sábado, maio 12, 2007


Papa

Jornais do mundo vêem firmeza e pessimismo em discurso do papa

da BBC
Uma matéria publicada neste sábado no jornal italiano "La Repubblica" avalia que o papa Bento 16 demonstrou "extraordinário pessimismo" ao se reunir com bispos brasileiros em São Paulo. Em um discurso de "tintas escuras", na definição do jornal, o papa "pintou o mundo mau que agride a fé e atenta contra o celibato sacerdotal".
"Uma sombria tormenta balança a Igreja. Terríveis leis atacam a santidade da família, e as uniões civis a desintegram. Os jornais e a TV fazem graça do casamento e da virgindade", seria o cenário desenhado por Bento 16, no entender do "La Repubblica".
"A culpa é da sociedade moderna e seus quatro cavaleiros do apocalipse: o agnosticismo, o relativismo, o laicismo e o consumismo, destruidores dos valores morais e da tradição bíblica. E há um quinto: os meios de comunicação em massa.
"Segundo o jornal, "o papa falou ao episcopado brasileiro, mas o seu discurso vai mais além. Vale para a América Latina, a Europa, a Itália, onde a hierarquia eclesiástica se empenha em evitar a aprovação de uma lei que trate de casais de fato".
Leia mais

Bento XVI

A carapuça cabe em todos

Do discurso de Bento XVI dirigido aos bispos reunidos na Catedral da Sé, em São Paulo:

* "Ocorre formar nas classes políticas e empresariais um autêntico espírito de veracidade e de honestidade. Quem assume uma liderança na sociedade deve procurar prever as conseqüências sociais, diretas e indiretas, a curto e longo prazo, das próprias decisões, agindo segundo critérios de maximização do bom comum, ao invés de procurar ganâncias pessoais".

* "Deve-se trabalhar incansavelmente para a formação dos políticos, dos brasileiros que têm algum poder decisório, grande ou pequeno e, em geral, de todos os membros da sociedade, de modo que assumam plenamente as próprias responsabilidades e saibam dar um rosto humano e solidário à economia".

* "Não é nenhuma novidade a constatação de que vosso País convive com um déficit histórico de desenvolvimento social, cujos traços extremos são o imenso contingente de brasileiros vivendo em uma situação de indigência e uma desigualdade na distribuição de renda que atinge patamares muito elevados".
Fonte: Blog do Noblat


Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 12 / 05 / 2007
  • Prefeitura entrega unidade do Centro de Educação Infantil à comunidade do Perequê-Mirim
  • Projeto Guri de Ubatuba emociona público em sua primeira apresentação
  • Prefeito assina convênio com Santander Banespa para administração da folha de pagamento
  • ADUBA promove show de prêmios neste domingo
  • Pescadores se reúnem para discutir reurbanização da Ilha
  • Escola Técnica de Ubatuba comemora o dia do Guia de Turismo
  • Agricultores ubatubenses visitam III Feira de Produtos Orgânicos
  • Agentes políticos de 14 cidades participam de evento do Tribunal de Contas, em Ubatuba
  • Prova natatória movimenta fim de semana em Ubatuba
Leia aqui

Manchetes do dia

Sábado, 12 / 05 / 2007

Folha de São Paulo:
"Papa ataca mídia, "seitas" e divórcio"
Nos dois eventos públicos de que participou ontem em São Paulo, o papa Bento 16 criticou a mídia e as igrejas evangélicas (que chamou de 'seitas') que tiram fiéis do catolicismo. Também defendeu os valores morais da igreja, atacando o divórcio.


O Globo:
"Papa condena corrupção e quer padres mais perto dos pobres"
O Papa Bento XVI fez ontem seu discurso mais incisivo desde que chegou ao Brasil. Ao falar para 240 bispos, em São Paulo, cobrou deles maior aproximação com os pobres e criticou a situação social no país, lembrando que há um "contingente de brasileiros vivendo em situação de indigência e uma desigualdade na distribuição de renda que atinge patamares muito elevados". Por isso, afirmou, "o povo pobre das periferias urbanas ou do campo precisa sentir a proximidade da Igreja". Numa referência à corrupção, disse que políticos e empresários precisam ter um "espírito de veracidade e de honestidade". Para Bento XVI, quem exerce liderança na sociedade deve seguir critérios de "maximização do bem comum, ao invés de procurar ganâncias pessoais". O papa demonstrou sua preocupação com a evasão de católicos e atracou o "proselitismo agressivo das seitas". Também alertou os bispos para que evitem desvios no campo da sexualidade dos padres, numa referência aos casos de pedofilia e assédio sexual envolvendo o clero.


O Estado de São Paulo:
"Papa critica ganância política"
Em encontro na Catedral da Sé, em São Paulo, o papa Bento XVI pediu aos bispos brasileiros mais empenho para "formar nas classes políticas e empresariais um autêntico espírito de veracidade e honestidade" que evite a primazia de "ganâncias pessoais". Ele lamentou a desigualdade social do País e a existência de "um imenso contingente de brasileiros vivendo em situação de indigência", afirmando que a Igreja deve ajudar no combate a essa situação. Em discurso que durou 35 minutos, Bento XVI apresentou um receituário rigoroso aos 300 religiosos que lotavam a catedral. Fez um apelo para que as normas litúrgicas sejam seguidas à risca, defendeu o celibato e recomendou dedicação total aos fiéis. Disse que é preciso trabalhar para ficar mais próximo dos pobres que vivem nas periferias urbanas e se dedicar mais à evangelização para combater "o proselitismo agressivo das seitas" ao qual estão vulneráveis as pessoas que "possuem uma fé fragilizada". O papa não evitou abordar temas delicados e recomendou cuidado na seleção e formação dos padres: "Um bom e assíduo acompanhamento espiritual evita desvios no campo da sexualidade".


Jornal do Brasil:
"Papa sai para o ataque"
Frente a uma platéia de 400 bispos na Catedral da Sé em São Paulo, o papa Bento XVI fez o mais duro discurso desde a chegada ao Brasil. Criticou seitas cristãs, condenou o divórcio, a ganância de empresários e políticos além dos desvios sexuais na Igreja. Pediu que os religiosos saiam em busca de novos fiéis e recuperem quem se afastou. Depois de mencionar a aguda desigualdade na distribuição de renda no Brasil, orientou os bispos para que influenciem a formação dos políticos. O papa voltou a atacar o aborto e a união fora do casamento. Na cerimônia de canonização de Frei Galvão, diante de 1 milhão de fiéis, Bento XVI censurou a mídia por menosprezar o casamento e a virgindade.

sexta-feira, maio 11, 2007


Revisitando 2004

Reflexões de um exilado no Litoral Norte, a Terra Prometida (e não cumprida)

Renato Nunes/Ubatuba
Anarquismo
Em 21 de abril de 1993 o Brasil cometeu um grande engano quando promoveu nacionalmente um plebiscito para definir a forma de governo de nosso país. Presidencialismo, parlamentarismo ou monarquia foram as opções que o Congresso pôs à disposição dos brasileiros. Como sempre, os políticos taparam o sol com a peneira. Intencional e descaradamente omitiram aquela que já é tradicional e aceita por todos os setores de nossa sociedade, sejam os integrantes do Poder Executivo, sejam aqueles do Legislativo e mesmo do Poder Judiciário, sem falar no cidadão comum de todas as raças, profissões ou afazeres, que é a opção pelo anarquismo.
Essa forma de governo, embora existente na prática não é assumida oficialmente, pois se assim o fosse acabaria com muitas mamatas e privilégios que só se mantém porque, supostamente, deveriam todos, igualmente, obedecer as leis e cumprir cegamente as decisões da Justiça. Entretanto, sabemos todos que obedecer leis e cumprir decisões da Justiça é uma simples questão de poder pessoal, obviamente vitaminado pelo dinheiro posto à disposição dos responsáveis pelo cumprimento da lei. Em síntese, vivemos com o Estado em cima de nós, só que o Estado não existe materialmente, é um ente abstrato que se manifesta através de pessoas ou organizações, por sua vez, dirigidas também por pessoas.
Essa história de cidadania e direitos do cidadão, na atual estrutura do país é conversa mole pra boi dormir. Quem representa o Estado está por cima e aproveita. Quem não o representa está por baixo e é aproveitado.
De acordo com o dicionário Aurélio, Anarquia é “a estrutura social que não exerce qualquer forma de coação sobre o indivíduo”, e para o mestre Houaiss é “sistema político baseado na negação do princípio da autoridade”, e ainda, “teoria política e social segundo a qual o indivíduo deveria desenvolver-se livremente, emancipado de toda tutela governamental”, e mais, “ anarquismo é o movimento político que sustenta a idéia de que a sociedade existe de forma independente e antagônica ao poder exercido pelo Estado, sendo este considerado dispensável e até mesmo nocivo ao estabelecimento de uma autêntica comunidade humana”.
Tirem o Estado de cima de nós!!!
Se fosse oficialmente adotado o anarquismo como forma de deixar o país andar, os mandantes perderiam seus privilégios uma vez que todos seriamos efetivamente iguais, cuidaríamos de nossos interesses junto às comunidades onde vivemos procurando apenas manter certos princípios que promoveriam o equilíbrio geral e o bem estar coletivo.
Como sugestão para que isso ocorra, proponho que se acabem com os impostos federais, Imposto de Renda e os impostos estaduais. Restarão apenas, reformulados e racionalizados, alguns impostos municipais incidentes sobre todas as atividades exercidas no município. No final de cada exercício os municípios recolherão 10% de sua receita, o dízimo bíblico, para a constituição de um Fundão Nacional para enfrentar as despesas de sustentação de uma pequena e necessária estrutura de coordenação entre os municípios e para assegurar os entendimentos internacionais.
Essa pequena estrutura, no plano interno cuidaria apenas dos quatro aspectos mais sensíveis da nação, ou seja, as vias de transporte, o meio ambiente, a moeda e a seleção brasileira de futebol.
No caso da moeda serão emitidos simples cupons lastreados no dízimo arrecadado, com validade de troca em todo território nacional. O restante do meio circulante será composto por moeda emitida por cada Estado, lastreada no conjunto de recursos produzidos por seus municípios. O nome dessa moeda indicará sua procedência. Assim, com o tempo o mercado estabelecerá as cotações relativas entre elas para o devido processo de trocas entre a população brasileira.
Saberemos então se os “paulistas” poderão ser trocados ao par com os “mineiros”, “catarinenses”, “gaúchos”, ou quantos “piauís” seriam necessários para trocar por um “carioca”, por exemplo.
Como subproduto desse sistema veríamos que a desagradável e desagregadora questão entre o sul rico e o nordeste miserável se deslocaria do plano pessoal e político, evitando assim uma guerra civil e o acirramento de ânimos, passando a concentrar-se na Moeda que seria então a indicadora da capacidade real de cada região.
Chega de sangria compulsória, e que cada cidade fique com o produto de seu suor para apreciar melhor sua cerveja. .
Caindo os impostos federais e os estaduais cairiam também os fiscais achacadores, as autarquias, as estatais criadas no tempo da ditadura e tudo que constitui o buraco negro que absorve as energias da nação.
Desde o tempo do Fernandinho Colorido que enganou trina e cinco milhões de distraídos dizendo que dispunha de um tiro só para acabar com a inflação, até hoje quando por outros meios ela foi domada, atira-se em alvo errado. Precisamos matar o Leão Fiscal que assusta, achaca e se alimenta cada vez mais da carne dos justos, aliás, criação delfinsimonseana dos tempos do Golbery, que o justificava afirmando que era melhor concentrar aquilo que diziam depois distribuir. Sobrou dívida externa para todos. Matar o Leão Fiscal chama-se Mercado Interno, 130 milhões de consumidores para produtor nenhum botar defeito.
Foi facilitando a iniciativa pessoal e a criatividade latente no ser humano que países como Estados Unidos anos vinte, ou Alemanha/Japão pós guerra, saíram do desastre para a posição em que estão.
Com a oficialização da Anarquia ficará claro que o que queremos é trabalhar.
Fora com o Leão Fiscal e a ingerência do Estado.
Se queremos que UBATUBA VIVA, que Viva a Rebeldia !

