sábado, dezembro 01, 2007

TV Víbora

OTIS REDDING: (Sittin' On) The Dock of the Bay


O céu é do avião...


Foto: Laert Gouvêa

Boi voador pode?

Amanhã, 2 de dezembro, aniversário do Luiz Moura, a Esquadrilha da Fumaça deverá fazer uma exibição nos céus de Ubatuba. Mal sabem nossos bravos rapazes da FAB que correm o risco de multa e apreensão das aeronaves. Teriam tido o cuidado de respeitar o artigo 3º da lei abaixo? (Sidney Borges)


Veja o teor da Lei

Aos 15 dias do mês de outubro do ano santo de 1997, a Câmara Municipal de Ubatuba promulgou através de seu presidente, Moralino Valim Coelho, a Lei nº 1.645 de autoria do vereador Eduardo de Souza César (como está grafado no site da Câmara) que estabelece restrições à prática de vôo acrobático no espaço aéreo do Município.

Moralino Valim Coelho, Presidente da Câmara Municipal de Ubatuba, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais,

Faço Saber que a Câmara Municipal aprovou e eu promulgo, nos termos do § 8º do artigo 40 da Lei Orgânica do Município, a seguinte lei:

Artigo 1º - Ficam vedadas manobras acrobáticas realizadas por aeronaves, no espaço aéreo do Município localizado sobre áreas habitadas, bem como as em seu entorno até uma distância de 10.000 metros.

Artigo 2º - As aeronaves que objetivarem realizar manobras acrobáticas deverão proceder a decolagem e deslocamento até a área, determinada para essas práticas, bem como fazer a reaproximação da pista e aterrisagem, em velocidade, trajetória e regularidade de vôo que provoque o menor ruído possível, abstendo –se de manobras que não sejam estritamente necessárias a esses objetivos.

Artigo 3º - Ficam ressalvadas das restrições desta Lei os eventos esportivos e exibições aéreas constantes de calendário oficial, homologados pelas autoridades aeronáuticas, previamente comunicadas à Administração Municipal.

Parágrafo único: Nessas ocasiões, os promotores dos eventos ficam obrigados a promover a divulgação e prover a segurança e os meios de socorro para acidentes e emergências.

Artigo 4º - Os infratores desta Lei ficam sujeitos a uma multa de 500 UFIR, cobrada em dobro na reincidência, após o que, estarão sujeitos cumulativamente a apreensão da aeronave sem prejuízo de outras comunicações legais cabíveis.

Câmara Municipal, em 15 de outubro de 1997

Moralino Valim Coelho
Presidente


Registrada e publicada na Secretaria da Câmara Municipal, em 15 de outubro de 1997.

Regina F. C. de Oliveira
Chefe de Secretaria

Chávez


Foto: Agência EFE
Chavez faz ameaças para vencer o referendo
De O Globo Online, do Blog do Noblat
"O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse ontem que fechará emissoras de TV, expulsará jornalistas e suspenderá a exportação de petróleo aos Estados Unidos caso a vitória que prevê colher no referendo de domingo sobre a reforma constitucional não for reconhecida.
- Juro por Deus e pela minha mãe que não vamos permitir isso - ressaltou no discurso de encerramento da campanha a favor do "sim" para as reformas constitucionais que promove.
Leia mais

Políticos

Clodovil passa mal e tira licença

Deputado federal, que teve derrame cerebral em junho, apresentou crise de hipertensão. Ele terá de ficar três semanas em repouso.

Do G1, em São Paulo
O deputado federal Clodovil Hernandes (PR-SP) passou mal após desembarcar de um avião na quarta-feira (21). Ele passou por consulta no Hospital das Clínicas e foi aconselhado pelo médico a permanecer três semanas afastado do trabalho. O parlamentar teve mais uma crise de hipertensão, de acordo com sua assessoria. Clodovil descansa na casa de um amigo em São Paulo.

Leia mais

Manchetes do dia

Sábado, 01 / 12 / 2007

Folha de São Paulo
"Tiroteio fere sete e causa pânico na estação da Sé"
A estação Sé foi palco de tiroteio e fuga de suspeitos de roubo por volta do meio-dia de ontem. Dois passageiros foram baleados e estão internados, quatro sofreram escoriações e pelo menos 14 passaram mal. Também foi baleado um dos suspeitos de roubo. Ao menos sete homens participaram do assalto a uma agência do Bradesco próxima à estação Liberdade.


O Globo
"MEC: dos professores de ciências 70% não têm formação na área"
Um estudo do MEC revela que sete em cada dez professores de ciências no Brasil não têm formação específica para lecionar a disciplina. A maioria fez faculdade em outra área e alguns não têm sequer diploma universitário. O problema é ainda mais grave entre os professores de física: 90% deles não concluíram o curso apropriado. Segundo especialistas, a má formação dos professores é uma das principais causas do fraco desempenho dos estudantes brasileiros no Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa), que deixou o Brasil em 52º lugar entre 57 países avaliados. O ministro da Educação Fernando Haddad, disse que a educação perdeu R$ 50 bilhões, só nos últimos dez anos, com a DRU (Desvinculação de Recursos da União). Ele defendeu mudanças na DRU: "Não é uma coincidência o fato de que a qualidade cai quando os recursos caem".


O Estado de São Paulo
"Plano de Jobim encarece vôos em São Paulo"
O governo pretende aumentar as tarifas cobradas nos aeroportos de Congonhas e Guarulhos, com o objetivo de forçar empresas e passageiros a buscar alternativas, informa Marina Barbosa. Documento elaborado pela secretária de Política de Aviação Civil, Solange Vieira, prevê elevação de até 1.200% nas taxas aeroportuárias e 100% na taxa de embarque paga pelos passageiros. Com isso, o preço das passagens terá alta de no mínimo R$ 40. Para as companhias, o custo da permanência de um Boeing 747 em Guarulhos iria de US$ 650,33 para US$ 8.482,50 por hora. Para os passageiros, a taxa de embarque em Congonhas passaria de R$ 19,62 para R$ 39,24. Os aumentos fazem parte de um pacote que será submetido pelo ministro da Defesa, Nelson Jobim, ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O Sindicato Nacional das Empresas Aéreas (Snea) considera a proposta "abusiva". Uma das atividades mais afetadas seria o transporte de cargas, pois um quinto de todo volume levado de avião no Brasil passa por Guarulhos. O aeroporto serve, por exemplo, como centro de conexões dos Correios.


Jornal do Brasil
"Tráfico dá trégua e Lula sobe favela"
Cercado por forte esquema de segurança, o presidente Lula passou ontem por alguns pontos dos morros do Cantagalo e Pavão-Pavãozinho, onde a polícia encontrou, na semana passada, forte resistência de traficantes na operação para prender o assaltante responsável pela morte de um turista italiano em Ipanema. O tráfico deu trégua ao presidente e ao governador do Rio, Sérgio Cabral, para o lançamento de obras na favela. Lula voltou a criticar o partido Democratas (ex-PFL) por combater a CPMF. Insistiu em que conta com o apoio dos governadores, inclusive nos partidos de oposição.

sexta-feira, novembro 30, 2007

Dúvida


Do que eles estão rindo? Do que saiu no jornal ora essa...

Editorial

O Jornal

Acabo de voltar da cidade. Um assunto está presente em todas as rodas. O novo jornal que circula na cidade, distribuído ontem por funcionários da prefeitura. O jornal dos feitos do Prefeito. Papel couchê de primeira qualidade, formato tablóide, fotos em quadricromia. Páginas e mais páginas de ostentação, mostrando ao Brasil e por que não dizer, ao mundo, as maravilhas da melhor administração que o planeta já viu em uma prefeitura. Como diria aquele cronista social do programa da madrugada: um luxo. Qual a finalidade da extravagância? Para mostrar o andamento das obras e as realizações do governo nas áreas de Educação e Saúde bastaria um tablóide em papel jornal, ou quando muito sulfite, mais barato e mais adequado ao panorama social da cidade. Que não estamos em momento de exibição de riqueza é tão óbvio que ninguém ousaria discordar. Se a intenção foi fazer propaganda política antecipada, será assunto da Justiça, a bola foi levantada, a oposição vai cortar, certo como a morte e os impostos. O bloqueio da defesa vai sair caro, quiçá mais caro do que o que motivou a necessidade da defesa, ou seja, o jornal. No expediente assinado pelo competente Ednelson Prado está escrito que o jornal-folheto foi custeado por particulares. Quem foi o cára-pálida da mala preta? Com que interesse desembolsou o ervário? Quanto custou? Enfim, cada cabeça uma sentença, dizia Robespiérre enquanto a guilhotina comia solta nos cadafalsos de Paris. Passat. Alguém se lembra do Passat? Na vida tudo Passat.

