sábado, dezembro 23, 2006

Apagão aéreo

Quem são os culpados

Tudo começou com a tragédia do Boeing da GOL quando morreram 154 pessoas.
Dois controladores de vôos do aeroporto de Brasília têm culpa no cartório. Eles falharam no monitoramento do Boeing e do jatinho Legacy.
Aí os colegas deles deram início a uma greve branca que revelou boa parte das mazelas do controle do tráfego áreo no país - falta de equipamentos, buraco negro em algumas regiões, crescimento da demanda e redução de investimentos, etc...
A culpa aí é do governo - ou melhor: dos governos FHC e Lula que foram negligentes.
Então a TAM resolveu ganhar mais uma graninha na esteira do apagão aéreo. Reduziu nos últimos dias o número de vôos para que seus aviões decolassem lotados. Vendeu lugares além dos que dispunha.
Resultado: o que já estava mal piorou.
Em toda essa história, só os passageiros são inocentes. E pagam o pato.
A trapalhada da TAM tirou o governo do foco da crise. Lula agradece - e ainda faz média oferecendo meia dúzia de aviões da FAB para aliviar o apagão. (Fonte: Noblat)

Feliz Natal



Passeando no jardim...

Uma flor é uma flor e ponto final. Aos poucos fui mudando esse conceito, hoje olho as flores de outra forma, elas que são seres que se auto-reproduzem e que percebo sutilmente, gostam de ser admiradas. Quanto mais eu as observo, mais desconfio estar sendo observado. A existência das flores deve guardar algum propósito que ainda não deciframos. A beleza intrínseca que há nelas, a plenitude de harmonia estética e simetrias veladas, certamente encerra algum tipo de consciência. A orquídea da foto nasceu na amoreira do meu jardim. Compartilho com os leitores um dos muitos detalhes que prenderam a minha atenção nesta manhã nublada e chuvosa. Quanto mais eu a admirava mais ela sugeria ser fotografada. Num determinado momento saiu uma nesga de sol e ela pareceu sorrir para mim. Senti-me na obrigação de dizer: Feliz Natal flor. Que você continue exibindo beleza e serenidade, nobre empreitada para a existência. Aproveito o ensejo para desejar Feliz Natal aos leitores, razão de ser de meus escritos.

Sidney Borges

Prendo e arrebento...

Jato de ministros decolou irregular

LEILA SUWWAN da Folha de S.Paulo, em Brasília
Em pleno auge da crise aérea, o jato da Força Aérea Brasileira que transportava os ministros Tarso Genro (Relações Institucionais) e Fernando Haddad (Educação) decolou sem autorização na noite de quinta-feira do aeroporto de Bagé, rumo a Porto Alegre. Ao antecipar seu vôo em 17 minutos sem avisar as autoridades, o jato colocou em risco outros aviões no espaço aéreo da região Sul, onde ocorria controle de fluxo.Não houve incidente grave, mas o Cindacta-2 registrou o episódio e caberá à Aeronáutica encaminhar uma infração interna. A assessoria do ministro Tarso Genro afirmou que os passageiros não tiveram conhecimento da situação e que a pista de decolagens em Bagé aparentava normalidade.
Leia mais

Refazenda

"RE" pensando

A falta de planejamento adequado e, da aplicação de simples posturas nos levará, sempre, por novos (e velhos) caminhos, ao império dos "Re". Estaremos sempre reorganizando, reconstruindo, reclassificando, reurbanizando, refazendo, recolocando, recadastrando, reconsiderando, resgatando... RE fazer custa caro e, desgasta. Coisas do sem fim! Nada é definitivo, é claro, e a mudança, é inerente a evolução. Inadequado é "caminhar" as escuras, as cegas, utilizar e aplicar o método das (várias) tentativas e (inúmeros) erros, principalmente quando quem paga as contas destas (des) venturas não é o tal do RE sponsável. Errado também, insistir nos erros (e com os (nomes) errados). Assim, continuamos. Cômodos & crentes, a espera de alguém, que vindo de onde vier, faça-se "salvador da pátria" e, RE oriente (sem bússola) o rumo desta nossa nau! É melhor (para todos) RE pensar e, RE avaliar. Por outro ângulo, quem sabe, se uma RE ciclagem nos "conceitos" (tidos como imutáves) e, nos ("imexíveis") não possa salvar (pelo menos) parte da colheita?


Ronaldo Dias

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 23 / 12 / 2006
  • Prefeito Eduardo Cesar veta lei sobre música por considerá-la impraticável
  • Apreensões de bicicletas diminuem acidentes nas ciclofaixas
  • Cuidágua encerra projeto em Ubatuba
  • Avenida Iperoig já está funcionando com mão única de direção
  • Prefeitura de Ubatuba terá pontos facultativos
  • Prefeito acompanha city tour pela região sul de Ubatuba
  • Câmara Técnica pretende resgatar a atividade ecoturística em Ubatuba
  • Ubatuba entra no clima das festas de fim de ano

Leia aqui

Manchetes do dia

Sábado, 23 / 12 / 2006

Folha de São Paulo:
"Governo cede 8 aviões da FAB para transportar civis"
No dia em que praticamente metade de todos os vôos do país atrasaram e o caos voltou a imperar nos principais aeroportos, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva mandou a Força Aérea Brasileira (FAB) ceder oito aviões - com total de 472 assentos - para fretar vôos da TAM, apontada como a responsável pela nova crise no setor. A medida foi anunciada no final da tarde de ontem, quando os passageiros voltaram a protestar por conta dos atrasos e lotação dos aeroportos. Em Cumbica, a polícia teve de ser acionada para conter tumultos.Segundo o governo, o uso de aviões da FAB foi necessário mediante a incapacidade constatada da empresa de embarcar seus passageiros e aliviar a crise nos aeroportos, que atingiu recordes de atrasos nesta semana. A Nova Varig, Ocean Air e Total Linhas Aéreas também disponibilizaram aviões. À noite, a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) informou que a situação será normalizada nos aeroportos durante a madrugada e no decorrer do dia de hoje. (...)


O Globo:
"Lula cede aviões da FAB após o caos e nada muda"
O caos aéreo que se arrasta há dois meses fez com que o presidente Lula decidisse ceder ontem dez aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) para que a TAM embarcasse seus passageiros, numa intervenção na companhia que, na véspera, tirara seis aviões do ar. As aeronaves oficiais juntas, no entanto, só têm capacidade para transportar 600 pessoas, enquanto milhares de passageiros tentam viajar nestas vésperas de Natal. Até o antigo avião presidencial, o Sucatão, estava ontem no Galeão para levar passageiros da TAM. Em Brasília, o Sucatinha, outro avião que serviu à Presidência, só conseguiu decolar para Confins, em Belo Horizonte (MG), após uma hora e meia de atraso. Pelo menos 48% dos vôos saíram com atraso superior a uma hora em todo o país.


