sábado, janeiro 20, 2007

Boeing da Gol

Diálogo revela que pilotos do Legacy podem não ter dito toda a verdade

Por Alexandre Oltromari, em Veja
O acidente com o Boeing da Gol, a maior tragédia da aviação brasileira, ainda está encoberto por uma nuvem de suspeitas. (...) As autoridades querem entender por que os controladores de vôo permitiram que duas aeronaves trafegassem em rota de colisão e descobrir os motivos que levaram o jato Legacy a voar por quase uma hora com o transponder (aparelho que fornece aos controladores de vôo a altitude exata do avião) inoperante. Os controladores nunca explicaram o que aconteceu. Os pilotos do Legacy, por sua vez, apresentaram uma versão em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, concedida nos Estados Unidos. Joe Lepore e Jan Paladino contaram que em nenhum momento perceberam que o transponder estava desligado. "Não havia durante o vôo a indicação na cabine de que ele estava inoperante", disse Paladino. Nada os desmente no que diz respeito ao vôo antes do choque com o Boeing. Depois do choque, revelam os diálogos, eles subitamente viram que o equipamento anticolisão, o TCAS, estava desligado. Nas aeronaves mais modernas, como o Legacy, o transponder funciona acoplado ao TCAS. Se o TCAS estava desligado, o transponder também estava. Os pilotos do Legacy podem não ter falado toda a verdade. VEJA teve acesso aos diálogos dos pilotos na cabine de comando do Legacy. Eles mostram que Lepore e Paladino, ao contrário do que dizem, descobriram, após o acidente, que viajaram com o mecanismo anticolisão desligado.

Ditadores e ditaduras

Chávez ataca jornal "O Globo"

Por Mário Magalhães, na Folha deste sábado:
Em um discurso de duas horas e nove minutos de duração, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, fez ontem à noite no Rio um virulento ataque aos meios de comunicação do Brasil e da América Latina. Chávez identificou a mídia ao "imperialismo norte-americano" e às "oligarquias sul-americanas". "Por mais dinheiro que gaste a oligarquia, com seus jornais, com suas estações de rádio ou suas televisões muito poderosas, acontece que os povos despertaram. "Ele afirmou que a cobertura jornalística sobre seus atos faz parte da "estratégia inimiga" de "impedir que a idéia da revolução bolivariana tenha impacto". Pregou: "É preciso pulverizar a estratégia inimiga". Antigo coronel do Exército, o presidente citou o herói da independência da Venezuela e de outros países da região Simón Bolívar (1783-1830): "É como uma guerra. Uma artilharia. Simón Bolívar dizia que a imprensa é a artilharia do pensamento. Temos que ganhar a batalha ideológica". Acrescentou: "O jornalismo de hoje é subordinado na maior parte das vezes a interesses contrários ao povo e à pátria. Com exceções honrosas, claro. Refiro-me aos grandes meios de comunicação". O presidente fez as afirmações no momento em que a oposição o acusa de promover um cerco à liberdade de imprensa em seu país. Há dias ele anunciou que o governo não renovará em maio a concessão da rede de televisão RCTV, acusada de apoiar o golpe de Estado fracassado em 2002. Ontem reafirmou o fim da concessão.Chávez fez as declarações na Assembléia Legislativa do Rio, ao receber a medalha Tiradentes. O autor da iniciativa foi o deputado Paulo Ramos (PDT). O alvo central dos ataques do líder venezuelano foi o jornal "O Globo". Com o diário na mão, citou título e subtítulo da primeira página da edição de ontem: "Declaração do Mercosul vai pedir respeito à democracia; documento é assinado em plena escalada autoritária de Hugo Chávez". Antes, citou a Folha, mas voltou atrás: "As oligarquias dos nossos países andam um pouco preocupadas. Assim eu creio. A Folha de S.Paulo [...] e "O Globo". Não, "O Globo", corrijo, corrijo".

Entrevista

Caetano Veloso solta o verbo

"O José Serra tem um projeto para a economia que pensa globalmente a questão do social, do desenvolvimento e da inserção do Brasil na economia mundial. Mas eu nunca vi algo parecido com isso exposto com clareza por Dirceu, Lula ou Palocci".
Leia aqui

Fotografia



1ª Mostra Fotográfica de Arquitetura e Engenharia

A 1ª Mostra Fotográfica de Arquitetura e Engenharia de Ubatuba terá sua abertura oficial na segunda, dia 22. O evento prossegue até o dia 31/01, e promete se tornar o marco das inovações nas áreas de abrangência da Mostra. Diversos profissionais renomados da região participam do evento: Carlos de Castro Jr., Eduardo Pedrosa Pitta, Thiago Brunini Pitta, Iris Carneiro, Fabio Madueño, Ricardo Viggiani, Carlos Eduardo Neumann, Vicente Ganzelevitch e Marcelo Cunha Canto.
A idéia da Mostra foi do engenheiro Castro Jr., em parceria com o Jornal Agito. O objetivo principal do evento é mostrar às pessoas o importante trabalho dos profissionais citados.
O coquetel de abertura para convidados está marcado para se iniciar no dia 22 às 20h00 no Anchieta Café (Rua Tamoios, 53 – Itaguá), local onde ficará a exposição até o final deste mês.
A 1ª Mostra de Arquitetura e Engenharia de Ubatuba tem o apoio de Impacto Comunicação Visual, Anchieta Café e organização do Jornal Agito Ubatuba.

Fonte: Kakau Di Lorenzo

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 20 /01 / 2007
  • Teatro Mágico cancelado
  • Prefeito recebe apresentadora do Late Show em seu gabinete
  • Carnaval em Ubatuba tem comissão organizadora
  • Prefeitura realiza Feira de Adoção de Cães e Gatos no próximo sábado
  • Iniciado estudo para instalação de sistema de esgoto na Picinguaba
  • Ubatuba recebe últimas turmas do projeto Interior na Praia
  • Ong proporciona lazer a crianças de Ubatuba
  • Novas ações garantem continuidade de atendimento digno à população
  • Divulgada convocação do beach soccer de Ubatuba para o campeonato paulista
Leia aqui

Manchetes do dia

Sábado, 20 / 01 / 2007

Folha de São Paulo:
"Países menores do Mercosul exigem tratamento especial"
A Bolívia e o Uruguai refutaram a "generosidade" do Mercosul, como pediram o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o chanceler Celso Amorim. O que os dois países do bloco exigem é "justiça" na integração e nas relações comerciais, com medidas concretas para reduzir as chamadas assimetrias -diferenças econômicas entre os integrantes do bloco. Regada a água mineral uruguaia, a 32ª Reunião de Cúpula do Mercosul, realizada ontem e anteontem, no hotel Copacabana Palace, reproduziu uma espécie de luta econômica entre países ricos e pobres e política entre socialistas e liberais. O socialista Evo Morales, presidente da Bolívia, travou áspera discussão com o liberal Álvaro Uribe (Colômbia) ao dizer que os "países antiimperialistas" cresceram mais do que os que têm o apoio dos EUA. (...)


O Globo:
"Brasil vai ajudar Bolívia para neutralizar Chávez"
Para tentar neutralizar a forte influência do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, sobre os países sul-americanos e evitar novo contencioso com a Bolívia em torno do gás exportado daquele país para o Brasil, o presidente Lula ofereceu a seu colega boliviano Evo Morales um amplo pacote de investimentos. Ele inclui desde a instalação de uma fábrica de biodiesel no país vizinho até o acesso da Bolívia ao Atlântico, via Rio Madeira. Em discurso, Lula afirmou que o clima político na América do Sul nunca esteve tão favorável à integração, a despeito das diferentes opções de política interna das nações sul-americanas. Chávez disse que não pretende exportar para a região socialismo a ser implementado no seu país. Mas sugeriu aos sócios do Mercosul que ampliem a falta do Estado nas economias.


O Estado de São Paulo:
"Cúpula do Mercosul acaba sem acordo e com atritos"
Os presidentes Álvaro Uribe, da Colômbia, Evo Morales, da Bolívia, e Hugo Chávez, da Venezuela, bateram boca e escancararam atritos ontem na reunião final da Cúpula do Mercosul, no Rio. O presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, havia dito que "nunca houve na história do Mercosul" um momento tão favorável à integração do bloco, mas os sócios provaram o contrário e se perderam em divergências, ignorando problemas relevantes como o pedido de adesão plena da Bolívia ao bloco e o alívio nas regras de comércio para Uruguai e Paraguai. Os negociadores saíram da reunião sem discutir normas que dariam maior consistência à união aduaneira - carência que levou a conflitos como a guerra da celulose entre Uruguai e Argentina e a recente queixa da Argentina contra o Brasil na Organização Mundial do Comércio. Contagiado pelo "socialismo do século 21", de Hugo Chávez, o Mercosul vinculou-se à bandeira da reforma social. Evo Morales, por exemplo, defendeu reformas para tornar o bloco menos conectado ao comércio e mais voltado à redução da pobreza.