Sidney Borges

Reflexões

Impressões de uma viagem

Uma visita ao Primeiro Mundo deixa impressões profundas e preocupantes quanto aos destinos de nosso país. Somos, em comparação com a maioria desses países, um país novo que poderia atribuir à sua idade a enorme distância que o separa, sob muitos aspectos, dos países mais avançados. É falsa, todavia esta premissa, pois, outros países de colonização e independência comparáveis ao nosso figuram no primeiro escalão mundial – Estados Unidos, Canadá, Austrália, Nova Zelândia.
A era moderna em que nos inserimos, a partir da revolução industrial no século dezoito e do posterior avanço da ciência, da tecnologia e do conhecimento das Ciências Sociais, em especial da que trata da “Riqueza das Nações” – a Economia e seus instrumentos, permitiram a esses países um desenvolvimento que a nós não chegou por inteiro, a despeito de todos os recursos naturais que o Brasil ostenta. E daí, provavelmente, já surge nossa primeira diferença, pois, continuamos a confundir recursos naturais com riqueza econômica. Conscientes de que só pelo trabalho qualificado e uso de abundante capital financeiro e social, recursos naturais deixam seu estado inerte para se transformar em forças dinâmicas do progresso, esses países, ao longo de sua história, demonstraram maior capacidade de ação, maior descortino econômico e pragmatismo no trato desta questão.
Em abordagem que já fizemos sobre a influência da cultura e seus valores no desenvolvimento das sociedades, não há como desprezar o valor relativo deste fator no progresso extraordinário de umas e na estagnação e retrocesso de outras. Analisando esta questão com neutralidade, temos de consignar que a nossa cultura não ostenta boa parte dos valores culturais que alavancaram o progresso dessas nações. Max Weber, o sociólogo alemão, em seu “A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo”, assinalou muito bem o valor que teve a consciência individual, quando o cidadão assume a crença de que Deus abençoa aos que demonstram, por seu esforço, os frutos do trabalho; ele assinalou no Protestantismo histórico, analisado entre os colonizadores da América do Norte, especialmente no Calvinismo, o valor da parcimônia no uso e na acumulação da riqueza, o valor do empreendedorismo e seu retorno na assunção do risco inerente, e o fato contrastante de que a riqueza adquirida, desta forma, era considerada uma benção divina e não uma situação de constrangimento, pois, não advinha de forma desonesta.
Em nosso país, a falta desse dinamismo e visão filosófica (religiosa), conforme Weber o analisa, associado à crônica letargia de populações inteiras que crêem no fatalismo, ao misticismo religioso, à histórica e perene malversação dos recursos públicos, bem como, ao nosso reconhecido diletantismo nas letras, mas, insignificante nas ciências e no trabalho produtivo, poderiam explicar, em grande parte, nosso atraso.
O mais preocupante é que a menos que nossa cultura seja profundamente modificada e seus valores alterados, nossa distância dos mais desenvolvidos será cada dia maior em razão da produção, em ritmo jamais visto, de novos conhecimentos e do adestramento dos respectivos recursos humanos em seu uso e aplicação produtiva. Não será o Estado que nos levará a esse patamar.
A despeito do avançado estágio de desenvolvimento, algumas sociedades do primeiro mundo enfrentam, atualmente, novos desafios, colocados pelo próprio estágio mundial de progresso econômico, social e político e que se não forem resolvidos a contento, poderão retardar seu progresso futuro.
A França é bom exemplo da transição que alguns desses países ainda terão de fazer para se manter no topo da liderança mundial. Em síntese, trata-se da busca da máxima eficiência e utilidade do setor público na prestação de seus serviços à sociedade e da máxima produtividade e lucratividade do setor privado na produção de seus bens e serviços.
O setor privado, se deixado desenvolver-se no âmbito de uma economia moderna de mercado, constrangida por leis e regulamentos que a mantenham civilizada, é tudo que necessita para ajustar-se a esses novos paradigmas da economia mundial. O setor público, todavia, terá de sacudir o peso da ineficiência acumulada de longas épocas, de desperdícios não mais toleráveis, de ajustes sociais e fiscais ditados por leis inamovíveis da ciência atuarial e da igualdade de todos perante a lei. Terá de ajustar seus interesses minoritários e vantagens discrepantes aos reais interesses de toda a sociedade, algo muito parecido com o que temos de fazer, mas, há anos estamos deixando de fazer.
É isto que o Presidente recém empossado da França começa a discutir com o povo francês e de cujo sucesso dependerá o futuro desse grande e magnífico país. A sociedade como um todo deve fazer prevalecer seus interesses maiores e isto pode levar a confrontos com as minorias privilegiadas, como os havidos recentemente em Paris onde, pelo uso da força de seus instrumentos de trabalho, tentaram impor suas discordâncias particulares e discrepantes.
O exemplo da Inglaterra que pelas mãos da sua extraordinária ex-Primeira Ministra, a cognominada “Dama de Ferro” – Margareth Thatcher que por cerca de 11 anos enfrentou e venceu a luta por reformas sociais e econômicas necessárias para libertar o país das amarras do atraso, é exemplo a ser analisado. A Inglaterra, em meio ao continente europeu, ostenta hoje situação única e invejável de enorme progresso e estabilidade social que a tem levado a repensar com cautela o pleno ingresso na União Européia com a adoção do Euro em substituição à sua Libra Esterlina – símbolo de seu poderio econômico. Outros países europeus estão alcançando níveis de desenvolvimento significativos graças às mesmas reformas. A Espanha é outro exemplo marcante, pela sua longa história de estagnação e pobreza e o atual surto fantástico de desenvolvimento, progresso, modernidade e acúmulo de riqueza. Até o pequenino Portugal já participa com suas empresas multinacionais em atividades comerciais de além mar. Note-se sua participação na prospecção do campo petrolífero de Tupy, em conjunto com a Petrobrás e outros investimentos em nossa telefonia e outros setores.
E nós aqui? Onde estão as mesmas reformas que deverão tornar o país capacitado a um desenvolvimento mais rápido e mais duradouro? Lamentavelmente, estamos substituindo o pragmatismo inteligente por ideologia retrógrada, o estadismo pelo populismo, geralmente dito “barato”, mas, aqui, muito caro, a ponto de faltar recursos para o progresso dinâmico do país, desviados para a manutenção de uma política, dita social, mas, apenas, tranqüilizante, sedativa, antifebril.
Quantos recursos e quanta pobreza! E ainda se pretende transformar nossas deficientíssimas escolas em “ghettos” religiosos, após décadas de prudente e sábia separação constitucional entre Igreja e Estado. Se às escolas coubesse dar ensino religioso, às igrejas caberia dar o que? (vejam-se as negociações e imposições desejadas nas negociações em curso entre o Vaticano e o Governo brasileiro).

Ernesto F. Cardoso Jr.

Timão e o abismo...

Buemba! Lula vai lançar o "bolsa sofredor" para os corintianos!

da Redação Buemba!
O Brasil parou pra ver o Corinthians! O melhor foi quando terminou o jogo: "O sofrimento continua! O sofrimento aumenta. O sofrimento não tem fim!" Quem falar a palavra "sofrimento" vai ter que pagar direito autoral pra corintiano. Mas também, levar gol de espírita? Levou gol do Alan Kardec? Foi esse aí que baixou e fez o gol do Vasco ontem. O Corinthians não ganha nem mesa branca. Rarará! Melhor foi a narração: "Lá vem o ataque do Corinthians. Vinha!" E tiraram o Alan Kardec no meio do jogo. Sabe quem entrou no lugar dele? O Abuda. Já pensou se ele faz um gol? "Timão leva gol de Abuda" É gol de mão, gol de placa e gol de abuda!
O Simão acha que o Corinthians deveria contratar a zaga de um time da cidade de Guanhaens, de Minas. É formado pelo Nem Cu de Frango, Bafo, Zóio e Três Peidinhos. Essa zaga é intransponível! Rarará! Mas o Simão tem uma palavra de apoio à nação corintiana: "É na merda que nasce o champignon!" Deve estar pra nascer. Rarará! E outro escreveu o seguinte pro Simão: "Simão, se cair a CPMF e o Timão, eu volto a acreditar em Deus e vou até Aparecida de joelho."E tem o corintiano-mor do Brasil, o Lula. Ele fez o PAC, Programa de Ajuda ao Corinthians, que ainda surtiu muito efeito. Por isso ele vai lançar a "bolsa torcedor", que garante que todo brasileiro vai ter direito a uma entrada para ver o seu time do coração. Mas os corintianos vão ganhar duas, pelo sofrimento durante os campeonatos! Melhor, ele vai lançar o "bolsa sofredor" para os corintianos! Você leva o ingresso e ganha uma consulta no médico, eletrocardiogramas...
Só não adianta consulta com pai-de-santo. Se pai-de-santo funcionasse o Bahia não estaria na terceira divisão e o estádio da Fonte Nova não teria caído. Falando em futebol baiano, o Vitória voltou pra primeira divisão. E uma quenga chamada Xana fez uma promoção: trazendo a camiseta do Vitória tem desconto! Rarará! Mas o importante é que a nação corintiana é enorme e está recebendo o apoio da esquerda latino-americana e até da nação católica. O Scafi, de Piracicaba, tem os flagrantes desses momentos. (José Simão no UOL)

Tutti buona gente...

Filho de Maluf tem prisão decretada

Flávio Maluf é acusado de dever mais de R$ 650 mil em pensão para a ex-mulher. Advogados entraram com recurso para tentar suspender a ordem de prisão.
Leia mais

Opinião

Matar por amor!

