sábado, dezembro 02, 2006

Ubatubanas

Bicicletas na cadeia

A notícia da apreensão de bicicletas de pedalantes infratores é auspiciosa. Alguma coisa deveria ter sido feita há muito tempo, cansei de abordar o tema tentando alertar as autoridades. Fatores políticos impediram qualquer atitude. Felizmente a coisa vai entrar nos eixos. A impunidade chegou ao fim. Os abusos estavam além dos limites da convivência civilizada. Caso alguém reclamasse do comportamento dos infratores seria insultado, ofendido e ameaçado. Só uma coisa não está clara. Segundo a Folha, para reaver a bicicleta é preciso mostrar um documento que ateste a posse. A nota fiscal, por exemplo. Confesso que não sei onde está a nota de compra da minha “magrela”, devo ter perdido, já faz tanto tempo. Também não costumo andar com as notas das calças, dos sapatos, dos óculos, da cueca, do celular e da carteira onde levo documentos e quase nenhum dinheiro. Se eu for parado por um guarda e ele pedir que eu prove que os objetos que estou portando são meus, não terei como fazê-lo. Vou voltar para casa nu e pedalando, pois ele não me terá parado por ter cometido algum tipo de infração de trânsito. Andar na contramão, “me inclua fora disso” como diria a eterna Hebe Camargo. (Sidney Borges)

Sem perdão...



Ciclista que cometer infração em Ubatuba terá sua bicicleta apreendida

FÁBIO AMATO da Agência Folha, em São José dos Campos
A Prefeitura de Ubatuba (litoral norte de São Paulo) vai apreender bicicletas de ciclistas que cometerem infrações de trânsito, como avançar o sinal vermelho ou trafegar na calçada. A medida entrou em vigor ontem e moradores e turistas estão sujeitos a punições.
A fiscalização dos ciclistas ficará por conta da Guarda Municipal. Para reaver uma bicicleta, será preciso pagar R$ 5. A pessoa deverá apresentar documento - como nota fiscal - que comprove a posse da bicicleta.
A lei municipal vale também para crianças. Ao retirar a bicicleta, elas deverão estar acompanhadas pelos pais ou por responsáveis. O Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) afirmou que a iniciativa da Prefeitura de Ubatuba é legal.
Leia mais

Velhas práticas que não deram certo...

Retrocesso político

De O Estado de S.Paulo, hoje;
"Os brasileiros sérios poderão festejar e dar graças aos céus, se dentro de poucos anos a Sudene e a Sudam, recriadas pelo Congresso, não estiverem convertidas em cabides de emprego e de novo envolvidas em escândalos com dinheiro público. A ressurreição das duas entidades, aprovada pela Câmara dos Deputados na terça e na quarta-feira, é um retrocesso político. O Brasil não precisa de nenhuma das velhas superintendências para promover o crescimento econômico regional nem para elevar o padrão de vida nas áreas de menor desenvolvimento relativo."

Leia mais

Rádio

Na “Sintonia do Amor”

Nosso programa de rádio vai ao ar pela Radio Oceânica, 670 AM, diariamente, de 2ª à 6ª feira, das 17h as 18h chegando às cidades de Caraguatatuba, São Sebastuão, Ilhabela e parte de Ubatuba.
Com uma grade bem variada o programa promete muita informação, notícias, entrevistas, formaçao e oração.
Participe e mande sugestões para o e-mail:
sintoniadoamor@diocesecaraguatatuba.com.br

A programação é a seguinte:

Começa com "A palavra de Deus", com participação de um padre ou diácono. Depois, são dois quadros por dia:


2ª feira - Cantinho Pastoral (Eva Falcão) e Espaço catequético (Mara e Comunidade Palavra Viva)
3ª feira - Sala de Visitas (entrevistas Denis e Carol) e Para que todos tenham vida (Past. Criança com Rosângela)
4ª feira - Espaço Cidadão (Pe. Jose Ailton) e Nossa Senhora de todos os povos (Eduardo com histórias de Nossa Senhora)
5ª feira - Inspiração (Past Fé e Cultura com Sofia) e Sinal de Contradição (Doutrina Social da Igreja com Diego)
6ª feira - Lançando Redes (Vocacional com Seminário diocesano) e Comentário da Semana (Pe Juarez de Castro)

Todos os dias o programa tem música, o Santo do Dia (Pe. Léo) e o quadro "Nos braças de Jesus" com Diacono Joel, um espaço final de oração que se encerra com a oração do Angelus (Pe.Marcos).
O programa tem a assessoria do Pe. Leo (Decano do Setor Caraguá)
Fonte: Diocese de Caraguatatuba

Amigos...



Ele de novo...

No meio do caminho há um José Dirceu

Do Jornal do Brasil, hoje:
"No caminho da coalizão costurada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva para o segundo mandato, há José Dirceu. O ex-ministro encarna o papel de pomo da discórdia na composição do governo com aliados, ao articular nos bastidores apoios para a candidatura do deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP) à presidência da Câmara. Por um lado, a ação de Dirceu confronta o Palácio do Planalto, uma vez que Lula já deixou claro que deseja a permanência de Aldo Rebelo (PCdoB-SP) no cargo. Por outro, é um complicador do relacionamento entre governo e partidos coligados."

Leia mais

Pensata

A delirante guerra do vestibular

Entre todas as coisas caóticas do universo da saudável juventude brasileira o vestibular é a mais irritante, a mais exorbitante das atividades obrigatórias, o mais puro delírio da sociedade em busca de profissionais frustrados para quem teremos que recorrer quando precisarmos. Verdadeiramente, um trauma. Como se não bastasse a escolha precoce de uma profissão, a loucura de ser o que se quer, o que querem os pais que pressionam um futuro brilhante e o que, afinal, é o melhor pra você misturados à pressão mercadológica exercida das diversas formas, até dentro das próprias instituições de ensino, o sistema de realização de avaliação dos candidatos é o mais vil e desfavorecedor possível.
É a época em que ficam todos abitolados, de queixo no peito, azedos e pálidos, mergulhados numa infinidade de apostilas e módulos estúpidos, geralmente contendo tudo de "pincelado" nos assuntos mais freqüentes nas provas e os macetes mais espertos que se possa imaginar! É quase como uma estratégia de guerra: Em tal situação, não esqueça de que a fórmula x poderá salvar sua vida.
Sem contar o terrível clima que se encontra nos cursinhos pré-vestibulares. Porque o terceiro ano do colegial, que deveria preparar em definitivo os alunos para a maligna prova, geralmente não o faz com precisão. É quando se faz necessário o uso dessa nova máquina de dinheiro para os empresários da educação. E não é certo dizer que o público dos cursinhos, em grande parte, é constituído de pessoas que saíram a muito tempo do segundo grau e estão querendo atualizar seus conhecimentos didáticos. Isso acontece sim, mas a grande maioria ainda é de jovens desesperados. As tribos mal se falam porque dentro delas, e é preciso que isso nunca seja deixado de lado, há sempre um concorrente seu, disposto a fuzilá-lo na próxima questão. Aniquilar toda e qualquer proposição 02, 04 e os reticentes inimigos de número par. Muitos dos professores desse tipode instituição incentivam, inclusive, esse tipo de comportamento. Claro, entre as palavras de ordem, salpicam seus bordões, suas piadinhas e o pior de tudo, suas gracinhas para cima das alunas da frente (que muitas vezes estão na frente para isso). É o marketing pessoal, a famosa aula show, os atrativos que fazem o coitado do aluno não enlouquecer em pleno processo.
É claro, óbvio, que não são todos (e todas). Há aqueles professores (e aquelas alunas) que estão ali para o que foram fazer. E falando nisso, que grande palhaçada as tais "pegadinhas" de vestibular. Parece que os elaboradores não têm uma boa noitada há séculos e decidem descontar tudo nas provas, sinceramente. Porque, onde já se viu testar conhecimento através de detalhes descartáveis que são frequentemente cobrados?
Finalmente, chega o grande dia. E é quando o terror está mais presente nos seres sobreviventes do vestibular. Na sala, entram com munição para todas aquelas horas de luta: água mineral, chocolates (porque a glicose, segundo a aula de biologia, ativa o cérebro na produção de energia, ufa!...),sacos e sacos de comidas enjoativas que, já ao meio da prova, tornam-se seu grande inimigo também, ao invés de aliado. Afinal, os horários de ida ao banheiro são determinados, 1 hora sim, 1 hora não. Não se atreva a sentir vontade na hora "não" do banheiro. O companheiro do lado usa a borracha irritantemente, impedindo a concentração para a leitura do texto com aquele barulhinho de atrito papel-látex. Quanto erro para ser apagado! E depois de tudo, a terrível espera pelo resultado. A dor da contagem dos pontos. A dor da reprovação. Até o dia em que um se matar por isso. Bom, para os que passam vivas! Até o dia em que decidem abandonar o curso e recomeçar tudo de novo, em busca da tão distante realização profissional.