Jornal do Brasil:
"Brinde do Mercosul: o gás vai aumentar"
Depois de 48 horas de discussões, exibicionismo e alfinetadas entre os chefes de estado, a reunião da cúpula do Mercosul teve um único resultado prático: o presidente da Bolívia, Evo Morales, anunciou no discurso final que o Brasil vai pagar mais pelo gás que importa do seu país.

sexta-feira, janeiro 19, 2007

Últimas

Tornozeleira eletrônica vai rastrear casal da Renascer 24 horas por dia

Estilista Ronaldo Esper é detido acusado de tentativa de furto

Clodovil já chamou Esper de "contrabandista" de obras de arte

Mercosul

Chávez again

O The New York Times diz em sua edição de hoje que os sul-americanos reunidos no Rio para a cúpula do Mercosul estão diante de um impasse: o Mercosul deve continuar a enfatizar a integração econômica, como querem Brasil e Argentina, ou deve se transformar em uma aliança política de cunho antiimperialista, como defende Hugo Chávez?
O que será que isso significa? Aliança política de cunho antiimperialista? Será que morde? Quem vai financiar? Só o tempo dará uma resposta... (Sidney Borges)

Prioridades

Casagrande falou...

Casagrande, comentarista da Globo, criticou na transmissão do jogo Barueri x Santos, anteontem, a opção de o Brasil sediar a Copa do Mundo em 2014. "Um país com cratera, ônibus queimados precisa primeiro educar seu povo e depois pensar em Copa", disse Casagrande. O narrador Luiz Roberto ficou mudo na hora, de tão sem graça. A Globo é a maior interessada no evento. Tem exclusividade nos direitos de transmissão da Copa do Mundo até 2014. (Folha Online)

Carta aberta à população

COMUS
Conselho Municipal de Saúde de Ubatuba


O Conselho Municipal de Saúde de Ubatuba (COMUS), por deliberação aprovada em reunião do dia 15/01/2007, torna públicos fatos da Saúde Pública de Ubatuba e suas ações, a saber:

- O Executivo Municipal não enviou à Câmara Municipal projeto de lei aprovado na IV Conferência Municipal de Saúde e posteriormente discutido com esse COMUS, alterando a composição, a forma de escolha dos membros e o regimento do COMUS, provocando com isso a prorrogação do atual mandato dos conselheiros;

- A Secretaria Municipal de Saúde não apresentou ainda o Plano Municipal de Saúde de 2007, obrigatório, e que deve nortear as ações em Saúde no Município, já devidamente aprovadas pela IV conferência Municipal de Saúde desde Maio de 2006;

- A Secretaria Municipal de Saúde não apresenta respostas e propostas convincentes a respeito dos problemas de zoonose no município, notadamente quanto à captura de animais soltos e castração de animais de rua;

- Há déficit de R$ 40.000,00/mês no repasse da prefeitura para a Santa Casa, apenas no convênio PSF, e esse COMUS, ao ser informado a esse respeito, solicitou posicionamento da prefeitura (atual gestora da Santa Casa), em Dezembro de 2006, estando ainda sem resposta a essa questão;

- Provavelmente em decorrência do fato acima, pela primeira vez há atraso e não pagamento de salários de funcionários dos convênios entre prefeitura de Ubatuba e Santa Casa e como a Santa Casa hoje está sobre intervenção da Prefeitura, tal fato é de responsabilidade do executivo local.

Em vista do acima relatado, esse COMUS deliberou por ingressar na Promotoria de Justiça e Cidadania, com ofício no sentido de que o judiciário determine ao executivo que cumpra com suas responsabilidades e que forneça as informações que esse COMUS necessita para exercer suas funções de controle social da saúde pública em Ubatuba.
Também foram cientificados da questão, com solicitação de posicionamento e auxílio, os Conselhos Estadual e Nacional de Saúde (CES e CNS), o ministério da Saúde e o Tribunal de Contas do Estado.
Em relação à Intervenção na Santa Casa, há um novo administrador, que deverá ser auxiliado por contratação de consultoria externa para saneá-la. Apesar de não ter sido cientificado da iniciativa, o COMUS já se posicionou apoiando todas as medidas que transparentemente contribuam para a solução do problema administrativo e funcional que envolve a questão e por conta desse apoio, já solicitamos informações a respeito da situação atual dos convênios, bem como do equilíbrio entre os repasses e os gastos desses convênios. Contamos com isso também com o apoio do Conselho Gestor da Santa Casa.
Esse COMUS está solidário aos funcionários que estão com seus salários em atraso, fez e fará o que estiver ao seu alcance para que os direitos desses trabalhadores sejam respeitados pela administração, bem como irá apurar as responsabilidades sobre o ocorrido.
Finalizando, voltamos a afirmar que tanto essa carta aberta à população, como todos os atos desse Conselho são pautados por decisões tomadas coletivamente e nos encontramos à disposição para qualquer esclarecimento, bem como para o recebimento de informações e denúncias que sejam importantes para a saúde pública de Ubatuba.


Ubatuba, 18 de Janeiro de 2007.

Maurício Moromizato - Presidente (9718-4647)
Guaracira Santos - Secretária executiva (9149-8795)
Amarildo Cesário do Prado (9732-9343)
George Worth Mascarenhas
Maurício da Silva de Souza (3849-5665)
Laércio Fogal Jr. (8129-1867)

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 19 / 01 / 2007
  • Teatro Mágico promete encantar público em Ubatuba
  • Cine Elektro exibe filmes neste domingo, na Avenida Iperoig
  • Vestibulinho do Tancredo acontece neste domingo
Leia aqui

Manchetes do dia

Sexta-feira, 19 / 01 / 2007

Folha de São Paulo:
"Resgate corta van e retira 3 corpos"
Após seis dias de trabalho em meio à lama e a riscos de desabamentos, os bombeiros conseguiram retirar ontem mais três corpos dos escombros da cratera aberta na obra do metrô em Pinheiros (zona oeste de SP). Os corpos do motorista da van, Reinaldo Aparecido Leite, 40, e do cobrador da lotação, Wescley Adriano da Silva, 22, foram removidos pelos bombeiros por volta das 16h30. Eles trabalhavam no microônibus que foi tragado pelo buraco quando passava na última sexta-feira pela rua Capri. (...)


O Globo:
"Declaração do Mercosul vai pedir respeito à democracia"
Enquanto analistas financeiros e investidores estão com os olhos voltados para os acontecimentos políticos na América do Sul, sobretudo na escalada autoritária de Hugo Chávez na Venezuela, os chefes de Estado reunidos na cúpula do Mercosul, no Rio, assinam hoje um documento reafirmando a importância do respeito à democracia e aos direitos humanos. A reunião, que deveria enfatizar temas comerciais no bloco, ganhou um tom fortemente político, com a presença de Chávez e Evo Morales (Bolívia), que recentemente nacionalizaram setores econômicos em seus países. O presidente Lula lembrou que a América Latina está mudando o seu perfil ideológico, o que, segundo ele, é extremamente importante. Apesar disso, o Brasil tentou mas não conseguiu aprovar a proposta de concessão de benefícios aos sócios menores - Uruguai e Paraguai - para corrigir as distorções na região, por causa de divergências com a Argentina. Lula fez um duro discurso recheado de recados para Argentina e Uruguai, que negocia sozinho um acordo comercial com os EUA.


O Estado de São Paulo:
"Chávez ganha superpoder e ataca 'Mercosul neoliberal'"
O Legislativo da Venezuela aprovou ontem por unanimidade, em primeira votação, a Lei Habilitante, instrumento legal que dará ao presidente Hugo Chávez plenos poderes para legislar até sobre temas que normalmente exigiriam maioria de dois terços na Assembléia Nacional. Essa lei, cuja segunda e última votação deverá ocorrer na quinta-feira, é vista como o primeiro sinal verde do Legislativo para o projeto chavista que permitirá ao presidente governar por decreto nos próximos 18 meses. "Bem-vinda a Lei Habilitante, que tem o respaldo desta Assembléia Nacional, que apóia o líder Hugo Chávez", discursou a presidente da Assembléia, Cilia Flores. Ontem, ao chegar ao Rio para participar da cúpula do Mercosul, cercado por forte esquema de segurança, Hugo Chávez defendeu a "reforma" do bloco e disse que está "descontaminando" o Mercosul do neoliberalismo. Além disso, criticou duramente o assessor especial da Presidência do Brasil para Assuntos Internacionais, Marco Aurélio Garcia, ao ressaltar que o representante brasileiro demorou um ano para preparar um relatório sobre a integração que foi lido em apenas cinco minutos. Também disse que chegava com o "espírito de Chávez", o da integração.


