sábado, março 31, 2007

Draga perde...

Maradona foi internado por excesso de "bebidas, cigarro e comida", diz médico

da Folha Online
O ex-jogador argentino Diego Maradona, 46, foi internado em razão do consumo excessivo, não de drogas, mas de "bebidas, cigarros e comida", segundo o médico pessoal do craque, Alfredo Cahe.
O médico afirmou que Maradona "não corre nenhum perigo" e foi internado "contra sua vontade" no Hospital Guemes, em Buenos Aires.
Segundo Cahe, o ídolo argentino "vinha de um regime de vida não muito coerente, abusando de comidas, bebidas e cigarros. Não é cocaína, mas também são fatores de risco".
Ao contrário de 2005, quando Maradona foi hospitalizado na UTI com um grave quadro cardiovascular, o ídolo argentino ficará agora em um quarto comum, mas "durante vários dias", segundo o médico. "Ele está muito inchado e com quatro quilos a mais", disse Cahe.
Maradona chegou ao hospital de ambulância, na noite desta quarta-feira (28), após sofrer um mal-estar na casa de seus pais. A ex-mulher do craque, Claudia Villafañe, e suas filhas Dalma e Giannina apareceram pouco depois. Logo após a internação, o hospital limitou-se a divulgar uma nota vaga, dizendo que o jogador sofrera um "desequilíbrio", o que aumentou as especulações de que a internação de Maradona poderia ter ligação com o uso de drogas.
Maradona já fez diversos tratamentos para se livrar do vício da cocaína. A entrada do centro médico foi ocupada por centenas de fãs de Maradona, enquanto a polícia tentava organizar o acesso ao local. No sábado passado, Cahe informou que Maradona analisava a possibilidade de viajar à Suíça para corrigir uma nova situação de excesso de peso, após a operação de redução de estômago que fez. "Tem 3,6 quilos a mais e estamos planejando algo como umas férias, uma fuga dos amigos e dos que o cercam", disse o médico na ocasião.
Na oportunidade, o Cahe descartou qualquer recaída de Maradona em relação às drogas, mas admitiu que o ex-jogador estava "fumando três ou quatro cubanos (charutos) por dia, o que para quem não fumava é muito".

Nota do editor - Vive-se e aprende-se. Coincidências, sempre as haverá, como ilustra o texto a seguir, do blog do Reinaldo Azevedo:

“Não, agora nunca mais diria, de ninguém neste mundo, que eram isto ou aquilo. Sentia-se muito jovem; e, ao mesmo tempo, indizivelmente velha. Passava como uma navalha através de tudo; e ao mesmo tempo ficava de fora, olhando. Tinha a perpétua sensação, enquanto olhava os carros, de estar fora, longe e sozinha no meio do mar; sempre sentira que era muito, muito perigoso viver, por um só dia que fosse. (...) Oh! Se pudesse viver de novo! Pensou, ao pisar a rua, como não havia de ser diferente! (...)" (Mrs. Dalloway, Virginia Woolf)

“Viver é muito perigoso”. Do canganceiro-filósofo-narrador Riobaldo, de Guimarães Rosa.

O livro Mrs. Dalloway é de 1925. Grande Sertão Veredas, de 1956.

Na verdade, o que eu queria dizer é que Maradona, visivelmente desequilibrado, terá de tomar remédios ansiolíticos e isso, como disse Wirgínia Woolf primeiro e Guimarães Rosa depois, é da vida e viver é perigoso.
Que ninguém fique surpreso se Maradona for detido roubando gravatas. Tais remédios são terríveis. (Sidney Borges)

Daria um bom prefeito?



"Vacina"

Homeopatia distribuída para combater a dengue é proibida

Segundo Vigilância Sanitária, produto está sendo distribuído sem receita pela prefeitura de São José do Rio Preto, uma das cidades afetadas pela epidemia

Naiana Oscar
SÃO PAULO - A Vigilância Sanitária do Estado apreenderá nesta quarta-feira, 28, o complexo homeopático contra dengue distribuído nos postos de saúde de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, uma das cidades mais afetadas pela epidemia da doença. O produto distribuído nas 23 unidades de saúde da cidade, desde o dia 15 de março, será recolhido pelos técnicos da Secretaria Estadual da Saúde.
A diretora da Vigilância, Maria Cristina Megid, afirma que o produto é oferecido à população indiscriminadamente, inclusive para quem não tem sintomas da doença. “As pessoas acreditam estar protegidas com o medicamento, quando não há nenhuma comprovação de sua eficácia, e acabam se descuidando”, disse a diretora. “A população precisa saber que ainda não existe remédio contra a dengue.”
Segundo Megid, o complexo homeopático, chamado Eupatorium, não tem registro no Ministério da Saúde e pode causar danos à saúde da população. A distribuição também contraria as normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que proíbem que uma mesma fórmula homeopática seja oferecida em larga escala. Amostras do produto foram enviadas ao Instituto Adolfo Lutz para análise.
Nos últimos dez dias, 19.440 pessoas tomaram o medicamento. A Vigilância Sanitária identificou a distribuição de Eupatorium também nos municípios de Birigüi e Ubatuba. A Secretaria estima que, ao todo, pelo menos 30 mil pessoas já usaram o medicamento. As farmácias que produzem o complexo foram autuadas.


Irregularidade

Segundo Megid, a Prefeitura de São José do Rio Preto já havia sido comunicada da irregularidade e chegou a emitir uma portaria, restringindo a distribuição do medicamento à prescrição médica. “Mas isso não foi cumprido até agora”, comentou. O secretário municipal de saúde Arnaldo Almendros Mello disse na noite de terça que não havia sido notificado oficialmente pela Vigilância Estadual. “Se a ação do Estado se consolidar, será uma agressão contra o SUS. Não admito esse tipo de intervenção”, disse.
O secretário garante que, desde segunda-feira, só pacientes com sintomas têm acesso ao medicamento. “A procura foi grande e temíamos que as pessoas descuidassem n a prevenção.” Ele disse também que entrou em contato com a Anvisa e não houve impedimentos para o tratamento. Mello garante que a fórmula é eficaz e foi desenvolvida com seriedade. “Só que o remédio é muito barato e pode incomodar interesses alheios.” A dose custa R$ 0,01 para o município.
O Eupatorium foi desenvolvido na Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, sob a responsabilidade do homeopata Renan Marino. Segundo ele, a fórmula já foi usada por médicos cubanos para combater uma epidemia em Havana. Marino acredita na possibilidade de motivação política na ação da Secretaria de Saúde.
“A negociação da patente da vacina da dengue com os Estados Unidos pode estar por trás dessa decisão”, disse. Segundo ele, foram produzidos 50 frascos, que rendem 100 mil doses do medicamento, o que não caracterizaria produção em larga escala. Só neste ano, Rio Preto registrou 867 casos de dengue. Em 2006, foram 12 mil.

Fonte: Estadão

Ubatuba

Eleição na ACIU

A Associação Comercial de Ubatuba realizou ontem eleição para a escolha da diretoria do biênio 2007 / 2008. Venceu a chapa encabeçada pelo atual presidente, Ahmad Khalil Barakat (Quibe), o que vem confirmar minhas suspeitas: em Ubatuba reeleições são possíveis. Pelo menos na Associação Comercial. Parabéns ao vencedor, que saboreie as batatas com prudência e sabedoria. (Sidney Borges)

Fim da imoralidade?

