sábado, julho 14, 2007

Sexo animal virtual


Fonte: Estado de Circo

Ainda bem...



Advogados romenos desistem de processar Deus

Advogados romenos arquivaram um processo contra Deus porque não encontraram o endereço do acusado, informa o jornal local Evenimentul Zilei. A ação era promovida por Pavel Mircea, que cumpre pena de 20 anos de prisão.
“É muito claro
que quando fui batizado assinei um contrato com Deus e ele não cumpriu sua parte”, reclama Mircea. “Ele deveria me proteger do mal, mas me entregou a Satanás, que me encorajou a cometer um assassinato”, completou.
O inteligente romeno queria indenização por tudo que gastou em velas nas vezes em que foi à igreja pedir ajuda a Deus. Os advogados desistiram da ação depois de dois anos tentando encontrar o endereço do acusado. “Não conseguimos encontrar a residência de Deus”, disse um porta-voz.
(Do Blog Estado de Circo)

Me fez lembrar de certa cidade...

Homem rouba tanque em acesso de raiva contra torres de celular

Australiano acreditava que radiação das torres tinha lhe causado danos cerebrais. Perseguição durou 90 minutos e envolveu 20 carros de polícia.

Um australiano de 45 anos roubou um tanque de guerra e destruiu seis torres de transmissão de telefones celulares neste sábado (14), num subúrbio de Sydney, a maior cidade do país. Segundo jornais do país, o homem seria um ex-funcionário de uma companhia telefônica que acreditava que a radiação vinda das torres teria lhe causado danos cerebrais.
Por mais de 90 minutos e 30 km, mais de 20 carros de polícia perseguiram o homem. Ele acabou sendo preso logo antes de tentar derrubar a sétima torre. Durante a perseguição, provocou os policiais acenando da janela.

Leia mais

Editorial

Movimentação em busca do Santo Graal

Ainda estamos longe das eleições, mas é inegável que o marasmo que pairava sobre a política ubatubense acabou. Está na hora das definições e nesse clima tudo pode acontecer. Recuando quatro anos no tempo, em 2003, portanto, ousei comentar em uma roda de “entendidos” que o então vereador Eduardo Cesar poderia ser o azarão do páreo. Por pouco não fui linchado, “ignorante em política ubatubense” foi a pecha que grudaram em minha singela pessoa. E além do mais, petulante. Segundo os “experts” a eleição estava definida. Paulo Ramos seria reeleito, as pesquisas indicavam isso de forma clara e cristalina, só um forasteiro metido a besta poderia duvidar do que estava sacramentado nos astros. Naquele momento Paulo Ramos tinha de fato tudo para vencer, na verdade o detentor do poder é sempre favorito, salvo em casos especiais de falta de talento. Talento político Paulo tem de sobra, perdeu por ter menosprezado os adversários. Com meia dúzia de visitas à região sul, ainda seria prefeito. Na eleição que se aproxima, Eduardo Cesar é favorito, embora esteja atrás de Paulo nas pesquisas. Os dois ostentam altos índices de rejeição e isso abre portas para um terceiro. “Inter duos litigantes tertius gaudet”. Tuzino é bom de voto, mas também tem alto índice de rejeição. Caribé vinha bem, trabalhando nos bastidores e angariando simpatias. Com a perspectiva da candidatura de Clodovil, parece ter recuado. Ontem enviei um e-mail perguntando se ele de fato desistiu, como se comenta na cidade. Não obtive resposta, diz o ditado que quem cala consente, Comenta-se também que poderemos ter uma surpresa, na verdade uma grande surpresa, com Caribé saindo como vice de Eduardo Cesar, com o compromisso de ter o apoio deste daqui a quatro anos. Eu disse comenta-se, não afirmei que acredito, é uma hipótese, em política todas as hipóteses devem ser consideradas. Outra possibilidade em pauta é o PSDB sair com Tuzino para prefeito e Caribé para vice, o que acho pouco provável. Uma terceira possibilidade é a dobradinha Tuzino-Paulo Ramos, embora eu acredite mais na entrada de um vereador para fazer dobradinha com Paulo. Só não falo da bombástica candidatura do deputado Clodovil, nosso homem em Brasília. Quem será o vice de Clodô? Enquanto os boatos circulam os Jogos Regionais vão chegando ao fim, foi um bom momento do governo Eduardo Cesar, que agora terá de desatar o nó górdio da Santa Casa. Tarefa nada fácil. Eu quase ia me esquecendo, Caribé também poderá sair candidato a vereador e nesse caso o PSDB teria três fortes postulantes à Câmara. A coisa está esquentando, isso ninguém pode negar...

Sidney Borges

Vaiaram Nosso Guia. Sacrilégio

As seis vaias que Lula levou no Maracanã

Pedro Dias Leite na Folha de S. Paulo:
"Vaiado seis vezes na cerimônia de abertura do Pan-Americano do Rio, ontem, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não fez a declaração habitual de abertura, como exigia o protocolo esportivo, tendo sido substituído no último momento pelo presidente do comitê organizador, Carlos Arthur Nuzman. Segundo a Presidência da República e o comitê organizador dos Jogos cariocas, "houve um desentendimento" entre suas equipes responsáveis pelo cerimonial da abertura do Pan.
O governo federal bancou R$ 1,8 billhão dos R$ 3,7 bilhões gastos na preparação dos Jogos, sendo que R$ 49,8 milhões foram direcionados para festas relativas ao evento esportivo. A primeira vaia a Lula, vinda de um público que pagou entre R$ 20 e R$ 250 por cada ingresso, surgiu quando a imagem do presidente apareceu nos dois telões do estádio. Sua figura foi rapidamente tirada, e então o público aplaudiu.
A organização ainda tentou novamente, com uma imagem um pouco mais distante, e veio a segunda vaia. A terceira e quarta vaias aconteceram durante anúncio de sua presença no Maracanã pelo sistema de som e em nova imagem nos telões. Outras duas vaias ocorreram durante a menção ao nome de Lula nos discursos de abertura dos Jogos, feitos por Nuzman e pelo presidente da Odepa (Organização Desportiva Pan-Americana), Mario Vásquez Raña.
Quando Nuzman mencionou o governador do Rio, Sergio Cabral, houve aplausos parciais. Quando citou o posto do prefeito do Rio, Cesar Maia, houve aplausos efusivos. Segundo o relato de integrantes da comitiva presidencial, Lula havia desistido de fazer a declaração de abertura dos jogos pouco antes do momento para o qual estava prevista. Nuzman, que é também presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, então assumiu para si o papel antes destinado ao presidente da República e desceu da tribuna de honra do Maracanã para o gramado.
Cabral ainda insistiu para que Lula fizesse a declaração de abertura, e o presidente cedeu, recuando de sua desistência. Um microfone foi novamente colocado à sua disposição na tribuna, e as câmeras do sistema oficial de televisão filmaram, esperando por sua fala, ao lado de Cabral e de Maia. Mas a informação de que o presidente decidira falar aparentemente não chegou a Nuzman. "Em nome de todos, declaro abertos os Jogos Pan-Americanos Rio-2007. Boa sorte, Brasil!", declarou ele.
Na saída do Maracanã, Lula não quis falar com repórteres. Entrou rápido no carro. Sua mulher, Marisa, acenou, mas fez que não ouviu as perguntas".

COMUS

Eleição do Conselho Gestor da Santa Casa de Ubatuba

O Conselho Municipal de Saúde convida os representantes das Instituições e Associações de Usuários, para que compareçam à eleição que escolherá os membros do novo CONSELHO GESTOR DA SANTA CASA, no segmento de USUÁRIOS. A eleição será realizada no próximo dia 16 de julho às 19:00 horas, no salão da Igreja de São Francisco, à rua Thomas Galhardo.
E muito importante a participação das entidades desses segmentos da sociedade no Conselho Gestor da Santa Casa, a fim de que a população esteja particularmente representada nas deliberações, discussões e encaminhamentos que digam respeito à melhoria dos serviços de saúde prestados à população por aquele estabelecimento de saúde. Participe do SUS e das decisões no único hospital da cidade. O Conselho Municipal de Saúde espera contar com sua participação no próximo dia 16 de julho.
Informações com Maurício Moromizato

(9718-4647 – mauriciomoromizato@uol.com.br) e
Guaracira Santos (9149-8795 – guara.cira@yahoo.com.br)

Respeitosamente,

Secretaria Executiva do Conselho Municipal de Saúde de Ubatuba
Ubatuba, 10 de julho de 2.007

Cruz credo!

A urucubaca da sexta-feira,13

Ainda bem que virou a folhinha. Levar monumental vaia em rede nacional, transmitida para vários países do mundo, não foi a única urucubaca do presidente Lula na abertura dos Jogos Pan-Americanos numa sexta-feira, 13. Em 2004, quando o PT comemorava 24 anos de fundação, a TV exibia vídeo do ex-presidente da Loterj Waldomiro Diniz, assessor da Casa Civil de José Dirceu, exigindo propina do bingueiro Carlinhos "Cachoeira" - um dos primeiros escândalos do governo Lula. Era sexta-feira, 13. E ontem o carma se repetiu: o Supremo Tribunal Federal suspendeu a pensão do ex-governador petista de Mato Grosso do Sul José Orcírio dos Santos, o Zeca do PT. PT é 13. Pé de pato, mangalô, PT três vezes! (Cláudio Humberto)

Brasil colorido e jovial

Renanzinho, onde te enfiaste filho de uma égua?