O Estado de São Paulo:
"Governo proíbe vendas da TAM e FAB leva passageiros"
Diante do agravamento da crise nos aeroportos, o presidente Lula determinou que a Força Aérea Brasileira (FAB) cedesse os aviões reservas da Presidência da República para cumprir rotas da TAM entre Rio, São Paulo, Belo Horizonte e Brasília. O Sucatão, Boeing 707 que servia o presidente em viagens internacionais, foi o primeiro a fazer um vôo da TAM, do Rio para Brasília. Metade dos vôos previstos para ontem em todo o país foi cancelada ou saiu com atraso superior a 1 hora - foi o segundo pior dia nos aeroportos, perdendo só para o caos registrado em 5 de dezembro. Pelo segundo dia consecutivo, a TAM foi responsabilizada pelos problemas. A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) determinou à tarde, em comum acordo com a companhia, a suspensão da venda de passagens. Um grupo de funcionários da Anac foi encarregado de verificar se a empresa estava praticando overbooking sistemático - venda de passagens além dos lugares disponíveis - e constatou que "o foco dos transtornos estava centrado no sistema de reservas e operações da companhia". Passageiros irritados invadiram a pista em Brasília e ameaçaram depredar o aeroporto. Em São Paulo, muitos passaram a noite no saguão de Cumbica. O funcionamento de Congonhas, onde a fila do check-in chegou a 1 quilômetro, foi estendido até a madrugada.


Correio Braziliense:
"Apagão na TAM"
Pelo segundo dia consecutivo, Lula interveio diretamente na crise do setor aéreo. Ontem, por ordem do presidente, a FAB montou verdadeira operação de guerra para garantir a viagem de milhares de pessoas neste final de ano: pôs oito aviões à disposição da TAM. A companhia é apontada pelo governo como principal responsável pelo agravamento dos transtornos provocados por atrasos e cancelamentos de vôos nos aeroportos do país nos últimos dias. Com isso, muita gente que comprou passagens da companhia vai viajar em Boeings da Força Aérea Brasileira, os famosos "sucatinhas" e "sucatões".

sexta-feira, dezembro 22, 2006

Reflexões etílicas

Velhos de esquerda

Como é sabido o mundo muda quando Luiz Inácio fala. Depois que ele afirmou, com o discernimento e a clareza que lhe são peculiares, que homens com mais de sessenta anos, de esquerda, têm problemas, não há outro assunto nos quatro quadrantes. Em Cuba, do telhado, Fidel pediu que a “Academia de Ciências” desse explicações. O presidente perpétuo estranhou a afirmação do “compañero”. O que está acontecendo comigo, perguntou Fidel ao médico real, digo médico do povo. Tenho problemas? E Oscar? Meu grande amigo Oscar, quase centenário e ainda vermelho como um tomate maduro, tem problemas? O médico fitou longamente a ponta da caneta que tinha entre as mãos e disse sussurrando após pigarrear:
- Comandante, como sempre Lula tem razão, mas nós encontramos um antídoto para o mal da idade madura. Sem que o senhor soubesse, todos os dias uma pílula foi colocada em seu café, desde que o senhor completou sessenta anos. Oscar também recebe o antídoto nos charutos que lhe enviamos. A sua fé inquebrantável na revolução permanecerá incólume através do tempo. Basta uma pílula por dia e o liberalismo está fora de cogitação, definitivamente afastado. Viagra ideológico. O problema comandante é que Lula tem jogado as pílulas fora. Estavam dando urticária quando misturadas com uísque envelhecido por mais de doze anos. Lula ultimamente só toma scotch de dezoito anos. São os males da mudança de classe, com pinga ele seria esquerdista para sempre. Fidel ouviu calado e retornou ao ponto mais alto do telhado, de onde se recusa a sair. (Sidney Borges)

Amamos barquinhos

Revista nova na praça



A revista “Turismo e Requinte” chegou a Ubatuba nessa quinta-feira, junto com o verão

Foi lançada oficialmente nessa quinta-feira, dia 21, a revista “Turismo e Requinte” que traz como destaque, em sua primeira edição, a cidade de Ubatuba. A nova publicação, iniciativa do jornalista Ednelson Prado, traz ao longo de suas 32 páginas, imagens de uma Ubatuba que muita gente não conhece, ou que passa despercebida. Baguari de Fora, Canto das Garoupas, Sítio Santa Cruz são alguns dos pontos visitados pela equipe da revista.
As fotos, acompanhadas por textos que exaltam as belezas naturais da cidade, mostram que turismo ubatubense tem muito mais a proporcionar do que as tradicionais praias da região central.
Além disso, traz um pouco da história do município, como a eleição de Ciccillo Matarazzo a prefeito de Ubatuba. Da moda aos pontos que merecem ser visitados, a revista tem um aspecto bem leve, pra quem realmente quer conhecer Ubatuba e se entreter com uma boa leitura.
Outro destaque da primeira edição é a matéria feita com o apresentador e deputado federal eleito Clodovil Hernandes, em um momento de pura descontração.
É uma revista que diz a que veio. “Nós queremos dar nosso recado. A região do Litoral, Vale e Serra, é muito bonita e precisa ser retratada como tal. O turismo pode ser bem explorado e temos a intenção de dar nossa parcela de colaboração. A revista está só começando e se conseguirmos manter o apoio que já recebemos, e até ampliá-lo, temos certeza de que poderemos fazer um belo trabalho”, disse Prado.

Fonte: Ednelson Prado

Pensata

A pior legislatura de todos os tempos

Lucia Hippolito
O ano vai terminando, e o presidente da República vai navegando em mar de almirante, pelas conquistas de seu governo e de sua reeleição e pelas pesquisas de opinião, ao longo de 2006.
O mesmo não podemos dizer a respeito do Poder Legislativo, infelizmente.
Depois de uma eleição terrível, em que deputados e senadores decidiram desafiar a opinião pública, para acabar aumentando abusivamente os próprios salários, 2006 termina de forma melancólica.
Depois de muitas discussões, Suas Excelências decidiram deixar o aumento escandaloso dos próprios subsídios para o inicio da próxima legislatura, a partir de 1º de fevereiro do próximo ano.
OK. Tudo bem. A próxima legislatura esta eivada de ilegitimidade, o que a atual não tem, e já faz longo tempo.
Mas é Natal. Tempo de refletir, relaxar, pensar um pouco, e quem sabe, corrigir rumos e reorientar projetos.
Natal é tempo de confraternização, de tolerância, de paz entre os homens e as mulheres de boa vontade.
Um Feliz Natal a todos. (Fonte: Noblat)

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 22 / 12 / 2006
  • Balcão de Empregos de Ubatuba tem vagas para setores ligados ao turismo
  • Jogos Inter Secretarias de Ubatuba terminam nesta sexta-feira
Leia aqui

Manchetes do dia

Sexta-feira, 22 / 12 / 2006

Folha de São Paulo:
"Governo culpa empresas pelos atrasos nos vôos"
Em São Paulo, policiais ameaçaram usar gás pimenta para conter tumulto na sala de embarque do aeroporto de Congonhas. No Rio, um passageiro foi detido no aeroporto Tom Jobim (Rio) após quebrar um computador de uma empresa aérea. Em Brasília, um grupo invadiu a pista e teve de ser contido pela polícia. Mais um dia de caos nos aeroportos do país, com quase 44% dos vôos com atrasos de mais de uma hora, a Aeronáutica culpou ontem as empresas aéreas, especialmente a TAM, pela seqüência de atrasos e cancelamentos de vôos iniciada na noite de segunda-feira. (...)


