sábado, outubro 07, 2006

Acidente aéreo

Aeronáutica responsabiliza comandante do Legacy

Segundo o ministério, o transponder do jato foi desligado propositalmente pelo piloto Joseph Lepore, o que o tornou invisível para o Boeing da Gol

SÃO PAULO - A Aeronáutica está convencida de que o piloto do jato Legacy, Joseph Lepore, foi o responsável pelo maior acidente da história brasileira, o choque no ar com o Boeing da Gol, que matou 154 pessoas. Acredita também que tudo foi provocado porque, embora o jato dispusesse de um sofisticado sistema anticolisão, o transponder que permitiria seu funcionamento estava inoperante. E mais: que Lepore, por razões não explicadas, deixou de responder aos sete chamados feitos pelos controladores de vôo para o avião da Embraer - cinco do Cindacta de Brasília e dois do Cindacta de Manaus - a fim de saber se ele voava na altitude estabelecida pelo plano de vôo, assinado pelo próprio piloto.

Leia mais

Convite à população

Audiência Pública para tratar da questão do som na cidade

O vereador Jairo dos Santos, PT, convida a população da cidade para participar de Audiência Pública que vai discutir, no dia 09 de outubro, às 19 horas, na Câmara Municipal de Ubatuba, o Projeto de Lei que estabelece diretrizes, critérios e normas para a emissão de ruídos urbanos e proteção do bem estar e sossego público. O objetivo do Projeto é contemplar os músicos e os comerciantes de Ubatuba, consequentemente, gerar empregos e proporcionar uma temporada atrativa para um número maior de turistas. Jairo considera de grande importância a presença de todos porque, para ele, todos as questões devem ser resolvidas com a participação popular.

Fonte: Assessoria Jairo dos Santos

Acontece em Ubatuba

Ipiranguinha em festa

A comunidade católica do bairro do Ipiranguinha, estará realizando nos dias 12, 13,14 e 15 de outubro de 2006, a V Festa de Nossa Senhora Aparecida.
O evento acontecerá na Praça Madre Sofia, sempre a partir das 19:00 horas. As atrações serão, shows musicais, procissão de carros e motos, eventos religiosos, barracas típicas e um bingão no encerramento.

Os festeiros Serjão, Felipa e Adilson Lopes estão pedindo a colaboração de todos, principalmente dos comerciantes do bairro e da região, para que possam realizar o evento. “Para se realizar uma festa tradicional e da magnitude desta, gasta - se muito dinheiro, por isto estamos solicitando a ajuda de todos, para que mais um ano a festa se realize com muito brilho”, disse o festeiro Adilson Lopes.
O bairro do Ipiranguinha é o mais populoso de Ubatuba, fica a 5 Km do centro e é tradicional na realização de festas populares, como Festa do Trabalhador e Festa de Nossa Senhora de Fátima. Além de contar com um ponto turístico muito freqüentado na alta temporada que é a Cachoeira da Cascata.

Atrações da Festa

Dia 12
À tarde - Procissão de carros e motos

À Noite - Banda “Filhos D’Jah” e “Banda Ápice Local”
Dia 13
“Almir Neto e Banda” e Grupo de Rap “Vida Cruel”
Dia 14
“Banda Blecaute”
Dia 15
A partir das 17:00 horas: Bingão


Prêmios

1º Prêmio: Computador
2º Prêmio: DVD
3º Prêmio: Bicicleta
4º Prêmio: Bicicleta
5º Prêmio: Bicicleta
Várias Rodadas extras

Cartelas à venda no Escritório Paroquial.
Informações pelo fone (12) 3833 5044
Fonte: Adilson Lopes
sabi.ipiranguinha@hotmail.com

IBGE



Comissão Censitária Municipal

Formado neste último dia 08, a Comissão Censitária Municipal - CCM, que conta com a participação de vários membros de instituições públicas e sociedade civil. A Comissão tem por função colaborar e acompanhar os trabalhos do Censo Agropecuário e Contagem da População que será realizada pelo IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística em 2007. São membros da Comissão:

Robson das Chagas - Associação Cultural do Perequê-Açu,
Ezequiel dos Santos - Câmara Municipal,
Racine Cardoso de Lima Jr. - Aciu,
Mauricio Reimberg de Andrade - Sociedade Amigos do Bairro do Araribá,
Antonio Marchiori - Cati,
Élvio de Oliveira Damásio – Secretaria Municipal de Agricultura,
Mirza Zanom C. Silva – Secretaria Municipal de Saúde,
José Marques Mendes – Secretaria Municipal de Arquitetura e Planejamento Urbano,
Marcos André – Câmara Municipal,
Valdemar da Cruz Rodrigues, Elias Correa Santana e Sônia Regina Silva Calleti - Agentes do IBGE.

Nesta primeira reunião foram apresentadas as metodologias de trabalho do Instituto, formas gerais das ações, bem como material que serão utilizados, foi apresentado ainda um vídeo institucional sobre o assunto.
O IBGE informa que estão abertas as inscrições de processo seletivo para preenchimentos de cargos temporários em todo o país. São 86.469 em todo o Brasil.
As vagas serão distribuídas da seguinte forma: 525 vagas para auxiliar censitário administrativo, 5.409 vagas para agente censitário municipal, 12.394 para agente censitário supervisor, vagas para quem possui o ensino médio concluído. Os salários variam entre 600,00 a 800,00 Reais, conforme os cargos. O período de inscrições para o concurso é do dia 18 a 27 de outubro em postos de Agências credenciadas dos Correios ou pela Fundação Cesgranrio no site
www.cesgranrio.org.br. Para portadores de necessidades especiais estão reservadas 5% do total de vagas.

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 07 / 10 / 2006

Caiçarada prossegue neste fim de semana
Natação de Ubatuba segue na luta pelo título do Paulista de Águas Abertas
Programação da Fundart festeja aniversário da cidade

Leia mais

Manchetes do dia

Sábado, 07 / 10 / 2006

Folha de São Paulo:
"Lula sai na frente no segundo turno"
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) saiu na frente com vantagem de sete pontos percentuais sobre seu adversário, Geraldo Alckmin (PSDB), no segundo turno da eleição presidencial. Segundo nova pesquisa Datafolha, Lula tem 50% das intenções de voto e Alckmin, 43%, considerando o total de votos (inclui indecisos e os que devem votar em branco ou anular). A pesquisa captou 3% que planejam votar em branco ou anular e 4% de indecisos. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.


O Globo:
"Lula sai na frente de Alckmin; Cabral se distancia de Frossard"
A primeira pesquisa após o primeiro turno mostra que o presidente Lula, candidato à reeleição pelo PT, larga na frente, com vantagem de sete pontos sobre seu adversário no segundo turno, Geraldo Alckmin, do PSDB. Segundo a pesquisa Datafolha divulgada pela TV Globo. Lula teria 50% dos votos, contra 43% de Alckmin. Votos nulos e em branco e eleitores indecisos somam 7%. Considerando-se apenas os votos válidos (sem nulos, em branco e indecisos), o petista tem 54% contra 46% do tucano. No primeiro turno, Lula obteve 48,61% dos votos e Alckmin, 41,64%. A diferença entre os dois, portanto, continua praticamente igual.
Os eleitores de Heloisa Helena migram na maioria para Alckmin, e os de Cristovam Buarque, dividem-se igualmente entre os dois. No Rio, o instituto mostra que Sérgio Cabral (PMDB) tem uma vantagem ainda maior sobre Denise Frossard (PPS). O peemedebista aparece com 53% das intenções de voto contra 34% de Frossard. Nos votos válidos, Cabral vence por 61% a 39%.


O Estado de São Paulo:
"Pesquisa: Lula, 54%; Alckmin, 46%"
A diferença entre os candidatos Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Geraldo Alckmin (PSDB) ficou estabilizada nos cinco dias seguintes à eleição, em que os dois se dedicaram basicamente a procurar o apoio de partidos e lideranças: Lula tem 54% dos votos válidos no segundo turno e Alckmin, 46%, segundo pesquisa Datafolha divulgada ontem pela TV Globo. No total de votos, incluindo brancos e nulos, Lula tem 50% das preferências e Alckmin, 43%. Há 4% de eleitores indecisos e 3% que declararam voto em branco ou nulo.
Na última pesquisa Datafolha antes das eleições, divulgada no dia 30 de setembro, Lula tinha 49% das intenções de voto e Alckmin, 44%. As oscilações de um e outro estão dentro da margem de erro da pesquisa, que é de 2 pontos para cima e para baixo. Lula fechou o primeiro turno com 48,61% dos votos válidos e Alckmin, com 41,64%. A pesquisa Datafolha mostrou também um crescimento expressivo da avaliação do governo Lula: o "ótimo/bom", que era de 45% na última pesquisa, pulou agora para 52%, sob estímulo da propaganda eleitoral gratuita.


Jornal do Brasil:
"Fantasma do dossiê derruba Berzoini"
Depois de afastado do comando da campanha de Lula, o deputado Ricardo Berzoini perdeu a presidência do PT, como antecipou o "JB" na edição de ontem. Conselheiros do candidato à reeleição acreditam que o castigo ao dirigente petista permitirá ao Planalto distanciar-se do fantasma do dossiê forjado. O presidente do PFL, Jorge Bornhausen, quer punir a senadora Roseana Sarney. Alega que o apoio da candidata ao governo do Maranhão a Lula fere a lei eleitoral.

sexta-feira, outubro 06, 2006

Editorial

"Cidadão Ubatubense"

Ubatuba viveu momentos tensos nesta semana. Depois de uma verdadeira batalha o Prefeito foi agraciado com o título de Cidadão Ubatubense. Não sei as razões que levaram o Dr. Ricardo a mudar de idéia, quando tiver oportunidade perguntarei, mas ele que havia votado “rejeito” mudou o voto para “aprovo”. Mudar de idéia faz parte da vida, quem não muda cristaliza no tempo e pode ser taxado de anacrônico. Eu penso que o título deveria ter sido concedido anteriormente. O protesto da bancada oposicionista ficou registrado nos três votos contrários – mantidos na segunda votação – fato inédito em Ubatuba. Além do mais, não estamos em situação de criar factóides políticos. Há problemas urgentes a serem discutidos. O andamento das obras, por exemplo. Por falar em obras, o Condephat mudou seis conselheiros. Já o Patrimônio da União não mudou ninguém. Será que mudarão de idéia em relação à cobertura da feira hippie? Só o tempo dirá. Não percam, a partir da próxima semana o Ubatuba Víbora estará nas telas da TV Iperoig. A partir de sexta-feira, dia 13, às 21:30h, sua televisão verterá gotas de fino veneno, além de muita cultura e variedades.