Tenho observado que tem-se utilizado (apenas) a critica com colocações contrárias a verticalização das construções, como a única forma de preservação ambiental. É claro que esta e, todas as contribuições que resultam em benefícios (de preferência concretos) ao Meio Ambiente são bem vindas. Toda contribuição ao meio ambiente é muito bem vinda! Para tanto, todas as idéias devem ser trazidas ao debate! Mas, para serem produtivas e coerentes é preciso que haja limites e, que elas tenham fundamentos técnicos e sejam baseadas em nossa realidade. O objetivo é de construirmos conceitos para uma cidade melhor! Muito além das "alturas" dos prédios, está o adensamento de sua ocupação. Prédios "colméias" que, são amparados pela legislação vigente, abrigam um número insano de pessoas por metro quadrado! É o adensamento e, não a verticalização, o grande vilão. Em um apto, de um dormitório, coloca-se até 8 pessoas!!! É preciso levantar e defender outras bandeiras. Para o saneamento, para o lixão, para as lixeiras espalhadas pelo município, cujos conteúdos e chorume, na primeira chuva seguem, céleres, para o mar. É preciso preservar os mananciais, invadidos por uma população carente e desorientada que também lança seus dejetos no curso d´água mais próximo. É preciso "ver" a poluição dos butiques de Plástico Azul, que infestam as areias das praias e os carros que as manobram no início e final dos dias. É preciso avaliar o crescente número de ambulantes, que não "ambulam", que tomam e ocupam os espaços públicos ( que são de todos) em benefício deles! Em breve, teremos uma churrascaria em cada esquina! Não é preciso olhos grandes para "ver" a poluição visual e, também não preciso ouvidos "afinados" para "ouvir" a poluição sonora. E preciso, além de proibir, ordenar a ocupação,criar e oferecer alternativas para a população (que carece de tudo) que cresce a índices recordes! Vamos ampliar o bom e consciente debate em benefício de todos. Apenas agir, e ter "paixão" (cega e obtusa) pelo meio ambiente é tão pernicioso que se pode "matar por amor".

Ronaldo Dias

Praia do Cruzeiro


Perdoai-os Pai, eles não sabem o que fazem, mas que merecem uma temporadinha no inferno é incontestável.

Praia do Cruzeiro


Imprópria, até quando? É duro ser estátua e ficar parado com pombos na cabeça, frio de doer nas madrugadas de inverno e calor senegalesco nos dias de verão. Quanto penso em dar um mergulho lá está a bandeira vermelha da CETESB. Se eu não fosse santo diria algumas verdades impublicáveis...

Tarde cinza chumbo


Da cor do meu espírito ao ver a bandeira vermelha proibindo o uso da praia da cidade. Quanto desperdício. Apesar das tentativas de destruír a dádiva divina, a beleza da vista me dá esperanças. Um dia um timoneiro esclarecido chegará para conduzir esta cidade ao seu destino. Um dia...

Porque não me ufano...

Entre os piores na educação

De Demétrio Weber:
O Brasil foi reprovado no maior exame mundial de ciências para estudantes de 15 anos, o Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa) de 2006, divulgado parcialmente ontem. Os jovens brasileiros de escolas públicas e particulares ficaram na 52 posição entre 57 países e territórios, com nota média de 390 pontos, na escala até 800. Dito de outra forma: o país teve o sexto pior resultado. A Finlândia lidera o ranking. Dos outros cinco países latino-americanos incluídos — Chile, Uruguai, México, Argentina e Colômbia —, apenas a Colômbia ficou atrás do Brasil.
A prova é feita por amostragem. No Brasil, foram avaliados 9.345 alunos de 390 municípios, em todos os estados. O critério para participar é ter 15 anos e cursar pelo menos a 7 série do ensino fundamental (8 ano, onde o ensino fundamental dura nove anos). Por causa de diferenças na amostragem, a margem de erro varia em cada país. A brasileira é de 2,8 pontos percentuais para mais ou para menos. Assim, o Pisa classifica o Brasil entre a 50 e a 54 posição. (O Globo)


De Marília Martins:
Apesar do esforço para chegar a uma educação primária universal, o Brasil ainda é responsável por 20% dos alunos fora da escola em toda a América Latina. Além disso, o país continua a ter forte desigualdade na escolaridade de meninos e meninas e elevado percentual de adultos analfabetos, além de qualidade de ensino muito deficiente. Essa é a conclusão de Nicholas Burnet, diretor responsável pelo relatório de monitoramento do Educação Para Todos (EPT) da Unesco (EFA Global Monitoring Report 2008), lançado ontem. O relatório monitora seis objetivos do programa Educação Para Todos: expandir e melhorar a educação na primeira infância; fornecer educação primária universal gratuita e obrigatória até 2015; eqüidade de acesso a programas educacionais; melhorar em 50% a taxa de alfabetização de adultos; eliminar disparidades de gênero em todos os níveis até 2015 e melhorar a qualidade da educação. (Blog do Noblat)

IDH de rico

"Chique"

De Eliane Cantanhêde na Folha de São Paulo
Segundo Lula, o Brasil agora é "chique", porque é do Brics, com Rússia, Índia e China, e além disso integra o grupo dos países de alto desenvolvimento humano. Ele, porém, esqueceu de alguns "detalhes" e manteve aquela postura curiosa: vitórias são sempre dele; derrotas, dos outros.
A curva do IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do Brasil mostra claramente que os avanços do país são parte de um longo processo: 0,723 em 1990, 0,753 em 1995, 0,789 em 2000 e, enfim, 0,800 em 2005. Ou seja, o menor avanço em 15 anos foi justamente de 2000 para 2005.
É como Lula capitalizar a auto-suficiência do petróleo e a descoberta de um possível megacampo da Petrobras como mágicas dele. Ou, ainda, como Lula comemorar a marca de um milhão de carros da Ford na Bahia. O PT gaúcho expulsou a fábrica, e o PFL baiano pegou. A festa é do PFL (ou DEM) baiano.
E não custa lembrar que o Brasil entrou no grupo de alto desenvolvimento humano como lanterninha, o último entre os 70, o que não tem nada de chique, especialmente quando comparado ao desenvolvimento econômico, também resultado de um longo processo.
No confronto com dados da realidade, a coisa fica ainda pior. Na mesma semana em que Lula estala a língua de alegria com o IDH, o país e o mundo se chocam com a história de L., a menina franzina e violentada pela vida, entregue pelas "autoridades" às feras no Pará.

Ubatuba urgente

IPTU mais caro em 2008

Do jornal "A Semana"
Nossa cidade já é conhecida como a cidade que paga um dos maiores e mais caros IPTU’s do País e, para completar, o decreto número 4,789 deste fim de semana aumenta o preço do IPTU e de todos os serviços que a prefeitura executa em 6,28%. Segundo o decreto, é a atualização monetária do período de novembro de 2006 a outubro de 2007, segundo o IGPM.
Este é o segundo aumento de IPTU promovido pelo prefeito Eduardo César: em 2006 o aumento foi de 2,38 %, este ano será de 6,28 % assim chegando a quase 10% nestes dois últimos anos.
Assim seremos brindados no ano de 2007 com mais um aumento na carga tributária, por isso, todos os comerciantes terão que refazer suas contas para 2007, pois este aumento deverá refletir em parte no custo dos comércios. Assim os comerciantes também são obrigados a repassar parte deste aumento aos consumidores, pois o IPTU entra nas planilhas de custos dos comércios.
Perguntar não ofende: qual o comércio que cresceu 10% em matéria de faturamento nos últimos dois anos? Os impostos federais, estaduais e municipais não param de aumentar e o faturamento das empresas não tem acompanhado estes aumentos, a concorrência em todas as áreas está cada vez mais acirrada, a margem de lucro das empresas caindo, onde iremos parar? Os grandes lucros do nosso país estão concentrados em bancos.
Infelizmente, isto não acontece só na nossa cidade. Os governantes que deveriam economizar não fazem isto, gastam muitas vezes muito mais que arrecadam. A lei de responsabilidade fiscal diminuiu em muito a gastança dos governantes, mas não acabou com a farra do dinheiro público.
Quando o cofre começa a ficar sem dinheiro, os impostos são aumentados. Estamos assistindo uma batalha para a aprovação da CPMF, pois o governo federal diz que não pode ficar sem essa receita, mas só no último ano aumentou sua receita em mais de R$ 50 bilhões, o que será arrecadado com a CPMF em quatro anos.
As receitas crescem, os serviços diminuem e o povo fica cada vez mais oprimido pagando impostos de país de primeiro mundo e recebendo serviços de terceiro mundo.