O Globo:
"Autoridades se acusam e o caos aéreo só aumenta"
Mais um dia de longas filas nos aeroportos e muito bate-boca entre autoridades e companhias aéreas. A Agência Nacional de Aviação Civil, a Infraero e a TAM trocaram acusações para justificar o caos. Seis aeronaves da companhia quebraram, provocando atrasos em cascata em diversos trechos. Em Brasília, sob chuva forte, um grupo invadiu a pista para protestar e foi retirado pela PF. No Galeão, um passageiro, que esperava por quase seis horas para voar, foi detido porque se recusou a deixar o avião. Na sala de embarque do Terminal 2, um computador e parte do balcão da TAM foram destruídos.


O Estado de São Paulo:
"Lula culpa empresas aéreas pelo apagão"
O presidente Lula responsabilizou as companhias aéreas pelo caos nos aeroportos às vésperas do Natal. Disse que os atrasos e as filas que ontem revoltaram passageiros em todo o País foram causados desta vez pelas empresas aéreas e não por falhas de controle de tráfego aéreo. Lula determinou que empresas, Anac e Infraero não deixem as pessoas sem informações. "Não pode deixar passageiros quatro, cinco ou seis horas no aeroporto esperando e não cuidar deles," disse. Até as 17 horas, 43,9% dos vôos estavam com mais de uma hora de atraso: 47 haviam sido cancelados. A TAM admitiu que teve problemas com 6 aviões. Nos aeroportos, houve muito bate-boca. No Galeão, a PF chegou a impedir a realização de check-in e um passageiro recebeu voz de prisão. Em Brasília, um grupo invadiu a pista. Apesar de toda a confusão, autoridades afirmam que tudo estará normal nos próximos dias. A comissão da Câmara que apura a crise foi encerrada sem conseguir votar o texto final.


Correio Braziliense:
"O Natal vem aí, mas o caos chegou antes"
O presidente da Agência Nacional de Aviação Civil voltou a repetir a promessa que o governo faz todos os dias, mas ninguém mais acredita. "No Natal não haverá problemas", disse Milton Zuanazzi. Na vida real, os atrasos voltaram a se repetir ontem em todo o país. No Rio, passageiro foi preso após quebra-quebra. Em Brasília, um grupo invadiu a pista do aeroporto JK. Em São Paulo, muita gente teve que dormir nos terminais de Congonhas e Guarulhos. Irritado, o presidente Lula convocou reunião e cobrou explicações. "Não é possível que um passageiro fique três, quatro horas no aeroporto, e ninguém comunique que o avião está atrasado", desabafou. A TAM assumiu parte da culpa pelos transtornos. Informou que houve problemas no sistema de check-in e atrasos por causa da manutenção de aviões da companhia. A chuva agravou a situação.

quinta-feira, dezembro 21, 2006

Boleros tropicais



Quizás, quizás, quizás...

Hoje a Executiva do PSDB de Ubatuba se reuniu e após horas de acalorada discussão e renhido debate deliberou que o Partido não se furtará ao diálogo. Em havendo disposição do chefe do Executivo para um encontro, este acontecerá. Nada mais foi decidido. No momento não há indícios de que o Prefeito possa vir a fazer parte das lides tucanas. Sobre decisões futuras nada podemos afirmar. Após o rebaixamento de Plutão tornou-se arriscado fazer prognósticos. (Sidney Borges)

Sociais

Agora é oficial

Fundart

O prefeito Eduardo Cesar indicou o ex-prefeito e criador da Fundart, Pedro Paulo Teixeira Pinto para a presidência da Fundação no biênio 2007/2008. (Sidney Borges)

Namoro?

Velhos amigos

De O Estado de S.Paulo, hoje:
"O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse ontem, durante encontro com o ex-prefeito e deputado eleito Paulo Maluf e a bancada do PP, que um governo de coalizão não pode discriminar 'ninguém'. Maluf, que dois dias antes foi denunciado pelo Ministério Público por lavagem de dinheiro e chegou a ficar preso na Polícia Federal no ano passado, relatou que foi recebido com 'sorrisos' no Palácio do Planalto e disse se sentir mais 'próximo' de Lula.
Ao deixar o palácio com uma bengala, o ex-prefeito contou que não sentiu constrangimento por parte do presidente e de seus assessores. 'Vocês precisavam ver a alegria de Luiz Dulci, do Gilberto Carvalho, do Tarso Genro e do presidente', relatou o ex-prefeito. 'Isso indica que eles querem acertar, não têm nada de pessoal, querem ver o Brasil crescer.'
Depois da reunião, Maluf contou parte da conversa que teria tido com Lula: 'Presidente, o senhor há poucos dias quebrou o pé direito. Eu quebrei o esquerdo. Agora, que temos mais de 60 anos, estamos nos aproximando.'"

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 21 / 12 / 2006
  • Secretário de Turismo entrega vídeo institucional sobre Ubatuba a vereadores
  • Ubatuba sedia torneio internacional de futebol
  • Projeto Interior na Praia chega dia 8 a Ubatuba
  • Pára-quedistas passarão o reveillon no céu de Ubatuba
Leia aqui

Manchetes do dia

Quinta-feira, 21 / 12 / 2006

Folha de São Paulo:
"Salário mínimo vai subir para R$ 380"
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva adiou para o próximo ano o anúncio do pacote econômico encomendado para destravar o crescimento do PIB e ontem, na véspera da divulgação oficial das medidas, definiu o novo salário mínimo de R$ 380 para 2007.O novo valor, que era rejeitado pela equipe econômica, acabou sendo o principal motivo para o adiamento das medidas, provocando divergências dentro do governo na formatação final do pacote econômico. Sem recursos, para compensar o novo valor acordado com as centrais sindicais, a equipe econômica propôs reduzir o tamanho dos cortes de tributos negociado pelo ministro Luiz Fernado Furlan (Desenvolvimento). A idéia era diminuir a desoneração em R$ 600 milhões, atingindo principalmente produtos da construção civil que teriam imposto reduzido.


O Globo:
"Caos anunciado chega a aeroportos antes do Natal"
Ás vésperas do Natal os aeroportos voltaram a registrar um dia de caos com atrasos de mais de uma hora em 501 vôos dos 1.202 programados. Outros 39 vôos foram cancelados (41% do total), segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Para impedir a agressão contra funcionários que eram ameaçados, as companhias decidiram transferir passageiros para salas de embarques e até para aeronaves que não tinham previsão para deixar o solo.A espera de horas sem explicações deixou os viajantes irritados e aumentou o número de queixas. Em São Paulo, a confusão foi agravada por causa das chuvas. No Aeroporto de Guarulhos dos 127 vôos, 70 atrasaram. No Tom Jobim, no Rio, houve 52 atrasos, em 103 vôos, inclusive os internacionais. A TAM teve problemas na sua rede de dados.


O Estado de São Paulo:
"Aumento do Congresso deve ficar para 2007"
Sem consenso sobre quanto devem receber, deputados e senadores tendiam ontem à noite a adiar para o ano que vem a decisão sobre o reajuste de seus salários. Depois de mais de quatro horas de reunião, os deputados não conseguiram chegar a um acordo sobre a porcentagem de aumento nem sobre as propostas que extinguem a verba indenizatória de R$ 15 mil mensais (para custear despesas de gabinete e de transporte) e acaba com o pagamento de 14° e 15° salários. No Senado, nem houve reunião. A única proposta de aumento salarial entregue à Mesa da Câmara para votação fixa o salário dos parlamentares em R$ 16.500, mas ela não recebeu regime de urgência - os trabalhos no Congresso este ano serão encerrados amanhã e dificilmente haverá quórum para apreciar qualquer projeto social o qual não haja consenso. O Congresso volta a funcionar em 1º de fevereiro. A proposta do fim da verba indenizatória foi decisiva para adiar a votação. A extinção do benefício não é consensual entre os partidos. Pela primeira vez, o presidente da Câmara, Aldo Rebelo, admitiu que ficou sozinho na defesa do salário de R$ 24,5 mil para deputados e senadores, apesar de a iniciativa ter sido também do presidente do Senado, Renan Calheiros.