Sidney Borges

Pensata

A rota que está ausente

Clóvis Rossi na Folha de S.Paulo
"O presidente Lula insinua que quer tirar o foco do debate da lama que salpicou seu governo e seu partido para as comparações de desempenho com seu antecessor. É justo que queira, do ponto de vista eleitoral, mas é insuficiente, como deixou claro Plínio de Arruda Sampaio, petista até o ano passado e candidato do PSOL ao governo paulista neste ano.
No debate promovido pela Rede Globo, quando surgiu o tema "emprego", Plínio corretamente lembrou que soltar números isolados de criação de emprego num e noutro governo é equivocado. O certo é comparar o que foi feito com o que é necessário fazer.
E aí perdem fragorosamente tanto Lula como FHC. É esse, de alguma maneira, o enfoque de João Paulo de Almeida Magalhães, presidente do Conselho Regional de Economia do Rio de Janeiro, no excelente fascículo "Uma estratégia de desenvolvimento para o Brasil".
Seria leviano se tentasse resumir aqui um trabalho que tem começo, meio e fim e no qual o meio pode ser tão importante quanto o fim. Mas me atrevo a puxar o que me pareceu o mote principal: "A economia brasileira só irá bem quando voltar a crescer 7% ao ano".
Esse é o parâmetro correto de comparação se somado ao desempenho brasileiro em relação ao resto do mundo. Pois bem, "entre 1996 e 2005, enquanto o PIB brasileiro expandiu-se 22,4%, a economia mundial cresceu 45,6%", diz documento da Confederação Nacional da Indústria (o período citado cobre os dois governos).
Como fazer o necessário (crescer 7% ao ano) é algo que esteve ausente da campanha eleitoral. É algo também que não está ao alcance de Lula e de Alckmin isoladamente. O ponto fundamental no debate (fora a lama, que também é essencial discutir) é saber quem pode liderar uma ampla coalizão capaz de pôr o país na rota dos 7%."

Justiça

D O E - Edição de 06/10/2006
Arquivo: 2545 Publicação: 7

Cível UBATUBA 1ª Vara Cível

178/96- AÇÃO POPULAR - Roberto Francine Junior x Prefeitura Municipal de Ubatuba e da Câmara Municipal da Comarca de Ubatuba e outros. - sentença fls. 824/831 -“...Ante o exposto, julgo parcialmente procedente a presente ação ajuizada por ROBERTO FRANCINE JUNIOR em face de PREFEITURA MUNICIPAL DE UBATUBA, DA CÂMARA LEGISLATIVA MUNICIPAL DA COMARCA E DE DILEI DE BRITO NASCIMENTO, AGAMENOM BATISTA DE OLIVEIRA, AMARILDO DE OLIVEIRA, ANDRÉ LUIZ DOS SANTOS, DJALMA DE SOUZA, EDUARDO DE SOUZA CÉZAR, GERSON DE OLIVEIRA, JOSÉ CÂNDIDO DE SOUZA, LUIZ CARLOS TUTA CASTILHO, MORALINO VALIM COELHO, OCÉLIO GOMES CORRÊA, PEDRO PEREIRA DA SILVA, ROQUE NUNES CORREA FILHO, PAULO RAMOS DE OLIVIERA E ROGÉRIO FREDIANI, para declarar inválido o ato impugnado, no que se refere aos agentes políticos em questão, desvinculando-se do aumento levado a efeito. Os réus ficando, ainda condenados a restituir os valores indevidamente obtidos em conseqüência do referido aumento, todos devidamente corrigidos desde o recebimento e acrescidos de juros de mora a partir da citação. Tendo os réus sucumbido da maior parte de sua pretensão, arcarão com as custas e despesas processuais, Assim como com a honorária do patrono do autor, fixada em 10% do valor da condenação. PRIC. 02 /08/2006 – DR. THOMAS DE CARLE GOTTHEINER OAB Nº 170785 - DR.SÉRGIO SOARES BATISTA OAB Nº 225.878 - DR. JAIR ANTONIO DE SOUZA OAB Nº 158.685 - DR. EDSON JOSÉ PEREIRA BARROS OAB Nº 57.736 - PROCURADORES DA MUNICIPALIDADE ( DR. ANTONIO GOMES FILHO.
Enviado por Thomas De Carle

Títulos

Senhor editor:

Observando a pauta da sessão extraordinária, realizada na quinta feira, deparei com a votação do projeto da vereadora Luciana Machado , onde se pretende conceder o titulo de Cidadão Ubatubense ao ilustre prefeito Eduardo Cezar, Sinceramente eu no lugar do senhor prefeito não me sentiria confortável com tal situação, sentiria vergonha em receber esta honraria, digo porque, fica a impressão de que houve um acordo, de que alguém levou algum. Vejam bem não estou afirmando que alguém levou algum, mais que fica algo no ar fica.
A vereadora até é bem intencionada, mais deveria ter mais prudência na apresentação de projetos ou concessões desta natureza, talvez depois de o prefeito resolver todas as acusações que maculam seu nome provando o contrário daquilo que o acusam, ai sim receberia com todas as honras e pompas que o titulo de cidadão ubatubense deve ser concedido.

Carlos Alberto G. Leite
RG - 3.156.775

Protesto

Gostaríamos que nossa mensagem de indignação com o fato ocorrido na cidade de Ubatuba, onde a Vereadora de nossa casa de leis apresentou um projeto que concederia o título de Cidadão Ubatubense ao atual prefeito Eduardo de Sousa César. Esse projeto foi em votação há 20 dias atrás e foi rejeitado, e agora (novamente posto em votação), o Sr. Presidente da casa que outrora o havia rejeitado, votou a favor do título. O que terá o Sr. Prefeito feito nesses vinte dias para mudar a opinião do vereador que na primeira votação estava tão seguro em rejeitar esse título. Por essas e outras nos indignamos e gostaríamos de ver nossa indignação publicada, para que todos vejam o que realmente acontece em nosso município. Segue anexa, nossa mensagem.


Título de Cidadão Ubatubense revolta jovens de Ubatuba

Indignados, cerca de 50 (cinqüenta) alunos do município de Ubatuba compareceram à Sessão extraordinária da Câmara Municipal, desta quinta-feira, 05 de outubro, quando houve a votação do projeto de Lei, que concede o título de “cidadão ubatubense” ao prefeito Eduardo de Souza César. Como prova da revolta, eles utilizaram um nariz de palhaço. Os jovens também denunciaram a presença de vários funcionários da Prefeitura na Sessão, em pleno horário de trabalho, para apoiar a honraria ao Chefe do Executivo. Mas, o que mais revoltou os estudantes, foi, segundo eles, a atitude do presidente da CMU, vereador Ricardo Cortes, que impediu a manifestação dos vereadores, que não puderam defender o voto, tanto a favor como contra.
Os jovens querem respostas. Em primeiro lugar, querem saber a causa da mudança de atitude do presidente da Casa, que há menos de 20 dias tinha votado contra o projeto, recebendo, inclusive, parabéns e abraços do vereador Charles Medeiros, e agora, dá o seu voto favorável. “O que terá feito Eduardo César para que ele mudasse tanto? É uma tremenda palhaçada. Achamos também, que o mérito de uma homenagem como esta, deveria ser julgado pelo povo, não só pelos vereadores, na maioria uns puxa-sacos do prefeito. E não duvidamos que alguns tenham até sido comprados”.
Algumas garotas chegaram a se dizer envergonhadas pelo fato da vereadora, única representante da força feminina na Câmara, ser a autora do projeto.
Eles parabenizaram os três vereadores que votaram contra e disseram que “Vale a pena lembrar, que somos novos eleitores e nosso voto terá peso nas urnas, nas próximas eleições municipais”.


Jovens de Ubatuba
Joseana Soares
josi_suicide@hotmail.com

Qual é a música?

Ubatuba! Cidade Fantasma!

Ubatuba, com mais de 80 praias, um lindo visual, está se tornando uma Cidade Fantasma!
Tudo isso se deu, devido, entre outros motivos, à proibição da música em uma cidade TURÍSTICA!!!!
Pasmem! É isso mesmo! Não se pode ouvir música mecânica e muito menos ao vivo em nenhum estabelecimento da Cidade.
Tudo isso se deve ao vereador Marcos Francisco Demo, que é proprietário de mais de três restaurantes e estava se sentindo prejudicado devido à concorrência. Com uma atitude excêntrica, ele fez diversas emendas na lei municipal, restringindo assim a música!
Tais emendas são tão absurdas que não consigo imaginar como foram aprovadas pela Câmara, mas em resumo, proibe-se de haver músicas em quiosques que não tenham acústicas (em qualquer horário), mas libera-se da acústica, lugares com mais de 320 metros quadrados, e capacidade para no mínimo 200 pessoas ( presumindo assim, um show bem maior e com muito mais barulho), entre outras emendas por ele feitas.
Inconformados com essa situação, comerciantes e músicos se uniram ao vereador Jairo dos Santos, que elaborou um projeto de lei, não visando interesse algum e permitindo que tanto os comerciantes e músicos, bem como os moradores e turistas, possam ser beneficiados dentro das leis federais.
Nada mais do que uma lei justa pra todos!
O projeto de lei será votado na próxima terça feira, dia 10/10/2006 as 20:00hs, na Câmara Municipal de Ubatuba.
Contamos com a presença de vocês para se unirem a favor da população e contra a máfia que tenta dominar a Cidade e agir apenas para seus próprios interesses, regredindo numa atitude anti-democrática e impedindo a manifestação de culturas populares.
Agradecemos desde já.