Jornal do Brasil:
"Chávez age como filhote de Fidel e desafia Lula"
Hugo Chávez tomou conta do encontro do Mercosul, no Rio. Exigiu o mesmo quarto de Fidel no hotel e disse que veio para descontaminar a instituição do neoliberalismo. O primeiro dia da reunião acentuou as divergências entre os países do grupo.

quinta-feira, janeiro 18, 2007

Justiça

Em primeira instância

A mesa diretora da Câmara Municipal de Ubatuba, gestão 2005, foi condenada a restituir aos cofres públicos uma quantia próxima a R$ 300 mil, além de multas e perda de direitos políticos de seus membros por três anos. A condenação em primeira instância admite recursos, mas caso a sentença permaneça, cada vereador responderá por um débito aproximado de R$ 90 mil. Uma ação civil pública, movida pelo advogado Vicente Malta Pagliuso, deu origem ao ato condenatório. A motivação foi o preenchimento de cargos referentes a 13 vereadores, quando o número de edis havia sido reduzido a 10. Os vereadores que compunham a mesa e que foram condenados são: Edílson Félix, (sem partido); Jairo dos Santos, (PT); Luciana Machado, (PDT); e Osmar de Souza, (PFL). (Sidney Borges)

Editorial

A Saúde está doente

A política está quente e a cada dia esquenta mais. Quando Paulo Ramos completou dois anos de governo pouco se falava no assunto, restrito à Câmara e a alguns bares. Hoje é diferente, as pessoas me param na rua para comentar e reclamar. Recebo semanalmente dezenas de denúncias. Poucas dignas de crédito. Quando peço documentos sempre há um parente trabalhando na prefeitura e, bem, melhor deixar pra lá. De boato em boato sobram alguns fatos incontestáveis. As fotos publicadas comprovam a necessidade de providências, como atesta uma conversa de bar que me chamou à atenção. Um dos participantes afirmava:
- Eu calaria a boca do Luiz Moura, do Guaruçá, que só publica o que existe de errado.
Alguém riu e perguntou como seria feito. Prisão, ameaças, seqüestro? A resposta foi didática:
- Nada disso, sem violência, eu colocaria uma equipe para consertar o que sai nas fotos. Bingo. Acertou na mosca. Fotos mostram o instante. Quando a realidade não nos agrada, o melhor a fazer é mudá-la, embora exista quem considere a opção de destruir a câmera.
Ultimamente só se fala da Saúde. São tantas as reclamações e tão desencontrados os boatos que estou buscando subsídios dar um tratamento mais aprofundado ao tema. Foi o item que fez com que muitos dos meus amigos optassem por votar em Eduardo Cesar, minha mulher inclusive, ele prometeu que resolveria o problema. É sabido que a Santa Casa, eternamente em crise, é uma espécie de caixa-preta. Guarda segredos e esconde privilégios inaceitáveis aos parâmetros de Ubatuba. A melhor forma de começar a tão esperada – e prometida - mudança é dar transparência aos fatos. Há supersalários como dizem por aí? Quem são os Marajás da Saúde? Vamos revelar, contar ao público onde vai parar o dinheiro dos impostos. Sinceramente acredito no empenho do governo, que tem mostrado interesse em descascar o abacaxi. No entanto, sei que será preciso coragem para romper com as práticas nefastas de muitos anos. Eduardo Cesar terá apoio para desatar o nó, o povo está cansado de promessas vãs e atendimento questionável. O momento pede ação, o governo não poderá deixar para depois, como fez com os quiosques. Agir ou tergiversar, qualquer que seja a opção, o resultado será colhido em 2008. O tempo voa...

Sidney Borges

Ubatuba em foco



Está tudo abandonado

Constantes são as reclamações dos moradores do centro de nossa cidade e também de nossos bairros, pois o abandono das vias públicas persiste há algum tempo.
As ruas do centro da cidade, como Hans Staden, Baltazar Fortes, Cel. Domiciano e muitas outras possuem uma pavimentação irregular em quase sua totalidade, possuem buracos, dificultando o trânsito dos veículos, que são obrigados a desviar, ameaçando não só aos outros carros, mas como também aos pedestres que por ali passam.
Além do problema da irregularidade da pavimentação asfáltica, existe o problema da falta de varrição e limpeza, pois a calçada que é destinada aos pedestres, está tomada pelo mato ou serve de armadilha para tropeço.
Não podemos permitir que o abandono reine sobre nossas vias públicas, assim como não podemos permitir que sejamos enganados pelo Prefeito Eduardo César.
Vamos dar um basta! Ubatuba está precisando ser amada e respeitada.

Jairo dos Santos – PT
Vereador

Democracia em questão



Carta Aberta

Venho por meio desta expor um fato que realmente me decepcionou profundamente, para entender melhor vou primeiro narrar o que originou os motivos desta carta, sábado, dia 13 de janeiro, recebi em minha casa algumas pessoas para uma reunião informal, e como não tenho nada a esconder sobre meus atos, foram realizadas algumas fotos, as quais em momento algum me opus em serem divulgadas, me utilizei de um dos direitos contidos na constituição que rege nosso país, a “liberdade de expressão”.
Previ é claro que pudesse haver até um questionamento sobre esse fato, mas não das pessoas das quais fiquei sabendo posteriormente estarem contra e nem das atitudes por elas tomadas.
Eu não troco o meu direito de falar e ser ouvido por promessa alguma, faço parte de uma sociedade democrática, tenho orgulho de meus ideais e ando de cabeça erguida quando penso em minhas atitudes e posturas para com a política de minha cidade.
Democracia vem da palavra grega “demos” que significa povo. Nas democracias, é o povo quem detém o poder soberano sobre o poder legislativo e o executivo. As sociedades democráticas devem estar empenhadas nos valores da tolerância, da cooperação e do compromisso.
Eu sou povo e como membro deste não vou aceitar a intolerância, como disse Mahatma Gandhi, “a intolerância é em si uma forma de violência e um obstáculo ao desenvolvimento do verdadeiro espírito democrático”.
O conceito de oposição leal ou situação leal é inerente a qualquer democracia. Significa que todos os lados no debate político, por mais profundas que sejam as diferenças, partilham os valores democráticos fundamentais de liberdade de expressão e de proteção legal igual.
Vejo desta forma não só a reunião ocorrida em minha casa, como qualquer outra que venha acontecer.
Quero lembrar a todos que com suas ameaças e tentativas de censura vieram “tentar me brecar”, lembrar que a liberdade de expressão, sobretudo sobre política e questões públicas é o suporte vital de qualquer democracia. Os governos democráticos não controlam o conteúdo da maior parte dos discursos escritos ou verbais. Assim, geralmente as democracias têm muitas vozes exprimindo idéias e opiniões diferentes e até contrárias.
E para não ter nenhuma distorção desta carta, ela não é endereçada a nenhum membro da administração municipal e nem a nenhum membro que atua na base aliada da prefeitura de Ubatuba ou da Câmara, ela vai endereçada a uma minoria instalada sob uma bandeira, hoje vista por mim como preconceituosa e demagoga, espero que este fato não se repita, que pensem bem antes de criticar alguém.
Desta vez não vou citar nomes, até em respeito a opinião destes, mas fica o aviso, se tentarem ferir minha liberdade ou tentarem me censurar, não pensem que irei me esconder ou me calar.


Marcio Barbosa Gonçalves

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 18 / 01 / 2007
  • Prefeitura trabalha na elaboração da nova Lei de Uso e Ocupação do Solo
  • Ubatuba abre matrículas para o Ensino Supletivo da Educação de Jovens e Adultos
  • Futebol de Mesa de Ubatuba fecha parcerias para 2007
  • Gerência de Cemitérios informa que irá retomar túmulos abandonados
  • Ubatuba é destaque no programa LateShow da RedeTV
Leia aqui

Manchetes do dia

Quinta-feira, 18 / 01 / 2007

Folha de São Paulo:
"Corpo de motorista é retirado da cratera"
O corpo do motorista Francisco Sabino Torres, 47, foi o terceiro a ser retirado da cratera no metrô, em SP. Casado e pai de três filhos, ele dirigia caminhões na obra havia mais de um ano. Colegas relatam que Francisco deixou a área minutos antes do desabamento, mas voltou para pegar a carteira de habilitação no veículo. Ele será enterrado hoje, em Francisco Morato (SP).


O Globo:
"Estado cortará ponto de quem não voltar ao posto"
O secretário estadual de Planejamento e Gestão, Sérgio Ruy barbosa, anunciou ontem, em entrevista ao GLOBO, que decidiu cortar o pagamento dos sete mil servidores cedidis a outros órgãos, caso não se apresentem ao seu posto original. a convocação foi feita em decreto assinado pelo governador sérgio cabral, no dia em que tomou posse, dando prazo até o fim do mês para o retorno.


O Estado de São Paulo:
"Argentina contesta Brasil e veta vantagens para Bolívia"
A Argentina bloqueou a estratégia do governo Lula de favorecer o ingresso pleno da Bolívia no Mercosul sem exigir o cumprimento da Tarifa Externa Comum (TEC), instrumento que confere ao bloco o caráter de união aduaneira. Os debates entre negociadores argentinos e brasileiros deram-se nos encontros prévios da 32ª Reunião de Cúpula do Mercosul, que será aberta hoje.