STF ja mostrou que é a favor da fidelidade partidária

por Lilian Matsuura
Se vier a enfrentar a questão, o Supremo Tribunal Federal deve manter a decisão do Tribunal Superior Eleitoral de que o voto pertence ao partido e não ao candidato. A inclinação de privilegiar a fidelidade partidária foi demonstrada pela Corte em dezembro do ano passado, no julgamento em que foi derrubada a cláusula de barreira.
Ao declarar inconstitucional a regra que restringia a atuação parlamentar de deputados de partidos com baixo desempenho eleitoral, pelo menos seis ministros do Supremo apontaram a alternativa mais legítima e eficaz para garantir a seriedade das legendas: a fidelidade partidária.
O julgamento no TSE foi provocado por uma consulta do Democratas (ex-PFL), que queria saber se poderia reaver os cargos que perdeu com a mudança de deputados eleitos sob a sua legenda. Depois das eleições de 2006, ao menos 36 deputados trocaram de legenda. O Partido da República, por exemplo, recebeu 15 novos filiados eleitos por outras agremiações.
O Democratas ainda está analisando a possibilidade de recorrer à Justiça Eleitoral para pedir as sete cadeiras que perdeu com o troca-troca dos deputados. Primeiro, o pedido deve ser apresentado ao Tribunal Regional Eleitoral. Depois, o recurso vai para o Tribunal Superior Eleitoral. Depois disso, deve bater às portas do Supremo.
Em dezembro, quando por unanimidade o STF derrubou a cláusula de barreira, o ministro Gilmar Mendes chamou atenção para a “imperiosa” necessidade de mudança na jurisprudência sobre a fidelidade partidária. Para ele, a troca de partido representa uma evidente violação à vontade do eleitor e “um falseamento grotesco do modelo de representação popular pela via da democracia de partidos!”.
Ele relembra o teor do parágrafo 1º, artigo 17, da Constituição Federal, que diz que o estatuto das agremiações partidárias deve estabelecer normas de fidelidade e disciplina. Na ocasião, criticou o atual entendimento do STF, de que a infidelidade partidária não repercute sobre o mandato exercido. Para Gilmar Mendes, o abandono da legenda deve ser punido com a perda do mandato.
“Embora haja participação especial do candidato na obtenção de votos com o objetivo de posicionar-se na lista dos eleitos, tem-se que a eleição proporcional se realiza em razão de votação atribuída à legenda”, explicou o ministro.
Para o ministro Marco Aurélio, ministro do STF e presidente do Tribunal Superior Eleitoral, a Corte Suprema só está aguardando o primeiro processo sobre a matéria chegar ao plenário para que essa tendência seja confirmada. Em seu voto contra a cláusula de barreira, Marco Aurélio sinalizou a favor da fidelidade. “Surge incongruente assentar a necessidade de o candidato ter, em um primeiro passo, o aval de certo partido e, a seguir eleito, olvidar a agremiação na vida parlamentar. O casamento não é passível desse divórcio”.
Não bastasse o entendimento dos ministros, o artigo 26 da Lei 9.096/95 (Lei dos Partidos Políticos) prevê que “perde automaticamente a função ou cargo que exerça, na respectiva Casa Legislativa, em virtude da proporção partidária, o parlamentar que deixar o partido sob cuja legenda tenha sido eleito”.
O coeficiente eleitoral é o maior eleitor de deputados, já que as sobras de votos dos partidos são transferidas para eles. Segundo dados do TSE, dos 513 deputados eleitos, apenas 31 conseguiram se eleger com seus próprios votos. Os outros foram puxados para o Congresso pelos votos da legenda.


Reforma pela Justiça

Por seis votos a um, o Tribunal Superior Eleitoral julgou, na terça-feira (27/3), que o voto pertence ao partido e não ao candidato individualmente. A decisão também vale para Assembléias Legislativas e Câmaras dos Vereadores, o que significa que outras dezenas de parlamentares também podem ficar sem mandato.
O presidente do TSE, Marco Aurélio, ao acompanhar voto do relator Cesar Asfor Rocha, lembrou dispositivos da Lei dos Partidos Políticos, que autorizam a legenda a estabelecer medidas disciplinares e penalidades caso o parlamentar não acompanhe, em atitudes ou no voto, as diretrizes da legenda. Também determinam que o parlamentar subordine a ação parlamentar aos princípios doutrinários e programáticos da legenda.
Para o ministro Cezar Peluso, o mandato eletivo pertence ao partido político e não ao candidato eleito. O ministro, lembrando o artigo 14 da Constituição Federal, salientou que a filiação partidária é requisito essencial à elegibilidade do candidato. Nesse sentido, o cancelamento dessa filiação ou a transferência para outra legenda “tem por efeito a preservação da vaga ao partido”, ressaltou.
O ministro Caputo Bastos lembrou que para registrar candidatura o candidato precisa comprovar um ano de filiação partidária, mas que depois de eleito não deve fidelidade à legenda por nenhum dia mais. Acompanharam o voto do relator também os ministros Carlos Ayres Britto e José Delgado. Marcelo Ribeiro votou contra.
Fonte: Revista Consultor Jurídico, 31 de março de 2007

Comunistas

Nota à Imprensa
(Matando as cobras e mostrando o pau)


Em resposta ao comunicado do Presidente do Partido PC do B, “Matando as cobras e mostrando o pau”, que foi exibido no blog “Ubatuba Víbora”, nos reporta que as cobras estão bem vivas e ninguém mostrou nenhum pau. Pedimos desculpas pelo vocabulário vulgar, mas apenas respondemos à altura. Lamentamos a forma injuriosa do Presidente do partido de dirigir-se às camaradas como víboras, motivo de queixa encaminhada à Delegacia da Mulher – UBM (órgão de representatividade feminino), OAB - Comissão dos Direitos das Mulheres.
Da comunicação oficial feita por membros do Partido Comunista do Brasil, da Reunião Extraordinária do pedido de intervenção para averiguação de irregularidades no Comitê Municipal, onde obtivemos a resposta como positiva para intervenção. As reuniões do Partido neste Comitê Municipal ou qualquer ato, ou manifesto que não seja apenas festivo, sem autorização da Direção Estadual, é nulo.
Esperamos até agora para dar a resposta, por precaução, para não manchar o nome do glorioso Partido. Aliás, o parabenizamos pelos 85 anos de luta.
As palavras descritas são verdades, conforme a Lei Estatutária do Partido, pois a norma é que um comunista deva sempre falar a verdade.

Juliana Gulnara A.M. Graciolli
Membro da Direção do PC do B

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 31 / 03 / 2007
  • Encenação da Paixão de Cristo promete emocionar público em Ubatuba
  • Apresentações teatrais são o forte da programação da Fundart em abril
  • Novas conselheiras tutelares de Ubatuba tomaram posse nesta sexta-feira
  • Prefeitura realiza neste sábado megaoperação de combate à dengue
  • Prefeitura inaugura Ponte Roberto Ribeiro da Silva, no Ipiranguinha
  • Prefeitura e Santa Casa realizam Semana Interna de Prevenção a Acidentes no Trabalho
  • Convention & Visitors Bureau do Litoral Norte elege diretoria
  • Equipe da Sala Verde ministra curso no Sertão do Perequê Mirim
  • Flor de Nan promove última oportunidade para assistir "O Analista de Bagé"
  • Inscrições para torneio de futevôlei começam dia 2 abril
Leia aqui

Manchetes do dia

Sábado, 31 / 03 / 2007

Folha de São Paulo:
"Motim de controladores pára os aeroportos e governo cede"
O governo cedeu às exigências dos controladores de vôo para dar fim a uma greve que paralisou o tráfego aéreo brasileiro ontem à noite. O motim, iniciado no Cindacta-1, em Brasília, suspendeu praticamente todas as decolagens no país. Entre outras coisas, os controladores reivindicavam gratificação salarial e o fim das retaliações militares.


O Globo:
"Motim aéreo pára o país"
Três dias após o presidente Lula exigir um prazo para o fim do caos no setor aéreo, uma rebelião de controladores de vôo, com aquartelamento e ameaças de greve de fome, paralisou o Cindacta 1, em Brasília, provocando, em efeito cascata, o inédito fechamento de 49 aeroportos do país e deixando milhares de pessoas sem viajar. Vôos internacionais tiveram que ser desviados para países vizinhos. A pedido da Aeronáutica, foram presos 50 controladores. A transferência de um diretor do Cindacta 1 para Santa Maria (RS), e as declarações do ministro da Defesa, Waldir Pires, foram apontados como a causa imediata do motim. Lula, que se encontra hoje com Bush nos EUA, deixou o Brasil ontem por Recife, poucas horas antes do fechamento dos aeroportos. Embora a crise já dure seis meses, a greve dos militares pegou o governo de surpresa. Poucas autoridades estavam em Brasília. Dilma Rousseff foi para o Sul; Mares Guia para Minas e Waldir Pires para o Rio. No gabinete de crise, restaram o comandante da Aeronáutica, Juniti Saito, Gilberto Carvalho e o responsável pela comunicação do governo, Franklin Martins. No clima de improvisação, coube ao ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, negociar no Cindacta 1.


O Estado de São Paulo:
"Controladores se amotinam e fecham os aeroportos do País"
Depois de meses de queda-de-braço com as autoridades aéreas, os controladores de vôo decidiram paralisar as operações aéreas em todo o País a partir das 18h45 de ontem. Nenhuma decolagem foi autorizada a partir desse horário. A decisão de parar foi tomada em reunião no Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta 1), em Brasília, depois que o grupo que havia entrado em greve de fome foi ameaçado de prisão. O ministro da Defesa, Waldir Pires, pediu paciência ao País. Irritados, os controladores partiram para a paralisação total dos vôos. Eles querem forçar a Aeronáutica a negociar mudanças na carreira. Em manifesto, reforçam a queixa de que são obrigados a controlar mais aviões do que as normas recomendam e alegam ser obrigados a trabalhar com equipamentos obsoletos. A confusão e o desencontro de informações começaram no aeroporto de Brasília e rapidamente se estenderam a todos os aeroportos do País. O presidente Lula foi informado da greve quando já em vôo para Washington. Segundo a Presidência, ele deu orientação para que a Aeronáutica converse com os controladores antes de tomar qualquer decisão.


