sábado, dezembro 16, 2006

Que país é este?

Jornalista assassino vai continuar solto

Da agência Estado:
"A ministra Maria Thereza de Assis Moura, do Superior Tribunal de Justiça, revogou na sexta-feira à noite a ordem de prisão contra o jornalista Antônio Marcos Pimenta Neves, condenado pelo assassinato da ex-namorada, a jornalista Sandra Gomide, em 2000.
Ela entendeu que, como cabem recursos contra a condenação, ele pode responder o processo em liberdade. A liminar atendeu a pedido protocolado pela defesa na terça-feira, quando ele teve a prisão decretada pelo Tribunal de Justiça (TJ)."

Leia mais

Modos e modas

Cabelos e Pêlos

Ontem eu estava olhando os anúncios do Estadão quando a minha atenção foi despertada por uma oferta de depilação a laser. Quando examinei os detalhes tomei um susto. Os preços são altíssimos. Para homens a depilação completa, incluindo barba, nariz, pescoço, orelhas, peito e abdômen custa a bagatela de R$ 2784,00, e olhe lá, isso é preço promocional. A moda diz não ser de bom tom ostentar pilosidades. Decididamente estou fora de moda, sem ser um Tony Ramos, possuo um bem fornido cashmere natural. No entanto, nem sempre a moda pediu homens lisos. Quando estrelou o filme “O Satânico Dr. No”, em 1963, Sean Connery usou uma peruca peitoral, ele que era glabro. Naquele tempo nenhum homem imaginaria depilar o corpo. Os nadadores o faziam em época de competição e morriam de vergonha do fato. Era másculo ter peito cabeludo e andar com a camisa aberta, estilo bicheiro. Um amigo cineasta esteve no Japão no início dos anos setenta, ele que é peludo qual um poodle fez o maior sucesso com as japonesas. Gostou tanto da amostra que ao voltar ao Brasil casou-se com uma nissei. Vou continuar usando barbeador descartável, é prático e barato, essa coisa de depilação a laser não é para mim. Por falar nisso, lembrei-me da canção de Jorge Ben, hoje Benjor, que terminava assim: "e agora com vocês a internacional Deise, a mulher do homem que come raio laser". O circo chegou, vamos todos até lá... (Sidney Borges)

Perguntas dos leitores

A fiscalização oficial dos clandestinos ficará por conta dos turistas?

Secretaria de Turismo de Ubatuba alerta turistas sobre estabelecimentos comerciais não regularizados

Sobre a notícia de que alguns turistas que visitam Ubatuba têm sido vítimas de golpes nas reservas em hotéis e pousadas e também na locação de imóveis, feitas principalmente pela Internet ou por telefone, a Secretaria Municipal de Turismo sugere que:

1) Ao fazer a reserva em um hotel, pousada ou similar, peça ao atendente da empresa o número do Alvará do estabelecimento na Prefeitura de Ubatuba;

2) Se estiver alugando um imóvel, peça também o CRECI da imobiliária;

3) Entre em contato com o Setor de Tributos da Prefeitura Municipal de Ubatuba pelo telefone (12) 3834-1000 e verifique se o Alvará fornecido existe realmente e se é do estabelecimento com o qual está fazendo a reserva ou alugando o imóvel.

Com essas providências, você evitará transtornos e prejuízos e com certeza terá uma ótima estadia em Ubatuba.

Águas passadas...

Confissões

Fábula Capital

Arrumem outro colunista. Passei o ano tentando derrotar o Lula. Fracassei. Eu e mais quatro ou cinco panfleteiros da grande imprensa. Primeiro espalhamos que os petistas roubavam. Ninguém acreditou em nossa mentira. Depois lançamos a candidatura de Geraldo Alckmin, em vez de José Serra, embora o segundo aparecesse nas pesquisas com o dobro dos votos do primeiro. Quem eles pensam que a gente é? Eles pensam que a gente acredita em pesquisas compradas? Engabelar os ricos é moleza. É o que demonstra a história da humanidade. Muito mais difícil é engabelar os pobres. Forjamos reportagens e mais reportagens. O eleitorado rico logo se rendeu a nós. O eleitorado pobre, dotado de maior discernimento, aquele mesmo discernimento que sempre o levou a fazer as escolhas certas, percebeu o engano e continuou fiel a Lula. Os mais obstinados foram os analfabetos, sobretudo os nordestinos, que se recusaram terminantemente a ler minha coluna e a votar em Geraldo Alckmin, mesmo que de nariz tapado. Quando percebemos que Lula venceria no primeiro turno, foi um corre-corre danado. Alguém sugeriu organizar um golpe. A proposta foi aceita unanimemente. Um de nós pensou em implicar o chefe da máfia dos sanguessugas. Passamos uns documentos falsos para os broncos do Palácio do Planalto e mobilizamos nossos agentes da Polícia Federal. Com o apoio do resto da imprensa, denunciamos os broncos do Palácio do Planalto e viramos o jogo na última semana de campanha eleitoral. O acidente da Gol, possivelmente engendrado pelo aparato petista, quase atrapalhou nossos planos, desviando o foco dos telespectadores. Mas reagimos a tempo e impedimos que o Jornal Nacional desse a notícia. Lula ganhou mesmo assim. Apesar de nossas tramóias. Apesar de nosso golpismo. Luis Fernando Verissimo recriminou os ricos por se recusarem a ser governados pelos pobres. Eu sou o retrato disso. Jamais poderei me conformar à perda do poder, depois de 500 anos de supremacia incontrastada. Estou até respondendo judicialmente pelas calúnias que pronunciei contra os pobres membros da classe trabalhadora da Previ, da Petros e do Funcef. A Previ tem um patrimônio líquido de 100 bilhões de reais. O da Petros é de 30 bilhões. O do Funcef é de 25 bilhões. Fui acusado de ofender esses pobres trabalhadores de "forma covarde". Que fique claro: nunca fui rico. Que fique igualmente claro: nunca mandei em ninguém. Mas os petistas garantem que sou a voz do dono. E o dono é rico e manda num bocado de gente. Se Carlos Heitor Cony até hoje é conhecido como Manchetinha, por ser a voz de Adolpho Bloch, eu devo ser o Abrilzinho. Falei com o dono da Abril apenas uma vez na vida, num almoço. Os temas tratados foram etimologia e Tiazinha. Mesmo assim, os petistas dizem que tento interpretar seus desejos e editorializá-los em minha coluna. Eu e os outros panfleteiros da grande imprensa ficamos baqueados com a vitória esmagadora de Lula. Aguardem: um dia a gente volta. (Diogo Mainardi)

Dezembro de 2004

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 16 / 12 / 2006
  • Maioria dos ciclistas já não comete mais infrações
  • Jogos Inter Secretarias de Ubatuba entram na reta final
  • Prefeitura promove encontro sobre Educação Especial
  • Adega & Cia vence Campeonato Dente de Leite
  • Santa Casa realiza Semana da Urgência e Emergência
  • Prefeitura realiza I Encontro dos Agricultores em Ubatuba
  • Projeto Guri de Ubatuba encerra atividades do ano com ensaio aberto
Leia aqui

Manchetes do dia

Sábado, 16 / 12 / 2006

Folha de São Paulo:
"Deputados de 19 estados também terão aumento"
O reajuste de 91% no salário dos deputados federais vai desencadear aumento em cascata no valor pago aos deputados estaduais no país. Levantamento feito pela Folha em 26 Estados mostra que 19 Assembléias Legislativas já confirmaram que aplicarão o reajuste. Em São Paulo, onde o reajuste foi aplicado, a remuneração passará de R$ 9.635 para R$ 18.375.


O Globo:
"PF prende 78 PMs e caça auxiliares de Álvaro Lins"
O Comando Azul - como é chamada a banda podre da PM - sofreu ontem um dos mais duros golpes de sua história. Após um ano de investigação, uma operação da Polícia Federal e da Corregedoria da PM resultou na prisão de 78 policiais militares. Eles vão responder por associação ao tráfico de drogas e formação de quadrilha. Escutas telefônicas revelaram o envolvimento dos PMs em compra de armas, munição e drogas para traficantes, além de assassinatos e extorsão.
Também ontem a PF desarticulou uma quadrilha formada por policiais que vendiam segurança à máfia dos caça-níqueis. Foi decretada a prisão de quatro policiais civis que foram auxiliares do ex-chefe da Polícia Civil Álvaro Lins, também suspeito de ligações com o crime organizado. Só um foi preso.
A Justiça rejeitou o pedido de prisão de Lins feito pela PF. Diplomado ontem como deputado estadual, ele escapou também de ter a casa revistada, porque, segundo a PF, teria prerrogativas que, no entanto, para o TRE só valeriam após a posse. Um dos presos na operação - acusado de ligações com os caça-níqueis - foi o comandante do 14º BPM (Bangu), coronel Celso Lacerda Nogueira. Ele fora exonerado de manhã após a prisão de seus comandados por tráfico.