Jornal do Brasil:
"Assim falou o arcebispo"
"Como aceitar que os parlamentares recebam R$ 800 por dia se a maior parte da população é obrigada a viver com R$ 12 por dia?"

quarta-feira, dezembro 20, 2006

Resgate em perigo 1



Panoramix

Para quem não conhece, faço as apresentações. O nome do cidadão barbudo é Panoramix, o druida gaulês da aldeia de Asterix. Como todo druida que se preze, Panô, como os íntimos o chamam, tem poderes mágicos. Um deles é a alegria dos ambientalistas, sempre que os romanos arrancam uma árvore, Panoramix saca uma semente do bornal, joga no buraco e “presto”, lá está a árvore novamente. Diz a lenda que um descendente de Panoramix veio parar em Ubatuba, onde viveu por longos anos na região da praia da Fortaleza. Com o passar dos anos acabou perdendo o poder, mas não totalmente. Se não era capaz de fazer árvores, pelo menos conseguia produzir grama. Antes de morrer ele teria dado algumas sementes mágicas a dois meninos, que com o passar dos anos cresceram e hoje fazem parte do seleto grupo de legisladores de nossa cidade. (Sidney Borges)

Resgate em perigo 2



Sabotagem

A grama cresce no meio dos blocos. A obra nem está pronta e o mato aparece para criar problemas para a maravilha da engenharia nacional que é a avenida Iperoig. Não pensem os senhores leitores que se trata de descaso da administração. O time do “Resgate” não erra. Nunca errou nem jamais errará, posto ser a melhor equipe do universo. A graminha em questão é fruto da mágica do druida da Fortaleza. Todos os dias pela manhã dois vereadores tem sido vistos espalhando sementinhas em frente à Câmara, exatamente onde a foto foi tirada. Não vou dizer o nome deles, direi apenas as iniciais. C de Charles e J de Jairo. Os sobrenomes não revelo nem sob tortura. (Sidney Borges)

Ubatuba em foco

“Delírios de comissionado”

Corsino Aliste Mezquita
Em matéria publicada por “Ubatuba Víbora”, aos 15-12-06, sob o título “SERVIDORES PETISTAS DEFENDEM ADMINISTRAÇÃO EDUARDO CÉSAR” e, creditada à Sra. Bárbara Silva, o Sr. José Pinto de Souza Americano, responsabiliza-me pela ruptura da coligação “PT-Eduardo de Souza César”. A matéria também foi publicada pelo semanário “A Cidade”, de 16-12-06, pg. 02. Desta vez sem crédito à autora.
Posso informar, ao Comissionado, Sr.José Pinto de Souza Americano, que, em quase dois anos de administração, nunca conversei com o Sr. Vice-Prefeito, com ele tive canais de comunicação, ou a mais insignificante influência. Nunca fiz pose para partido político. Nunca soube ou me importei com o fato, se o PT ou outros partidos, gostavam ou desgostavam de minha pessoa ou de minhas atitudes. Preocupei-me em ser honesto, cumpridor do meu dever e, dentro de minhas forças, eficiente na realização dos encargos que me foram encomendados. Sendo fiel à verdade sou obrigado a afirmar que, nos cargos de direção ocupados por mim e, nos quatro anos e quatro meses que estive Secretário de Educação, alguns dos filiados ao PT, comigo partilharam de programas e conselhos e bastante elogiaram, publicamente, a transparência, dedicação, honestidade e as explicações dadas para os assuntos da administração. Há sintomas que são essas qualidades que vem incomodando alguns dos participantes da atual administração.
Vossa Senhoria deve estar apoiando suas afirmativa em “BOATOS”, “DELÍRIOS DE COMISSIONADO”, “TEMORES A PERDER AS SINECURAS E OU BOQINHAS”, caso as adaptações camaleônicas não tenham êxito. Não existem realidades factuais para o que afirma sobre minha pessoa e as influências sobre o PT.
Sua fidelidade partidária é de tais dimensões que, além de desqualificar a inteligência dos filiados ao PT, sobre alguns de seus membros, mais destacados, joga lama sem, antes, se olhar no próprio espelho.
Se o Sr. Vice-Prefeito ou outros petistas foram influenciados por algum de meus escritos não terão se apoiado em “boatos”, como Vossa Senhoria afirma. Não publicamos boatos. Apenas refletimos sobre fatos reais facilmente comprováveis nos contratos, nas obras deles decorrentes, nos atrasos injustificados, na falta de planejamento, nos custos, no uso indevido dos veículos da Secretaria Municipal de Educação e, em outros fatos que por aí correm documentados e que Vossa Senhoria conhece em detalhes, os vive intensamente e os saboreia em profundidade. Não precisa, o PT, apoiar-se em minhas informações. Possui conhecimentos mais amplos e documentados que os que minhas reflexões posam esclarecer.
Sua afirmativa sobre: “...a terceirização da merenda, que hoje é um sucesso absoluto”, também está fora da realidade. Está mal informado. Não tem visitado as escolas e ouvido: diretores, professores e pessoal da cozinha. Essas fontes falam em “escassez”, “fracasso”, “precariedade”, “absurdo de preço”, “falta de controle das refeições servidas”, etc... etc. Dia 07-12-06, uma mãe de aluno, da EE Maria Alice Alves Pereira, (Marafunda) reclamou para o Sr. Prefeito em programa da Rádio costa Azul, sobre a precariedade e má qualidade da merenda. Não teve resposta.
Comissionado, Sr. José Pinto de Souza Americano, Vossa Senhoria, procura, para a ruptura com o PT, responsáveis externos à administração municipal, e, seu chefe, para a expulsão do PL. São fatos “nunca antes” acontecidos, em Ubatuba, simultaneamente. Não está na hora de pegar as diretrizes de governo, publicadas na campanha política, e verificar as causas da ruptura e da expulsão?
Restando algum senso de autocrítica os textos serão indicativos. Lá constará o não cumprimento do prometido, as traições, as ingratidões. Olhando para a história destes dois anos passados poderão lembrar as agressões gratuitas do burgomestre e alguns de seus acólitos, os processo caluniosos e apoiados em chicanas, as difamações de cidadãos honestos, os procedimentos para receber títulos de cidadão e outras honrarias e as mentiras constantemente propaladas como se verdades fossem. Frente a essas atitudes a paciência dos políticos e dos partidos acaba e os efeitos aparecem.
Podem também se perguntar. Quais as causas existentes para pessoas qualificadas e honestas abandonarem o barco da administração? Por que tantas substituições de secretários, assessores e comissionados? Os responsáveis dessa diáspora são os boateiros ou a incapacidade do administrador? Os administradores antes de atribuir responsabilidades a terceiros devem se olhar no próprio espelho. Cedo ou tarde as calúnias, as traições, os individualismos geram conseqüências e o demônio do poder patrocina expulsões, brigas e rupturas. Este escriba não é sócio desse demônio.