Jornal do Brasil:
"Motim de controladores fecha todos os aeroportos"
Os controladores de vôo militares se amotinaram ontem à noite e fecharam todos os 49 aeroportos brasileiros. O motim, iniciado durante o dia em alguns aeroportos, aumentou quando o comandante da Aeronáutica foi ao aeroporto de Brasília para dar voz de prisão aos controladores. Os comandantes da Aeronáutica, Marinha e Exército exigem a demissão do ministro da Defesa, Waldir Pires.

sexta-feira, março 30, 2007


Lamentável

Dengue causa morte em Ubatuba

Acaba de chegar a notícia do falecimento de uma mulher de 36 anos, cabeleireira, cujo primeiro nome é Carmem. A causa da morte foi dengue hemorrágica. A paciente esteve internada por diversos dias em Ubatuba e em face ao agravamento de suas condições e à precariedade do atendimento médico do Município, foi removida para São Paulo. Infelizmente acabou falecendo. Só nos resta lamentar e transmitir nosso pesar aos familiares. Assim que for possível daremos mais detalhes. (Sidney Borges)

Está tudo explicado...



Rabino internado porque abusava de remédios

De O Globo Online:
"O rabino Henry Sobel, 63 anos, foi internado no Hospital Albert Einstein nesta sexta-feira. Em nota divulgada à imprensa, o hospital informou que o rabino estava fazendo uso ''imoderado'' de medicamentos hipnóticos e diazepnícos por conta de ''insonia severa''. Segundo a nota, estes medicamentos são ''causadores potenciais de quadro de confusão mental e amnésia''. O rabino foi detido nos Estados Unidos e acusado de roubar gravatas em lojas de grifes.
A nota, assinada pelos médicos José Henrique Gernann e Flávio Huck, diz que Sobel foi internado nesta madrugada '' devido ao episódio de transtorno de humor, representado por descontrole emocional e alterações de comportamento''.
Os remédios hipnóticos são vendidos com tarja preta e são usados para estados de ansiedade, agitação, estresse, insônia, irritabilidade e quadros de síndrome do pânico e depressão. Os diazepínicos são derivados do diazepan, mais conhecido no mercado como Valium, provocam relaxamento muscular e psíquico. Eles são ansiolíticos, tranquilizantes e, também, hipnóticos.
O uso de medicamentos contra a depressão foi também o argumento usado pelo estilista Ronaldo Esper, que em janeiro foi flagrado roubando dois vasos do Cemitério do Araçá, em São Paulo."

Foto: Henry Sobel saboreia canapés ao lado do presidente Lula. A belíssima gravata do rabino é da Hugo Boss.

Brasil

Golpe

Ontem à noite, por volta das onze horas tocou o telefone. Chamada a cobrar. Depois da conversa de praxe a ligação foi completada. Do outro lado:
- Pai, eles me pegaram pai. Fui assaltado...
Entrei na onda:
- É você meu filho? Você está bem?
- Tô com medo pai (voz chorosa) eles vão me matar, estão me batendo... Ai, ui , não, pára, pára...
- Antonio Alberto, o que está acontecendo?
- Os caras são maus pai, tô apanhando muito, fala com eles.
- Tá bom Filho, mas antes de passar o telefone, me diga o nome do gato da tia Esther.
Silêncio.
- Não me lembro pai, tô nervoso.
- Como não se lembra Antonio Alberto, foi você que deu o nome. Romário. O gato da tia Ester é o Romário, lembrou?
- Lembrei pai, mas agora fala com eles, vou passar o telefone.
Voz grossa e agressiva;
- O negócio é o seguinte mano, quero 5 mil reais já senão o garoto morre.
Garoto, que garoto? Meu único filho Antonio Alberto tem quarenta e um anos, é careca e virtual, só existe na Internet, eu não tenho filhos reais. Vocês se enganaram, ligaram para o pai errado. E a propósito, avisa o garoto que não existe a tia Esther e nem o gato. Passe bem. Depois de uma torrente de palavrões meu interlocutor desligou. Olhei para o identificador de chamadas. Era um celular do Rio de Janeiro, provavelmente falando de algum presídio, onde não deveria ser permitido o uso de tais aparelhos. (Sidney Borges)

Quem poderia imaginar?

Rabino Henry Sobel é detido nos EUA, acusado de furto

O rabino Henry Sobel, 63, presidente do rabinato da Congregação Israelita Paulista, um dos líderes mais importantes da comunidade judaica brasileira, foi detido na sexta-feira passada (dia 23) em West Palm Beach, Estado americano da Flórida, acusado de furtar gravatas de grifes famosas no valor de U$ 680 (R$ 1.390). Ontem à noite, o rabino emitiu uma nota oficial, em que diz: "Jamais tive a intenção de furtar qualquer objeto em toda a minha vida". (...) A prisão de Sobel foi publicada em um jornal da Flórida, o "Palm Beach Daily News", em sua edição de ontem. Segundo a publicação, que não identificou Sobel como rabino, mas apenas como "um homem de São Paulo, Brasil", o acusado foi encaminhado à cadeia local, onde permaneceu até sábado. A notícia é confirmada pelo site da polícia do condado de Palm Beach, que chegou a publicar uma foto do rabino tirada na prisão. As autoridades americanas o liberaram mediante pagamento de fiança no valor de U$ 3.000 (R$ 6.135). No boletim de ocorrência, consta que um empregado da loja Louis Vuitton chamou a polícia por volta das 12h30 de sexta-feira, por suspeitar do comportamento de um cliente. Depois de olhar o vídeo do circuito interno de tevê da loja, os policiais teriam apurado que o homem pegou uma gravata, dobrou-a e saiu - sem comprá-la e com as mãos vazias. Os policiais disseram ter abordado o homem já fora da loja. Ele teria se identificado como Henry Sobel e negado o furto. Mesmo assim, segundo o boletim de ocorrência, Sobel dispôs-se a pagar pela peça. Em seguida, sempre de acordo com a polícia, o rabino teria admitido o furto e dado permissão para buscas em seu carro. Foi então que os policiais encontraram outras quatro gravatas das marcas Louis Vuitton, Giorgio's, Gucci e Giorgio Armani. Sobel teria, segundo a polícia, admitido ter levado - sem pagar - os produtos. (...) O rabino Henry Sobel desempenhou papel de destaque na redemocratização do país, em companhia do então cardeal arcebispo de São Paulo, Paulo Evaristo Arns, e do pastor James Wright. (Fonte: Folha de São Paulo)

Nota do editor - Musica do dia (Homenagem a Henry Sobel)

“Jacó, a senhárrr me prrrometéu
Um grraváta e até hoje não me déu,
Faz trrinta ános que isso se passáárrrr
E até hoje o grraváta non chegárrr.
(bis)

Clodô



Picadura pode ter atingido Clodovil

Clodovil, nosso bravo e altaneiro representante em Brasília está com suspeita de dengue, o que confirmado, prova a vocação democrática do Aedes aegypti. Sem fazer distinção social o mosquitinho pica pobres e ricos, altos e baixos, gordos e magros. Pica e inocula o vírus maligno que tira o vivente de circulação por alguns dias. Por isso é bom tomar cuidado. Bobeou lá vem a picadura. Esperamos sinceramente que o mal de Clodovil seja uma leve gripe. Xô picadura... (Sidney Borges)

Ubatuba

Eleição na Associação Comercial de Ubatuba

Hoje, dia 30, sexta-feira, a Associação Comercial de Ubatuba estará realizando a eleição que irá definir sua diretoria para o biênio 2007/2008.
Fundada em 04 de abril de 1972 a Associação Comercial é de extrema importância na atuação dos interesses do comércio da cidade e na atual gestão do presidente Ahmad Khalil Barakat transformou-se no berço de idéias inovadoras em prol da promoção da imagem de Ubatuba.
Atualmente a ACIU conta com 800 associados, dos quais 150 juntaram-se à entidade nesta gestão, que entre diversos benefícios e ações conquistou um sonho há muito desejado, a construção de sua sede própria, localizada na rua Esteves da Silva nº 51.
Mas não é só isso. A Associação Comercial, nos últimos dois anos, melhorou e aumentou o número de serviços prestados. Promoveu cursos de capacitação, curso Alimente-se Bem, em parceria com o SESI, campanhas promocionais e a divulgação do comércio na mídia regional. Além disso, reativou o núcleo PDTR (Programa de Desenvolvimento do Turismo Receptivo – Sebrae), com o objetivo de alavancar o turismo em Ubatuba e através dele gerar emprego e renda na cidade.
A ACIU também criou o "Portal ACIU", através do site
www.aciubatuba.com.br, que pretende agilizar a vida dos associados com informações sobre cursos, palestras, alertas, reuniões e demais noticias da entidade, atualizadas diariamente.
O trabalho da atual gestão demonstra a vontade de ver Ubatuba crescer em benefício de toda coletividade.
A ACIU convoca todos associados para votação, que terá início às 14h30, com encerramento às 17h00.