Ubatuba chic

Prefeito lança seu informativo

Do jornal "A Semana"
Como se já não bastasse parte da mídia de nossa cidade mostrar um lado só da moeda, após um folhetim distribuído no aniversário da cidade, mais inúmeros cartões postais mostrando obras da cidade, depois do ‘Avançando 20 anos em 4’ e diversos funcionários comissionados fazendo as distribuições das propagandas - que entendemos como promoção pessoal do prefeito - fomos surpreendidos por novo jornal intitulado “Nova Ubatuba, grandes conquistas, muitas mudanças”.
No expediente, um alerta que o informativo não foi custeado com dinheiro público, foi publicado com recursos pessoais. Entende-se que estes recursos pessoais sejam do prefeito e o jornalista responsável é Ednelson Prado.
Na hora, veio à nossa cabeça o tal do ‘Mil Dias’ publicado pelo então prefeito Paulo Ramos, que até hoje lhe causa dores de cabeça e processo.
Mas somos obrigados a elogiar o prefeito Eduardo Cesar pela publicação de excelente qualidade, papel couchê, de primeira linha, material caríssimo. Podemos até confessar que ficamos como um pouco de dor de cotovelo, pois mal conseguimos manter nosso semanário em papel jornal.
Não temos idéia de custo, nem da quantidade que foi feito deste material, mas temos a certeza que não é nenhum pouco barato.
Certamente é o melhor material produzido até hoje em nossa cidade para uma promoção, não sabemos se pessoal ou da prefeitura, ou das obras, não temos como afirmar, cada um vai tirar suas conclusões.
Sete vereadores foram agraciados com suas fotos no magnífico jornal: Ricardo Cortes, Claudinho Gulli, Gerson de Oliveira, Luciana Machado, Marcos Demo, Osmar de Souza, esqueceram de colocar o nome do Mico, mas nós colocamos. Os outros três vereadores sequer foram citados.
Junto aos sete aparece o deputado Gil Arantes, que foi um dos apoiadores da campanha de Eduardo, e Eduardo o ajudou como candidato a deputado estadual. Aparecem também o prefeito de Caraguá, José Aguilar; o de São Sebastião, Juan Garcia, e o de Ilhabela, Manoel Marcos. Todos os sete vereadores, os prefeitos e o deputado parabenizando a cidade por ter Eduardo como prefeito. São quase 50 fotos do prefeito, distribuídas em 24 páginas.
Na realidade, ficamos sem palavras, não sabemos o que escrever.
Esperamos que o prefeito esteja muito bem assessorado e amparado judicialmente com este que ele chama de informativo, pois já vimos outros apanharem muito por menos e tudo no informativo (cor, ondinhas e outras coisas mais) lembra o símbolo da sua administração. Hoje os processos contra políticos não levam mais 20 anos, como acontecia antigamente.Não podemos dizer que o prefeito é bobo, pois isto com certeza ele não é, mas fica a dúvida se está realmente tão bem assessorado assim.Como ele alega que o informativo foi pago com recursos pessoais, pelo visto, ele também deverá pagar com recursos pessoais possíveis processos que poderá vir a responder em razão desta bela publicação. Se você não conseguiu ainda um exemplar do magnífico informativo do prefeito, não se preocupe! Recebemos um telefonema em que um de nossos leitores informa que estão distribuindo o jornal, ou melhor, informativo de casa em casa.

Ubatuba

“A origem de todos os males”

“Políticos costumam ser bastante susceptíveis às críticas e descontrolados quando agridem quem apontou seus erros”.

Corsino Aliste Mezquita
Damos continuidade às provas contra as calúnias, agressões, difamações, processos judiciais e sindicâncias administrativas indevidas, de que tenho sido vítima por parte do Sr. Eduardo de Souza César e acólitos, iniciadas em “?POR QUÉ NO TE CALLAS?”. O farei com bastante serenidade, sem adjetivos e citação de nomes.

Processo de transição


Para evitar fiascos, que depois aconteceriam, na primeira quinzena de outubro de 2004, encaminhei ofício, politicamente correto, ao Sr. Prefeito Eleito, apresentando os parabéns da Secretaria e colocando-a a sua disposição, para, Ele ou seus assessores, comparecessem e se informarem dos processos, procedimentos, contratos e ações que, necessariamente ficariam em andamento, em 2005, considerando a complexidade da Secretária de Educação. O ofício foi protocolado em mãos no seu comitê eleitoral. No tivemos resposta.
Dia 22-12-04 recebi, via telefone, pedido para uma reunião, às nove horas do dia seguinte. Convoquei toda a assessoria da Secretaria para participar da reunião, com a finalidade de que nenhum assunto fosse esquecido. Todos compareceram. No horário estabelecido apareceu um grupo de pessoas estranhas. A futura secretária à frente. Grupo complexo. Cabos eleitorais, do prefeito em exercício, o integravam. Após os cumprimentos de praxe e a identificação de cada um questionei: Tem pauta para conduzir a reunião?. Não. Posso seguir a pauta que está elaborada, na minha agenda, desde outubro, esperando este momento. Pode. A pauta foi seguida e a reunião estendeu-se até às treze horas. Os membros da comissão não fizeram anotações nem questionamentos. Tudo para eles era surpresa, novidade. Antes de concluir a reunião solicitei, da futura Secretária, um novo encontro. Só com ela, para apresentar-lhe detalhes que não podiam ser expostos em reunião daquela complexidade. Voltou às quinze horas. Finalizada a reunião matutina, participante dela, ficou para conversar comigo em particular. Agradeceu e disse: “Vocês foram brilhantes. Conhecem a Secretaria em todos seus detalhes. Tenho uma notícia muito triste para lhes comunicar. Ninguém entendeu nada. São um bando de deslumbrados, analfabetos em administração. Vai ser um desastre. Prepara-te para ser responsabilizado pelo desastre”. Não esperava aquela confissão.
A futura Secretária voltou às quinze horas. Nenhum detalhe foi esquecido. Para falar de obras e de manutenção chamei os dois engenheiros que cuidavam da área. Um,lotado em cargo efetivo, era encarregado das obras com portaria especial para o assunto. O outro, comissionado, cuidava da manutenção. Solicitei-lhe que continuasse, ao menos, com o efetivo porque seu desligamento do cargo ocasionaria possíveis problemas nos contratos em andamento e atrasos nas três obras projetadas e orçadas. Falou, na bucha e na frente deles, não serem de sua confiança. Ambos ficaram indignados. No dia dois de janeiro um foi para seu cargo, na Secretaria de Obras, e, o outro, a cuidar de sua vida. Está ai a origem e o princípio de todos os males posteriores.

Problemas nas escolas


Em dezesseis de janeiro de 2005 tromba de água alaga a Creche Centro. A culpa é do Ex-Secretário que não cuidou da manutenção. Chamaram à TV Vanguarda. Inventam ratos que nunca existiram. O filme seria passado nas escolas e nos cem dias de administração para revolta dos professores e diretores. Fecharam a Creche Centro. Até hoje não foi reativada mesmo após construir novo prédio no local. Os ratos que eles inventaram os perseguiram e existem, em abundância, no antigo prédio da Elektro, para onde a Creche Centro foi transferida. Sem falsa modéstia, posso afirmar que, estiverem, na Secretaria, os membros das antigas equipes, em três dias, a creche estaria reparada e funcionando regularmente. Afinal de contas tinham resolvido problemas maiores em curto período de tempo. Dia quatro de abril de 2005 nova tromba de água ocasiona estragos no telhado e na fossa da Escola Ernesmar de Oliveira, na Praia Dura. Novamente, chamaram à TV Vanguarda. Novo filme. A culpa é da administração anterior. O Secretário de Obras prudentemente disse que o problema tinha sido provocado pela intempérie.
Outros exemplos poderiam ser citados. Escolhemos os dois acima por terem sido objeto de filme. Como o leitor pode avaliar nenhuma responsabilidade cabia à administração anterior pelas intempéries e a imperícia dos que deveriam resolver os problemas subseqüentes. Ah! Esqueci!. Eram os títeres a serviço da desmoralização do ex-Secretário.
(Em próximo artigo trataremos das obras citadas pelo Sr. Prefeito e o que lá ocorreu que ele parece não saber).

Manchetes do dia

Sexta-feira, 30 / 11 / 2007

Folha de São Paulo
"Brasil é um dos piores em ciências"
O Brasil ficou na 52ª colocação entre 57 países numa prova com ênfase em ciências que avaliou em 2006 o desempenho médio dos estudantes de 15 anos. O exame é aplicado a cada três anos pela OCDE. Na prova realizada no ano passado, o Brasil ficou à frente apenas de Colômbia, Tunísia, Azerbaijão, Qatar e Quirguistão. A Finlândia teve o melhor desempenho.


O Globo
"Brasil é o 52º de 57 países no aprendizado de ciências"
O Brasil teve o sexto pior resultado entre os 57 países submetidos ao maior exame mundial para avaliar o conhecimento dos jovens em ciências. Os alunos brasileiros de 15 anos, de escolas públicas e particulares, ficaram na 52ª posição, com nota média de 390 pontos, de uma escala até 800. Entre os países latino-americanos avaliados pelo Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa), o Brasil superou apenas a Colômbia, ficando atrás do Chile, Uruguai, México e Argentina. "Não estamos bem, temos que melhorar. Há muitos alunos atrasados no Brasil, mas isso não é desculpa", disse o presidente do Inpe (órgão do Ministério da Educação), Reynaldo Fernandes.


O Estado de São Paulo
"Quem teme a CPMF é sonegador, diz Lula"
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva atacou empresários e políticos que são contra a prorrogação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF). "Quem tem medo da CPMF é quem sonega imposto", afirmou, ao discursar na inauguração de uma ponte e um trecho da BR-259 em Colatina (ES). Com dificuldades para aprovar a prorrogação no Senado, Lula partiu para o confronto público com os adversários da contribuição, em especial o DEM, ao qual se referiu pelo antigo nome do partido: "Quem é contra CPMF? O PFL, que torce todo santo dia para as coisas não darem certo neste País". Segundo ele, o dinheiro arrecadado com a CPMF "é para a saúde, para a aposentadoria do trabalhador rural e para o Bolsa Família". O DEM divulgou nota na qual diz que Lula "mente de forma cínica".