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 20 / 12 / 2006
  • Prestação de contas leva ações da saúde ao conhecimento da população
  • Eduardo Cesar recebe diploma “Amigos do Museu Caiçara”
  • Impostos atrasados podem ser negociados até a próxima sexta-feira
  • Programa "Letra e Vida" encerra atividades em 2006
Leia aqui

Manchetes do dia

Quarta-feira, 20 / 12 / 2006

Folha de São Paulo:
"STF obriga Congresso a votar aumento"
Depois de resistir por quase uma semana à pressão da opinião pública - por meio de protestos na internet e manifestações de rua e após a agressão a um deputado-, o Congresso foi obrigado pela Justiça a sustar o reajuste de 91% que havia se autoconcedido e a votar em plenário qualquer tentativa de elevação do salário de deputados e senadores, o que deve ocorrer hoje. Constrangidos a mostrar a cara, já que a decisão de ganhar R$ 24,5 mil mensais -quase o dobro dos R$ 12.847 que recebem hoje- havia sido tomada numa reunião administrativa com apoio de 26 dos 29 presentes, os parlamentares agora avaliam qual reajuste estão dispostos a bancar.


O Globo:
"STF veta R$ 24.500 e agora Congresso tenta R$ 16.500"
Por unanimidade, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) derrubaram ontem o aumento de 90,7% dos subsídios de deputados e senadores e determinaram que o reajuste só poderá ser feito por meio de decreto legislativo que precisará ser aprovado nos plenários da Câmara e do Senado.


O Estado de São Paulo:

"STF anula supersalário e Congresso revê aumento"
Cinco dias depois de deputados e senadores resolverem se dar reajuste salarial de 90,7%, os ministros do Supremo Tribunal Federal concluíram ontem, por unanimidade, que o aumento foi concedido com base em decreto legislativo que não tem mais validade e, por isso, precisa ser suspenso. Na avaliação do STF, para dar o reajuste é necessária a aprovação de um decreto específico pelos plenários da Câmara e do Senado. A decisão foi tomada no julgamento de um mandado de segurança impetrado pelos deputados da Carlos Sampaio (PSDB-SP), Fernando Gabeira (PV-RJ) e Raul Jungmann (PPS-PE) . Diante disso e da pressão popular, a tendência no Congresso, agora, é aprovar um aumento de 28,4%, equivalente à inflação desde 2003, quando houve o último reajuste. Adotada essa porcentagem, os salários iriam para R$ 16.400.


Jornal do Brasil:
"Povo cerca o Congresso"
O Parlamento foi sitiado por manifestantes, que protestavam contra a farra do aumento de salários. Carros oficiais de senadores e deputados foram hostilizados.

terça-feira, dezembro 19, 2006

Plano Diretor

Ministério Público tenta impedir votação de Plano Diretor de São Sebastião que prevê a verticalização das construções

O Ministério Público de São Paulo ajuizou ontem (18/12) uma Ação Civil Pública cautelar contra o município de São Sebastião para impedir a votação do plano diretor da cidade.
O plano diretor, obrigatório para todas as cidades com mais de 20 mil habitantes, deve estabelecer as diretrizes gerais da política urbana.
“O plano elaborado pela prefeitura municipal de São Sebastião não inclui o conteúdo mínimo necessário, a participação popular efetiva não ocorreu, a vontade da população não foi respeitada e o prazo para aprovação do plano foi descumprido”, explica o Promotor de Justiça Bruno Márcio de Azevedo, que assina o pedido com a Promotora de Justiça Cláudia Maria Beré.
Ele cita como os principais problemas a ausência de análise da falta de infra-estrutura, principalmente em rede coletora de esgoto, rede de água, iluminação pública, pavimentação de ruas, sistema viário deficiente e transporte coletivo precário. “Já a polêmica verticalização das construções, rejeitada pela população, está prevista no plano apresentado. Ou seja, o documento foi elaborado apenas para tratar de algumas matérias específicas cuja regulamentação interessava ao Poder Executivo e para dar a aparência de cumprimento do prazo de elaboração do plano diretor previsto na lei”, afirma.

Fonte: Ministério Público de São Paulo

Café Anchieta apresenta:

Que país é este?

Ubatuba é diferente...

O Brasil está virando um lugar muito estranho para se viver. Aqui o êxito não tem nada a ver com o mérito e vice-versa. Ganha quem pode mais, aplaude quem vê chance de ganhar também e reclama quem não se incomoda de ficar fora do jogo, no mais das vezes sendo chamado de hipócrita ou fariseu. Quando não insidioso conspirador. (Dora Kramer no Estadão)

Do "Vale das Antas":

Frases

Cabe como uma luva...

É notória a falta de sintonia entre o PSDB e as ruas. Política se faz a toda hora, nos 365 dias do ano, em todos os lugares, e não apenas em períodos eleitorais ou no exercício, ainda que virtuoso, da administração. (Reinaldo Azevedo analisando o contexto nacional)

Mudamos o enfoque...

Pressionado, PT agora critica aumento de 91% a parlamentares

SILVIO NAVARRO FERNANDA KRAKOVICS da Folha de S.Paulo, em Brasília
Pressionados pela repercussão negativa do reajuste de 91% nos salários dos parlamentares, líderes do PT no Congresso decidiram ontem se posicionar contra o aumento, saída que acabou isolando o candidato do partido à presidência da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP).
Líder do governo Lula na Câmara, Chinaglia é o único deputado petista a manter publicamente a defesa do salário de R$ 24,5 mil para os congressistas. O senador Tião Viana (PT-AC), que compõe a Mesa Diretora, também havia dito ser favorável na semana passada.
Leia mais

Barraco

Após receber crítica, Clodovil chama Marisa Monte de "imbecil"

da Folha Online
O estilista, apresentador e deputado eleito Clodovil Hernandez, 70, atacou a cantora Marisa Monte, 39, em entrevista publicada nesta segunda-feira (18) pela coluna de Monica Bergamo, na Folha.
Uma declaração da cantora, que classificou de "decepcionante" a eleição do estilista, provocou a ira de Clodovil, que chamou Marisa de "imbecil" e "antipática".
Leia mais

Aldo Rebelo está inconsolável...

STF derruba o aumentão de deputados e senadores

Com seis votos a zero, o Supremo Tribunal Federal já derrubou o aumento de 91% para deputados e senadores.
Pelo entendimento dos ministros, qualquer aumento precisa passar pelo plenário da Câmara e do Senado para passar a vigorar.
Qualquer canetada que venha das Mesas Diretoras da Câmara ou do Senado, como foi feito na semana passada, será considerada ilegal.
Além disso, nem pensar em igualar o salário de parlamentares a de ministros do Supremo. A Constituição, no entendimento dos ministros, impede que isso seja feito. (Fonte: Noblat)

Turismo

Vereador solicita inclusão de Ubatuba em novo Mapa de Turismo Regional

O vereador Charles Medeiros encaminhou ao Sebrae documento solicitando a inclusão de Ubatuba no novo mapa do turismo no estado de São Paulo.
Segundo o Vereador Charles Medeiros, o Sebrae em parceria com o Programa Regional de Turismo Receptivo vem desde 2001elaborando um plano estratégico a fim de transformar ações municipais em projetos territoriais. São projetos integrados inovadores que oferecem aos turistas sugestões de experiências em gastronomia, história e usos e costumes do estado de São Paulo, o objetivo é explorar o potencial econômico das regiões, criando pólos geradores de emprego e renda atraindo mais turistas e investimentos.
Dentro do eixo de atração do novo mapa consta a Rota Caminhos de Anchieta, onde Ubatuba não se encontra inserida. “É inadmissível que Ubatuba não esteja na relação de municípios onde Anchieta fez história, participou do 1º Tratado de Paz das Américas e escreveu o célebre Poema à Virgem nas areias de Iperoig”. Afirma Charles Medeiros.