Fonte: ACIU

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 30 / 03 / 2007
  • Prefeitura realiza devolução da Praça Cícero Gomes na próxima quarta-feira
  • Prefeitura de Ubatuba inicia Projeto de Desenvolvimento Responsável da Maricultura
  • Dia D de Combate à Dengue recebe reforço de 500 homens em Ubatuba
  • Prefeitura distribui peixes apreendidos pela Polícia Ambiental
  • Autoridades prestigiam inauguração de ponte no Ipiranguinha
  • Prefeito se reúne com setor agrícola de Ubatuba
  • Portadores de deficiência têm presença garantida nos Jogos Regionais
  • "Regata de Velas Volta Ilha Anchieta" comemora 30 anos do Parque Estadual
  • Praia da Almada recebe primeira etapa de torneio de natação
  • Velejadores de Ubatuba se destacam em regata de monotipos
  • Prefeitura firma convênio com a Associação Esportiva de Ubatuba
  • Ubatuba sedia etapa de abertura do paulista amador de surfe
Leia aqui

Manchetes do dia

Sexta-feira, 30 / 03 / 2007

Folha de São Paulo:
"TV pública não será chapa-branca, diz Lula"
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que a rede pública de rádio e TV que pretende criar em seu segundo mandato será 'séria', longe do chamado jornalismo 'chapa-branca', isto é, favorável ao governo. 'Chapa-branca parece bom, mas enche o saco. Gente puxando o saco não dá certo', disse. Lula definiu o jornalismo que quer ver: 'A informação como ela é, sem pintar de cor-de-rosa, mas também sem pichá-la'.


O Globo:
"Governo mudará Previdência só para futuros aposentados"
O presidente Lula afirmou, no discurso em que deu posse a cinco novos ministros, que será necessário mexer nas regras da Previdência para o setor privado, com o objetivo de garantir às futuras gerações um sistema de seguridade social adequado. "Quero avisar a todos aqueles que acham que a Previdência é insolúvel, que ela vai ser consertada sem que a gente jogue no colo dos pobres a responsabilidade pelo déficit", disse Lula, prometendo manter a aposentadoria rural, responsável por parte do déficit. As mudanças serão discutidas em um fórum com a participação do governo, dos trabalhadores, dos aposentados e dos patrões. O novo ministro da Previdência, Luiz Marinho, disse que as novas regras não afetarão os trabalhadores em atividade, especialmente os que estão perto de se aposentar. O ministro fez um apelo: "Aqueles que estão para se aposentar, não precisam sair correndo para fazer isso".


O Estado de São Paulo:
"STF libera CPI do Apagão"
O governo teve ontem uma derrota no Supremo Tribunal Federal (STF), com a decisão do ministro Celso de Mello de reconhecer razão para a CPI do Apagão ser criada. O pedido de CPI foi arquivado na semana passada pelo plenário da Câmara, o que, segundo Mello, ele não tem poder para determinar a instalação imediata da CPI pela Câmara; isso só poderá ser feito pelo plenário do STF, que deverá decidir a respeito no fim de abril ou começo de maio. A expectativa é de que o plenário confirmará o despacho de Mello; há jurisprudência recente do tribunal que reconhece os direitos de as minorias parlamentares promoverem investigações. A oposição alega que já não há motivo para a CPI não ser instalada e promete bloquear de novo as votações. O presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), porém, disse que vai aguardar a decisão do plenário do STF.


Jornal do Brasil:
"STF proíbe governo de arquivar CPI do apagão"
Em liminar concedida ontem, o ministro Celso Mello, do STF, derrubou a decisão da bancada governista que tinha arquivado o pedido da instalação de uma CPI para investigar o apagão aéreo. Derrotado no STF, o governo obteve, no entanto, uma vantagem com a compra da Varig pela Gol. A empresa se compromete a não cobrar créditos da União.

quinta-feira, março 29, 2007


Notícias da Câmara

Vereador Gerson de Oliveira institui Dia de Ação de Graças no município

Através do Projeto de Lei nº 19/07, votado e aprovado por unanimidade na última terça-feira, dia 27, o vereador Gerson de Oliveira (PMDB) instituiu o Dia de Ação de Graças no município.
O Dia de Ação de Graças será comemorado na quinta-feira da quarta semana do mês de novembro, data que coincide com o evento conforme lei federal de 22 de setembro de 1966.
Em seu projeto o vereador fez um breve histórico sobre o Dia de Ação de Graças. Segundo ele no ano de 1909, o embaixador do Brasil nos Estados Unidos da América, Joaquim Nabuco, foi convidado pelo governo americano para a confraternização do Dia de Ação de Graças e na ocasião declarou: “quisera que toda a humanidade se unisse neste mesmo dia, para um universal agradecimento a Deus”. Em 1949 o presidente Eurico Gaspar Dutra instituiu o Dia Nacional de Ação de Graças e em 1966 o presidente Castelo Branco deu nova redação à lei federal passando a comemoração para a quinta-feira da quarta semana do mês de novembro.
De acordo com o vereador Gerson de Oliveira o projeto tem como objetivo desenvolver um grande evento também em Ubatuba, unindo toda população, de todas as religiões, para uma confraternização, “nos dias atuais, onde vemos tanta violência, devemos nos unir e elevar nosso pensamento em Deus, buscando através da fé um futuro de amor e paz”, disse o vereador.

Fonte: Laura Ennes - ASCOM

Pano rápido...

Emergência

Alguém passa mal num teatro e ouve-se uma voz aflita gritando:
- Há um médico na platéia?
Ninguém se manifesta. A mesma voz grita:
- Um paramédico?
Ninguém. A mesma voz:
- Um charlatão?!

(Luiz Fernando Verissimo no Blog do Noblat)

Música

Amigos da cantoria

Aí vai o convite para o "Serestas e Seresteiros" de março, no Casarão do Porto (Fundart), no próximo sábado, 31/ 03, às 20 horas.
Esperamos vocês por lá!

Serestas e Seresteiros

Canoá
Sérgio e Regina
Cris Domingues
Ophelia Prado
Chicão Nogueira
Fonte: Veratango

Ubatuba

Sesmaria em ação

Os moradores da Sesmaria, através da organização do Núcleo Associados da Sesmaria, vem realizando melhorias nas vias públicas e a limpeza das valas de escoamento de água do bairro. A ação foi uma iniciativa do Sr. Amado Conceição dos Santos, presidente desta entidade, que cansado de esperar as promessas feitas e não cumpridas pelo prefeito Eduardo César, resolveu agir.
Segundo o presidente, o bairro não vem tendo a atenção devida do poder público, pois até o grupo de discussão de regularização fundiária, formada no governo anterior, não foi constituído novamente. Ele assegura que novos mutirões serão realizados pela comunidade.

Fonte: ADPC

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 29 / 03 / 2007
  • Corrida de aventura marca comemorações dos 30 anos do Parque Estadual da Ilha Anchieta
  • Prefeitura estuda regularização de áreas congeladas em Ubatuba
  • Unidade Móvel de Esterilização de Cães e Gatos presta serviços no Bairro Sertão da Quina
  • Prefeitura de Ubatuba realiza grande mobilização de combate à dengue no Dia D Estadual
  • Novas conselheiras tutelares de Ubatuba tomam posse nesta sexta-feira
Leia aqui

Manchetes do dia

Quinta-feira, 29 / 03 / 2007

Folha de São Paulo:
"Gol compra Varig por R$ 320 milhões"
A Gol anunciou a compra da Varig por US$ 320 milhões (R$ 660 milhões), no maior negócio da aviação civil brasileira. As duas empresas serão geridas como companhias independentes, a princípio mantendo seus modelos de negócio atuais. A compra será feita pela GTI, subsidiária da Gol, e precisa ser aprovada pelos órgãos reguladores.


O Globo:
"Congresso quer subir a taxa de embarque em pleno caos"
Um dia após o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ter cobrado "prazo, dia e hora" para anunciar o fim do apagão aéreo à população, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou, por unanimidade, mais uma medida que prejudica o consumidor. A proposta é criar uma contribuição entre R$ 3 e R$ 14 nas taxas de embarque de vôos domésticos para financiar a aviação regional. O Senado já havia aprovado o texto que deveria seguir então para sanção presidencial, mas o PPS reclamou. "Estamos em pleno apagão aéreo, o que não justifica aumentar o custo desses serviços", queixou-se o líder do partido, Fernando Coruja (SC). O PPS vai recorrer e, por isso, o texto volta ao Senado. O presidente da Infraero, brigadeiro José Carlos Pereira, também reclamou: "Sou contra criar qualquer tipo de tarifa." Ontem, conforme noticiara Ancelmo Gois, os donos da Gol foram a Brasília anunciar ao presidente Lula a compra da Nova Varig por US$ 320 milhões. Segundo o presidente e fundador da Gol, Nenê Constantino, a aquisição foi um pedido de Lula: "Ele pediu para ajudar a dar um jeito na Varig." A operação foi montada pelo advogado Roberto Teixeira, compadre de Lula, que atua na área de aviação.