Correio Braziliense:

"União e GDF disputam contrôle de condomínios"
Arruda vai propor à ministra Dilma Rousseff que o governo local conduza a regularização de terras em área federal. Moradores de Vicente Pires são contrários e temem retrocesso.

quarta-feira, janeiro 17, 2007

Renascer


Apóstolo Estevam Hernandes Filho e Bispa Sônia Haddad Moraes Hernandes

Casal da Renascer deixa prisão federal, informa governo dos EUA

da Folha Online
O governo americano informou que o casal de fundadores da Igreja Renascer em Cristo - Sônia Haddad Moraes Hernandes e Estevam Hernandes Filho - deixou nesta terça-feira a prisão federal nos Estados Unidos.
Eles estavam detidos desde o último dia 9, após apresentarem uma declaração falsa de porte de dinheiro para a alfândega americana. O casal declarou que não carregava mais de US$ 10 mil, mas levava escondido na bagagem US$ 56 mil. Saiba mais sobre a Igreja Renascer em Cristo
Leia mais

Ubatuba em foco



S.O.S Casa da Farinha

A comunidade quilombola e caiçara do sertão da Praia da Fazenda está necessitando de ajuda e apoio de todos para recuperar as estruturas das colunas e do telhado da Casa da Farinha, pois a construção está na iminência de ruir. Caso aconteça perderemos parte do patrimônio histórico de nossa cidade.
As madeiras para as colunas e telhados já estão no local, bastando somente o empréstimo de 300 ml de tábuas de 30 e de 100 ml de sarrafos de 10 para os andaimes.


Contatos:

Vereador Jairo dos Santos - (12) 9134-3770
Sede do Núcleo Picinguaba - (12) 3832-9011.

Noites de verão...

Sonho sonhado

Se conseguir a anistia na Câmara, o ex-ministro José Dirceu sonha disputar a prefeitura de São Paulo, tendo como vice Orestes Quércia (PMDB). (Cláudio Humberto)

Nota do Editor - Sonhar é permitido, tornar o sonho realidade é que são elas. Dirceu é ruim de voto, pior do que Mercadante que levou a maior coça recentemente. Quércia então, nem pensar, basta olhar a última eleição, ou melhor, as últimas, quando o ex-governador lutou arduamente contra brancos e nulos. Porém, antes da anistia ser consumada, muita água ainda correrá por baixo da ponte. (Sidney Borges)

Carnaval

“E agora Tio Sam..?”

Caro Leitores: pelo visto minha singela missiva publicada neste tablóide na data de ontem surtiu efeito. Após sua publicação recebi vários e-mails e telefonemas com mensagens de apoio de congratulações pela coragem, ou seria, “cara-de-pau”..? E tem mais, segundo informações de alguns funcionários da Prefeitura de Ubatuba, após reunião realizada com o Exmo. Sr. Prefeito, foi decidido por Ele, que o Carnaval será realizado na Avenida Iperoig. Isso mesmo..! Viva..!
Só uma coisa me causou estranheza, pois o Exmo. Sr. Prefeito reclamou aos participantes dessa reunião sobre a falta de manifestação da população na Câmara Municipal na data em que a Lei municipal nº. 2.902/06 foi votada, pois a população havia lhe deixado uma bomba na mão....
Ora Senhor Prefeito...! Cabe lembrar que quando da edição da lei do Sr. Jairo dos Santos, aquela, que autorizava a execução de som ao vivo em Ubatuba Vossa Excelência utilizou do VETO DO EXECUTIVO........ Tá lembrado..? Pois bem, por que desta vez Vossa Excelência não adotou o mesmo procedimento para vetar a lei do Capitão América...? Já sei, a bomba adquirida quando do veto a lei do Sr. Jairo dos Santos explodiu na mão do senhor, por isso deve estar sem dedos para segurar a caneta e vetar a lei do Tio Sam... Tudo bem, Vossa Excelência está perdoado, pelo menos por mim, afinal, curtiremos o carnaval na Avenida Iperoig, e graças ao senhor.. Ou já mudou de idéia..?
Então Nobre Capitão América, pelo visto sua “passarela do samba” vai ficar só no papel. O que senhor irá fazer, mandar prender o Prefeito, ou quer que eu chame o Chapolin Colorado..?
Como diria meu grande amigo Jejéca: “que maré hein...!?”


Aquele abraço...!

Júlio César Leite e Prates
RG 25.500.481-3 SSP/SP
julinhoskank@hotmail.com

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 17 / 01 / 2007
  • Fundart abre inscrições para projetos de cursos em 2007
  • Beach soccer de Ubatuba conhece adversários nesta quinta-feira
  • Rede Municipal de Ensino de Ubatuba volta às atividades
  • Prefeitura de Ubatuba abre estágios para níveis superior e técnico
Leia aqui

Manchetes do dia

Quarta-feira, 17 / 01 / 2007

Folha de São Paulo:
"Bombeiros retiram 2º corpo da cratera"
No quinto dia de buscas, os bombeiros retiraram a segunda vítima do acidente no metrô de São Paulo. O corpo da bacharel em direito Valéria Alves Marmit, 37, que estava na van engolida pela cratera, foi encontrado preso a uma viga de ferro. O corpo foi identificado por meio de impressões digitais. Valéria tinha uma filha de 18 anos e gêmeos de 11. Separada, estava formada em direito havia um ano.


O Globo:
"Tráfico desafia polícia com tiroteio e ataques a ônibus"
Pela primeira vez desde o início do governo Sérgio cabral, o tráfico reagiu ontem com violência a uma operação policial no Morro da Mangueira. Após a morte de três bandidos em confronto com cerca de cem policiais civis,houve protestos e pelo menos 25 criminosos armados de fuzis incendiaram dois ônibus e um carro de passeio, nos acessos à mangueira, em são cristóvão. O tiroteio levou a polícia a interditar ao tráfego as ruas são Luiz Gonzaga, Visconde de Niterói e Ana neri. Houve pânico entre motoristas e pedestres. O comércio próximo à área do conflito fechou. Traficantes da Mangueira são acusados de terem planejado uma série de atentados ocorridos no Rio - que resultaram em 19 mortos - no fim do ano passado.


O Estado de São Paulo:
"Busca recomeça e mais um corpo é retirado do metrô"
Vitima era a advogada que viajava no microônibus tragado pela cratera. O pagamento relativo ao mês de janeiro ao Consórcio Via Amarela pelas obras no trecho onde aconteceu o acidente na Linha 4 do Metrô foi suspenso ontem pelo governo do Estado. A alegação é técnica: como aconteceu o desmoronamento na futura Estação Pinheiros, não há como fazer a medição do trabalho executado e, conseqüentemente, saber o que foi executado e deve ser pago. A informação foi confirmada pelo Palácio dos Bandeirantes. Representantes da Via Amarela e da direção da Companhia do Metropolitano não quiseram comentar o caso.


Correio Braziliense:
"Um crime a cada quatro minutos no DF"
Em 2006, 14 das 26 modalidades de delito registraram aumento de ocorrências. Roubo a postos de gasolina e tráfico de drogas desafiam a polícia brasiliense.

terça-feira, janeiro 16, 2007

Depoimento falso complicou

Fundadores da Renascer só poderão retornar após julgamento nos EUA

VINÍCIUS QUEIROZ GALVÃO Enviado especial da Folha a Miami
O futuro pedido de extradição dos fundadores da Igreja Apostólica Renascer em Cristo, Estevam e Sônia Hernandes, detidos no presídio federal de Miami (EUA), não implicará o retorno imediato do casal ao Brasil. Antes, eles terão de resolver suas pendências com a Justiça norte-americana.
Há uma semana, quando foram detidos no aeroporto de Miami, na Flórida, com mais dinheiro do que haviam declarado, Estevam, 52, e Sônia, 48, passaram a responder nos EUA por eventual crime de lavagem de dinheiro, de contrabando de papel-moeda e de depoimento falso à polícia.
O Ministério Público de São Paulo, que os denunciou por lavagem de dinheiro, pediu então a prisão preventiva e a extradição do casal. O juiz da 1ª Vara Criminal paulista, Paulo Rossi, decretou a prisão e ainda analisa eventual extradição.
Desde 1962, Brasil e EUA têm um acordo de colaboração em casos de extradição. A Justiça norte-americana, no entanto, deverá esperar a condenação ou a absolvição para depois avaliar uma extradição.
Leia mais

Sociais

Pensata

A matéria a seguir deveria ter sido publicada no Jornal Autêntico que acabou não saindo por problemas “técnicos”.

Mudando o imutável!

Em inglês existe a expressão wishfull thinking que traduzida ao pé da letra poderia ser "pensamento desejoso" ou "pensamento de desejo", sendo na verdade intraduzível. Na língua original tem uma força enorme, expressando que quem está acometido do sentimento, situa-se na posição de "pensador mágico", isto é, por força exclusivamente da vontade, acredita ser capaz de alterar a realidade. Mais ou menos como faziam nossos ancestrais pré-históricos ao pintar as paredes das cavernas onde viviam. Magia, pura magia, os traços magistralmente delineados na pedra, capturavam a essência da continuidade. Em 1950, eu não vi, mas relatos de meu pai, meus tios e meu avô, indicam que a nação brasileira, em sua totalidade, embarcou na onda do pensamento positivo, por ocasião da final da "Copa do Mundo". Nós nunca poderíamos perder aquele jogo, seria contra a lógica, contra os astros, contra a vontade dos deuses, contra o desejo de duzentas mil pessoas que se acotovelaram no maior estádio do mundo para ver o Brasil campeão! Não adiantou a força sobrenatural dos orixás ao nosso lado, o concreto do Maracanã, recém-construído, foi manchado para sempre pelas lágrimas de dor e frustração de um povo enlutado. Perdemos! Ainda hoje o choque não foi totalmente absorvido, paira no ar entre os sobreviventes da tragédia a síndrome de Gighia, carrasco do goleiro Barbosa. É fácil falar de acontecimentos passados, sendo impossível prever o futuro, com todo o respeito por aqueles que pensam diferente. Faço este nariz de cera para falar das previsões de crescimento dos países em desenvolvimento, na qual ocupamos o penúltimo lugar. Mais uma vez as projeções nos colocam em situação delicada. Precisamos crescer, mas infelizmente não vamos crescer, embora o presidente Lula afirme o contrário. Como eu gostaria que “pensamentos de desejo” dessem certo e o Brasil avançasse não cinco, mas oito, nove, dez por cento ao ano. Fico pensando em uma economia dinamizada, com pleno emprego, salários dignos e a sensação de vitória que só é sentida em ocasiões esportivas, mas que já não empolga tanto às massas. O Brasil possui massa crítica para iniciar a reação em cadeia, ou seja, temos condições de crescer e mudar o panorama que há. Parece que falta vontade política e determinação, além de mais empenho, como bem frisou o jornalista Elio Gaspari quando disse que seria importante que os membros do governo cumprissem expedientes de oito horas, como fazem os mortais que não pertencem à corte. Sei que o tema não é novo, mas sempre é bom lembrar que sem crescimento só a violência prosperará. O Brasil merece mais.