O Estado de São Paulo:
"Deputados de 25 estados também se dão aumento"
Das 27 assembléias legislativas do país, a maioria adotará automaticamente, em efeito cascata, o aumento nos salários de deputados federais e senadores. Em 19 delas os representantes do Legislativo disseram ontem que vão seguir a lei, segundo a qual os vencimentos dos deputados estaduais correspondem a 75% do que é pago aos federais. Isso significará aumento de R$ 9.635 para R$ 18.375. Em outras assembléias, as respostas foram mais cautelosas: os líderes pretendem analisar melhor seus orçamentos, antes de fazer mudanças. Em apenas dois casos - Espírito Santo e Tocantins - os consultados disseram que não pretendem conceder reajustes a curto prazo, por problemas orçamentários. No conjunto, descontados os 54 parlamentares de Espírito Santo e Tocantins, isso terá um impacto superior a R$ 150 milhões anuais nos cofres dos estados. "Não há o que fazer. É uma decisão constitucional, temos que cumprir", afirmou o presidente da Assembléia do Rio, Jorge Picciani (PMDB).


Jornal do Brasil:
"Gangue fardada"
Mais de uma centena de policiais civis e militares, responsáveis pela segurança da população do Rio, foram identificados como membros de uma quadrilha que traficava drogas, vendia armas a assassinos e assaltava caminhões de carga. Há chefes e comandantes entre os bandidos fardados. Setenta e cinco deles foram presos ontem.

sexta-feira, dezembro 15, 2006

Editorial

Não há Práticos sem prática
Publicado originalmente em 30 / 03 / 2005

Há muitos anos acompanhei a manobra de atracação de um petroleiro. É uma tarefa de extrema responsabilidade. Quem executa tal trabalho é o "Prático". Ele substitui o comandante e dá as ordens até que o navio esteja finalmente atracado. É um trabalho rendoso, práticos ganham bem. No entanto é preciso muita habilidade para exercer tal profissão. Sem as qualificações necessárias seria um verdadeiro desastre. Navios têm muita massa e conseqüentemente muita inércia, ou seja, são difíceis de colocar em movimento e difíceis de parar. Se um capitão de navio quiser encostar sua embarcação sem o auxílio do prático e, se isso resultar em acidente, o seguro não será pago. Lembrei-me desse fato ao pensar nas nomeações que os políticos fazem. Dificilmente obedecem aos critérios do bom senso e da capacidade profissional. Nomeiam amigos e correligionários, vale a simpatia pessoal. Se fosse para administrar uma firma própria, seriam mais cuidadosos. Com o que é público vale tudo. Depois, quando o barco afunda, não sabem o porquê. Ou fingem não saber. Sem a presença de alguns práticos não há administração que consiga prosperar. É certo e seguro. Ou melhor, sem prático não há seguro.

Sidney Borges

Sociais

Rompimento

Servidores petistas defendem administração Eduardo Cesar

Tendo em vista o rompimento do Partido dos Trabalhadores (PT) com a administração Eduardo Cesar e a nota divulgada na imprensa, na qual constam acusações mentirosas sobre o atual governo, alguns servidores petistas se manifestaram a favor do prefeito e de sua linha administrativa.
José Pinto de Souza Americano, Coordenador de Materiais e Patrimônio da Prefeitura de Ubatuba e responsável pelas licitações, filiado ao PT desde 2002, se mostrou indignado em relação às afirmações que constam na nota “PT rompe aliança com Eduardo Cesar”. “O vice-prefeito, Domingos dos Santos, fala sobre preços excessivos, superfaturamento, mas nunca, nesses dois anos de administração, mostrou qualquer interesse em saber como funciona um processo licitatório. Ele é ausente e fala sobre coisas que desconhece”, afirma Americano.
Ainda em relação à acusação de superfaturamento, Americano lembra que foi realizado serviço de dedetização em todo o prédio da prefeitura, com gastos que giraram em torno de R$ 6 mil. Já o companheiro petista Jairo dos Santos, quando presidente da Câmara Municipal, fez a dedetização no prédio da Câmara, muito menor que o da prefeitura, e gastou R$ 18 mil, três vezes mais que o gasto da prefeitura. “Quem realmente superfaturou orçamentos foram eles”, disse Americano.
O funcionário responsável pelas licitações da prefeitura explica que o vice-prefeito baseia suas acusações em boatos, principalmente os que têm como fonte o ex-secretário de Educação. “É incrível como algumas pessoas do PT, que até dois anos atrás não podiam nem ver o ex-secretário pela frente, agora escutam o que ele diz e propagam as inverdades”, disse Americano, lembrando que o presidente do partido, Mauricio Moromizato, também se baseou em informações desencontradas do ex-secretário para criticar a terceirização da merenda, que hoje é sucesso absoluto.
“O rompimento aconteceu devido a interesses particulares e não por interesses partidários. Esta não é uma oposição sustentada contra a política administrativa de Eduardo Cesar e sim meramente pelo fato de determinadas pessoas não terem alcançado os cargos que pretendiam dentro da administração”, disse Americano.
Outro petista que fez questão de se manifestar contra a nota publicada pelo PT local foi o professor Quincas, coordenador dos Grupos Setoriais da Fundart. “A administração do Eduardo em nada deixa a desejar em relação aos compromissos que assumiu com a população e com o PT. O próprio PT não teria condições de fazer uma administração correta, progressista e corajosa como a do Eduardo. Por exemplo, quem teria coragem de implantar o congelamento, que é extremamente necessário, mas pode ser visto com antipatia pela população? Ninguém do PT faria isso”, diz Quincas.
“A administração Eduardo Cesar vem ao encontro daquilo que o PT tinha como projeto, de acordo com as condições da cidade, pois de nada adiantam boas idéias se não houver aplicabilidade. A administração é participativa e só não é mais porque Ubatuba não tem organização popular; a sociedade civil ainda é embrionária politicamente”, acrescenta o professor.
Quincas lembrou ainda a implantação de vários postos de saúde, das ciclofaixas, “que aparentemente não atenderia aos interesses dos comerciantes, mas o prefeito teve peito de implantar”, do enfrentamento ao parque Trombini, “que nenhum outro prefeito fez e que o Eduardo está fazendo o possível para remover”. “A administração Eduardo Cesar é politicamente progressista, é uma administração de obras, o que ele está fazendo na Avenida Iperoig vai ficar marcado na história”.
Quincas concorda com Americano no que diz respeito ao rompimento: “a meu ver, o rompimento veio em decorrência do próprio fracionamento do PT em grupos políticos de cunho pessoal”. “O Jairo desde o início vem fazendo oposição sem consultar o coletivo do partido e de forma aloprada (parafraseando o presidente Lula) começou a bater, desconstruindo a administração da qual ele era parte. O político deve ter ambição, mas não uma ambição narcisista, que é o que está acontecendo dentro do PT de Ubatuba: projetos pessoais usando o partido”, afirmou Quincas, que se desligou do partido em Ubatuba, justamente por “falta de maturidade do PT para participar da administração Eduardo Cesar. Faltou humildade e experiência administrativa. O Eduardo não deu cargos na quantidade que o PT queria”.
Em relação às afirmações do vice-prefeito, o professor acrescenta: “o Eduardo deu um espaço político ao Domingos que vai além do cargo de vice-prefeito. Conseqüentemente ele vem acompanhando a administração desde o começo, então, por quê só agora ele decidiu fazer críticas? Por acaso era algum segredo, conveniência ou alucinação política? Por quê só agora ele “descobriu” estes equívocos. Para mim isso chama-se ressentimento”.
Sobre a expulsão do prefeito do PL, Quincas disse: “foi sem pé nem cabeça. Respeito a Dna Ana, mas não entendi sua atitude, extremamente inconseqüente. Onde está a explicação lógica, político-administrativa desta expulsão? O prefeito não fez nada que justifique esta atitude da presidente do partido”.