Fonte: Assessoria Charles Medeiros

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 19 / 12 / 2006
  • Mais de 1.500 candidatos realizaram concurso para professores em Ubatuba
  • Ministra da Igualdade Racial participa de ato ecumênico no quilombo da Caçandoca
  • Alunos do Projeto Eroi fazem festa de fim-de-ano
Leia aqui

Manchetes do dia

Terça-feira, 19 / 12 / 2006

Folha de São Paulo:
"Cúpula do Congresso ignora pressões e mantém os 91%"
O presidente da Câmara, Aldo Rebelo (PC do B-SP), defendeu o aumento de 91% para os parlamentares, que vai elevar seus salários para R$ 24,5 mil. "A fixação do subsídio foi decidida em reunião dos líderes com a Mesa. Cabe ao presidente aplicar a decisão", afirmou. Aldo exibiu um cronograma de cortes, sob a justificativa de que a economia permitirá elevar os salários sem custos extras.Dizendo-se revoltada com o aumento salarial dos deputados, a pensionista Rita de Cássia Sampaio de Souza, 45, utilizou uma peixeira de 40 centímetros para esfaquear o deputado federal Antonio Carlos Magalhães Neto (PFL), na tarde de ontem, em Salvador. ACM Neto foi atingido nas costas, quando já estava sentado em seu carro. Socorrido por assessores, o deputado foi internado no Hospital da Bahia. De acordo com médicos, o deputado levou três pontos, mas não teve nenhum órgão vital atingido. Ele receberia alta na noite de ontem.


O Globo:
"Governo sabia há 2 anos do envolvimento de Álvaro Lins"
A Secretaria estadual de Segurança foi informada há pelo menos dois anos que um grupo de policiais civis chefiados pelo delegado e hoje deputado estadual eleito Álvaro Lins (PMDB), cobrava propinas e dava proteção aos contraventores Rogério Andrade e Fernando Iggnácio. As informações - que constam hoje da investigação da Polícia Federal - estavam em relatórios que foram entregues pela Subsecretaria de Inteligência (SSI) ao então secretário de Segurança, Marcelo Itagiba, deputado federal eleito (PMDB). Como as investigações não foram adiante, o órgão de inteligência enviou um dossiê com todas as informações à PF, que deu início então à Operação Gladiador, desencadeada na sexta-feira.


O Estado de São Paulo:
"Pressão sobre Congresso já ameaça supersalários"
A repercussão negativa do reajuste de 90,7% no salário dos parlamentares abriu uma divisão no comando do Congresso. O presidente da Câmara, Aldo Rebelo (PC do B-SP), defendeu ontem o aumento e, para compensá-lo, apresentou um programa de cortes de R$ 157, 3 milhões nas despesas da Câmara. Também vai propor um decreto que acabe com o 14º e 15º salários dos parlamentares e extinga 1.143 cargos cujos ocupantes já foram demitidos. Mas nem todas as lideranças apóiam Aldo: o líder do PT, Henrique Fontana, quer uma reunião para rever o porcentual de aumento. No Senado ensaia-se um recuo: seu presidente, Renan Calheiros (PMDB-AL), admitiu em conversas com parlamentares transferir a decisão sobre o valor do reajuste para uma votação em plenário. Quatro deputados independentes e a direção do PPS entraram ontem com ações no Supremo Tribunal Federal (STF) contestando o aumento. E o procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza, estuda questionar o ato por considerá-lo inconstitucional.


Jornal do Brasil:
"Grampo incrimina jornalista da Globo"
Gravações legais feitas pelo Ministério Público provam que o jornalista da TV Globo José Messias Xavier vendia à quadrilha do bicheiro Fernando Iggnacio informações obtidas junto à Polícia Federal. Ele recebia regularmente pagamento pelo serviço que prestava: avisos sobre operações da PF contra o bicheiro e exibição de reportagens nos telejornais da Globo.

segunda-feira, dezembro 18, 2006

Editorial

Bomba política ou traque?

Já faz muito tempo, embora a cena esteja ainda viva em minha memória. Parece que aconteceu ontem. Meu primo Rodrigo, hoje um homem de trinta e quatro anos, brincava no jardim do Hospital São José do Brás, em São Paulo, onde minha mãe estava internada após uma crise cardíaca. De repente o tempo fechou, Rodrigo e um menino que brincava ao seu lado saíram no braço. A coisa foi feia, embora tivessem apenas seis anos de idade, foi difícil apartar. Os dois eram aguerridos. Quando a raiva passou perguntei:
Rodrigão, por que vocês brigaram? A resposta:
- Ele disse que o leão era dele, eu disse que era meu. Ele começou a me bater, eu bati nele. O leão em questão era de pedra e ornamentava o jardim do hospital.
Ubatuba está vivendo uma situação parecida na política. O leão é o PSDB, objeto do desejo de todos e moeda de troca de alguns, que pretendem usar a sigla para obter favores pessoais. Lutar pelo controle de um partido em uma cidade com as características de Ubatuba fazia sentido até cair a cláusula de barreira. Hoje não dá para entender o porquê da movimentação. Caso Eduardo Cesar vá mesmo para o PSDB e seja o candidato tucano, o que muda na arena política? Nada, absolutamente nada. Sérgio Caribé, que parece incomodar muita gente, pode sair candidato por outro partido, há muitos a escolher. Em Ubatuba o voto é personalizado, a incipiente democracia da cidade ainda não entendeu o significado das agremiações políticas. Aqui os homens públicos mudam de sigla como trocam de roupa, trafegam da esquerda à direita com a maior tranqüilidade, com a mesma facilidade com que se toma um picolé. Enfim, eles sabem o que fazem, eu apenas não consegui entender onde querem chegar. Ou melhor, eu sei, todos querem a prefeitura, mas só um vai conseguir. Pode ser no PSDB ou não. Só o tempo dirá.

Sidney Borges

Furaro o dotô



ACM Neto é esfaqueado em Salvador

O deputado Antonio Carlos Magalhães Neto (PFL-BA) foi esfaqueado nesta segunda-feira quando deixava seu escritório no bairro da Pituba, em Salvador (BA), por uma mulher aparentando ter pouco mais de 30 anos.
O golpe atingiu o lado direito das costas do deputado, que passa bem e está em observação no Hospital da Bahia. Ainda não se sabe se ACM Neto foi vítima de um assalto ou se o gesto foi em vigança pelo reajuste dos salários de deputados e senadores para R$ 24.500.
A mulher, ainda não identificada, foi detida e levada para a 16ª DP de Salvador. No momento do ataque, o deputado deixava o escritório acompanhado de amigos quando ela disse que queria falar com o parlamentar, se aproximou e desferiu o golpe.
Leia mais

Jamais encontrarás...

