol acumulavam queda de 27,5% ,e os da TAM, de 33,3%. A demanda por viagens aéreas domésticas deve encerrar o ano com aumento superior a 10% sobre 2006, mas as empresas foram forçadas a reduzir suas tarifas para vencer a resistência crescente das pessoas a voar. Para o especialista Eduardo Puzziello, o ano de 2007 é para ser esquecido por acionistas das companhias.


O Estado de São Paulo
"Importação cresce 34% e supera previsão do governo"
Faltando oito dias para o encerramento do ano, a meta do governo para as exportações, de US$ 157 bilhões, foi superada. Mas, turbinadas pela forte demanda e pelo dólar barato, as importações tiveram desempenho ainda mais forte. De acordo com dados divulgados ontem pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, as exportações somaram US$ 157,41 bilhões até a terceira semana de dezembro, com crescimento de 19,2% sobre igual período do ano passado. As importações atingiram US$ 119,01 bilhões, com aumento de 34,7%. A cifra já ultrapassa em US$ 2 bilhões a projeção do governo, que é de US$ 117 bilhões. O saldo comercial está acumulado em US$ 38,39 bilhões, um resultado 12,2% inferior ao do mesmo período do ano passado. A projeção do governo é de US$ 40 bilhões, cerca de 13% abaixo dos US$ 46,07 bilhões de 2006.


Jornal do Brasil
"Brasil crescerá menos em 2008"
O mercado financeiro brasileiro projeta um crescimento menor do país em 2008, segundo relatório do Banco Central divulgado ontem. A estimativa de expansão da economia, este ano, é de 5,12% do Produto Interno Bruto (PIB, equivalente a todas as riquezas produzidas no país). Para o próximo ano, o aumento será de 4,5%. As estimativas de inflação foram revistas. O país deve terminar o ano com 4,35%, enquanto a expectativa na semana passada era de 4,21%. Para 2008, o IPCA ficará em 4,25%, de acordo com o relatório.

segunda-feira, dezembro 24, 2007

TV Víbora: Feliz Natal Mr. Bean

Reminiscências

Dezembro / 1954

Seu Armando passava de um lado para o outro. As pessoas entravam e saiam das casas, uma de cada vez. Parecia a hola. Com os olhos arregalados e os punhos fechados seu Armando bufava como um trem da Central, olhando fixamente para frente. A ambulância do Samdu estacionou, quatro homens desceram e apanharam muito até vestir a camisa de força e embarcar seu Armando. Fomos visitá-lo. A rua inteira. Alugaram um ônibus. No corredor do hospital psiquiátrico os doentes corriam como loucos. Enquanto as mulheres distribuíam tortas, frangos e doces pelas mesas, fui dar uma volta. Na capela uma senhora morta era velada. Parentes me disseram que ela contraiu a doença fatal na época em que ainda estava viva. Logo em frente ao velório, no auditório principal, uma placa anunciava para breve a conferência sobre prisão de ventre. Seria seguida por um farto almoço. Fiquei extasiado com o quadro que cobria a parede do átrio. Bela obra, de onde parecia exalar toda a fria tristeza da estepe gelada, executada com um calor magistral. Continuando a caminhada, parei perto do senhor baixinho que apregoava:
- Depois de muita luta de nossa parte a água corrente foi finalmente instalada no cemitério, para satisfação dos habitantes. Um dos ouvintes replicou:
- Essa nova terapia traz esperanças a todos aqueles que morrem de câncer a cada ano.
Como o tempo começasse a esquentar achei melhor sair de fininho. Foi um passeio interessante e instrutivo, apenas a volta complicou um pouco. Eu não levei agasalho e apesar de a meteorologia estar em greve, o tempo esfriou intensamente. Na saída um grupo de sete cantores encantou a todos, um trio de talento. Acabamos tendo de voltar de trem, dentro do ônibus foi encontrado um tronco proveniente de um corpo cortado em pedaços. Segundo o delegado de plantão, tudo indicava que fizesse parte das pernas achadas na semana anterior.
Seu Armando voltou conosco e ficou calmo durante meses até morder a orelha do tintureiro. Dessa vez ele foi internado e depois que saiu, mudou-se para Maracangalha, de onde nunca voltou. Quem sabe tenha encontrado a Nália. Ou tenha ficado só. (Publicado originalmente em dezembro de 2006)

Sidney Borges

Noite feliz

Lembranças natalinas

Papai Noel de roupa vermelha, gordo e de barbas brancas foi uma criação encomendada pela “L'acqua nera dell'imperialismo”, como Palmiro Togliatti se referia à Coca-Cola, enquanto a colocava em copo alto com gelo, dose dupla de gim Gordon’s e casquinha de limão. Cuba um dia seria livre. Parece que o gentil velhinho nasceu na prancheta de um publicitário americano, em 1931, quem quiser mais detalhes que vá ao Google. Meu primeiro contato com o Natal e seu significado maior, ganhar e dar presentes, se deu por volta de 1951 ou 52, quando me tornei proprietário de um trenzinho movido a corda. Fiquei fascinado, os trilhos se encaixavam formando uma pista circular. Tentei desmontar a locomotiva para ver como funcionava, dentro de mim mora um Nero, meu pai não deixou. Passei ótimos momentos viajando naquele trem, o melhor presente que ganhei na vida, isto é, até hoje, sou otimista. A partir daquele Natal meu mundo passou a girar em torno das festas. Carnaval, São João e o tão esperado Natal. Infelizmente a vida nos reserva dissabores, no decorrer dos doze meses seguintes tive um choque, meu primo me cochichou que Papai Noel não existia. Jamais me esquecerei do dia revelador, na vitrola Luiz Gonzaga cantava os olhos furados do assum-preto, o que me entristecia. Naquela tarde ensolarada eu tinha mais uma razão para ficar amuado, Papai Noel era uma invenção para nos enganar, pobres crianças. Anos depois, na passeata, eu gritei a plenos pulmões: sciopero
, facciamo sciopero, viva Stalino, viva Kruschov. Ao meu lado Palmiro Togliatti sorriu aprovando. O tempo passa... Hoje sou consumidor de Coca-Cola. Coca zero, que fique bem claro. À noite vou enganar minha sobrinha, farei a voz: hô, hô, hô... Ela certamente vai fingir que acreditou, vai procurar o velhinho e dizer que escutou a risada. Isso já acontece há dois anos, depois vamos abrir os presentes, rir e nos divertir. Esse é o lado bom da experiência, cada vez precisamos menos, a presença de familiares e amigos é suficiente para uma noitada memorável... (Sidney Borges)
 
Free counter and web stats