Lídia Carla Dourado Gonçalves,
Vestibulanda dos cursos de: artes cênicas, direito, ciências sociais e letras. 18anos.
lidiacarla_@hotmail.com

Notícias da Câmara

Patrocínio para uniformes de alunos do ensino básico

Através do Projeto de Lei nº 153/06, o presidente da Câmara, vereador Dr. Ricardo Cortes (PV), sugere que a rede de educação do ensino básico realize convênio com empresas patrocinadoras para confecção de uniformes aos alunos.
De acordo com o Projeto as empresas patrocinadoras deverão se responsabilizar pela confecção do uniforme adotado pela escola pública e doado aos alunos regularmente matriculados. As empresas também deverão se comprometer a fazer, periodicamente, doações em dinheiro, obra ou serviços para a escola pública e fornecerem mobiliário e material escolar.
A empresa patrocinadora, ainda segundo o Projeto, terá direito exclusivo à inscrição de seu nome e marca no uniforme, durante o período do patrocínio. “Esta lei tem como objetivo buscar apoio para satisfazer uma necessidade do poder público e, ao mesmo tempo, incentivar a solidariedade e a promoção coerente e humana das empresas”, disse Dr. Ricardo, lembrando que empresas de álcool, fumo ou de produtos nocivos à saúde não poderão patrocinar os uniformes.
Os uniformes deverão ser elaborados pela Secretaria de Educação somente com o símbolo oficial do município, que veiculará a inscrição do nome e marca da empresa patrocinadora, “este projeto pretende mostrar também como podem sr simples as soluções para melhorar as condições do ensino público em nosso município”, finalizou o presidente.

Fonte: Laura Ennes - ASCOM

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 02 / 12 / 2006
  • Caçandoca promove Encontro Quilombola
  • AACD agradece participação de escolas de Ubatuba no Teleton
  • Prefeito de Ubatuba ouve comunidade do Jardim Carolina
  • Prefeitura realiza melhorias no Perequê-Açu
  • Prefeitura presta socorro a desabrigados por conta das chuvas
  • Prefeito de Ubatuba participa da última plenária do CBH-LN em 2006
Leia aqui

Manchetes do dia

Sábado, 02 / 12 / 2006

Folha de São Paulo:
"Expectativa de vida chega a quase 72 anos"
A expectativa de vida do brasileiro ao nascer voltou a subir no ano passado, chegando a 71,9 anos - alta de dois meses e 12 dias em relação a 2004. As mulheres vivem, em média, 7,6 anos a mais do que os homens. As estimativas, divulgadas pelo IBGE, servem de parâmetro para calcular os benefícios do INSS.


O Globo:
"Brasileiro vive mais e força mudanças na Previdência"
A expectativa de vida do brasileiro subiu de 71,6 anos em 2004 para 71,9 anos em 2005, um ganho de dois meses e doze dias, de acordo com nova pesquisa do IBGE. De 1991 a 2000, o país ficou mais velho e o número de idosos cresceu 45%, três vezes o aumento da população. A maior expectativa de vida força mudanças imediatas na Previdência, com o contribuinte tendo de trabalhar mais até se aposentar, pois o benefício é calculado de acordo com a idade, a esperança de vida e o tempo de contribuição. A longo prazo, o impacto sobre a Previdência é grande: mais gente na fila da aposentadoria e necessidade de reforma no setor - alto que o presidente Lula tem dito que não fará. O envelhecimento populacional é resultado também da redução da mortalidade infantil e da queda da fecundidade. A mortalidade de crianças caiu 14,3% nos últimos cinco anos, mas a taxa ainda é superior à de países como Equador e Colômbia.


O Estado de São Paulo:
"IBGE: 64% dos idosos sustentam família"
A Tábua Completa de Mortalidade, apresentada ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, expõe um fenômeno social: aumentou 60,8%, na última década, o número de idosos responsáveis pelo sustento familiar e que dividem moradia com filhos, netos e até bisnetos. Em 1991, encaixavam-se nesse perfil 688 mil pessoas de 65 anos ou mais, número que em 2000 subiu para 1,1 milhão. A pesquisa revela que, em 2000, 64% dos idosos respondiam por suas famílias. Para Juarez de Castro Oliveira, gerente de Estudos e Análises da Dinâmica Demográfica do IBGE, além da existência de um maior número de idosos, há outros fatores para essa situação, como o fato de os filhos estarem deixando a casa de seus pais mais tardiamente. Dificuldades financeiras também podem influir. Houve ainda forte crescimento das situações em que o responsável pela família é mulher. O levantamento do IBGE mostra também que a expectativa de vida do brasileiro referente a 2005 subiu para 71,9 anos, com aumento de 2 meses e 12 dias e impacto direto nas contas da Previdência Social.


Jornal do Brasil:
"'Pilantropia' causa 50% do rombo da Previdência"
O governo iniciará uma operação pente-fino nas entidades filantrópicas, organizações não governamentais e empresas isentas da contribuição patronal ao Instituto Nacional do Seguro Social. Pretende acabar com benefícios irregulares - a chamada 'pilantropia' - e conter a renúncia fiscal que se aproximará de R$ 20 bilhões em 2007 - a metade do déficit da Previdência. Além de reforçar a fiscalização, a Receita vai impor novas regras para concessão e renovação dos benefícios. Só as organizações filantrópicas são contempladas com R$ 4,5 bilhões.

sexta-feira, dezembro 01, 2006

Ubatuba em foco


Técnicos da Elektro consertando a lambança

Ladrões agindo na calada do dia...

Pane na redação. Algo explodiu na rua e ato contínuo começou a sair fumaça do regulador de voltagem. Meu valente cão achou por bem correr de um lado para outro latindo furiosamente, sem saber direito o porquê. É um bravo. Josué, que cortava grama em frente à casa, disse que foi barbeiragem dos caras da Telefônica. Ele viu quando um técnico da empresa que estava no alto do poste da esquina das ruas Pescada e Badejo, na Ressaca, produziu um curto-circuito. Rapidamente desceu de onde estava, recolheu a escada, colocou no Fiat Uno branco com o logotipo da Telefônica e deu às de Vila Diogo, o que em Portugal de antigamente queria dizer fugir, dar o pira. O gajo escafedeu-se. É isso mesmo que você está lendo: um homem que parecia ser da Telefônica esteve na Ressaca hoje, armou um curto-circuito e fugiu. Estranho não é mesmo? Tratei de ligar para e Elektro e avisar do problema. A redação do Ubatuba Víbora não pode ficar sem energia. Todos sabem que se o Víbora não deu ninguém sabe o que aconteceu. Desculpem o comercial fora de hora, não resisti. Voltando ao curto-circuito, fiquei estarrecido quando Josué disse ter sido uma tentativa de roubo de fios. Difícil de acreditar não é mesmo? Falei com os técnicos da Elektro e eles confirmaram. Dois meliantes usando uniformes da Telefônica, carro igual ao da Telefônica e equipamentos profissionais idênticos aos que os técnicos da Telefônica usam, tentaram roubar fios na Ressaca. Os porteiros do condomínio disseram que quando chegam viaturas oficiais eles não anotam as placas. Errado, se tivessem anotado seria fácil descobrir os meliantes. Fica, portanto, o aviso à polícia. Ladrões de fios estão agindo disfarçados de técnicos da Telefônica. Para mim restou o prejuízo de um regulador de voltagem queimado, o que acabou sendo barato frente ao que poderia ter acontecido. Uma coisa não me sai da cabeça. Os fios que estão sendo roubados em Ubatuba devem estar sendo vendidos em depósitos de ferro-velho. Quantos são na cidade? Cuidado comerciantes de sucata, receptação é crime e dá cadeia. Não comprem fios roubados. Como diria o jornalista Boris Casoy, fazer isso é uma vergonha. (Sidney Borges)

Natureza



Disfarce eficaz

Branco sobre branco. A mesma tonalidade, a mesma textura. O inseto chega e antes de perceber, vira almoço. Ou jantar. Simbiose e mimetismo. A flor abriga a aranha e atrai os insetos que a alimentam. A aranha livra a flor dos indesejáveis que possam ameaçar sua integridade. Bom negócio, como me disse um dia um amigo saudoso, comerciante experiente: o negócio tem que ser bom para os dois lados, para quem vende e para quem compra. Freguês satisfeito volta. Em política não funciona assim, você vota esperando linho e acaba levando linholene. Plástico grosseiro que imita a fibra natural. Não há o que fazer a não ser esperar quatro anos. Em certos casos é bom que o tempo passe rápido. Dois mil e oito está aí. (Sidney Borges)

Será que o Lula vai deixar?

Dirceu se prepara para pedir anistia ao Congresso em 2007

MALU DELGADO da Folha de S.Paulo
Um ano após ter o mandato cassado, impossibilitado de se candidatar a qualquer cargo eletivo até 2015, o ex-ministro-chefe da Casa Civil José Dirceu de Oliveira e Silva, 60, afirma, em entrevista à Folha, que sua vida profissional, pessoal e política está "organizada e serena".
A obsessão de Dirceu é recuperar a elegibilidade. Ele alega não ter condições de responder qual cargo disputaria caso consiga a anistia. Apenas nega pretensões de disputar a Presidência da República. Dirceu sinaliza que vai trabalhar para que seu pedido de anistia (uma emenda constitucional) seja encaminhado ao Congresso em 2007, por iniciativa da sociedade, como prevê a Constituição.
Leia mais

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 01 / 12 / 2006
  • Fundart encerra ano com apresentações dos cursos
  • Santa Casa promove "Noite do Forró"
  • Workshop sobre áreas de extração de saibro indica diretrizes para regeneração de áreas degradadas
  • Secretário de Arquitetura recebe moção de congratulações
  • Cursos de Geração de Renda capacitam mais 800 pessoas
  • Últimos dias para pescadores se inscreverem para viagem a Arraial do Cabo
  • Nadador de Ubatuba disputa campeonato paulista
  • Nicoboco Paulista de escolinhas de surfe aporta em Itamambuca
Leia aqui

Manchetes do dia

Sexta-feira, 01 / 12 / 2006

Folha de São Paulo:
"Câmbio faz economia crescer só 0,5%"
O PIB (Produto Interno Bruto) cresceu 0,5% do segundo para o terceiro trimestre, e o resultado praticamente enterra as esperanças do governo de atingir a meta de expansão de 3,2% da economia neste ano. As principais travas foram o real forte - que estimula as importações e segura as exportações- e a agricultura, que se recuperou um pouco neste trimestre, mas teve desempenho ruim no primeiro semestre.