Sidney Borges

Disque denúncias

ERRATA

Com relação a matéria enviada na semana passada intitulada “Prefeitura de Ubatuba reforça fiscalização ao comércio ambulante”, a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Ubatuba esclarece que o telefone correto do disque denúncias do Setor de Fiscalização é o 3834-1005 e não 3834-1095 como foi divulgado anteriormente. Segue abaixo a matéria com as informações corretas:

Prefeitura de Ubatuba reforça fiscalização ao comércio ambulante

O Setor de Fiscalização da Gerência de Tributos Mobiliário da Prefeitura de Ubatuba tem intensificado as fiscalizações ao comércio ambulante durante a temporada de verão. Do dia 26 de dezembro até ontem, terça-feira, 9, os fiscais apreenderam 48 lotes de mercadorias. São óculos, redes, mantas, produtos alimentícios, bijuterias, sandálias, roupas, CD’s, DVD’s, bebidas alcoólicas, bolsas, entre outros, que estavam sendo comercializados ilegalmente dentro do município. A maioria das apreensões ocorreu nas praias Grande, Maranduba, Tenório, Toninhas, Itaguá e no centro.
A mercadoria apreendida é recolhida na Prefeitura. O ambulante tem um prazo de 30 dias para pagar as devidas taxas para a liberação de seus produtos. O valor da multa da apreensão é de R$ 366,00 além de R$ 4,79 que é cobrado pela diária e por produto apreendido. Se o interessado não procurar por sua mercadoria no período estabelecido ela é doada ao Fundo Social de Solidariedade do município. Os produtos alimentícios, com SIF e boa procedência, são destinados para entidades assistências de Ubatuba, mediante a avaliação da Vigilância Sanitária da cidade. Os produtos com procedência duvidosa são encaminhados ao aterro sanitário. Os fiscais da Prefeitura trabalham das 8 horas até a madrugada, com o auxílio de dois guardas municipais. O disque denúncias do Setor de Fiscalização é o (12) 3834-1005. PMU

Nossa Senhora D’Ajuda

Ilhabela em Festa

Dia 2 de fevereiro acontece a celebração da padroeira Nossa Senhora D’Ajuda. 1697 – 2007 - 310 anos de história

Ilhabela, o canal que a separa do Continente e a cidade vizinha foram descobertas pelo navegador italiano Américo Vespúcio no dia 20 de janeiro de 1502. Por ser o dia de São Sebastião, foi com o nome deste santo que foram batizadas. Apesar de ficar desabitada ainda por um longo período, a “Ilha de São Sebastião”, aos poucos, começou a ser ocupada e o pequeno povoado que se formou ficou conhecido por “Villa Bella”.
Os primeiros moradores deste belo lugar, além de se dedicarem à agricultura, introduziram também uma forte devoção, de origem portuguesa, a Nossa Senhora d’Ajuda. Mas foi somente no final do século XVII que a Ilha reuniu o número suficiente de habitantes agrupados para a instalação de uma Capela, justamente onde hoje se encontra o centro da cidade e é conhecido por “Vila”.
Mesmo não tendo sido encontrado o documento oficial que criou a Capela Nossa Senhora D’Ajuda, sabemos que em 1697 o Pe. Manoel Gomes Pereira, então Vigário da vizinha São Sebastião, mandou construir na Ilha um Santuário dedicado a Nossa Senhora D’Ajuda e Bom Sucesso.
Com o passar do tempo, por falta de adequada conservação, a Igreja foi se deteriorando e por volta de 1793 precisou ser reconstruída quase de novo. Poucos anos depois, mais uma reforma a preparou para ser a Matriz da “Vila Bela da Princesa”. O Padre João Rodrigues Coelho, por ocasião da festa da Padroeira, aos 02 de fevereiro de 1803, fez a nova bênção e encaminhou todos os preparativos necessários para a criação da Paróquia em 1806. O primeiro Vigário Colado foi o padre David da Graça Silva e Veiga que assumiu a Paróquia Nossa Senhora D’Ajuda e Bonsucesso no ano de 1809.
O estado atual da Igreja Matriz de Ilhabela é fruto do trabalho e dedicação do escultor paulista Alfredo Oliani. Por volta de 1950, este artista começou a arrecadar doações para a reforma da fachada, dos altares, a pintura do forro, dos quadros e a colocação do novo piso. Ele também contribuiu com a execução de várias obras, dentre as quais destacamos a “Via Sacra” e as quatro grandes estátuas que se encontram na frente da Igreja.
Já são mais de trezentos anos que este importante recinto, acolhedor e sereno, conserva a imagem de Nossa Senhora D’Ajuda a quem os devotos com muita confiança recorrem. Desde dezembro de 2003 a Paróquia foi confiada aos cuidados pastorais da Congregação dos Padres da Doutrina Cristã (Doutrinários), que têm por carisma a catequese, afim de que dêem continuidade a todo este grande processo secular de Evangelização em Ilhabela.

Fonte: Sandra Maria Colaferri

Espaço dos leitores

“Alô Tio Sam”