Pimenta Never

Um dia o amor acabou. Ele jamais poderia imaginar que ela o abandonasse. Aconteceu. A velha chama foi consumindo o oxigênio circundante até que o combustível se exaurisse. Já não havia luz, já não havia calor. Ele, ferido no orgulho, entendeu que ninguém tinha o direito de tamanha afronta. Ou ele ou o nada absoluto. Ela riu. Ele sentiu o sangue subir à cabeça. Um tiro, outro tiro, um corpo estendido no chão. Honra vingada. Ou ele ou o nada absoluto. Preso e julgado ele permanece livre. Ela perdeu a vida, ele lavou a honra, está em paz com a consciência, livre de tormentos. O mundo foi feito para servi-lo, quem não entende assim merece ser castigado. Ele foi condenado, mas dificilmente será encarcerado. Aconteceu no Brasil, onde a verdade é uma questão dialética. Ele é poderoso, bem relacionado. Ela morreu. E daí? Quem era ela? Resta um consolo, eu jamais o convidaria para a minha casa. (Sidney Borges)

Fim de ano



Legislativo encerra o ano com apresentação do Sexteto Caiçara

No próximo dia 19, terça-feira, às 20h00, a Câmara Municipal estará realizando uma sessão extraordinária para votação de alguns projetos pendentes. Em seguida o Sexteto Caiçara fará uma apresentação encerrando o ano Legislativo. O presidente da Câmara, vereador Dr. Ricardo Cortes (PP) convida toda população para acompanhar os trabalhos e a boa música do grupo de Ubatuba, “queremos encerrar o ano proporcionando ao público um momento agradável junto aos vereadores”, disse Dr. Ricardo.
Painel: Sidney Borges
Fonte: Laura Ennes - ASCOM

Esses e cedilhas

A placa do marechal

No Rio de Janeiro dos anos 70, parlamentares da Arena, partido de apoio ao regime militar, liderados pelo deputado José Montes Paixão (RJ), solicitaram à mesa da Assembléia Legislativa que mandasse corrigir a placa da “Escola Vocaçional Marechal Castelo Branco”, escrita com cedilha. Afinal, o marechal não merecia a desfeita. No dia seguinte, a placa foi corrigida para “Escola Vocassional Marechal Castelo Branco”. (Cláudio Humberto)

Recordar é viver


Foto: A Semana

Legislar e fiscalizar são deveres do vereador

Na edição de número 100, do jornal A Semana, de outubro de 2000, há uma verdadeira lição cívica expressa nas palavras do então vereador, Eduardo de Souza Cesar. Em entrevista concedida ao empresário-jornalista Josias Sabóia, Jija, Eduardo Cesar deixou claro o que considera ser a função do vereador. Falou e fez. Eu fui testemunha do quanto ele foi crítico em relação à administração de Paulo Ramos. O trabalho rendeu frutos, Eduardo Cesar conquistou a simpatia da população e hoje é o prefeito de Ubatuba. Os vereadores que constituíam a base de apoio de então prefeito, aqueles que diziam amém, não tiveram a mesma sorte, alguns não conseguiram sequer se reeleger e enfrentam dificuldades financeiras. Conclusão, não há futuro no apoio irrestrito. Eduardo foi corajoso e colheu os louros. Entenderam vereadores? Quem acredita que o prefeito pode até burlar leis, como registram gravações de discursos recentemente proferidos na Câmara, está enganado. A função do vereador é fiscalizar. Eduardo Cesar falou. Eu apoio. (Sidney Borges)



Entrevista: Vereador Eduardo


Eduardo de Souza César, 34 anos, é casado, tem dois filhos e um a caminho. Nascido em São Paulo, Capital, é professor, mas não exerce a profissão.

1- A que fator o senhor atribui a sua eleição?
- Atribuo a um trabalho feito com pessoas sérias, iniciado em 92, que veio crescendo a cada pleito eleitoral. Atribuo também, esta minha terceira gestão, aos amigos, às sociedades de bairros e por ser o vereador dos jovens que praticam esportes radicais como surf, skate, artes marciais, bandas musicais, grupos de dança, sempre atuando com todos os segmentos para o bem de Ubatuba.

2- O que a população pode esperar na sua legislatura?
- Pode esperar um vereador que elabora muitas leis, como nos mandatos anteriores. Um vereador que ouve a população e suas reivindicações, que atende a comunidade e, principalmente, que participa dos problemas em todos os bairros e em todos os segmentos de nossa sociedade.

3 - A atribuição principal do Legislativo é fiscalizar o Executivo. Como será a sua atuação nesse sentido?
- Tendo sido autor de CPIs nos mandatos anteriores, tendo participado ativamente com pedidos de informação, tendo tido uma atuação bastante crítica, pretendo continuar fiscalizando, pois legislar e fiscalizar são os deveres do vereador. (A Semana)

Manchetes do dia

Segunda-feira, 18 / 12 / 2006

Folha de São Paulo:
"Congressistas vão à Justiça contra 91% de aumento"
Um grupo de ao menos 13 parlamentares anunciou que contestará hoje na Justiça o reajuste de 91% nos salários de deputados e senadores, que deverá acarretar um gasto extra de R$ 1,7 bilhão anual aos cofres públicos em função do efeito cascata nas Assembléias estaduais e Câmaras municipais. A partir de fevereiro, os congressistas receberão R$ 24,5 mil por mês. Liderado pelo deputado Fernando Gabeira (PV-RJ), o grupo prometeu entrar hoje com um mandado de segurança no STF (Supremo Tribunal Federal) para tentar suspender o aumento. O PPS anunciou que também ingressará com uma Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) no Supremo.


O Globo:
"PF: Policiais de Lins protegiam as duas máfias de caça-níqueis"
Os policiais ligados ao ex-chefe de Polícia Civil do Rio Álvaro Lins - que tiveram a prisão decretada no inquérito sobre a máfia dos caça-níqueis - cobravam para dar cobertura às quadrilhas dos dois bicheiros que disputam o mercado dessas máquinas na Zona Oeste, Rogério Andrade e Fernando Iggnácio. A descoberta faz parte das investigações do delegado federal Alessandro Moretti. (...)


O Estado de São Paulo:
"Projeto vai tentar barrar supersalários"
Deputados contrários ao reajuste de 90,7% que as Mesas da Câmara e do Senado concederam aos congressistas na semana passada querem rever a decisão em plenário. O deputado Walter Pinheiro (PT-BA) preparou um projeto de decreto legislativo que anula a vinculação aos salários dos ministros do STF. (...)


Jornal do Brasil:
"Aumento de 91% é ilegal"
O aumento de 91% para parlamentares aprovado apenas pela mesa da Câmara e do Senado, não tem valor. Segundo o procurador-geral da República, Antônio Fernando de Souza, o reajuste depende de lei específica.

domingo, dezembro 17, 2006

Sociais

Pesquisas

Quem é (ou foi) o melhor?

