sábado, agosto 11, 2007


Terra Brasilis

TAM fez vistorias com atraso no Airbus que caiu

De Alan Gripp em O Globo, hoje:
BRASÍLIA - A TAM fez com atraso pelo menos seis inspeções obrigatórias no Airbus A-320, que, no dia 17 de julho, explodiu em Congonhas, matando 199 pessoas. As vistorias fora do prazo ocorreram em junho e julho, sendo uma delas no dia da tragédia. As irregularidades serviram para revelar a fiscalização frouxa da Agência Nacional de Aviação Civil, que só descobriu os atrasos e multou a TAM após ser provocada pela CPI do Apagão Aéreo na Câmara. Os autos de infração foram lavrados nesta semana. Todos no mesmo dia: terça-feira (7 de agosto).
Segundo documentos da Anac, os atrasos aconteceram em cinco inspeções "daily" (diária) e uma "weekly" (semanal). São vistorias de rotina, feitas nos hangares das companhias nos aeroportos, e exigidas pelo Código Brasileiro de Aeronáutica. Segundo o manual da TAM, no Airbus A-320, as inspeções diárias têm que ser feitas a cada 48 horas e as semanais, a cada oito dias. A Anac não informou o tamanho do atraso".


Nota do editor - Em certas atividades humanas não cabe o "jeitinho brasileiro". A aviação é certamente uma delas. Se a TAM não fez a manutenção corretamente e se os órgãos responsáveis não fiscalizaram, rua com os responsáveis. Ainda vai morrer muita gente por falta de ação daqueles que deveriam trabalhar mais e falar "menas" asneiras. Com a atitude passiva que há, nem em quinhentos anos sairemos do lugar. Viva o subdesenvolvimento, marca registrada do Brasil. (Sidney Borges)

Sociais



Encontro de poetas

Vitor Martins visitou Gutemberg Guarabyra na semana passada. E aproveitou para saborear o filé de Sororoca (pescada naquele dia) com molho branco à base de ervas, sobreposto com camarões e acompanhado por purê de banana prata, tudo no maior capricho no Restaurante Güt, na Praia da Fortaleza. Vale conferir. Maiores informações: guarabyra@uol.com.br (Sidney Borges)

TV Víbora apresenta: "3 Perguntas"

A TV Víbora inaugura sua grade de programação com o programa "3 Perguntas", que irá ao ar aos sábados. Hoje: Dr. Elias Penteado Leopoldo Guerra, Coordenador do Conselho Gestor da Santa Casa de Ubatuba.


Editorial

Terceira Via

Hoje, em Ubatuba, há alguns prováveis candidatos ao cargo de prefeito. O mais evidente é Eduardo Cesar, atual detentor do trono. Ele vai concorrer à reeleição, está em plena campanha, contratando e prometendo o céu e o mar e o sol sempre a brilhar a quem possa agregar votos. Eduardo só pensa naquilo, é notório, e o fato se dá desde que colocou os pés no gabinete pela primeira vez. Paulo Ramos é o “outro” na vida dele. Corresponde ao contraponto, o preto do branco, o ying do yang o baixo do alto, o claro do escuro ou o escuro do claro, o fla do flu. Ubatuba é binária, mais de dois pode dar tilt. Volto quatro anos no tempo e vejo gente batendo no Paulo, cuspindo no Paulo, acusando Paulo de ser o vendilhão do templo, de ter surrupiado trinta moedas de Judas Iscariotes. Retorno ao presente para ter uma surpresa. Aqueles que o difamavam estão arrependidos, alquebrados, dando o pescoço a corte. Um raio de luz celeste os teria iluminado e mostrado que Paulo é a única esperança contra os mouros, quem sabe até encontre e traga de volta D. Sebastião perdido em Alcácer-Quibir, aquele barzinho do “Morro do Funhenhado" que serve ótima cachaça. Paulo Ramos de Oliveira é a esperança de dias melhores para Ubatuba. Vai lutar contra Eduardo de Souza Cesar outrora a esperança. Todos têm seu dia de esperança nesta terra de sol e transatlânticos no horizonte. Colocados os atores principais, vamos aos coadjuvantes. Pedro Tuzino já foi vice-de Eduardo. O casamento durou algumas horas, o pai da noiva e o pai do noivo disseram não. Também já foi vice de Paulo, que disse não saber do fato e deu aquela risadinha característica hi, hi, hi. Pedro também foi vice de Caribé, que desistiu da batalha para recarregar as baterias, prometendo voltar “bombando”. O perigo de bombar em demasia é explodir pelo caminho. Eu disse bombar no bom sentido, de outra forma parece que só um nesta cidade está bombando. Completamente apaixonado. Bomba dia e noite e nos intervalos passeia de mãos dadas. Parabéns aos pombinhos. Estão desfrutando da melhor situação da vida, tão boa que só acontece uma ou duas vezes. Como diria o Mike do Perequim: lindo, lindo, o amor é lindo. O PTB corre pelas beiradas, parecendo donzela cobiçada, todos querem compartilhar de seu leito. Será que a moçoila vai resistir ao assédio? Ninguém sabe, donzelas são como frutas maduras, se não forem colhidas no ponto estragam no pé. E, além disso, água de morro abaixo, fogo de morro acima... Vocês conhecem o resto. Há também alguns possíveis candidatos em compasso de espera. Fala-se muito no "Padre do PT", não confundir com Frei Betto, que depois de conhecer a cozinha do restaurante chinês virou asceta. Sinceramente não vejo como qualquer candidatura personalizada possa trazer alguma esperança. Quando proponho a terceira via, não falo em nomes, mas em programas exeqüíveis, em políticas de Estado que possam se traduzir em melhorias efetivas para Ubatuba. Nenhum dos citados sequer pensou nisso, no passado quando prometeram não cumpriram. Esqueci de dizer, Charles Medeiros também pode ser candidato, seu nome vem ganhando força na cidade. Eu não tenho cor política, mas se surgir um programa sério apoiarei. Imagino que com o crescimento da cidade o meu ramo de atividade possa crescer. Por isso, tanto faz Eduardo, Cesar, Paulo Ramos, Pedro Tuzino, Sérgio Caribé, Charles Medeiros, Jija, Zizinho, Padre do PT, ou quem mais se apresentar. O homem não importa. O que interessa é o que ele vai fazer e sozinho ele não vai fazer nada além de prometer. E não cumprir. Estou aberto a apoiar o melhor programa. Mostrem as cartas, pago para ver...

Sidney Borges

Festa



9ª Fest SABE

A tradicional festa da tainha assada, Fest SABE, em sua 9ª edição, acontece neste final de semana, dias 10, 11 e 12, a partir das 19h30, na Praça Maracanã, Estufa II. Na programação estão diversos shows musicais e barracas típicas. Não percam!

Utilidade Pública

Camarão
Ministro abre processo de seleção para a pesca em São Paulo

Proprietários de embarcações que pescam camarão sete barbas precisam se recadastrar

O camarão sete barbas é a primeira espécie mais importante do crustáceo em São Paulo. A pesca emprega mais de 1,4 mil embarcações e 5 mil pescadores no Estado, mas sua produção está em queda desde o final dos anos 1980. No ano passado foram pescadas menos de 1,9 mil toneladas, mas o Estado sozinho já respondeu por 7 mil toneladas ao ano. O problema é causado pela dificuldade de controle das embarcações, áreas e redes de captura. Pelo menos metade da frota que realiza essa pescaria tem permissão e está autorizada a operar.

Para combater esse problema e garantir futuro a pesca e ao pescador de camarão, o Governo Federal, por meio da Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca da Presidência da República (Seap) está reordenando a atividade. Todas as 700 permissões existentes serão canceladas. O ministro da pesca, Altemir Gregolin, vêm ao Estado nesta quarta-feira (15) para abrir oficialmente as inscrições do processo de seleção e concessão de novas permissões para a pesca do camarão sete barbas. O evento acontece às 9 horas, no Salão Paroquial da Igreja de São Francisco, no centro de Ubatuba, com a presença de pescadores presidentes de colônias de pesca (equivalentes a sindicatos) e associações de pescadores de todo o Estado. Antes. Às 8 horas, Gregolin visita a Ilha dos Pescadores, na região central da cidade.

A permissão pode ser requerida no escritório da Seap, em São Paulo, Capital, até 15 de setembro e o resultado do processo de seleção vai até novembro. A pesca, que será fechada em 1º de outubro para o defeso, será reaberta com as novas regras em 1º de janeiro. Equipes estão sendo treinadas pela Seap para o cadastramento volante, que acontecerá nos principais centros de pesca do camarão sete barbas no estado (Santos, Guarujá, São Vicente, Peruíbe, Ilha Bela, Caraguatatuba, Cananéia, Ubatuba, Itanhaem, São Sebastião e Bertioga)

O ordenamento da frota é fundamental para garantir a sustentabilidade da pesca do sete-barbas, crustáceo incluído na lista de espécies sobrexplotadas no eixo Sul-Sudeste. Hoje, estima-se que haja cerca de 5,3 mil embarcações atuando na captura nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo. No entanto, apenas 1.280 têm permissão de pesca. “Com o reordenamento, o governo federal dá oportunidade de regularização a milhares de pescadores que estão atuando na ilegalidade. Ao mesmo tempo, o país terá mais condições de fiscalizar e fazer uma gestão efetiva do recurso”, diz o ministro Gregolin. A concessão das permissões deve beneficiar diretamente de 15 mil a 20 mil pescadores destes estados, que no ano passado produziram 5 mil toneladas do crustáceo, segundo estatística do Ibama.