“A situação de Renan Calheiros é patética. Não pode presidir uma sessão do Senado, e nega que haja crise no Senado. Não tem saído de sua residência oficial, localizada no Lago Sul, em Brasília, porque sua aparição em público pode provocar constrangimentos. Também não vai a Alagoas, seu estado natal, com receio de atrair manifestações de repúdio. No Senado, sua situação é de crescente isolamento – físico até.” Otávio Cabral escreveu em Veja.

Nota do editor – Além do isolamento forçado Renan convive com a mulher buzinando na orelha: - Quem mandou se meter com aquela sirigaita? É verdade, quem mandou se meter com aquela sirigaita? Na verdade uma sirigaita bem apanhada, o que demonstra que Renan tem bom gosto. Homem nenhum rejeitaria, mas cabe lembrar que sirigaitas de alto calibre são pratos para poucos talheres, preferencialmente de ouro. Ou teria sido por amor? (Sidney Borges)

Manchetes do dia

Sábado, 14 / 07 / 2007

Folha de São Paulo
"TCU planeja investigações de contratos da Petrobras"
O ministro Augusto Nardes, do Tribunal de Contas da União, disse que pedirá abertura de auditoria para apurar o esquema de fraudes em licitações da Petrobras, revelado pela PF, na próxima plenária do TCU, prevista para quarta-feira. A Operação Águas Profundas, da PF, investiga fraudes nas licitações para a reforma de quatro plataformas de exploração de petróleo. (...)


O Globo
"Emoção, carnaval e vaias na festa do Pan"
Em cerimônia marcada pela emoção e beleza, cujo ponto alto foi o Hino Nacional cantado por Elza Soares acompanhada dos 90 mil presentes, os Jogos Pan-Americanos do Rio foram abertos ontem com um improviso: após ser vaiado cinco vezes pelo público, numa das maiores vaias da história do Maracanã, o presidente Lula deixou de fazer a leitura oficial da abertura dos Jogos, tradicionalmente a cargo do presidente do país-sede. Sua alta popularidade no país não resistiu à máxima do escritor Nelson Rodrigues: "O Maracanã vai até minuto de silêncio", ele dizia. Marta Suplicy e as delegações de EUA e Argentina também foram vaiadas. Com uma organização impecável, o estádio não tinha flanelinhas, ambulantes ou estacionamento ilegal. E tudo terminou em samba, na voz de Daniela Mercury cantando "Aquarela do Brasil".


O Estado de São Paulo
"Vaiado, Lula desiste de falar"
Com samba e alegorias que representavam as belezas brasileiras e o folclore nacional, a cerimônia de abertura dos Jogos Pan-Americanos do Rio empolgou o público que foi ao Maracanã receber os atletas de 42 delegações. Comandada pela carnavalesca Rosa Magalhães, a festa começou com Elza Soares interpretando o Hino Nacional e teve a exibição de centenas de ritmistas, além de Daniela Mercury, Chico César e a Orquestra Sinfônica Brasileira executando de Villa-Lobos a Tom Jobim. Depois de ter sido ovacionado pelos atletas durante visita à Vila do Pan, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi vaiado no estádio quando teve seu nome anunciado pelo sistema de som. Um microfone estava preparado para que Lula declarasse os jogos abertos - mas, diante do clima hostil, a idéia acabou sendo abandonada. A delegação dos Estados Unidos desfilou sob vaias. Para acender a pira pan-americana, a tocha entrou no Maracanã, a tocha entrou no Maracanã conduzida pelo iatista Torben Grael, passou pelas mãos de jogadores de vôlei e de basquete até chegar a Joaquim Cruz, estrela do atletismo.


Jornal do Brasil
"O Rio é Pan"
Sessenta e cinco mil espectadores viram o Maracanã transformar-se numa galeria da alma brasileira. Elza Soares reviveu Garrincha: paralisou o estádio com a interpretação a capela do Hino Nacional. Era o prelúdio de um show de raízes. Em ritmo de samba, a delegação verde-amarela foi festejada com a alegria do gol. Joaquim Cruz também animou a multidão, ao acender a pira. Dos batuques que anunciavam a ópera amazônica à Aquarela do Brasil, os Jogos Pan-Americanos foram abertos por um espetáculo impecável de danças, luzes e sons. Melhor inspiração, os atletas não haveriam de ter.

sexta-feira, julho 13, 2007

Maracana tomado pela oposição vaia Lula!



Coisas da vida

- Sacanagem, sacanagem... Essas vaias... Não é justo - reclamou Lula em conversa com o ministro Tarso Genro, da Justiça, ainda na tribuna de honra do Maracanã.

Santa Casa. Misericórdia!

É obrigação do prefeito de Ubatuba esclarecer

Face a auditoria realizada pelo Sistema Nacional de Auditorias - DENASUS (Ministério da Saúde), número 2942 e considerando que a mesma constatou irregularidades e recomendou medidas para o saneamento das mesmas, na qualidade de cidadão e eleitor deste município exijo que sejam esclarecidos os procedimentos que foram tomados para cada uma das questões apresentadas.

Número da auditoria: 2942

Instituição auditada: SECRETARIA MUNICIPAL DE SAUDE DE UBATUBA
Município/UF: UBATUBA - SP
Demandante: Externa - PRESTADOR
Período de execução: 16/11/2005 - 26/04/2006
Período de abrangência: 2004
Finalidade da auditoria: Apurar possíveis irregularidades na gestão de convênios e regulação.
Constatações: Prestador: SANTA CASA MIS IRM SR PASSOS DE UBATUBA
Grupo: Gestão/Denúncia
Sub grupo: 06.Assistência Hospitalar

Item: 06.05. Estrutura física - Instalações
Constatação: No hospital constatou falta de uma estrutura físico-funcional adequada, falta de equipamentos e manutenção dos mesmos e falta de recursos humanos qualificados e capacitados em praticamente todas as áreas do hospital

Recomendação: Regularizar a falta de estrutura em todas às áreas do Hospital.

Item: 06.07.Recursos humanos
Constatação: Não há médico anestesista presente no Pronto Socorro 24 horas, assim como um médico fixo na unidade de cuidados especiais de adulto.

Recomendação: Contratação de médico anestesista para plantão de 24 horas na Santa Casa.

Item: 06.99.Outras questões referentes a Assistência Hospitalar
Constatação: Os serviços de imagem e radiologia e laboratório repassam apenas 20% do total do faturamento dos exames realizados à Santa Casa, embora estejam localizados dentro das dependências da própria Instituição, e no caso da radiologia usando inclusive os seus equipamentos.

Recomendação: Revisão dos contratos celebrados entre a Santa Casa e os prestadores de serviços contratados pela Instituição.

Sub grupo: 45.Aspectos Organizacionais

Item: 45.01.Estrutura organizacional
Constatação: Não foi encontrado nos arquivos da Secretária Municipal de Saúde do Município, o Plano de Saúde do exercício de 2004, o Relatório de Gestão e a Programação Pactuada Integrada (PPI).

Recomendação: Elaborar o Plano de Saúde, Relatório de Gestão e Programação Pactuada Integrada (PPI).

Item: 45.01.Estrutura organizacional
Constatação:
Não existe um sistema de regulação no Município. Existem apenas algumas referências informais, como é o caso da Nefrologia que é encaminhada para o Município de São Sebastião.


Recomendação: Implantar e implementar o serviço de Regulação do Município.


Item: 45.01.Estrutura organizacional
Constatação: A Santa Casa de Mis. Irm. Sr. Passos de Ubatuba, está sob intervenção, por meio do Decreto 4481, de 1° de novembro de 2005, da Prefeitura Municipal de Ubatuba por estado de calamidade pública na prestação do serviço hospitalar no Município.

Recomendação: Regulação da situação atual da Instituição.

Marcos Leopoldo Guerra

Eleições 2008

Quem poderia imaginar?

Circulam dois boatos bombásticos na cidade. Clodovil vai ser candidato a prefeito em 2008. Esse é o primeiro deles. O segundo eu ainda não vou revelar, mas parece que haverá uma desistência não esperada. Por falar em políticos, hoje tomaram café e trocaram figurinhas os peessedebistas Charles Medeiros e Pedro Tuzino, juntamente com o fotógrafo Miguel Angel, que prestou a maior atenção ao que foi dito. Tuzino estava com um sorriso de orelha a orelha. Por que será?

Sidney Borges

Da série: Estava na hora...