O Globo:
"PIB indica crescimento abaixo de 3% este ano"
O desempenho da economia brasileira no terceiro trimestre confirmou as expectativas de especialistas e será insuficiente para alcançar o crescimento de 3,2% pretendido pelo governo. De julho a setembro, o PIB do país expandiu-se apenas 0,5%, contra os três meses anteriores. Segundo o IBGE, para atingir o resultado projetado pelo governo será preciso ter um crescimento de 5,2% no fim do ano. Para economistas, o país, no entanto, não chegará a crescer 3%, o que o deixará novamente quase na lanterna da América Latina, com desempenho superior apenas ao Haiti. Na Nigéria, o presidente Lula disse que não pensa mais no resultado da economia deste ano: "Agora só penso para frente".

O Estado de São Paulo:

"PIB sobe 0,5% e confirma baixa taxa de crescimento"
O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro manteve no terceiro trimestre o crescimento fraco que vem desde os anos 80: em relação ao trimestre imediatamente anterior, o aumento foi de apenas 0,5%. Na comparação com o terceiro trimestre de 2005, a expansão foi de 3,2%. Crescem as apostas no mercado de que o PIB este ano não crescerá mais do que 3%. Para muitos analistas, é provável que fique abaixo disso. O consumo das famílias, o componente mais importante do PIB, continuou a expandir-se no ritmo moderado em que se mantém há três anos. Os números divulgados ontem pelo IBGE trazem, no entanto, uma boa notícia: os investimentos cresceram 6% no acumulado do ano, puxados pela importação de bens de capital e por uma expressiva recuperação da construção civil - esta favorecida pelo crédito maior disponível. Outro destaque do PIB foi a agropecuária, que cresceu 7,8% em relação ao mesmo trimestre de 2005, resultado bastante influenciado pelo café e pela cana. A indústria cresceu 3,2% no terceiro trimestre, em comparação com o mesmo período de 2005.


Correio Braziliense:
"PMDB fecha apoio a Lula"
Por aclamação, partido decide participar do governo de coalizão. Estrategicamente, os peemedebistas não falaram em cargos. Na África, o presidente comemorou a decisão.

quinta-feira, novembro 30, 2006

Advogados

Eleição da Ordem

A chapa Inovação venceu a eleição da OAB de Ubatuba com 57 votos. Assim ficou constituída a Diretoria que atuará no triênio 2007 / 2009:

Presidente
Wagner Andriotti

Vice-Presidente
Aletéia Pinheiro Guerra Alves

Secretário Geral
Alexandre Pugusto F. Pastro

Secretário Adjunto
Leda Maria Pasin Soffredi

Tesoureiro
Washington Luiz Pereira de Souza
(Sidney Borges)

Fiscalizando as obras da Iperoig

Disco patinando

Ubachuva

Chove chuva, chove sem parar
Chove chuva, chove sem parar


Chove chuva, chove sem parar
Chove chuva, chove sem parar


Chove chove chove chove chove
Chove chove chove chove chove

Chuva chuva chuva chuva chuva
Chuva chuva chuva chuva chuva

(Sidney Borges)

Reflexão

O papel da Mídia

É necessário que se faça uma séria reflexão sobre o espaço que a mídia vem dando às matérias redigidas pela Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Ubatuba. Essa reflexão se faz necessária, inclusive, para proteção e garantia futura de procedimentos básicos do jogo democrático.
O que está em jogo não é a liberdade de imprensa, nem é a liberdade de expressão. Essas são garantias constitucionais. Não está em jogo também o jornalismo opinativo quando claramente explicitado.
O que está em jogo é o direito do cidadão de ser corretamente informado. Está em jogo o dever do concessionário de um serviço público – a radiodifusão – de servir ao interesse público e não apenas ao seu interesse privado. O que está em jogo, no final das contas, são as condições para a convivência e o exercício da democracia.
Que a imprensa tenha posições editoriais político-partidárias é apenas normal. Que essas posições, deliberadamente, contaminem a cobertura política – sem serem explicitadas – é, sem dúvida, violar o direito fundamental dos cidadãos de serem corretamente informados. Não é essa a definição, conforme a doutrina liberal, que serve de base primária para a formação da opinião pública autônoma e esclarecida, construtora das decisões do voto?
Quando o compromisso democrático é violado em benefício de uma das partes em disputa é sinal de que algo está errado. Teme-se pela crescente perda de credibilidade da mídia e as conseqüências disso para a vida democrática.


Jairo dos Santos – PT
Vereador

Lembrete

Para a reflexão de nossa comunidade

“Creio no regime democrático, que não se confunde com a anarquia, mas que em instante algum possa rotular ou mascarar a tirania. [...] Creio na palavra ainda quando viril ou injusta, porque acredito na força das idéias e no diálogo que é seu livre embate. Creio no regime democrático, que não se confunde com a anarquia, mas que em instante algum possa rotular ou mascarar a tirania. Creio no Parlamento, ainda que com suas demasias e fraquezas, que só desaparecerão se o sustentarmos livre, soberano e independente. Creio na liberdade, este vínculo entre o homem e a eternidade, essa condição indispensável para situar o ser à imagem e semelhança se seu criador.”

Discurso proferido pelo então Deputado Federal Mario Covas, na véspera da edição do AI-5.

Charles Medeiros
Vereador
ver.charlesmedeiros@camaraubatuba.sp.gov.br

Pensata

Fome de proibir

Ainda que com um certo atraso, acho que vale a pena comentar o caso da modelo que morreu em conseqüência de anorexia nervosa. A notícia teve amplo destaque na mídia e, como quase sempre ocorre nessas situações, já se articula um lobby, capitaneado por psiquiatras, para que se adotem por aqui medidas voltadas a neutralizar ou pelo menos mitigar os efeitos trágicos da chamada "ditadura da moda" entre jovens aspirantes a Gisele Bündchen. Nem estaríamos sendo originais. A Espanha e o México, por exemplo, já proibiram de desfilar manequins com um índice de massa corpórea (IMC) inferior ao considerado saudável.
Sou o primeiro a apoiar e incentivar debates que visem a promover a saúde pública. Precisamos, entretanto, escapar a raciocínios simplistas, que em geral contribuem mais para consagrar mitos do que para esclarecer as pessoas.
Leia mais

Estelionato

MP pede prisão de líderes da Igreja Renascer

Agência Estado
São Paulo - O Ministério Público de São Paulo pediu a prisão preventiva de Estevam Hernandes Filho e sua mulher, Sônia Haddad Moraes Hernandes. O casal é fundador da Igreja Apostólica Renascer em Cristo, a segunda maior denominação neopentecostal do País em número de fiéis e de templos.
O pedido de prisão foi assinado pelos quatro promotores do Grupo de Atuação de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) - Arthur Lemos, Eder Segura, Roberto Porto e José Reinaldo Carneiro - e enviado no dia 17 de novembro ao juiz titular da 1ª Vara de Justiça Criminal, Paulo Antônio Rossi. O juiz deve julgar o pedido até a próxima semana.
Os promotores querem a prisão dos Hernandes porque eles faltaram à segunda audiência do processo em que são acusados de praticar crimes de estelionato contra fiéis da Renascer e lavagem de dinheiro arrecadado em cultos.
De acordo com o Ministério Público, a ausência do casal coloca em risco a aplicação da lei penal. O pedido de prisão preventiva também acusa os fundadores da Igreja de continuar fazendo operações suspeitas nas dez empresas investigadas no processo.
Estevam e Sônia Hernandes deixaram de comparecer à audiência em que seriam confrontados com uma equipe de fiscais da Fazenda Estadual que rastreou a movimentação financeira de dez empresas abertas pelo casal e depois repassadas para outros integrantes da igreja. Ao final do levantamento, os fiscais detectaram nelas rombo de R$ 7 milhões, apenas em tributos não pagos.
A defesa dos fundadores da Renascer alegou que eles não foram depor por problemas de saúde.
Com 10 volumes e 20 testemunhas arroladas, o processo que tramita na 1ª Vara Criminal já resultou no bloqueio de bens e contas bancárias do casal Hernandes e mais quatro pessoas ligadas à denominação evangélica, entre eles o bispo primaz Antônio Carlos Ayres Abbud e seu irmão, o empresário Ricardo Abbud. Estevam e Sônia foram ouvidos uma vez, em 15 de setembro. Estevam disse ter várias empresas - todas registradas no mesmo endereço da sede social da igreja - porque é 'empreendedor'. Sônia Hernandes afirmou não saber detalhes sobre os negócios da empresa porque, 'quando precisa de dinheiro para suas necessidades, da casa ou particulares, pede a seu marido'.
Procurados pelo Estado, os promotores e os defensores do casal Hernandes afirmaram que não se pronunciam fora dos autos do processo.