Regras

Quem já tinha a permissão terá a nova licença garantida se comprovar que atuou na pescaria do sete-barbas nos anos de 2005 e 2006. Os demais poderão inscrever embarcações com comprimento menor ou igual a 9 metros, no limite de uma embarcação por proprietário. Com estes critérios, o governo espera limitar o esforço de pesca sobre o crustáceo, já que as embarcações maiores têm maior poder de captura e a concentração de duas ou mais permissões nas mãos de um só proprietário reduz as oportunidades de inclusão.

Mais informações:

Endereço do evento:
Salão Paroquial da Igreja de São Francisco, localizado na Avenida Prof. Tomaz Galhardo, s/nº - centro

Assessoria de Imprensa/SEAP:

(61) 3218-3810 e 3218-3814.
Marcos Horostecki (que vai a SP com o ministro): (61) 9220-5840.

Tatiana Beltrão: (61) 9274-7339

Manchetes do dia

Sábado, 11 / 08 / 2007

Folha de São Paulo
"BCs voltam a agir, mas Bolsas ainda caem"
Na tentativa de acalmar os investidores, os bancos centrais dos EUA, da União Européia e do Japão injetaram mais de US$ 120 bilhões nos mercados. Isso não evitou nova queda nas Bolsas, afetadas por incerteza no mercado imobiliário dos EUA. Em dois dias, o total liberado passa de US$ 250 bilhões. No Brasil, a Bovespa teve queda de 1,48% e o risco-país subiu 3,26%, para 190 pontos.

O Globo
"Arrecadação já permitiria reduzir a CPMF à metade"
Apesar de governo ter cedido às pressões do PMDB do Rio de Janeiro e liberado emendas para agradar a parlamentares e, com isso, tentar aprovar a prorrogação da CPMF até 2011, economistas e políticos afirmam que o Brasil já tem condições de viver sem depender da taxa que, de provisória, só tem o nome. O governo alega que o dinheiro da CPMF é indispensável para manter projetos e programas sociais, mas cálculos mostram que, se fizesse um controle rígido dos gastos, já poderia reduzir à metade a alíquota, hoje de 0,38% sobre toda movimentação financeira. Os gastos totais do governo, atualizados pelo IPCA cresceram R$ 101 bilhões de 2002 a 2006. Descontado a CPMF, as receitas se ampliaram em R$ 123,7 bilhões no mesmo período. O tributarista Ilan Gorin diz que, mesmo sem contar a CPMF, a arrecadação de impostos deverá aumentar em quase R$ 18 bilhões este ano - metade do que a contribuição deve gerar. A oposição defende o fim ou a redução da alíquota, e até no PT, mesmo com a determinação do governo de não abrir mão da CPMF integral, há grupos que pregam a diminuição gradual do percentual.

O Estado de São Paulo
"Países ricos ampliam ajuda para conter crise"
Mais bancos centrais passaram ontem a injetar recursos para conter a crise causada pelo mercado imobiliário americano. Foi o caso dos BCs do Japão, Canadá, Suíça, Austrália e Noruega, entre outros países. No total, eles puseram cerca de US$ 140 bilhões no sistema financeiro. O valor das injeções - incluindo as de quinta-feira - já está na casa de US$ 300 bilhões. Outra vez, o maior montante foi desembolsado pelo Banco Central Europeu, com US$ 83,5 bilhões. O Federal Reserve (Fed, o banco central americano), que na quinta-feira tinha socorrido o mercado com US$ 24 bilhões, ontem atuou com US$ 38 bilhões. Nas bolsas, o dia foi de muita volatilidade, com perdas pesadas na Europa. Nos EUA, o nervosismo diminuiu um pouco perto do fechamento, assim como no Brasil - a Bovespa fechou com queda de 1,48% e acumula perda de 9,3% desde o início da turbulência, dia 24. O valor de mercado das empresas que têm ações negociadas na Bolsa paulista caiu de R$ 2,237 trilhões em 23 de julho para R$ 2,125 trilhões na quinta-feira. O maior impacto ontem no mercado brasileiro foi no câmbio: o dólar subiu 1,35%, para R$ 1,952, maior valor desde 26 de junho. Analistas temem que os BCs estejam fazendo tantas intervenções para evitar a queda de instituições bancárias grandes.


Jornal do Brasil
"Policial do Palácio chefiava prostituição"
Um cabo da PM, lotado na companhia responsável pela guarda e proteção do governador do Estado e do Palácio Guanabara, foi preso sob acusação de ser um dos chefes de uma rede de prostituição que atendia, inclusive, companheiros de farda. O militar explorava garotas de programa, incluindo menores de idade, na Barra, e as mantinha em cárcere privado. Usava um telefone da corporação para controlar o negócio e agendar festas com a presença de prostitutas. Um encontro, para 100 policiais do 31º BPM (Recreio), seria realizado neste fim de semana. Segundo o Ministério Público, o contato por meio do qual foi encomendada a presença das mulheres, partiu de um telefone oficial, do próprio batalhão, utilizado pelo Serviço Reservado.

sexta-feira, agosto 10, 2007

TV Víbora apresenta: Dona Cida

Opinião

Caro Sidney Borges;

Gostaria de esclarecer ao nosso amigo Ednelson Prado que o exercicio da advocacia é privativo dos inscritos na Ordem dos Advogados do Brasil.
E mais, como diz a denuncia que pede o afastamento do Prefeito a nossa Santa Casa existe a uns 150 anos e no maximo teve divida de 5 milhoes e desde a sua infeliz intervenção este deficit passara a mais de 20 milhoes.
Nao me resta duvida que nosso Prefeito tem responsabilidade direta neste caos e que os senhores vereadores devem respeito a seus eleitores e não ao chefe do executivo como ja divulgava Montesquie a mais de 200 anos.
A questao passa pelo campo politico com certeza pois os nobres edis deverão voltar a casa de seus eleitores e com certeza serão cobrados e avaliados por suas atitudes nesta CEI.
Sem contar que nossos legisladores não estão afastados de precisarem de um primeiro atendimento e este ser o seu ultimo socorro.
Nem o Super Homem esta imune a isto.


Cesar Prates
Estudante de Direito

Pensata

Ubatuba sem novidades no front

Há crimes que não prescrevem. Crimes morais e éticos, que não chegam aos tribunais, mas são visíveis a quilômetros de distância. Sabemos que contra os desmandos administrativos há a Lei, mas sabemos também que os tribunais são lentos e disso se beneficiam alguns espertos da liça política ubatubense. As práticas viciosas de outrora um dia serão julgadas e poucos que aí estão escaparão da degola. No entanto, a moral vigente lembra hímens elásticos, que conferem virgindade perpétua a certas mulheres de vida fácil. Os homens não mudam depois da personalidade consolidada. Quem roubou uma vez, mentiu uma vez, dificilmente deixará de fazê-lo novamente. E, apesar disso, há quem vislumbrando o eldorado pessoal finja que um dia as coisas serão diferentes. Ingênuos, bem-intencionados ou espertos? A mim não enganam... (Sidney Borges)

Utilidade pública

Precisa-se de médicos

A Santa Casa de Ubatuba abriu 12 vagas para médicos interessados em trabalhar no Ambulatório de Especialidade da entidade. As vagas são disponíveis para as áreas de clínico geral, pediatras, ginecologistas, obstetras, otorrinolaringologistas, dermatologistas, cardiologistas, neurologista, cirurgião pediátrico, cirurgião geral e gastroclínicos. A Santa Casa informa que terão preferência os médicos que residam no Litoral Norte, São José dos Campos, Taubaté e Lorena. Os interessados deverão entrar em contato com a Gerência Comercial da Santa Casa e falar com Rogéria pelos telefones (12) 3832-1211 ou (12) 9174-5414.
PMU

Editorial

Quem tem medo da verdade?