Carolmazuca
carolmazuca@uol.com.br

Homenagem

Dia dos animais

Não poderíamos deixar de nos manifestar neste dia 04 de outubro, Dia Mundial dos Animais.
Nós que ao longo destes dez anos vivenciamos situações muito tristes, difíceis de serem resolvidas, nunca deixamos de perder a força diante das muitas maldades, dos atos grotescos crivados de requintes de crueldade e dos obstáculos existentes.
Foi inacreditável ter encontrado aquele poodle, à Av. Liberdade, dentro de uma caixa lacrada, todo amordaçado e amarrado, infestado de bicheiras e lesões. Ainda bem que foi salvo, cuidado e adotado pelo Lázaro. E saber daquela cachorra preta, que passou uma noite inteira de tempestade e ventania, amarrada numa árvore em meio a um charco ? Ela foi socorrida por uma senhora muito pobre e religiosa, com a ajuda da APAUBA, mas diante de seu estado debilitado, não sobreviveu.
Recentemente recolhemos um cão de raça das ruas, que também foi amarrado para morrer e que, ao conseguir escapar, teve literalmente todo seu pescoço cortado, mas felizmente recuperou-se e foi adotado pela Nélia.
Tantas foram as vezes que nos dirigimos à Praça 13 de Maio, para a feira de adoção e nos surpreendíamos com caixas de filhotes abandonados. Certa vez, encontramos meia dúzia de cães ainda com o cordão umbilical em suas barriguinhas e uma outra ocasião deparamos com uma cachorra amarrada a uma árvore da Praça, bem como seus filhotes em uma caixa ao lado.
Foram tantas denúncias : cães esfaqueados, decepados, envenenados, furados, queimados,mortos a pauladas, afogados, asfixiados, sem contar aqueles vítimas de pontapés e atropelamentos. Ainda bem que para toda esta tristeza sempre houve alguém que estava pronto para a contrapartida, colaborando ao recolher filhotes abandonados ou resgatando cachorras prenhas, ou aquelas jogadas nas ruas com as ninhadas que mal acabaram de nascer.
Tivemos oportunidade de conhecer e fazer muitos amigos, pois as ideologias unem as pessoas e as mobiliza numa só direção, com o fim de atingir seus objetivos.
E tantos foram aqueles de bom coração , que às vezes só podiam ajudar com sua dedicação e boa vontade... sem um centavo !
Então nos deparamos com todos estes acontecimentos e, após muita reflexão e análise, ficamos nos questionando como é que as pessoas que praticam tais crueldades conseguem agir com tanta covardia?
E o que será que se passa na cabeça daqueles que detêm o poder de fazer e não o fazem? Ou daqueles que devem fiscalizar e não fiscalizam ? Eles são indiretamente responsáveis pelas crueldades, pelos abandonos e pela situação desumana que vai se delineando a cada dia e que afeta diretamente a Saúde Pública e o meio ambiente... sem contar que prejudica o Turismo da cidade.
Uns pecam pela ação, outros pela omissão !!!!
É certo que as vítimas, os animais, não tem consciência do porque vieram ao mundo e nem são responsáveis por isto, mas são absolutamente conscientes e responsáveis por toda a fidelidade que nos dedicam, por toda a sua amizade que nos ofertam e por todo amor incondicional que nos destinam.
São criaturas inocentes, puras na sua essência, eternamente gratas pelo mínimo gesto de carinho que alguém possa lhes ofertar
Por tantas histórias vividas é que acreditamos ser necessário dar continuidade a todas as nossas reivindicações, pois os animais merecem ser trados com respeito e dignidade, sendo contemplados com políticas públicas que os protejam e os façam viver em equilíbrio com o ser humano.
Que Deus ilumine aqueles que praticam ações maléficas para que não mais as pratiquem e que ilumine também aqueles omissos para que seus corações e suas razões sejam atingidos num momento absoluto e pleno de consciência e que disso resulte a Luz.


A APAUBA – Associação Protetora dos Animais de Ubatuba para melhor atingir seus objetivos, num momento histórico, em comemoração a seus dez anos de existência e ao Dia Mundial dos Animais, encontra-se dando prosseguimento à fusão da entidade com as demais entidades de Ilhabela, São Sebastião e Caraguatatuba para ser uma só no Litoral Norte : COMPANHIA DAS PATAS.


“A grandeza de uma nação pode ser julgada pela forma como são tratados seus animais”.
Ghandi


Evely Reyes Prado

Opinião

"Placa de testemunho”

Corsino Aliste Mezquita
Diversos escribas apontam, constantemente, para a falta de planejamento e controles administrativos, na gestão municipal presidida pelo Sr. Eduardo de Souza César. É também voz reinante, nos sussurros dos funcionários da Prefeitura. Provas dessas duas carências: “FALTA DE PLANEJAMENTO E CONTROLES”, vem sendo apresentadas, na imprensa virtual, à exaustão. Também temos contribuído com essas provas. Registramos preços de obras, atrasos, buracos abertos, para supostas piscinas, cheios de água esverdeada por mais de sessenta dias, obras inadequadas projetando problemas futuros, etc... etc.
Até o presente, nenhuma prova tão contundente como a indicada na “PLACA DO TESTEMUNHO”, que relataremos a seguir. Seguindo o estilo que adotamos, não faremos julgamentos de valor nem apelaremos para os “achísmos”. Apenas apresentaremos fatos que por todos podem ser observados ou que podiam ser observados, desde junho até o dia 04-10-06, quando visitamos a fotografamos o imbróglio. Parece que só a vereadora da região e outros colegas, preocupados com títulos e comendas, não os conseguem enxergar. Algo os impede ver os perigos que corre o município e a Educação Municipal.
Lá, pelas paragens do Sertão da Quina, à rua João Preto, n° 80, à beira do Rio Maranduba, encontra-se localizada a EM. Nativa Fernandes Faria. É uma bela escola, inaugurada em dezembro de 2004, com quadra poliesportiva cercada com alambrado, para proteger as adjacências dos estragos e perturbações das bolas. Para assombro de todos, um determinado dia do mês de julho de 2006, apareceu por lá um vereador que arrancou o alambrado e o levou para local ignorado. Não foi levado para outra escola como deveria e a lei exige. Segundo informações seguiu caminho semelhante às tabelas de basquete tiradas de uma escola e fixadas na Praça Capricórnio e já deterioradas. A quadra ficou desprotegida.
Explicação legal, para isso, não existe. Vereador arrancando alambrado de quadra de escola e levando-o para local ignorado, “NUNCA ANTES” tinha acontecido. Esses micos nunca fizeram parte de administrações anteriores.
A possível explicação real para o surpreendente e inusitado acontecimento pode estar no descontrole da administração municipal e no que estamos chamando de “PLACA DO TESTEMUNHO”. Placa fixada em junho de 2006, diversas vezes visitada e fotografada em 04-10-06. A PLACA:
CONSTRUÇÃO DA QUADRA POLIESPORTIVA E PISCINA DA EM NATIVA FERNANDES FARIA.
VALOR: 631.938,34 (seiscentos e trinta e um mil e novecentos e trinta e oito reais e trinta e quatro centavos).
ENG.RESPONSÁVEL: SÉRGIO BORGES PADILHA.
INÍCIO 21-06-06.
Término 20 – 02 – 07.
CONSTRUTORA: GAMA ENGENHARIA.
“USO DO DINHEIRO PÚBLICO COM RESPONSABILIDADE”. (SIC).
O início da obra está indicado em 21-06-06 (sic). Dia 04-10-06, todavia não tinham sido iniciados os trabalhos. Procuramos saber as causas dessa demora absurda e, através dos sussurros de que falávamos acima, nos foi dito que o problema era o projeto. Foi pago um projeto caro que não cabe na área da escola. O mesmo fenômeno está acontecendo no Perequê-Açu. Não sabemos se a informação é fofoca da oposição, intra muros, da Prefeitura. O sussurro corre solto. Seja verdade ou sonho, como diria o poeta, A PLACA, confirma uma realidade de total descontrole.
Como informação despretensiosa registramos que a EM. Nativa Fernandes Faria, com 1.100 m² de área coberta, quadra potiesportiva cercada e ajardinamento teve, em 2004, o mesmo custo que a cobertura anunciada para a quadra existente e uma suposta piscina. Ó tempos!.. Ó mores!...
A mesma empresa está executando a obra da Praça 13 de Maio, no Centro.
Cabe aos Srs. Vereadores lerem “A PLACA DO TESTEMUNHO” com a devida atenção, pesquisar quem foi que arrancou o alambrado e tomarem as providências necessárias para que os recursos da EDUCAÇÃO sejam aplicados com eficiência, decência, nos programas e projetos educacionais e com responsabilidade.
. Comparando a realidade com a frase: “Uso do dinheiro público com responsabilidade” perceberemos, sua falta de veracidade e um certo intuito de enganar o povo. A falta de planejamento e controles é total. A PLACA DO TESTEMUNHO o atesta.