Outro Processo

O pedido de prisão preventiva não é a única má notícia no campo jurídico para os fundadores da Renascer. Há duas semanas, a juíza titular da 16ª Vara Criminal da capital paulista, Kenarik Boujikian Felippe, recebeu denúncia feita pelo MP que acusa o casal Hernandes de abrir uma igreja de fachada para fugir de ações judiciais e pede o fechamento de todos os templos da Renascer em São Paulo. A juíza marcou a primeira audiência para o dia 3 abril. (Angélica Santa Cruz)

Luiz Inácio falou...

Marina aprova manifesto contra declaração de Lula

De O Estado de S.Paulo, hoje:
"As declarações do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de que é preciso retirar entraves ambientais para desenvolver o País têm deixado de cabelo em pé os profissionais do setor. Ontem, em sua reunião ordinária, o Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), presidido pela ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, aprovou uma manifestação contra o presidente, manifestando 'indignação' e 'preocupação' com os comentários de Lula.
'As recentes declarações do presidente qualificando o meio ambiente, os povos indígenas, os quilombolas, o Ministério Público e o Tribunal de Contas da União como entraves ao desenvolvimento do País causam-nos preocupação e indignação, pois sinalizam retrocesso na legislação e na garantia de direitos conquistados pela sociedade brasileira', diz o texto, aplaudido e assinado pelos conselheiros."

Ubatuba em foco

I Fórum de Saneamento Básico de Ubatuba

A cidade de Ubatuba apresenta deficiência em seu sistema de água e esgoto, por falta de investimentos e planejamento, devido a sazonalidade turística e crescimento desordenado. Esta falha reduz a qualidade de vida, prejudica a saúde da população e enfraquece o turismo.
Assim, o I Fórum de Saneamento Básico de Ubatuba, que será realizado nos próximos dias 15 e 16, pretende reunir várias associações do município, órgãos públicos, secretarias, Ongs, empresas, instituições e políticos da região para o desenvolvimento de um projeto de recuperação do saneamento básico na cidade.
O evento é uma iniciativa da Câmara Municipal, através de seu presidente, vereador Dr. Ricardo Cortes e do 1º secretário e também presidente da Comissão de Saneamento, vereador Charles Medeiros. O I Fórum será dividido em três etapas. Este primeiro encontro, nos dias 15 e 16, será para decidir, dependendo da necessidade, se tal projeto deverá entrar nas diretrizes de recursos orçamentárias municipais, estaduais e federais em 2007.
A primeira etapa visa convidar todos interessados para debater as necessidades de saneamento básico e criar uma Comissão para o desenvolvimento do projeto.
A segunda etapa irá acompanhar a Comissão no desenvolvimento do projeto e viabilizar legalmente e financeiramente suas ações e decisões.
A terceira etapa desenvolverá uma campanha de conscientização para a população, utilizando temas como: água, esgoto, rios, mangues, mananciais, mata atlântica, fauna, flora, lixo e desenvolvimento sustentável.
Para o idealizador do I Fórum de Saneamento, vereador Charles Medeiros, discutir e buscar uma solução para o saneamento básico em Ubatuba é uma ação de primeira necessidade, “a qualidade de vida da população de Ubatuba e o desenvolvimento do turismo dependem também de ações que tragam definitivamente o saneamento básico para a cidade”.

Fonte: Laura Ennes - ASCOM

Comunidade

Moradores do Jardim Carolina reúnem-se com o prefeito Eduardo Cesar

O Presidente da Sociedade Amigos do Jardim Carolina, Prof. Quincas, convida os seus moradores e moradores dos bairros adjacentes para a reunião com o Prefeito Eduardo Cesar, hoje, quinta feira, às 17:00 horas no Colégio Dominique. Problemas importantes do bairro serão discutidos com o Prefeito e seus secretários. Por isso, a presença de todos os moradores nesta reunião tem grande importância para o encaminhamento dos vários problemas que afetam todos os moradores: saneamento, cascalhamento e nivelamento das ruas, colocação de bloquete ou asfalto, iluminação, buracos no acostamento da Osvaldo Cruz que dificultam a entrada de veículos no bairro.

Maiores informações – Prof. Quincas – 3833 2717

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 30 / 11 / 2006
  • Prefeitura de Ubatuba divulga locais de provas para concurso público
  • Apreensões de bicicletas começam nesta sexta-feira
  • Matrículas para o ensino fundamental ainda podem ser feitas na rede municipal
  • Dia Internacional da Pessoa Portadora de Deficiência
  • Unir realiza Semana da Pessoa Portadora de Deficiência
  • Rios do Centro ganham placa educativa
  • Hotel realiza jantar em prol da Apae de Ubatuba
  • Futebol de campo abre sexta edição dos Jogos Intersecretarias de Ubatuba
Leia aqui

Manchetes do dia

Quinta-feira, 30 / 11 / 2006

Folha de São Paulo:
"Tabela do IR terá correção de 3% no ano que vem"
O governo cedeu às pressões de políticos e sindicalistas e concordou em corrigir novamente a tabela do Imposto de Renda das pessoas físicas. A medida havia sido publicamente descartada pelo ministro Guido Mantega (Fazenda) apenas duas semanas atrás. Pelo que foi acertado ontem com o relator do projeto de Orçamento para 2007, senador Valdir Raupp (PMDB-RO), haverá reajustes de 3% em 2007 e 2008, o que elevará a faixa de isenção dos atuais R$ 1.257,12 mensais para R$ 1.294,83 no próximo ano e R$ 1.333,68 no ano seguinte.


O Globo:
"Acordo prevê correção de 3% na tabela do IR"
A equipe econômica do governo e o relator-geral do Orçamento, senador Valdir Raupp (PMDB-RO), fecharam acordo para corrigir a tabela do Imposto de Renda das Pessoas Físicas em 3% no ano que vem e 3% em 2008. Com isso, o limite para isenção subiria dos atuais R$ 1.257,12 para R$ 1.294,84. A revisão da tabela, em 2007, ficará porém abaixo da previsão de inflação para 2006, que é de 3,15%. Por 5 votos a 3, a diretoria do Banco Central baixou os juros em 0,5 ponto para 13,25%.


O Estado de São Paulo:
"Tribunais resistem a corte de salário"
Uma crise interna foi deflagrada no Judiciário ontem, com a ordem do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) a 19 Tribunais de Justiça para que cortem imediatamente os salários que ultrapassam o teto estadual, que é de R$ 22.111. Depois de uma reunião de cerca de uma hora com a presidente do CNJ e do Supremo Tribunal Federal, Ellen Gracie, o presidente do TJ de São Paulo e porta-voz dos presidentes de tribunais, Celso Limongi, informou que a ordem não será cumprida neste mês nem em dezembro e que, provavelmente, será iniciada uma batalha jurídica. "No meu modo de ver, o que temos de fazer é recalcular isso", afirmou Limongi. "Se o Conselho considera determinadas verbas dentro do teto ou se o Conselho tem uma idéia, isso não significa que o Conselho tenha sempre razão", disse. Criado para exercer o controle externo do Judiciário, o CNJ pode sair desmoralizado dessa história se os tribunais descumprirem a ordem. Pelo levantamento do CNJ, existem 2.978 pessoas, entre magistrados e servidores ativos e inativos e pensionistas, que recebem mais do que o teto. O maior salário pago foi encontrado no TJ paulista: R$ 34.814,61.


Jornal do Brasil:
"Imposto de Renda terá correção: 6%"
O ministro da Fazenda Guido Mantega recuou e vai corrigir a tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física. Segundo o relator do Orçamento, senador Valdir Raupp, o índice será de 6%, metade em 2007 e metade em 2008. O limite de isenção passa a R$ 1.294,84 e a renúncia custará ao governo R$ 437 milhões por ano. Desde 2002, a correção total foi de 2,76%.

quarta-feira, novembro 29, 2006

Mais escolas!

A.E.U.U. – A associação que de problema pode virar solução

Tento pela segunda vez o tão sonhado diploma universitário, a primeira vez lá em 1995 na faculdade de Engenharia de Taubaté, e agora na faculdade de Direito de Caraguatatuba. De lá para cá se passaram mais de 10 anos e a problemática do transporte vem se repetindo e aumentando a cada ano.
Pelo pouco que conheço da legislação sei que a obrigatoriedade do executivo é de custear o ensino básico e que o ensino superior fica a cargo dos interessados.
Independentemente disso, tenho certeza que os universitários de Ubatuba são heróis, pois perdem noites de sono, se empenham, abandonam família, reduzem os horários de lazer e investem tudo o que ganham para o tão sonhado canudo, sem contar que muitos nem chegam lá.
Acredito que a maior contribuição que o executivo municipal poderia nos contemplar não seria o pequeno repasse que há tempos causa tanta celeuma, mas sim reverter esta evasão de divisa que tira da nossa economia um notável numerário, pois ganhamos aqui, e gastamos estudando fora.
Claro que não da noite para o dia, todavia pode-se buscar facilitar a instalação de novas universidades na cidade, inclusive poderíamos ter até um curso de Medicina onde a própria instituição de ensino poderia custear um hospital universitário o que nos ajudaria em dobro.
Enfim peço encarecidamente aos nossos governantes que ao invés de quebrarem a cabeça por causa de um pequeno repasse, que com certeza faz falta em outras áreas, que parem de fazer política em cima de uma questão que pode mudar nossa historia, pois todos sabem que só a educação pode mudar uma cidade e um país.