Na última terça-feira a Câmara Municipal de Ubatuba aprovou por unanimidade a instalação de uma CEI para apurar irregularidades na Santa Casa, cuja administração está a cargo do poder municipal desde 2005. O Ubatuba Víbora tem recebido quase que diariamente denúncias de problemas no hospital, não publicadas por falta de provas materiais que as sustentem, embora os relatos sejam verossímeis. Por outro lado, o Prefeito usa as ondas de rádio para afirmar que tudo vai bem, que as denúncias são políticas e têm origem no coro dos descontentes, que não tendo cargos cuidam de açodar o governo. Caso a CEI tenha sido uma manobra política, como afirmam os governistas, foi bem urdida e atingiu seus objetivos. Os aliados do prefeito dizem que a CEI não vai prosperar. Será que não é esse o interesse da oposição? Caberá à tropa de choque do soberano explicar aos eleitores o porquê das tentativas de impedir as investigações. Tarefa ingrata. A fuga da CEI será explorada e certamente irá repercutir na (re)eleição. Na campanha de 2004 Eduardo Cesar usou o argumento de que iria resolver de uma vez por todas os problemas da “saúde” de Ubatuba. Espero sinceramente que isso aconteça. Sou morador da cidade e embora tendo plano médico em São Paulo, caso necessite de atendimento de urgência, é aqui que ele acontecerá. Enfrentar a CEI demanda coragem e poderá se traduzir em dividendos políticos. Fugir da raia ou tentar varrer a realidade para baixo do tapete, ao contrário, configurará o que o povo chama de tiro no pé. De canhão.

Sidney Borges

Ludopédio circense



E o São Paulo?

Texto de capa do Estadão para a foto acima, também do Estadão. "Corinthians perde, Palmeiras empata e Santos vence". Faltou falar do São Paulo, que está lá na frente, tão na frente que os outros precisam de luneta para vislumbrá-lo. (Sidney Borges)

Texto do comercial do movimento "Cansei"

Cansei

Cansei de gente que só quer levar vantagem;
Cansei do governo paralelo dos traficantes;
Cansei de pagar tantos impostos;
Cansei de impunidade;
Cansei de tanta burocracia;
Cansei de caos aéreo;
Cansei de CPI que não dá em nada;
Cansei de crianças nas ruas e não nas escolas;
Cansei de presidiário falando no celular;
Cansei de ver traficante fechando o comércio;
Cansei de empresários corruptores;
Cansei de ter medo de parar no sinal;
Cansei de bala perdida;
Cansei de tanta corrupção;
Cansei de achar tudo isso normal;
Cansei de não fazer nada


Se você já se cansou de tudo isso, mostre a sua indignação.

Pelo Brasil, faça um minuto de silêncio.
Dia 17 de agosto, às 13h.

OAB São Paulo
http://www.cansei.com.br/

Subdesenvolvimento

Excelentíssimo Senhor Prefeito da Estância Balneária de Ubatuba, SP.

Assunto: Poluição áudio e visual

Cópias para:
Ministério Público
OAB - Subseção Ubatuba
Câmara Legislativa Municipal
Secretaria Municipal de Meio Ambiente
Associação Comercial e Industrial de Ubatuba
Sindicato de Bares, Hotéis, Restaurantes e Similares
Jornal Vale Paraibano
Jornal A Cidade
Revista virtual O Guaruçá
Blog Ubatuba Víbora


As associações ambientalistas INSTITUTO COSTA BRASILIS, com sede na rua Jaboticabeira nº 98, bairro Praia do Lázaro, em Ubatuba, SP, PELA VIDA PELA PAZ MOVIMENTO EM DEFESA DE UBATUBA – MDU, com sede na rua Antonio Athanásio nº 273, Itaguá, Ubatuba, SP, a ASSOCIAÇÃO SOCIOAMBIENTAL SOMOS UBATUBA – ASSU, com sede na av. Monteiro Lobato nº 50, no bairro Itaguá, em Ubatuba, SP, a ASSOCIAÇÃO CUNHAMBEBE, com caixa postal de nº 40, CEP. 11680-970, em Ubatuba, SP e o INSTITUTO ARGONAUTA PARA A CONSERVAÇÃO COSTEIRA MARINHA, com sede na av. Guarani nº 835, no bairro Itaguá, igualmente em Ubatuba, SP, por seus subscritores comparecem para, respeitosamente, exporem e requererem o seguinte:

Em razão de diversos informes e queixas acerca da crescente poluição áudio e visual de cunho comercial em nosso município, este tema tornou-se objeto de pauta de uma das reuniões do Coletivo das Entidades Ambientalistas de Ubatuba – CEAU, que congrega dez associações.

Na ocasião o Coletivo das Entidades Ambientalistas deliberou que a questão da poluição ambiental áudio e visual, não só deveria ser levada ao conhecimento da Prefeitura de Ubatuba, como também à Associação Comercial e Industrial, ao Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares, aos Órgãos de Imprensa, à Ordem dos Advogados do Brasil, aos Promotores de Justiça designados para a Comarca, à Câmara Legislativa Municipal e às próprias empresas que realizam a propaganda em conflito com a sustentabilidade do meio ambiente do município de Ubatuba, seja este natural ou urbano.

Deliberou-se, também, que o Coletivo das Entidades Ambientalistas recomendaria a todos os seus membros e simpatizantes, que deixassem de consumir os produtos e de comprar nas empresas que de alguma forma veiculam propaganda que agride o meio ambiente, tal como a fixação de cartazes, placas, “banner´s” e faixas em árvores e fachadas; faixas a reboque de aeronaves; uso de alto-falantes, fixos ou em carros, motos ou bicicletas; distribuição e lançamento de panfletos publicitários em logradouros públicos, muitos dos quais acabam pelas ruas, calçadas, praças, rios e praias.

Concordou-se, ainda, em enviar cópia da presente manifestação às sedes das grandes redes de lojas que praticam formas poluidoras de propaganda, como é o caso de alguns magazines e lojas de departamentos com filiais em Ubatuba.

O direito dos cidadãos a um ambiente sadio, ecologicamente equilibrado é inconteste, visto ser tutelado pela Constituição Federal (art. 225), pela Constituição Estadual (arts. 191 a 204) e pela Lei Orgânica do Município de Ubatuba (arts. 203 a 228).

Além disso, normas infraconstitucionais regulamentam a matéria em diversos dispositivos, como o art. 42 da Lei das Contravenções Penais, instituída pelo Decreto-Lei nº 3688, de 03 de outubro de 1941; o art. 54 da Lei de Crimes Ambientais, editada sob o nº 9605, em 12 de fevereiro de 1998; as Leis Municipais ns. 1028/1990 e 2190/2007; a Resolução CONAMA 01/90; as normas NBR 10.151 e NBR 10.152 etc.

Parece que a prática da poluição áudio e visual em andamento no município de Ubatuba tem três fatores preponderantes: a falta de uma regulamentação específica para a questão da publicidade áudio e visual; o uso abusivo de métodos de divulgação de produtos e promoções por parte de certas empresas e a omissão do Poder Executivo municipal na fiscalização dos atos que configuram POLUIÇÃO AMBIENTAL nas formas de publicidade visual e sonora.

Exemplo disso é o que ocorre na rua Dona Maria Alves, na parte denominada calçadão, onde diversas lojas, umas frente às outras, disputam com equipamentos de amplificação de sinais sonoros, quem propaga com maior amplitude as promoções que oferecem, tornando aquele espaço público impróprio ao convívio humano.

Outra agressão ao ambiente é a “publicidade” poluidora praticada indiscriminadamente, todos os dias da semana, por uma dezena de veículos, consistindo estes em carros, motos e até bicicletas equipados com alto-falantes, que circulam por toda a cidade, de segunda a segunda, inundando ruas, praças, escritórios e residências com mensagens publicitárias indesejadas e nocivas ao bem estar dos seres, humanos ou não.

A publicidade via comunicação visual é abundante na forma de placas, cartazes, banner´s e faixas fixadas por toda a cidade, tantas e tantas vezes poluindo belíssimas paisagens que Ubatuba oferece, como é o caso, por exemplo, da vista que se tem quando se atinge a av. Leovigildo Dias Vieira, no trevo da rua Capitão Felipe, onde inúmeras placas e faixas são fixadas, anulando o belíssimo visual que a baia de Ubatuba, com as montanhas da região norte ao longe, pode proporcionar a todos, ou de certos supermercados, que pregam dezenas de cartazes voltados para a rua nas grades que delimitam suas propriedades, causando impactante POLUIÇÃO VISUAL no centro urbano de nossa cidade.

Afinal, desde os anos noventa é proibida a fixação de faixas e placas em árvores públicas em Ubatuba, por força da Lei Municipal nº 1028/1990, cujo artigo 10 segue transcrito: “Não será permitida a utilização de árvores localizadas em locais públicos para colocação de cartazes e anúncios, nem para suporte ou apoio de instalações de objetos de qualquer natureza”.

Mas esse dispositivo da lei municipal é sistematicamente violado, tendo em vista que vemos placa, cartazes, anúncio, banner´s e faixas fixadas, apoiadas e penduradas em árvores por toda a cidade, até mesmo da própria Prefeitura, FUNDART e COMTUR.

Chega a ser constrangedor que tenhamos coragem de anunciar Ubatuba como cidade turística, considerando que ao invés de paz, tranqüilidade e belas paisagens, oferecemos ao visitante a poluição áudio e visual, isso para não falar das outras formas de poluição reiteradamente mencionadas, discutidas e denunciadas.