O Estado de São Paulo:
"Base aliada tenta manter troca-troca entre os partidos"
A base do governo na Câmara se prepara para aprovar uma lei que proteja deputados que troquem de partido. É uma reação ao parecer emitido anteontem pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), segundo o qual os partidos têm direito a ficar com a vaga de deputados que mudem de sigla; com isso, tais parlamentares estariam sujeitos a perder o mandato. Nos últimos meses, 36 deputados trocaram de partido, transferindo-se principalmente para legendas governistas. O líder do PR, deputado Luciano Castro (RR), é o principal defensor da aprovação de uma lei que permita explicitamente o troca-troca, o que tornaria inócuo o parecer do TSE. Para Castro, na hora de votar o eleitor não leva em conta o partido do candidato. "Vota porque conhece a trajetória do político", diz. O presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), também defende essa solução. Já PPS, PSDB, PFL e PDT anunciaram ontem que recorrerão à Justiça para tentar reaver os mandatos dos deputados federais que trocaram de partido. Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) avaliam que se o caso chegar a essa corte, o parecer do TSE será mantido.


Jornal do Brasil:
"O último ato para a destruição da Varig"
O anúncio da compra da Nova Varig pela Gol foi o último ato para a destruição da maior empresa de aviação brasileira. O negócio foi fechado por US$ 275 milhões, mas pode chegar a US$ 320 milhões. O anúncio foi feito ao presidente Lula no Palácio do Planalto. Com a aquisição, a Gol não passa a líder de mercado, mas se credencia a brigar pela posição que hoje é da TAM. Como a venda da Ipiranga, a transação com a Varig já nasce sob o manto da desconfiança. A CVM oficiou a Gol pedindo explicações sobre o vazamento da negociação pela imprensa.

quarta-feira, março 28, 2007

ACIU em marcha

Parceria com Banco do Brasil

Prezados Senhores,

Comunicamos que o Banco do Brasil está oferecendo condições especiais para empresários já clientes do Banco e também para novos, numa parceria com a Associação Comercial de Ubatuba.
Os interessados deverão procurar o Gerente da agência do Banco do Brasil em Ubatuba, Sr. Vantuil, que dará todas as informações sobre esta parceria.
Sem mais, saudações.

Associação Comercial de Ubatuba

Se oriente rapaz...

Rumos e rotas

Desde os primórdios o homem descobriu a necessidade de orientação em seus deslocamentos, principalmente para não ficar loucamente deslocado. Assim, para ir daqui pra ali, daqui pra lá, ou de lá pra cá, sempre havia alguma marcação. Uma trilha, um galho quebrado, uma pedra quadrada ou redonda, uma pedra grandona ou uma pedra pequenininha. Uma arvinha ou uma arvona. Também poderia ser algum acidente geográfico! Uma montanha, um morro, um morrinho um morrote, um rio, um riacho uma nascente. ah! sim o sol, as estrelas. Tudo para estabelecer rotas e tomar os melhores rumos. Todas as marcações para não se perder ou, sentir-se perdido, ou ainda para não agir ou mostrar-se como tal. As técnicas para orientação evoluíram, através dos tempos, junto com o homem. Na terra, no ar, no mar e no vácuo. A tecnologia de orientação está tão avançada que pode-se prever rotas para planetas distantes e direcionar, automaticamente aeronaves espaciais a rumos com rotas pré definidas. Um verdadeiro espetáculo da orientação intergaláctica! Mas, foi um equipamento básico que proporcionou estes grandes avanços: a bússola. Assim, nos dias de hoje, com tanta tecnologia disponível (que ficou até barata) para orientação, ficou inadmissível perder-se. Ficou simples estabelecer rotas e, impossível de se perder o rumo. Com o GPS impossível não se localizar. Hoje em dia, tomar rumos que denotem estar fora de rota, pega mal. Não é verdade?

Ronaldo Dias

Pensata

O lixo no Litoral Norte

Arquiteto Renato Nunes
Não sei se por formação ou por deformação profissional adquiri alguns hábitos para analisar os acontecimentos da cidade. Meu curso de arquitetura e urbanismo ensinou-me, e nisso fiquei viciado, a formular o maior número possível de interpretações sobre a origem e características de determinado problema antes de tentar sua solução. Organizar os espaços a serem construídos, ou os espaços urbanos abertos onde a população vivencia e interage sua existência coletiva, é uma tarefa séria, de requisitos acadêmicos. Não é coisa para amadores e muito menos para qualquer formação profissional por mais bem intencionado que seja o sujeito. Ninguém pratica uma cirurgia no amigo se não for médico. E se o praticar será uma cirurgia sem retorno. Poderá, apesar da boa intenção em ajudar o amigo, pegar trinta anos de cadeia por assassinato. Portanto, é o medo da pena que impede o exercício da boa vontade nas mazelas físicas do amigo. É assim em todas as profissões regulamentadas. A regulamentação foi criada não para a defesa corporativa de um mercado de trabalho, mas para defesa da sociedade.

Menos em arquitetura e urbanismo. Apesar de também ser uma profissão regulamentada, todo mundo dá palpite. Vendem-se assinaturas que legalizam a aprovação dos verdadeiros monstros construídos nesta infeliz paisagem urbana por R$1,99 o metro quadrado.

Em matéria de amadorismo e despreparo para o planejamento urbano veja-se o caso do aterro sanitário de Ubatuba, fechado por determinação da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e reaberto por determinação judicial requerida pelo município. Uma zorra conduzida por políticos e amadores há mais de vinte e cinco anos.
Em 1997 o governo Zizinho tomou posse já com o embargo do aterro decretado pela Promotoria do Meio Ambiente e, para evitá-lo várias providencias foram determinadas. Tomaram-se algumas medidas que permitiram seu funcionamento por algum tempo, o caso se arrastou com vida curta e agora o alerta vermelho se repete. Haverá solução?

Naquele ano de 97 foi tentada uma saída política que consistia em criar dois grandes aterros sanitários que serviriam aos quatro municípios do Litoral Norte devido a grande dificuldade de se encontrar na região áreas adequadas para esse tipo de ocupação. Isto porque toda a faixa plana do nosso litoral é o escoadouro natural das águas que descem pela Serra do Mar, criando uma planície riquíssima em cursos d’água que vão parar no oceano carreando detritos e o chorume do lixo para as zonas urbanas e de interesse turístico. Localizar ali áreas que sirvam como depósito de lixo sem riscos para a saúde e com capacidade de funcionamento pelas próximas décadas não é fácil.

A essa dificuldade juntou-se na época a natural resistência dos prefeitos das cidades que seriam contempladas com o lixo das cidades vizinhas. Para não comprometer a carreira política de ninguém puseram uma pedra no assunto, voltando cada cidade a ter que resolver sozinha seu problema. Após isso, técnicos do Estado selecionaram algumas áreas em Ubatuba que poderiam servir como novos aterros sanitários para nosso município, descentralizando a coleta e consequentemente reduzindo os imensos custos com transporte.
Teoricamente perfeito, faltava apenas o dinheiro para as desapropriações. Passou-se o tempo, as áreas escolhidas foram cercadas pela expansão populacional e perderam sua condição ideal apresentada no início. Em um seminário posterior convocado para a discussão de problemas ambientais, hídricos e de saneamento realizado na Escola Tancredo Neves, um arrogante técnico do Estado deu um vigorosos puxão de orelhas no município dizendo que a incapacidade local em realizar as desapropriações comprometeu as áreas tão bem escolhidas por eles e que agora novos estudos teriam que ser feitos. E é exatamente nesse ponto que deve ter início o raciocínio de planejamento.

Há pouco mais de quarenta anos queimava-se o lixo no fundo dos quintais, depois o poder público passou a recolhê-lo lançando-o em valas naturais, grotões e lugares afastados devido ao mau cheiro. Adultos perceberam que no meio daquele lixão que apodrecia ao sol havia alguma riqueza e puseram crianças e velhos desempregados para disputar com os urubus o conteúdo dos caminhões que chegavam diariamente. Hoje Ubatuba tem quase cem mil habitantes, um potencial de turismo internacional altíssimo, a região vai abrigar a unidade processadora de gás da Petrobrás e será implantado o corredor de exportação com as ampliações do Porto de São Sebastião. O cenário futuro da questão do lixo urbano a curtíssimo prazo é caótico, está na hora de pensar de outra forma, de mudar o patamar da solução e identificar melhor seus agentes e responsáveis.

Inicialmente investigue-se quem produz o lixo e como o município pode arcar com os custos dessa operação. Penso que a resposta que dei ao arrogante técnico do Estado acima citado, serve para apontar um caminho. Disse-lhe que Ubatuba tem cerca de 80 mil habitantes, dos quais cerca da metade pagam IPTU e demais impostos municipais, nossa evasão fiscal é imensa. Considerando o ciclo de verão, freqüentam Ubatuba mais de um milhão de pessoas, provenientes de todo país em particular de todo Estado de São Paulo e todas produzindo toneladas de lixo diárias. Olhando dessa forma identifica-se uma situação extremamente injusta para Ubatuba, ou seja, 40 mil habitantes pagam impostos para que a Prefeitura do município recolha e trate do lixo produzido por um milhão de pessoas vindas de todo país. É uma equação socialmente criminosa tanto para os nossos moradores como para os freqüentadores da cidade, e nunca será resolvida com os recursos locais. É injusto e inexeqüível. Não há porque técnicos estaduais responsabilizarem o município num assunto de interesse e responsabilidade estadual e nacional.