Petróleo e Gás, chame a Petrobras

Brasil e Bolivia fecham acordo por US$ 112 milhões

De O Globo online:
"O governo brasileiro fechou acordo com a Bolívia para finalmente vender as duas refinarias que a Petrobras tem na Bolívia por US$ 112 milhões. O anúncio foi feito na noite desta quinta-feira pelo ministro das Minas e Energia, Silas Rondeau. Foram dez dias de negociações que envolveram ameaças de convocação de um tribunal arbitral para dar um ponto final no impasse e até a intervenção do presidente Lula, na noite de quarta-feira, dizendo que a estatal brasileira fechasse o acordo.
Rondeau afirmou que a Petrobras estará à disposição para o que a Bolívia precisar em matéria de apoio operacional. O ministro ressaltou ainda que 95% dos funcionários das duas refinarias já são bolivianos.
Com o resultado das negociações, a Petrobras perde US$ 68 milhões, já que investiu US$ 102 milhões na compra das duas refinarias em 1999 e ainda gastou mais US$ 78 milhões nas unidades."

Leia mais

Festança

6ª Festa da Paróquia Nossa Senhora de Fátima - Ipiranguinha 2007

A Paróquia Nossa Senhora de Fátima, do bairro do Ipiranguinha, em Ubatuba, estará realizando nos dias 11, 12 e 13, 18, 19 e 20 a sua 6ª Festa, com eventos religiosos, barracas típicas e shows musicais. Dia 11 Banda Impacto do Forró, dia 12 Criativa Banda Show, dia 13 Marv 80, dia 18 Banda Filhos D´Jah, dia 19 Banda Os blecautes e dia 20 um super BINGÃO que vai ofertar uma moto 0 km.
A organização da festa espera contar com a participação de todos, convida os moradores do bairro e dos bairros vizinhos e também a todos os moradores da cidade para que possam apreciar as atrações da festa e participar do Bingão, que além da moto 0 km terá várias rodadas extras.

Adilson Lopes
prof.adilsonlopes@hotmail.com

Zona Azul

Câmara adia projeto de lei que implanta a Zona Azul no município de Ubatuba

A Câmara Municipal de Ubatuba adiou por duas sessões o Projeto de Lei nº 29/07, do Executivo, que visa a implantação do sistema de estacionamento rotativo- Zona Azul no município de Ubatuba.O adiamento foi decidido na reunião realizada nesta ultima terça-feira, dia 8, antes da Sessão de Câmara, onde estiveram presentes representantes do Executivo, Legislativo e Sociedade Civil.
O pedido de adiamento partiu do presidente da Associação Comercial, Ahmad Khalil Barakat que alegou ser necessário adiar a votação para que pudesse convocar a população e juntos buscarem uma Lei que atenda ao interesse de todos.
A diretoria da Associação Comercial e a Câmara Municipal de Ubatuba estão convidando a população para a uma reunião sobre o tema, que será realizada no dia 14 de maio, segunda-feira, às 20h00, na nova sede da Associação Comercial, à Rua Esteves da Silva, 51 – Centro.
O presidente da ACIU frisa a importância da participação dos comerciantes na reunião. “A presença dos empresários é de extrema importância, pois a pedido da ACIU, a Casa de Leis adiou por duas sessões o projeto, para que assim, nossa entidade possa oferecer aos diversos setores do comércio local a oportunidade de debater, expondo suas sugestões e opiniões buscando criar uma lei que venha atender aos interesses de todos”, diz Ahmad.

Fonte: ACIU

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 11 / 05 / 2007
  • Prefeitura prepara grande mutirão “Ubatuba Livre da Dengue”
  • Prefeitura realiza mudanças no trânsito
  • Festa marcará reinauguração da Praça Treze de Maio
Leia mais

Manchetes do dia

Sexta-feira, 11 / 05 / 2007

Folha de São Paulo:
"Papa pede a Lula vantagens para a Igreja Católica no país"
O papa Bento 16 pressionou o presidente Lula a assinar um acordo diplomático de "interesses comuns" até o fim de seu pontificado. O acordo daria vantagens à Igreja Católica no país. Pela proposta do Vaticano, o governo reconheceria, por exemplo, que não há vínculo empregatício entre padre e igreja. Outra reivindicação é a obrigatoriedade do ensino religioso na rede pública de ensino do país.


O Globo:
"Brasil rejeita pressão do Papa por ensino religioso"
O Papa Bento XVI pediu ontem ao presidente Lula empenho para aprovar acordo em negociação entre o Vaticano e o Itamaraty que inclui a obrigatoriedade do ensino religioso nas escolas públicas brasileiras. Lula reafirmou seu compromisso com a preservação do Estado laico, dadas as peculiaridades religiosas do país. O governo brasileiro já rejeitou o ponto do acordo que trata do ensino religioso, argumentando que a elaboração da política educacional é direito soberano do Estado. A contraproposta do Brasil foi enviada dia 30 de março. O acordo trata também de questões tributárias. Na visita ao Palácio dos Bandeirantes, Bento XVI perdeu a timidez: abençoou os netos do presidente Lula e do governador José Serra, posou para fotos e distribuiu presentes. Segundo seu porta-voz, o Papa gostou da presença de dona Marisa ao lado de Lula, interpretando-a como sinal de apreço à família. Ao longo do dia, fez seis aparições inesperadas na sacada do Mosteiro de São Bento, onde fiéis se aglomeravam à sua espera.


O Estado de São Paulo:
"Papa prega a castidade e quer jovens como pastores"
Em pronunciamento para 35 mil jovens reunidos no Estádio do Pacaembu, o papa Bento XVI defendeu a castidade antes do casamento, condenou a infidelidade no matrimônio e pediu empenho na tarefa de evangelização. "Sois jovens da Igreja. Sede os apóstolos dos jovens", exortou. O eixo principal do discurso, ouvido com entusiasmo pela platéia, foi o convite ao cumprimento rigoroso dos preceitos mais tradicionais da Igreja, numa reafirmação de que ela não precisa de quem apenas se declara católico, mas sim de católicos capazes de seguir o exemplo de Cristo. O papa abordou os desafios que os jovens enfrentam no mundo moderno, marcado pelo "enorme déficit de esperança", o "medo de morrer" e o "medo de sobrar". E declarou que o caminho a seguir era o da Igreja: "Não se trata apenas de uma questão sobre o que acontecerá após a morte. Há um compromisso com o presente, aqui e agora". Antes do encontro com jovens, Bento XVI recebeu líderes de outras religiões no Brasil, entre eles o rabino Henry Sobel, com quem trocou bênçãos. Havia ainda representantes de luteranos, anglicanos, presbiterianos, cristãos reformados e muçulmanos.