Por estas razões decidiu o Coletivo das Entidades Ambientalistas de Ubatuba, apelar para o chefe do Poder Executivo do município, para que este determine aos órgãos competentes, providências visando proibir a prática de atos de publicidade em desacordo com a normatização ambiental, podendo, desde já, ordenar a remoção e suspensão da propaganda publicitária existente e praticada em contrariedade com as leis vigentes, de modo a não trazer prejuízo à cidade de Ubatuba, tampouco dano ao meio ambiente e à saúde de munícipes e turistas,

Termos em que,

Pedem deferimento.

Ubatuba, 06 de agosto de 2007.

INSTITUTO COSTA BRASILIS: Maria Angélica de Oliveira Gonçalves
MDU: Patrícia Rothstein
ASSU: Henrique Luiz de Almeida
ASSOCIAÇÃO CUNHAMBEBE
: Roberto Francini Jr.
INSTITUTO ARGONAUTA:
Luciana Brondizio

Sem volta...

Dança do siri

Se Silas Rondeau, inocentado, voltar ao governo, poderá abrir precedente para a volta do ex-ministro José Dirceu, caso se dê bem no Supremo? (Cláudio Humberto)

Nota do editor - José Dirceu deveria ficar onde está, posando de vítima e enriquecendo. Caso o leitor não saiba, José Dirceu é um homem muito rico. Enquanto dispara telefonemas e enche a burra, vai bem, mas quando tenta se eleger, vai mal. Caso seja perdoado, quando muito será deputado. Os cargos que lhe interessam, que colocam a "caneta" nas mãos, passam longe, muito longe.
Dirceu é ruim de voto, nunca passou de cópia defeituosa de Richelieu, jamais será um Luís. (Sidney Borges)

Ubatuba em foco

Santa Casa: triste situação que se arrasta há anos

Ednelson Prado
Tenho acompanhado há algum tempo as discussões em torno da situação enfrentada pela Santa Casa. Na verdade, a situação enfrentada há anos. Entra provedoria, sai provedoria; entra administrador e sai administrador e a situação é cada vez mais aterrorizante. Hoje, se colhe os frutos da falta de visão administrativa de ações equivocadas, que se sucederam ao longo de anos.
Durante o período em que trabalhei a Rádio Costa Azul, à frente do programa Ponto de Encontro, por várias vezes discuti os problemas enfrentados pela casa d saúde. Houve momentos e grande tensão. Foram greves, cobranças indevidas, como, por exemplo, a de R$ 10,00 por consulta, para todos aqueles que se precisavam se utilizar dos serviços médicos da Santa Casa, e tantos outros momentos em que muito se discutiu, pouco se fez, e a população sempre sofreu.
O que vejo de toda esta história é que algo realmente precisa ser feito. O morador de Ubatuba, e o turista que a visita, não podem continuar sendo mal atendidos, ficar inseguros, sem saberem se conseguirão, ou não, de um tratamento digno e correto.
Porém, me preocupa como as coisas têm sido conduzidas. O problema existe, a população sofre, mas a questão não pode ser utilizada politicamente, pelo fato de estarmos nos aproximando das disputas eleitorais do ano que vem.
É necessário que se encontre uma solução para a situação da Santa Casa, mas ela deve ocorrer acompanhada de trabalho, e muito trabalho, não apenas discurso político e ações politiqueiras.
A nova direção da entidade fala em corte de gastos e busca de apoio junto à iniciativa privada. É um bom caminho, mas devemos sempre de nos lembrar que o corte de custos não deve resultar em uma penalização ainda maior para a população. Quanto à iniciativa privada, é uma alternativa interessante, porque Ubatuba é uma cidade turística, e problemas no único hospital da cidade só depõem contra o município, mancha a sua imagem e resulta em queda na economia local. Portanto, cabe a todos uma parcela de responsabilidade para resolver a questão. Claro que a maior fatia desta responsabilidade cabe ao poder público e, neste caso, não apenas ao Executivo, mas também ao Legislativo.
Sim, ao legislativo, porque vale lembrar que boa parte dos atuais vereadores está em um segundo, e até, terceiro mandatos, portanto acompanha o caos que se instalou na Santa Casa há anos e já deve há muito tempo uma atitude resolutiva. Mas reafirmo, resolutiva e não política, ou politiqueira.
Sempre fui a favor de que os vereadores cumprissem com seu papel de fiscalizadores. Afinal, é para isso que são eleitos, para elaborar leis e fiscalizar o cumprimento delas. Não para dar cesta básica, pagar contas, comprar remédios, pedir luminárias e dar nome a ruas. No entanto, mais uma vez lembro que o assunto é de interesse público, e como tal deve ser tratado, e não de forma política.
O consenso é da investigação, então que se investigue, que se abra a caixa preta da instituição, mas não aquela de apenas dois anos e meio, mas a dos últimos dez anos, pelo menos. Pois o que vivemos hoje é, com certeza, reflexo de sucessivos desmandos anteriores.

Ednelson Prado é jornalista
ednelson.prado@gmail.com

Manchetes do dia

Sexta-feira, 10 / 08 / 2007

Folha de São Paulo
"Bolsas caem no mundo e BCs agem para conter crise"
As principais Bolsas tiveram novo dia de turbulência provocada por temores sobre a saúde da economia norte-americana. O movimento foi deflagrado pela decisão do banco francês BNP Paribas de suspender as operações de três fundos devido a problemas no mercado imobiliário dos EUA. Com o anúncio, as Bolsas européias tiveram perdas.


O Globo
"BCs de Europa e EUA se unem para enfrentar crise das bolsas"
O agravamento da crise no mercado imobiliário americano fez com que os bancos centrais da Europa, dos Estados Unidos e do Canadá injetassem o equivalente a US$ 156 bilhões em empréstimos de socorro aos mercados para impedir um efeito dominó. A reação das autoridades foi uma resposta à decisão do banco francês BNP Paribas, segundo maior da Europa, de impedir saques de investidores em fundos de US$ 2,2 bilhões lastreados em papéis do mercado hipotecário americano. O nervosismo tomou conta das mesas de operações e arrastou os índices das bolsas de valores pelo mundo. Em Nova York, o Dow Jones caiu 2,83%; em Paris e Frankfurt, as baixas foram de 2,17% e 2%, respectivamente. Em São Paulo, recuou 3,28%. O dólar subiu 2,06% e fechou cotado a R$ 1,926.


O Estado de São Paulo
"Europa e EUA socorrem mercados com US$ 154 bi"
A crise das hipotecas imobiliárias atingiu ontem o ponto mais grave até aqui, com a decisão do banco francês BNP Paribas de bloquear resgates em três de seus fundos, que têm investimentos em papéis lastreados em empréstimos de alto risco. O anúncio desencadeou uma onda de aversão a risco entre os investidores e o crédito bancário foi reduzido. O Banco Central Europeu e o Federal Reserve (Fed, banco central americano) foram obrigados a socorrer os mercados, injetando no total US$ 154 bilhões. Com os investidores se voltando para os papéis do Tesouro americano, considerados investimentos mais seguros, bolsas caíram em todo o mundo e o risco dos países emergentes disparou. O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, tentou acalmar os mercados, mas sem sucesso. O mesmo fez o governo brasileiro: o ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse que "o Brasil tem dólares sobrando" e pode resistir à volatilidade do mercado.


Jornal do Brasil
"Tiroteios em série afligem Copacabana"
Seis tiros disparados na esquina das ruas Siqueira Campos e Ministro Alfredo Valadão, que dá acesso à Ladeira dos Tabajaras, levaram pânico às ruas do bairro. Dois homens atiraram contra um rapaz que estava em uma moto e conseguiu escapar. Ele teria roubado um fuzil da favela, que é dominada pelo Comando Vermelho (CV). Desde janeiro, oito tiroteios e operações nos morros de Copacabana e do Leme já assustaram os moradores. Em maio, um caveirão cruzou a Avenida Atlântica para chegar ao Chapéu Mangueira, que viveu uma semana de guerra. Há meses, a 12ª DP (Hilário de Gouvêa) prepara um relatório sobre o tráfico na região. No primeiro documento, foram relatadas 56 detenções. Durante a ação de ontem, ninguém foi preso.

quinta-feira, agosto 09, 2007


Ubatuba em foco

Não me convidaram para esta festa pobre...