Bárbara Silva
barbaradsilva@hotmail.com

Ubatuba é a mãe da modernidade



Explicando direitinho

Os bancos que aparecem na foto estão virados para a rua por razões óbvias. É para onde as pessoas olham. Caso um paulistano em férias sinta saudades da avenida 23 de maio congestionada, poderá sentar-se em um confortável banco e desfrutar do trânsito. Nada melhor para aplacar saudades do que sentir aroma de gasolina, fragrância de motores diesel ou bouquet de escapamentos. No entanto, como sempre há descontentes, aquela meia dúzia, dou a minha humilde sugestão. Servirá como forma de satisfazer aos que não entendem o progresso e insistem em olhar o mar. Para esses relutantes empedernidos proponho a colocação de belíssimos e amplos espelhos retrovisores, que podem ter no cantinho inferior esquerdo o logotipo de quem mandou colocar. Dois coelhos com uma só cajadada. Ver o trânsito e o mar do mesmo banco. Só um gênio para pensar nisso. Hoje no final da tarde eu e a Valentina, minha sobrinha, vamos nos sentar em um desses bancos e contar fuscas azuis. Ela sempre ganha. Depois vamos tomar sorvete e passear na avenida nova. (Sidney Borges)

Com farofa

Banho de farofa

Ministro de Geisel e Figueiredo, Leitão de Abreu era conhecido por sua erudição e pelo excesso de caspas. Seu paletó parecia o de quem enfrenta uma nevasca. Certo dia, caminhava em Copacabana com um amigo gaúcho que, para se exibir, apresentou-o a um advogado carioca. Antes de apertar-lhe a mão, o gozador espanou com as mãos o ombro do poderoso Leitão:
- Muito bem, leitão com farofa, leitão com farofa! (Cláudio Humberto)

Aniversário



Quase centenário

Apesar dos problemas decorrentes do esquerdismo pós 60, Niemeyer continua livre, leve e solto, esbanjando criatividade

O arquiteto Oscar Niemeyer completa hoje 99 anos decepcionado com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em quem votou e em quem recomendou o voto na eleição deste ano. A declaração de Lula de que "uma pessoa idosa de esquerda deve ter problemas" surpreendeu o arquiteto, comunista desde a juventude. Embora, em entrevista por telefone à Folha, tenha dito que não gostaria de fazer comentários sobre a fala do presidente, Niemeyer deixou escapar o quanto ficou surpreso com o que leu nos jornais de terça-feira passada. "É, que remédio... Surpreendeu todo mundo", afirmou ele. Aos amigos que estiveram com ele nos dois últimos dias, o arquiteto afirmou ter sentido decepção com a declaração do presidente. Disse que não esperava algo do tipo de uma pessoa de origem humilde, que militou no sindicalismo e na política com discurso e posicionamento esquerdistas. (Sidney Borges com Folha de São Paulo)

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 15 / 12 / 2006
  • Comunidade quilombola da Caçandoca terá culto ecumênico pela paz
  • Prefeitura promove "Concertos de Natal" nos bairros de Ubatuba
Leia aqui

Manchetes do dia

Sexta-feira, 15 / 12 / 2006

Folha de São Paulo:
"Salário de parlamentar sobe 91%"
A cúpula do Congresso decidiu dar aos parlamentares um aumento de 91%. Eles receberão a partir de fevereiro R$ 24,5 mil, valor pago aos ministros do STF e teto salarial do funcionalismo. A decisão foi adotada em reunião de líderes partidários com as mesas da Câmara e do Senado e não precisa ir a plenário. Os deputados recebem hoje R$ 12.847, e os senadores, R$ 12.720.


O Globo:
"Parlamentares dobram salário para R$ 24.600"
Em campanha pela reeleição, os presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) e da Câmara, Aldo Rebelo (PC do B-SP), aprovaram o aumento dos subsídios dos parlamentares de R$ 12.800 para R$ 24.600 - equiparando-os aos dos ministros do STF. O aumento de 92%, que não será compensado por corte de benefícios, entra em vigor em 1º de fevereiro, início da nova legislatura. Aldo e Renan disseram que haverá redução de despesas em outras áreas. A despesa extra anual será de R$ 173 milhões. O reajuste foi aprovado por unanimidade pelas Mesas das duas Casas. "Habemus aumento", comemorou Inocêncio Oliveira (PL-PE). O reajuste provocará aumentos em cascata nos legislativos e estaduais.


O Estado de São Paulo:
"Parlamentares dobram salário"
Deputados e senadores decidiram ontem quase dobrar os próprios salários. A partir de 1º de fevereiro, quando começa o novo mandato, os parlamentares, que hoje recebem R$ 12.847,20 por mês, vão passar a ganhar R$ 24.500. Eles também tomaram providências para garantir aumentos automáticos, acompanhando os dos ministros do Supremo Tribunal Federal.As mudanças foram aprovadas por um grupo de integrantes das Mesas Diretoras do Senado e da Câmara. Não há necessidade de votação em plenário. Foi rejeitada a proposta de que o aumento se limitasse à média dos reajustes dados no funcionalismo - o que daria 17% . Foi descartada ainda a reposição da inflação desde o último reajuste, o que significaria 28,4%. Os congressistas também extinguiram o repasse automático de seu reajuste aos funcionários do Senado e da Câmara. A atual legislatura entrará para a história do país como a pior, por ser a que mais revelou escândalos, como mensalão e sanguessugas. O reajuste já começa a ter efeito cascata: a Assembléia Legislativa paulista vai adotar o mesmo aumento.



Correio Braziliense
"Os caras-de-pau"
Deputados e senadores da legislatura do mensalão e dos sanguessugas decidiram fechar o ano com chave de ouro: enfiando a mão no bolso dos brasileiros. Parte do dinheiro que você paga em impostos vai bancar o aumento de 92% que as excelências se concederam ontem, ao elevar a própria remuneração para R$ 24,5 mil, a mais alta do serviço público. Para se ter uma idéia, em quatro anos o reajuste que o salário mínimo teve não passa da metade desse percentual: ficou sem 46%.
Sem contar que os nobres parlamentares, além do 13º, embolsam mimos como o 14º, o 15º e, a cada mês, ainda recebem R$ 50.815 de verba de gabinete, R$ 15 mil para gastos na base eleitoral, R$ 3 mil de auxílio-moradia, R$ 4.268 para gastos com correio e telefone e quatro passagens aéreas de ida e volta. No total, cada um dos 513 deputados e 81 senadores custará ao país mais de R$ 100 mil mensais. O impacto que o novo aumento terá na folha de pagamento chegará a R$ 173 milhões. Maior ainda será o efeito cascata dessa medida, com o conseqüente aumento nos salários de parlamentares país afora e no Distrito federal.

quinta-feira, dezembro 14, 2006

Sociais

Promessas...

Recordar é viver (Primeira de uma série)
Matéria enviada pela prefeitura e publicada no dia 29 de janeiro de 2005, um sábado.

Reurbanização da avenida Iperoig irá receber sugestões da comunidade


Anteprojeto de revitalização da avenida será transformado em maquete que ficará exposta no pátio da Prefeitura

Um grande projeto que vai alterar profundamente a região central de Ubatuba, nas proximidades do mar, voltou a ser discutido essa semana na Prefeitura Municipal. A reurbanização e revitalização da Avenida Iperoig, que durante dois anos foi idealizada e planejada por um grupo de urbanistas voluntários da cidade vai agora ganhar uma maquete para que toda a comunidade também possa participar de sua elaboração final com propostas e sugestões.
O anteprojeto, que já tem sinal verde do Dade – Departamento de Apoio e Desenvolvimento das Estâncias –, de onde deverão vir os recursos para sua execução, está agora sob a responsabilidade de um grupo formado pelos secretários municipais de Arquitetura e Urbanismo, Meio Ambiente, Turismo e Obras. “É a primeira vez que um grande projeto como esse envolve várias secretarias, numa demonstração de que a participação é o melhor caminho para construirmos a cidade que todos desejamos”, lembra o secretário de Arquitetura, Sidney Giraud, um dos urbanistas voluntários que está nesse projeto desde o seu início.