César Prates
Estudante de direito

Sobre o Blog

Comentários

Uma leitora que além de leitora é amiga querida me pergunta por que eu não coloco comentários, como existem nos outros blogs. No início havia, o esquema era interessante, alguns posts tiveram mais de cinqüenta. A maioria deles nada tinha a ver com o texto, eram brigas pessoais que invadiram o espaço dos leitores e muitas vezes esbarraram em áreas perigosas. Quando um comentário publicado no blog “Imprensa Marrom” resultou em condenação preferi não correr o risco. Os blogs de grande audiência como o “Blog do Noblat” ou o “Blog do Reinaldo Azevedo” podem se dar ao luxo de filtrar as opiniões dos leitores. Eles têm equipe e são profissionais que se dedicam exclusivamente ao ato de escrever. Infelizmente eu ainda não atingi esse patamar, preciso dar aulas para pagar as contas e isso torna o tempo escasso. Nas férias vou pensar no assunto. (Sidney Borges)

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 29 / 11 / 2006
  • Impostos atrasados podem ser negociados em plantões na Prefeitura de Ubatuba
  • Prefeitura busca solução para moradores de rua
  • Santa Casa busca parcerias para equipar nova ala
  • Guarda Municipal apreende droga e socorre motorista
  • Manhã de lazer na praça Trópico de Capricórnio
  • Aduba realiza Festival de Prêmios de Natal
  • Natação de Ubatuba recebe troféus do Campeonato Paulista de Maratonas Aquáticas neste sábado
  • Jogos Inter-Secretarias de Ubatuba começam neste domingo
Leia aqui

Manchetes do dia

Quarta-feira, 29 / 11 / 2006

Folha de São Paulo:
"Bancos lideram doações a Lula"
Os bancos foram os principais financiadores da campanha de reeleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com doações que somam R$ 10,5 milhões, segundo a prestação de contas dos candidatos que disputaram o segundo turno da eleição presidencial, enviada à Justiça Eleitoral ontem, último dia do prazo legal.


O Globo:
"Governo quer investir mais reduzindo superávit fiscal"
O governo federal decidiu reduzir o esforço fiscal para aumentar o investimento. O pacote de medidas em estudo prevê a ampliação do Projeto-Piloto de Investimentos (PPI) em até R$ 6,5 bilhões, o equivalente a 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB). O valor será descontado da meta de superávit primário para 2007, o que reduzirá a economia do governo para o pagamento de juros de 4,25% para 3,75% do PIB. A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, informou que o acréscimo de recursos do PPI será destinado, prioritariamente, à logística de transporte e saneamento, pouco atrativos para a iniciativa privada. Segundo fontes do governo, o Ministério da Fazenda abandonou sua resistência à proposta porque a idéia viabilizará investimentos indispensáveis para o crescimento. Além disso, a Fazenda tem estudos indicando que será possível manter a trajetória de queda da divida pública em relação ao PIB, só que em um ritmo mais lento.


O Estado de São Paulo:
"Justiça paga supersalários para 2.978 servidores"
A presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Ellen Gracie, anunciou ontem que 2.978 funcionários da Justiça (1,5%) recebem salários superiores ao teto. Entre eles estão magistrados, pensionistas e servidores da ativa e aposentados; cerca de 200 desembargadores ganham acima do teto, como antecipou o Estado anteontem. Ellen Gracie disse que hoje comunicará aos tribunais aos quais essas pessoas pertencem que os supersalários têm de ser cortados a partir deste mês. É esperada uma grande reação contrária, principalmente nos Tribunais de Justiça, onde estão concentrados os casos irregulares. São Paulo é o Estado com maior número de casos (1.208); é onde está também o maior supersalário divulgado pelo CNJ: R$ 34.814,61 - nos TJs, o teto é de R$ 22.111,25. "Pela primeira vez na história republicana, um Poder realizou um trabalho de absoluta transparência. Que sirva de exemplo para os outros Poderes", disse o conselheiro Alexandre de Moraes.


Correio Braziliense:
"Sanguessuas? Para Senado, só há inocentes"
Três senadores acusados de envolvimento com a máfia dos sanguessugas, a que vendia ambulâncias a preços superfaturados, escaparam de perder o mandato. Apesar do estardalhaço da CPI antes das eleições, o Conselho de Ética concluiu não haver provas que liguem Ney Suassuna (PMDB-PB), Serys Slhessarenko (PT-MT) e Magno Malta (PL-ES) com a quadrilha. Suassuna recebeu a punição mais severa: uma censura verbal! Os outros dois, nem isso. Sem bate-boca e com rapidez acima da habitual, aliados do governo e a oposição se uniram, absolveram os três e determinaram o arquivamento dos processos.

terça-feira, novembro 28, 2006

Assim é ainda que não lhe pareça...

Vida bela

Ligo para um amigo que como eu está na evelhescência e recebo a notícia que outro amigo, também beirando os sessenta, está fazendo quimioterapia. Primeiro começou a emagrecer, depois veio a tosse constante e finalmente o apetite sumiu, nem pizza do Castelões descia. Isso era um sinal de alarme dos mais claros, a mulher entendeu e o levou ao médico. Após algumas consultas decidiram extrair um pulmão. Agora ele está na fase do tratamento químico, com as seqüelas de praxe, enjôos, mal estar e perda de cabelos. Depois virá o tratamento à base de radioatividade e medicamentos. Estes caríssimos, proibitivos até para ricos. Ele não é rico. Escutei calado, não havia o que dizer. Para quebrar o gelo perguntei: como vai o seu irmão? Está bem foi a resposta, mas com problemas financeiros. Levou o carro para licenciar e descobriu que tinha quinhentos reais de multas. Depois de pagar resolveu regular o carburador, o motor estava rateando. O mecânico disse que não havia nada errado com o carburador. A máquina abriu o bico, afinal de contas rodou um milhão de quilômetros. O conserto vai ficar em dois mil e trezentos reais. Somando as multas dá quase três mil. O carro, um Monza 85 vale cinco mil. Fazer o quê? Vai rodar até parar de vez. Depois só restará encarar a realidade, coisa difícil. A indústria que mais cresce no mundo é a do entretenimento, que nos afasta temporariamente das mazelas da vida. Quase eu ia me esquecendo, meu amigo perguntou se eu conheço um dentista razoável e não muito caro. Ele está com um canino mole. Vou parar de escrever e ler até cair de sono. Amanhã de manhã tornarei a pensar no Olimpo e nas artimanhas dos Deuses. Estou lendo a lista telefônica de 1974. Páginas amarelas. É emocionante.

Sidney Borges

Ubatuba em foco

Ubatuba Tênis Clube

Se você é sócio do UBATUBA TÊNIS CLUBE, atenda a CONVOCAÇÃO publicada no Jornal A Cidade, em 18/11/2006 e participe da Assembléia Geral Extraordinária que se realizará no dia 29 de novembro de 2006 (4ª feira), ás 20h00, na sede do clube, na Rodovia Oswaldo Cruz nº 566, para, segundo o que foi publicado, discutir e votar o “DESDOBRO DE ÁREA PARA POSTERIOR VENDA OU LOCAÇÃO”. Ou seja, a atual diretoria do clube propõe que se destaque certa área do terreno do clube, para vender ou alugar.
A sua presença SÓCIO, é muito importante, pois o destino de parte do seu patrimônio será decidido nesta assembléia. Não deixe de comparecer.


Thomas De Carle
Sócio

Melhor não arriscar

Intenção de viajar de avião tem forte queda em novembro

Agência Estado
Rio - A crise no setor aéreo afetou fortemente a expectativa dos consumidores, que estão desistindo de fazer viagens de avião. É o que mostra o resultado da Sondagem das Expectativas do Consumidor divulgado ontem. Dados do levantamento atestam que o porcentual de entrevistados que têm intenção de recorrer a viagens aéreas nas próximas férias ficou em 35,7% em novembro. Esse foi o pior resultado da série histórica da pesquisa, iniciada em 2002.
O cenário era bem diferente em períodos anteriores. O coordenador de Sondagens Conjunturais do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV), Aloisio Campelo, informou que, no mês de outubro, esse porcentual era de 45,2%. "Foi o melhor resultado da série histórica da pesquisa", disse. Em novembro do ano passado, a parcela de entrevistados com intenção de recorrer a vôos era de 40,2%.
"Alguma coisa aconteceu, realmente, e causou grande impacto nas intenções dos consumidores. Não se sai do melhor cenário para o pior cenário de um mês para o outro", disse Campelo. Ele admite que a recente crise do setor aéreo, o acidente com o avião da Gol e as operações-padrão dos controladores de tráfego aéreo influenciaram no resultado da pesquisa. "Certamente, a crise toda do setor, com os atrasos (de vôos), levou a isso", disse.
Esse cenário, porém, ajudou a elevar a intenção daqueles que pretendem sair de férias usando outro tipo de transporte. De outubro para novembro, a parcela dos consumidores que desejam viajar de carro passou de 31,9% para 37,1%. No mesmo período, o porcentual dos que pretendem viajar de ônibus subiu de 9,5% para 10,3%.
O economista admitiu, no entanto, que a situação do setor aéreo também conduziu a uma grande incerteza para o consumidor, com relação ao que fazer em sua viagem de férias. De outubro para novembro, a parcela dos consumidores que disseram não saber qual tipo de transporte utilizaria para viajar cresceu de 12,6% para 17,7%. (Alessandra Saraiva)