Foi realizada uma reunião junto ao bairro do Taquaral sem a minha participação, visto que sou o representante eleito deste bairro. Pelo que entendo houve uma falta de respeito e de ética profissional, uma vez que parte dos representantes do prefeito que lá compareceram para organizar referida reunião o fez para pedir dinheiro aos moradores. A alegação para respaldar a arrecadação foi o pretexto de construção de guias, sarjetas e outras melhorias. Ocorre que tais representantes, de duas uma, não passam de pessoas desinformadas ou estão agindo de má-fé em prejuízo da comunidade do Taquaral. Isso porque obtive informação de que existe verba estadual para a realização dessas benfeitorias à disposição dos municípios que mantém unidades de habitação pelo sistema CDHU, e assim como outras. A liberação de tal verba requer determinados requisitos que são da competência do prefeito, vale dizer: apenas requerer, portanto, entendo que lhe falta também boa vontade para conosco do bairro do Taquaral. Aparentemente, o prefeito tenta desestabilizar a nossa associação devidamente organizada, tenta por na cabeça das pessoas a existência de um “racha” dentro do bairro. Porém, Sr. Prefeito, quanto a isso pode esquecer, somos unidos e defendemos apenas um ideal, ou seja, trazer melhores condições de vida e habitação para toda comunidade do bairro do Taquaral, desde a manutenção das vias até a regularização fundiária a qual também depende unicamente da boa vontade da administração. Queremos o crescimento consciente e organizado, preservação do meio ambiente, despoluição do rio, água, luz, esgoto e segurança para todos, é isso nosso ideal, é disso que precisamos. Digo-lhe com todo o respeito, se não for para ajudar e somar conosco, por favor, não tente prejudicar-nos sob o manto de que quer nos fazer o bem. Se quisesse mesmo nos ajudar procuraria meios de buscar as verbas à disposição da administração municipal junto ao governo estadual, e aplicar no município, e não buscar tirar dinheiro de quem já sobrevive oprimido nessa selva de desafios intermináveis que é o mundo contemporâneo.

Wilson Antonio Alves
RG: 18848747
(Presidente da Associação do Bairro do Taquaral)

Elvis Presley - Jailhouse Rock (Music Video)

Da série: 30 anos sem Elvis


Santa Casa em pauta

Administração não profissional da Santa Casa de Ubatuba ameaça instituição

A população de Ubatuba já foi alertada, recentemente, sobre a administração não profissional da direção da Santa Casa de Ubatuba, tendo sido mencionada a decisão de tirar a secretária do Conselho Gestor, sem a devida substituição, com o objetivo de criar obstáculos à atuação do Conselho, que tem a existência prevista na Constituição Federal e na Lei, com a finalidade de assessorar a administração do Hospital e fazer a auditoria da sua gestão. O estilo déspota e autoritário de gestão, desvinculado das reais necessidades do desenvolvimento da Santa Casa, através de sua profissionalização, foi confirmado por ordem da direção administrativa de ser impedida a entrada no Hospital da Sra. Eva dos Santos, voluntária e coordenadora do Setor de Captação da Santa Casa e a retirada do computador da sala desse setor, que foi adquirido por doação captada pela Sra. Eva, em razão de críticas por ela feitas a problemas da instituição.
Já é tempo que a administração pública, que exerce sua atuação por delegação da população e em seu nome e interesse, faça a imediata troca da direção da Santa Casa.
Antes que o caos em que a entidade está se transformando inviabilize seu funcionamento e, mais uma vez, em prejuízo da população.


Elias Penteado Leopoldo Guerra

Manchetes do dia

Quinta-feira, 09 / 08 / 2007

Folha de São Paulo
"Planalto libera verba para votar CPMF"
O governo federal decidiu acelerar a liberação de verbas para os deputados e senadores às vésperas de votar a prorrogação da CPMF, o chamado 'imposto do cheque', por mais quatro anos. Nos primeiros seis dias de agosto, o governo se comprometeu a pagar R$ 67,3 milhões relativos a emendas individuais dos congressistas ao Orçamento de 2007.


O Globo
"Negócio beneficiou empresa uruguaia e operador da bolsa"
A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e o Ministério Público Federal estão investigando uma empresa uruguaia, a Vally S.A., sócia minoritária da Amazônia Celular, do grupo Bardella e da Transmissão Paulista, e o gestor de carteiras Antonio Carlos Reissmann, ex-diretor da Corretora Exata, por lucro de R$ 1,5 milhão na compra e venda de ações da Suzano Petroquímica com uso de informação privilegiada. No último dia 3, a Suzano foi comprada pela Petrobras. Anteontem à noite, a juíza da 23ª Vara Federal decidiu bloquear o lucro da transação na Bolsa. As informações sobre quem está sendo investigado, que se encontram em segredo de Justiça, foram obtidas pelo Globo, na madrugada de ontem, no site da própria Justiça Federal do Rio. Horas depois, o texto foi retirado da internet.


O Estado de São Paulo
"Jobim quer avião menos lotado e multas maiores"
Em depoimento aos senadores da CPI do Apagão Aéreo, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, partiu para o confronto com as empresas aéreas. Ele defendeu a aplicação de multas mais pesadas às companhias em caso de atraso e condenou a prática de reduzir o espaço entre as poltronas dos aviões para transportar cada vez mais passageiros. Com 1,90 metro e 110 quilos, Jobim assumiu o incômodo pessoal com o desconforto da classe econômica das aeronaves e disse ter determinado à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) que reveja o "espaço vital" entre as poltronas. Em duas décadas, a distância diminuiu de 83,8 centímetros em média para até 77,5 centímetros. As empresas classificaram a atitude do ministro de "intervencionista" e previram aumento no preço das passagens. Desde que apresente justificativas técnicas, a Anac tem prerrogativa para mudar a configuração interna dos aviões.


Jornal do Brasil
"Aumenta a pressão popular contra as empresas aéreas"
A paciência dos passageiros se esgotou. Nem o pacote anunciado pelo ministro Nelson Jobim contra a crise aérea se revela suficiente para conter a mobilização popular em busca de mais segurança e melhores serviços nos vôos. A Associação Brasileira dos Parentes de Vítimas de Acidentes Aéreos aumenta a pressão sobre as empresas do setor. Em três frentes: ações individuais contra Denise de Abreu, diretora da Agência Nacional de Aviação Civil, por danos morais; elevação no valor do seguro a ser pago por dano ou morte; boicote geral aos vôos previstos para o dia 18, em todo o país.

quarta-feira, agosto 08, 2007

Festival Gastronômico

Programação para esta quinta-feira, dia 09/08

Oficinas Gastronômicas

Às 14h00 será realizada a Oficina Gastronômica do Restaurante Senzala na Unitau. O prato a ser ensinado é o “Filé de Abadejo à Caiçara”.
Já as 16h00, é a vez da Oficina do Restaurante Perequim, que ensinará a preparar os pratos “Salada do Léo Ao Mare" e "Filhote à Perequim".
A oficina também será realizada na Unitau.


Cristiane G. Zarpelão

Utilidade pública

Convoco todos a lutar para impedirmos este erro:

Imaginem um site (lugar) onde se pode ler gratuitamente as obras de Machado de Assis ou A Divina Comédia, ou ter acesso às melhores historinhas infantis de todos os tempos.
Um lugar que lhe mostrasse as grandes pinturas de Leonardo Da Vinci.
Onde você pudesse escutar (de graça) músicas em MP3 de alta qualidade...
Pois esse lugar existe!

Ministério da Educação disponibiliza tudo isso, basta acessar o site:
www.dominiopublico.gov.br
Só de literatura portuguesa são 732 obras!
Estamos em vias de perder tudo isso, pois vão desativar o projeto por desuso, já que o número de acesso é muito pequeno. Vamos tentar reverter isso, divulgando e incentivando amigos, parentes e conhecidos, a utilizarem essa fantástica ferramenta de disseminação da cultura e do gosto pela leitura.
Ao invés de divulgar o site, é mais barato eliminá-lo , é um absurdo! (Circulando na Internet)

Da série: A Saúde está doente...

Resposta ao Dr. Ricardo Cortes

Estamos encaminhando, a pedido do Dr. Eduardo de Carvalho Ferraz, Diretor Técnico da Santa Casa de Ubatuba, carta que responde as acusações feitas pelo Dr. Ricardo Cortes, em carta aberta enviada à imprensa em 20 de julho último.

Ubatuba, 02 de Agosto de 2007.
Ofício n° 026/2007 - DT
Referência: Carta de 20/07/2007 - Dr. Ricardo.

Ilmo. Sr.
Dr. Ricardo Cortes
Médico Ortopedista – CRM 39.100

Prezado Senhor:

Em atenção ao manifesto de Vossa Senhoria, venho através dessa informar:
Em relação aos materiais permanentes citados por V. Sa. anexo o Memorando 25 que contradiz sua afirmação.
Quanto ao material de ortese, informo que já foi solucionado antes de sua manifestação.
Os materiais de prótese não se aplicam a este hospital por não sermos credenciados para tais procedimentos perante aos SUS e ao bom senso por não recebermos ressarcimento desses materiais como V. Sa. afirmou.
Se ocorreram “gambiarras” neste hospital, essas foram efetuadas por V. Sa. ao atender pacientes sob sua responsabilidade.
Cirurgias eletivas não estão sendo realizadas rotineiramente neste hospital, já há mais de seis meses em todas as áreas, não só na ortopedia. Assim sendo é uma falta total de responsabilidade internar pacientes para esses procedimentos sem autorização da Direção do Hospital, principalmente quando se trata de cirurgias que não estamos credenciados a realizar ou mesmo condições adequadas de fazê-las colocando em risco o paciente.