Notícia da Prefeitura

Notícias do dia 06 / 10 / 2006

Prefeitura inicia transporte de animais para novo canil
Secretaria de Turismo discute com associações de bairro ações realizadas pela Prefeitura
Santa Casa agradece doações de agosto
Pescadores de Ubatuba participam de curso de manipulação de pescados
Dirigente Regional de Ensino elogia qualidade da merenda de Ubatuba
Sala Verde promove Educação Ambiental no Sertão da Quina
Lar Vicentino de Ubatuba recebe doação de fraldas geriátricas
Fluminense avalia jogadores em Ubatuba

Leia aqui

Manchetes do dia

Sexta-feira, 06 / 10 / 2006

Folha de São Paulo:
"Executiva do PT pressiona Berzoini a deixar o cargo"
A Executiva Nacional do PT reúne-se hoje disposta a forçar o presidente nacional da legenda, Ricardo Berzoini, a se afastar do cargo. A expectativa dos dirigentes do PT é que já na abertura da reunião o próprio Berzoini, espontaneamente, comunique a decisão. Caso não proceda desta forma, o presidente do PT passará pelo constrangimento de ouvir de colegas a sugestão.
A reunião de emergência foi convocada para traçar estratégias do segundo turno. O debate central, porém, será a crise do dossiê. Os petistas acreditam que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva só não venceu a eleição no primeiro turno por conta do envolvimento de integrantes da legenda na compra de um dossiê contra o PSDB.


O Globo:
"Aliados de Garotinho aderem a Lula; Alckmin vai a ACM"
O PT e o presidente Lula formalizaram sua aliança com o candidato do PMDB ao governo do Rio, Sérgio Cabral, em atos em Brasília e no Rio que reuniram vários dos políticos do grupo ao qual também pertence o ex-governador Anthony Garotinho, como o presidente da Assembléia, Jorge Picciani. Cabral fez uma reunião com 79 prefeitos fluminenses pró-Lula, enquanto Garotinho fazia o mesmo com 13 prefeitos pró-Alckmin. Houve quem comparecesse aos dois. A série de atos acabou revelando a estratégia de Cabral e Garotinho, que se dividiram sem deixar de estar juntos na sucessão estadual.
Na Bahia, o candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, encontrou-se com o senador Antonio Carlos Magalhães, seu aliado de primeira hora, e outros líderes do PFL. Mas passou pelo constrangimento de ouvir o presidente de seu partido no estado, deputado Jutahy Magalhães Jr., fazer duras críticas a ACM e dizer que votou no petista Jaques Wagner para governador. A executiva do PT se reúne hoje em São Paulo e pressiona o presidente do partido, Ricardo Berzoini, a renunciar ao cargo devido ao seu envolvimento no escândalo da compra do dossiê. A executiva quer afastar Lula do assunto.


O Estado de São Paulo:
"Para abafar dossiê, Lula quer saída de Berzoini"
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva ordenou à coordenação de sua campanha que encontre uma "solução definitiva" para o escândalo do dossiê Vedoin antes do debate de domingo na tevê com o candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin. Lula quer ir ao confronto com a alegação de que o PT tomou providências. A "solução" passa pelo afastamento do presidente do PT, Ricardo Berzoini, e pela expulsão de outros cinco filiados.
O afastamento será proposto hoje a Berzoini, numa reunião da Executiva Nacional do PT, em São Paulo. Berzoini é acusado de ter ligação com alguns dos petistas envolvidos na obtenção de R$ 1,7 milhão para comprar o dossiê. Até ontem à noite, ele resistia a deixar o comando do partido. Berzoini não queria nem mesmo convocar a reunião, mas não teve escolha. Em Salvador, Alckmin recebeu o apoio do senador Antonio Carlos Magalhães (PFL) e enfrentou constrangimento em solenidade com o PSDB baiano - que é adversário histórico de ACM.


Jornal do Brasil:
"Dia de contrição"
No vaivém atrás de votos até dia 29, concorrentes ao governo do Rio decidiram que o dito ontem não vale hoje. Lula ganhou o palanque de Sérgio Cabral, que desistiu de defender a união civil entre pessoas do mesmo sexo por exigência do evangélico Marcelo Crivella. E Denise Frossard agora não só vota, como recomenda o voto em Geraldo Alckmin.

quinta-feira, outubro 05, 2006

Acidente aéreo

Quem errou?

Quando leio o noticiário sobre o acidente com o Boeing da Gol, minhas dúvidas só fazem aumentar. O plano de vôo do Legacy dizia para ele descer de 37 para 36 mil pés quando atingisse Brasília. Se o plano tivesse sido obedecido eu não estaria escrevendo este texto. Por que ele estava voando no nível do Boeing? Abrir a caixa preta do Legacy é tão difícil? Está tudo lá, inclusive a resposta se o transponder foi desligado ou não. A hipótese de mau contato, que teria colocado o aparelho fora de operação e restabelecido o funcionamento depois do choque é bastante improvável, embora não impossível. Contra ela há a tradição da Embraer, empresa de reputação inquestionável. Antes da entrega do avião foi feita uma rigorosa revisão, é de praxe.Dificilmente teria passado um problema no transponder, peça vital para a segurança de vôo. Além disso, os pilotos teriam notado o problema e retornado para são José dos Campos para saná-lo, houve tempo para isso. Por outro lado, as comunicações entre os controladores e o avião estão gravadas. O que elas contém? Ninguém fala disso, por quê? Pode estar aí a chave do problema. (Sidney Borges)

Ninguém admite erro. Cancelem o acidente.

Pilotos negam ter desligado equipamento do Legacy

Os pilotos do Legacy que derrubou o Boeing da Gol em colisão, Joseph Lepore e Jan Paladino, estão irritados com o noticiário brasileiro e têm dito a interlocutores brasileiros, aos berros, que em nenhum momento apertaram qualquer botão ou tomaram qualquer iniciativa que pudesse desligar o transponder do avião.
O transponder é um equipamento que transmite dados do avião para o controle de vôo, inclusive para o sistema anticolisão, e estava inoperante - desligado ou com falha - no percurso entre Brasília e o local do acidente, na serra do Cachimbo (MT).Caso contrário, teria alertado os pilotos e, mesmo que eles não agissem, os sistemas de segurança dos dois aviões seriam acionados automaticamente para evitar o choque - que matou 155 pessoas, entre tripulantes e passageiros do Boeing.
Leia mais

Agradecimento

Votos obtidos em Ubatuba reafirmam compromisso de Aline Corrêa com o Litoral

A deputada eleita Aline Corrêa reafirma, após a eleição, seu compromisso com Litoral Norte, onde obteve 475 votos, que contribuíram de maneira significativa para a garantia de uma vaga na Câmara Federal. O destaque foi para Ubatuba, onde Aline obteve 442 votos, a segunda maior votação obtida por ela no chamado Cone Leste Paulista, que envolve o Vale do Paraíba, Litoral Norte e Serra da Mantiqueira, tendo ficado apenas atrás de Lorena, onde foram registradas 646 indicações.
O resultado das urnas na região foi gratificante para Aline que, durante a campanha, fez questão de estar na cidade para apresentar suas propostas de apoio à sociedade local. “Estou muito feliz, não apenas pela eleição, mas também pelo fato dos moradores de Ubatuba terem entendido nossas propostas e nos apoiado. Garanto que vamos trabalhar pela cidade e não vamos decepcioná-los. Sou muito grata a todos pelo voto de confiança que recebi”, disse.


Capacitação da comunidade

Empresária que tem se destacado pelo trabalho que realiza na elaboração e execução de projetos para a liberação de recursos destinados a prefeituras, Ongs e Oscips, Aline espera começar em breve suas ações na região, com a montagem de núcleos de capacitação da sociedade para a elaboração e execução de projetos que atendam às necessidades locais.
Apesar de ter sido eleita pela primeira vez para ocupar um cargo público, Aline tem vasta experiência com projetos e entende que esta é uma das maneiras de fazer com que a população dependa cada vez menos do poder público e possa caminhar com as próprias pernas. “Quem mora nas comunidades sabe exatamente as necessidades que possui. Então, vamos capacitá-los para que desenvolvam ações, projetos que atendam a essas necessidades. As próprias comunidades é que vão gerir os recursos que forem obtidos”, destacou.
Os trabalhos já começaram, mesmo antes de tomar posse. Uma equipe técnica já foi montada por Aline e já iniciou um estudo para definir quais os locais onde os núcleos deverão ser instalados. A preocupação da deputada eleita é iniciar o mandato, no ano que vem, com ações práticas. “Não podemos perder tempo. Há muito a ser feito. A população está cansada de promessas não cumpridas; quer ver trabalho, quer trabalhar, e nossa parceria já começou. Já estamos realizando estudos preliminares e assim que assumirmos o cargo iniciaremos a montagem dos núcleos. Nosso compromisso com o Vale, Litoral e Serra está mantido. Na verdade, está só começando”, finalizou.

Satisfação

Uma das pessoas que ficaram mais satisfeitas com o resultado das urnas em Ubatuba foi Marco Alcântara Machado, um dos coordenadores da campanha de Aline na região e que faz parte da equipe da deputada eleita. “Estou feliz pela eleição dela porque desde o início acreditei em suas propostas. É uma pessoa séria, que se comprometeu com a região e que já começou a trabalhar. Temos a certeza de que Ubatuba e o litoral ganharam muito com isso”, disse.
Outro que também ficou muito feliz com os votos obtidos em Ubatuba foi o coordenador geral da campanha, Donizetti Louro, que tem forte ligação com a cidade. Para ele, Ubatuba mostrou que tem força e isso vai ser compensado com trabalho. “A Aline, assim como eu, tem um carinho enorme por Ubatuba e a comunidade mostrou que quer trabalhar. Então, vamos dar trabalho a ela. Vamos capacitar os moradores para elaborar e executar os projetos que atendam as necessidades de cada núcleo que vai ser desenvolvido. O que era compromisso da Aline, agora vai ser ação direta de cidadania”, finalizou.