Lula disse não

Câmara: PT deve desistir de candidatura

Karla Correia
Brasília.O presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a enquadrar o PT. Ontem, depois de uma reunião com o ministro da Coordenação Política, Tarso Genro, o presidente do PT, Marco Aurélio Garcia, disse que o partido deve desistir de se lançar na disputa pela presidência da Câmara. Embora o próprio Lula tivesse manifestado o seu interesse na manutenção de Aldo Rebelo no cargo, o PT estava disposto a lançar um candidato. A vontade da maioria não sobreviveu aos interesses políticos do governo.
- A eleição para a presidência da Câmara deve corresponder a esta política de coalizão mais ampla que estamos nos propondo a fazer e que o presidente vai implementar - disse Marco Aurélio Garcia, depois da reunião convocada pelo Palácio do Planalto para avaliar os resultados do encontro do diretório nacional da legenda, que aconteceu no fim de semana passado.
Segundo o presidente interino do PT, o partido não está irredutível e se mantém aberto a qualquer solução. Ele insiste no fato de que o partido tem candidato, embora ainda vá decidir se o nome será lançado.

Leia mais

Pensata

“Verbas da Educação”

Corsino Aliste Mezquita
Todos deveríamos conhecer, saber e estar bem informados que, a EDUCAÇÃO, tem verbas especiais a ela destinadas. Verbas orçamentárias vinculadas por determinação constitucional. Conhecendo a vinculação legal todos, absolutamente todos, deveríamos estar exigindo dos poderes constituídos a aplicação correta das verbas destinadas à necessidade prioritária de todo país decente. A EDUCAÇÃO.
A Constituição Federal assim se manifesta:
“A União aplicará, anualmente, nunca menos de 18, e os Estados, o Distrito Federal e os Municípios 25%, no mínimo, da receita resultante de impostos, compreendida a proveniente de transferências, na manutenção e desenvolvimento do ensino”(CF Art. 212).
“Os Municípios atuarão prioritariamente no ensino fundamental e na educação infantil”(CF Art. 211 $ 2°).
A Lei Orgânica do Município de Ubatuba confirma, como dever do nosso Município: “o ensino fundamental e pré-escolar dirigido à criança de zero a seis anos, e a organização de programas destinados à erradicação do analfabetismo”(LOMU Art. 110). A mesma Lei cria outros deveres, na área da EDUCAÇÃO que, o Município, infelizmente, está longe, muito longe, de atender.
O Artigo 70 da Lei 9.394/96 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação) determina como devem ser realizadas as despesas dedicadas à manutenção e desenvolvimento do ensino. São oito incisos claros, determinantes, sem deixar dúvidas.
Não pára por aí. O legislador, conhecedor da cultura brasileira, da pouca importância que é dada à EDUCAÇÃO e do desrespeito a suas verbas determinou, no artigo 71, uma série de gastos que não podem onerar a EDUCAÇÃO, mesmo que com ela tenham algum tipo de relacionamento direto ou indireto. A determinação é categórica e não deixa margem para interpretações casuísticas ou chicanas jurídicas de iluminados.
Artigo 71, “Não constituirão despesas de manutenção e desenvolvimento do ensino aquelas realizadas com”:
I- “pesquisa, quando não vinculada às instituições de ensino, ou, quando efetivada fora dos sistemas de ensino, que não vise, precipuamente, ao aprimoramento de sua qualidade ou à sua expansão”;
II- “subvenção a instituições públicas, ou privadas de caráter assistencial, desportivo ou cultural”;
III-“formação de quadros especiais para a administração pública, sejam militares ou civis, inclusive diplomáticos”;
IV- “programas suplementares de alimentação, assistência médico-odontológica, farmacêutica e psicológica, e outras formas de assistência social”;
V- “obras de infra-estrutura, ainda que realizadas para beneficiar direta ou indiretamente a rede escolar”;
VI- “pessoal docente e demais trabalhadores da educação, quando em desvio de função ou em atividade alheia a manutenção e desenvolvimento do ensino”.(Lei n° 9.394/96).
Lendo esses artigos, seus incisos e as orientações emanadas do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, não podem caber dúvidas, a ninguém que seja alfabetizado, sobre a ilegalidade, imoralidade, e o verdadeiro furto, dos recursos da EDUCAÇÃO, quando seus veículos são desviados das funções próprias das SECRETARIAS MANICIPAIS DE EDUCAÇÃO, para o transporte do esporte competitivo, uso de outras secretarias e fundações, apoiar peregrinações, congressos de igrejas, transportar academias de outros municípios para se confraternizarem, levar parentes de presos para visitá-los nos presídios, transportar amigos e parentes para a realização de concursos ou em viagens de recreio, etc...etc...etc... Com essas práticas abusivas, alguns municípios, gastam mais recursos, da verba da EDUCAÇÃO, que com o transporte escolar.
As práticas vedadas, nos incisos, do Art. 71, são comuns em alguns municípios. Somadas à incompetência administrativa e a outros desvios, são prenúncio de sérios problemas futuros.
Essas práticas, quando implantadas nos municípios e não coibidas por quem de direito, levam, a EDUCAÇÃO, ao estado falimentar e explicam:
a falta de recursos necessários, nas creches e escolas, para ministrar educação de qualidade;
os baixos índices apresentados pela EDUCAÇÃO BRASILEIRA, denunciados pela UNESCO, nos estudos comparativos com outros países;
redução das matrículas, no ensino fundamental e médio. Fato já registrado, nos dois últimos anos, em nível nacional;
vergonhoso atendimento, inferior a 10% da demanda, em creches públicas;
aumento significativo de crianças e jovens em situação de rua. Etc.
Nos municípios cabe, às Câmaras Municipais e, a cada um dos vereadores, fiscalizar a execução do orçamento. De modo especial os orçamentos da EDUCAÇÃO e da Saúde.
Havendo denúncia de abusos, é seu dever de apura-los. Estando os abusos a mostra dos olhos e ouvidos de todos os cidadãos, puni-los de acordo com a lei. São intoleráveis, para a CIDADANIA e para a DEMOCRACIA, evasivas e comportamentos de avestruz. O respeito à LEI e às instituições é a única garantia de paz e progresso. Desviando as verbas da EDUCAÇÃO nunca se conseguirão esses objetivos.
É também intolerável perseguir quem tem a coragem de denunciar e apresentar os documentos dos delitos. Observa-se, em nossa sociedade, o discurso “DELENDA” de Marco Pórcio Catão e a execução levada, às últimas conseqüências, por Escipião, o Africano.
O “delenda Cartago”, do Império Romano, agora está sendo formulado como: Delenda imprensa, delenda ética, delenda verdade, delenda oposição, delenda bom senso...

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 28 / 11 / 2006
  • Fundart entrega certificados aos mestres-artesãos de Ubatuba
  • Ação Cidadania integra Polícia Militar e comunidade em Ubatuba
  • Fundo Social de Ubatuba entrega alimentos arrecadados no “Futebol dos Artistas”
  • Prefeitura de Ubatuba reúne-se com associações de bairro da Região Sul
  • Ubatuba escolhe Miss Melhor Idade
  • Atletas de Cruzeiro dominam “38ª Prova Pedestre Cidade de Ubatuba”
  • Ubatuba é tricampeã paulista no Hang Loose Surf Attack
Leia aqui

Manchetes do dia

Terça-feira, 28 / 11 / 2006

Folha de São Paulo:
"Publicidade oficial ajuda a bancar TV de filho de Lula"
A Gamecorp, da qual é sócio Fábio Luiz Lula da Silva, 31, filho do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, compartilha com o Grupo Bandeirantes de Comunicação o faturamento líquido obtido com verbas do governo federal em anúncios veiculados pela Play TV (ex-Rede 21), inclusive os de interesse da Presidência da República.


O Globo:
"Prédios do Judiciário têm mais verba que presídios"
O projeto de Orçamento para 2007 destina R$ 260,3 milhões para obras de reforma, ampliação e construção de novas sedes de tribunais do Poder Judiciário, 31% a mais que os R$ 199 milhões previstos para a modernização do sistema penitenciário nacional. Só a Justiça Eleitoral deverá consumir mais de R$ 100 milhões com obras. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que já tem sede própria, ganhará outro prédio em área nobre de Brasília. Ontem, depois de críticas do governo, o presidente da Câmara, Aldo Rebelo (PCdoB-SP), tirou da pauta de votações quatro projetos que criam novos cargos no Judiciário e aumentam os salários de ministros de tribunais superiores, desembargadores e juízes.