Aproveito a ocasião para completar as correções necessárias para adequar de maneira definitiva a assistência ortopédica nesta Santa Casa:
Torno a solicitar de V. Sa. que nos forneça com urgência seu “título de ortopedista” como é exigido nos Estatutos dessa Irmandade, assim como sua “certidão de quitação com o CRM” e os demais documentos solicitados pelo Departamento de Recursos Humanos.
Reitero a solicitação de elaborar a rotina e os Protocolos da ortopedia.
Reitero a solicitação de que preencha adequadamente os documentos pertinentes ao prontuário do paciente (Resolução 70/90 CRM).
Solicito que estabeleça e cumpra rotinas e horários do ambulatório de ortopedia sob sua responsabilidade, além da elaboração de prontuário dos pacientes atendidos.
Solicito também que nos seja fornecido o “título de especialidade em radiologia” para poder continuar respondendo pelo Serviço de Radiologia do Hospital.


Sem mais para o momento.

Dr. Eduardo de Carvalho Ferraz
Diretor Técnico – CREMESP 39887
CPF 975.427.768-00

C/C Para:
Presidente da República
Governo do Estado de São Paulo
Prefeito Municipal de Ubatuba
Ministério da Saúde
Secretaria Municipal de Saúde
Ministério Público
Imprensa Local
Conselho Regional de Medicina
Conselho de Ética Médica da Santa Casa de Ubatuba
Conselho Gestor da Santa Casa de Ubatuba
COMUS

Fonte: PMU

Editorial

A “CPI” da Santa Casa

Tenho o "pressentimento" de que alguma manobra jurídica será usada para anular a votação que instituiu a “CPI” da Santa Casa. O termo correto é CEI, embora a comissão tenha os mesmos poderes e as mesmas atribuições das CPIs, que só recebem essa denominação em âmbitos estadual e federal. O governo vai alegar que os vereadores da situação foram coagidos a votar errado e não tiveram tempo de examinar o que estavam votando. Eu já escrevi que quando os vereadores não estiverem completamente seguros, devem pedir adiamento. Depois de uma semana de estudos terão segurança ao votar. Outro argumento que poderá ser usado é que as CPIs atrasam os trabalhos legislativos e interferem na governabilidade. Da batalha jurídico-política que começou ontem há pouco o que dizer, o que salta aos olhos é que a situação em que se encontra a Santa Casa é preocupante, assim como era preocupante a pista de Congonhas antes do acidente trágico. Fica no ar a pergunta, se nada há de errado no processo de intervenção da Santa Casa, porque tanta agitação?

Sidney Borges

ACIU em movimento

ACIU 24 horas no ar

Todos os associados da Associação Comercial de Ubatuba contam com uma ampla gama de serviços que a entidade coloca à sua disposição.
Dentre elas está o sistema de consultas, via telefone ou internet, que atende 24 horas por dia, com a vantagem do associado poder obter qualquer informação sem sair de seu comércio.

Confira os serviços disponíveis na ACIU:

Consulta a Rede de Informação e Proteção ao Crédito (SCPC nacional)- banco de dados composto de informações por títulos protestados e registros de devedores oriundos de todos os seguimentos empresariais, tais como Comércio, Indústria, P. de Serviços e Instituições Financeiras. O sistema informa também o nome, CPF, data de nascimento, título de eleitor e nome da mãe, confirmação do endereço a partir do fornecimento do no do telefone (quando disponível), alerta sobre documentos roubados e extraviados e quantidade de consultas feitas ao CPF/RG indicado nos últimos 90 dias. Abrangência: Nacional, exceto títulos protestados.

SEGAM (Serviço de Garantia ao Crédito Mercantil de Serviços) - Consulta de Pessoa Física contendo a síntese cadastral da pessoa consultada, registro de débitos do SCPC, títulos protestados, cheques sem fundos, cheques sustados alínea 21, alerta sobre documentos roubados ou extraviados, ações cíveis no Estado de São Paulo, consultas anteriores com indicação da finalidade da consulta e informações que previnem a ação de fraudadores. Abrangência: Estadual.

SEGAM Nacional - Consulta de Pessoa Física contendo as mesmas informações da consulta SEGAM. Abrangência: Nacional.

USECHEQUE - Consulta o banco de dados da Associação Comercial de São Paulo, com informação se o nome do cliente consta do cadastro de emitentes de cheques sem fundos (CCF), se há cheques devolvidos ou sustados, confirmação do nome para o CPF consultado, data de nascimento, nome da mãe e título de eleitor constante do cadastro oficial de CPF, confirmação do telefone por endereço, consultas para o mesmo CPF/CNPJ nos últimos 15 dias e, no caso de pessoa jurídica, confirmação de Razão Social, Nome Fantasia e condição do CNPJ (ativo ou cancelado). Abrangência: Nacional.

AC-CHEQUE - Consulta o banco de dados da SERASA, com informação se o nome do cliente consta do cadastro de emitentes de cheques sem fundos (CCF), se há cheques devolvidos ou sustados, confirmação do nome para o CPF consultado e situação do CPF .

ACSP + USECHEQUE - Consulta simultânea do banco de dados da ACSP e do USECHEQUE.

ACSP + AC-CHEQUE - Consulta simultânea do banco de dados da ACSP e do SERASA.

SCPCE (Serviço Central de Proteção ao Crédito Empresarial) - Consulta de Pessoa Jurídica contendo razão social e endereço da empresa consultada, nome fantasia, data da fundação, natureza jurídica, condição do CNPJ no cadastro oficial, registros de débitos, caso existam, informando a quantidade, tipo, no dos documentos, data do vencimento e razão social dos credores, títulos protestados no Estado de São Paulo, consultas anteriores, alerta sobre empresas com tendência para atuação fraudulenta e permite o registro de dívidas. Abrangência: Nacional, exceto títulos protestados.

PACE (Pesquisa Auxiliar ao Crédito Estadual) - Consulta de Pessoa Jurídica contendo Razão Social e endereço da empresa consultada, nome fantasia, registro de débito do SCPC-E, natureza jurídica, condição do CNPJ no cadastro oficial, títulos protestados, falências e concordatas, cheques sem fundos, cheques sustados alínea 21, ações cíveis, consultas anteriores e alerta sobre empresas com tendência para atuação fraudulenta. Abrangência: Estadual.

PACN (Pesquisa Auxiliar ao Crédito Nacional) - Consulta Nacional de Pessoa Jurídica contendo as mesmas informações da consulta PACE. Abrangência: Nacional.

ACE (Alerta Cadastral Estadual) - Consulta de Pessoa Jurídica contendo, razão social e endereço da empresa consultada, nome fantasia, capital social, ramo de atividade, nome da antecessora, indicação de quem assina pela empresa, nome e documento dos sócios (PF ou PJ), condição do CNPJ no cadastro oficial, falências e concordatas, ações cíveis, empresas coligadas e distribuição do capital acionário, cheques sustados e cheques sem fundos. Abrangência: Estadual.

ACN (Alerta Cadastral Nacional) - Consulta de Pessoa Jurídica contendo as mesmas informações da consulta ACE. Abrangência: Nacional.

SÍNTESE CADASTRAL - Consulta de Pessoa Jurídica com o CNPJ ou a Razão Social contendo razão social confirmada pelo CNPJ fornecido, CNPJ confirmado pela razão social fornecida, nome fantasia, endereço completo, no telefone, natureza jurídica e condição do CNPJ no cadastro oficial. Abrangência: Nacional.

CONCENTRE - Consulta o banco de dados da SERASA, com informações sobre restrições de Pessoas Físicas e Jurídicas, tais como registro de falência e concordata, devolução de cheques (CCF), débitos com os Bancos, registro de ações de execuções, protestos em cartório e consultas efetuadas por Bancos e Empresas. Abrangência: Nacional.

USEFONE - Com o UseFone, nossos associados poderão confirmar dados cadastrais de seus clientes, obter número de telefone para contato e verificar o endereço de instalação do telefone apresentado. Informando apenas o CPF, obtenha a síntese cadastral e até 3 telefones vinculados ao CPF, indicando o endereço de instalação. Informando apenas o telefone, obtenha o endereço de instalação. Informando o CPF + telefone, obtenha síntese cadastral, até 3 telefones vinculados ao CPF, indicando o endereço de instalação e o endereço de instalação do próprio telefone. Informando o CPF + telefone + CEP, obtenha a síntese cadastral, até 3 telefones vinculados ao CPF, indicando o endereço de instalação, endereço de instalação do próprio telefone, endereço do CEP informado pelo Correio. Abrangência: Nacional.

RENAVAM - Indicando qualquer um dos dados, placa, chassis, número do motor, código do RENAVAM ou documento do proprietário, obtenha as informações sobre a marca, modelo, cor, potência e tração de veículos automotores, além de restrições, alienação ou arrendamento, alerta de roubo ou furto, data e município da ocorrência, débito de multas e IPVA.