Jornal do Brasil
"Propinoduto envolve políticos"
A deputada Cidinha Campos (PDT), que foi vice-presidente da CPI da Assembléia Legislativa do Rio sobre fraudes na arrecadação de impostos, acusa o deputado federal Eduardo Cunha (PMDB) de estar por trás do Propinoduto 2, desvio que deu prejuízo de R$ 1 bilhão ao Estado. O fiscal apontado como chefe do esquema, segundo Cidinha, é testa-de-ferro do deputado. Eduardo Cunha afirma que Cidinha o persegue.

quinta-feira, novembro 29, 2007



Calvário alvi-negro

Gremistas e colorados estão unidos contra o Corinthians

Faltando apenas uma rodada para o fim do Campeonato Brasileiro, Internacional e Grêmio podem se unir em busca do mesmo objetivo: rebaixar o Corinthians à Série B. Esse acordo entre torcedores colorados e tricolores está sendo sugerido na comunidade do Internacional em um site de relacionamentos.
Torcedores colorados estão propondo uma união para decidir o futuro do rival paulista. Assim, a vontade dos gaúchos é de que o Grêmio, em um Olímpico lotado, vença a equipe do Parque São Jorge e que o Internacional, no Serra Dourada, entregue o jogo ao Goiás no próximo domingo. Desse modo, o Goiás chegaria aos 45 pontos e o Corinthians permaneceria com 43, pontuação que o colocaria na zona de rebaixamento.

Leia mais

Mistério





Polícia flagra carga de medicamentos

Caminhões estavam carregados com material “doado” pela Prefeitura de Paulínia que seria levado ao governo de Ubatuba

Sammya Araújo DA AGÊNCIA ANHANGÜERA

sammya@rac.com.br
Dois caminhões da Prefeitura de Ubatuba, no Litoral Norte, carregados com materiais médicos de propriedade da Prefeitura de Paulínia foram apreendidos ontem no Km 113 da Rodovia General Milton Tavares de Souza, o Tapetão (SP-332), próximo à saída para o distrito de Barão Geraldo, em Campinas. Os veículos, detidos pela Polícia Rodoviária Estadual após denúncia anônima, haviam acabado de ser carregados em um dos depósitos da Home Care Medical Ltda., contratada por R$ 21,4 milhões para gerenciar, operacionalizar e abastecer o almoxarifado e a farmácia da Secretaria de Saúde do governo Edson Moura (PMDB) até abril de 2008. O flagrante foi articulado pelo presidente do PPS paulinense, Petson Paes, que faz oposição a Moura. Ele contou à reportagem ter recebido a ligação anônima e decidido acompanhar os caminhões, porque considerou essa uma oportunidade única de comprovar o desvio de produtos médicos da Prefeitura de Paulínia. “Denúncias como essa são freqüentes”, afirmou. Ao iniciar percurso em direção à Rodovia D. Pedro I (SP-065), Paes acionou a Polícia Rodoviária, que fez a abordagem. Os motoristas Clóvis Serpa, de 51 anos, e Ronimarcos de Souza Chaves, de 39 anos, afirmaram que sabiam apenas que se tratava de produto de doação. “Não sei se é irregular. Só saí de Ubatuba para buscar a carga”, disse Serpa, que há 25 anos é funcionário público na cidade litorânea. A Prefeitura de Ubatuba, por intermédio do chefe de Gabinete, Délcio José Sato, confirmou que o governo Moura doou os produtos. As negociações, segundo ele, foram realizadas via e-mail. “Como se tratava de doação, houve apenas questionamento do que se tratava o material e as datas de validade”, argumentou. A documentação necessária, de acordo com Sato, seria entregue aos motoristas em Paulínia, o que não ocorreu. A Prefeitura de Paulínia também confirmou, via assessoria de imprensa, que o material foi doado a Ubatuba, mas jogou a culpa da falta de documentação sobre os motoristas dos caminhões, que teriam esquecido de levar as notas fiscais. Ainda ontem à noite, segundo a assessoria, as notas foram apresentadas no 7º DP, para que os produtos pudessem ser liberados pela polícia, desta vez devidamente regularizados, para o município de destino. O inquérito para apurar o caso será instaurado pela Delegacia de Paulínia.

Denúncias

Membros do Conselho Municipal de Saúde de Paulínia não engoliram a versão de doação. Segundo eles, a transação é suspeita porque não seguiu o trâmite legal, que, entre outras etapas, inclui a aprovação pelo órgão consultivo — formado por usuários, funcionários e gestores dos serviços de Saúde do município. “Em Paulínia, o trabalho de controle social é extremamente complicado”, critica o presidente, Laércio Nale.
Inconformados com o que consideram ser os desmandos do governo Moura, representantes da sociedade civil que compõem o Conselho apresentaram no começo deste mês três representações ao Ministério Público Estadual e Federal, com uma série de denúncias na área da Saúde. A principal delas é contra o contrato firmado em abril com a Home Care, que tem validade de um ano. A empresa assumiu a compra e a distribuição de todos os medicamentos e produtos utilizados pela rede pública de Saúde na cidade. “A concorrência, a homologação e a adjudicação do processo foram concluídas em apenas um mês”, suspeita o conselheiro Aldo Lima Guimarães. Outra denúncia é a compra de material excedente — o que geraria a necessidade de “despachá-lo” antes que o prazo de validade dos produtos expirasse — às pressas, para que a Prefeitura cumprisse a cota de 15% do Orçamento anual que, por lei, deve ser destinada à Saúde. A assessoria de imprensa da Prefeitura de Paulínia, no entanto, garante que o contrato prevê pagamento apenas pelo material utilizado (os R$ 21,4 milhões seriam o teto de gastos) e que, de abril até agora, esse valor foi de R$ 4 milhões.

Home Care Medical é denunciada em três estados

A Home Care Medical é alvo de uma série de acusações de irregularidades em contratos firmados com governos em três estados. Há representações e investigações em andamento pelo Ministério Público, o Tribunal de Contas da União, o Ministério da Saúde e a Controladoria Geral da União (CGU). Em São Paulo, o foco são as denúncias apresentadas pelos conselheiros de Saúde de Paulínia. No município mineiro de Uberaba, o escândalo que envolveu a contratação da empresa resultou na interdição dos bens e na decretação de prisão do prefeito Anderson Adauto (PMDB) — mensaleiro confesso do esquema administrado pelo publicitário Marcos Valério — em 11 de outubro passado. Adauto foi declarado culpado em primeira instância de praticar fraude na licitação vencida pela Home Care, que, por sua vez, estaria superfaturando medicamentos comprados pela Prefeitura. A Justiça ordenou ainda busca e apreensão no escritório da empresa.
Também em Minas, em Uberlândia, o Ministério Público Estadual propôs ação civil pública contra a Home Care e a Secretaria Municipal de Saúde. Lá, a acusação é de desabastecimento das unidades com medicamentos e materiais e estocagem de produtos vencidos. Há pedido de medida cautelar para que os pagamentos da Prefeitura à empresa sejam feitos em juízo até o julgamento, que ainda não foi marcado. Em Mato Grosso, as acusações foram protagonizadas pela deputada estadual Verinha Araújo (PT), que protocolou no início de junho na Câmara Federal, em Brasília, um pedido de investigação da dispensa de licitação de R$ 27 milhões no contrato com o governo do Estado, que beneficiou a Home Care. Os documentos foram entregues à Frente Parlamentar de Combate à Corrupção.As mesmas denúncias foram encaminhadas pela deputada à Procuradoria Geral de Justiça. Ela aponta outras possíveis irregularidades, como superfaturamento e discrepâncias nos dados de medicamentos relacionados em notas fiscais. O caso foi parar também no Ministério da Saúde, que no começo deste mês instaurou uma auditoria para apurar prejuízos ao Sistema Único de Saúde (SUS) e remeteu o processo para análise da Controladoria Geral da União (CGU). Nenhum representante da Home Care foi localizado ontem pela reportagem na sede da empresa, em Guarulhos, para comentar as acusações. (SA/AAN)

SAIBA MAIS

Materiais médicos de propriedade da Prefeitura de Paulínia apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal nos caminhões da Prefeitura de Ubatuba: 4 rolos de 100m x 40cm de papel descartável para forrar macas, 27 pacotes de tubos cirúrgicos de 12m cada (327 metros no total) 2.497,7 litros de soro fisiológico com vencimento em março de 2008
Fonte: Polícia Civil de Campinas

Câmara




Homenagens

Na última Sessão da Câmara Municipal de Ubatuba, 27, foi homenageada a menina Victória Pedace Scatena e Alessandra Penha, que é professora da Oficina de Dança da Fundart. A homenagem ocorreu por conta da entrada de Vitória na escola do Ballet Bolshoi, tornando-se a mais nova integrante em um das melhores escolas de ballet do mundo.
Outra importante homenagem foi a entregue a família de Manoel Hilário do Prado Filho, cidadão que em no dia 1º de Dezembro completará 99 anos de vida. Manoel Hilário que é considerado uma das poucas bibliotecas vivas de nossa história acompanhou vários acontecimentos da região. Seus maiores ensinamentos encorajaram vários pescadores a domarem uma Canoa de Voga e a assumirem sua identidade através de ações comuns da época, a que ele mais gostava conta os amigos é a tradição da Folia de Reis, evento tradicional da Comunidade Caiçara. Hilário também foi lembrado como um dos fundadores da tradicional Festa de São Pedro Pescador no município de Ubatuba.

Fonte: Assessoria Charles Medeiros

Sabesp

Água marrom?