Caros leitores, tenho 30 anos, e há 30 moro em Ubatuba. Durante todo esse tempo nunca tinha visto tanta desarmonia entre as “orquestras e maestros” que regem os Poderes Públicos de nossa cidade, pois, um membro do Poder Legislativo está invertendo os papéis dos entes públicos da federação.
Em primeiro lugar, a confusão dada em decorrência da lei municipal que proibiu as atividades musicais em Ubatuba. Em segundo, os buracos nas ruas e avenidas da cidade. Por derradeiro, a criação da “passarela do samba” no Bairro do Perequê-Açú.
Como diria o saudoso Jack Estripador, “vamos por partes”.
Só para lembrar, toda a confusão dada sobre a execução ou não das atividades musicais em nosso município foi iniciada por um vereador, digo, representante dos Estados Unidos da América aqui em Ubatuba, que, preocupadíssimo com o sossego público, e, principalmente, com seu restaurante, decidiu legislar sobre o assunto.
Em relação aos buracos, lembro a todos os nobres leitores que não é culpa da Prefeitura e/ou da empreiteira que executou a obra, mas sim, do efeito “El Ninho”, isso mesmo seus tolinhos, pois o aumento na temperatura da atmosfera de nosso planeta atraiu inúmeros meteoros de pequeno porte que se colidem diariamente com o solo de nossa cidade, causando todos esses buracos os quais nos deparamos diariamente. Nesse caso “quem poderá nos defender?” Acho que só o Chapolin Colorado, pois o Super-Homem e sua Liga da Justiça não estão dando conta do recado.
Por fim, a criação da “Passarela do Samba” de Ubatuba, que coisa nobre! Mais uma vez nosso legislador autor da Lei municipal 2.902/06, aprovada na última Sessão Legislativa do exercício de 2006, onde preocupado somente com seu restaurante localizado na Avenida Iperoig decidiu em “despachar” todos os blocos carnavalescos e escolas de samba para local diverso do qual estamos acostumados a prestigiar e participar nos últimos 30 anos.
Lembro ao Egrégio Vereador, que o artigo 5º, inciso XVI, da Constituição Federal garante a todos, inclusive aos blocos carnavalescos e escolas de samba o direito de desfilarem em qualquer lugar, principalmente, na Avenida Iperoig, e sem pedir autorização a ninguém. Como eu sei que o senhor desconhece o teor do referido artigo, não irei transcrevê-lo aqui nesta matéria, pois assim fica fácil de mais, tenha pelo menos o trabalho de perguntar ao seu “assessor parlamentar de assuntos festeiros da tribo”, se é que ele sabe disso também, ou, procure o senhor mesmo na biblioteca da Câmara Municipal, lá deve ter um exemplar de nossa Carta Magna.
Pergunto ao Egrégio Legislador: o senhor já ouviu dizer que o interesse público prevalece sobre o particular? Pois bem, o único interesse em transferir nosso Carnaval para o Perequê-Açú é inteiramente do senhor, ou seja, particular. Caso também desconheça o assunto, aqui vai mais uma dica, aproveite a viagem até a biblioteca da Câmara Municipal, pegue um livro de Direito Administrativo e leia sobre o assunto. Não irá doer nada...!
Lembro-te também, que a Avenida Iperoig não é sua, mas sim do povo..! Ou o senhor a arrematou em hasta pública? Juro que não vi a publicação com o edital...!
Quanto ao sossego público, coisa que o senhor se “preocupa” muito, friso que no último sábado (14/01/07), houve um show em uma casa noturna de Ubatuba, casa esta, a qual o senhor e seu “assessor parlamentar festeiro” têm muita ligação. Pois bem, o som ensurdecedor proporcionado por esse estabelecimento comercial pôde ser ouvido há centenas de metros, e em diversos pontos da cidade, tendo início por volta das 14h00m, perdurando até as 01h30m, ou o senhor não ouviu nada..? Procure um otorrinolaringologista..!
Pergunto-lhe: o tal sossego público o qual Vossa Senhoria tanto se preocupa e vive enfatizando em seus discursos parlamentares não foi transgredido e/ou postergado por essa casa noturna?
Será que somente uma “Tribo” pode fazer barulho em nossa cidade, ou todas as outras tribos Tupis-Guaranis que aqui residem 365 dias por ano, pagam impostos e desviam dos buracos no asfalto diariamente também têm esse direito?
Senhor Legislador: ao invés de se preocupar com os interesses particulares e sucesso de alguns estabelecimentos comerciais de Ubatuba, Vossa Senhoria deveria estar fiscalizando as execuções das obras públicas, para que os buracos como os da recém inaugurada Avenida Iperoig não apareçam. O Senhor deveria estar fiscalizando as instalações, funcionamento, os atos e atitudes do Poder Executivo Municipal, pois esta também é uma das funções que o senhor possui. O senhor deveria estar fiscalizando os contratos das licitações, para verificar se os prazos, preços e entrega de mercadorias estão sendo cumpridos, e não, em se preocupar com o “Bloco da Caxorrada”, com “Bloco do Galo da Meia Noite” ou com o “Bloco da Ofélia”.
Ao invés disso, vá fiscalizar as obras municipais para verificar se há irregularidades, dê um pulinho nas dependências da Santa Casa, vá até o Lar do Menor, Vá até o Lar Vicentino, visite algumas escolas municipais, veja se alguma dessas entidades atende as necessidades para a qual foi criada e/ou se estão necessitando de algo, ou então, escolha qualquer bairro da cidade vá verificar as condições subumanas que vivem centenas de pessoas, ao invés de ir todas as 5ª feiras à tarde jogar bola....!
Já que o senhor se preocupa tanto com o sossego público, veja se as instalações de alguns estabelecimentos religiosos e casas noturnas de nossa cidade atendem aos níveis de ruídos estabelecidos pelas normas federais, se esses estabelecimentos comerciais estão em dia com seus alvarás de funcionamento e etc. Quer também esclarecer essas questões, procure no livro de Direito Administrativo o qual já recomendei para Vossa Senhoria no começo do texto, pois ele também versa sobre a função atípica do Poder Público.
Pense nisso e comece a trabalhar em prol do bem-estar público e probidade dos ocupantes dos cargos em empregos públicos de nossa cidade, use suas prerrogativas constitucionais para isso...! Ou o senhor também não sabe o que é isso?


Um forte abraço.

Júlio César Leite e Prates
RG 25.500.481-3 SSP/SP
julinhoskank@hotmail.com

Manchetes do dia

Terça-feira, 16 / 01 / 2006

Folha de São Paulo:
"Dois corpos são achados na cratera"
No quarto dia de buscas por vítimas da cratera que se abriu nas obras do metrô em Pinheiros (zona oeste de São Paulo), dois corpos foram encontrados em meio aos escombros. O primeiro a ser achado, às 4h50, foi o da aposentada Abigail Rossi de Azevedo, 75, que passava pela rua Capri quando o buraco tragou a via. A segunda vítima foi avistada, por volta das 17h, dentro da van também engolida pela cratera. (...)


O Globo:
"Força Nacional terá autonomia para agir"
Medida provisória assinada ontem pelo presidente Lula dá total autonomia à Força Nacional de Segurança, que não precisará se reportar ao governo do Rio antes de realizar qualquer ação. A MP diz que as atividades "serão desenvolvidas sob coordenação da União", apesar de as autoridades terem declarado que as decisões serão tomadas em conjunto com as forças estaduais. As tropas federais poderão fazer policiamento ostensivo, cumprir mandados de prisão, custodiar presos, realizar perícias e registrar ocorrências.


O Estado de São Paulo:
"Resgate localiza primeiras vítimas na obra do metrô"
O Corpo de Bombeiros resgatou na madrugada de ontem o corpo da aposentada Abigail Azevedo, que caminhava pela Rua Capri, sexta-feira, quando o solo afundou, no deslizamento de terra nas obras do metrô, em Pinheiros. Foi o primeiro corpo retirado. Por volta de 15 horas, os bombeiros conseguiram chegar ao microônibus da empresa Transcooper, também arrastado para a cratera. O corpo de uma pessoa não identificada chegou a ser visto no banco traseiro, mas o resgate teve de ser interrompido porque havia risco de novo desmoronamento. Segundo o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel João dos Santos, o microônibus estava sem o vidro traseiro e visivelmente comprimido pela terra. A aposentadoria foi enterrada ontem mesmo no Cemitério Central de Santo Amaro. Aos 75 anos, ela estava empenhada em aprender a surfar, após uma aula-teste na ACM. Só 5 dos 55 imóveis interditados nas proximidades do local foram liberados, após vistoria pela Defesa Civil. Já foram feitas 1,2 mil viagens de caminhão retirando mais de 100 toneladas de terra e escombros.


Jornal do Brasil:
"Saúde é caso de polícia"
A saúde pública do Estado foi transferida da UTI para a delegacia. O delegado da 16ª DP, que investiga o atentado contra o diretor do Getúlio Vargas, afirmou ontem que a causa provável da tentativa de assassinato é a suspensão, pelo governo, de contratos de prestação de serviço aos hospitais por cooperativas. São R$ 15 milhões por mês para 10 mil médicos e administradores terceirizados. Além de reduzir o número de terceirizados, o secretário de Saúde, Sérgio Côrtes, decidiu implantar ponto digital para acabar com as faltas de médicos em plantões.

segunda-feira, janeiro 15, 2007

Camping ilegal



Onde estão os fiscais?

Passando pela Praia Grande do Bonete, vislubrei uma paisagem diferente, barracas de camping, varais de roupas na areia, fogão de lenha, preservativos usados, lixo e um fedor horrível de urina e m...
Segundo alguns moradores, isso vem ocorrendo desde o dia 01 de janeiro, mas ninguém da prefeitura compareceu para retirá-los. E olha que a comunidade local cansou de telefonar avisando.

Jairo dos Santos - PT
Vereador

Editorial

Teria havido censura?

No último sábado fui convidado a participar de uma reunião técnica para dar a minha opinião sobre o Jornal Autêntico. Para que os leitores se situem, trata-se de uma publicação nova, que está no quarto número e da qual sou colaborador, assinando uma coluna na página dois. A última edição do jornal não foi impressa por razões não muito claras, os administradores da gráfica encarregada do trabalho alegaram problemas na programação. Como há mais de uma gráfica no Estado, sugeri que fosse procurada uma empresa de São Paulo. No Glicério há pelo menos duas dúzias com o que há de melhor em equipamentos e preços. Uma delas certamente dará conta de imprimir o jornal qualquer que seja o seu conteúdo. Aproveitando a ocasião, pedi uma entrevista ao ex-prefeito Paulo Ramos, que estava presente e falante. Ele concordou. Ficou acertado de conversarmos no domingo. Liguei às três horas, conforme o combinado, atendeu uma secretária eletrônica. Deixei meu número e pedi retorno. Estou esperando até agora. Eu tinha pautado uma entrevista nos moldes da ocorrida em São Borja, em 1949, quando Samuel Wainer conseguiu a famosa frase de Getúlio Vargas: “Eu voltarei, mas como líder de massas, e não de partidos". Imaginei o impacto que tal entrevista teria nos meios políticos da cidade e por que não dizer, do país. Ficou no sonho, Getúlio Vargas era um estadista e eu não nasci na Bessarábia. O convite continua em aberto. A cidade quer saber o que pensa o ex-prefeito de seu sucessor.