Governo federal quer eliminar estabilidade no emprego público

da Folha Online
O governo pretende aplicar regras do setor privado para o funcionalismo público, eliminando, por exemplo, a estabilidade no emprego, segundo
reportagem da Folha publicada hoje (íntegra disponível só para assinantes do jornal ou do UOL). As mudanças constam de uma proposta enviada ao Congresso, que permite gestão de setores do Estado por meio de fundações de direito público ou privado. As novas regras valeriam para hospitais e outras áreas como a TV pública, ciência e tecnologia e previdência complementar de servidores. O governo argumenta que a mudança agilizará a administração e premiará bons servidores.
Em
outra reportagem da Folha, o presidente do CNS (Conselho Nacional de Saúde), Francisco Batista Júnior, afirma que a proposta "terceiriza" a administração dos hospitais e não resolve os problemas do SUS (Sistema Único de Saúde). Ele ameaça entrar com uma ação de inconstitucionalidade contra a lei no STF (Supremo Tribunal Federal).
A proposta é mais uma das ações do governo federal que busca mudar as regras para o funcionalismo público. A Casa Civil
prepara um projeto de lei que dificulta a realização de greves pelos servidores. O anteprojeto prevê multa de até R$ 30 mil por dia para sindicatos que deflagrem greves consideradas ilegais pela Justiça e cria a categoria de serviços públicos essenciais inadiáveis.
Leia mais

Da série: Que vergonha!

Grampos revelam conversas para impedir rebaixamento do Corinthians

Os grampos telefônicos de conversas entre integrantes das cúpulas do Corinthians e da MSI revelaram conversas sobre um suposto esquema financeiro para impedir que o clube fosse rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro.
Na denúncia feita pelo Ministério Público Federal, o tópico é abordado, mas não há mais detalhes --o monitoramento está sob segredo de Justiça. Como o caso é da alçada estadual, os procuradores da República irão enviar os resultados das interceptações ao Ministério Público paulista.
No ano passado, o Corinthians esteve ameaçado de cair para a segunda divisão do Nacional até seis rodadas do fim do campeonato.
A reportagem telefonou ontem para Rubens Aprobatto Machado, presidente do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), mas não o localizou.
Além do suposto acerto para evitar o rebaixamento, as conversas telefônicas revelam negociações de jogadores com remessas ilegais de dinheiro do exterior para o Brasil e vice-versa, com sonegação de tributos e pagamento de propinas.

Leia mais

Da série: Somos todos idiotas?

A Operação Cerrado de Roriz e Nenê
Vocês se lembram da "Operação Uruguai"?

Foi a simulação de um empréstimo contraído junto a banqueiros uruguaios para explicar parte do dinheiro usado na campanha do ex-presidente Fernando Collor de Mello.
Na época, Luiz Estevão de Oliveira, que passará à História como o primeiro senador cassado, e Paulo Octavio, atual vice-governador do Distrito Federal, se apresentaram como avalistas da operação. Os dois eram amigos de Collor.
Nem por isso Collor escapou do impeachment.
Joaquim Roriz e Nenê Constantino, dono da GOL, montaram uma operação tão vagabunda quanto aquela para tentar salvar o mandato de um e a reputação do outro.
Quebraram a cara. Roriz renunciou ao mandato para não ser cassado por quebra de decoro parlamentar. Nenê saiu de circulação e está sendo investigado pelo Ministério Público.
No dia 13 de março último, Roriz mandou sacar no Banco Regional de Brasília (BRB) um cheque em nome de Nenê de R$ 2,2 milhões. O cheque era contra o Banco do Brasil.
gravações de conversas telefônicas onde Roriz e Tarcísio Moura, ex-presidente do BRB, combinam a melhor maneira de repartir o dinheiro - afinal , era "para muita gente".
Descoberta a trama, Roriz alegou que pedira emprestados R$ 300 mil a Nenê. Que Nenê lhe dera um cheque de R$ 2,2 milhões. E que ele descontara o cheque e devolvera a Nenê o troco de R$ 1,9 milhão em dinheiro vivo.
No último dia 28, Roriz gaguejou da tribuna do Senado que era inocente. Ofereceu papéis em branco assinados por ele para quem quisesse investigar suas contas. Como ninguém quis e a cassação do mandato era mais do que previsível, renunciou no dia 4 do mês em curso.
Pois não é que um dia antes Nenê depositara R$ $1.931.155,60 em sua própria conta no Banco do Brasil? Explicou aos repórteres Jailton de Carvalho e Gerson Camarotti de O Globo:
- O dinheiro, por simples comodidade de minha parte, ficou guardado em espécie e devidamente contabilizado.
Quer dizer: o troco de R$ 1,9 milhão que Roriz diz ter dado a Nenê ficou 112 dias guardado em algum cofre. Se tivesse sido aplicado a uma taxa de 1% de rendimento médio no mercado de capitais, teria rendido ao seu dono R$ 72 mil.
Mas não. Nenê, "por simples comodidade", preferiu perder dinheiro - ao invés de ganhá-lo.
Dá para acreditar? (Ricardo Noblat)

Desejos impossíveis

Punir os corruptores

Antonio Carlos Pannunzio
Há crimes que só podem ser praticados se houver parceria de agentes. No de corrupção, para cada funcionário público ou agente político subornado, sempre há, do lado de lá do balcão, um ou vários corruptores.
As grandes negociatas e falcatruas são, como regra, urdidas no âmbito do Executivo ou da iniciativa privada. A tramóia biliardária na Petrobrás, desnudada pela Polícia Federal ao fim de longa investigação, é um exemplo atual.
Apesar disso, a instituição mais prejudicada pela bandalheira é sempre o Congresso Nacional. Erroneamente, a população crê que os casos mais graves envolvem, necessariamente, deputados e senadores.
A Câmara dos Deputados pretende corrigir prontamente tal situação. Líderes de todos os partidos assinaram um requerimento que pede a votação urgente de projeto de minha autoria (PL 1277/07) que, com a alteração de apenas três linhas o Código Penal, garante o julgamento imediato dos processos contra autoridades pelo Supremo Tribunal Federal. Esse julgamento rápido, contra o qual não cabe recurso de qualquer natureza, dá ao foro privilegiado sua real função, que é preservar a credibilidade do cargo público. Acaba com a impunidade e assegura o pronto reconhecimento da inocência dos injustamente acusados.
Mas um exame dos escândalos envolvendo congressistas mostra que, até nos casos mais escabrosos, o parlamentar que conspurca o mandato não passa de mero ator coadjuvante.
A essa regra não escapam três personagens, ora na mira da opinião pública, que o Senado reluta em investigar: o senador Renan Calheiros (PMDB/AL), presidente da casa; o ex-senador Joaquim Roriz (PMDB/DF) e seu suplente, o futuro senador Gim Argelo (PTB/DF).
A mais recente imputação feita a Calheiros é a de triangulação em favor de uma fábrica de cerveja, com a qual conseguiu a suspensão da cobrança de dívidas tributárias e de INSS. Tais favores ilegais - se existiram - tornaram-se possíveis graças à cooperação de agentes bem postados na estrutura do fisco. O senador deve ser investigado, mas - se comprovado o crime - os favorecidos pela sua atuação devem ser punidos, com igual severidade.
As irregularidades atribuídas a Roriz e Argelo ligam-se a ações de ambos no Distrito Federal, que o primeiro governou várias vezes. Argelo usou o mandato de deputado distrital como ferramenta para viabilizar negócios de terras que não podem ser mostrados à luz do dia, mas também para obter, do Executivo brasiliense, benefícios irregulares a empresas.
Fiscalizar o Executivo é função essencial do parlamentar. Quem, além de não a cumprir, participa de esquemas para fraudar os cofres públicos, não pode integrar o Legislativo.
Livrar-se dos legisladores venais é indispensável, mas insuficiente. Eles serão substituídos pelos corruptores com a mesma presteza e facilidade com que o tráfico repõe operadores de pontos de venda, presos ou mortos em guerras de gangues.
A faxina que se prenuncia deve ir além do Congresso e do governo, identificando e punindo severamente os corruptores.
Antonio Carlos Pannunzio é líder do PSDB na Câmara dos deputados