MEIOS DE ACESSO:


Internet:
www.aciubatuba.com.br, 24 horas, todos os dias, inclusive feriados.
URA (Unidade de Resposta Audível): telefone 3833 3322, 24 horas, todos os dias, inclusive feriados.
Atendente: telefone 38341449

Cristiane G. Zarpelão
Assessora de Comunicação da ACIU
MTB 43.357
www.aciubatuba.com.br
(12) 3834 1449
(12) 9185 3197

Tempestade à vista

CPI da Saúde

Na sessão de ontem, terça-feira, 07 de agosto, a Câmara Municipal de Ubatuba aprovou por unanimidade a instalação de uma constituição parlamentar de inquérito, CPI, para apurar de eventuais irregularidades na gestão da Santa Casa de Ubatuba. Os vereadores que farão parte da comissão serão escolhidos por sorteio. (Sidney Borges)

Manchetes do dia

Quarta-feira, 08 / 08 / 2007

Folha de São Paulo
"Supremo quebra sigilo fiscal de Renan"
O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, abriu inquérito para investigar o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e determinou a quebra do sigilo fiscal e da movimentação financeira do senador desde o ano 2000. Lewandowski ordenou ao Senado que envie cópia das representações existentes contra Renan.


O Globo
"Renan tem sigilo quebrado e responde com ameaças"
O Supremo Tribunal Federal quebrou ontem o sigilo bancário e fiscal do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), para investigar a denúncia de que usou dinheiro de um lobista da Mendes Júnior para pagar despesas pessoais. Contas e declarações de renda de Renan nos últimos sete anos serão analisadas. Presidindo a sessão do Senado, Renan recorreu a ameaças e chantagens a senadores, que pediram que deixe o cargo, como o líder do DEM, Agripino Maia (RN). A Mesa do Senado aceitou nova representação do PSOL, que pede apuração do envolvimento do senador em negócios de seu irmão com a empresa Schincariol. O DEM e o PSDB também apresentaram pedido para investigar se Renan é ou não sócio oculto de rádios em Alagoas.


O Estado de São Paulo
"Supremo quebra sigilos de Renan"
O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou ontem a quebra do sigilo bancário e fiscal do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). A decisão atende a pedido do procurador-geral da República, Antônio Fernando de Souza, e vale para dados registrados na Receita Federal e no Banco Central a partir de 2000. Além do inquérito no STF, Renan enfrenta dificuldades crescentes no Senado. O parlamentar já era alvo de processo no Conselho de Ética por ter usado o lobista de uma empreiteira para pagar pensão à jornalista com quem tem uma filha. Sofreu ontem outro revés: a Mesa Diretora contrariou parecer da Advocacia-Geral do Senado e decidiu abrir nova investigação, sobre negócio realizado entre a família Calheiros e a Schincariol. Por preço acima do de mercado, a produtora de bebidas comprou do clã uma fábrica de refrigerantes falida. O presidente Lula já teme que a crise prejudique a votação da emenda que prorroga a vigência da CPMF.


Jornal do Brasil
"Descaso deixa 9 mil sem remédio"
Cinco mil comprimidos para tratamento de várias doenças e de uso em UTIs perderam a validade, esquecidos num depósito municipal no Rocha. Outras 50 mil caixas de propanolol - para hipertensão - que tratariam 9 mil pacientes por seis meses, estão vencendo. Um tomógrafo de R$ 1 milhão continua na caixa desde 2005. Segundo o prefeito César Maia, vai para o Hospital de Acari, que está desativado. A lista do abandono é coroada com 70 carros, muitos para o combate à dengue.

terça-feira, agosto 07, 2007

Acontece

Festival Gastronômico

Ontem foi aberto oficialmente o “III Festival Gastronômico de Ubatuba”. A solenidade aconteceu no restaurante Oásis, na Praia Grande. Eu tive a honra de ser convidado, infelizmente por razões particulares tive de sair antes do jantar, pouco depois da abertura oficial, com discurso do prefeito Eduardo Cesar. A iniciativa merece total apoio, não posso deixar de citar a Comtur que realizou o festival pela primeira vez na gestão de Patrícia Ortiz. O Ubatuba Víbora deseja sucesso ao evento e parabeniza a todos que participaram diretamente e indiretamente da realização.


Sidney Borges

Chico Buarque e Edu Lobo - A História de Lily Braun

Da série: Companheiros banqueiros amam Lula

Itaú lucra R$ 4,016 bi no semestre e bate Bradesco

da Folha Online
O banco Itaú registrou lucro líquido de R$ 4,016 bilhões no primeiro semestre deste ano. O resultado é 35,7% superior ao número apurado na primeira metade do ano passado e reflete ganhos não-recorrentes, sendo o principal a
venda da participação do banco na empresa de verificação de crédito Serasa.
O resultado do Itaú supera o lucro semestral anunciado pelo rival Bradesco (R$ 4,007 bilhões),
anunciado ontem, e que também teve impacto de ganhos extraordinários no período.
Com o lucro anunciado hoje, o Itaú passa a ser o banco privado de capital aberto que mais lucrou em um primeiro semestre em pelo menos 20 anos. Segundo a consultoria Economática, até ontem a posição
era ocupada pelo Bradesco. O maior lucro no primeiro semestre dos últimos 20 anos pertence ao Banco do Brasil, que em 2006 informou R$ 4,032 bilhões --o BB ainda não divulgou os números de 2007.
Leia mais

Festival Gastronômico

Programação para esta quarta-feira, dia 08/08

Oficinas Gastronômicas


Às 14h00 será realizada a Oficina Gastronômica do Restaurante Malibu na Unitau. O prato a ser ensinado é o “Folia de Peixe”.
Já às 16h00, é a vez da Oficina do Restaurante O Rei do Peixe, que ensinará a preparar o prato “Abadejo a moda do chef”.

A oficina também será realizada na Unitau.

Palestra


A docente do Centro Universitário Senac- Campus Campos do Jordão, Flávia La Villa ministrará a palestra “Elaboração de Cardápio”, às 19h00 no auditório da Unitau.
Os interessados em participar das oficinas e/ou das palestras devem entrar em contato com os telefones 3832 3778 ou 9734 8559.


Cristiane G. Zarpelão
Assessora de Comunicação da ACIU
MTB 43.357
http://www.aciubatuba.com.br/
(12) 3834 1449
(12) 9185 3197

Love me tender...

Elvis Presley está vivo e mora em Buenos Aires, diz revista

da Ansa, em Buenos Aires
O mito de Elvis Presley, alimentado por dezenas de vozes e suposições sobre uma "segunda vida" em qualquer lugar do mundo, foi retomado devido à proximidade do aniversário de 30 anos de sua morte, em 16 de agosto. E agora há quem jure que o rei do rock n' roll esteja vivendo com um falso nome na Argentina.
A última edição da versão latino-americana da revista "Rolling Stone" reabriu o caso, alegando que há em Buenos Aires anúncios pelas ruas, colados nos postes de luz no estilo "Procura-se", com foto da estrela do rock.

Leia mais

Nota do editor - A notícia faz sentido, eu posso afirmar porque na semana passada vi Elvis Presley na Praia da Enseada em meio a um cardume de argentinos. Depois de viver muitos anos entre os hermanos ele veio passear em Ubatuba, como fazem seus neopatrícios, que têm bom gosto e sabem que as belezas que há aqui não há acolá e nem em outro lugá. Ôps, essa foi forte. (Sidney Borges)

Dona Mia Mafalda

Adeus amiga...

É com muito carinho e respeito que me despeço da nossa amiga “Mia”, tenho certeza que ela esta em boas mãos e descansando em paz, “Mia” era guerreira, líder, mulher de fibra e muita coragem, mulher determinada, mulher amiga, mulher de sonhos e de grandes realizações, tenha certeza, que sua passagem na terra não foi em vão e que muitas coisas boas você deixou pra todos nos.

Tato
Presidente do PTB de Ubatuba


Adeus Dona Mia

É com grande pesar que nós da diretoria da ACIU recebemos a notícia do falecimento de D.Mia Mafalda.
D. Mia representou um exemplo notável de dedicação e paixão pela APAE ,temos certeza de que o seu trabalho de solidariedade seguirá vivo e será de exemplo para muitas gerações.