Considerando a importância turística e econômica do Litoral Norte para a economia do Estado e do país, conclui-se que, tanto quanto o interesse nacional na preservação da Mata Atlântica, mangues e costeiras, o saneamento da região tem que ser programado e bancado em escala estadual e federal. O município tem que se cuidar para receber turistas de toda parte, mas a carga financeira tem que ser suportada por quem também se beneficia com a qualidade desse cuidado.

Esse procedimento é exatamente igual ao dos “royalties” pagos pela Petrobrás aos municípios à frente dos quais extrai e enriquece a economia petrolífera do Brasil. A solução técnica da coleta e tratamento do lixo no Litoral Norte tem que ser elevada ao patamar político de uma questão de interesse estadual e nacional.

Quando isso ocorrer surgirá como possível, obrigatória e financiada pelo poder público a implantação de programas como a verdadeira coleta seletiva do lixo, a criação de cooperativas de usinas de reciclagem, a implantação de biodigestores e outras formas de geração de energia conforme as já existentes em vários paises diante de igual problema.
Esse programa poderá aproveitar ainda o conhecimento acumulado nas universidades que fazem estudos sérios e pesquisas de novas formas de tratamento e utilização do lixo orgânico.Só depois disso tudo equacionado é que se poderá mexer no terreno e buscar as definições físicas e de localização dos equipamentos necessários.
Antes disso é um chute e improvisação de palpiteiros que custará muito caro para as próximas gerações.

Boa pergunta...

Quem é o dono do mandato?

De Sônia Filgueiras em O Estado de S. Paulo, hoje:
"Os partidos políticos têm direito a ficar com a vaga, caso um parlamentar eleito pelo sistema proporcional - deputados federais, estaduais e vereadores - queira mudar de legenda, já no exercício do mandato. Essa interpretação foi adotada ontem pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). De acordo com ela, o parlamentar eleito por um partido perde o mandato se trocar de legenda sem justificativa; e o partido pelo qual foi eleito tem direito a substituí-lo.
A interpretação, que teve seis votos favoráveis e um contra - o ministro Marcelo Ribeiro foi o único a divergir -, foi uma resposta a consulta apresentada à Corte pelo PFL, partido que já perdeu sete deputados federais nesta legislatura. A maioria saiu da oposição e virou situação, migrando para o PR, integrante da base aliada. No total, a base governista engordou em 41 deputados entre outubro de 2006 e a última segunda-feira. A oposição emagreceu em 47 deputados.
A interpretação do TSE é inédita e não tem efeitos práticos imediatos. Trata-se de uma resposta a uma consulta administrativa, sem base em caso concreto. Ela deverá, no entanto, servir de base para o advogado do PFL, Admar Gonzaga, pedir ao presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia (PT-SP), que declare livres em favor do PFL as vagas dos deputados “trânsfugas” - termo usado pelo ministro Cezar Peluso durante o julgamento - para que possam ser preenchidas por seus suplentes. “Se ele se negar a fazer isso, terei um ato concreto que, em princípio, me permitiria entrar com um mandado de segurança junto ao Supremo Tribunal Federal pedindo as vagas de volta”, explicou o advogado. “Devo fazer isso amanhã (hoje)”, disse". (Fonte: Noblat)

Nos ares

Gol estaria perto de comprar a Varig

Estão bastante avançadas as negociações da Gol com o fundo Matlin Patterson para a aquisição da Nova Varig. Segundo fontes do mercado financeiro próximas à negociação, a venda está “praticamente fechada”. “As negociações estão no nível dos detalhes, de garantias”, afirmou a fonte.
Para evitar riscos de contaminação da Gol, que tem ações nas bolsas de Nova York e São Paulo, o negócio seria fechado por uma empresa chamada Águia, pertencente à família Constantino, dona da Gol.
A Gol, no entanto, não está sozinha. A chilena LAN, que no dia 31 de janeiro anunciou um empréstimo de US$ 17,1 milhões à Nova Varig, valor passível de ser convertido em ações, continua na disputa. A empresa chegou a fazer uma ‘due dilligence’ (análise de dados financeiros) na Varig, mas estaria analisando a receptividade de sua proposta junto ao governo brasileiro. Pelo contrato do empréstimo, a LAN tem preferência na venda e terá de ser ressarcida caso o Matlin decida realmente vender sua participação para a Gol.
Leia mais

Editorial

A ver navios

Vamos continuar sem saber os salários dos médicos da Santa Casa. Embora a Comissão da Câmara tenha enviado ofício solicitando a informação, não foi atendida. A Prefeitura miguelou. Ainda hoje publicarei detalhes do relatório apresentado ontem, assinado pelo relator da Comissão, vereador Gerson “Biguá” de Oliveira, que bateu duro no Prefeito. Na seqüência, ao falar em plenário, o nobre edil tentou colocar panos quentes no que havia firmado. Isso é o que podemos chamar de coerência. O pau está comendo no ninho tucano. Na última reunião por pouco não houve pugilismo explícito. Com a saída de Marcos Alcântara e com os interesses óbvios do prefeito, que prefere Caribé fora da parada, a próxima convenção do PSDB promete ser bastante animada. O que é interessante é a questão do referencial, embora sem partido, há uma nítida tentativa do Prefeito de controlar todos os partidos, que em Ubatuba são meros passaportes para as eleições. Candidatos migram da extrema direita para a extrema esquerda com a facilidade com que trocam de camisa. Querem um exemplo? Eduardo de Souza Cesar, atualmente sem partido. Perguntem a ele quantos foram as siglas pelas quais passou nos últimos dez anos? Caso não haja resposta, amanhã eu conto. Nesse quadro de indefinição ideológico-programática, a força do candidato Caribé, que desponta como o maior adversário de Eduardo César, reside no próprio candidato. No PSDB, ou fora dele, Caribé vai ser um osso duro de roer em 2008. Fidelidade partidária é coisa para democracias amadurecidas. Um dia Ubatuba vai evoluir politicamente, isto é, caso sobreviva aos desmandos contínuos que sofre desde a passagem de Ciccillo Matarazzo pela prefeitura. Por falar nisso, vocês viram a notícia da Vanguarda de ontem? O emprego formal cresceu em toda a região, menos em Ubatuba, onde 300 postos de trabalho desapareceram. Eu não me ufano, e tenho razões para tanto...

Sidney Borges

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 28 / 03 / 2007
  • Prefeitura corrige problema que causava afundamento de asfalto no centro
  • Prefeitura de Ubatuba recupera áreas degradadas no município
  • Nova ponte será inaugurada nesta sexta-feira no Ipiranguinha
  • Parque Estadual da Ilha Anchieta comemora 30 anos com festa
  • Prefeito recebe presidente da Associação de Moradores do Corcovado
  • Ubatuba inicia preparativos para prova de triatlo
Leia aqui

Manchetes do dia

Quarta-feira, 28 / 03 / 2007

Folha de São Paulo:
"TSE decide que mandato de deputado é do partido"
O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiu ontem à noite, por seis votos a um, impor a fidelidade de filiação partidária para os políticos eleitos para os Legislativos em todos os seus níveis. Deputados que trocaram de sigla depois da eleição do ano passado correm agora o risco de perder o mandato, exceto se retornarem para as agremiações a que estavam filiados no dia do pleito. (...)


O Globo:
"Lula exige 'dia e hora' para fim do caos aéreo"
Após uma reunião com dirigentes dos órgãos federais responsáveis pela gestão do setor aéreo, o presidente Lula exigiu "prazo, dia e hora" para o fim do caos nos aeroportos. "Já estou lendo muita coisa na imprensa, um fica culpando o outro", disse o presidente. Ontem, o dia foi tranqüilo nos aeroportos, mas uma greve de agentes da Polícia Federal marcada para hoje deve transtornar o movimento em terminais internacionais. Os donos da Gol vão hoje a Brasília comunicar a Lula a compra da Varig, informa Ancelmo Gois. Com a operação, a companhia da família Constantino terá dois terços da ponte aérea Rio-São Paulo.


O Estado de São Paulo:
"Lula volta a dar prazo para fim do caos aéreo"
Mais cinco horas de reunião no Palácio do Planalto, ontem, ainda não foram suficientes para resolver a crise no setor aéreo. A única decisão foi marcar uma nova reunião para depois de amanhã. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse aos ministros envolvidos no problema que "o povo já não tem mais paciência" e exigiu um prazo para solução dos problemas - embora três meses atrás tenha feito o mesmo. Lula isentou o ministro da Defesa, Waldir Pires, de responsabilidade pelos apagões, disse que ele permanece no cargo e lançou a culpa sobre "pessoas que tomavam conta dos aeroportos brasileiros". Ele estaria se referindo principalmente ao brigadeiro Luiz Carlos Bueno, ex-comandante da Aeronáutica, e a Carlos Wilson, ex-presidente da Infraero, que ficaram, respectivamente, quatro e três anos nesses cargos, no primeiro governo Lula. O presidente da Infraero, José Carlos Pereira, deixou claro que a estatal não tem previsão para solução dos problemas. Ele avaliou que a série de atrasos em vôos começou depois do acidente com um avião da Gol, em setembro do ano passado, e admitiu que ainda não se sabe qual a causa dos problemas.