Jornal do Brasil:
"Lula não atende pedidos do papa"
Em encontro reservado com o papa Bento XVI, o presidente Lula negou-se a assinar um acordo proposto pelo Vaticano que prevê isenções fiscais para as igrejas católicas, autorização plena para missionários entrarem em reservas indígenas e a obrigatoriedade de ensino religioso nas escolas do país. Lula deixou claro que pretende manter a separação entre Estado e Igreja. Ao falar para os jovens, à noite, o papa pediu castidade "dentro e fora do casamento" e chamou os católicos à defesa da Amazônia contra a devastação ambiental.

quinta-feira, maio 10, 2007

Sponholz


Do site Cláudio Humberto

Nosso homem em Brasília

Clodovil revela o que disse para Cida Diogo

Agora o deputado Clodovil Hernandez (PTC-SP) confirma o que disse à deputada Cida Diogo (PT-RJ).
Os dois conversavam sobre uma declaração do deputado a respeitos das mulheres.
Disse na ocasião que as mulheres se tornaram ordinárias e que trabalhavam deitadas e descansavam em pé. Cida Diogo já havia criticado a declaração e voltou a reclamar com Clodovil hoje.
Daí veio o bate-boca agora relatado por Clodovil:
- Eu disse para ela: esse assunto não diz respeito à senhora. Digamos que uma moça bonita se ofendesse, porque ela pode se prostituir. Não é o seu caso. A senhora é muito feia.
E completou:
- Eu tenho culpa por ela ser feia, gente?


Processo

O deputado Clodovil Hernandez (PTC-SP) vai responder a processo por quebra de decoro por ter ofendido em plenário a deputada Cida Diogo (PT-RJ).
A deputada chegou aos prantos à Mesa Diretora da Câmara, interrompendo a sessão, para relatar o fato ao deputado Inocêncio Oliveira (PR-PE), que presidia a sessão.
Inocêncio aceitou de pronto um pedido de processo por quebra de decoro contra o parlamentar. (Do Blog do Noblat)

Opinião

“Situação horripilante”

Corsino Aliste Mezquita
Com um misto de solidariedade humana, procura da verdade dos fatos bebendo na fonte e curiosidade, assisti, dia 08-05-07, como cidadão, à reunião promovida por demitidos, da Santa Casa de Misericórdia do Senhor dos Passos de Ubatuba e, à posterior sessão da Câmara Municipal, na qual, a Dra. Luciana Mitiu Satie (nissei de fibra, idéias claras e longamente aplaudida) ocupou a Tribuna Livre para apresentar a problemática vivida na Santa Casa e, particularmente, pelos funcionários demitidos. A situação apresentada é horripilante, horrorosa, cruel, injusta e indigna de administração pública que jurou respeitar a lei.
Já estava estupefato após ter lido o libelo aloprado, desrespeitoso e insensato publicado pelo Sr. Álvaro de Mesquita Spinola sob o título: “Um tratamento de choque para salvar a Santa Casa” e artigos complementares assinados por asseclas. Todos indignos de quem tenha a mais leve noção de administração pública, educação cívica, respeito humano e sensibilidade social.
Não se salva nada, coisa alguma ou ninguém (em hipótese alguma um hospital) praticando injustiças, demitindo sem justa causa, denegrindo (sem provas) pessoas competentes, atirando diatribes pavorosas, estarrecedoras e indiscriminadamente contra médicos(as), enfermeiros(as), funcionários(as) e a sociedade de Ubatuba em geral. O bom administrador age dentro das prescrições legais, respeita os direitos dos cidadãos, as pessoas, os costumes, as tradições, a história, a convivência social e os princípios humanitários da sociedade em que vive.
Administrações draconianas, perseguidoras, individualistas, injustas só geram conflitos e novos problemas, quando ocorrem em sociedade democrática. A prova está sendo vivenciada na Santa Casa. O novo “administrador-gestor” confirma a frase de Rogério Leme: “Importaram a incompetência para avaliar a competência”.
Ouvindo os relatos dos demitidos e observando as reações de seus rostos amargurados, traumatizados pela injustiça, a impotência contra o arbítrio, o descaso da administração do “NUNCA ANTES” (neste caso justificando o mantra) fiquei horrorizado com o espantoso tratamento dado, pela administração pública, àqueles cidadãos(as). A crueldade relatada nunca podia imaginar viesse acontecer na administração pública de Ubatuba.
Lá estava, acompanhada por seu marido, uma jovem, grávida de sete meses. Ver a angustia do casal e a falta de horizontes, para receber o filho com conforto e dignidade, comoveu-me. Lamentando-se confidenciou: “Estou no sétimo mês e não tenho nada pronto para receber o nenê. Não temos dinheiro para nada. Nem o salário do último mês nos foi pago. Nossa vida está difícil”. Não tive reação. Emudeci. Nó fechou minha garganta. Pensei nas possíveis conseqüências daquele trauma para mãe e filho. Leitor amigo. Esse tratamento está sendo dado a uma senhora grávida, na semana que celebramos o “DIA DAS MÃES”. A maternidade é amparada por toda a legislação nacional. Mulher grávida não pode ser demitida. Seria pedir muito, ao Sr. Prefeito, que a readmitisse já ou pagasse todos seus direitos para que possa alumbrar seu filho com paz, conforto e justiça?.... Não é uma administração draconiana a que temos em Ubatuba?. Não perdeu a Santa Casa o título de “SANTA” e de “MISERICÓRDIA”?. Pode uma sociedade, ciente de seus direitos e da obrigação do poder público estar a serviço da comunidade, suportar calada essas crueldades?
Perscrutei aqueles rostos aflitos e tive a impressão que todos indagavam o que alguns formulavam verbalmente:
Onde estão os princípios de justiça, os juramentos de respeitar a lei e os sentimentos de humanidade do Sr. Eduardo de Souza César, Prefeito Municipal?.
Como pode permitir que, cidadãos recém chegados e aqui de passagem, arbitrários, incompetentes, sem sentimentos humanitários, cometam injustiças, ilegalidades e até supostos crimes, sem tomar providências?.
Não terá consciência que a responsabilidade é toda dele, Prefeito?.
Não saberá que reter o INSS, descontado do salário dos funcionários, e não o repassar ao Instituto, é crime de retenção indébita?.
Não terá ciência de que o FGTS é direito do trabalhador e dever do empregador deposita-lo todos os meses na conta do primeiro?.
Não estará informado que ao não respeitar os direitos rescisórios, a que todo trabalhador tem direito após dez dias demitido, e não podendo retirar o FGTS, porque não depositado, os servidores não podem requerer o “Seguro Desemprego” para continuar vivendo até encontrar novo emprego?.
Essas atitudes draconianas do “administrador-gestor” da Santa Casa e a passividade do Sr. Prefeito gerou, para os funcionários demitidos, um inferno dantesco, rol de injustiças, clima de insatisfação e revolta. Para todos que tomam conhecimento da situação a sensação de que, em Ubatuba, impera a truculência e o desrespeito à lei, justamente por aqueles que juraram cumpri-la.
A situação é horrorosa, horripilante, cruel, injusta, indigna de um prefeito. “O POVO QUER SABER” o que o Prefeito vai fazer.

ACIU em movimento

Convite

A Diretoria da Associação Comercial e a Câmara Municipal de Ubatuba têm o prazer de convidá-lo a participar da reunião sobre a “Implantação do Sistema Rotativo (Zona Azul), que será realizada no dia 14 de maio de 2007, segunda-feira, às 20h00, na Sede da Associação Comercial, à Rua Esteves da Silva, 51 – Centro.
Sua presença é de extrema importância, pois a pedido da ACIU, a Casa de Leis adiou por duas sessões o projeto, para que assim, nossa entidade possa oferecer aos diversos setores do comércio local a oportunidade de debater expondo suas sugestões e opiniões buscando criar uma lei que venha atender aos interesses de todos.


Cristiane G. Zarpelão
Assessora de Comunicação da ACIU

3832 1449 / 9185 3197

Nota do editor - A talentosa jornalista Cristiane Zarpelão, que estava na Espanha, retornou ao Brasil e assumiu a Assessoria de Comunicação da ACIU. Auguri. (Sidney Borges)

Notícias da Prefeitura

Abertura de torneio de futebol infantil é transferida para o dia 19

A coordenação do departamento de futebol da Secretaria de Esportes e Lazer de Ubatuba informa que a rodada de abertura do Campeonato da Escolinha Municipal de Futebol Rubens Salles, categoria Fraldinha 2007, que seria realizada no dia 12, foi transferida para o dia 19 de maio.
As partidas marcadas (Tio Sam X Marconi, Irmãos Ribeiro X Ismael Comida Caseira, Restaurante Baleia Branca X Varejão Santa Rita, Jija Locadora X Smidi Calçados, Rossi Calçados X Mercado 24 horas) continuam mantidas, assim como a cerimônia de abertura, que acontecerá a partir das 8 horas no campo da Marconi. PMU

Manchetes do dia

Quinta-feira, 10 / 05 / 2007

Folha de São Paulo:
"Papa apóia excomunhão dos políticos pró-aborto"
O papa Bento 16 declarou que apóia a excomunhão dos políticos que defendem o aborto. No avião que o trouxe ao Brasil, ele disse que excomunhões 'não são uma coisa arbitrária, estão previstas no Código [de Direito Canônico]', ao comentar a ameaça de punição a deputados mexicanos que defendem o aborto.


O Globo:
"Papa apóia excomunhão de políticos pró-aborto"
O Papa Bento XVI disse ontem, a bordo do avião que o trouxe ao Brasil, que apóia os bispos mexicanos que pedem a excomunhão de políticos que votaram a favor da legalização do aborto na Cidade do México. Segundo ele, a excomunhão não é arbitrária e está prevista no direito canônico. Ao desembarcar, discursando em português, o Papa voltou a criticar o aborto e a eutanásia. O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, disse que faltam mulheres no debate sobre o aborto no país. Quando lhe perguntaram se temia a excomunhão, Temporão, que é católico, disse que a fé não pode ser excomungada. Em seu primeiro dia em São Paulo, o Papa foi recebido no aeroporto pelo presidente Lula. Deslocou-se de helicóptero e de papamóvel até chegar ao Mosteiro de São Bento, no Centro, onde era esperado, sob chuva e frio, por cerca de 5 mil pessoas, segundo cálculo da PM.