Novo traçado

Segundo Sidney Giraud, uma parte desse grande projeto – Avenida 9 de julho até a Praça Capricórnio – já foi concluída e agora a proposta é a reurbanização da avenida Iperoig, desde a Praça Capricórnio até o Farol dos Pescadores. E essa revitalização, segundo o anteprojeto, inclui desde um novo traçado do sistema viário, até uma nova proposta paisagística, com grandes áreas de lazer e esporte, com quadras poliesportivas, núcleos de playgrounds, sanitários, palcos para eventos culturais, além de uma nova identidade visual.
“Com essa reurbanização teremos um centro revitalizado, moderno e extremamente valorizado”, explica Sidney Giraud, lembrando que essa área da cidade há muito tempo reclama de atenção. “Trata-se de uma área nobre da cidade, com muitos atrativos para os turistas, que precisa, urgentemente receber benfeitorias”, afirma lembrando, porém, que o interesse maior que deve reger todas essas alterações deve ser o do município como um todo e não o de meia dúzia de pessoas.

Participação da comunidade

A maquete, que deverá estar concluída em 30 dias, ficará exposta no pátio da Prefeitura para que todos possam ter uma idéia mais clara das benfeitorias que aquela região central irá receber com esse projeto. A comunidade poderá participar, com sugestões entregues no Gabinete do Prefeito, até 15 de março. PMU

Gabinete novo...

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 14 / 12 / 2006
  • Prefeitura lança vídeo institucional sobre Ubatuba
  • Ubatuba premia projetos de “Educação para o Trânsito”
  • Formatura do Proerd reúne mais de mil crianças em Ubatuba
  • Pescadores ubatubenses visitam pescadores em Arraial do Cabo
  • Melhor Idade de Ubatuba encerra ano com dia de lazer na praia
  • Fundart lança Antologia Literária de 2005
  • Agenda 21 realiza oficina para Guarda Municipal de Ubatuba
  • Presos em Ubatuba são transferidos para Taubaté
  • Leonardo faz show em Ubatuba no próximo sábado
  • Centro de Informações Turísticas ganha maquete para orientações
  • Prefeitura de Ubatuba inaugura pregão presencial
Leia aqui

Obra "a contento"...



Presidente da Câmara e Prefeito supervisionam obras da avenida Iperoig

Na última quarta-feira, dia 13, o Presidente da Câmara, vereador Dr. Ricardo Cortes (PP) e o Prefeito Eduardo César (PL), estiveram supervisionando as obras da avenida Iperoig, agora em fase final com os serviços de asfaltamento.
Para Dr. Ricardo acompanhar as obras da cidade também é função do Legislativo, “faz parte das funções da Câmara fiscalizar os trabalhos do Executivo e pelo que podemos observar esta obra está sendo conduzida a contento”, disse Dr. Ricardo.
Foto: Dr. Ricardo e Eduardo César acompanhando o serviço final das obras da avenida Iperoig

Fonte: Laura Ennes - ASCOM

Esclarecimento

Nota à imprensa

Pela atitude tomada pela presidente da executiva municipal do PL, a minha permanência no partido estava condicionada à negociação de cargos de familiares na administração, em prejuízo à população de Ubatuba, especialmente da região sul. Não faço barganhas políticas para privilegiar uma pessoa em detrimento de toda uma região. A região sul merece ser administrada com competência e respeito, mesmo que para isso eu tenha que ser expulso do partido.
Existem muitos outros partidos que, inclusive, não estão envolvidos com a questão do mensalão e já haviam nos feito convites. Agora, vamos estudar a melhor opção para que tenhamos força política para continuarmos administrando nossa cidade na mesma velocidade e com os avanços registrados até hoje.

Eduardo Cesar
Prefeito de Ubatuba

Editorial

Tiro pela culatra

O prefeito Eduardo Cesar foi expulso do PL, embora ainda caiba recurso. Ele dificilmente tentará reverter a sentença, se o fizer será por uma questão de afirmação pessoal, não por razões políticas. Eduardo Cesar já anunciou através de linhas e entrelinhas que quer ser tucano. Está flertando abertamente com o PSDB. Parte das aves do diretório municipal tem correspondido aos olhares lânguidos com sorrisinhos marotos. Não digo que acabarão em uma Jacuzzi, ao som de Roberto Carlos pedindo café para dois, mas como em Ubatuba tudo é possível, a hipótese deve ser considerada. A expulsão de Eduardo Cesar do PL seria justa se houvesse fidelidade partidária. Isso não ocorre na política brasileira. O presidente do PSDB, Tasso Jereissati, no programa Roda Viva da última segunda-feira, admitiu apoiar um candidato de outro partido – Ciro Gomes – em 2010. A democracia brasileira é um enorme fuzuê. Perde mais o PL sem Eduardo Cesar do que Eduardo Cesar sem o PL. Ubatuba, a maior interessada, não ganha nada. (Sidney Borges)

Ofício do PL

From: >>Presidência Nacional do PL<<>

Ofício nº. 001 /06 Ubatuba-SP, 13 de dezembro de 2006-12-14

A Sua Excelência o Senhor
Dr. EDUARDO DE SOUZA CESAR

Prefeito Municipal da Cidade de Ubatuba – SP
Ubatuba – SP
NESTA


Assunto: expulsão dos quadros partidários do Partido Liberal – PL, por infração ao art. 48, parágrafo 10º, IV do Estatuto Partidário.


Senhor Prefeito,

Venho a presença de Vossa Excelência, comunicar a decisão tomada em reunião extraordinária da Comissão executiva Municipal do Partido Liberal no Município de Ubatuba – SP, de vossa EXPULSÃO, nos termos do art. 45, III c/c art. 48, VI, ¶ 10º, IV do estatuto do PL, dos quadros do Partido Liberal – PL.
A manifestação acima foi tomada com base no estatuto do Partido Liberal, tendo em vista que vossa Excelência, nas últimas eleições, apoiou de forma clara, candidato de outro partido/coligação, infringindo ao disposto no art. 48, ¶ 10º, IV do Estatuto Partidário.
Informo ainda que Vossa Excelência, conforme reza o artigo 48, ¶ 6º do Estatuto do PL, terá, caso queira, o prazo de 05 ( cinco dias), da data da ciência deste odício, para recorrer à Comissão Executiva hierarquicamente superior.

Atenciosamente,

Assinatura
(Ana Baroni Clarassoti)

Ana Baroni Clarassoti
Presidente da Comissão Executiva Municipal do Partido Liberal
No Município de Ubatuba – SP

Protocolado na Prefeitura Municipal de Ubatuba em 13 / 12 / 06 às 16h:40

Manchetes do dia

Quinta-feira, 14 / 12 / 2006

Folha de São Paulo:
"Lula já admite que país crescerá menos que 5% em 2007"
Em reuniões reservadas, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva já admite o não-cumprimento em 2007 da anunciada meta anual de crescimento de 5% do PIB (Produto Interno Bruto). O novo número com o qual o Planalto trabalha é 4%, meio ponto percentual acima das projeções do mercado financeiro. Lula não deverá citá-lo publicamente. O presidente pretende excluir números de seus discursos.


O Globo:
"Cidades médias do país concentram a riqueza"
Pesquisa do IBGE mostra que o fato de as capitais estarem perdendo peso na economia nacional não significa uma redução de desigualdade entre os municípios. Segundo o levantamento, de 2004, o crescimento ficou concentrado em cidades médias, que têm como base de suas economias o petróleo, a agropecuária e a chegada de indústrias. A fluminense Macaé, por exemplo, ingressou na lista das dez maiores economias do Brasil, na oitava posição, deixando Porto Alegre fora do grupo.


O Estado de São Paulo:
"Empresas aéreas querem FAB fora da aviação civil"
Deputados, sindicalistas, representantes das companhias aéreas e até autoridades concordaram ontem, durante audiência pública na Câmara dos Deputados, que a desmilitarização do controle do tráfego aéreo civil no país seria uma saída para a crise no setor. O primeiro a propor a desmilitarização foi o presidente do sindicato das empresas aeroviárias, Marco Antônio Bologna, também presidente da TAM. Ele criticou ainda o corte de verbas para o controle aéreo: "Essa crise passa pelo contingenciamento de recursos, que são cobrados em forma de tarifas e taxas dos passageiros e das empresas aéreas, mas não são aplicadas no setor", disse Bologna. Ele lembrou que, em 2008, 18 resoluções do Conselho Nacional de Aviação Civil já alertavam para problemas com falta de investimentos. Apesar de o ministro da Defesa, Waldir Pires, ter garantido que "não houve um centavo de contingenciamento de verba em 2006", o secretário de Economia e Finanças da Aeronáutica, brigadeiro Neimar Diegues, mostrou o contrário. Escalado para falar sobre a execução orçamentária da Força Aérea Brasileira durante a audiência pública na Câmara, o militar se queixou da falta de recursos.