Recentemente enviamos matéria sobre a água da Sabesp na Maranduba e adjacências.
Muito bem, após normalizado o problema, procedemos a troca dos elementos dos filtros, lindeza das Caixas e voltamos a receber a água marrom.
Todo o trabalho perdido, os custos, a água, acredito que jogamos fora mais de 10.000 lts. e vamos repetir tudo.
Claro que só depois de novamente ver o problema normalizado.
Por enquanto vamos comprando água mineral para produzir nossos produtos, beber, dar banho nas crianças e fazer os alimentos.
Lembrando que investimos alto para tratar a água da Sabesp que recebemos e nem com todo este sistema a água pode ser aproveitada.
Digo aproveitada, ou seja não dá nem para lavar o chão com a água que estamos recebendo.
Só esclarecendo, são duas decantações e duas filtragens, sendo um filtro industrial. E nem assim a água fica potável.
Será que alguém da Sabesp vai se pronunciar? Acredito que deveria ser enquadrada no artigo 171 do código penal, uma vez que o que assistimos aqui é realmente um conto do vigário.
O Cidadão paga prolongamento da rede, paga o cavalete de entrada, paga a taxa de instalação, paga um ano de conta mensalmente e quando chega no Feriado ou temporada, não tem água ou se tem é esta sujeira.


Fernando Pedreira.
Hidrômetros y00s097777 - y04x140893

Ubatuba

Vai e vem e depois volta

Ontem à tarde entrei em uma padaria da Thomaz Galhardo freqüentada por políticos de todas as tendências. O pré-candidato do PSDB, Jija, trocava figurinhas no balcão com o advogado Vicente Pagliuso. Escolhi uma mesa e os convidei e pouco depois, enquanto conversávamos, o vereador Gerson Biguá entrou na padaria e foi para a fila do pão. De longe, com o canto dos olhos, fazendo de conta que não estava lá ele fotografou mentalmente a cena. Estão conspirando contra o Eduardo, deve ter pensado. Biguá se foi enquanto a mesa recebia a visita do secretário Silvio Bonfiglioli, sempre elegante, acompanhado do não menos elegante Marlon, este um pouco fora de forma. A conversa rolou solta enquanto as pessoas olhavam para o grupo e pensavam que fosse uma reunião do comitê de reeleição de Eduardo Cesar. Alguns minutos depois da partida de Silvio e Marlon, o doutor Vicente tinha saído um pouco antes, estacionou o carro do vice-prefeito Domingos dos Santos, que veio ao nosso encontro enquanto dona Cida, que o acompanhava, nos acenava do veículo. Das imediações da caixa registradora o olhar de um funcionário comissionado fuzilou a mesa. Esses caras da Internet não têm o que fazer sugeria o texto do balãozinho sobre sua cabeça. Só sabem falar mal do governo. Quando ele deixou a padaria batendo as tamancas o sempre cortês e ponderado Domingos se despediu a tempo de ver a chegada da dupla Norte-Sul, Cerol e Júnior que interromperam a caminhada e ficaram conversando conosco. Desta vez ninguém pensou nada, a coisa estava confusa demais para que se formulassem hipóteses. Com a proximidade das eleições a tendência é que os boatos aumentem. Fico imaginando o que diriam se estivesse lá o Luiz Moura, que faz aniversário no dia 2 com Esquadrilha da Fumaça e peixada na Casanga para os amigos. Finalizando uma nota de condolências: faleceu a mãe do ex-prefeito Paulo Ramos. O Ubatuba Víbora lamenta e envia votos de pêsames aos familiares. (Sidney Borges)

Manchetes do dia

Quinta-feira, 29 / 11 / 2007

Folha de São Paulo
"Investimento estrangeiro é recorde"
O total de investimento estrangeiro direto recebido pelo Brasil neste ano é o maior já registrado pelo Banco Central, impulsionado pela onda de fusões e aquisições que se intensifica no mercado internacional. Até ontem, o fluxo de investimentos em 2007 estava em US$ 33,4 bilhões, o dobro do observado no mesmo período de 2006.


O Globo
"Novo propinoduto no Rio deixa rombo de R$ 1 bi"
O Ministério Público estadual desarticulou ontem um esquema de corrupção montado por fiscais de renda da Secretaria estadual de Fazenda, que provocou um rombo de R$ 1 bilhão nos cofres públicos. A fraude envolvia 78 empresas, que deixaram de recolher essa soma apenas no último ano. Cerca de 20% do valor teriam sido embolsados pelos fiscais, que recebiam propinas em até dez vezes em cartões de crédito. A Operação Propina S/A resultou na decretação de 31 mandados de prisão (contra 11 fiscais e 20 empresários, contadores e colaboradores) e 106 de busca e apreensão. A Justiça determinou também o afastamento de outros dez fiscais suspeitos. Até o fim da tarde de ontem, um fiscal, um empresário, dois contadores e dois colaboradores não tinham sido localizados.


O Estado de São Paulo
"Investimento estrangeiro no Brasil vai chegar a US$ 35 bi"
O Brasil registrou em outubro o ingresso de US$ 3,188 bilhões de investimentos estrangeiros e vai fechar 2007 com recorde. A previsão é de que até o fim do ano a entrada de investimentos para produção chegue a US$ 35 bilhões. O valor mais alto já obtido é de US$ 32,779 bilhões em 2000, em pleno período de privatizações. Chama a atenção a alta de recursos vindos do exterior para o agronegócio e o setor extrativo mineral. Em 2006, essas áreas atraíram 6,9% de todo o investimento estrangeiro. Neste ano, correspondem a 14,7%. Analistas destacam que a maior parte do dinheiro vindo de fora tem sido usado no aumento da capacidade de produção. "Cerca de 70% dos recursos são destinados para expansão ou construção de unidades", diz o economista Luís Afonso Lima. O dado preocupante é que o Brasil teve em outubro déficit US$ 41 milhões na conta das transações correntes - balanço das operações de comércio, serviços e rendas entre o País e o exterior. Com o dólar em baixa, é vantajoso mandar lucros para fora e as empresas vêm aumentando suas remessas.


Jornal do Brasil
"Polícia descobre novo propinoduto"
A polícia e o Ministério Público do Rio desarticularam uma quadrilha de empresários, fiscais de renda e contadores responsável pelo desvio na arrecadação tributária da ordem de R$ 1 bilhão. Foram feitas 25 prisões e seis acusados estão foragidos. A verba é três vezes maior do que a movimentada, até 2003, pelo então grupo do fiscal Rodrigo Silveirinha, no que ficou conhecido como o escândalo do propinoduto. Francisco Roberto da Cunha Gomes, o Olho de Boi, detido ontem no Galeão quando embarcava para Manaus, liderava o esquema. Ele chegou a suceder Silveirinha, por três dias, na chefia da Inspetoria de Contribuintes de Grande Porte, órgão da Secretaria Estadual de Fazenda. Policiais suspeitam da ligação entre os dois episódios.

quarta-feira, novembro 28, 2007

Bom exemplo...

Prefeitura do RS adota Wi-Fi em toda cidade

Felipe Zmoginski, do Plantão INFO
SÃO PAULO – A cidade de Xangri-Lá, no interior do Rio Grande do Sul, vai montar uma rede Wi-Fi para cobrir toda área urbana da cidade.
Segundo a prefeitura, o projeto visa interligar as escolas municipais, postos de saúde e prédios administrativos da prefeitura por meio de uma rede de internet sem fio.
Parte da banda será usada para programas de inclusão digital no município.
A construção da rede será feita pela empresa WNI, a mesma que conduz programa de rede sem fio em Belo Horizonte e vendeu licitação da prefeitura gaúcha.
De acordo com a WNI, a rede usará a freqüência de 5,8 GHz e deverá ficar pronta em 45 dias. Para montar a rede, a WNI usará soluções sem fio flexíveis (Wi-Fi/ WiMesh) de rádio ponto a ponto e ponto-multiponto para aplicações de voz, dados e vídeo.

Ameaças

Presidente iraniano afirma que Israel "não durará muito tempo"

da France Presse, em Teerã
da Folha Online
O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, disse nesta quarta-feira que Israel "não vai durar muito" ao criticar a conferência de paz sobre o Oriente Médio organizada nesta terça-feira em Annapolis sob patrocínio dos Estados Unidos, segundo a imprensa estatal.
"É impossível que o regime sionista [Israel] possa durar", disse o presidente em um conselho de ministros, enfatizando que "o desaparecimento está na natureza desse regime baseado na agressão, na mentira, no crime e nos danos".
Ele acrescentou que a conferência de ontem, para a qual o Irã não foi convidado, "já fracassou" e "nasceu morta", pois lhe faltam as bases de uma realização política eficaz.
Ahmadinejad condenou a realização dessa reunião, e seu país convidou os dirigentes de grupos palestinos radicais hostis a Annapolis a se reunir nesta ou na próxima semana na capital iraniana para realizar outra conferência oposta à realizada nos Estados Unidos.