Lula é melhor presidente do Brasil de todos os tempos, segundo o Datafolha. Aqui em Ubatuba o professor Quincas declarou aos quatro ventos que Eduardo Cesar é o melhor prefeito que a cidade já teve, além de ser o mais coerente, corajoso, bonito e realizador. Um único ubatubense ousou discordar do ilustre professor, o empresário e homem de comunicações Josias Sabóia. Segundo ele, apesar do prefeito estar fazendo um excelente trabalho na área do Turismo, não há como apontá-lo como o melhor prefeito da cidade. Jija não tem dúvidas, Zizinho foi indubitavelmente o "the best". A cidade é que não entendeu. (Sidney Borges)

Festas

V Festa de Natal no Ipiranguinha

A SABI (Associação dos Moradores do Bairro do Ipiranguinha), estará realizando a sua V Festa de Natal, no dia 23 de dezembro de 2006, a partir das 14:00 horas, na rua da Cascata, nas proximidades da Ponte. O evento contará com brincadeiras, sorteios de brinquedos, a presença do Papai Noel, distribuição de balas e show musical com a Banda Rebelde Cover.
“O nosso objetivo e levar alegria para nossas crianças, graças a Deus estamos conseguindo muitas ajudas, para que o evento possa ser um sucesso. Desde já agradecemos todos os comerciantes, colaboradores e à senhora Denise César, que muito tem feito para nós ajudar. Aproveitamos a oportunidade para convidar todas as crianças do bairro do Ipiranguinha e também dos bairros adjacentes, para participarem da V Festa de Natal da SABI", finalizou o presidente da entidade prof. Adilson Lopes.
Fonte: SABI

Escrevendo certo

Ex-petistas servidores defendem administração Eduardo Cesar

Tendo em vista que alguns ex-petistas servidores se manifestaram a favor do prefeito e de sua linha administrativa, tenho a dizer o seguinte:José Pinto de Souza Americano, Coordenador de Materiais e Patrimônio da Prefeitura de Ubatuba e responsável pelas licitações, está sendo julgado pela Comissão de Ética do Partido dos Trabalhadores, através de um pedido de expulsão formulado por mim desde o último dia 09 de dezembro, por falta de ética, inflações à disciplina, à ética, à fidelidade partidária, pelos seguintes motivos: 1- Realizou nas últimas eleições atividades política contrária ao Programa e Manifesto do PT; 2- Praticou infidelidade partidária, nos termos da Lei e do estatuto do PT ao fazer propaganda e campanha para o candidato a deputado estadual, Gil Arantes do PFL.
Além do mais, o mesmo tem ligações fortes com determinada empresa construtora que realiza obras para a Prefeitura de Ubatuba.
O mesmo mente, descaradamente quando diz que o vice-prefeito Domingos nunca mostrou qualquer interesse em saber como funciona um processo licitatório; pois até para mim vereador tem negado informações, tendo eu inclusive ter que fazer um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Policia de nº 4889/2006 para preservar meus direitos de agente fiscalizador, imagine então para o vice.
Quando o mesmo diz que foi realizado serviço de dedetização em todo o prédio da prefeitura, com gastos que giraram em torno de R$ 6 mil, esquece que só no gabinete do prefeito, o valor pago a empresa El-Shadai de Caraguatatuba foi de R$1.000,00 e olha que na época, só havia no gabinete, uma mesa de madeira; talvez o valor pago para dedetizar o gabinete do prefeito, estava incluído a aplicação na cara de pau do Sr. Americano e do Sr. prefeito.
Quando fala que quando eu era presidente da Câmara Municipal, fiz a dedetização no prédio da Câmara no valor de R$ 18 mil, mente novamente, pois os serviços prestados foram de dedetização, descupinização, desalojamento de pombos e desratização.
Quanto a manifestação do ex-filiado, professor Quincas, coordenador dos Grupos Setoriais da Fundart é de dar pena, acredito que mais uma vez ele surtou, assim como surtou às vésperas da eleições de 2004; acredito que a situação está cômoda para ele, pois recebe dinheiro público do contribuinte para ficar o dia inteiro sentado numa salinha, redigindo bobagens em defesa do incompetente prefeito.
Quando o mesmo diz que a administração do Eduardo em nada deixa a desejar em relação aos compromissos que assumiu com a população e com o PT, que o próprio PT não teria condições de fazer uma administração correta, progressista e corajosa como a do Eduardo, que a administração Eduardo César vem ao encontro daquilo que o PT tinha como projeto e que a administração Eduardo Cesar é politicamente progressista, que é uma administração de obras e o que ele está fazendo na Avenida Iperoig vai ficar marcado na história; tenho a dizer o seguinte: a administração do Eduardo César não cumpriu os compromissos que assumiu com a população e com o PT, que o próprio PT não teria realmente condições, nem que se esforçasse de fazer uma administração tão ruim, vergonhosa e perseguidora como a do Eduardo César; que a administração Eduardo César vem em desencontro daquilo que o PT tinha como projeto e que a administração Eduardo Cesar é politicamente retrógrada e conservadora e o que ele está fazendo na Av. Iperoig vai ficar realmente marcado na história, pois com a primeira chuva forte, a Avenida vai transforma-se em raia de competição de canoas.
Quanto eu estar fazendo oposição sem consultar o coletivo do partido e de forma aloprada, tenho a dizer: Não fui eu que fiquei aloprado na eleição de 2004; não sou eu que estou desconstruindo a administração, pois que a está fazendo é o próprio prefeito e seu ASPONES incompetentes e isto inclui...
E quando diz que se desligou do partido em Ubatuba por falta de maturidade do PT, digo que ele desligou-se para não pagar a sua contribuição partidária como filiado.
Também quando ele diz que o Eduardo deu um espaço político ao Domingos que vai além do cargo de vice-prefeito, também mente, pois o único espaço que o Eduardo César deu ao vice-prefeito Domingos, foi à transferência a ele do atendimento ao público durante as segundas-feiras.
Vergonha na cara e seriedade é o que este governo de Eduardo César precisa.

Jairo dos Santos - PT
vereador

Manchetes do dia

Domingo, 17 / 12 / 2006

Folha de São Paulo:
"Lula é o presidente mais bem avaliado, mas esperança cai"
Às vésperas do início de seu segundo mandato, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é considerado o melhor presidente da história do Brasil, segundo pesquisa Datafolha. Lula é apontado espontaneamente por 35% dos entrevistados como o melhor mandatário que o país já teve -ante 12% que citaram o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB).


O Globo:
"MEC reprovou e não puniu 917 cursos universitários"
Realizado desde 2004 pelo Ministério da Educação, o Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes) já reprovou 917 cursos universitários, mas não puniu nenhum pelo mau desempenho. O exame substituiu o antigo provão do ensino superior. Pelo menos 17 cursos reprovados no Enade e nas últimas edições do provão não foram fechados. A única sanção, por enquanto, é que os cursos ficam impedidos de receber novos alunos beneficiados pelo programa de crédito educativo do governo federal.


O Estado de São Paulo:
"Reajuste estoura teto de 25% dos parlamentares"
O aumento de 90,7% no salário dos parlamentares, decidido na semana passada e apontado como imoral por entidades da sociedade civil, também vai provocar uma situação questionável do ponto de vista legal: de cada 4 congressistas, 1 passará a ganhar acima do teto constitucional de R$ 24.500. Isso ocorrerá, como mostra levantamento sigiloso realizado pelas cúpulas do Senado e da Câmara, porque recebem também aposentadorias do serviço público. Proibido pela Constituição, esse acúmulo de benefícios foi legalizado na surdina por Câmara e Senado há um ano. É o chamado "teto dúplex, apelido dado pelos próprios parlamentares.


Correio Braziliense:
"Uma multa por minuto"
De janeiro a outubro deste ano, os motoristas brasilienses foram flagrados 553.262 vezes por excesso de velocidade, a infração de trânsito mais cometida nas ruas do DF. O número, em 10 meses, já está próximo do total registrado em 2005.
 
Free counter and web stats