Correio Braziliense:
"O Natal do Congresso: Salário de R$ 24,5 mil"
O acordão tramado entre deputados e senadores para elevar o próprio salário é de fazer inveja a qualquer trabalhador. Enquanto a inflação deste ano não deve chegar a 3%, eles vão se conceder 92% de aumento. Está tudo acertado para ser selado hoje em reunião conjunta. Com isso, a remuneração deles passará de R$ 12,7 mil para R$ 24,5 mil, o mesmo que ganha um ministro do Supremo.

quarta-feira, dezembro 13, 2006

Onde está Wally?

Moção



Projeto Convivendo recebe moção da Câmara Municipal da Ubatuba

O Projeto Convivendo por sua Diretora-Presidente Nélia Cristina de Carvalho (Nélinha) recebeu nesta última terça-feira, 12 de dezembro, uma moção da Câmara Municipal de Ubatuba (a última sessão ordinária do ano), pelo excelente trabalho realizado no município. A indicação feita pelo vereador Edílson Felíx foi aceita por unanimidade pelos demais vereadores e elogiada por todos em plenário, em especial pelos vereadores Edílson Felíx (autor da moção) e por Jairo dos Santos, que falaram sobre as dificuldades, do amor e do grande trabalho realizado pelo projeto convivendo em Ubatuba, o apoio de seus colaboradores e de seus diretores.

Fonte: Projeto Convivendo

Bispos encanados...

Justiça nega habeas corpus para bispos da Renascer

Casal é acusado de desvio e lavagem do dinheiro vindo dos cultos. Igreja neopentecostal está sob investigação há três anos.

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) negou na terça-feira (12) o pedido de habeas corpus para os bispos da Igreja Renascer Estevan Hernandes Filho e Sônia Haddad Moraes Hernandes. O advogado de defesa, Luiz Flávio Borges D’Urso, pediu a suspensão da ordem de prisão decretada pelo juiz da 1ª Vara Criminal da capital. Os dois tiveram a prisão decretada por faltar a uma audiência do processo em que são acusados de transformar a Renascer e as dez empresas do grupo numa organização criminosa. De acordo com a assessoria do TJ-SP, os bispos não são considerados foragidos porque o mérito do pedido ainda será julgado pelo relator e mais dois desembargadores. O julgamento deve acontecer após o parecer da Procuradoria de Justiça.
A decisão foi tomada pelo relator do processo, desembargador Ubiratan de Arruda, da 9ª Câmara Criminal do TJ. Ele avaliou que não houve constrangimento ilegal na ordem de prisão dos bispos da igreja, conforme afirma no pedido o advogado de defesa.
Leia mais

Pinochet jazz

Pizza, queremos pizza

Com a morte de Pinochet fecha-se um ciclo, isto é, fecha-se simbolicamente um ciclo, pois o período dos ditadores “óculos escuros e cara de mau” acabou faz tempo. Foi um momento turbulento, os americanos que temiam a expansão do comunismo optaram por financiar regimes confiáveis. O discurso pró-capitalismo era a senha para que as violações de direitos humanos fossem toleradas e a corrupção, muita corrupção, fosse ignorada. O tempo passou, os governos ditatoriais caíram e a democracia foi restaurada. Serve de consolo saber que hoje direitos humanos constituem tema de discussão. Neste momento em que o general Pinochet parte para a longa viagem sem volta, uma recomendação: roupas leves na bagagem General, a futura morada é quente. Um dia, imagino, será feito o julgamento público dos políticos. Uma balança de pratos ostentará ganhos de um lado e bens do outro. Nesse dia, ante o clamor indignado de fariseus, filisteus e algum hitita, os homens públicos gritarão: tragam farinha e fermento, a pizza, a pizza, queremos a pizza... (Sidney Borges)

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 13 / 12 / 2006
  • Carnês de IPTU serão distribuídos a partir de janeiro em Ubatuba
  • Provas para concurso público serão realizadas neste domingo em Ubatuba
  • Projeto Cuidágua/Assu promove mesa-redonda sobre saneamento
  • Prédio do antigo fórum abrigará Casa de Cultura de Ubatuba
  • Eduardo Cesar participa de encontro quilombola
  • Natação de Ubatuba vence última prova do ano
  • Secretária da Smapa de Ubatuba é homenageada por pescadores em Caraguá
Leia aqui

Manchetes do dia

Quarta-feira, 13 / 12 / 2006

Folha de São Paulo:
"TSE rejeita contas do comitê de Lula"
O TSE rejeitou na madrugada de hoje as contas do comitê financeiro da campanha do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O motivo foi a doação de R$ 10 mil da empresa Deicmar S/A. O repasse "compromete a regularidade das contas", afirmou o relator, ministro Gerardo Grossi. Segundo a Receita Federal, a Deicmar é administradora do Porto Seco de Santos.


O Globo:
"Parlamentares fazem acordo para elevar o próprio salário"
Em campanha pela reeleição, os presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) e da Câmara, Aldo Rebelo (PC do B), estão decididos a assinar um aumento para os parlamentares. As Mesas da Câmara e do Senado fecharam acordo para, prioritariamente, conceder a deputados e senadores um reajuste equiparando os subsídios deles, hoje em R$ 12.800 aos dos ministros do STF, que recebem R$ 25.600.
A autorização do aumento, uma reivindicação do baixo clero, deve ocorrer no encerramento da atual legislatura, na semana que vem. Outra proposta em estudo é dar um reajuste menor, elevando os salários para R$ 16.500. Aldo e Renan, embora neguem estar tratando do assunto, farão uma reunião de líderes para selar o acordo e dividir o ônus da medida diante da opinião pública.
A Comissão de Orçamento elevou para R$ 375 o valor do salário mínimo - derrota do governo, que queria R$ 367.

O Estado de São Paulo:

"PCC movimentou R$ 36 mi em 11 meses"
Um levantamento do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) mostra que, de novembro de 2005 a setembro de 2006, a facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) movimentou pelo menos R$ 36,6 milhões no sistema financeiro. O valor inclui saques, depósitos e transferências nas contas de 260 pessoas ligadas à organização criminosa, relata Sônia Filgueiras.
O cruzamento de dados identificou 1.485 pessoas ligadas direta ou indiretamente ao comando. O diretor do Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado (Deic) de São Paulo, Godofredo Bittencourt Filho, disse que o levantamento é o resultado de cooperação entre o Estado o governo federal. O objetivo é identificar e cortar as fontes de financiamento da facção.
A movimentação financeira se concentra na cidade de São Paulo e em locais do interior paulista onde há grandes penitenciárias. Embora de valor pequeno, também houve transferências de dinheiro de nove outros estados; isso foi interpretado como uma tentativa do PCC de instalar filiais.


Gazeta Mercantil:
"Super Tucano renderá US$ 2,7 bi à Embraer"
A Empresa Brasileira de Aeronáutica (Embraer) parte para conquistar o mercado de defesa latino-americano em que, fora do Brasil, tem participação pequena. Seu principal produto militar, o turboélice de ataque leve Super Tucano, é uma evolução da aeronave de treinamento básico. Tucano que, com 650 unidades entregues, está em operação em 17 forças aéreas de todo o mundo, incluindo o Brasil, Colômbia, Egito, França, Grã-Bretanha e Kuwait.
A estimativa da empresa é vender 250 unidades nos próximos quatro anos - a maioria delas na América Latina -, o que renderia até US$ 2,7 bilhões. Como é um aparelho desenvolvido para agüentar altas taxas de unidade e de temperatura, foi escolhido pelos membros da Organização do Tratado de Cooperação da Amazônia (OTCA) como o mais adequado para as forças armadas desses oito países, em especial os amazônicos. Com o Super Tucano, a Embraer quer elevar de 12% para 20% seu faturamento na área militar.
A OTCA busca criar um sistema único de proteção para fortalecer a presença militar de seus membros na região, que integram o bioma da maior floresta tropical do planeta.
Só com a Força Aérea Brasileira a Embraer tem contrato para produzir 99 unidades, um negócio de US$ 1 bilhão. A frota de patrulhamento das fronteiras, com uso integrado ao Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), está previsto para entrar em operação em 2009.
Apesar da aceitação, os Estados Unidos tentam frear as vendas para garantir reserva de mercado a sua indústria bélica. A Venezuela desistiu da compra de um lote de Super Tucano após essa pressão.

terça-feira, dezembro 12, 2006

Lulices...