Ahmad K. Barakat
Presidente
Associação Comercial de Ubatuba

www.aciubatuba.com.br

Política

PT pode ir um pouquinho para a esquerda

A eleição para a escolha dos delegados do congresso do PT, ocorrida no fim de semana, consolida o fim da maioria da tendência Unidade na Luta/Articulação — que reúne os moderados e comanda o partido — e joga o discurso petista mais para a esquerda. Os moderados perderam em São Paulo: elegeram 112 delegados e as demais tendências, 152. Desde 1995, quando o ex-deputado José Dirceu elegeu-se presidente do PT, a tendência majoritária do presidente do partido, Ricardo Berzoini (SP), garantia o domínio graças ao controle de São Paulo. Com essa derrota, está ameaçada sua maioria no congresso do PT, que será realizado de 31 de agosto a 2 de setembro. (O Globo)

Privilégio

O piano é nosso

O Bradesco anunciou lucro recorde no semestre, o maior da história do banco, de causar inveja a americanos, europeus e demais "porcos capitalistas". Os ricos são os maiores beneficiários do governo Lula. Enquanto isso os pobres comem migalhas e garantem a popularidade do presidente. E nós, a classe média, a direita como somos chamados, que trabalhamos duro e pagamos impostos, temos a honra de carregar o piano... (Sidney Borges)

Além de comissário, adivinho...

Boa essa, muito boa...

"Lula jamais tentará um terceiro mandato como fez Hugo Chávez. É completamente inconstitucional. Mas em em 2014 ele vai estar com 68 anos, forte como um touro."

José Dirceu
Em entrevista à Playboy

Ponto de vista

Uma questão de respeito

Vivemos num mundo especial, muito especial, temos pessoas que não ocupam cargos públicos, mas tem grande espírito público, ao contrario de outras que ocupam cargos, mas são extremamente pobres de espírito e de competência. No desempenho do Mandato Popular, convivi com muita gente e passei a conhecê-las mais profundamente, dentre elas deparei com um “cidadão” com grande comprometimento com á sociedade, um cidadão que acalenta sonhos de uma cidade progressista, com atitudes governistas sérias e verdadeiramente preocupadas com á coisa pública. Suas atitudes quase utópicas são desenvolvidas com os pés bem plantados no chão de nossa querida Ubatuba. A pessoa de quem falo, é o nosso amigo Wagner do PV, grande batalhador por uma política pública de valorização na área do Turismo Profissional, com geração de emprego e renda á nossa comunidade. A visão deste cidadão está há anos luz da (visão) de certos “mercadores”, muitas vezes preocupados em “dar uma cesta básica”, a dar condições do povo conquista-la. Parabéns Wagner por proporcionar a reflexão sobre temas tão importantes na vida de nossa sociedade, acredite que não está só, pois grande parte de nossa comunidade comunga os seus sonhos, e certamente lhes dará as mãos para transformá-los em realidade.

Charles Medeiros
1º Secretario da Câmara Municipal de Ubatuba

Manchetes do dia

Terça-feira, 07 / 08 / 2007

Folha de São Paulo
"Procuradoria pede inquérito contra Renan"
O procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza, pediu ao Supremo Tribunal Federal a abertura de inquérito penal contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). O pedido ocorre dois meses após o Conselho de Ética abrir processo disciplinar para apurar quebra de decoro parlamentar de Renan, acusado de ter tido gastos pessoais pagos por lobista.


O Globo
"STF também já investiga o presidente do Senado"
O Supremo Tribunal Federal (STF) abriu inquérito para investigar denúncias contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). A pedido do procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza, o STF vai apurar a origem do dinheiro usado pelo lobista Cláudio Gontijo, da construtora Mendes Júnior, para pagar despesas pessoais do senador. O procurador pediu também o encaminhamento ao STF das novas representações contra Renan que chegarem ao Conselho de Ética, como a acusação de que ele seria sócio oculto na compra de duas emissoras de rádio por R$ 2,6 milhões, tendo pago sua parte (R$ 1,2 milhão) em espécie. O relator no STF será o ministro Ricardo Lewandowsky. Renan disse que ele mesmo havia pedido ao procurador a apuração das denúncias.


O Estado de São Paulo
"STF abre inquérito para investigar contas de Renan"
A pedido do procurador-geral da República, Antônio Fernando de Souza, o Supremo Tribunal Federal (STF) abriu ontem à noite inquérito para investigar o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). O objetivo é apurar suspeitas de enriquecimento ilícito, uso de documento falso, prevaricação e crimes financeiros. O procurador quer saber se o senador usou notas fiscais frias para justificar a origem de recursos para pagamento de pensão. Segundo Souza, o inquérito no STF e correrá paralelamente ao processo no Conselho de Ética do Senado.
Também será investigado se Renan favoreceu o grupo Schincariol, que comprou da família Calheiros uma fábrica de refrigerantes falida. O pedido não faz referência à mais recente suspeita levantada contra ele: a de que ele usou parentes como laranjas para encobrir a compra de emissoras de rádio. Essa denúncia, porém, poderá ser incorporada ao processo. Renan disse que foi ele mesmo quem solicitou o inquérito: "Há 15 dias pedi ao procurador que fizesse a investigação, para que eu pudesse demonstrar todas as minhas verdades".


Jornal do Brasil
"Mais de mil câmeras vão vigiar a cidade"
A segurança pública do Rio ganhará o reforço de mais de 800 câmeras de vigilância que, somadas às 220 já existentes, vão controlar o movimento em pontos estratégicos da cidade. O objetivo é fiscalizar de perto e abortar com rapidez ações de traficantes e criminosos. O sistema baseia-se no que vem sendo montado em Londres, capital da Inglaterra, para os Jogos Olímpicos de 2012. Além do monitoramento em tempo real, o orçamento do Estado para 2008 prevê a compra de aviões não tripulados que sobrevoarão, de tempos em tempos, as favelas cariocas, para mapear a geografia dos locais antes de eventuais operações policiais.

segunda-feira, agosto 06, 2007


Do campo das hipóteses

Democracia em questão

Um amigo gozador testa o meu espírito democrático. Eis a provocação em forma de pergunta: - O que você faria se José Dirceu, que você chama de “comissário-milionário” fosse absolvido e eleito presidente da República? Eu respondo que Dirceu não é o meu candidato, mas se for eleito, que tenha sabedoria para governar. A vontade popular é soberana. Na verdade se compararmos Dirceu com Lula eu prefiro o “Comissário”, é mais articulado, mais culto e mais decidido, no entanto, não votarei nele caso o perdão aconteça. Sou Serra e assim permanecerei, mas antes de ser Serra, sou pela democracia. A reeleição de FHC foi um erro que jamais poderá ser repetido. (Sidney Borges)

If I Fell - Rita Lee

Para a orelha das vaias

Em show para 5 mil, Rita Lee puxa vaia a Lula

Graciliano Rocha, Direto de Bonito
Mais de 5 mil pessoas enfrentaram um frio intenso para assistir ao show da cantora Rita Lee no Festival de Inverno de Bonito, Mato Grosso do Sul. Com quase duas horas de duração, o concerto foi uma espécie de radiografia da trajetória da roqueira e levou o público a cantar sucessos como Ovelha Negra e Lança-Perfume.
Num dos momentos do show deste sábado, Rita Lee estimulou o público a vaiar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ela criticou o que seria falta de ação do presidente para defender o meio ambiente e disse que "depois ele não sabe porque é vaiado". O público respondeu com quase um minuto de vaias a Lula.

Leia mais

Campanha cívica pela democracia



Governando para os pobres

Lucro do Bradesco atinge R$ 4 bi no semestre, com crescimento de 27,9%

da Folha Online
O Bradesco, maior banco privado do país, anunciou nesta segunda-feira lucro de R$ 4,007 bilhões no primeiro semestre de 2007, um crescimento de 27,9% sobre os resultados para o mesmo período em 2006.
Segundo o Bradesco, o resultado embute ganhos não-recorrentes, como: a venda de sua participação na Serasa (R$ 599 milhões), a alienação de investimento na Arcelor (R$ 354 milhões), além da contabilização de créditos tributários no valor de R$ 41 milhões.

Leia mais

Política e políticos

Impasse jurídico ameaça engessar filiações para 2008

Candidatos às eleições têm 60 dias para cumprir exigências, mas STF não definiu destino dos infiéis


Guilherme Scarance
A 60 dias do prazo para filiação dos candidatos às eleições municipais de 2008, três mandados de segurança incluídos na fila de julgamentos do Supremo Tribunal Federal (STF) ameaçam conturbar o meio político. Os recursos, de autoria do DEM, PSDB e PPS, com base em resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), tentam tomar o mandato de parlamentares que trocaram ou trocarem de partido. O clima de insegurança vem adiando os planos de alguns partidos, enquanto na base governista, inflada pelo troca-troca, a ordem é seguir filiando e, depois, brigar na Justiça.

“A decisão do TSE engessou todos, tanto os que queriam sair como os que queriam entrar”, opina o presidente do DEM, deputado Rodrigo Maia (RJ). Por trás de todo o impasse está a Resolução 22.526 do TSE, aprovada em 27 de março, atendendo a uma consulta do DEM, à época ainda PFL. Por 6 votos a 1, a Corte decidiu que os mandatos obtidos em eleições proporcionais - para vereador , deputado estadual e federal - pertencem aos partidos ou coligações, não aos candidatos eleitos. Ou seja, quem sair perde a vaga.
Leia mais
 
Free counter and web stats