Negócios em alta

Feriado supera expectativas e surpreende comerciantes de Ubatuba

Ubatuba recebeu cerca de 70.000 pessoas

Segundo informações do controle operacional do DER, no período das 18h00 do dia 06 de julho, às 0h00 do dia 10 de julho, Ubatuba recebeu só no trecho Taubaté- Ubatuba, 13.062 veículos. Já no trecho Caraguatatuba- Ubatuba, não puderam precisar o número, pois o controle operacional do DER não tem a câmera on line- VBM, neste trecho. Para apenas se ter uma idéia, de São José dos Campos à Caraguatatuba, foram 36.064 veículos.
O secretário de Turismo, Luiz Felipe Azevedo disse que “tranqüilamente Ubatuba recebeu cerca de 70.000 pessoas neste feriado. Nossa expectativa era de 60% e explodiu, passou de 100%”.
Segundo o secretário esse sucesso se deve também à um grande investimento que fizeram na divulgação da cidade. “Ubatuba passou por um imenso marasmo por causa daquilo que me recuso a citar- (se referindo a dengue)- realizamos uma divulgação muito forte e o retorno foi maravilhoso!” disse entusiasmado.
“Sabemos que o mês de julho é um mês realmente especial, com dias ensolarados, temperaturas agradáveis durante o dia e noites mais frias. Temos todo um roteiro de atrativos que estão acontecendo, não só durante os jogos, mas sim durante todas as férias. Portanto, as pessoas que aqui vierem, além de poder acompanhar os Jogos Regionais, poderão usufruir uma das regiões mais belas do país e se deparar com uma programação muito especial” acrescentou Luiz Felipe.
Para o diretor da Associação Comercial de Ubatuba, Alfredo Luiz Filho, que é também proprietário do Restaurante Senzala, os comerciantes se mostraram muito satisfeitos e bastante animados. “Conversando com alguns associados que são proprietários de pousadas, restaurantes e quiosques pude perceber que se mostraram surpresos e muito satisfeitos com este feriado. Com certeza superou e muito todas as expectativas. Meu comércio “bombou”. Achei que Ubatuba não receberia tantas pessoas pelo medo da dengue, mas pude perceber que já superamos isso e as pessoas estão percebendo que vencemos essa epidemia”, disse Alfredo.
O diretor acredita que Ubatuba recebeu tantas pessoas devido à uma somatória de acontecimentos. O tempo bom, as férias, os eventos que estão acontecendo e a baixa da dengue. A Prefeitura de Ubatuba, através da Secretaria de Turismo está de parabéns por todas as realizações para esse mês de julho. Precisávamos desta injeção de ânimo, pois as pessoas que freqüentavam Ubatuba, já estavam com saudades daqui. Todo mundo quer Ubatuba”, concluiu Alfredo.
Valdir Zarpelão, proprietário do Quiosque Golfinho`s, concordou com o diretor da ACIU e acrescentou que o ponto mais positivo disso tudo é que a dengue foi esquecida. “Estávamos muito preocupados, pois a imagem de Ubatuba estava muito desgastada. Esse feriado foi o termômetro para a nossa temporada que está vindo”.
Já Adriano Iberê, proprietário da Pousada Peixes do Mar, também disse que o feriado superou as expectativas em todos os sentidos, “foi bastante bom. Minha pousada está cheia até o final do mês e acredito que isso se deve ao sucesso que é a cidade de Ubatuba. Com jogos ou não, Ubatuba sem dengue e tendo tempo bom, lota com certeza”, finaliza.

Cristiane G. Zarpelão
Assessora de Comunicação da ACIU
MTB 43.357
www.aciubatuba.com.br
(12) 3834 1449

Ponto de vista

Feriado

Feriado festejado tenho certeza, por todos que envolvidos na correria diária anseiam por esta parada obrigatória para descansar, dormir, ler, se exercitar e principalmente, pensar.
Momento para agradecer a seres iluminados que dedicaram ou dedicam suas vidas a escrever e nos enriquecem e nos deleitam com seus escritos. O que seria de nós sem eles? Quem nos educaria? Que vazio seria este nosso sagrado descanso sem eles. Obrigada!
Todos parecem eufóricos. Onde encontram motivo, não sei.Olho pela janela. Dia lindo! Céu azul. Observo as árvores, com o seu verde que parece falar.
Tudo parece tão deslumbrante. Nada disto nos foi dado pelo homem. O que estamos dando de volta a natureza?
Umas nuvens cinza, densas, tristes, sem perfume algum. Mortes na Santa Casa. Algumas pela exposição chocam mais e detêm os holofotes por mais tempo. Outros igualmente terríveis desaparecem em dias. Famílias devastadas pela dor e pelo caos causado por esta incompetente administração de Eduardo César.
Destruição por todos os lados, ruas abandonadas e mal cuidadas, os que deveriam garantir a lei parecem alheios. Se olharmos com atenção, estão sempre de costas para o problema. Totalmente ausentes. Manutenção é coisa que não entendem. Não foram apresentados. São treinados, ou sei lá se o são, para apagar incêndios e como manutenção não existe, nem para apagar incêndios estão preparados.
Praias inteiras invadidos pelo comércio ambulante irregular, que cada dia cresce mais e já até parece fazer parte da ordem pública. Falando em ordem pública, onde se escondeu?

Praias inteiras invadidos pelo comércio ambulante irregular, que cada dia cresce mais e já até parece fazer parte da ordem pública. Falando em ordem pública, onde se escondeu?
Bairros sujos, ruas inseguras, esburacadas e contaminadas pelo esgoto que é lançado a céu aberto.
Fala-se de casos de assaltos com a maior naturalidade. Por que os marginais estão vencendo? São mais competentes? Mais organizados? Lembrar que a maioria deles sequer freqüentou escolas. Muitos não tiveram acesso aos livros.
E o nosso prefeito? Sei que ele freqüentou até faculdade. O que fez lá? Será que as nossas faculdades estão tão ruins que o deixou mal formado? Qual será a nota que ele tirou desta vez no exame da OAB?.
Poderia ficar aqui escrevendo horas sobre praia com plásticos ao alcance das ondas, carros fechando cruzamentos, gritos das buzinas após um segundo de mudança do sinal, mas como não sou autoridade nestes assuntos, a minha proposta é apenas mostrar a beleza que está nossa cidade.
Eu disse beleza? Que tristeza! O que está nos desesperando é o desmando desta administração irresponsável e incompetente de Eduardo César, a tristeza, a desesperança, a certeza de que esse desmando vai refletir no futuro de nossos filhos e netos.
Tudo parece piorar a cada dia.
Todos à espera do milagre. Esquecemos que o milagre somos nós. Só acendendo o nosso milagre vamos sair deste caos.
Nós que fomos responsáveis pela eleição deste “monstro” deveríamos caminhar cabisbaixos, calados e envergonhados.
Que momento desolador seria este em que o mundo assistiria a nossa tristeza. Que momento lindo seria em o mundo também observasse o nosso momento divino de alegria, onde o bem sufocaria o mal.
E a realização e os investimentos na promoção dos jogos regionais em nossa cidade? Você parece ser contrário, foi o que ouvi.
Sou contrário sim, a falta de planejamento, de prioridade, de desvio de recursos públicos, do abandono da saúde, da educação, de ver ao montes pessoas e crianças abandonadas nas ruas, da falta de moradia, da agressão ao meio ambiente, das mentiras, das imoralidades, do uso do nome de Deus em vão, da alienação através da religião, etc.
Acredito que o prejuízo só haveria mesmo era para os esportistas de outras cidades que foram pagos para competir por nossa cidade e seriam grandes, sem dúvida, mas todos eles compartilhariam o prejuízo. O governo municipal estaria atento então para ajudar e valorizar nesse momento glorioso os nossos esportistas.
Seria um prejuízo enorme para o prefeito e seus cupinchas, eu sei. Quantas vezes perdas materiais, mesmo duras no início, não significam um levantar mais forte? Além do mais, promoção pessoal não pode ser tudo. É parte do processo.
Ontem sonhei que as nossa vias estavam todas pavimentadas, que não haviam moradores de ruas e crianças abandonadas, que a saúde estava uma beleza e que a prefeitura ia construir finalmente o Hospital da Criança, um sonho que as vezes toma conta do seu sonhador e chega a ser tão forte que me assusta e me deixa confuso. Sou eu ou eu sou o sonho?


Jairo dos Santos
Vereador - PT


Nota do editor - O nobre Vereador esqueceu-se de citar a fonte e não fosse ele um membro da confraria dos incorruptíveis discípulos socialistas de "Nosso Guia", alguém poderia pensar em plágio, o que em se tratando de um petista é inimaginável. Confira você mesmo:
http://www.procrianca.org.br/procrianca/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?sid=41

Manchetes do dia

Sexta-feira, 13 / 07 / 2007

Folha de São Paulo
"Governo quer regras do setor privado para funcionalismo"
O governo pretende flexibilizar as relações trabalhistas em nove setores da administração, retirando, por exemplo, a estabilidade no emprego. A proposta, já enviada ao Congresso, permite a gestão de setores do Estado por meio de fundações de direito público ou privado. Para o governo, a mudança agilizará a administração e premiará bons servidores.


O Globo
"Governo muda serviço público em busca de mais eficiência"
O presidente Lula enviou ontem ao Congresso um projeto de lei complementar que vai permitir a contratação de servidores públicos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) para hospitais públicos federais e órgãos de outros oito ministérios, entre eles Ciência e Tecnologia, Turismo e Meio Ambiente. Esses novos empregados não terão estabilidade no emprego, o que permitirá que sejam demitidos por ineficiência. Hoje, o servidor só perde o emprego por falta grave, após longo processo administrativo. Para que as mudanças sejam possíveis, serão criadas as fundações estatais de direito privado, que terão de cumprir metas de desempenho no atendimento à população. No Congresso, o projeto foi bem recebido por parlamentares do governo e da oposição. Vicentinho, ex-presidente da CTU, que moveu ação contra a lei no governo Fernando Henrique Cardoso, agora não poupa elogios: "Até deputados da oposição gostaram muito do projeto." Especialistas também disseram ver vantagens no novo modelo. Mas o Conselho Nacional de Saúde (CNS) protestou e já avisou que vai recorrer à Justiça.