Governo de centro-esquerda

O ministro das Relações Institucionais Tarso Genro afirmou, na Itália, que o governo Lula não é de esquerda, mas de centro-esquerda. De acordo com o ministro, o segundo mandato vai continuar a ter uma forte influência centrista. "A delegação dada pelo processo eleitoral é muito clara. Nem todos os partidos da esquerda reunida tem a maioria no parlamento e nem a maioria dos votos no país. Aplicar mecanicamente um projeto de esquerda seria infiel à representação", afirmou. Tarso Genro também contestou as especulações de que o PT estaria preocupado com o número de ministérios, porque o partido já tem a “máxima representação” do País. (Cláudio Humberto)

Sociais

PT saudações...

Terremoto

Da Agência BorgNews

Porto Alegre - O sismógrafo da Universidade Federal do Rio Grande do Sul acusou um tremor de terra de grande intensidade na noite de ontem. O índice da escala Richter superou eventos similares ocorridos anteriormente. Geólogos do observatório universitário disseram que o epicentro localizou-se, curiosamente, no túmulo de Leonel Brizola, que começou a tremer, tremer até não ficar pedra sobre pedra num raio de muitos quilômetros. Os tremores tiveram início simultaneamente às declarações do presidente Lula, que jurou amizade eterna ao ex-deputado Delfim Netto, e disse não ser de esquerda. O correspondente do jornal El Mercúrio, de Santiago do Chile, informou que uma senhora desmaiou enquanto velava o corpo do ex-ditador Pinochet. Ela teve de ser retirada do local em flagrante estado de histeria, gritando: ele sorriu, eu vi, ele sorriu. Milagre! Milagre! Coincidência ou não, o cadáver de Pinochet teria sorrido exatamente no instante em que começava o terremoto gaúcho. Estamos aguardando notícias de Cuba, onde dizem que Fidel teria engasgado ao saber do fato. Também aguardamos para qualquer instante a chegada de Emir Sader que dará uma coletiva explicando o significado oculto da mensagem do companheiro Lula. Marilena Chauí não foi encontrada. Supõe-se que esteja em Miami, fazendo compras de natal. (Sidney Borges)

Acidente aéreo

Exame não aponta falha em transponder do Legacy

Agência Estado
São Paulo - A avaliação inicial feita pela Honeywell, fabricante do transponder, não indicou alterações significativas nos equipamentos do Legacy que se chocou em 29 de setembro com um Boeing da Gol, causando 154 mortes. Segundo uma fonte da Aeronáutica, o jato contava com dois aparelhos, e não um. Uma das antenas funcionava perfeitamente. A segunda, porém, apresentava registros oscilantes, que não foram considerados relevantes para se elucidar as causas do desligamento.
Até agora não há uma explicação plausível sobre o que levou o equipamento a parar de funcionar. Também não se sabe como o transponder voltou a emitir sinais depois do choque. Isso reforça as suspeitas levantadas logo após a tragédia de que o aparelho teria sido desligado pelos pilotos americanos, ainda que inadvertidamente, por inobservância de procedimentos ou para 'testar' o jato, fazendo manobras.
Os militares dizem que a pane em um transponder é admissível. Em dois, "beira entre o impossível e o improvável." Para técnicos da Aeronáutica, o desligamento do transponder ainda é a causa número um da colisão.
Após uma viagem aos Estados Unidos, onde acompanhou a perícia no transponder do jato, o coronel Rufino Ferreira, responsável pelas investigações, desembarcou em Brasília e procurou os controladores que estavam de plantão no momento da colisão para uma primeira conversa. (Tânia Monteiro e Bruno Tavares)

Quadrinhos



O Che em quadrinhos

Está chegando às livrarias ‘Che’, história em quadrinhos do sul-coreano Kim Yong-Hwe que conta a vida do médico revolucionário argentino Ernesto Guevara de la Serna. É sua primeira grande biografia quadrinizada e, lançada pela Conrad, serve de introdução ao Che mítico.
É um mangá e, como cabe, vem cercado de citações pop do tipo que atraem o jovem japonês, sul-coreano e certamente a um bocado de brasileiros. Não estranhem, pois, se na introdução estiver lá um Matrix – Yong-Hwe tenta cativar seu leitor da geração videogame.
Para o leitor brasileiro, os momentos iniciais da biografia, que retratam o período em que circulou a América do Sul de motocicleta acompanhado de seu amigo e também médico Alberto Granado serão familiares. (Este é um dos trechos liberado,
pela web, para degustação.)
Aos 37 anos, Yong-Hwe é um dos principais artistas dos quadrinistas sul-coreanos, ainda pouco conhecidos no mundo. A transliteração de seu nome, escolhida pela Conrad, é a francesa, onde o álbum se popularizou primeiro. É uma escolha curiosa por parte de seus editores europeus – Kim Jong-Hwe, ou Kim Jong-Hoi seria mais comum.
Agora neste ano que entra, faz 40 anos que Guevara foi assassinado, na selva boliviana. Sua imagem carrega uma profunda carga romântica – e estes quadrinhos a reforçam –, a do revolucionário que largou o poder para lutar contra os opressores. Será sempre impossível saber quem seria o Guevara envelhecido, se estaria no poder cubano, se teria sido exilado, se mudaria de idéia a respeito do lado que escolhera, se seria uma figura esquecida, suja de pó e mofo, no pós-comunismo.
Morreu em 1967 e lá ficou, congelado.
Mas a imagem de Guevara continua pairando na América Latina, principalmente nos tempos que correm, com Evo Morales, Hugo Chávez, Daniel Ortega de volta, Fidel ainda lá – até mesmo, talvez, com Lula cá.
(Os quadrinhos são uma boa introdução lúdica, um barato de ler em pouco tempo; o Guevara histórico pode ser encontrado em
Che, biografia de Jon Lee Anderson, publicado no Brasil pela Editora Objetiva.) (Pedro Dória – No Mínimo Weblog)

Luiz Inácio falou...



Velho de esquerda tem problema
"Passei anos criticando o Delfim Netto e agora sou amigo dele"

- Quem é mais de direita vai ficando mais de centro. Quem é mais de esquerda, vai ficando social-democrata. As coisas vão se confluindo de acordo com a quantidade de cabelos brancos que você vai tendo e de acordo com a responsabilidade que você tem. Não tem outro jeito. Se você conhecer uma pessoa idosa esquerdista é porque está com problema. Se acontecer de conhecer alguém muito novo de direita é porque também está com problema. Quando a gente tem 60 anos está no equilíbrio porque a gente não é nem um e nem outro.
Leia mais

Notícia da Prefeitura

Rede Municipal de Ensino de Ubatuba apresenta espetáculo de final de ano

A Prefeitura de Ubatuba, por meio da Secretaria de Educação, promoveu no domingo, 10, o “I Encontro Cultural de Música e Dança da Rede Municipal de Ensino”. O evento lotou o Ginásio de Esportes Tubão, contando com a participação de aproximadamente 800 alunos de 13 escolas, que apresentaram mais de 20 números com temas que variavam entre a natureza, o folclore e como não poderia deixar de ser, o Natal. PMU

Manchetes do dia

Terça-feira, 12 / 12 / 2006

Folha de São Paulo:
"Família vai responder pelas contas secretas de Pinochet"
A viúva do ditador chileno Augusto Pinochet, morto no domingo, e três de seus cinco filhos vão responder processo no Chile por fraude tributária e evasão fiscal. Lucía Hiriart, 84, seguirá processada como cúmplice do marido no caso de seis contas secretas de Pinochet nos EUA, com US$ 8 milhões.