Mais informações:
Ednelson Prado – Assessor de Imprensa
Tels.: (12) 91147050 – (11) 81798508
e-mail:
ednelson.prado@gmail.com

Pensata

Bala perdida

Eliane Cantanhêde na Folha de S.Paulo
"O segundo turno tem três momentos: rearrumação das alianças, definição de discurso e estratégias e, finalmente, os programas de TV e rádio. Lula parece ter largado na frente, mas é bom ter cuidado com Alckmin: ele é desses que vai devagar e sempre.
O primeiro passo dos dois candidatos foi para o Rio, investindo na velha divisão do PMDB. Lula mais uma vez finge não ver o que não quer ver e se aliou a Sérgio Cabral, candidato ao governo em segundo turno. Alckmin contra-atacou com o casal Garotinho, mas perdendo Denise Frossard (PPS) e bicando César Maia (PFL).
A questão é a mesma que levou FHC a se aliar ao PFL e a partes do PMDB e empurrou Lula para o colo dos mensaleiros PP, PL e PTB e, agora, para o PMDB de Jader, Newtão, Quércia: número de votos nas eleições e no Congresso.
Os cartesianos acham que assim está de bom tamanho, mas há controvérsias, inclusive porque a eleição passa e a dificuldade de governar fica. Eleição é quantidade, mas política pode ser qualidade.
Garotinhos têm voto no Rio e simpatias de setores evangélicos no resto do país. Mas não têm algo que é muito forte em Frossard e que a levou a um inesperado segundo turno no Rio: a imagem. Juíza valente, ela botou os bicheiros cariocas na cadeia. Para quem, como Alckmin, centra a campanha em ética, bom-mocismo e companhias, há dúvidas se fez a coisa certa.
O segundo turno, assim, flagra Alckmin atraindo de volta ao ninho os filhos pródigos -aqueles do PFL e do PSDB que o deixavam às traças- e fazendo emergir os peemedebistas tucanos, que haviam deixado o barco com os peemedebistas lulistas no primeiro turno.
Tudo, agora, conta: ministros em campanha, governadores atuantes, debates, confronto. E o que o medo de perder eleição não faz? De volta, Lulinha paz e amor passou até a conversar com jornalistas."

Clodô

Clodovil assediado?

Tenho recebido alguns questionamentos (amigos) quanto ao meu“desaparecimento” . Não é por falta de assunto e sim é pelo fato (enfadonho) da repetição dos temas. Para comemorar temos a eleição (a deputado federal) do Sr. Clodovil Hernandes com expressiva votação. Figura querida em Ubatuba, inteligente e conhecido por seu comportamento sensível, brilhará (se quiser) (intensa e, decisivamente) no cenário político local. Clodovil assediado! Fora o ranger de dentes, já há barbas e, calcinhas, de molho.

Ronaldo Dias

Notícia da Prefeitura

Notícias do dia 05 / 10 / 2006

Prefeitura abre inscrições de curso para profissionais de salões de beleza
Prazo para inscrições em EMEI’s e creches termina dia 6
Escola José Simeão promove a “Semana da Família na Escola”
Prefeitura realiza seminário sobre inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho
Ubatuba lança comitê organizador dos Jogos Regionais 2007
Caiçarada começa nesta quinta com atrações de todo o Brasil
Ubatubense briga pelo título do SuperSurf na Barra da Tijuca
Itamambuca recebe 10ª edição do Uluwatu ZN de Surf no próximo final de semana

Leia aqui

Manchetes do dia

Quarta-feira, 05 / 10 / 2006

Folha de São Paulo:
"Governo libera R$ 1,5 bi do Orçamento"
Na primeira semana de campanha do segundo turno das eleições na qual o presidente Luiz Inácio Lula da Silva é candidato, o governo federal decidiu liberar R$ 1,5 bilhão do Orçamento deste ano. Esse valor é praticamente igual ao bloqueado pelo Ministério do Planejamento há menos de 15 dias. O maior volume de recursos -R$ 353,4 milhões- foi destinado para o Ministério do Desenvolvimento Social e será usado para pagar dívida com a Caixa Econômica Federal.
O Ministério da Fazenda ficou com R$ 300 milhões que serão utilizados na melhoria do sistema de informática que controla arrecadação e a dívida ativa. O terceiro maior volume de recursos -R$ 231 milhões- foi destinado ao Ministério dos Transportes, que vai usar parte do dinheiro em Estados onde o presidente Lula não teve uma votação tão boa e em regiões onde a candidatura do PT depende de aliados importantes.


O Globo:
"Governo vai gastar já o que cortou há dez dias: R$ 1,5 bi"
Na única vez em que despachou no Palácio do Planalto esta semana, o presidente Lula, que só tem cuidado de sua campanha à reeleição, assinou ontem medida provisória para liberar R$ 1,504 bilhão para obras e pagamentos de dívidas. Há dez dias, anunciara corte de R$ 1,6 bilhão. Do total agora liberado, R$ 191 milhões serão remanejados de obras que não estão avançando para outras que podem deslanchar ainda este mês. O governo utilizará ainda R$ 1,3 bilhão que, desde a virada do ano, estava disponível e era computado como superávit, que foi reduzido.
Com isso, novos cortes terão de ser feitos, até o final do ano, para o cumprimento da meta de economia de gastos. No Alvorada, Lula reuniu governadores eleitos e, na casa de Helio Costa (Comunicações), 17 ministros decidiram formar uma brigada anti-Alckmin. Lula deseja que todos se empenhem na campanha sem se licenciar do cargo. "O presidente não autoriza o afastamento de nenhum ministro", disse Dilma Rousseff, uma das presentes.


O Estado de São Paulo:
"Alckmin tenta conter estrago de Garotinho"
As cúpulas do PSDB, do PFL e do PPS montaram uma operação de emergência para debelar a crise aberta pela adesão do ex-governador Anthony Garotinho (PMDB) à campanha tucana à Presidência. O objetivo é convencer o prefeito do Rio, César Maia (PFL), e a candidata do PPS ao governo fluminense, Denise Frossard, adversários políticos de Garotinho, a se reintegrarem à campanha de Geraldo Alckmin. O senador José Jorge (PFL-PE) desembarca hoje no Rio para conversar com César Maia. O presidente do PPS, Roberto Freire (PE), também assumiu a função de bombeiro e já foi atrás de Denise Frossard. Mas antes fez duras críticas públicas à atitude "intempestiva" dela: "Denise se precipitou. Ninguém está se atrelando a Garotinho e não há nenhum compromisso de Alckmin com ele".
Alckmin também fez declarações nesse sentido: "Eu não tenho compromisso e aliança com ninguém, só com o povo brasileiro", disse. Garantiu ainda que não subirá em palanque com Garotinho. O ex-governador vai defender a candidatura Alckmin na Baixada Fluminense e junto ao eleitorado evangélico em todo o país. Depois de três dias de negociações, Alckmin volta hoje à campanha. A agenda começa em Salvador - na Bahia ele não foi além de 26% dos votos, contra 66% de Lula.


Jornal do Brasil:
"Minueto no Rio"
Garotinho gosta de Cabral, que gosta de Lula, que não gosta de Alckmin, que passou a gostar de Garotinho, que detesta Cesar Maia e Denise, que já não gostam mais de Alckmin.

quarta-feira, outubro 04, 2006

Palavras vãs

Números

No governo do presidente Lula foram destinados 110 bilhões de reais para remunerar os detentores dos títulos da dívida pública. Quem são eles? Os ricos do país, banqueiros principalmente. Como escreveu Clovis Rossi, alguns mais do que ricos, podres de ricos. Para os pobres, a quem Lula afirma amar, couberam 7 bilhões de reais. O pai dos pobres, o socialista, aquele que está mudando a face do país, trabalha de forma estranha com a divisão. Façamos as contas: 110 dividido por 7 dá quinze e alguns quebrados, perto de dezesseis. Vamos arredondar por quinze o que nos coloca ante um fato consumado e sem campo para contestação. Os ricos, parcela ínfima dos brasileiros, receberam quinze vezes mais atenção de Lula do que os pobres que habitam os grotões da terra. Sobre isso o próprio Lula assim se manifestou:
“A única frustração que eu tenho é que os ricos não estejam votando em mim. Porque eles ganham dinheiro como ninguém no meu governo”.
É verdade Lula, você tem toda razão. Ricos não respeitam quem lhes lambe os pés, é histórico. (Sidney Borges)

Sessão Extraordinária

Câmara Municipal de Ubatuba

Nesta quinta-feira, 05, às 11 horas, na Câmara Municipal de Ubatuba (avenida Iperoig, 218 – Centro), haverá uma Sessão Extraordinária. Na pauta constam dois itens:


1 - Leitura Projeto de Lei Complementar nº 01/06, do Executivo, que institui o Plano Diretor Participativo e o processo de planejamento e gestão do desenvolvimento urbano do Município de Ubatuba (com Emendas do Legislativo).

2 - Votação do Projeto de Decreto Legislativo nº 03/06, da Verª. Luciana Machado - PDT, que concede o Título de Cidadão Ubatubense ao Sr. Eduardo de Souza César.

Às 20 horas, também na quinta-feira, no Salão Nobre da Câmara Municipal, haverá uma Audiência Pública para debater sobre a cobertura da “Feira Hippie”.
(Fonte:
O Guaruçá)

A cidade em foco

Falta policiamento

Ontem tentaram roubar um carro estacionado no pátio da escola Esteves da Silva. O ladrão, surpreendido na tentativa, fugiu de bicicleta. Saiu pedalando como se nada tivesse acontecido, com um sorriso estampado na cara de pau. Ele tem certeza da impunidade. Vai esperar alguns dias e voltar para levar o que quiser. Não há policiamento nas escolas, quando deveria haver um guarda em cada período. Esse certamente é um problema que a cidade gostaria de ver resolvido. Dentre muitos outros. (Sidney Borges)

Audiência pública?