Leia mais

Nota do Editor - Que ninguém leve a sério as palavras de Ahmadinejad, que joga o jogo de seu amigo Chávez, fala muito e não faz nada. Para quem acompanha o xadrez do Oriente Médio, essas ameaças soam como palavras ao vento. Israel é a maior potência militar da região e já mostrou isso inúmeras vezes. O que Ahmadinejad não entende, ou se faz de desentendido é que se a existência do Estado Judeu for de fato ameaçada, o Oriente Médio vai pelos ares. Israel não vai se deixar extinguir, dispõe de um vasto arsenal nuclear pronto para ser usado e se for preciso usará. Melhor negociar. Bombas são barulhentas e matam pessoas, a vida é muito curta para perdermos tempo com isso. Facciamo l'amore, non la guerra... (Sidney Borges)

Futebol

Dia de jogo

Meu cachorro tem medo de bombas e por ser cachorro está condicionado pavlovianamente a relacionar gritos de gol aos estampidos que ferem seus ouvidos sensíveis, ou orelhas, como diria nosso intelectual maior. Em São Paulo os cachorros temiam as bombas e a carrocinha, que implacável recolhia cães perambulantes para fazer sabão. Eu sempre desconfiei do sabão português, aquelas manchinhas só faltavam latir. Pois é, hoje vai ser uma noite daquelas, o Corinthians vai ganhar do Vasco e adiar por um ano a agonia do cai não cai. Em 2008 teremos a repetição do filme. Lembro-me do herói corintiano quando a Fiel invadiu o Maracanã e o Timão arrancou do Fluminense o direito de ir à final contra o Internacional, em Porto Alegre. Faz quase um século! Tobias pegou tudo, depois sua mulher deu entrevista à Globo e disse com voz esganiçada e emocionada: Tobias é o máximo. Tocante. No domingo seguinte Dadá Maravilha parou no ar feito um beija-flor e despachou o Corinthians pela Varig. Com a faixa de vice-campeão. Os heróis do não cai são pela ordem: o goleiro Felipe, o artilheiro Finazzi e a Fiel Torcida. Triplo F. FFF. Lula é corintiano, esquerdistas devem ser corintianos e Lula é um baluarte da esquerda. Tem perna esquerda e braço esquerdo. Chávez também é corintiano, assim como Fidel, Evo, Suplicy, Dirceu, Tarso Genro, Genoíno, e Delúbio. Meu amigo médium disse que Che só torce contra o timão quando o jogo é contra o Boca. Karl Marx não gosta de futebol, diz que é um engodo para anestesiar as massas oprimidas. Ninguém suporta Marx no além-túmulo, o cara é ranzinza. Estão dizendo por aí que homens de preto com malas pretas visitaram jogadores do Goiás. Mensalão futebolístico? Disseram também que o Vasco está na gaveta e vai fazer corpo mole, depois será a vez do Grêmio. Intriga da oposição? Um craque do naipe de Vampeta não fica bem na segunda divisão. Eu não suporto barulho e tenho de conviver com uma lareira repleta de bebês andorinhas, um bem-te-vi tresloucado e bombas futebolísticas corintianas. Vou torcer para o Vasco. He, he, he...

Sidney Borges

Internacional

Venezuela resiste a 'ataques de dentro e de fora', diz Chávez

Para ele, oposição quer criar 'terremoto social' às vésperas do referendo sobre reforma constitucional

Efe
CARACAS - O presidente venezuelano, Hugo Chávez, disse nesta segunda-feira, 26, que "pequenos grupos fascistas" querem criar "um terremoto social e político" às vésperas do referendo sobre a reforma constitucional no país. Ele acrescentou que a Venezuela resistirá "a ataques de dentro ou de fora".
Após lembrar um trabalhador, morto pela manhã por manifestantes de oposição no interior da Venezuela, o governante acusou "pequenos grupos de fascistas, teleguiados pelos inimigos da pátria" de tentar levar a Venezuela a "se incendiar e ser sacudida por um terremoto social e político". Mas previu o fracasso das tentativas porque "a esta altura a Venezuela não é incendiável".
Em um discurso reproduzido pela emissora estatal VTV, ele afirmou que a Venezuela "já dispõe de uma primeira estrutura antiterremotos que permite resistir a qualquer ataque de dentro ou de fora contra a arquitetura nacional".
"No entanto, convoco todo o país a um protesto contra os que pretendem nos levar pelos caminhos da violência", disse.

Referendo

O referendo nacional que decidirá sobre as reformas na Constituição acontece no próximo domingo, 2. A oposição acredita que vai derrotar Chávez nas urnas.
O presidente venezuelano afirmou não entender o porquê da violência se os opositores acreditam na vitória. "É o desespero", respondeu, opinando que as enquetes "sem dúvida são manipuladas".
O projeto de reforma constitucional inclui, entre outros assuntos, a reeleição presidencial ilimitada; vários tipos de propriedade, como a comunal, além da privada; um novo ordenamento territorial; e a possibilidade de o Estado restringir a informação e o devido processo durante os estados de exceção.

Tecnologia

TV digital: bonitinha...cara, burra e capenga

Camila Rodrigues na Folha de São Paulo:
Finalmente a TV digital chega ao Brasil. As transmissões oficiais das emissoras abertas começam na noite do próximo domingo, apenas na Grande São Paulo. A promessa é de imagens melhores que as da analógica: o sinal pega ou não pega, sem o meio-termo de chuviscos e fantasmas.
Segundo normas do Fórum do SBTVD (Sistema Brasileiro de TV Digital), todas as emissoras abertas oferecerão sua programação, na íntegra, em formato digital a partir do próximo dia 2.
A maior parte dos programas será exibida em SD, que significa definição padrão, melhor que a atual, mas inferior à alta definição (HD ou full HD).
O formato HD é melhor que o de DVD, e é possível perceber bastante diferença em relação ao formato analógico até em televisões de tubo. O full HD só poderá ser assistido em TVs de alta resolução, que custam mais de R$ 3.000.


Nota do Editor - A Televisão como é conhecida hoje está com os dias contados, vai perder a primazia do entretenimento e da informação. Os jovens dos países desenvolvidos, com idades entre 16 e 24 anos já manifestam preferência pela Internet. No Brasil isso ainda não acontece, mas quando o programa de inclusão digital do governo levar a Banda Larga a todas as cidades brasileiras a coisa vai mudar. Banda Larga e queda acentuada nos preços dos computadores, sinônimo de Brasil conectado. Hoje a TV perde em interesse para a Internet, quem tem Banda Larga sabe o que estou dizendo. No You Tube você assiste a quase tudo o que lhe interessa, na hora que quiser, desde eventos esportivos a concertos inesquecíveis. E sempre é bom lembrar que a maior atração para o homem é o próprio homem, entre em uma "lan house" e você verá dezenas de jovens conversando, trocando figurinhas, namorando, fazendo amigos. A interatividade é atraente, uma vez conquistado o coração do adolescente ele será fiel ao veículo para sempre. Por fim, cabe lembrar que em menos de cinco anos a tecnologia de difusão de imagens via Internet terá a qualidade da TV digital e será de domínio público. A Televisão não vai desaparecer, vai sofrer profundas modificações, vai evoluir e ocupar o lugar de destaque que lhe cabe, assim como o Rádio e o Cinema nâo desapareceram com o advento da Televisão. Como dizia o "Químico", nada se perde, tudo se transforma. Por enquanto TV Digital é como o petróleo que vai nos levar ao paraíso. Quimera lulista, como outras tantas. (Sidney Borges)

Manchetes do dia

Quarta-feira, 28 / 11 / 2007

Folha de São Paulo
"ONU inclui Brasil no grupo de elite da qualidade de vida"
O Brasil entrou no grupo dos países de alto desenvolvimento humano, de acordo com um relatório da ONU. O ingresso do país no setor de elite da qualidade de vida foi impulsionado principalmente por uma revisão para cima na expectativa de vida do brasileiro ao nascer. Foi exatamente a esse patamar que o Brasil chegou no relatório, cujos dados se referem a 2005. (...)


O Globo
"ONU põe Brasil no clube de países desenvolvidos"
O aumento da renda e da expectativa de vida em 2005 colocaram o Brasil, pela primeira vez, no clube dos países com alto Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), calculado pela ONU para medir a qualidade de vida. O índice subiu de 0,798 para 0,800 e, com isso, o país obteve a pontuação mínima para entrar nesse grupo de nações desenvolvidas. Apesar disso, Albânia e Arábia Saudita avançaram mais e o Brasil perdeu três posições no ranking, caindo de 67º para 70º lugar entre os 177 países pesquisados. A Islândia desbancou a Noruega do topo da lista. A lanterna é Serra Leoa. O Brasil, que teve resultados melhores que China e Índia, foi prejudicado pela repetição das estatísticas de educação de 2004 porque o governo não enviou dados mais recentes. O presidente Lula disse que os próximos relatórios da ONU apontarão mais avanços.


O Estado de São Paulo
"Leilão de novas áreas de petróleo levanta R$ 2,1 bi"
As mudanças promovidas às vésperas do leilão afugentaram as maiores empresas petrolíferas do mundo, mas mesmo assim a Agência Nacional do Petróleo obteve ontem arrecadação recorde de R$ 2,109 bilhões na oferta de áreas a serem exploradas. A ANP vendeu 117 dos 271 blocos oferecidos e espera investimentos de R$ 6 bilhões nos próximos anos. A agência admitiu que o resultado poderia ser bem melhor se as 41 áreas com maior potencial tivessem sido mantidas no leilão. Como em ofertas anteriores, a Petrobrás foi a empresa com maior número de blocos arrematados - 27 -, mas, desta vez, seus grandes concorrentes foram companhias brasileiras, estreantes no setor ou de pequeno e médio porte. A OGX, controlada por Eike Batista, foi a grande surpresa do leilão, arrematado 21 áreas e respondendo por 70% da arrecadação. A Vale do Rio Doce também estreou no setor petrolífero: arrematou nove blocos em parceria com a Petrobras.