Sidney Borges

Diferenças

Sharia

A Sharia (ou Charia), conjunto das leis islâmicas, tem seu fundamento num bizarro amálgama de religião e direito. As leis são sobretudo religiosas, baseadas no Alcorão, a coletânea de escrituras sagradas reveladas por Alá ao profeta Maomé em Meca e Medina.
Os princípios da Sharia que regem a vida das mulheres no Islã são rígidos e determinantes, não permitindo a elas direitos básicos. Por exemplo, quando doentes, são impedidas de ir a hospitais públicos para não serem tratadas por médicos ou enfermeiros homens! É pouco.
Durante o regime Talibã que tomou Cabul em 1996 a situação se agravou: as mulheres foram proibidas de estudar e trabalhar. Quer dizer, as poucas pobre-coitadas mulheres médicas não puderam mais exercer sua profissão e as muitas pobre-coitadas mulheres necessitadas de atendimento médico, não puderam se tratar. Ora pois!
Veio o 11 de setembro. E esse trágico atentado sofrido pelo povo americano provocou grandes mudanças no mundo todo, não só na área de segurança. Dentre as transformações, há algumas bem interessantes como a que identifiquei em meu resumido universo social. Nas conversas entre “luluzinhas”, notei que esse assunto - as normas para a mulher sob o islamismo e as normas (sim, elas existem e ainda são muitas!) para uma mulher ocidental – sempre ressurgia. Ressurgia, provocando imensas e até engraçadas discussões do tipo “credo! se eu puder escolher, prefiro o Bush”, (como se, um dia, nosso imenso Brasil pudesse ser tomado pelos Talibãs) ou “oh não, por Alá! que esse regime nunca chegue aos trópicos”, ou “burca jamais”. Digo isso porque, antes do 11 de setembro, não lembro desse tema ser tão comentado entre as mulheres, expondo as mais díspares opiniões .
E, aproveitando a deixa, gostaria de mostrar alguma pérolas talibãs que encontrei no "O Livreiro de Cabul", livro que estou quase terminando de ler. Essas preciosidades são a concretização do popular seria-cômico-se-não fosse-trágico. Vejam algumas:
- o Talibã proibiu o uso de esmalte. As infelizes que ousaram desobedecer a lei, tiveram a ponta do dedo ou um dedo inteiro do pé, cortados;
- sapatos brancos, nem pensar. A cor era proibida por ser a da bandeira deles, e essa é uma das partes cômicas porque branco simboliza a paz. E, cá pra nós, paz é um conceito que eles parecem não conhecer;
- sapatos com saltos muito duros também não podia: o bater dos saltos femininos no solo poderia distrair os homens, prejudicando sua atenção no trabalho. Vade retro!
- sabe aquela telinha que tem na frente das burcas? Não, não é para as desafortunadas enxergarem um pouquinho mais do mundo. Serve, isso sim, para os homens vigiarem o quê, pra onde e, mais importante, pra quem, sua mulher está olhando.
E tem muito, muito mais. Mas vou contar só mais uma, e essa regra atingia a todos, homens, mulheres e crianças : empinar pipas, diversão e esporte tão difundido, sendo para alguns povos orientais como hindus e chineses além disso um costume ritualístico, não era permitido de jeito nenhum. Eles achavam que era perda de tempo. E ponto. Ai de quem desobedecesse. Já pensaram o que seria da molecada do Ipiranguinha, da Estufa II, ou do Sumidouro?


Miriam Tabarro

Manchetes do dia

Segunda-feira, 15 / 01 / 2006

Folha de São Paulo:
"Resgate localiza van nos escombros"
Bombeiros visualizaram na manhã de ontem a van soterrada nas obras da estação Pinheiros do metrô de São Paulo. Por volta de 8h, uma equipe que evoluía pelo túnel conseguiu enxergar a parte traseira do veículo. Novos deslizamentos, porém, impediram o resgate. A terra arenosa, sujeita a movimentos constantes, dificulta o trabalho. Em certos trechos, as escavações nos escombros são feitas com as mãos.


O Globo:
"União deixa de investir R$ 6 bi por cortes e faltas de projetos"
A cifra bilionária que seria destinada a novos investimentos, prevista no Orçamento de 2006, não foi empenhada pelo governo federal e, por isso, sequer pode ser transferida para pagamentos este ano. levantamento feito pelo Globo no Sistema Integrado de Acompanhamento financeiro (Siafi) mostra que a maioria dos recursos para os ministérios foi bloqueada para servir ao ajuste fiscal promovido pela equipe econômica.O rstante do dinheiro foi perdido pela falta de projetos, ou até mesmo projetos irregulares apresentados por estados e municípios. O Ministério dos Transportes, responsável pela precária malha rodoviária do país, perdeu R% 1,5 bilhão. Dos 3,3 bilhões previstos para 2006, o Ministério da Saúde, dono do segundo maior orçamento da União, perdeu R$ 1,2 bilhào que poderia ser usado na costruçào de hospitais e postos de saúde. Já o Ministério da fazenda, responsável pela chave do cofre federal, foi o único a empenhar m,ais do que os recursos previstos: R$ 445,5 milhões.


O Estado de São Paulo:
"Achar sobreviventes é 'pouco provável'"
O Corpo de Bombeiros localizou ontem o microônibus engolido por uma cratera sexta-feira no canteiro da Linha 4 do Metrô, em Pinheiros, zona oeste. As equipes se aproximaram duas vezes do veículo, mas deslizamentos de terra impediram a remoção. Ao todo, pelo menos seis pessoas estão desaparecidas. O governador José Serra (PSDB) afirmou que é difícil que haja sobreviventes na van - que levava quatro pessoas, segundo testemunhas. “Quem está lá dentro é vítima. Deus queira que não, mas é muito pouco provável que não seja.”
Pela manhã, bombeiros que trabalhavam por cima dos escombros avistaram a traseira da van. Mais tarde, por outra frente de trabalho, a subterrânea, escavaram até um ponto onde puderam ver ferragens e a placa do microônibus, bastante retorcido. Mas novo deslizamento soterrou parcialmente uma retroescavadeira.
O capitão Minori, um dos responsáveis pela busca, informou às 18h20 que era impossível prosseguir com as buscas pelo túnel porque havia muito concreto misturado com a terra. Mas admitiu que faltavam equipamentos adequados.
À noite, quando as buscas já duravam mais de 55 horas, o coordenador da Defesa Civil, Jair Paca de Lima, disse que retomaria as escavações pelo alto do buraco. “Vamos aumentar o diâmetro da cratera para evitar deslizamentos e facilitar a localização de possíveis vítimas.”


Correio Braziliense:
"Quem ataca agora é a máfia dos remédios"
O golpe é semelhante ao dos sanguessugas. Nutre-se de dinheiro público que sai do Orçamento da União por meio de emendas parlamentares. Mas, em vez de ambulâncias, envolve medicamentos. No Rio Grande do Norte, remédios que deveriam chegar à população carente de 66 municípios deixaram de ser entregues ou foram desviados para municiar campanhas eleitorais. A fraude, estimada em R$ 5 milhões, era capitaneada pela Fundação Aproniano Sá, pertencente à família do ex-deputado federal Múcio Sá (PTB). O esquema beneficiou e teve a colaboração de dezenas de prefeitos, deputados federais e do senador Fernando Bezerra (PTB), líder do governo no Congresso. Múcio Sá foi apontado pelo empresário Luiz Antônio Vendoin, chefe da quadrilha das ambulâncias, como um dos colaboradores da máfia dos sanguessugas.

domingo, janeiro 14, 2007

Crateras

Destino certo

O homem medieval temia muitas coisas. Provavelmente o maior dos medos, fora o fogo eterno, era ser colhido pela peste que chegava e matava sem distinção de classes. Liquidava reis, camponeses, homens piedosos e sinceros e hereges avarentos, na mesma proporção. Quando não havia peste as pessoas tinham medo da terra se abrir e tragar os pecadores, ameaça sempre presente devido à fraqueza da carne. Tais temores, além de milhares de outros, perduraram até meados do século XX, quando parte considerável da população era analfabeta e mantinha tradições orais. Pois não é que em pleno século XXI aconteceu. A terra se abriu e engoliu quem estava por perto. Fico imaginando a sensação de estranheza daqueles que se viram tragados pela cratera em São Paulo. Um simples experimento mental já é aterrorizante, ao vivo e em cores deve ter sido a experiência da vida. O que terá acontecido? Quando estudei Mecânica dos Solos, há quase quarenta anos, percebi que havia muito a caminhar, embora houvesse exemplos de obras monumentais sem problemas. Naquela época o Egito estava construindo o complexo de Assuã e um professor muito solícito passava horas me explicando os problemas encontrados na elaboração do projeto. Talvez o solo que margeia o rio Pinheiros apresente um comportamento ainda não de todo decifrado. Ou quem sabe tenha havido barbeiragem. Certamente não aconteceu por causa de pecados ou falta de orações. Felizmente eu não estava lá, assim como não estava quando apareceu uma cratera de proporções bem mais modestas na rua Salvador Correia. Apesar de todo o meu ceticismo, tenho medo que a terra se abra e me lance nas profundezas do inferno antes do tempo, pois na época devida para lá irei certamente. (Sidney Borges)

Sociais

Dízimo

Vida de bispo

Malotes com dinheiro recolhido em doações de fiéis levados durante a madrugada, em filas de carros blindados, até um heliporto. Farras como o uso de um helicóptero para transportar apenas uma caixa de água Perrier para um haras em Atibaia. Envelopes cheios de notas tirados da sede social da Igreja Renascer para comprar cavalos. E bispos que vivem cercados por seguranças equipados, em um aparato difícil de encaixar no cotidiano de líderes religiosos. São cenas que exemplificam a acusação de que o casal Estevam e Sônia Hernandes, fundadores da Renascer, costumam usar para fins pessoais a máquina sustentada pelo dinheiro dos fiéis da segunda maior denominação neopentecostal do Brasil. (Angélica Santa Cruz no Trem Azul)

Dicas gastronômicas



Iguaria ...