O Estado de São Paulo:
"Economia do setor público chega a R$ 90,99 bilhões"
As contas do setor público (governo federal, Estados, municípios e estatais) apresentaram em outubro superávit primário - economia para garantir o pagamento de parte da dívida de R$ 10,47 bilhões. O resultado, o melhor para o mês desde 1991, foi 22,4% maior do que o verificado no mesmo período de 2005. De janeiro a outubro, o setor público já economizou R$ 90,99 bilhões, o equivalente a 5,32% do Produto Interno Bruto (PIB). O valor ficou bem acima dos 4,25% do PIB fixados como meta para o ano. Tomando por base os 12 meses encerrados em outubro, no entanto, a situação é mais apertada: o saldo é de R$ 89,44 bilhões, ou 4,34% do PIB, pouco acima da meta. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, classificou o resultado das contas de outubro como "satisfatório". Para o chefe do Departamento Econômico (Depec) do Banco Central, Altamir Lopes, não há risco de descumprimento do objetivo fiscal este ano, apesar do aumento de despesas nos dois últimos meses, com 13° salário do funcionalismo e benefícios da Previdência.


Jornal do Brasil:
"Onde está a polícia?"
Seqüestro relâmpago de executivos no Leblon, ônibus incendiado em Ramos e assaltos a turistas são novos capítulos do surto de violência no Rio. O reforço de segurança virá só no próximo mês, promete o comandante da Polícia Militar. Não informa, no entanto, quantos agentes serão deslocados para o policiamento entre 18h e meia-noite no período pré-natalino.

segunda-feira, novembro 27, 2006

Personalidades



Conversando, conversando...

Na foto vemos Sergio Caribé trocando figurinhas com o advogado Flávio Médici Ribeiro, no Café Anchieta. Aliás, trocar figurinhas é o que Caribé mais tem feito ultimamente. Dia desses foi visto almoçando em São Paulo com o deputado eleito Gil Arantes. Sobre o que falaram eu não sei, mas desconfio que teve alguma coisa a ver com as eleições de 2008. (Sidney Borges)

Governo

Cem dias

O Estadão de ontem trouxe uma matéria sobre o plano de cem dias de José Serra. Notem bem, ainda estamos em novembro. A equipe de governo que vai iniciar os trabalhos em janeiro está montada e trabalhando diariamente. Quem já esteve lá sabe que os primeiros três meses são da maior importância. Serra é um administrador sério, trabalha com afinco para conseguir resultados. Na prefeitura tornou-se uma unanimidade, o que garantiu a eleição tranqüila para o governo do Estado, ainda no primeiro turno. Com planejamento, trabalho e assessores de qualidade, não há como dar errado. (Sidney Borges)

Ai Jesus!

Motorista erra e entra em túnel de metrô em Portugal

Cidade do Porto - Um motorista português fez uma conversão errada, entrou num túnel do metrô da Cidade do Porto, a segunda maior cidade de Portugal, e dirigiu por centenas de metros antes de perceber que havia algo errado, informaram autoridades locais hoje. O motorista, que estava sozinho em seu veículo e tem pouco mais de 50 anos, entrou numa rampa de uso exclusivo dos serviços de emergência hoje de manhã e andou por 500 metros sobre os trilhos antes de parar seu carro.
Os operadores do metrô da Cidade do Porto foram obrigados a paralisar o serviço para que o carro fosse retirado dos trilhos, informou a empresa que explora o serviço. O motorista não se feriu. O incidente está sendo investigado. O metrô da Cidade do Porto transporta cerca de 34 milhões de pessoas por ano. (AE/AP) (Fonte: Agência Estado)

Polícia Federal

Na pindaíba

Da coluna Painel na Folha de S. Paulo, hoje:
"Apontada por Lula, na campanha eleitoral, como o FBI brasileiro, a Polícia Federal deflagrou 151 operações desde janeiro, mas chega ao final do ano com todo o orçamento gasto e dívidas de R$ 25 milhões.
A Academia Nacional de Polícia, que forma novos policiais, acumula R$ 8 milhões em salários atrasados. Por falta de pagamento, 17 das 27 superintendências estaduais da PF estão com as atividades limitadas, pois os convênios de passagens aéreas foram suspensos. Prevê-se que até dezembro a dívida total da corporação chegue a R$ 60 milhões. O valor corresponde a um pedido de crédito extraordinário que se encontra parado no Congresso. O governo pretende editar medida provisória para contornar a situação." (Fonte: Noblat)

Notícias da Associação Comercial

Curso do Sebrae em parceria com a Aciu

Oficina de Higiene na Manipulação de Alimentos

Conteúdo Programático:


Importância social do serviço de alimentação;
Conceitos básicos de microbiologia;
Higiene pessoal, asseio e segurança no trabalho;
Veiculação de doenças por alimentos;
Características dos alimentos próprios para consumo;
Principais métodos de conservação dos alimentos;
Prática correta de manipulação dos alimentos.

Público alvo: Donos de negócios formais e informais, futuros empreendedores que estão abrindo um pequeno negócio, profissionais liberais, membros de cooperativas e pessoas que aspiram ter seu próprio negócio.

Pré-requisito: Idade a partir de 18 anos, portadores de documentação (CIC e RG).

Valor: R$ 10,00
Dias: 11 a 14 de dezembro
Horário: 08h00 às 12h00 / 18h30 às 22h30
Carga Horária: 16 horas
Local: Associação Comercial de Ubatuba
30 Vagas (Não serão aceitas inscrições sem o CPF)
Fonte: Clelia Maria dos Santos - Cursos e Palestras Aciu

Ubatuba em foco

Resgate com velhos nomes e velhas práticas

Vivemos em uma época tida como democrática.Tenho minhas dúvidas. Se compararmos com outros tempos, em que pensar e externar o pensamento eram crime, sim vivemos uma democracia. No entanto, em vários aspectos, nossa democracia é apenas um coronelismo moderno ou mascarado. Sim, pois, pois. As imposições são veladas, mas as práticas do dia-a-dia não escondem a cultura do mandatário. Quando conseguiremos mudar essa cultura? QUEREMOS MUDAR ALGO? Qual a versão da vida que escolhemos? Sempre acreditei, desde meus tempos de Movimento estudantil, que antes da revolução deve haver a evolução. Será que para evoluir temos que retroceder? Qual o sentido do tal resgate? Em 2004 Ubatuba foi às urnas e votou na renovação. Qual? Como? E de que jeito? Elegendo nosso velho e conhecido Eduardo César, para Prefeito? Quem é o Eduardo César? É público que este nosso velho conhecido da política municipal, responde na justiça por ato de corrupção desde a época em que era vereador. Agora, exercendo o mandato de prefeito, terá foro privilegiado para responder aos processos nos quais é réu?
Agora vem aos poucos, trazendo para a vida política do município alguns ex-parlamentares acusados de práticas irregulares para assumir cargos de sua extrema confiança. Então questiono novamente: estamos resgatando com velhos nomes e velhas práticas.
Acorda Ubatuba!!! Abre os olhos meu povo, pois já cantava o Raul Seixas: quem não tem colírio, usa óculos escuro, Quem não tem filé come pão e osso duro, Quem não tem visão bate a cara contra o muro.

Jairo dos Santos – PT
Vereador

Notícias da Unitau

Comitê das Bacias do Paraíba do Sul é destaque na TV Cultura

O trabalho do Comitê das Bacias Hidrográficas do Rio Paraíba do Sul (CBH-PS) foi tema do programa “Pátria das Águas” da TV Cultura. O documentário foi exibido neste domingo (26/11), às 20h30. O CBH-PS é um órgão formado por representantes da sociedade civil, de entidades privadas e do setor público que desde 25 de novembro de 1994, atua na conservação e manutenção das águas e do meio ambiente na área da bacia do Paraíba.
De acordo com Carolina Barboza, da L2 Produções, o programa destaca os procedimentos adotados por grandes industrias do Vale do Paraíba no combate a poluição das águas e de reflorestamento da mata ciliar, entre elas a Basf de Guaratinguetá.
Outros destaques serão as apresentações de trabalhos na área de educação ambiental, como o projeto “Semente do Amanhã” e as ações do professor Lázaro Tadeu Ferreira, com o personagem “Zé do Paraíba”.
O documentário mostra também o projeto de educação ambiental “Maquete Ambiental do Vale do Paraíba” da Ong Vale Verde e o de revitalização de nascentes em São José dos Campos. A TV Cultura reapresentará o programa na quarta-feira, dia 29, às 13 h.
Fonte: ACI Unitau

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 27 / 11 / 2006
  • Regional Norte realiza melhorias em estradas
  • Prefeitura de Ubatuba participa de uma das maiores feiras de turismo da América Latina
Leia aqui

Manchetes do dia

Segunda-feira, 27 / 11 / 2006

Folha de São Paulo:
"PT contraria Lula e quer lançar nome à Câmara"
Presidente defende permanência de Aldo Rebelo e diz que ele "está dando certo". O favorito para ser indicado é o atual líder do governo na Câmara, Arlindo Chinaglia. Corre por fora o ex-líder da bancada Walter Pinheiro.


O Globo:
"Lula terá encontro com Aécio e Serra"
Depois de se reunir com os governadores aliados e conseguir do PT apoio ao governo de coalizão, o presidente Lula se reunirá em dezembro com os governadores tucanos José Serra, eleito em São Paulo, e Aécio Neves, reeleito em Minas. O ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro, disse que o objetivo é ampliar o diálogo com a oposição. Esta semana Lula reforça entendimentos por um governo de coalizão e se reúne com membros de PV e PDT. O PT aprovou o governo de coalizão e marcou para julho de 2007 seu congresso, que discutirá a redução do mandato do presidente licenciado do partido, Ricardo Berzoini, afastado por suspeita de envolvimento no episódio do dossiê contra tucanos.