Senhor Editor

Quanto à audiência pública anunciada pelo Presidente da Câmara, para discutir o polêmico projeto de cobertura da feira hippie, tenho a considerar o seguinte:

1. Uma audiência pública para discutir a cobertura da feira hippie merece ser realizada em um auditório que comporte mais gente;
2. Deveriam ser convidadas formalmente, no mínimo, as seguintes entidades:
a) Associação dos Feirantes da Feirinha;
b) Associação dos Comerciantes da Av. Iperoig;
c) Instituto dos Arquitetos do Brasil, agência Ubatuba;
d) Associação dos Engenheiros e arquitetos de Ubatuba;
e) Movimento em Defesa de Ubatuba - MDU;
f) Ordem dos Advogados do Brasil - OAB, Subseção de Ubatuba;
g) Representante do Conselho Municipal de Turismo - CMT;
h) Representante do Conselho Municipal de Desenvolvimento - CMD;
i) Associação de Defesa do Povo Caiçara - ADPC;
j) Associação Comercial e Industrial de Ubatuba;
l) Prefeitura Municipal de Ubatuba;
m) Representante do CONDEPHAAT;
n) Representante da Secretaria do Patrimônio da União;
o) Representante do Condomínio existente em frente ao local onde se pretende edificar a cobertura;
p) Representante do Ministério Público;
q) Associação dos Artesãos de Ubatuba.

A melhor forma para se chegar a alguma conclusão nas coisas de interesse da comunidade é, justamente, o estudo, o debate, o entendimento acerca da matéria polêmica, com a participação dos mais variados seguimentos da sociedade e autoridades envolvidas. Porém, do modo como o Ilustre Presidente da Câmara está conduzindo as preliminares desta "audiência", não creio que a sociedade civil organizada, interessada na questão, se faça representar de modo satisfatório. Pouca legitimidade haverá na realização de uma audiência, na qual apenas um pólo se faça presente maciçamente.

Thomas De Carle
Ubatuba, SP.

Plano Diretor

Vereadora Luciana Machado faz discussões sobre Plano Diretor, com um grupo de trabalho e ONG – Núcleo de Desenvolvimento e Monitoramento Ambiental

Vereadora Luciana Machado se reúne com representantes da comunidade de vários locais e setores do municipio e Assessoria Jurídica da Câmara Municipal na pessoa do Dr. Orlando Vicente Salles, a primeira que aconteceu no dia 20 e outra no dia 27 de setembro na sala de reunião da Câmara Municipal, juntamente com Dr. Nélio Consultor do Ministério das Cidades e Reinaldo estudante de arquitetura, para discutir emendas para o PDP – Plano Diretor Participativo, dentre os presentes estavam ainda o Dr. Alexandre Lourenço de Oliveira, diretor presidente da ONG – Núcleo de Desenvolvimento e Monitoramento Ambiental, e que se mostrou muito gabaritado para discutir regularização fundiária. “Acho de extrema importância essa reunião organizada pela vereadora Luciana Machado, pois permite a inclusão de sugestões, garantindo a participação da sociedade civil no processo de finalização do Plano Diretor de nossa cidade”, declarou Dr. Alexandre.
Estiveram presentes também o Sr. Elder da Fortaleza, Juliana do Sertão da Quina, Srª Naides, representando o setor produtivo, representante do Perequê Açu, o Sr. Darci muito preocupado com a região norte, na questão da regularização fundiária daquela região, e também dando total assessoria o Sr. Fernando Furtado, assessor parlamentar da Vereadora. No dia 27 o grupo ficou discutindo num total de quase 40 emendas até quase 2 horas da manhã, também foram discutidos os artigos que versam Conselho das Cidades e os Conselhos Distritais. A Vereadora coloca que foi pouco tempo que a Câmara Municipal teve para discutir sobre o plano, acredita que poderia ter sido discutido artigo por artigo como aconteceu em Ilhabela, mas não houve tempo hábil para a realização, porém acredita que a discussão desde grupo foi super importante, e que as emendas foram muito bem discutidas, debatidas e pensadas na Cidade num todo e não direcionadas a um ou outro, muitas outras propostas foram entregues a Vereadora, que convidou os proponentes a estarem participando das referidas reuniões o que não aconteceu, então a mesma irá fazer as emendas de acordo com a participação deste grupo, que é sim um grupo pequeno, mas que realmente pensou num todo, no coletivo e que foi protocolado o oficio nº 011/06 em nome da referida ONG, onde a referencia do citado consta audiências realizadas com a Vereadora Luciana Machado e seu grupo de estudos.
A Vereadora Luciana Machado acredita que deveria ter se reunido mais vezes, mas a comunidade já havia participado muito quanto a reuniões, sentiu isto na primeira reunião no dia 20/09, onde realizou alguns convites e as pessoas não vieram, mas como foi citado o grupo de estudo era pequeno, porém com uma qualidade imensa. A Vereadora agradece que estes tenham a procurado, pois as proposituras foram muito importantes na construção das emendas da Vereadora.
A Vereadora Luciana Machado acredita ainda que irão ter outras emendas que serão apresentadas de outros Vereadores, e comunica a população como consta no jornal “A Cidade” desta semana, que o PDP, e suas emendas serão lidas na próxima terça-feira dia 03/10, e no dia 06/10 em Sessão extraordinária serão votadas as emendas e o PL.
Ainda na quarta-feira dia 04/10, a Vereadora irá se reunir novamente com o grupo para discutir e estudar todas as emendas, a Vereadora acredita que fazendo este procedimento fica mais tranqüila em votar este Plano que é tão técnico, mas de extrema importância para nosso municipio.

Fonte: Laura Ennes - ASCOM

SABATA convida

Festa da Padroeira do Taquaral

Representantes da Associação dos Moradores do Bairro do Taquaral convidam toda a população da cidade para a tradicional festa da Padroeira do Taquaral, Nossa Senhora do Rosário, no dia 07 de outubro. De acordo com a programação, uma procissão deverá sair às 18:00h, do Conjunto CDHU em direção à Capela Nossa Senhora do Rosário, onde será celebrada a missa. Em seguida, os convidados poderão participar da festa, com várias barracas de cachorro quente e de comidas típicas da região.

Notícia da Prefeitura

Eduardo Agni faz show e oficinas na Fundart

O violonista e compositor Eduardo Agni, considerado uma das grandes revelações das seis cordas no país, apresenta seu mais recente trabalho, Presságios, no próximo dia 12, quinta, às 21 horas, no Casarão da Fundart. Eduardo Agni virá acompanhado de músicos estrangeiros de primeira linha, como o percussionista Evan Fraser (EUA), o baixista Denis Belik (USA) e a flautista Andréa Lieberher (Suíça). No dia anterior, Eduardo e seus três músicos ministrarão oficinas instrumentais para músicos locais, gratuitamente. A promoção é do Grupo Setorial de Música da Fundart e da Prefeitura Municipal de Ubatuba

O artista e sua obra


Paulista, 34 anos, Agni tornou-se conhecido por utilizar técnica semelhante à do guitarrista americano Stanley Jordan, ou seja, em vez de tocar o violão da maneira convencional, percute as cordas na região do braço do instrumento, utilizando os dedos das duas mãos, simultaneamente. Seu trabalho como compositor é influenciado pelo jazz europeu e pelo músico Egberto Gismonti. Com três discos lançados, ele explica que suas composições seguem a mesma estrutura do jazz, apesar de não haver uma influência direta desse estilo. PMU

As oficinas

Dia 11 – quarta - 18h - Técnicas alternativas de violão c/ Eduardo Agni
Dia 11 – quarta - 20h - Percussão étnica c/ Evan Fraser (EUA)
Dia 12 – quinta – 10h - Baixo Vertical c/ Dennis Belick
Dia 12 – quinta – 10h – Flauta transversal c/ Andréa Lieberher (Suíça)

Manchetes do dia

Quarta-feira, 04 / 10 / 2006

Folha de São Paulo:
"Casal Garotinho vai apoiar Alckmin"
O candidato a presidente do PSDB, Geraldo Alckmin, recebeu ontem o apoio formal da governadora do Rio de Janeiro, Rosinha Matheus, e de seu marido, o ex-governador Anthony Garotinho, ambos do PMDB. O casal se reuniu com o tucano acompanhado do presidente nacional do PMDB, deputado federal Michel Temer (SP). O trio explicitou a divisão do partido neste segundo turno, já que o peemedebista Sérgio Cabral, candidato ao governo do Rio, declarou apoio à reeleição de Luiz Inácio Lula da Silva. O encontro também estremeceu a aliança PSDB-PFL, já que o pefelista Cesar Maia, prefeito do Rio, é adversário do casal Garotinho. Reunido com o PDT em São Paulo, o presidente do PFL, Jorge Bornhausen, não participou do encontro.


O Globo:
"Apoio de Rosinha e Garotinho a Alckmin abre crise no Rio"
O ex-governador Anthony Garotinho e a governadora Rosinha anunciaram apoio à candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB), rachando ao meio o PMDB do Rio e abrindo crise na campanha no estado. O candidato do PMDB a governador, Sérgio Cabral, formalizou adesão à reeleição de Lula, que virá ao Rio amanhã para ato de apoio mútuo. Lula recebeu, no Palácio da Alvorada, o candidato derrotado Marcelo Crivella (PRB).
O prefeito Cesar Maia (PFL) criticou a aproximação de Alckmin com Garotinho que para ele, "pode ser virótica". "A fotografia com Garotinho desmonta o discurso ético de Alckmin", disse o prefeito, que considera a decisão de aceitar o apoio um "tiro na cabeça". Alckmin disse que apoio se agradece. "Não nos foi solicitado nada que não fosse compromisso com o Brasil." Cesar disse ainda que terá de rever a estratégia de campanha da candidatura Denise Frossard (PPS) para o segundo turno.