Uma empadinha é uma empadinha é uma empadinha. Certo? Em termos. Empadinhas não são apropriadas para temas poéticos, melhor comê-las. Sendo você versejador, adepto de prosa, ou apreciador de rock, saiba que no Café 27, no shopping que fica pertinho da Câmara, no cruzamento das ruas Conceição e Salvador Correia, come-se uma das dez melhores empadinhas do planeta, quiçá da galáxia. Experimente. Você não vai se arrepender. Se, no entanto, seu negócio for carne, então o melhor a fazer é ir ao Bar do Lino, anexo ao restaurante Bardolino e pedir um hambúrguer. Para acompanhar sugiro chopp da Brahma. O Bar do Lino fica em frente à Pizzaria São Paulo. (Sidney Borges)

Desabamento

Bombeiros mantêm trabalhos de resgate na cratera do Metrô em SP

da Folha Online
Equipes do Corpo de Bombeiros mantêm na manhã deste domingo as buscas pelas pessoas que desapareceram após o desabamento no canteiro de obras da futura estação Pinheiros do metrô de São Paulo. O acidente aconteceu na tarde da última sexta-feira (12) e abriu uma cratera de aproximadamente 80 metros de diâmetro, que engoliu veículos e provocou a interdição de ruas próximas. Casas foram isoladas e a marginal Pinheiros, interditada. A prefeitura avalia a possibilidade de retomar o rodízio de veículos na segunda-feira.Os trabalhos seguiram durante toda a madrugada deste domingo. Mais um veículo, sem passageiros, foi retirado dos escombros. Os bombeiros ainda colocaram cabos de aço para equilibrar o guindaste de cerca de 50 toneladas que ameaçava desabar na sexta-feira.
Leia mais

Educação

Vestibular EDUCON

Estão abertas as inscrições para o VESTIBULAR DA FACULDADE EDUCON ATÉ DIA 19/01 para os cursos de GRADUAÇÃO em PEDAGOGIA, LETRAS (PORTUGUÊS E ESPANHOL), MATEMÁTICA, SERVIÇO SOCIAL, ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS, ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS.
O vestibular será realizado nodia 28 DE JANEIRO ÀS 14:00 na escola CAPITÃO DEOLINDO. Inscrições abertas também para PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO.
Av. Maria Alves, 671- Centro Ubatuba - tel. (12) 3836 1576 - Cel. 8129 1887.
Inscrições também pelo site www.educon.com.br
Fonte: Geruza Rocha

Recado

Sr. Prefeito:

V.S.ª sabe até onde nós podemos entrar no mato?
Pois bem, vou lhe responder, o que qualquer matuto saberia dizer-lhe: até o meio, pois dali para frente, estaríamos saindo.
V.S.ª sabe até quando vai o início de seu governo?
Pois bem, a partir de agora, já é fim, e o que o sr. realizou das promessas de campanha?
Até agora, ficou preocupado com a sua reeleição e esqueceu-se de administrar. O sr. faz uma administração tão devagar, seus secretariados deixam a desejar,
Nossas ruas continuam esburacadas, nossa iluminação continua deficiente, nossa saúde continua doente, e o sr. só faz alarde das obras mal feitas, demoradas e superfaturada.
O sr. tem reclamado, que o orçamento de Ubatuba é pequeno, sabe por quê?

Porque Ubatuba não tem emprego, não tem atraído investimentos imobiliários e comerciais, não tem planejamento, não tem seriedade e o que o Poder Executivo tem feito?
Somente pensa em criar taxas, aumentar impostos, multas, zona azul, etc.
O sr. diz que nosso orçamento é pequeno, que não dá para nada, mas mesmo assim, comenta-se por ai, que alguns nomeados por V.S.ª conseguem arrumar um jeito de “desviar” o pouco que temos.

E se isso está realmente acontecendo, os culpados por essa bandalheira, sabe quem são? Quem os nomeou!
Então responda-me: de quem é a culpa?
Sr. prefeito, olhe só a bagunça que está sua administração: é lixo espalhado nas ruas, é lixo amontoado à céu aberto no aterro sanitário e despejando chorume no rio do bairro do Ipiranguinha, nossa saúde foi para o vinagre, é trabalhador que trabalha e não recebe, Secretaria de Obras que não consegue por mãos à obra, nossos idosos e crianças estão abandonados, há pedintes pela cidade inteira, a miséria é geral, enfim é de dar dó.

Sr. prefeito, seus assessores são quase todos da administração anterior, só falta o Paulo, não acha?


O sr. conhece esse ditado: com esses amigos, pra que inimigos?
Então lhe pergunto: com esses assessores, pra que oposição?
Sr. prefeito, não pare para pensar, pois o tempo é curto, e seu mandato já está no fim, mas tome alguma atitude, pois do jeito que as coisas estão, seus amigos/assessores o estão levando à galeria dos piores prefeitos de Ubatuba.
Ubatuba merece um tratamento melhor, com gente disposta a trabalhar e principalmente com competência para tal.

Falando nisso, dizem que a dívida com o fornecedor de combustível da Prefeitura está em mais de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais), é verdade? E a dívida com os médicos da Santa Casa e funcionários do PSF como está? E com o supermercado que forneceu mantimentos fiado para alimentar as crianças do Programa Interior na Praia, quando o sr. vai pagar? Dizem que o sr. gastou o dinheiro que o governo do estado mandou para alimenta-las em fogos e rojões. Realmente na noite de ano novo, o sr. deixou muitos turistas de boca aberta, inclusive tem deixado também, o povo que o elegeu.

Feliz final de carreira política.

Abçs,

Jairo dos Santos
Vereador

Manchetes do dia

Domingo, 14 / 01 / 2006

Folha de São Paulo:
"Equipes buscam soterrados no metrô"
No dia seguinte ao desastre nas obras da estação Pinheiros do metrô paulistano, equipes de resgate retomaram o trabalho de busca a pessoas soterradas. As autoridades confirmaram que uma van ficou presa na cratera aberta após o deslizamento na tarde de sexta. Ao menos três pessoas estão desaparecidas. Além do motorista e do cobrador da van, um caminhoneiro que trabalhava na obra não foi localizado. Segundo testemunhas, havia também dois passageiros na van quando ela foi sugada pelo buraco.
É remota a possibilidade de encontrar vítimas com vida, dizem os bombeiros. Engenheiros tentam estabilizar com estacas a grua de 50 toneladas que ameaça desabar. Só depois vão analisar se o melhor é desmontá-la ou derrubá-la. Foram resgatados dois carros vazios, que estavam em uma rua contígua à obra. Parte das 79 famílias que tiveram suas casas interditadas voltou ao local para verificar os estragos.


O Globo:
"Policiais do Rio terão de fazer declaração de bens"
Amparado por um regulamento interno, o novo secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, exigirá dos policiais civis e militares a apresentação de uma declaração de bens e a constante atualização da evolução do patrimônio desses servidores públicos. Apesar de reconhecer que isso não acabará com a corrupção policial, Beltrame acha que a exigência será um sinal de que a Secretaria de Segurança vai combater com todas as armas a banda podre da polícia. Para dar o exemplo, o secretário já apresentou a sua declaração: uma casa financiada e um carro. "Como delegado da polícia Federal, apresento anualmente a evolução do meu patrimônio. Todos devem fazer o mesmo para manter a transparência", disse.
Segundo o secretário, o combate ao crime no Rio é mais difícil do que em qualquer outro lugar do país, mas ele acha que a violência pode diminuir se conseguir botar na rua os 5 mil PMs emprestados a outros órgãos, recuperar a frota da polícia - 65% dos carros estão quebrados - e reestruturar o serviço de inteligência. Beltrame aposta também num sistema de interceptação telefônica capaz de monitorar simultaneamente duas mil linhas telefônicas. Às véspera da chegada da Força Nacional de Segurança, repórteres do "Globo" constataram que é precária a fiscalização das divisas do estado onde a tropa atuará.


O Estado de São Paulo:
"Pressa na execução da obra pode ter causado acidente"
A pressa na execução das obras da Linha 4 do Metrô, que deverá começar a operar no ano que vem, pode ter sido o fator determinante do acidente na futura Estação Pinheiros, em São Paulo. O canteiro ruiu às 14h55 de anteontem, abrindo uma cratera de 80 metros de diâmetro. Segundo engenheiros, em áreas frágeis, como as próximas de rios, a escavação deve ser precedida de análise do solo metro a metro. O secretário de Transportes Metropolitanos, José Luiz Portella, disse que a responsabilidade não é do Estado. À beira do buraco, equipes de resgate e especialistas não conseguiram chegar a um acordo sobre a estratégia de atuação. Dois caminhões e dois carros foram retirados dos escombros, mas ainda há de 5 a 10 desaparecidos.


Jornal do Brasil:
"Lula só vai nomear ministro quem tiver voto em plenário"
Pelo menos 30 políticos disputam os 11 ministérios que Lula vai preencher, mas o presidente, nas primeiras reuniões com os dez partidos de sua base, já avisou: só vai escolher aqueles que tiverem votos no plenário da Câmara.
 
Free counter and web stats