Jornal do Brasil:
"Lula reclama mas mantém responsáveis"
Depois de quatro horas de uma reunião tensa com o ministro da Defesa, o comandante da Aeronáutica e os presidentes da Infraero e da Anac, o presidente Lula disse que não aceitará mais desculpas e espera uma solução rápida para o apagão aéreo que afeta o país. Afirmou, no entanto, que não fará mudanças na equipe responsável pelo setor. E disse diretamente aos repórteres que o ministro da Defesa, Waldir Pires, permanece no cargo. No Chile, um apagão no transporte coletivo da capital, Santiago, caudado pela demora do governo na implantação de novas linhas de ônibus, levou a presidente Michelle Bachelet a tomar uma decisão bem mais enérgica: demitiu quatro ministros e pediu desculpas à população: "Erros não serão aceitos. Nossa gente e nosso país esperam muito de vocês", disse Bachelet, dirigindo-se aos novos ministros.

terça-feira, março 27, 2007


Não é familiar?

Igual a Pitta

O prefeito paulistano Gilberto Kassab (PFL) igualou o recorde de rejeição de Celso Pitta: 46%. Mas nem se importa: foi a uma feira de turismo em Milão. (Cláudio Humberto)

Editorial

Antes e depois

Hoje a Comissão Especial da Câmara que investiga o "affair" Santa Casa e tem como relator o vereador Charles Medeiros, vai apresentar conclusões. Ontem encontrei o vereador em seu gabinete. Era tarde, por volta das nove horas da noite. Charles trabalhava em meio a pilhas de papéis, dava formato final ao que vai mostrar hoje. Escolhi a hora de propósito. Naquela mesa deveriam estar as informações que quero dar aos leitores desde que a crise que assola nosso único hospital tomou ares de tragédia. Eu havia pedido os salários da Santa Casa, de tempos anteriores à intervenção e os pagos atualmente. Não obtive resposta. Dizem por aí que foram inflacionados. Falam demais, nas ruas e nas rádios. Quero provas materiais. Ontem tornei a pedir números ao vereador Charles Medeiros. Ele respondeu que não tinha como me atender. Tais números ainda não haviam chegado, o que deve acontecer hoje. Vamos esperar. A cidade está curiosa, quer saber quanto ganhavam os médicos antes da intervenção e quanto passaram a ganhar. Hoje à noite saberemos de tudo. Como costumo dizer, cedo ou tarde sempre acabamos sabendo de tudo. Amanhã, não perca. Neste batblog, na mesma bathora de sempre, você finalmente conhecerá detalhes mínimos dos tão comentados e misteriosos salários. Serão maiores do que o do Presidente da República? Serão maiores do que o do Prefeito? Uau! Nem vou dormir de curiosidade.

Sidney Borges

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 27 / 03 / 2007
  • Prefeitura dá atenção especial à região do Itaguá
  • Prefeitura de Ubatuba executa diversos serviços na região sul
  • Coordenadoria de Trânsito realiza mudanças no Centro
  • 1º Encontro das Agendas 21 de São Paulo acontece em São Sebastião
  • Filipe Toledo conquista bicampeonato do Rip Curl Grom Search
  • Torneio definirá pré-selecionados no beach soccer masculino de Ubatuba
Leia aqui

Manchetes do dia

Terça-feira, 27 / 03 / 2007

Folha de São Paulo:
"Burocracia deixa 330 mil sem receber Bolsa Família"
Cerca de 330 mil famílias supostamente aptas a receber os benefícios do Bolsa Família são prejudicadas pela burocracia, informa Marta Salomon. A diferença aparece na comparação entre o número de famílias pobres nos Estados e a folha de pagamentos de fevereiro do programa. Além do DF, 12 Estados têm mais pobres que famílias que recebem a bolsa de R$ 15 a R$ 95 por mês.

O Globo:
"Aeronáutica é culpada por nova pane, conclui Infraero"
Depois de ser cobrada publicamente pelo ministro da Defesa, Waldir Pires, a Infraero apresentou ontem relatório culpando a Aeronáutica pelo último apagão aéreo, causado pelo fechamento do Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos (SP), por 12 horas nos últimos três dias. Em meio a um nevoeiro, o equipamento que permite o pouso em dias sem visibilidade estava desligado. Segundo a estatal, o conserto foi feito no dia 28 de fevereiro, mas só ontem a FAB liberou o equipamento para funcionamento. Setores do governo já admitem que a gestão da aviação civil saiu do controle. Diante da situação, Pires fará hoje em reunião com Lula um apelo para que o presidente decida por uma ação de Estado em relação á desmilitarização do setor.

O Estado de São Paulo:
"Cumbica ficou um mês com sistema de pouso quebrado"
O Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, ficou um mês sem um dos equipamentos que auxiliam os aviões a aterrissar sob neblina. Danificado por um raio em 25 de fevereiro, só ontem à tarde o ILS (sigla em inglês para sistema de pouso por instrumento) voltou a funcionar. Também ontem, pelo terceiro dia consecutivo, o aeroporto teve atraso de vôos por causa de nevoeiro. De acordo com relatório da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), o ILS estava reparado no dia 13 de março, mas a Aeronáutica não dispunha de aviões para aferir o equipamento e homologá-lo. Somente às 15 horas de ontem um avião-laboratório da FAB fez o teste e liberou a pista para todo tipo de operação. Com a crise no sistema aéreo mostrando a cada dia novos ingredientes, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva convocou ontem o ministro da Defesa, Waldir Pires, para dar explicações. A informação que recebeu foi de que, ontem, o problema foi a queima dos dois ILS instalados na pista 9 direita de Cumbica.

Jornal do Brasil:
"Apagão de autoridade"
Os controladores culpam a Infraero, que culpa a Aeronáutica, que culpa os controladores. E, pelo terceiro dia consecutivo, o Aeroporto de Cumbica viveu uma situação caótica. A Infraero disse que não pode atender á determinação do ministro Waldir Pires, que cobrou responsabilidades e demissões. O presidente Lula convocou uma nova reunião - a oitava desde o início da crise - para "tomar medidas definitivas" contra o apagão.

segunda-feira, março 26, 2007

ACIU em movimento

Eleição na associação comercial

Na próxima sexta-feira, 30, das 14h30 às 18h, na sede da associação comercial, acontece a eleição para o biênio 2007-2008, quando concorrerão duas chapas para estar à frente da entidade, que tem por finalidade defender os interesses do comércio local.
A primeira chapa a se inscrever foi a chapa da atual diretoria, encabeçada pelo atual presidente Kibe que irá tentar a reeleição.
A segunda chapa, formada em várias reuniões buscando uma composição de nomes discutidos com diversas áreas do comércio, é encabeçada pelo empresário JIJA, Josias Sabóia, que já foi presidente da associação no biênio 99-00.
Leia mais

Coisa e tal...

Vai dengue aí?

Ando crispado. É do ar do mar. Certas coisas me dão um tiquetique nervoso, ainda bem que não sou boy. Meu amigo Dudulho Talker Parlatore é presidente de uma empresa de carga aérea e coisas correlatas e produtos afins. Com recursos próprios foi a Chicago para uma feira de trenzinhos elétricos. Ao chegar descobriu que estava com dengue. Dudulho defrontou-se com um dilema. Se procurasse ajuda médica teria de ficar de quarentena, praxe quando se trata de moléstia tropical contagiosa. E nesse caso, o vice-presidente, Sábato das Rimas assumiria e isso Dudulho nunca deixaria acontecer. Jamais, sem chance. Meu amigo sofreu estoicamente e retornou sem ver um único trem elétrico. Ficou no hotel contemplando o mundo da janela, vendo os navios que passavam ao longe e a banda que volta e meia passava perto. Estimo as melhoras Dudulho, cuidado para não pegar dengue novamente. A segunda vez pode ser perigosa. (Sidney Borges)

Ubatuba

I Fórum da Juventude de Ubatuba

Jairo dos Santos - Vereador
O desemprego, a pobreza, a violência, as doenças sexualmente transmissíveis, as drogas e o alcoolismo são os grandes desafios desta geração. Apesar dos progressos globais nas mais diversas áreas do conhecimento e tecnologia, deparamo-nos com uma triste realidade: a falta de perspectiva da juventude, principalmente em nosso município, que carece muito de opções de lazer, esportes e cultura. Os adolescentes e os jovens viraram um “problema” social. Devemos encontrar soluções reais, eficientes e eficazes para estes “problemas”.
Trata-se de um desafio que envolve todos os segmentos de nossa sociedade.
Diante disto, estamos organizando para o próximo mês de maio, o I Fórum da Juventude de Ubatuba. Os jovens podem e devem ter condições de participar da busca de soluções dos seus problemas. É necessário mostrar que os jovens não são obstáculos e sim recursos valiosos para o desenvolvimento de nossa sociedade.