O Estado de São Paulo:
"Lula escala ministros e aliados para atacar PSDB"
Um dia depois de o presidente Lula ter reativado o figurino "paz e amor" para o segundo turno da eleição, seus auxiliares mais próximos partiram para o ataque aos tucanos. Num movimento coordenado, o ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro, e o deputado eleito Ciro Gomes (PSB-CE) passaram a explorar denúncias de corrupção contra o PSDB - deixadas de lado pelos petistas na primeira etapa da campanha, quando a vitória de Lula parecia certa.
O ministro da Fazenda, Guido Mantega, também partiu para o ataque, usado uma entrevista que ele próprio convocou para cobrar o programa econômico do candidato Geraldo Alckmin. Não havia pauta específica da área econômica para a entrevista e o foco foi dirigido para o cenário eleitoral. "Na área econômica, eu vejo propostas desencontradas. Uma hora eu vejo que ele (Alckmin) vai fazer um ajuste fiscal rígido. Aí, eu me pergunto: ele vai cortar o quê? Os programas sociais?", afirmou. Profissionais da área financeira criticaram a entrevista, por tratar de assuntos eleitorais e não da economia do país.


Valor Econômico:
"Equipes de Lula e Alckmin definem ação na economia"
Ganhe Lula ou ganhe Alckmin, as primeiras iniciativas do novo governo serão medidas para estimular o crescimento econômico, segundo assessores dos candidatos ouvidos pelo Valor. Mas os caminhos escolhidos são diferentes. No governo Lula, a idéia é negociar tão logo termine a apuração dos votos uma agenda comum com a oposição, com medidas como as reformas tributária e previdenciária, a reformulação da Lei Kandir e a aprovação do Fundeb. No terreno tucano, a estratégia passa por um corte drástico nas despesas correntes, pela flexibilização da política de juros e fim do monopólio de idéias da PUC-Rio na condução da política econômica. Os tucanos acham que, por meio do "choque de gestão" nas contas públicas, será possível fazer um corte profundo nos gastos, pré-condição para o sucesso de uma futura reforma tributária e para uma redução acentuada da taxa de juro. O idealizador desse choque é Yoshiaki Nakano, professor da FGV, que acredita ser possível cortar o equivalente a 3% do PIB - cerca de R$ 60 bilhões. Ministérios seriam extintos e prioridades, revistas.Os dois lados evitam entrar em detalhes sobre a reforma da Previdência, tema eleitoralmente delicado. Mas ambos sabem que aí está o nó górdio do gasto público, porque os benefícios pagos pelo INSS respondem hoje por 43% da despesa corrente. Os governistas não descartam trocar a vinculação do piso da Previdência ao salário mínimo por uma política de reajuste anual das aposentadorias por algum índice de preços. Não está em discussão, em nenhum dos lados, alterar o Bolsa-Família, que deverá consumir R$ 8,6 bilhões em 2007. Os tucanos querem aperfeiçoar o programa, que continuará sendo a vitrine de um eventual segundo governo Lula, para tornar efetiva a obrigatoriedade de as famílias atendidas manterem as crianças na escola.

terça-feira, outubro 03, 2006

Pensata

Lamentável coincidência

Aos poucos as peças vão se encaixando, o quebra-cabeça toma forma e deixa entrever os erros que provocaram o acidente com o avião da Gol. Alguém estava no lugar errado na hora errada. No caso o Legacy, causador da tragédia e que ironicamente teve avarias leves. O controlador errou. O piloto americano também errou. O acidente me fez ficar com medo de voar. Não tenho medo das máquinas voadoras, mas não confio em pilotos e controladores, nestes principalmente. Os aviões a cada dia que passa ficam mais perfeitos e seguros, mas infelizmente necessitam da intervenção humana. Quem me garante que o controlador sabe o que está fazendo? Quem me garante que eu não vou ser abatido por um avião de traficantes que voa clandestinamente? Na tragédia do Boeing da Gol, a maior ocorrida nos céus brasileiros, houve barbeiragem da grossa. E não foi a primeira vez. Nunca vou me esquecer do cargueiro da Lufthansa que o controlador enviou para explodir nas montanhas do Rio. Se há um buraco negro na fronteira das áreas de ação dos controles de Brasília e Manaus, deve ser eliminado. O que é estranho é que os pilotos falam da existência do problema e o problema continua existindo. Cento e cinqüenta e cinco pessoas morreram estupidamente. Aviação é o meio de transporte mais seguro do mundo. Conta outra, nessa eu não acredito mais. (Sidney Borges)

Campanhas

Eleição da devassisâo

Paulo Delgado, do PT, em entrevista a Alan Gripp, no jornal O Globo
“O problema é que os prefeitos em todo o Brasil transformaram esta campanha na mais cara e ilegal da história. Quase nenhum prefeito ou vereador resiste hoje a uma investigação. (...) Os vereadores foram comprados, e por todos os partidos sem exceção. Como a lei obrigava a ter o caixa um na campanha de rua, o caixa dois se terceirizou com o vereador e com o prefeito".

Acidente

Legacy voava na rota reservada para o Boeing da Gol

"O jato Legacy estava na altitude errada quando bateu no Boeing 737-800 da Gol na sexta-feira. Isso porque o piloto do avião disse à polícia que voava a 37 mil pés de altitude. Ele viajava nessa altitude no eixo São José dos Campos-São Paulo-Brasília. O destino era Manaus (AM). O problema é que o jato devia mudar para 36 mil pés ao passar por Brasília. O choque das aeronaves derrubou o Boeing e causou o pior acidente da história do País, com 155 mortos."
Leia mais

A cidade em foco

Prefeitura diz que construção da Quadra de Esportes no Vale do Sol, um ano depois da promessa, não tem sequer estudo técnico elaborado

No final do mês de agosto de 2006, o vereador Edílson Félix elaborou e enviou Pedido de Informação de n° 61/06, visando obter da Prefeitura Municipal os dados necessários para responder aos questionamentos da comunidade do Vale do Sol sobre a prometida construção de uma quadra de esportes e da reforma do campo de futebol. A promessa foi feita pela Administração Municipal, em agosto do ano passado, na Câmara Municipal, aos representantes daquela comunidade, conforme matéria publicada no jornal “A Cidade” de 27/08/05, na página 12 e em outros meios de comunicação da cidade.
Diante da demora, de mais de um ano, e da falta de informação sobre o início das obras, a comunidade do Vale do Sol procurou o vereador Edílson Félix para questionar se era normal uma obra prometida demorar tanto. Sem ter os dados necessários para responder, foi enviado o Pedido de Informação, tendo obtido a seguinte resposta:
Sobre as obras da quadra de esportes naquela comunidade, o ofício esclarece que “não foi dado inicio à construção da quadra, devido ao fato de que a mesma foi transferida de local. A área em questão não apresentava condições técnicas para implantação da referida quadra”.
Para Félix, “a Administração Municipal, através de seus prepostos, acaba firmando compromissos com a população que nem sabe se vai cumprir. A construção desta quadra pode ser usada como exemplo: fazem uma reunião com a população, prometem a obra, anunciam na imprensa e, um ano depois, respondem em ofício que, sequer, foi elaborado um projeto ou um estudo técnico”.
A REFORMA DO CAMPO DE FUTEBOL
Outro item questionado no Pedido de Informação, diz respeito às reformas pelas quais passaria o campo de futebol do bairro, pois em março do ano passado, a pedido da AMBAVAS – Associação de Moradores do Bairro Vale do Sol – o vereador já havia enviado uma indicação de nº 363/05 ao Prefeito Municipal solicitando estudos para a reforma do campo de futebol e teve como resposta da SEL que “o campo de futebol do Vale do Sol faz parte da relação de praças esportivas que esta Secretaria pretende reformar”.
No pedido de informação o vereador pergunta se a reforma continua na pauta da Secretaria de Esportes e tem como resposta o seguinte: “Sim, estamos fazendo estudo de viabilidade para a reforma do campo”.
“Para a comunidade do Vale do Sol, foi dito que iriam melhorar o campo para colocá-lo pronto para ser utilizado para jogos, o que até hoje não ocorreu. Foram só palavras”, disse Félix.
No Pedido de Informação, o vereador pediu à Prefeitura que estabelecesse um prazo para o início e fim das obras. Porém, a resposta da Prefeitura foi de que “no momento não há previsão, considerando que estamos realizando estudos técnicos do novo local”.
“No início de 2005 enviamos indicação ao Prefeito Municipal e até agora, esta reivindicação sequer entrou na pauta. Há mais de um ano, a Prefeitura realizou uma reunião com a comunidade do bairro e até agora nada saiu do papel”, disse Félix, que concluiu “Não basta apenas prometer, é preciso cumprir o prometido!”.
Fonte: AVEF - Assessoria do Vereador Edílson Félix

Opinião

Que os medíocres se calem, Clodovil é Deputado Federal!!!!