O Estado de São Paulo:
"Bento XVI condena aborto e faz defesa da família tradicional"
O papa Bento XVI desembarcou em São Paulo e, logo no primeiro pronunciamento, condenou o aborto e a eutanásia e defendeu a família tradicional. Ao responder ao discurso de boas-vindas feito pelo presidente Lula no Aeroporto de Cumbica, Bento XVI disse que a conferência de bispos latino-americanos marcada para começar no domingo, em Aparecida, servirá para "promover o respeito pela vida, desde sua concepção até seu natural declínio". Antes disso, em entrevista concedida a bordo do avião que o trouxe da Itália, tinha defendido a decisão dos bispos mexicanos de excomungar deputados que votaram a favor da legalização do aborto, relata Jamil Chade. Na saudação ao papa, Lula evitou abordar o tema, preferindo falar na importância da família: "Esteja seguro, santo padre, de que compartilhamos a justa preocupação de resgatar e fortalecer a vida familiar". De Cumbica, o papa foi de helicóptero até o Campo de Marte, onde recebeu a chave da cidade. De lá, seguiu a bordo do papamóvel até o Mosteiro de São Bento, onde uma multidão de fiéis o aguardava.


Jornal do Brasil:
"Papa pede respeito à vida"

Em seu primeiro discurso no Brasil, o papa Bento XVI criticou o aborto e a pesquisa com embriões. Em São Paulo, afirmou que será reforçada, durante a Conferência Geral do Episcopado, a identidade católica "ao promover o respeito pela vida, desde a sua concepção até o seu natural declínio, como exigência própria da natureza humana". Já o presidente Lula preferiu ressaltar a importância do que chamou de "apoio firme e entusiasmado do Vaticano à ação global contra a fome e a pobreza". A polêmica sobre a legalização do aborto não diminuiu com a chegada do papa. O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, disse que o Brasil é um país machista e que o aborto não é uma discussão filosófica ou religiosa, mas um caso de saúde pública.

quarta-feira, maio 09, 2007


ACIU em movimento

Nosso sonho real!

Ahmad Khalil Barakat
Presidente da ACIU


VITÓRIA! Essa palavra resume bem nossa gestão 2005/2007. Vitória não apenas desta diretoria, mas de todas as outras que já passaram por nossa entidade e de todos nossos associados.
Na gestão passada nós conseguimos realizar um objetivo que era nosso verdadeiro sonho - a compra do terreno e a construção da nossa sede própria.
Foi uma grande conquista, junto com as várias ações que realizamos neste biênio que passou. Além do crescimento da oferta de produtos e serviços oferecidos pela ACIU, realizamos cursos, capacitações, palestras e ações promocionais que divulgaram Ubatuba na mídia regional com as campanhas de época.
VONTADE! Essa palavra resume bem a nossa atual gestão.
Muito obrigado por acreditarem e nos darem mais uma oportunidade de continuar trabalhando.
Lutaremos por um comércio forte, capacitado, gerador de renda, emprego e capaz de melhorar nossa qualidade de vida. Este é nosso próximo objetivo e sonho. Por isso contamos com nossos associados e a população de Ubatuba para podermos continuar nosso trabalho com sucesso.

Ainda a polêmica

Esclarecimento rejeitado...

Ao Sr. Marcos L. G. :)

Fico satisfeita por tê-lo divertido um pouco, embora tenha deixado-o um tanto triste, sorry... mas em recíproca a sua aula voluntária, peço que POR FAVORRRR, NÃO ESQUEÇA DE COLOCAR O ACENTO AGUDO NA LETRA "I" DO MEU NOME. :), qualquer samambaia sabe que ele tem que estar lá.
Quanto aos seus questionamentos, esclareço que: devem ser direcionados ao CRM e não a mim. :)
Referente a aula gratuita sobre direito trabalhista do nobre Ac.tributária, thank you, dispenso mas agradeço pelas letras em caps lock, o que facilitou minha leitura, pois estava sem óculos.:)
No mais... boa Rave.:)
Aos que não estão para festa, informo que conseguimos ser ouvidos na Câmara, conseguimos respeito, apoio e participação dos vereadores que não se indignaram com nosso humilde vocabulário e formaram uma comissão para reinvindicar e buscar soluções para nossos problemas.

Srta. Janaína (com agudo no i).:)

Ubatuba

Prezados Senhores:

Como até esta data, não merecemos sequer uma resposta para nossa correspondência, estamos tornando-a pública para que talvez isto ocorra ou na pior das hipóteses todos conheçam como andam os serviços desta administração.

Ubatuba, 30 de novembro de 2006.

À Prefeitura Municipal de Ubatuba
Administração Regional Sul
Atenção Sr. Moralino Valim Coelho.


Prezado Administrador:

Recebemos o convite para participarmos da apresentação de posse da nova Administração, porém, sabendo das dificuldades porque passa esta Regional, portanto não acreditando na possibilidade de que algo poderia ser realizado, como: Conservação Básica das Ruas, Desobstrução dos acessos às praias, Limpeza, etc, não comparecemos.
Entretanto, recebemos correspondência desta Administração onde informa uma programação de Serviços e assim sendo, passamos a acreditar que alguma coisa poderá ser feita doravante.
Como não constam serviços para nosso Bairro, “BALNEÁRIO SANTA CRUZ”, e como nossas ruas estão em estado de calamidade pública, vimos pela presente convidá-lo a nos conhecer.
Acreditamos que não fomos contemplados por serviços nesta programação, pelo fato de não sermos conhecidos por V.S., uma vez que não temos sequer uma Placa na Rodovia indicando nossa existência.
Apenas para informá-lo, este Balneário começa na Rua 8, perto da Hidrel, indo até a Rua 23, esquina do Supermercado Ubá Oba, de ambos os lados da Rodovia.
Temos 9 condomínios verticais que perfazem um total de 928 apartamentos e mais de 500 casas que recolhem anualmente cerca de R$ 1.000.000,00 aos cofres deste Município, apenas de IPTU.
Fica, portanto o convite para agendarmos uma visita, onde poderemos apresentar as nossas necessidades.

Atenciosamente,

Sociedade Amigos do Balneário Santa Cruz
Rua 28 nº 305


Luciano Santos
Presidente
3843 2202 – Fernando Pedreira
3843 2137 – José Maria Patrício
3843 1085 – Maria Cecília Pedroso
3843 1551 – José Villafranca

Polêmica

ESCLARECIMENTOS A SRA. JANAINA

A Sra. Janaina além de possuir um português que poderia ser qualificado como no mínimo muito engraçado, se não fosse triste, também conseguiu demonstrar sua total falta de capacidade em interpretação de texto. É possível que as letras pequenas e a falta de figuras ou desenhos a tenham confundido.
ESCLARECIMENTOS EM LETRAS GRANDES PARA FACILITAR A LEITURA DA SRA. JANAINA:
EM NENHUM MOMENTO DESQUALIFIQUEI A ÁREA DE ATUAÇÃO DO CRM. PROVA INEQUÍVOCA DESSE ARGUMENTO É QUE UTILIZEI-ME DA PRÓPRIA LEGISLAÇÃO DO CRM PARA PARABENIZAR A ATUAÇÃO DO SR. ÁLVARO.
PERGUNTAS:
POR QUE O CRM NÃO IMPETROU NENHUMA MEDIDA CAUTELAR PARA A RECONTRATAÇÃO DOS DEMITIDOS?
POR QUE A LIMINAR QUE CASSOU A DIRETORA CLÍNICA NÃO FOI REVOGADA?
PRÓXIMA AULA
DIREITO TRABALHISTA DEVE SER PLEITEADO NA JUSTIÇA TRABALHISTA E NÃO NA CÂMARA MUNICIPAL OU CRM!
Por fim cabe ressaltar que o simples fato de a Sra. Janaina não estar presente à festa significa que eu estou na festa certa!


Marcos Leopoldo Guerra
Ac.tributaria@uol.com.br

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 09 / 05 / 2007
  • Prefeitura entrega revitalização da Praça 13 de Maio
  • Centenas de nadadores disputam a Travessia Cidade de Ubatuba neste domingo
Leia aqui

Manchetes do dia

Quarta-feira, 09 / 05 / 2007

Folha de São Paulo:
"Governo e igreja polemizam sobre aborto"
Um dia antes da chegada do papa Bento 16 ao Brasil, o presidente Lula reafirmou que o aborto é questão de saúde pública, e os ministros José Gomes Temporão (Saúde) e Nilcéia Freire (Mulheres) criticaram a Igreja Católica e grupos religiosos por tentativa de 'censurar' debate sobre o tema. 'Ninguém é a favor do aborto. A pergunta é: A mulher deve ser presa? Deve morrer?', disse Lula.


O Globo:
"Aborto opõe governo e Igreja na chegada do Papa ao país"
A polêmica sobre a legalização do aborto ganhou fôlego na véspera da chegada do papa Bento XVI, com troca de declarações contundentes entre o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, e bispos da Igreja Católica. O ministro disse que o tema é delicado, porém vem sendo tratado pelos bispos de forma agressiva, "bastante distante do que Jesus ensinou". O bispo de Blumenau, Dom Angélico Sândalo Bernardino, recomendou, seja "ministro da saúde e não da morte". O presidente Lula voltou a dizer que pessoalmente é contra o aborto, mas que se trata de uma questão de saúde pública.