O Estado de São Paulo
"Bolívia reclama das usinas no Rio Madeira"
O Itamaraty confirmou ter recebido carta na qual o governo da Bolívia cobra explicações sobre as duas usinas hidrelétricas que o Brasil pretende construir no Rio Madeira. No documento, assinado pelo chanceler David Choquehuanca, o governo do país vizinho se diz contrariado com a concessão de licença ambiental para as usinas e pede que uma reunião de emergência seja organizada para discutir o assunto. O texto lamenta que o Brasil tenha decidido erguer as hidrelétricas "sem ter realizado análises de impactos ambientais, sociais e econômicos que levem em conta o afluente do Rio Madeira que fica em território boliviano". O texto foi divulgado para jornalistas em La Paz antes mesmo de chegar a Brasília, o que foi interpretado no Itamaraty como um sinal de que o governo de Evo Morales pretende explorar politicamente o caso. A intenção dos diplomatas brasileiros é dar tratamento técnico ao assunto.


Jornal do Brasil
"Tráfico planeja atacar polícia durante o Pan"
Traficantes do Comando Vermelho planejam uma revanche contra a polícia durante os Jogos Pan-Americanos. Querem vingança contra a operação que deixou 19 mortos no Complexo do Alemão. Para isso, pretendem aproveitar o megaevento esportivo, quando todas as atenções estarão voltadas para o Rio. A polícia tem monitorado as movimentações dos criminosos. Durante a inauguração do novo Centro de Inteligência e Segurança, montado especialmente para o Pan, o subsecretário de Inteligência, Edval Novaes, admitiu que articulações como essa preocupam o Estado. Especialistas estão inquietos e acreditam que todo o aparato montado para a ocasião não será capaz de impedir ações coordenadas e em larga escala.

quinta-feira, julho 12, 2007


Divagações

Quinta-feira fria

A Argentina atropelou o México, fez três, podia ter feito mais. Agora é contra o Brasil e quando jogam Brasil e Argentina ninguém pode arriscar um prognóstico sem correr o risco de dar com os burros n’água. Nas vésperas da copa de setenta, em que a Argentina não foi por ter perdido o lugar para o Peru, fizemos o último amistoso preparatório contra os desmotivados vizinhos. O Brasil das feras do Saldanha levou de dois a zero, se bem que o técnico já não era o Saldanha e sim o pragmático Zagallo, o preferido dos militares. Enfim, clássico é clássico e ainda que venha a derrota vale lembrar que o Brasil com Kaká, Ronaldinho Gaúcho, Zé Roberto, Dida e outros do mesmo calibre tem um retrospecto favorável contra a Argentina, com goleadas nos últimos encontros. Certamente o scratch canarinho teria mais chances jogando com o time principal, mas sempre cabe ressaltar que o técnico precisa preparar o time que vai nos representar na próxima copa. Outro vexame como o ocorrido contra a França em 2006 não será tolerado. Renan Calheiros é o apelido da gripe que está circulando em São Paulo e adjacências. Não sai de jeito nenhum. Vou contar uma historinha pitoresca tirada da coluna do Cesar Giobbi, do Estadão. Na segunda guerra mundial os pilotos brasileiros receberam treinamento nos Estados Unidos, antes de seguir para a Itália. Completado o aprendizado houve a solenidade de formatura, quando os cadetes americanos desfilaram cantando o hino da força aérea dos Estados Unidos. Na vez dos patrícios não havia hino. A rapaziada, sem cão caçou com gato, nossos bravos rapazes entoaram a “Jardineira”, que fez tanto sucesso que os gringos quiseram gravar. Foi uma prévia do que aconteceria no Carnegie Hall, anos depois.

Sidney Borges

Brasil

“A ovelha do Renan”

Corsino Aliste Mezquita
As histórias de lobistas, amantes, filhos bastardos, vacas, bezerras e bois envolvendo o Sr. Renan Calheiros, infelizmente até agora presidente do Senado Federal, fizeram-me lembrar a história de Davi – Bersabé – Urias, o hiteu, e a posterior visita do profeta Natan a Davi. Natan, após contar a Davi a historinha do homem rico, com grandes rebanhos, prazeres, confortos e do homem pobre que só tinha uma ovelhinha que acalentava em seu regaço, conclui a historinha dizendo a Davi: O homem rico....”apoderou-se da ovelhinha do pobre, preparando-a para seu hospede”.
“Davi indignado contra tal homem disse a Natan: Pela vida de Deus!. O homem que fez isso merece a morte”... Natan disse então a Davi: TU ES ESTE HOMEM”... Vou fazer que se levantem contra ti males vindos de tua própria casa”... Davi disse a Natan: Pequei contra o Senhor!”( II Samuel, caps 11 e 12).
Os delitos do presidente do Senado Federal, indícios indicam, serem mais graves e numerosos que os de Davi. Falta, ao Sr. Renan, o reconhecimento, o auto-exame, a crítica íntima do Rei Davi e preparar os ouvidos para assimilar as palavras proféticas dos Jefferson Peres, Pedro Simão, Freire, Virgílio, que lhe estão dizendo: “Tu es este homem”. “Sai da cadeira de presidente do Senado”. Nem para presidir a sessão da LDO tens moral. O Senado não pode continuar sangrando... Outras vozes prudentes discursam que gostariam ver, o Senado Federal, purificado de adúlteros confessos, corruptos expostos à indignação popular, autores de negociatas, e de outros esbulhos que já levaram “OS PAIS DA PÁTRIA” ao descrédito, à vergonha e estão semeando, no país, considerado pelo BIRD o mais corrupto do mundo, a total falência da ética e dos costumes.
Acompanhando, pela imprensa, esse imbróglio lamacento, lúgubre e sinistro oferecido pelo Sanado Federal, lembrei-me do diálogo, entre o ABADE e o inquisidor Guilherme, no “O Nome da Rosa”, quando o primeiro afirma: “Se um pastor falha, deve ser isolado dos outros pastores, mas se as ovelhas começam a desconfiar dos pastores”... Guilherme disse: “Deve ser punido sem que a indulgência seja mais escandalosa que o próprio crime” ( O Nome da Rosa, paginas, 37-38, Editora Folha, SP ). A indulgência do Senado Federal está sendo mais escandalosa, mais violenta e agressiva à inteligência cidadã que os delitos do Sr. Renan que, supostamente, não são poucos, Nem leves.
O comportamento do Conselho de Ética tentando ofuscar as luzes da ribalta com argumentos pueris, chicanas indecentes e músicas para boi dormir, já levaram as ovelhas cidadãs de todo o Brasil a desconfiar de seus pastores, solicitar a punição dos delitos e acabar com a impunidade.
As ovelhinhas inventadas por Natan para incriminar Davi, transportadas para as Alagoas, cresceram, evoluíram e se tornaram vacas, bois e “toros bandidos” do Renan. Bersabé virou Mônica. Os adultérios permanecem adultérios. Mais graves, na sociedade monogâmica, como a nossa, que na poligâmica. Conste que, na poligâmica, os adúlteros eram apedrejados até a morte. A sociedade brasileira já apedrejou o Sr. Renan Calheiros. Senadores e deputados também. Nem presidir o Congresso pode no dia de ontem.
Concluímos com Marco Túlio Cícero. Até quando Renan abusar-ás de nossa paciência? Qual o Senado que Temos?. Quais os políticos que nos governam? Oh! mores políticas!. Oh! roubalheiras! Oh! impunidade! Oh! Toros bandidos! Oh! Ovelhinhas belas, atraentes, deslumbrantes, estonteantes!

Manchetes do dia

Quinta-feira, 12 / 07 / 2007

Folha de São Paulo
"Investigada no caso Petrobras foi a sexta maior doadora do PT"
A empresa Iesa Óleo e Gás, uma das investigadas pela Polícia Federal no suposto esquema de fraudes em licitações da Petrobras, foi a sexta maior doadora ao PT em 2006, relata Fábio Zanini. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, foram três doações, totalizando R$ 1,562 milhão. Dos seis maiores partidos, só o PT recebeu dinheiro da Iesa.


O Globo
"Pressão impede Renan de dirigir sessão do Congresso"
Pressionado pela oposição e até pelo governo, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), desistiu de comandar a sessão do Congresso para votação da LDO de 2008. O Planalto interveio para evitar o aprofundamento da crise, e o presidente Lula conversou com Renan no Planalto durante 40 minutos. Enquete do Globo mostra que a maioria dos senadores (37 dos 59 que opinaram) acredita que a imagem do Senado foi atingida e 33 acham que Renan deve ser cassado se forem provadas irregularidades fiscais.


O Estado de São Paulo
"Escândalo deixa Renan sem apoio para liderar sessão"
O presidente Lula convenceu o presidente do Senado, Renan Calheiros, a não comandar o Congresso na sessão de votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). O Planalto estava preocupado com a ameaça da oposição de atrasar os trabalhos no plenário, em protesto contra a insistência de Renan em permanecer no cargo apesar da suspeita de que ele recorreu ao lobista de uma empreiteira para bancar despesas pessoais. A avaliação no governo é de que a sobrevivência política de Renan fica mais difícil a cada dia e a crise pode contaminar o Planalto. Depois de mobilizar ministros e parlamentares para aconselhar o presidente do Senado a não chefiar a sessão, o próprio Lula conversou com Renan. Manifestou solidariedade, mas aconselhou-o a evitar confrontos com a oposição para não prejudicar o governo. O repúdio a Renan seria manifestado de maneira inédita no Congresso: deputados e senadores planejavam erguer cem cartões vermelhos assim que o presidente do Senado entrasse no plenário. A idéia agora é produzir um documento com milhares de assinaturas contra Renan e estender suas folhas em varal montado diante do Congresso.