Jornal do Brasil
"As duas faces do Brasil"
No mesmo dia em que o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) anunciou que o Brasil chegou ao clube dos países de alto Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), o Rio de Janeiro viveu horas de verdadeira guerra urbana, semelhante aos países de pior qualidade de vida. Um policial e um catador de papéis morreram e quatro pessoas ficaram feridas durante operação da PM na Vila Cruzeiro, que integra o Complexo do Alemão. Mas, segundo a ONU, o Brasil tem evoluído significativamente desde 1975, atingindo o IDH de 0,800 - exatamente a linha acima da qual estão os países com alto nível de desenvolvimento. O país ocupa a 70ª posição na lista, liderada pela Islândia e que tem Serra Leoa como última colocada, na 177ª posição.

terça-feira, novembro 27, 2007

Pensata

Lago amazônico e ciclamato

A Rand Corporation do Delfim deles, Hermann Kahn, gorducho sabichão, QI 170, pequeno se comparado ao de um tradicional lobo do mar de Ubatuba, mas suficiente para dar conselhos ao governo dos Estados Unidos, foi chamada a dar palpites sobre como ganhar a guerra no Vietnã. Para quem não sabe, foi Ike (Dwight David Eisenhower (1890 - 1969), presidente dos Estados Unidos da América entre 1953 e 1961) quem começou a se lambuzar no Sudeste Asiático. Os franceses tinham apanhado feio em Dien Bien Phu, em 1954, e resolveram não brincar mais, eles tinham um joguinho aparentemente mais fácil na Argélia e a Indochina era tão longe, embora as mulheres fossem mais sensuais. Uh lá lá. Sempre se perde alguma coisa quando se ganha. Melhor uma Argélia cheia de mulheres feias na mão do que uma Indochina sensual voando. Eisenhower ficou com medo da escalada comunista, que segundo a teoria do dominó, primeiro dominaria a Asia, depois a África, depois a Europa e por último a Lua. O velho Ike enviou "conselheiros militares" para ensinar os nativos bons, do Sul, democratas até a medula, a combater os nativos maus, do Norte, comunistas, argh! A guerra ficou em banho maria até Kennedy, o pacifista bonitão eleito pela máfia, resolver que era hora de mostrar quem mandava no mundo. Robert MacNamara, que anos depois diria a Lindon Johnson que bombardear Hanói era o canal, aconselhou Kennedy a não atacar primeiro na crise dos mísseis de Cuba. No caso de Cuba deu certo, no Vietnã foi um desastre. O viril Kennedy, seguindo seu irmão Bob, enviou mais e mais conselheiros ao Vietnã, a guerra começou de fato nessa época, 1962. Sem o esforço americano para salvar o mundo livre o Vietnã seria a primeira pedra do dominó a cair. Dos conselhos belicistas do irmão ao incidente forjado do Golfo de Tonkin, em 1965, que deu início formal à guerra, foi um pulo. Quanto ao futurólogo Hermann Khan, o Brasil do milagre o chamou para opinar sobre o milagre e sobre a Amazônia. Nosso gordão Delfim encontrou-se com o gordão do Império (para agradar petistas) e ouviu o que não queria. Hermann foi sincero, o Brasil vai dar certo, mas só no ano de dois mil e trezentos e quanto à Amazônia, vamos fazer um lago. Íça. Os milicos ficaram tiririca, foi um custo segurar o general Newton Cruz. Naqueles tempos de calças boca-de-sino, ciclamato, (adoçante não calórico, ideal para regimes) dava câncer, segundo a opinião da ciência. Era a época do adoçante Suíta, cantado por Caetano Veloso, o maior intelectual deste país antes do advento Lula. A ciência depois mudou de idéia sobre o ciclamato, que hoje faz bem. A vingança nacional contra a previsão desastrosa de Kahn foi cruel. Encheram a pátria do futebol de outdoors com a foto do gordão na praia e a frase: "Ciclamato nele". Delfim ainda anda por aí, ele que achou o AI-5 brando hoje elogia Lula aos quatro ventos e está mais magro. Deve ter tomado ciclamato. Quase eu ia me esquecendo. Os palpites de Hermann Kahn sobre a guerra não deram certo, o Vietnã ganhou. Sobre o Brasil ele tinha razão, só errou sobre o lago amazõnico, em vez disso estamos criando um deserto.

Sidney Borges

TV Víbora: Cancion bolivariana

"Por que no te callas"


A ponderar...

Obrigação de Fazer

O texto abaixo, não se refere a preceitos jurídicos mas, de um trecho de matéria extraída da web. Seu conteúdo sugere os resultados da falta de alternativas para jovens que, não encontrando colocação no mercado de trabalho, desiludidos, reagem e cobram a fatura da inércia. Para refletir fica a pergunta: O que estamos fazendo para oferecer a eles, no futuro próximo, além dos "diplomas" das licenças de ambulantes? (Ronaldo Dias)

"...Pode ser apocalíptico, patético ou prosaico, mas a previsão política é aterradora pra quem é sofredor e também para tem a ganhar, pois parece chegada a hora desses capitães do mato colherem os fardos do que não plantaram... Seus melhores exemplos são sempre esses dos piores que querem respeito a despeito do que não fazem e jazem legando uma herança de tédio e desesperança...Acontece que a fatura futura que há de ser cobrada a socos, achaques e pontapés por baixo dos panos e dos canos da juventude desempregada e desiludida...A autoridade de uns poucos não será páreo para a transformação verdadeira que a insatisfação derradeira desses muitos poderá vir a trazer". (Fernando Bonassi)

Editorial

Estupro urbanístico

O post publicado hoje, que discute a verticalização é a primeira manifestação sobre matéria que interessa a todos em Ubatuba. Nós do Ubatuba Víbora esperamos receber outras opiniões, contrárias e favoráveis. Quais são os argumentos dos que acreditam que encher a cidade de apartamentos gaiolas, pequenos e baratos, vai contribuir para melhorar a qualidade de vida da população. Não podemos mais conviver com espertezas legislativas. Foram "leis de ocasião" que colaboraram e vão continuar colaborando para o desmonte do potencial turístico da cidade. (Praia Grande, alguém se lembra dos responsáveis?) Sempre que uma aberração arquitetônica é proposta lá estarão os sem alma dispostos a criar subterfúgios que a materializem, sua infinita insensibilidade, só comparával à sua também infinita estupidez, metamorfoseou Ubatuba. Esta já foi a cidade mais charmosa do Litoral Norte e hoje é a que mais problemas apresenta, a mais feia, a mais violentada a mais descaracterizada, sem estilo, sem poesia. Falta caráter. O povo sabe de quem falo.

Sidney Borges

Fortona

Caso Rebeca: houve fraude

Médico acha que a atleta participou da adulteração das amostras de urina. E isso pode dar 5 anos de prisão


O delegado titular da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Saúde Pública (DRCCSP), Marcos Cipriano, confirmou ontem que houve fraude no exames de urina identificados como sendo da nadadora Rebeca Gusmão durante os Jogos Pan-Americanos do Rio e revelou que há indícios da participação da atleta na adulteração das amostras. Ele chegou a essa conclusão depois de ouvir o primeiro depoente, o médico Eduardo de Rose, diretor da Comissão Antipoding da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) e também do Pan. “ Provei pelo DNA que houve manipulação na urina da atleta. Acho difícil que ela não tenha participado”, disse De Rose.
Leia mais

Queremismo

Solenidade vira ato por terceiro mandato

O Estado de S. Paulo
“Um, dois, três, Lula outra vez.” O presidente Lula foi recebido com esse grito por cerca de 2 mil pessoas mobilizadas pelo Movimento Nacional de Lula pela Moradia na abertura da 3ª Conferência Nacional das Cidades ontem à noite.
Ele chegou ao Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, acompanhado dos ministros Márcio Fortes (Cidades) e Marina Silva (Meio Ambiente). Diante de um mar de mãos levantadas, com três dedos sinalizando o terceiro mandato, o presidente fez um improviso no discurso.
“Eu tenho em mente que a passagem pelo governo de um homem ou uma mulher tem data de entrada e de saída, mas os compromissos de luta são para toda a vida”, disse Lula. “E quando terminar a Presidência da República, aconteça o que acontecer, vamos estar juntos em outras batalhas para melhorar a vida do povo.”
Na saída, um clima de histeria tomou conta do centro de convenções, com dezenas de participantes da conferência tentando se aproximar de Lula, abraçá-lo e tirar fotos com ele.

Verticalização

CHEGA DE EDIFÍCIOS em Ubatuba!

Um grupo de construtoras pressiona a comunidade tentando mudar as leis municipais para permitir a construção de grandes edifícios em Ubatuba. Construtoras visam apenas o lucro imediato, e não consideram a preservação ambiental nem as necessidades sociais e econômicas da região. Elas têm como meta construir prédios em toda Ubatuba, cidade que não tem infra-estrutura (água, esgotos, polícia, postos de saúde, estrutura viária, transporte público, etc) para suportar o impacto dessas obras desnecessárias, que privam o turista da visão das paisagens e poluem as praias e águas. Ubatuba tem a maioria de seus imóveis vazios durante o ano inteiro, e não faltam imóveis à venda. Não existe nenhuma pressão que justifique a construção de edifícios prejudicando a população local e destruindo nossas atrações turísticas. Nós que abaixo assinamos, queremos que a Lei de Uso e Ocupação do Solo de Ubatuba a ser promulgada, garanta a preservação do meio ambiente, das paisagens e da qualidade das águas do mar e rios, garantindo a qualidadede vida da população local e de nossos visitantes, em respeito a vocaçãoturística da cidade!

http://salveubatuba.org.br
 
Free counter and web stats