O Estado de São Paulo:
"Vaticano apela à democracia na América Latina"
O papa Bento XVI desembarca na tarde de hoje em São Paulo para uma visita de cinco dias, em sua primeira passagem pela América Latina em dois anos de pontificado. Na véspera da chegada do papa, a Santa Sé emitiu sinais de preocupação com os rumos políticos da região. Sem citar casos específicos, o secretário de Estado do Vaticano, cardeal Tarcisio Bertone, disse que os núncios apostólicos estão aflitos com a falta de democracia em alguns países latino-americanos. Em entrevista à revista italiana 30 Giorni, Bertone apontou entre os problemas da região "a violência que atinge as grandes cidades, o narcotráfico cada vez mais agressivo e potente, a desigualdade social que não dá sinais de se resolver, o desemprego, a deterioração da educação, o déficit de democracia representativa e o avanço das seitas". Já o presidente do Pontifício Conselho para a Família da Santa Sé, cardeal Alfonso Lopez Trujillo, tido como um dos auxiliares mais próximos a Bento XVI, disse ao Estado que as políticas sociais dos países latino-americanos são insuficientes. "É preciso que se faça muito mais para colocar as famílias pobres e as crianças em primeiro lugar", afirmou.


Jornal do Brasil:

"Tráfico paga até R$ 40 mil para tirar presos da cadeia"
A facção criminosa Comando Vermelho gastou R$ 135.580 para executar o ataque que parou o Rio de Janeiro em 28 de dezembro. A informação está nas oito folhas da contabilidade da quadrilha apreendida pela polícia, ontem, na Vila Cruzeiro. O dinheiro foi retirado de um fundo que recolhe, mensalmente, de R$ 11 mil a R$ 18 mil mensais em cada uma das 52 favelas dominadas pela organização. O livro-caixa do CV informa, por exemplo, que o traficante Roberto da Fazendinha foi libertado do Presídio Vicente Piragibe em troca de uma propina de R$ 40 mil. Mais R$ 3.500 garantiram a volta às ruas de outro traficante ligado ao grupo criminoso.

terça-feira, maio 08, 2007


Fiquissãoçientífica

Teoria da Relatividade

Um dos filmes que mais causaram impacto em minha vida foi "Em algum lugar no passado", com Christopher Reeve, uma história de amor lindíssima, em que um escritor apaixona-se pela foto de uma atriz dos anos vinte. Uma paixão tão avassaladora que ele acha uma forma de voltar ao passado para encontrar a moça e viver uma história de amor emocionante. O filme é lindo, a trilha sonora é fabulosa e o tema, instigante: viajar no tempo.
Quando Albert Einstein anunciou a sua Teoria da Relatividade, em 1905, viajar no tempo - pelo menos em teoria - deixou de ser algo impossível. Pois outro dia observei uma foto de um grupo de amigos na reunião de comemoração de 30 anos de minha formatura no colégio. Olhei aqueles senhores de cabelos brancos, gordos e carecas e imaginei o que aconteceria se a foto pudesse ser vista por eles quando tinham 16 anos. Já pensou? Você poder ir até o futuro e olhar onde estará, que rumo sua vida tomou?Imaginei então uma situação interessante. Alguém inventa uma máquina do tempo. E vai testar. Escolhe uma data aleatória - 1989, por exemplo - e aperta um botão.
A máquina traz para o presente ninguém menos que Luis Inácio Lula da Silva. Aquele de vinte anos atrás. Lula chega meio zonzo:
- O que é isso, companheiro?

Sem entender o que acontece, Lula é recebido com carinho, toma água, senta-se num sofá e recupera o fôlego.
- Onde eu tô?
- No futuro, Presidente. Colocamos em prática a Teoria da Relatividade!
- Futuro? Logo agora que vou ganhar do Collor, pô! Me manda de volta pro passado! Zé Dirceu! Zé? Cadê o Zé?
- Calma, Lula. Aproveite para dar uma olhada no seu futuro. Você é o presidente da República! - Eu ganhei?
- Não daquela vez. Mas ganhou em 2002. E foi reeleito em 2006!
- Reeleito? Eu? Deixa eu ver, deixa eu ver!!!
E então Lula senta-se diante de um televisor de plasma. Maravilhado, assiste a um documentário sobre os últimos 20 anos do Brasil. Um sorriso escapa quando a eleição de 2002 é apresentada.
- Pô, fiquei bonito! Ué. Aquela ali abraçada comigo não é a Marta Suplicy?
- Não, Presidente, é a Marisa Letícia.
- Olha! Eu e o Papa! E aquele ali, quem é?
- É George Bush, o Presidente dos Estados Unidos!
- Arriégua! Êpa! Mas aquele ali abraçado comigo não é o Sarney? Com a Roseana? E o que é que o Collor tá fazendo abraçado comigo? O que é isso? Tá de sacanagem?
- Não, presidente. Esse é o futuro!
- AAAAhhhhhh! Olha lá o Quércia me abraçando! O Jader Barbalho! Cadê o Genoíno? Cadê o Zé Dirceu?
- O senhor cortou relações com eles.
- Meus amigos? Me separei deles e fiquei amigo do Quércia?
- Pois é...
- E aqueles ali? Não são banqueiros? Com aqueles sorrisos pra mim?
- Estão agradecendo, Presidente. Os bancos nunca tiveram um resultado tão bom como em seu governo.
- Bancos? Os bancos? Você tá de sacanagem. Sacanagem!
- Calma, Presidente. O povo está gostando, reelegeram o senhor com mais de cinqüenta milhões de votos!
- Mas não pode! Cadê os proletário? Só tô vendo nego da elite ali. Olha o Vicentinho de gravata! E o Jacques Wagner também! Mas que merda é essa?
- É o futuro, Presidente.
- E o Walter Mercado? Tá fazendo o quê ali?
- Aquela é a Marta Suplicy, Presidente.
- Ah, não. Não quero! Não quero! Não quero aquele meu terninho. Não quero aquele cabelinho. Não quero aquela barbinha. Desliga isso aí!
- Mas Presidente, esse é o futuro. O senhor vai conseguir tudo aquilo que queria.
- Não e não. Essa tal de teoria da relatividade é um perigo.
- Perigo?!
- É. As amizades ficam relativas. A moral fica relativa. As convicções ficam relativas. Tudo fica relativo.
- Bem-vindo a 2007, Presidente.

Artigo de autoria de Luciano Pires

www.lucianopires.com.br

Nuts

Futurologia aleatória

Ouço música enquanto escrevo. Sinto prazer ao receber ondas de pressão dos fones do MP3. A sensação agradável acontece no cérebro com as correntes elétricas traduzidas das vibrações do tímpano. Um dia teremos aparelhos que atuarão diretamente nas regiões dos prazeres, sem a necessidade de meios físicos intermediários. Explico melhor. Sabe aquela gata do mês da Playboy? No futuro você não vai precisar da presença dela para que seu cérebro sinta as sensações que você imagina que sentiria se fosse possível chegar perto da moça. Pense como será bom. Todos os prazeres do mundo ao seu dispor. Comprando um capacete cósmico de raios plásmicos verdes você ganhará uma semana naquela ilha deserta cheia de coqueiros que aparece nos filmes. Ao seu lado a mulher mais boa do mundo. Há sempre um porém a ser observado. Cuidado com as imitações. Um amigo do futuro comprou um capacete falsificado e passou uma semana ao lado da Madre Tereza de Calcutá. O chinês da programação se enganou. Confundiu bondades. (Sidney Borges)

Hospício global

Gangue engravatada gruda refém pelado em bicicleta

Sul-africanos passaram supercola nos pés, nas mãos e na boca da vítima. Onda de violência no país ameaça a próxima Copa do Mundo

Uma gangue vestindo ternos rendeu um sul-africano de 50 anos e, com uma arma apontada para sua cabeça, foi até a casa da vítima fazer o arrastão. Chegando lá, mandou o refém tirar a roupa e sentar-se pelado na bicicleta ergométrica. Com uma supercola de secagem rápida, os criminosos grudaram as mãos do homem no guidão e os pés nos pedais. Sua boca também foi lacrada.
Leia mais

Engrossou o caldo

Brasil exige resposta de Evo em 48 horas

Gerusa Marques e Renata Veríssimo

A Petrobrás decidiu ontem vender ao governo da Bolívia 100% das refinarias que tem em Cochabamba e Santa Cruz de La Sierra, saindo da atividade de refino de petróleo naquele país.
A decisão da estatal, que até então pretendia continuar com uma pequena participação nas refinarias, é uma dura reação ao decreto do governo de Evo Morales, assinado no domingo, que deu à estatal boliviana Yacimientos Petrolíferos Fiscales Bolivianos (YPFB) o monopólio da exportação e comercialização de petróleo bruto reconstituído e de gasolina branca.
O mesmo decreto fixa preços bem abaixo do valor no mercado internacional para esses produtos, o que foi classificado pelo presidente da Petrobrás, José Sérgio Gabrielli, como 'expropriação do fluxo de caixa'.
Gabrielli afirmou que o decreto 'tornou inviável a permanência da Petrobrás na Bolívia' e dificulta novos investimentos. 'A opção de ficar minoritária (nas refinarias) foi eliminada neste momento.'
A Bolívia tem dois dias para dar uma resposta ao Brasil.
Leia mais

Cultura

“Encontro com a Arte” no Perequê Shopping

Dia 25 de Maio às 20h, no Perequê Shopping (Posto do Jija) acontecerá o “Encontro com a Arte” Exposição de Pinturas de Benjamin Gonzáles e performances sobre direção de Marilena Cabral , música a cargo de componentes de “Lira Padre Anchieta”, um evento nunca antes realizado em Ubatuba onde, música, performance teatral e artes plástica se fundem em só movimento.
É a arte conduzindo solitários em direção a outros solitários”.
Benjamin Gonzaléz Atualmente ministra aulas na Fundart e em seu mais novo ateliê, situado na José de Alencar, 191 – Itaguá (onde tem uma exposição permanente de suas obras) para todas as idades. No momento também está preparando trabalhos em aquarela e acrílico para o ‘Estúdio Clara Torres’, de Buenos Aires. Os trabalhos seguirão para New York onde serão estampados em desenhos têxteis e papelaria. Este renomado artista é conhecido também inúmeras técnicas plásticas, vale a pena prestigiar, contato através do 3832-4038/9766-7869.
Marilena Cabral acumula uma vasta experiência em dramaturgia e direção teatral, além de lecionar na área.
A Banda Lira Padre José de Anchieta, dispensa comentários e alguns do seus integrantes prometem abrilhantar este evento.
O “Encontro com a Arte” é uma mistura de todas as artes que irá se misturar com os presentes em um só movimento. Vale à pena prestigiar! Aguardamos vocês.