O Estado de São Paulo:
"Lista inédita do CNJ revela super-salários na Justiça"
O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) deve divulgar amanhã levantamento sobre o salário recebido por juízes de todos os tribunais do país. É uma informação nunca revelada antes. Análises preliminares indicam que cerca de 200 desembargadores estaduais - 20% do total - deverão estar na lista dos que ganham mais do que o teto de R$ 24,5 mil do funcionalismo público. O CNJ deverá comunicar aos tribunais que é preciso adequar os vencimentos, mas a maior parte deles já alegou que os pagamentos são feitos de acordo com as regras. Dados do governo federal obtidos pelo "Estado" mostram ainda que existem 129 servidores do Executivo ganhando acima dos R$ 24,5 mil. O mais alto salário pago pela União é de um professor universitário aposentado do Ceará, que em abril recebeu R$ 38.275,44.


Jornal do Brasil:
"Redução da maioridade penal tem o apoio de juízes"
Pesquisa feita junto a 3 mil juízes pela Associação dos Magistrados Brasileiros mostra que 61% dos entrevistados são favoráveis à redução da maioridade penal. Acham que a medida reduziria a impunidade em crimes cometidos por menores, como o assassinato de Ana Cristina Johannpeter.

domingo, novembro 26, 2006

Palpites ilustres

Lula pede ajuda a Mangabeira Unger

Deu na Folha de S. Paulo de hoje a seguinte notícia:


"O presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem ouvido Roberto Mangabeira Unger na montagem de seu novo plano econômico. A Folha apurou que ele foi incumbido, ao lado de outros economistas, de tentar resolver uma complicada equação: baixar os juros e ampliar o crédito sem estímulo à demanda interna e, portanto, mantendo o controle da inflação. E tudo de forma a não desequilibrar as contas públicas."

Mangabeira Unger é aquele cidadão que foi morar nos Estados Unidos e esqueceu o português, ou melhor, adquiriu sotaque. Fala igual gringo que chegou ontem. Lula quer saber se ele faz mágicas. É disso que Lula precisa. De um mágico. Economistas ele conhece bem e sabe que não funcionam. Como seria bom ter os serviços de Mandrake. Com o adicional da presença de Lotar para calar aloprados. Só um mágico para baixar os juros, manter a inflação sob controle, promover o desenvolvimento e manter as contas públicas equilibradas. Além disso, o ilusionista ajudaria a aplacar a ira dos “companheiros”. Eles vão chupar o dedo enquanto o PMDB come o bolo. Esse Lula é danado de esperto...
(Sidney Borges)

Berzoini na mira da PF

Para PF, Berzoini ordenou a petistas compra de dossiê

KENNEDY ALENCAR da Folha de S.Paulo, em Brasília
Após dois meses de investigação, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal firmaram a convicção de que a decisão de compra do dossiê contra tucanos partiu de Ricardo Berzoini, então presidente do PT e coordenador-geral da campanha à reeleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
O delegado Diógenes Curado, responsável pelo inquérito do dossiegate, apresentará novo relatório parcial sobre as apurações nesta semana. O documento não responsabilizará nem envolverá diretamente Lula. A investigação continua a sustentar que o presidente não teve conhecimento da negociação do PT com o chefe da máfia dos sanguessugas, Luiz Antonio Vedoin, da decisão de compra do dossiê ou da coleta do R$ 1,7 milhão usado na operação.
Não se sabe se estarão relatadas outras evidências obtidas pelos investigadores. Elas dão conta de que o deputado federal Carlos Abicalil (MT) foi o primeiro petista a informar Berzoini da disposição de Vedoin de negociar acusações contra o ex-ministro da Saúde José Serra, hoje governador eleito de São Paulo pelo PSDB.
Abicalil contou ao então presidente do PT que o governador Blairo Maggi (PPS-MT), à época candidato à reeleição, tinha conseguido resultados em sua campanha ao se valer da mesma estratégia - pagar os Vedoin para que fizessem uma denúncia à imprensa contra seu adversário nas eleições, Antero Paes de Barros (PSDB), e a confirmassem judicialmente.
Procurado pela Folha, Maggi destacou o secretário de Comunicação Social de Mato Grosso, José Carlos Dias, para falar em seu nome. Dias negou que o governador tenha negociado com os Vedoin e afirmou que tal versão foi divulgada pelo tucano como tentativa de defesa.
A responsabilização de Berzoini derrubaria de vez os argumentos de que a manobra do dossiegate foi concebida e levada a cabo por "aloprados" à margem ou à revelia do comando nacional da campanha petista. Mas não deverá criar constrangimentos de ordem legal à reeleição de Lula.O delegado Curado pedirá extensão de prazo para detalhar suas conclusões e averiguar as ramificações - o mesmo cenário com que trabalha o procurador Mario Lúcio Avelar, encarregado de investigar o escândalo dos sanguessugas.
As conclusões da PF e do Ministério Público Federal colidem com a movimentação nos bastidores de Berzoini para a sua recondução ao comando nacional do PT. Deputado federal reeleito, ele vinha declarando que o inquérito seria inconclusivo - e que ele, portanto, poderia retornar ao cargo.
Berzoini foi forçado a se licenciar da presidência do partido no segundo turno para evitar mais prejuízos à campanha de Lula. Foi também afastado da condução da campanha.Há um mês, o primeiro relatório do delegado Curado apontava Jorge Lorenzetti, ex-analista de risco e mídia da campanha de Lula, como a pessoa que articulara "em âmbito nacional a compra do dossiê". O mesmo documento restringia geograficamente as ambições da estratégia. Dizia que "o dossiê visava alterar o rumo das pesquisas do eleitorado paulista, fazendo uma relação do então candidato Serra com a máfia dos sanguessugas".
Agora, a PF e o Ministério Público concluíram que a negociação do dossiê foi uma decisão da campanha nacional para minar o PSDB como um todo - como subproduto, também seria útil ao então candidato do PT ao governo de São Paulo, Aloizio Mercadante.
Leia mais

Manchetes do dia

Domingo, 26 / 11 / 2006

Folha de São Paulo:
"Para PF, Berzoini mandou comprar dossiê"
Após dois meses de investigação, a Polícia Federal e o Ministério Público concluíram que a decisão de compra do dossiê contra tucanos partiu de Ricardo Berzoini, então presidente do PT e coordenador-geral da campanha à reeleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O relatório parcial sobre as investigações não responsabilizará Lula e sustenta que o presidente desconhecia a negociação com o chefe da máfia dos sanguessugas, Luiz Antonio Vedoin.
O delegado Diógenes Curado, responsável pelo inquérito do dossiegate, apresentará novo documento parcial sobre as apurações no início da semana. O delegado vai pedir, outra vez, extensão de prazo para detalhar suas conclusões e averiguar ramificações do caso.
As apurações complicam a movimentação nos bastidores de Berzoini para a sua recondução ao comando nacional do PT. Deputado federal reeleito, ele vinha declarando que o inquérito seria inconclusivo. Berzoini voltou a negar participação no dossiegate.


O Globo:
"Ministério tem 12 servidores para fiscalizar 4 mil ONGs"
O Ministério da Justiça dispõe de apenas 12 funcionários para fiscalizar as prestações de contas anuais de mais de quatro mil ONGs. Os demais ministérios, obrigados por leis a fiscalizar o repasse de recursos públicos, não têm equipes específicas para descobrir problemas nas Oscips (organizações da sociedade civil de interesse público) com as quais mantêm contratos, informa Jailton de Carvalho. A Controladoria Geral da União e até o Tribunal de Contas da União vasculham esses relatórios esporadicamente. Não há dado preciso sobre os repasses a ONGs, mas o TCU estima que cheguem a R$ 8 bilhões anuais.


O Estado de São Paulo:
"Empresários se mobilizam por reforma da Previdência"
Um novo modelo para a Previdência social será proposto nos próximos dias ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, aos governadores eleitos e a representantes do Legislativo e do Judiciário. Essa nova previdência, informa Suely Caldas, tem o apoio de 90 entidades empresariais e de trabalhadores, entre elas as centrais sindicais Força Sindical e CGT. Só seria válida para quem ingressar no mercado de trabalho após sua promulgação, garantindo os direitos dos aposentados e dos trabalhadores do sistema atual. Entre as mudanças está a unificação de regras para funcionários públicos e privados, com manutenção do fator previdenciário. O reajuste das aposentadorias seria desvinculado do salário mínimo e acompanharia um índice específico. "É mais fácil passar no Congresso uma reforma válida só para os novos trabalhadores, mas os resultados positivos demoram", diz o coordenador do grupo que produziu a proposta, Thomas Tosta de Sá, ex-presidente da Comissão de Valores Mobiliários. Ele calcula que essa reforma reduziria até as taxas de juros.


Jornal do Brasil:
"A lei que protege jovens assassinos"
Adotado para proteger menores de idade escravizados no trabalho e submetidos à exploração sexual, o que em parte conseguiu, o Estatuto da Criança e do Adolescente criou um efeito colateral: protege bandidos e assassinos que, apenas porque têm alguns meses menos que 18 anos, roubam, agridem e matam com a certeza da impunidade assegurada por lei. Hoje, no Rio, 40% dos traficantes são menores.
 
Free counter and web stats