Os objetivos são:

• Dar voz, gerar oportunidades, elevar a auto-estima, fomentar a participação dos jovens nas organizações culturais, esportivas, políticas, estudantis, ecológicas, de voluntariado, de solidariedade, cidadania e entidades assistenciais do nosso município, visando aproveitar a energia e o potencial transformador deles, contribuindo para a melhora da qualidade de vida de nossa comunidade;

• Debater a necessidade de se criar o Conselho Municipal da Juventude como órgão estratégico de apoio governamental;

• Instalar Núcleo da Juventude – entidade não governamental, formado por representantes de Centros Cívicos, Diretórios Estudantis e entidades juvenis de nosso município. O núcleo irá traçar estratégias, implementar e monitorar as ações propostas do Fórum da Juventude.

Este evento deve ser, acima de tudo, um chamado à participação do jovem nas discussões dos principais problemas que o atingem, como drogas, emprego, sexualidade, violência e outros.
Promover a participação dos jovens na elaboração e execução de políticas públicas é reconhecer a juventude como uma força positiva, com enorme potencial para contribuir para o desenvolvimento de uma sociedade mais participativa, democrática e justa.


Pesquisas

Serra está de bola cheia

Da Folha de S. Paulo, hoje:
"A gestão de José Serra no governo de São Paulo é aprovada por 39% dos paulistas, revela pesquisa Datafolha sobre os três primeiros meses do tucano à frente do Palácio dos Bandeirantes. Esse é o percentual dos que consideram o atual governo, iniciado em 1º de janeiro, ótimo ou bom.
Ainda que a capital se mostre mais crítica a Serra, a única grave crise enfrentada pelo Estado neste ano -o acidente nas obras da linha 4 do metrô paulistano- parece não ter causado grandes estragos na média final do tucano.
Serra é o governador com melhor média de aprovação nos três primeiros meses de trabalho na chamada "era tucana", iniciada em 1995".


Nota do editor - Trinta e nove por cento de aprovação. O que significa isso? É alguma piada? Aqui em Ubatuba o prefeito tem mais de setenta por cento, conforme pesquisa do jornal Imprensa Livre. Serra tem muito o que aprender. (Sidney Borges)

Jogou, perdeu. Certeza total...

Caça-níquel sai por R$ 1.500 em SP

Sem nenhum controle, é possível comprar peças e montar a máquina que, apesar de proibida, está em 60% dos bares

Alexssander Soares
Por R$ 1.500,00 é possível comprar as peças e montar uma máquina de caça-níqueis em São Paulo. Além de programá-la para dar lucros de 60%, 65%. Se o interessado quiser, pode adquiri-la já montada. Desembolsará um pouco mais: R$ 2.100,00. E nem adianta pechinchar. Vendedores vão logo avisando que só dão desconto para compras de, no mínimo, dez máquinas ou kits de montagem.

O Estado circulou pelo mercado dos caça-níqueis nas últimas três semanas. E descobriu que a facilidade em conseguir as máquinas e a falta de controle das autoridades estimula cada vez mais donos de bares, lanchonetes e padarias a tê-las em seus estabelecimentos, apesar de serem proibidas por lei estadual e terem sua exploração enquadrada como contravenção penal.
Leia mais

Internacional

Blair adverte o Irã: 'A crise é séria'

Troca de acusações amplia tensão desatada por prisão de marines britânicos; Teerã diz que eles serão indiciados


AP, AFP E REUTERS, BERLIM
O primeiro-ministro da Grã-Bretanha, Tony Blair, advertiu ontem o Irã sobre a gravidade da crise diplomática desatada pela captura de 15 marinheiros e fuzileiros navais britânicos por forças iranianas no Golfo Pérsico. “A situação é muito séria”, disse Blair, durante encontro de chefes de Estados em Berlim, na Alemanha, para comemorar os 50 anos da União Européia. “Espero que os iranianos entendam o quanto é fundamental essa questão para o governo da Grã-Bretanha”.
Os marines britânicos foram detidos por militares em embarcações da Guarda Revolucionária iraniana, na sexta-feira, nas proximidades do Canal Shatt al-Arab. Eles participavam de uma operação de patrulha das fronteiras marítimas do Iraque e haviam acabado de inspecionar um navio mercante. Segundo o governo iraniano, os marines invadiram as águas territoriais do seu país e foram detidos para serem interrogados. A Grã-Bretanha, porém, nega que eles estivessem no Irã quando foram capturados.
Leia mais


Manchetes do dia

Segunda-feira, 26 / 03 / 2007

Folha de São Paulo:
"Governo de Serra tem aprovação de 39%"
A gestão de José Serra no governo de São Paulo é aprovada por 39% dos paulistas, revela pesquisa Datafolha sobre os três primeiros meses do tucano à frente do Palácio dos Bandeirantes. Esse é o percentual dos que consideram o atual governo, iniciado em 1º de janeiro, ótimo ou bom. Ainda que a capital se mostre mais crítica a Serra, a única grave crise enfrentada pelo Estado neste ano -o acidente nas obras da linha 4 do metrô paulistano- parece não ter causado grandes estragos na média final do tucano.


O Globo:
"Número de foragidos já é maior do que o de presos"
Levantamento da Secretaria Nacional de Segurança Pública, com base no Infoseg, o maior banco de dados criminais do país, mostra que o Brasil tem hoje mais de meio milhões de foragidos da Justiça, por crimes como seqüestros, assaltos e assassinatos, entre outros. Há mais foragidos do que presos em todo o sistema penitenciário nacional. As cadeias, já abarrotadas com 401.236 detentos, não teriam espaço para os foragidos. Cerca de 550 mil mandados de prisão jamais foram cumpridos pelas polícias. "É simplesmente assustador", resume o professor Ignácio Cano, especialista em estudos sobre violência.


O Estado de São Paulo:
"Receita mantém 1 milhão de contribuintes na malha fina"
A pouco mais de um mês do prazo final para a entrega da declaração do Imposto de Renda, 1,1 milhão de contribuintes ainda não acertaram antigas contas com a Receita Federal. A malha fina do fisco retém 526,23 mil declarações do imposto do ano passado, 396,1 mil referentes a 2005 e 173,4 mil de 2004. É a primeira vez que a Receita divulga um balanço completo das declarações retidas nos últimos cinco anos. (...)


Jornal do Brasil:
"TCU quer acabar com a festa da filantropia"
Relatórios do Tribunal de Contas da União apontam que entidades registradas como beneficentes têm atuado irregularmente no país. Sob vista grossa do Conselho nacional de Assistência Social, 5.128 delas respondem por uma renúncia fiscal de R$ 2,4 bilhões por ano. Na condição de filantrópicas, as entidades deixam de pagar tributos como PIS, Cofins e IR.

domingo, março 25, 2007

Espaço do leitor

Indignação

Dengue: donos de casas com criadouros serão multados em SP. Vigilância Sanitária de Ubatuba irá multar casas onde haja proliferação do mosquito. Agentes poderão entrar em casas mesmo sem autorização de proprietários


Exmo. Sr. Prefeito Eduardo César

Ao ler essa notícia, nessa semana, no jornal “Estado de S. Paulo” fiquei estarrecido. Cobrar dos outros a sua incompetência é demais.
Seu secretário de Saúde era sanitarista, e não previram os dois, que como cidade turística não estaria sujeita a isto? Por que como as outras nossas co-irmãs do litoral norte, não os igualou na prevenção?
Este município cobra o IPTU mais caro do país, e quem investiu aqui, porque este município incentivou, e o Sr. estava junto como vereador, agora é o culpado? Todos pagamos em dobro o preço de sua leviandade. Basta Sr. Prefeito. Como um menino o Sr. só pensa em esporte e veja no que deu. Rebentou o sistema de saúde do município e agora os esportistas que aqui vierem, sequer terão médicos que os atendam, sê porventura disto necessitarem, assim como nós não temos.
Jorrar água de pedras, isto é só para santos e disto o Sr. não tem nem no nome.
Onde estava sua Vigilância Sanitária que não pensou nisto. Em tempo. Ah, sucateada? Mas os corredores de todos os ambientes que recebem pelos cofres da prefeitura, estão transbordando de funcionários, muitos, sem ter o que fazer, mas os que necessitamos, estes não temos, mas Vossa Excelência precisa de cabos eleitorais. Pra quê Sr. Prefeito, maior é o município e seu povo do que seu mandato. Pense nisto.
O Sr. ainda conserva sua mentalidade de menino, que só pensa em esportes e matou nosso já doente sistema de saúde. Quando a gente cresce não só brinca, mas trabalha.
E agora Sr. Prefeito? Os outros é que vão pagar a conta?
A culpa é dos outros?
Segundo velho ditado: quem fala a verdade não merece castigo, mas em Ubatuba, pobre de mim.
Que alguém tenha piedade.

Marcelo Nunes de Sousa
Itaguá, Ubatuba
marcelonds@yahoo.com.br
 
Free counter and web stats