Claudia Oliveira

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 08 / 05 / 2007
  • 7ª Festa do Trabalhador reúne milharesde pessoas no Bairro Ipiranguinha
  • Eduardo Cesar visita Centro de Educação Infantil da Pedreira
  • Jovens do Projeto Guri de Ubatuba se apresentam pela primeira vez ao público
  • Sociedade Amigos do Puruba comemora 10 anos de existência
  • Formandos da Escola Tancredo realizam festival de prêmios
  • Ubatuba segue com chances no futebol sub-21 dos Jogos Abertos da Juventude
  • Futevôlei de Ubatuba define representantes para os Jogos Regionais
Leia aqui

Manchetes do dia

Terça-feira, 08 / 05 / 2007

Folha de São Paulo:
"Metade do PAC está lenta"
Das 1.646 medidas prometidas pelo governo, em janeiro, para o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), apenas metade conseguiu avançar e tem boas chances de ser concretizada no prazo previsto. A ministra Dilma Rousseff (Casa Civil), coordenadora do programa, deu selo positivo a 864 ações (52,5%).


O Globo:
"Metade das obras prioritárias do governo está com atraso"
Numa solenidade em que o ministro Guido Mantega citou entre as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) até a queda dos juros, o declínio da inflação e o aumento do crédito, o governo teve de admitir ontem que o ritmo de suas principais realizações não é satisfatório: praticamente metade das ações (47,5%) está atrasada ou nem saiu do papel. Isso inclui construção de estradas, aeroportos e hidrelétricas. Boa parte dos recursos prometidos - R$ 6,7 bilhões do Projeto Piloto de Investimentos - ainda nem foi incluída no Orçamento deste ano. A área de infra-estrutura social e urbana - considerando-se obras de recursos hídricos, trens e metrôs urbanos e o "Luz para Todos" - teve a pior performance, com 74,7% das ações apresentando problemas. De mais positivo, até agora, de acordo com o ministro da Fazenda, um aspecto mais psicológico do PAC: "Ele despertou o espírito animal dos empreendedores", explicou Mantega.


O Estado de São Paulo:
"Bento XVI vai condenar aborto e eutanásia"
Durante sua visita ao Brasil, o papa Bento XVI fará enfática defesa do direito à vida, informa o Vaticano. O gesto representará uma condenação à eutanásia e, principalmente, ao aborto - cuja legalização é um tema que vem ganhando espaço na América Latina. Bento XVI vai desembarcar amanhã no País, onde passará cinco dias e se encontrará com o presidente Lula.


Jornal do Brasil:
"Petrobras dá novo ultimato à Bolívia"
A Petrobras decidiu vender as duas refinarias que mantém na Bolívia e quer uma resposta em 48 horas. O presidente da empresa, Sérgio Gabrielli, espera que o país vizinho aceite fechar negócio "por um valor justo". Caso não haja acordo, recorrerá a outras fórmulas jurídicas. Segundo Gabrielli, dificilmente a Petrobras fará novos investimentos naquela região. A decisão brasileira foi tomada após a publicação de decreto assinado domingo pelo presidente Evo Morales. O documento permite à estatal Yacimientos Petrolíferos Fiscales Bolivianos (YPFB) assumir o monopólio sobre a exportação e a comercialização de petróleo bruto reconstituído e gasolina branca.

segunda-feira, maio 07, 2007

Parabéns por quê? O bolo ainda nem chegou...

Ao Sr. Marcos L.G., que cantou parabéns sem saber...

"Se o Sr. tivesse discernimento sobre o que é CRM (órgão muito sério), podería se vangloriar da "conquista" do seu herói (o Sr. Álvaro).
Devería se informar se o CRM concorda com as medidas tomadas pelo seu herói, pois como na outra gestão citada pelo Sr., o CRM foi a favor dos que o Sr. está contra.
E mais uma vez o Sr. pode está cantando parabéns na festa errada...
http://www.cremesp.org.br/?siteAcao=Jornal&id=811

Janaína Abreu
wwuba@yahoo.com.br

Santa Casa, ponto e contraponto

Parabéns Álvaro Spinola

Ao ler o Código de Ética Médica e a resolução CFM 1798, fica bastante claro que as atitudes tomadas pelo Sr. Álvaro, demonstram que o mesmo possui um amplo conhecimento da legislação vigente, em especial o Código de Ética (tão citado pelos médicos). No que tange às demissões, considero que as mesmas foram a forma mais amena de tentar resolver os problemas criados pelos próprios demitidos pois, medidas cautelares de afastamento que certamente culminariam inclusive com a perda do CRM desses “profissionais” teriam sido muito mais traumáticas.
A demissão da Sra. Jardelina (eleita para a função de Diretora Clínica) ratifica o acima exposto. Essa senhora conseguiu que a opinião de muitos dos usuários sobre a qualidade de seus “serviços” se tornasse uma decisão judicial proferida em sentença, ou seja, a mesma passou a ter o direito de anexar em seu Curriculum Vitae um atestado judicial de incompetência.
A leitura dos artigos (do Código de Ética Médica) selecionados e abaixo apresentados propiciará ao leitor associar, no mínimo um médico, a cada um dos itens que são vedados pelo Código mencionado.
Sendo assim, gostaria de parabenizar o Sr. Álvaro pela demonstração de coragem e competência no que dz respeito aos fatos e atitudes apresentadas em seu relatório publicado na imprensa de Ubatuba. Não devemos nos esquecer que as atitudes de alguns médicos da Santa Casa já foi alvo de discussões na gestão da Sra. Maria Silvia Ley, ocasionando, lamentavelmente, na época, a demissão da profissional que identificou as irregularidades.


RESOLUÇÃO CFM Nº 1.789, DE 7 DE ABRIL DE 2006

(Publicada no D.O.U., de 16 maio 2006, Seção I, pg. 77)
Os Conselhos de Medicina poderão interditar cautelarmente o exercício profissional de médico cuja ação ou omissão, decorrentes de sua profissão, esteja prejudicando gravemente a população, ou na iminência de fazê-lo.


CÓDIGO DE ÉTICA MÉDICA

É direito do médico:

Art. 24 - Suspender suas atividades, individual ou coletivamente, quando a instituição pública ou privada para a qual trabalhe não oferecer condições mínimas para o exercício profissional ou não o remunerar condignamente, ressalvadas as situações de urgência e emergência, (GRIFO NOSSO) devendo comunicar imediatamente sua decisão ao Conselho Regional de Medicina.

É vedado ao médico:


Art. 34 - Atribuir seus insucessos a terceiros e a circunstâncias ocasionais, exceto nos casos em que isso possa ser devidamente comprovado.
Art. 35 - Deixar de atender em setores de urgência e emergência, quando for de sua obrigação fazê-lo, colocando em risco a vida de pacientes, mesmo respaldado por decisão majoritária da categoria.
Art. 36 - Afastar-se de suas atividades profissionais, mesmo temporariamente, sem deixar outro médico encarregado do atendimento de seus pacientes em estado grave. Art. 37 - Deixar de comparecer a plantão em horário pré-estabelecido ou abandoná-lo sem a presença de substituto, salvo por motivo de força maior.
Art. 46 - Efetuar qualquer procedimento médico sem o esclarecimento e o consentimento prévios do paciente ou de seu responsável legal, salvo em iminente perigo de vida.
Art. 47 - Discriminar o ser humano de qualquer forma ou sob qualquer pretexto. Art. 48 - Exercer sua autoridade de maneira a limitar o direito do paciente de decidir livremente sobre a sua pessoa ou seu bem-estar.
Art. 49 - Participar da prática de tortura ou outras formas de procedimento degradantes, desumanas ou cruéis, ser conivente com tais práticas ou não as denunciar quando delas tiver conhecimento.
Art. 58 - Deixar de atender paciente que procure seus cuidados profissionais em caso de urgência, quando não haja outro médico ou serviço médico em condições de fazê-lo.
Art. 63 - Desrespeitar o pudor de qualquer pessoa sob seus cuidados profissionais.
Art. 65 - Aproveitar-se de situações decorrentes da relação médico-paciente para obter vantagem física, emocional, financeira ou política.
Art. 93 - Agenciar, aliciar ou desviar, por qualquer meio, para clínica particular ou instituições de qualquer natureza, paciente que tenha atendido em virtude de sua função em instituições públicas.
Art. 94 - Utilizar-se de instituições públicas para execução de procedimentos médicos em pacientes de sua clínica privada, como forma de obter vantagens pessoais."