Jornal do Brasil
"Lula veste a camisa do Pan"
O presidente Lula está apostando no Pan para consolidar a imagem do Brasil no exterior. Com disposição de lutador de boxe, esporte por ele praticado na juventude, entrou na briga política pela paternidade dos Jogos. Munido com as cifras que investiu em instalações e segurança, reagiu às críticas do prefeito Cesar Maia, de que Estado e União queriam tirar uma casquinha do prestígio do evento: "Sabia que se desse certo todos iam querer ser o pai da criança". Disse ainda que o evento é do Rio, mas também de toda a nação "porque, se algo sair errado, a imagem do Brasil será afetada". O sucesso da competição poderá trazer, segundo o presidente, a Copa e as Olimpíadas para o país.

quarta-feira, julho 11, 2007

ACIU em movimento



Portal ACIU

Estamos incrementando a página da ACIU na internet, possibilitando que nossos associados divulguem seus produtos e serviços neste mercado eletrônico, utilizando também este meio de comunicação para informar em tempo real nossos associados e parceiros sobre nossas atividade e realizações, alem de informações úteis para o dia a dia de todos.
Solicitamos e sugerimos às empresas que ainda não tenham seus endereços eletrônicos (e-mails), que providenciem e informem a nossa Assessoria de Comunicação, pois assim, a comunicação fica mais ágil e com menos risco de extravio.

Fonte: Cristiane Zarpelão

Habitação

144 famílias terão onde morar

O PTB municipal recebeu em primeira mão a notícia de que foi liberada verba para a construção de 144 casas populares em Ubatuba, através da Secretária de Habitação do Estado de São Paulo. O valor de R$ 6.699.200,00 deverá ser aplicado na construção de moradias junto à área localizada no bairro do Taquaral.
TATO reconhece e parabeniza o esforço da administração municipal, porém, espera que o dinheiro seja utilizado com seriedade e responsabilidade, vez que o déficit habitacional em Ubatuba é preocupante.
Ubatuba no momento tem um déficit habitacional de aproximadamente 8.000 moradias, fator esse que viabiliza a ocupação irregular que tanto nos assola.
TATO espera ainda que os beneficiários contemplados sejam aqueles que se encontram em áreas de risco ou em locais de preservação permanente, pois, assim poderão ser recuperadas essas áreas em benefício da coletividade na busca daquilo que é ecologicamente correto.
O presidente do PTB municipal ressalta que é muito importante essa iniciativa, tendo como prioridade a melhoria de vida da população que está à mercê de ter sua residência demolida por se encontrar em local não apropriado ou mesmo dos que não têm um teto para morar.
Luz, água, esgoto, segurança, educação, planejamento e responsabilidade esse é o caminho para o sucesso administrativo do município.
Isso é obrigação do Estado conceder e por outro lado é também obrigação de cada munícipe fiscalizar e buscar informação sobre o assunto.
O PTB é isso "RESPEITO POR UBATUBA".

Fonte: PTB de Ubatuba

Editorial

O tempo e os jogos

O tempo vai virar. Depois de um veranico agradável de noites estreladas e temperatura amena, vem aí o frio austral, quem sabe trazendo neve de Buenos Aires. Por falar no país vizinho, hoje saberemos quem vai enfrentar o Brasil na final da Copa América. México e Argentina disputam a vaga, há quem veja favoritismo na Argentina. Pode ser, mas como dizem os entendidos, futebol é uma caixinha de surpresas. Eu torço pelo México, em futebol a Argentina é o inimigo a ser batido. Na final o Brasil com esse time esquisito do Dengoso, digo do Dunga, sempre confundo os sete anões, vai ter que mostrar mais do que exibiu até agora. Golear o Chile em crise é uma coisa, enfrentar a Argentina com o time principal é outra bem diferente. E o goleiro da seleção? Não me convenceu e acho que não convenceu a ninguém. Enfim, Atchim, digo Dunga é teimoso. Se ganhar ficará com as batatas, caso perca não vai durar muito na seleção. Técnicos de futebol têm os empregos mais voláteis que há. Depois de ganhar cem, caso percam uma, viram vilões e são despedidos. Faz lembrar a história do homem mais viril do mundo, que seria capaz de cem bimbadas seguidas. O embate teria acontecido no Maracanã lotado. Duzentas mil pessoas assistiram empolgadas à performance do Sátiro, que depois de um início empolgante, com 99 por cento da tarefa cumprida, falhou na centésima tentativa e teve de ouvir o estádio gritando em coro: bicha, bicha, bicha...
Mudando de pato para ganso, Ubatuba está mostrando um ótimo desempenho nestes Jogos Regionais. O basquete conseguiu a medalha de ouro. São os jovens ubatubenses exibindo garra, dando conta do quanto se prepararam para a disputa. Quando há planejamento o sucesso acontece. Eu gostaria de ver a biografia dos campeões, saber onde nasceram, em que colégio estudaram, em que clube jogam, eles são exemplos que devem ser seguidos. Aquela meia dúzia da oposição anda tentando envenenar o ambiente, fazendo fofocas nas quais eu sinceramente não acredito. Estão dizendo por aí que o Prefeito pagou para jogadores de fora representarem Ubatuba. Isso seria fugir à verdade e, como é de conhecimento geral, o Prefeito não mente.


Sidney Borges

Sempre há de pintar...

Mistério

"Se quiserem minha cadeira, vão ter que sujar as mãos. Vão ter que dizer ao Brasil e ao mundo por que querem minha cadeira."
O que será que o senador Renan Calheiros quis dizer com esta frase pronunciada hoje, (ontem) em meio a um bate-boca com o líder do PSDB (e seu amigo) senador Arthr Virgílio?
E a pergunta que não quer calar: que segredos cabeludos o senador Renan Calheiros conhece a respeito dos cardeais do Senado, para mantê-los acoelhados como estão, vendo o Senado da República se esfarinhar diante da Nação, afogado no deboche, no desprezo pela opinião pública, a caminho da desmoralização total? Mistério...
Blog - Lucia Hippolito

Frases



Coisas básicas

"Uma mulher só precisa de quatro animais na vida: uma raposa no armário, um tigre na cama, um Jaguar na garagem e um burro para pagar por tudo isso."

Mae West

Das obviedades ululantes...

Piora o controle da corrupção no Brasil

Segundo o relatório Assuntos de Governança, do Bird, elaborado para medir o desempenho governamental de 212 países, o Brasil apresentou o pior controle de corrupção dos últimos dez anos. Em uma escala que vai de 0 a 100, o país, que já alcançou um índice de 59,7% em 2000, caiu para 47,1 em 2006. O índice de corrupção "mede a extensão em que o poder público é usado para ganhos privados, incluindo pequenas e grandes formas de corrupção, assim como o 'seqüestro' do Estado pelas elites e pelos interesses privados”.
Leia mais

Pensata

O político: leão e raposa

"Há dois métodos de luta. Um é pela lei, e o outro pela força. O primeiro é próprio dos homens. O segundo, dos animais. Entretanto, como o primeiro método é muitas vezes insuficiente, deve-se aprender a usar o segundo. Um príncipe, então, sendo obrigado a saber lutar como um animal, deve imitar a raposa e o leão, pois o leão não sabe proteger-se das armadilhas, e a raposa não consegue defender-se dos lobos. O príncipe, portanto, deve ser uma raposa para reconhecer as armadilhas e um leão para assustar os lobos."
Maquiavel, em O Príncipe

Ubatuba em foco

O caos na saúde.

Confesso que nunca vi tamanho descaso, desrespeito e abandono com a saúde pública de nossos cidadãos e isso se deu após a intervenção feita pelo incompetente Prefeito Eduardo César na Santa Casa de Misericórdia. O irresponsável prefeito fez saltar a dívida que era de R$ 8.000.000,00 (oito milhões) no final de 2005 para mais de R$ 20.000.000,00 (vinte milhões).
As unidades de saúde pintadas de azul ágape é uma maquiagem externa bem feita, pois em seu interior o vazio é imenso, onde os funcionários efetivos são perseguidos e falta-se tudo, inclusive medicamentos de uso contínuo.
Mas o responsável por tudo esconde-se na Prefeitura, atrás de uma bela mesa de madeira, cercado de incompetentes assessores, de posse de um aparelho celular de última geração e tendo nas mãos uma caneta Mont Blanc, a qual assina as m... que faz.
Não agüento mais ser perseguido, ou ver profissionais de saúde serem perseguidos por pura maldade, Nas gestões passadas tinham também alguns calos, mas sempre tinha alguém de bom senso com quem você podia contar, mas as pessoas de bom senso sumiram e foram substituídas por parentes e por cabos eleitorais do incompetente prefeito e também de vários políticos que lá estão.
Quer uma lista? Dirija-se discretamente ao setor de Recursos Humanos da Santa Casa e da Prefeitura e veja.
E a hipocrisia que reina neste órgão não acaba; com certeza vocês já escutaram falar que recentemente alguns destes apadrinhados foram fazer curso de administração, tudo isso pago pela Santa Casa!, assim como eu, você está pagando por isso.
Mas tente precisar de uma ambulância de madrugada para você ver; mas com certeza, ninguém do alto escalão poderá ficar sem um veículo para fazer vários trajetos, alias até para ir “trabalhar”. Tente fazer uma ligação telefônica para salvar uma vida; diria que é quase uma missão impossível, mas vá até a Secretaria de Saúde e verá como os chefes (não os servidores) resolvem todos os seus problemas pessoais (locais e interurbanos) sem qualquer burocracia.
Seriedade e vergonha na cara é o que esta administração de Eduardo César precisa. O povo quer dignidade e respeito.