O Globo:
"Técnicos do TSE rejeitam as contas de Lula, de novo"
Após analisar os esclarecimentos apresentados pela campanha à reeleição do presidente Lula, os técnicos do TSE voltaram a rejeitar a prestação de contas do candidato que será julgada hoje pelos ministros da Corte. O presidente do TSE, Marco Aurélio de Mello, disse ontem que o presidente poderá ser diplomado, mesmo que suas contas sejam reprovadas.
A principal irregularidade detectada são doações feitas por empresas concessionárias ou controladoras de serviços públicos, proibidas por lei. Ontem, o TRE de São Paulo aprovou com ressalvas a prestação de contas do governador eleito, José Serra (PSDB).


O Estado de São Paulo:
"Receita convoca 89 dos 90 sanguessugas"
Parlamentares suspeitos de envolvimento com a máfia dos sanguessugas estão na mira da Receita Federal. O Fisco passou um pente-fino nas declarações e movimentações financeiras dos 90 congressistas investigados e encontrou irregularidades em 89 casos.
Há exemplos de casas, apartamentos e carros importados não declarados de movimentação financeira incompatível com os rendimentos formais. Já foram intimados a prestar esclarecimento 85 dos parlamentares investigados; os outros serão chamados nos próximos dias.

A Receita também está checando informações de outras 150 pessoas ligadas ao esquema, que consistia na distribuição de propinas a parlamentares e assessores em troca de apresentação de emendas ao Orçamento da União destinados à compra de ambulâncias superfaturadas. O trabalho da Receita independe dos resultados da CPI, que já inocentou 18 dos 90 investigadores. O mesmo ocorre em relação à Polícia Federal, que conduz mais 80 inquéritos contra parlamentares.

Jornal do Brasil:
"Waldir contraria Lula: vem novo apagão aí"
Dois dias depois de o presidente Lula assegurar que a crise aérea estava controlada, o ministro da Defesa, Waldir Pires, confessou: só "muita fé e reza" evitarão um novo colapso no fim de ano. Até o fim da tarde, 30% dos vôos haviam atrasado.

segunda-feira, dezembro 11, 2006

Ubatuba em foco

Maranduba

Vendo as fotos do Ubatuba Víbora, da Praça Treze de Maio, de 11/12/06, tenho a impressão de que são recentes, pois não vi aqueles bancos arrendondados, ali outrora existentes e pus–me a pensar: pela singeleza do restauro, vai sobrar muito dinheiro da verba para aquela obra, e sugiro, repassá-lo à Unidade Mista de Saúde da Maranduba, para fazer uma fossa (só R$ 20.000,00) já que o esgoto da mesma, segundo doutas palavras da saúde municipal, vai in-natura ao Rio das Piabas, onde logo abaixo pessoas pescam o tempo todo, e 1 km depois, já está na tão bela Praia da Maranduba. Esqueci-me de dar esta sugestão, quando dos R$ 4l6.000,00 da obra inacabada do desvio para o Sertão da Quina, rua ao lado do Auto Posto Canto da Sereia, onde o projeto da prefeitura, aceito pelo Dade, passava em área particular. Cadê o dinheiro, cadê a rua-desvio? Até as britas sumiram. E olha que segundo a prefeitura, faltava somente a Electro mudar o poste para a obra recomeçar. (isto em outubro). Mas acho que minha sugestão ainda está em tempo. Para que questionar os R$ 416.000,00 já que cada ano há “temporadas”. Haverá tempo também, para terminar a obra que fará fluir o tráfego que congestiona o centro do bairro. (Rua do Eixo/Sertão da Quina)

Maria
Presidente da Associação dos Moradores da Maranduba

Enquanto isso...

Ubatuba em foco

Som nas praias

Com relação à carta do Thomas de Carle, nós da SAL do Lázaro fomos à prefeitura, falamos com o pessoal do depto juridico, depois fomos falar com a Dra Elaine, procuradora do meio ambiente.
Existe um cenário, que por causa de uma situação politica o prefeito aprove a lei antes da ultima sessão da Câmara, e nesta se aprove a lei, sem que a prefeitura tenha condição técnica de executá-la neste verão.
Já sem ela está se instalando nas praias a versão do liberou, é necessario que as autoridades se pronunciem em alto e bom som, dizendo que a proibição está de pé.


Mike Buser

Veneno

Inimigos

Quem ouve o ex-ministro José Dirceu falando sobre o ministro Tarso Genro não entende por que um ainda não enfiou a mão na cara do outro. Por outro lado, Marco Aurélio Garcia, aspone do presidente Lula, está louco para deixar a presidência do PT: “Aquilo é uma casa de loucos”, desabafou a um amigo. (Cláudio Humberto)

Pinochet jazz

Grandes mentiras

Em 1965 o professor Fernando, de Português, propôs um trabalho extracurricular. A finalidade era mostrar que nem sempre é verdade o que sai nos jornais, principalmente em casos de conflitos. A idéia nasceu de um tema de redação: “a primeira vítima das guerras é a verdade”. Em 1965 o Vietnã estava em plena fervura, a teoria do dominó que afirmava que se uma peça do Sudeste Asiático caísse (fosse dominada pelos comunistas) o resto do continente também cairia, era aceita como verdade absoluta. Os editoriais do Estadão deixavam isso claro, razão pela qual o jornal foi escolhido para o trabalho. Todos os dias, exceto às segundas-feiras, quando não havia jornal, contávamos os mortos da guerra. Americanos e comunistas. Depois de três meses, com o auxílio do professor Ronaldo, de Matemática, fizemos uma projeção. Caso as baixas vermelhas continuassem no mesmo ritmo, em cinco anos não haveria comunistas no Vietnã. Estariam todos mortos e alguns chineses iriam de quebra. A verdade era outra. Os comunistas ganharam, apesar das mortes. Parece que se reproduziam às ninhadas, como coelhos. Morriam e renasciam com disposição redobrada de matar americanos. Com o fim da Guerra Fria os muçulmanos radicais tomaram o lugar dos comunistas. A história se repete, as notícias também. Morrem apenas inimigos. A guerra está ganha dizem os jornais. Os fatos aconselham prudência. A apregoada tecnologia que esquadrinha um palito de fósforo no meio do Saara, não desconfia qual seja o paradeiro de Osama Bin-Laden. Propaganda é bom para vender sabonetes, não funciona para ganhar guerras. Goebbels, o pai da estratégia de afirmar milhares de vezes uma mentira, até torná-la verdade, insistiu até o fim que a Alemanha venceria. Enquanto os russos dinamitavam a suástica do Reichstag ele afirmava: vamos ganhar a guerra, somos o “Reich de mil anos”. Ainda hoje Goebbels é cultuado como um gênio, quando nunca passou de um mentiroso convicto. A mentira é o ouro em pó dos ditadores. Pinochet que o diga, ou melhor, Pinochet não dirá mais nada. Está morto. Foi um grande mentiroso. (Sidney Borges)

Manchetes do dia

Segunda-feira, 11 / 12 / 2006

Folha de São Paulo:
"Morre ditador chileno Pinochet"
O ditador chileno Augusto Pinochet Ugarte, que governou o Chile entre 1973 e 1990, depois de ter dado um golpe que derrubou o socialista Salvador Allende, morreu no início da tarde de ontem, aos 91 anos, em decorrência de "uma crise cardíaca múltipla", segundo informou o médico Juan Ignacio Vergara. Ele estava internado no Hospital Militar de Santiago desde o último dia 3, depois de ter sofrido um infarto. Pinochet será sepultado amanhã sem funeral de Estado nem luto nacional, apenas com honras militares. "O governo autorizou bandeiras a meio pau nos recintos do Exército e em suas unidades militares", disse o porta-voz do governo chileno, Ricardo Lagos Weber.


O Globo:
"Pinochet morre sem ser julgado e não terá honras"
O general Augusto Pinochet, que comandou, de 1973 a 1990, uma das ditaduras mais sangrentas da América Latina, morreu em Santiago, aos 91 anos, sem enfrentar julgamentos por violações de direitos humanos e enriquecimento ilícito. Uma das vítimas de seu governo, a presidente Michelle Bachelet, cujo pai foi torturado e morto pelo regime militar, não decretou luto oficial pela morte do ex-ditador, que será cremado amanhã, em cerimônia sem honras de chefe de Estado.