Marcos Leopoldo Guerra
ac.tributaria@uol.com.br

ACIU em movimento

Após 35 anos ACIU inaugura sede própria

Ao completar 35 anos de fundação, a Associação Comercial de Ubatuba - ACIU realizou um grande sonho - a conquista de sua sede própria.
A sede foi inaugurada na última sexta-feira, dia 4, pelo seu atual presidente, Ahmad Khalil Barakat e toda diretoria.
Autoridades civis, militares e empresários estiveram prestigiando o evento e conhecendo as novas instalações da entidade, que além de conforto para atendimento aos associados ainda conta com um grande salão de convenções no piso superior.
Ao descerrar a placa inaugural o presidente da ACIU, Ahmad Barakat, enfatizou que a sede própria, apesar de inaugurada em sua gestão, é uma conquista de todas as diretorias que passaram pela entidade, “realizamos a obra com muita dedicação procurando trazer mais conforto e benefícios para os empresários de Ubatuba e toda comunidade”. O terreno foi adquirido em setembro de 2006 e no mês seguinte foi dado início a construção da sede, com recursos próprios da ACIU.
Na ocasião a entidade também realizou a cerimônia de posse da diretoria reeleita no dia 31 de março deste ano para o biênio 2007/2009, assim constituída: Ahmad Khalil Barakat, presidente; Marcos Fushimi Veloso, vice-presidente; Alfredo Corrêa Filho, 1º secretário; Ary Matéia, 2º secretário; Otávio Silveira, 1º tesoureiro; Edio Camargo, 2º tesoureiro.
A mesa diretora, composta para a cerimônia de posse foi composta pelo presidente da ACIU, Ahmad Barakat, pelo vice-presidente, Marcos Veloso, pelo vice-presidente da Facesp, George Nikolas, pelo gerente regional do Sebrae, Mauro Medeiros, pelo secretário de turismo, Luiz Felipe Azevedo e pelo vereador Charles Medeiros, que na ocasião entregou uma Moção de Congratulações à diretoria reeleita, enfatizando o trabalho sério e dedicado em prol dos empresários e comerciantes de Ubatuba.
Em seu pronunciamento, o presidente da ACIU relatou o início dos trabalhos desta diretoria reeleita, “hoje completamos dois anos a frente da associação. Há dois anos atrás se criou uma expectativa muito grande naquela então nova diretoria, composta pela sua maioria de empresários jovens, carinhosamente chamados por muitos como meninos, e esses meninos não só tinham muita vontade de realizar, mas, além disso, tinham a responsabilidade de superar expectativas. Em uma vitória na reeleição tivemos a certeza de ter correspondido àquela expectativa e reiteramos que nossa responsabilidade também irá continuar dentro do nosso trabalho”, declarou Ahmad, agradecendo a todos que participaram da conquista da sede própria. A cerimônia também foi marcada com a assinatura do convênio com o Sebrae, que estará presente na entidade oferecendo seus serviços para a comunidade e para o desenvolvimento do comércio local.
A nova sede está situada à rua Esteves da Silva, 51- Centro.

Cordialmente,

Cristiane G. Zarpelão

Pesca em Caçandoca

Pesca torna-se atividade rentável para quilombolas em SP

A pesca artesanal, que já era uma atividade tradicional da comunidade Caçandoca em Ubatuba-SP, ganhou novo impulso com a liberação de créditos para as 53 famílias quilombolas do território. Os créditos permitiram a aquisição de um cerco flutuante e duas canoas, aumentando consideravelmente a eficiência e a quantidade obtida com a atividade.
Com a nova forma de pescaria, os pescadores conseguem retirar cerca de 50 a 40 quilos de peixes como sororoca, carapau e bonito por dia, o que garante uma renda de R$ 800,00 a R$ 900,00 mensais para a comunidade. A chegada da eletricidade há dois meses, com a implantação do programa Luz para Todos, também foi fundamental: agora os peixes podem ser conservados em temperatura adequada para serem comercializados.
A aquisição do cerco flutuante foi um dos cinco projetos coletivos aprovados pelo Incra, que serão executados com recursos do crédito Apoio Inicial, que destina R$ 2.400,00 para cada família assentada pelo órgão. Em Caçandoca, esses créditos totalizam R$ 127.200,00 para o suporte inicial e a aplicação em bens de produção. A implantação dos projetos está sendo realizada pela Associação dos Remanescentes da Comunidade do Quilombo Caçandoca, com a orientação de uma equipe técnica do Incra.

Mais Informações:


Cristina Sato
Assessoria de Comunicação Incra-SP
(11) 3823-8523
acs.spo@spo.incra.gov.br

Panorama

Agora que o barraco desabou...

Gostaria inicialmente de parabenizar a todos que promoveram, organizaram e participaram do SEMINÁRIO- DENGUE EM UBATUBA – UMA QUESTÃO DE SAÚDE QUALIDADE DE VIDA, ECONOMIA E TURISMO.
Não pude participar, mas acompanhei através dos sinais de “fumaça e tambor” pois moro na região Sul, além da internet pelos nossos jornais virtuais.
Alguns jornalistas colocaram que quando a coisa é importante, as comunidades e o empresariado comparecem.
O que nos preocupa é que todos corremos depois do “barraco desabar”.
O que necessitamos urgente é darmos andamento no que se refere o resto do título do Seminário, “Economia, Turismo e Qualidade de Vida”.

Discutirmos nossa Cidade, e aí vão alguns temas:

a) Projeto Orla? Sem Ele não temos como começarmos a nos organizar, pois não sabemos o que podemos e o que não podemos fazer. Este Projeto é uma proposta de Gestão compartilhada entre o Executivo, Legislativo, GRPU, Ibama, DPRN, e a Sociedade Civil, supervisionado pelo Ministério Público.
b) Por falar em Organizar, até quando veremos a “Feirinha” e os Quiosques na situação que estão, os 14 “Bazares Ambulantes” num espaço de 200 mts. lineares na praia da Maranduba e em outras praias, além dos Quiosques de madeira com água, luz e mesas na Praia.
c) O Parque Radical na Maranduba também será retirado?
d) Quando será que esta praia terá pelo menos lixeiras?
e) Quais os investimentos que estão sendo destinados ao Eco-Turismo, talvez a única forma de atrairmos turismo nos meses de “baixa”, e que realmente darão oportunidade de emprego e renda a nossas comunidades, desde que sensibilizadas e capacitadas.
f) Os Navios atracarão realmente? Em que época?
g) Se na alta temporada, como e por quem serão transportados os turistas?
h) Nossa malha viária irá permitir esta circulação?
i) Nossos prestadores de serviço estão preparados para este tipo de receptivo?
j) E os operacionais?
k) A capacidade de atendimento dos prestadores de serviço nesta época suporta?
l) Além do Aquário e da Ilha Anchieta, quantos outros produtos turísticos temos formatado?
m) Estes comportam maior demanda nesta época?
n) A Prefeitura solicita parcerias para a manutenção do “Corredor Turístico” e delimita-o do Pereque-Açú ao Itaguá, como fica o resto deste Corredor?
o) Quais os Projetos existentes para a infra-estrutura das periferias? Do mesmo nível das obras do Centro, é claro, mas começando e terminando.Convém lembrar que é na periferia que se encontram a maior quantidade de recursos turísticos do nosso Município. Bem como a maior degradação do meio ambiente.
p) E o Portal da Entrada da Cidade?
q) Segurança
r) Saneamento.
Temos uma infinidade de coisas muito importantes a serem definidas, e que só com a participação da Sociedade é que poderão ser honestas e válidas juridicamente.
Em entrevista à Marilia Gabriela a Dra. Denise Frossard disse para esquecermos a possibilidade dos “Três Poderes” resolverem alguma coisa neste País, segundo Ela que já esteve do lado do Judiciário e do Legislativo, somente a Sociedade Civil poderá conduzir as questões que ao Povo interessa.

Temos que ter cuidado com os “novos desabamentos”.

Fernando Pedreira

Coisa e tal...

Mamutes congelados e produtos afins

Em plena época dos planos qüinqüenais de Stálin, nas estepes de gelo eterno da Rússia foram descobertos Mamutes congelados. Ancestrais dos elefantes esses animais enormes e peludos estão extintos há milênios Trabalhadores da indústria petroleira os encontraram enterrados no gelo. Pareciam vivos, nos estômagos havia relva verdejante recém ingerida. A carne estava tão conservada que alguns viraram churrasco. O que teria acontecido? O conteúdo estomacal sugeriu aos cientistas uma manada de animais que pastavam despreocupados quando repentinamente uma mudança brusca nas regras do jogo os congelou. Foi um acontecimento radical, nada semelhante ao aquecimento lento e gradual que estamos vivenciando. A ciência diz que o aumento da temperatura vai causar problemas aos nossos netos. Apesar do desconforto do calor excessivo, dos furacões, ressacas, epidemias e sabe-se lá mais o quê, vamos sobreviver, sempre sobrevivemos. Morrer é coisa de iraquianos. Por falar em morte, partiu o Dr. Enéas. Vai fazer falta, era o melhor acontecimento do show das eleições. Não deixou herdeiros, pode ser que algum político de Ubatuba adote o estilo. Fico imaginando os candidatos de 2008. Meu nome é Eduardo Cesar. Não faz o estilo do prefeito. Meu nome é Paulo Ramos é outra possibilidade com chance remota de sucesso. Quem sabe a Nélinha no melhor estilo Havanir. Meu nome é Nélinha, vote em mim. Falta a braveza. O petebista Tato talvez consiga. Meu nome é Tato, vendo a crédito e barato. Vai ter de treinar muito e raspar a cabeça. Meu nome é Caribé é outra possibilidade. Quem sabe se o candidato tucano deixasse a barba crescer e colocasse uma boina de lado (Armani, logicamente) a coisa funcionasse. Para parecer com Fidel Castro só faltaria a farda cáqui (Prada, da Daslu) e o charuto. Esqueci, isso ele já tem. O Dr. Ricardo poderia usar o bordão por afinidade profissional. Meu nome é Ricardo. Tá? Vote em mim. Tá? Hannnn... Sou candidato a prefeito. Tá? Na verdade Ubatuba tem um legítimo herdeiro do estilo vencedor do saudoso Doutor Enéas. Que tal meu nome é Jija? Antevejo sucesso. (Sidney Borges)

Cultura

Notícias da Fundart

Show de arte popular animou a Praça da Matriz

Na última segunda-feira, FUNDART e Prefeitura apresentaram na praça da matriz um espetáculo de arte popular brasileira com a Cia. Mambembrincantes, contemplando o grande público que compareceu e dançou com repertório musical de raiz.
A Cia. Mambembrincantes excursiona por todo o Brasil e já se apresentou em mais de dez países europeus.