Jairo dos Santos
Vereador - PT

Manchetes do dia

Quarta-feira, 11 / 07 / 2007

Folha de São Paulo
"Ação contra fraude prende 3 executivos da Petrobras"
A Polícia Federal prendeu em cinco Estados 13 suspeitos de participar de um esquema criminoso de fraudes em licitações da Petrobras, envolvendo contratos de pelo menos R$ 200 milhões. Entre os presos pela Operação Águas Profundas, estão três executivos da estatal. Há 26 denunciados ao todo. A investigação viu suspeita de irregularidades em cinco licitações para reparos em plataformas.


O Globo
"PF prende fraudadores de licitações da Petrobras"
A Operação Águas Profundas, deflagrada a partir de investigações da Polícia Federal e do Ministério Público Federal, prendeu 13 pessoas ligadas a um esquema de fraudes em licitações para serviços em plataformas da Petrobras. Entre os acusados estão três funcionários da estatal - que foram afastados -, empresários e outros servidores públicos. Ao todo, 26 pessoas são suspeitas e responderão por crimes de sonegação fiscal, fraude e formação de quadrilha. A PF chegou ainda a Ricardo Secco, que teria ligação com o desvio de recursos repassados pelo governo do Estado do Rio, sem licitação, por convênios para ONGs. Ele foi preso. O Estaleiro Mauá Jurong e as empresas Iesa e Angra Porto também foram investigados. A Petrobras informou em nota que tinha conhecimento da investigação e que, a pedido da Procuradoria do Estado do Rio, não tomou qualquer medida para não prejudicar as investigações.


O Estado de São Paulo
"PF estoura esquema de corrupção na Petrobras"
Após dois anos de investigação, a Polícia Federal desbaratou um esquema de fraudes em licitações para serviços de reparos em plataformas da Petrobras. Até o início da noite de ontem, a Operação Águas Profundas tinha prendido 13 das 18 pessoas procuradas e cumprido cerca de 60 mandados de busca e apreensão. Entre os 26 denunciados estão 9 empresários - 4 deles dos estaleiros Iesa e Mauá -, 5 funcionários da Petrobras em nível de gerência, 2 servidores da Fundação Estadual de Engenharia do Meio Ambiente (Feema) do Rio de Janeiro, um deles ex-presidente, um ex-deputado estadual e um agente da Polícia Federal. Segundo a investigação, o núcleo do esquema é a Angraporto Offshore. Com a corrupção de empregados da Petrobras, a empresa ganhava os serviços de reformas e manutenção em plataformas marítimas, realizadas em Angra dos Reis. A operação descobriu ainda fraudes em contas de ONGs, algumas já envolvidas em denúncias de contribuições suspeitas durante a pré-campanha à Presidência do ex-governador Anthony Garotinho.


Jornal do Brasil
"Pan vira caso de política"
Enquanto a cerimônia de abertura dos Jogos Pan-Americanos recebe os últimos retoques, nos bastidores da política aumenta a disputa pela paternidade do evento, que começou em 2003. Governos federal, estadual e municipal querem tirar proveito do capital político que os Jogos podem proporcionar a apenas um ano das eleições municipais. O Planalto, por exemplo, ignorou o fato de que cidades-sede são as donas da competição e tentou classificá-la de o "Pan do Brasil". Do outro lado da trincheira, o prefeito do Rio, Cesar Maia, esforça-se para assegurar as vantagens de ser o Rio e sua administração os anfitriões da festa.

terça-feira, julho 10, 2007


Mais do nosso homem em Brasília

Casa em Ubatuba
Clodovil responderá por crime contra meio ambiente

O deputado federal Clodovil Hernandes (PTC-SP) vai responder Ação Penal por crime contra o meio ambiente. A decisão é do ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal. O ministro transformou em Ação Penal o inquérito em que o deputado federal é acusado de crime contra o meio ambiente cometido no parque estadual da Serra do Mar, em Ubatuba (SP).
O próximo passo é a realização de interrogatórios e de diligências para apurar a denúncia. O Ministério Público de São Paulo denunciou Clodovil à Justiça paulista. O inquérito chegou ao Supremo em virtude da prerrogativa de foro do deputado federal. Na acusação, consta que Clodovil “suprimiu vegetação em estágio inicial e aterrou o local por meio de terraplanagem”. Na área, ele construiu sua casa. A acusação e a defesa têm cinco dias para se manifestar no processo. AP 439
Fonte: Revista Consultor Jurídico, 10 de julho de 2007

Nosso homem em Brasília

Clodovil tenta acordo antes de ir à Justiça contra TV JB

da Folha Online
A advogada do deputado Clodovil Hernandes (PTC-SP), Maria Hebe Pereira de Queiroz, afirmou que pretende propor um acordo com a TV JB, que
rescindiu contrato com Clodovil.
Clodovil Hernandes sofreu um AVC e está sob licença médica, afirma sua advogada
A emissora alegou que o deputado não aparecia para gravar o programa "Por Excelência". Seu salário na emissora é de R$ 50 mil. O canal alegou que "os prejuízos causados para a emissora foram consideráveis" com a retirada, ainda que temporária, do programa do ar.
"A porta não se fechou, nem de um lado, nem do outro. Há interesse em manter o contrato", afirmou Maria Hebe. Segundo ela, a notificação de rescisão do contrato recebida por Clodovil tem teor "ameno".
A advogada ressalta que Clodovil ainda
se recupera de um AVC (o popular derrame) sofrido há cerca de um mês. Ele tem 69 anos.
Leia mais

Neve

Prenúncios

Está nevando em Buenos Aires, fato que não acontecia desde 1918. Em Ubatuba não neva desde 1321 AC, informação que colhi de um médium da Patagônia que visitou a cidade em 2003. Neve em Buenos Aires é um presságio. Coisas que aconteciam há cem anos vão voltar a acontecer, quem sabe outra revolução soviética. Desta vez na América do Sul. Desconfio que Chávez tenha consultado o tal médium da Patagônia e este o teria encorajado a tomar o poder no mundo. Segundo fontes confiáveis o “füerer bolivariano” pretende construir uma nova estação ferroviária em Caracas. O nome sugestivo: Estação Nova Finlândia. Certo dia, em um porvir glorioso, voltando de folguedos no Caribe, Chávez descerá na Estação Nova Finlândia e gritará “Socialismo ou Morte”. Reprise do que fez Lênin em 1917, se bem que nada se saiba sobre o grito. Teria Lênin gritado? Talvez tenha feito alguma referência à senhora progenitora de Kerensky, mas esses são meros detalhes que escaparam à história. Desta forma o socialismo florescerá na Venezuela e espalhar-se-á, primeiro pelo continente sul-americano e depois pelo mundo. Antevejo o porvir idílico, o chefe supremo será Fidel, sempre exibindo um jornal do dia para mostrar que está vivo. Ao seu lado direito Chávez e do lado esquerdo Evo Morales, cujo país terá então um PIB maior do que o de Osasco. Quem sabe desta vez dará certo. No Brasil teria sido diferente. Imaginem o país inteiro no funcionalismo público. Que maravilha! A vocação para o empreguinho certo sem perigo de demissão e sem compromisso com a produtividade está no sangue que corre nas veias deste povo varonil. Socialismo já. É o mínimo que podemos desejar. Felizmente Nosso guia está a postos a zelar por nós. Providenciando...