O Estado de São Paulo:
"Morre Pinochet"
O ex-ditador chileno Augusto Pinochet morreu ontem à tarde, aos 91 anos, no Hospital Militar de Santiago. Ele estava internado desde o dia 3, quando teve um enfarte do miocárdio e um edema pulmonar. Assim que a notícia de sua morte foi anunciada, cerca de 4 mil pessoas saíram às ruas da capital chilena para comemorar. Diante do hospital, um grupo se reuniu para manifestar pesar pela morte, entrando em confronto com jornalistas. O embate foi contido pela polícia.


Correio Braziliense:
"Adeus sem acerto de contas"
O ex-ditador Augusto Pinochet passou os últimos anos de vida acuado por acusações de genocídio. Tortura, seqüestro e corrupção. No entanto, nunca respondeu pelas denúncias colecionadas nos 17 anos em que comandou com mão-de-ferro o Chile. Impune, mas no ostracismo, Pinochet morreu aos 91 anos, cercado apenas por alguns familiares.

domingo, dezembro 10, 2006

Ex-ditador morreu rico

A fortuna acumulada por Pinochet

O ex-ditador chileno Augusto Pinochet, morto neste domingo aos 91 anos, possuía apenas uma modesta casa de classe média e um pequeno automóvel quando chegou ao poder em 1973, mas 17 anos depois saiu de cena com uma fortuna que pode superar os 28 milhões de dólares.
A fortuna pessoal acumulada pelo general Pinochet foi descoberta em julho de 2004, quando uma comissão do Senado dos Estados Unidos revelou que, entre 1994 e 2002, manteve contas secretas no Riggs Bank de Washington.
A defesa de Pinochet reconheceu o dinheiro depositado nos Estados Unidos e disse que provinha de poupança pessoal, doações e da rentabilidade de investimentos realizados por seus assessores financeiros.
O advogado Oscar Aitken, que foi testamenteiro de Pinochet durante dois anos até renunciar em dezembro de 2004, afirmou que o general podia justificar uma fortuna de quase 15 milhões de dólares, quase o dobro dos primeiros depósitos descobertos no Riggs Bank.
Leia mais

Ás na manga do Tuzino

Fevereiro de 2006

Nota de falecimento



A história do ex-ditador chileno Augusto Pinochet

Da EFE com citação em O Globo online:
"O ex-ditador chileno Augusto Pinochet, de 91 anos, morreu neste domingo no Hospital Militar da capital chilena depois de sofrer um ataque cardíaco e um edema pulmonar.
De 1973 a 1990 Pinochet impôs uma feroz ditadura no Chile e depois que, em 1998, o juiz espanhol Baltasar Garzón conseguiu sua prisão em Londres por acusação de genocídio, terrorismo e tortura, foram apresentadas mais de 300 queixas contra ele em seu país e perdeu sua imunidade por 14 acusações de violações dos direitos humanos e corrupção."

Leia mais

Ubachuva

Cidade modelo

Criticado por vereador, prefeito bate em colega. Alguém pode imaginar que eu inventei essa notícia, no entanto é a pura verdade, quem duvidar dê um clique aqui. O prefeito que socou o colega o fez em Cabaceiras (PB), nome esquisito para uma cidade. O presidente da Câmara teria falado mal do prefeito no rádio e por isso levou um soco. Aqui em Ubatuba isso jamais aconteceria. Primeiro porque o presidente da Câmara não falaria mal do prefeito, de quem é amigo e a quem deu recentemente um título de Cidadão Ubatubense. Depois porque é proibido falar mal do prefeito no rádio, sob pena de maldição eterna e também porque em Ubatuba ninguém tem nada para criticar. A administração é perfeita. Quem fala mal, aquela meia dúzia, o faz por despeito, por não ter um cargo. E por último porque em Ubatuba tanto o presidente da Câmara quanto o Prefeito são pessoas educadas e jamais partiriam para a agressão. (Sidney Borges)

A Praça




Conta salgada

PMDB quer controlar R$ 74,7 bi e assusta parceiros da coalizão

De O Estado de S.Paulo, hoje:
"Com todas as facções em disputa por cargos no segundo mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o PMDB se prepara para apresentar, nesta semana, a conta do casamento de papel passado com o governo: quer ocupar seis ministérios que, juntos, têm verba de R$ 74,7 bilhões para 2007 - uma cifra correspondente a 16,9% do dinheiro previsto para o Orçamento do Executivo. O problema é que a demora de Lula em delimitar o território dos parceiros está levando a base aliada ao ringue. O apetite do PMDB já provoca ciúme nos outros partidos chamados para integrar o governo de coalizão."
Leia mais

Salários

Médicos, primos pobres do Estado

De O Estado de S.Paulo, hoje:
"Enquanto a nata do Judiciário discute um teto salarial que se aproxima de R$ 30 mil mensais, um médico com doutorado do Hospital das Clínicas, a nata da medicina brasileira, tem um salário-base que vai de R$ 1,4 mil a R$ 1,7 mil mensais. O Estado concede adicionais que produzem uma média final que raramente chega a R$ 4 mil - um sexto do que querem ganhar os procuradores de São Paulo. Mas o forte da remuneração final dos médicos é a gratificação por plantões (R$ 380 cada um, com um máximo de 12 por mês) e a produtividade. Os dois não são pagos nas férias e no 13º salário nem computados no cálculo da aposentadoria."

Leia mais

Músicas inesquecíveis

Dona Santina e seu Antenor
(Composição de Paulinho da Viola)

Dona Santina deu

Anteontem uma feijoada e me convidou
Em homenagem
À volta do seu Antenor
Que aos vinte anos de casado escapuliu
Quando viu os olhos da Sandrinha, se amarrou
Ela nos seus 22
Ele com 53
Imaginem só, vocês
A notícia o que causou no local
Hoje, ele volta arrependido
Depois de ouvir na Santina
Um discurso especial
Foi até entrevistado
Numa programa de televisão
Quando disse ser o único
Culpado da situação
Seu Antenor chorou
Dona Santina riu
Todo mundo se abraçou
O auditório aplaudiu
O final você não sabe
A surpresa que causou
O programa no Ibope
Vinte pontos levantou

Manchetes do dia

Domingo, 10 / 12 / 2006

Folha de São Paulo:
"Sob Lula, classe média é a que perde"
Ao contrário do que ocorreu com as camadas mais pobres, a classe média perdeu em termos de emprego e renda no primeiro governo de Luiz Inácio Lula da Silva.
Considerando classe média quem ganha acima de três salários mínimos (R$ 1.050), deixaram de existir 2 milhões de empregos formais para esse contingente nos últimos seis anos (o que inclui parte da gestão FHC).


O Globo:
"Policiais apóiam milícias na guerra por espaço do tráfico"
Na disputa pelo poder nas favelas, hoje nas mãos do tráfico, as milícias - grupos armados formados por PMs, ex-policiais e remanescentes de grupos de extermínio - estão recebendo apoio de policiais militares em serviço e usando carros e armas do poder público. Todo esse aparato está criando uma polícia paralela que cobra proteção e já domina 92 favelas do Rio. Nos últimos 20 meses, foi tomada do tráfico uma comunidade a cada 12 dias. O comandante do Bope, coronel Mário Sérgio Duarte, revela que a expansão desses grupos conta com a participação informal de policiais das regiões onde ocorrem os confrontos. Um relatório do Gabinete Militar da prefeitura confirma que as milícias têm respaldo de líderes comunitários, batalhões da PM e delegacias de polícia, e até políticos.


O Estado de São Paulo:
"Pressão de Lula por crescimento confunde equipe"
A determinação do presidente Lula de acelerar o crescimento econômico para 5% já em 2007, sem definição de caminhos para alcançar o objetivo, deixa sua equipe em posição delicada. Com a falta de rumos, os ministérios da Fazenda e do Planejamento e o Banco Central montam uma colcha de retalhos de medidas paliativas, truques para animar investimentos e desonerações tributárias que já desagradam à Receita. (...)


Correio Braziliense:
"Os donos do poder"
Esse restrito grupo de financiadores investiu R$ 500 milhões na disputa em que foram eleitos deputados, senadores, governadores e o presidente da República. Só os 10 maiores doadores bancaram um total de R$ 137 milhões, em valores entre R$ 10 milhões e R$ 22,5 milhões. Nem todo investimento deu certo. O empresário Beto Studart colocou R$ 12,3 milhões na campanha para o governo do Ceará. Candidato a vice, perdeu a eleição.
 
Free counter and web stats