Artesanato de Ubatuba em Caraguá

O Grupo Setorial de Artesanato, da FUNDART, participou nos últimos feriados prolongados de exposição em Caraguatatuba, e recebeu elogios pela variedade e criatividade.
A Casa do Artesão de Ubatuba, que funciona no prédio administrativo da FUNDART, ao lado do Sobradão do Porto, mais uma vez se fez representar, propagando o nome de Ubatuba para um grande número de turistas, e muitos deles manifestaram o desejo de conhecer nossa cidade.

Fundart recebe verba federal

Na última semana o Ministério do Turismo, liberou a verba de R$ 487.500,00 para a restauração do Sobradão do Porto. O dinheiro está depositado na Caixa Econômica de São José dos Campos e brevemente será transferido para a agência de Ubatuba.
O Presidente da FUNDART, Pedro Paulo Teixeira Pinto, estará entrando em contato com a Ministra do Turismo, Marta Suplicy, para agradecer o benefício recebido.
“No momento em que estamos muito próximos da conclusão do projeto arquitetônico de restauração já levantamos todos os documentos necessários, para viabilizar a tramitação legal do recebimento da verba, que só pode ser utilizada para as obras de restauração do importante monumento histórico. Trata-se de recurso importantíssimo para o resgate de nossa memória histórica e cultural. Em Ubatuba, há que se resgatar nosso orgulho, e esses valores contribuem grandemente para isso, “disse Pedro Paulo Teixeira Pinto”

Coral Fundart será realidade

Na próxima quarta-feira, dia 9 às 19:30h, no auditório do Sobradão do Porto, à Praça Anchieta, 38 a FUNDART estará realizando reunião que visa a formação do Coral FUNDART. Todos estão convidados.
Trata-se de iniciativa que conta com a participação da Lira “Padre Anchieta”. A idéia está ligada ao Projeto de Revitalização Cultural da Cidade.

Fundart na Festa do Trabalhador do Ipiranguinha

A Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba está associada à Festa do Trabalhador do Ipiranguinha através de parceria no patrocínio do importante evento que anualmente se realiza no maior bairro de Ubatuba.

Ecocine será realidade

O Prefeito Eduardo César e o Presidente da FUNDART, Pedro Paulo estiveram semana passada na Secretaria da Cultura, em São Paulo, e conseguiram participação daquele órgão do governo paulista, que será um dos patrocinadores do Ecocine.

Outras parcerias estão sendo trabalhadas.
O Ecocine é um evento que em Ubatuba cumprirá sua sexta edição e envolve toda a comunidade. É um Festival de Cinema Ecológico. Paralelamente ocorrerão palestras com pessoas renomadas da área universitária, a começar pela USP (Universidade de São Paulo). Envolve também o encontro com os “povos do mar”.
Outra característica do Ecocine é o envolvimento com a comunidade a partir de suas lideranças ecológicas, escolares, etc. O evento acontecerá entre 5 e 10 de novembro, em Ubatuba e brevemente terá ampla divulgação.

Fonte: Fundart/Eventos

Ubatuba em foco

“Destruíndo a orla”

Corsino Aliste Mezquita
O presente do município está problemático e, o futuro, incerto e perigoso. Desgoverno, dengue, desrespeito à legislação trabalhista, na Santa Casa sob intervenção, supostos desvios dos recursos da saúde e da educação e uma persistente falta de planejamento e de observância dos preços e prazos, inicialmente, contratados nas obras.
Alguns problemas específicos da orla chamam a atenção. Erros continuam a ser cometidos mesmo após alerta dos cientistas sobre os problemas que levaram ao desaparecimento de cinco praias, no nosso município. (vide: “Alerta dos Cientistas”, “O Guaruçá” e Ubatuba Víbora de 12-02-07 e Folha de S.Paulo C4, de 04-02-07).
Nesse processo são especialmente preocupantes as obras do muro que está sendo construído na Praia do Perequê-Açu (vide: “Os caras de pau”, “O Guaruçá” de 06-05-07). Não podemos esquecer que: “Quando o nível do mar sobe, as águas empurram a praia para dentro do continente. Se ela encontra uma mureta, entra em desequilíbrio, acaba sumindo”. (Célia Regina de Gouveia Souza, Cientista, Folha C4, em 04-02-07). O muro gasta vultosos recursos, se constitui em monumento à ignorância e atentado ao meio ambiente. Imagino que não tenha sido consultado “O GRUPO” que, por lei, deveria estar cuidando do “Projeto Orla”. É curioso que, a Secretária Municipal do Meio Ambiente e a Promotora Pública, do mesmo nome, não tenham percebido, o absurdo, e embargado a obra.
Outro sério problema. Há invasões, na Praia de Ubatumirim. Quiosques e coberturas estão invadindo a areia da praia sem que ninguém os incomode. Os mourões de uma cerca estão fixados na areia de praia.
Preocupantes também as notícias da construção de cais, no Itaguá, sem antes proceder a estudo técnico de impacto ambiental e social, na baia de Ubatuba. Nossos governantes, já provaram, serem temerários. A sociedade deverá cuidar-se para não chorar, depois, com os estragos.
Nesse contexto podemos relacionar todos os desrespeitos à lei, à amendoeira centenária, os quebra-quebra de calçadas, ciclovias, calçamentos, desperdiço de materiais retirados, custos, atrasos, fundações enterradas, etc.. da obra da Av. Iperoig. Não pode ser esquecida a falta de isonomia de tratamento aos dois extremos da avenida. A Regional de São Paulo, do Patrimônio da União, afirmou, categoricamente, a ilegalidade da cessão de área da marinha para fins comerciais. Conseqüentemente, a FEIRA HIPPIE deverá receber o mesmo tratamento do Parque Trombini. A seguir a lei deverá ser aplicada aos quiosques. Observar o princípio de isonomia e essencial para termos uma sociedade justa e harmônica. Neste contexto o Ofício do Patrimônio da União, Regional São Paulo, recebido pelo Sr. Prefeito aos 28-06-06 é bastante claro:
“Informamos ainda, que este assunto (FEIRA HIPPIE) está sendo tratado pelo grupo que está discutindo o uso e a ocupação do solo da área envoltória de tombamento da Casa Baltazar Fortes, presidida pela Dra. Elaine Taborda de Ávila e composta por vários órgãos públicos aos quais se inclui essa prefeitura”.(SIC)
Cabe ao “GRUPO” agir para que a lei seja respeitada. A todos os responsáveis, pelo PROJETO ORLA”, cuidar para que nosso belo litoral não seja destruído.

Reivindicação

Solicitação pública ao Sr. Prefeito II

A Sociedade Amigos da Praia do Lázaro, vem novamente solicitar ao Sr. Prefeito o retorno do medico Dr. Wagner Meirelles ao Posto de Saúde do Saco da Ribeira. Há um mês estamos sem médico, e agora sem enfermeira também.
Sr. Prefeito uma comunidade que colabora com sua administração, visto a reforma do referido posto, sempre atenta às necessidades da população, seja por meio do Comas, Conselho Gestor da Santa Casa, e, iniciativa de nossos comerciantes, não se conforma em não ver atendida uma reivindicação tão simples, se houver boa vontade, e não “picuinha”.
Sr. Prefeito, se o referido medico foi retirado da Lagoinha, (para onde havia sido mandado), e sendo da vontade dele, e de quase 400 (quatrocentas) pessoas que assinaram o abaixo assinado para sua volta, fora os que não o fizeram por falta de tempo hábil, nosso posto estando sem médico, porque transferí-lo para a Estufa II, que já tinha um médico.
Será que são de seu conhecimento esses atos de discriminação em relação a uma comunidade?Preferimos acreditar que não. Resolvemos fazer a solicitação publica, pois na semana passada foi impossível encontrar alguém da Secretaria que pudesse nos dar uma posição relativa ao assunto.
.
A revolta na comunidade é grande, pois o médico estava há muito tempo neste posto, e acostumado com os pacientes, conhecendo todos pelo nome, e sabendo de seus problemas de saúde inclusive como deve ser um médico da Saúde da Família.
Esperamos ser entendidos e atendidos nesta 2º reivindicação.


Maria Luiza C. Leme
Sociedade Amigos da Praia do Lazaro
 
Free counter and web stats