Sidney Borges

Brasil

Um código de ética para juízes

Diante das sucessivas denúncias de envolvimento de juízes, desembargadores e até ministros de tribunais superiores em esquemas de venda de sentença, tráfico de influência e favorecimentos, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu criar um código de ética para a magistratura. A proposta foi feita pelo representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no órgão, Paulo Netto Lôbo, e a minuta do texto foi preparada pelos conselheiros Marcus Faver, Cláudio Godoy e Jirair Meguerian, todos pertencentes aos quadros do Judiciário.
Leia mais

Espaço do leitor

“Defendendo meus direitos de deficiente”

Sou deficiente visual desde 1994. Nessa condição, sem a solicitar, fui aposentada, como Diretora de Escola, pela Prefeitura Municipal de Marília.
A partir da perda da visão procurei habilitar-me para superar as limitações físicas impostas pela deficiência e, superando barreiras, ser útil à sociedade e, principalmente, a meus colegas de deficiência visual.
Na condição de professora de deficientes visuais, de 1999 a 2004, trabalhei em ITAJAI, Santa Catarina. Inicialmente contratada pelo Governo do Estado. Posteriormente, nomeada, após prestar concurso. Justamente como esperava ocorresse em Ubatuba.
Em 2005 transferi-me para Ubatuba. De início fiz um projeto para ministrar palestras sobre acessibilidade nas escolas municipais. O projeto foi aprovado pela Secretaria Municipal de Educação e executado com sucesso.
No ano letivo de 2006 prestei serviços como professora autônoma para a Secretaria Municipal de Educação, ministrando aulas a crianças deficientes visuais em classe criada na EM. Pe. José de Anchieta.
Aberto concurso, para selecionar Professores de Ensino Básico - PBI –, fiz a inscrição como deficiente visual, tive a inscrição deferida, prestei o concurso e fui classificada em primeiro lugar entre os deficientes. Não sendo chamada, observando a preferência que a lei que protege os deficientes determina, entrei com mandado de segurança. Foi concedida liminar. A Prefeitura não atendeu a liminar da Justiça. Interposto recurso, a Justiça intimou a Prefeitura a cumprir a liminar em cinco dias e convocar-me para atribuição de sala. Convocada pelo jornal “A CIDADE” de 09-06-07, página 10, a comparecer na Prefeitura Municipal – Gerência de Medicina e Segurança do Trabalho, aos 11-06-07, lá comparecemos pontualmente. Para nossa surpresa não foi marcada nem perícia médica nem dia para atribuição de classe. Fizeram de mim uma bola de tênis de mesa, ninguém resolve nada e me mandam de um lugar para outro. Até o momento não fui nomeada nem marcada data para passar por perícia médica. QUERO QUE TODA A POPULAÇÃO SAIBA QUE ESTOU SENDO DISCRIMINADA E TRATADA COM O MAIOR DESCASO PELAS REPARTIÇÕES MUNICIPAIS.
O desrespeito é de tais proporções que até me ofereceram trabalhar como eventual. Não aceitei por estar classificada em concurso e ter direito a nomeação. Serve como prova de desrespeito. Tenho condições para trabalhar como eventual segundo avaliação da Secretaria Municipal de Educação. Já para ser nomeada não estou capacitada!.
Para garantir meus direitos e vencer a discriminação fiz, na Delegacia de Polícia da Mulher, o Boletim de Ocorrência, N° 781/ DDM/ 2007, de 27-06-07, visando ser entregue à Justiça.
Denuncio também que as crianças portadoras de deficiências visuais não estão recebendo atendimento em Ubatuba. É mais uma discriminação da Secretaria Municipal de Educação.
É mais um direito que está sendo furtado dos sofridos deficientes visuais.


Maria Rosa Delmasso Rodriguez

Manchetes do dia

Terça-feira, 10 / 07 / 2007

Folha de São Paulo
"Conselho de Ética anula relatório do caso Renan"
Foi anulado pelo presidente do Conselho de Ética, senador Leomar Quintanilha (PMDB-TO), o relatório que pedia o arquivamento do processo contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Apresentado pelo então relator do caso, Epitácio Cafeteira (PTB-MA), o parecer não chegou a ser votado pelos senadores. Renan é suspeito de ter despesas pessoais pagas por lobista.


O Globo
"Pan vira pretexto para ameaça de greve do funcionalismo"
A três dias do início do Pan 2007, funcionários públicos estaduais e federais usam a oportunidade para fazer reivindicações e ameaçar até mesmo entrar em greve nos dias dos jogos, se não forem atendidos. Os policiais civis começaram ontem uma paralisação de 48 horas. Nesse período, das delegacias que aderirem ao movimento só registrarão flagrantes. Os policiais rodoviários federais vão usar uma tarja preta no braço e PMs farão manifestação em Copacabana. Em protesto contra a proposta de se retirar do órgão o poder de fiscalizar reservas ambientais, servidores do Ibama em greve bloquearam acessos e penduraram uma faixa no Cristo.


O Estado de São Paulo
"Depois de 2 anos, sai licença para usinas do Rio Madeira"
O Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) concedeu ontem a licença prévia para construção das Hidrelétricas de Jirau e Santo Antonio, no Rio Madeira, em Rondônia, duas das principais obras do Programa de Aceleração do Crescimento. Os investimentos nas usinas deverão ficar entre R$ 20 bilhões e R$ 28 bilhões; a previsão é de que comecem a produzir energia em 2012. O Ibama fez 33 exigências, entre elas medidas para evitar que o cascalho transportado pelo rio fique depositado na barragem, garantias de passagem para peixes e controle de contaminação. A licença foi pedida em maio de 2005 e saiu 39 dias depois do prazo dado pela ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff. Com a greve dos funcionários do órgão, seu presidente interino, Bazileu Margarido, recorreu a técnicos do Ministério do Meio Ambiente e do Banco Mundial. A lista de empresas interessadas em disputar as usinas tem ganhado nomes de peso nas últimas semanas, como CPFL, Cesp, Light, Alcoa e Votorantim.


Jornal do Brasil
"Polícia em greve às vésperas do Pan"
A quatro dias dos Jogos Pan-Americanos, os policiais civis do Rio decidiram por uma greve de 48 horas que pode ser ampliada amanhã, quando a categoria se reunirá em assembléia. Reivindicam uma reposição salarial que proporcionaria um aumento de 50 a 70%. Ontem, os policiais forçaram a entrada de técnicos da vigilância sanitária para uma inspeção no Instituto Médico-Legal, que pediram a imediata interdição do local por falta de condições de trabalho. O sindicato assegurou que, por ser um serviço essencial, 30% do efetivo manterão os serviços básicos. A proximidade da competição tem aumentado o cacife de setores públicos na busca por melhores salários. Os hospitais do Estado fizeram uma paralisação de 24 horas e ameaçam realizar novos protestos, comprometendo o já precário atendimento à população.

segunda-feira, julho 09, 2007


Não basta ser, tem que parecer...

Opinião: Entrando e saindo da História

Wilson Figueiredo, jornalista
É certo que Júlio César não perderia a oportunidade histórica e, portanto, não invocaria em defesa de sua mulher Pompéia a invisível linha de separação entre público e privado em que se embaraçou o senador Renan Calheiros. Dar um boi para não entrar no episódio e uma boiada para não sair foi caminho sem volta. Tantas vezes citada sem as circunstâncias de que se cercava, a decisão de César foi de uma precisão cirúrgica, porém mais citada do que aproveitada.
Diz Plutarco que durante a pretoria de César não ocorreu "perturbação alguma", mas "aconteceu-lhe uma aventura doméstica muito desagradável" que, dois milênios depois, continua a ser um marco entre público e privado. Um jovem patrício romano, "que se destacava por sua riqueza e por sua eloqüência", amava a mulher de César, que "não o via com maus olhos" e era mantida sob severa vigilância da sogra. Disfarçado de tocadora de lira, o imberbe Clódio foi flagrado numa cerimônia religiosa onde estava Pompéia, mas à qual só mulheres podiam comparecer. Foi reconhecido e, "no dia seguinte, toda a cidade estava cheia do escândalo sacrílego". A opinião pública clamou "por uma reparação plena por parte do culpado".
Olha aí o público e o privado, que o presidente do Senado opera em fatias, fazendo das suas. Clódio foi a julgamento e o povão ("devido à extrema paixão dessas acusações") simpatizou com o jovem galante, mas deixou inseguros os juízes. César não separou o particular e o público e, como escreveu Plutarco, "repudiou imediatamente Pompéia", ressalvando, no entanto, "nada saber no tocante aos fatos" imputados ao acusado. Livrou-se dos dois suspeitos numa única frase. Nas ruas indagava-se "por que então repudiava sua mulher?". Deve ter sido por ai que César saiu da crônica mundana para entrar na História ao responder: "Porque é preciso que não haja nem suspeita a respeito de minha mulher". Nem suspeita, quanto mais o resto.

Leia mais

Números



IBOPE: Governo LULA

1. Expectativa para 2007: Muito boa
Dezembro 2006: 43%.
Junho 2007: 19%.

2. Expectativas para os próximos seis meses.
Para 40% a inflação vai aumentar.
Para 48% o Desemprego vai aumentar.

3. Ótimo+Bom de Lula:
Dezembro de 2006: 57%.
Junho de 2007: 50%.

4. Desaprovam o governo Lula.
Dezembro de 2006: 23%.
Junho de 2007: 30%.

5. Não confiam em Lula.
Dezembro de 2006: 28%.
Junho de 2007: 35%.

6. O segundo mandato de Lula vai ser melhor que o primeiro.
Dezembro de 2006: 57%.
Junho de 2007: 37%.

7. Desaprovam o governo Lula em:
Combate a fome: 39%.
Educação e Saúde: 41%.
Segurança Pública: 61%.
Combate a Inflação: 42%.
Taxa de Juros: 51%.
Combate ao desemprego: 51%.
Impostos: 65%.
Meio Ambiente: 42%.

8. Noticiário.
Mais favorável ao governo Lula 18%.
Mais desfavorável: 39%.
 
Free counter and web stats