O que temos em Ubatuba? Uma classe política ridícula e sem representatividade, incapaz de reconhecer os valores alheios, porque não tem valor, um classe que exercita uma política populista, fascista e barata, movida pela fé dos ignorantes e pelo poder dos senhores feudais. Esse lugar sem ordem e sem lei, onde o nepotismo é natural, onde o dízimo é quantitativo e a fé emburrecedora, a mercê desse bando, agora pode mudar. A eleição do Sr. Clodovil, o terceiro Deputado Federal mais votado do estado de São Paulo, e o quinto do Brasil, que recebeu cerca de 500 mil votos, quase cinqüenta vezes a quantidade de votos que recebida pelo senhor Eduardo César na última eleição, demonstra a incapacidade de percepção e visão dos gestores de Ubatuba, que sempre desprezaram o ilustre morador, e agora? Clodovil deu um belo tapa com luvas de pelica, na cara de muita gente por ai, inclusive com o respaldo da maioria da população.
Agora senhores deslumbrados pela miséria de um poder utópico, acordem e percebam que as reverências não são suas, são daquele que mostra de fato, que tem culhão para representar e ser.
Agora sociedade Ubatubense, não se curve mais às debandadas dos gestores que só afundam essa cidade e cultivam a ignorância em prol de si mesmos, agora sim, com o senhor Clodovil, vocês podem dizer que têm alguém que os represente de fato na hierarquia desse país.
Que a sorte esteja com todos nós, pois agora, o homem mais importante e representativo desta cidade, quer queiram quer não, é o Senhor Clodovil Hernandes!!!!!!!
Será que decidiram se é Lula ou Alckimin? Vamos esperar o próximo vento, ai, é ele quem dita!!! Bom, também pode ser Waldemar Mensal Neto???
Parabéns Clodovil!!!!!!!!!!


Marcelo Rezende

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 03 / 10 / 2006

Pescadores e aqüicultores ubatubenses começam a receber carteira profissional
Prefeitura realiza desassoreamento do Rio Maranduba
Fundart realiza exposição de tear e cerâmica

Leia aqui

Manchetes do dia

Terça-feira, 03 / 10 / 2006

Folha de São Paulo:
"Lula tem pressa no dossiê; para Alckmin, petista perdeu a vez"
Em sua primeira entrevista depois do resultado das urnas, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que ainda não tem como explicar por que não ganhou no domingo e que simplesmente "faltou voto", mas que "não vai faltar no segundo". Sobre o dossiê dos petistas e sua ausência no debate da Rede Globo, dois motivos apontados como os responsáveis por ele não ter vencido no primeiro turno, Lula disse que não tem uma "bola de cristal". Ele também admitiu que o episódio do dossiê foi um "tiro no pé".
"Eu confesso que não tenho um medidor ainda. Quem sabe nas próximas pesquisas comecem a aparecer [os motivos de não ter vencido]. Não sei que matéria, se foi debate, o que foi", disse Lula durante entrevista no Palácio da Alvorada. O presidente fez elogios à imprensa e, sem identificar quem, afirmou que "havia uma pressão de setores da sociedade muito grande para que houvesse dois turnos", sem no entanto reclamar disso. "Não vejo nenhum problema nisso." Lula, que a todo momento fazia um evidente esforço para dar um clima de descontração e não demonstrar desânimo, disse que não pode "culpar o PT" e descartou se licenciar do cargo para fazer campanha.

O Globo:

"Lula e Alckmin mudam tom e correm atrás do PMDB"
Em contraste com o comportamento que adotou no primeiro turno da eleição, o presidente Lula anunciou ontem, em rara entrevista coletiva, que irá agora, no segundo turno, participar de debates. Com a expressão solta, quase ressuscitando o Lulinha Paz e Amor de 2002, o presidente defendeu a publicação da foto do dinheiro apreendido pela PF com os petistas do dossiê contra o PSDB.
O tucano Geraldo Alckmin mostrou que sua estratégia será a de buscar a popularização da candidatura: "É pé na estrada, é fé na estrada, vamos falar ao povo brasileiro", disse ao "JN", da TV Globo. Lula também falou ao "JN". O tucano quer se apresentar como novidade: "Lula já teve a sua chance." O petista quer fazer comparações no quesito ético. Ambos revelaram que o PMDB é peça-chave no sucesso de suas campanhas e que já saíram atrás do apoio do partido.


O Estado de São Paulo:
"Lula agora quer debater; Alckmin busca alianças"
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva mudou sua estratégia para o segundo turno e voltou a adotar o estilo "paz e amor". Em entrevista coletiva, deixou o tom triunfalista e as acusações à imprensa e à oposição. O dossiê Vedoin, que até sábado era para ele uma estratégia golpista da oposição, passou a ser "um tiro do PT no próprio pé". Outra mudança anunciada: no segundo turno ele irá aos debates. A Polícia Federal também tem nova orientação a respeito do dossiê: agora a ordem é concluir o inquérito o mais rápido possível, antes do segundo turno, dia 29.
O governo acha que, quanto mais depressa for encerrado o caso, mais tempo terá para administrar as repercussões. O candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin, disse que "Lula teve sua chance e deixou passar". Na campanha do segundo turno ele pretende continuar explorando denúncias de corrupção. Alckmin conversou duas vezes e fez muitos elogios ao candidato eliminado Cristovam Buarque, cujo partido (PDT) será procurado formalmente pelo PSDB, em busca de apoio.


Jornal do Brasil:
"Lula e Alckmin na mais tensa das noites"
Lula festejou os primeiros números. Só no fim da noite, entre espasmos de irritação, rendeu-se ao segundo turno. Para espantar a aflição. Alckmin procurou uma bandeira para a etapa final. Encontrou.

segunda-feira, outubro 02, 2006

Comunicado

Carta aberta à população de Ubatuba

Amigos de Ubatuba! Após um grande trabalho para estas eleições, onde nossa campanha estava cada vez mais vitoriosa, sofremos uma grande decepção. Por um fator burocrático, uma falha na assinatura da secretaria do partido em São Paulo, tive indeferido, junto ao TSE, o registro da nossa candidatura. Aos amigos e companheiros informo que lutei com todas as forças para defender a nossa candidatura e assim o povo de Ubatuba. Ficamos indignados em ter nossa campanha vitoriosa prejudicada por um ato administrativo, enquanto candidatos corruptos, mensaleiros e sanguessugas têm suas candidaturas aprovadas. Agradeço a compreensão, o carinho e o respeito da população de Ubatuba diante de tamanha dificuldade por qual passamos. Fica aqui minha mensagem de otimismo e meus mais sinceros votos de agradecimento à este povo maravilhoso que está sempre ao meu lado. Muito obrigado! Ainda há esperança!


Charles Medeiros
Vereador - PSB

Brasília nunca mais será a mesma...

A cidade em foco

Fusão da APAUBA com a Companhia das Patas

Evely Reyes Prado
A APAUBA - Associação Protetora dos Animais de Ubatuba foi fundada em 3l.08.l996, com o objetivo de cuidar dos animais de rua, e seu caráter zoófilo, educacional, cultural, assistencial e ecológico trouxe um reconhecimento à entidade que a tornou oficialmente de Utilidade Pública Municipal, conforme Decreto nº 1993/00, por unanimidade aprovado na Câmara Municipal.
A magnitude das atividades realizadas no dia a dia, que eram exercidas sem remuneração e sem horário de início ou término, provou aos Poderes Públicos que o trabalho era sério e transparente, tendo sido a entidade agraciada pelos Vereadores com a Moção de Congratulações nº 21/03, na pessoa de Eliana de Oliveira (Presidente) e sua Diretoria.
Após quase 03 (três) anos de reivindicações a APAUBA obteve uma verba através de um convênio firmado com a Prefeitura Municipal de Ubatuba, em que lhe era repassado o valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais) para manutenção dos animais instalados no abrigo (alimentação, medicamentos e cuidados básicos), pagamento dos salários dos funcionários responsáveis pelo manejo, campanhas sobre conscientização de posse responsável e campanhas de esterilização.
O citado convênio elencava obrigações por parte da Prefeitura de Ubatuba, como cessão de veículo para transporte de animais, fornecimento de telefone, cessão de uma sede para atendimento da população, cooperação técnica e levantamento censitário da população animal, que por não terem sido cumpridas, acarretaram despesas à Diretoria que nunca foram ressarcidas, em razão da utilização dos bens de seus membros.
Em janeiro de 2006 a Secretaria de Saúde, com a anuência do Conselho Municipal de Saúde, unilateralmente, decidiu encerrar o convênio firmado em set/2003, comprometendo-se perante a Promotoria Pública do Meio Ambiente dar continuidade a todos os itens constantes do convênio supra citado que eram da responsabilidade da APAUBA, mas até a presente data, por motivos ignorados, não houve a contratação do veterinário específico e nem a aquisição da unidade móvel para a castração nos bairros.
Em virtude de tais fatos, e diante da necessidade de uma política pública que contemple, de fato, a questão animal no Litoral Norte, as cidades de São Sebastião, Caraguatatuba, Ilhabela e Ubatuba decidiram juntar forças e juntarem-se numa só entidade, após o 1º Encontro de Protetores de Animais havido em Ubatuba em no mês de julho de 2006, nas dependências da Câmara Municipal, com uma só denominação: Companhia das Patas.

reyesevely@yahoo.com.br

Opinião

“Beira do Rio Grande de Ubatuba”

Creche em construção do Parque dos Ministérios

Corsino Aliste Mezquita
Escrevíamos, no comentário, “Exercício da cidadania”, ser necessário que todos os cidadãos tenham consciência de sua força, como patrões dos ocupantes do poder e dos cargos públicos, e a exerçam dentro dos parâmetros legais e das normas de civilidade, constantes na nossa estrutura democrática.
Nesse convencimento relatarei o que observei, na creche em construção, do Parque dos Ministérios. Não farei críticas ou elogios. Apenas registrarei fatos que se encontram às vistas de todos os cidadãos, e, para os quais, solicitamos o interesse da Câmara Municipal, do Ministério Público Ambiental e de outros órgãos fiscalizadores. Nosso intuito é evitar um problema futuro.


Placa da obra

Construção da creche do Parque dos Ministérios.
Valor R$ 459.575,62 (quatrocentos cinqüenta e nove mil e quinhentos setenta e cinco reais e sessenta e dois centavos).
Eng. Reinaldo José Kalil Assad.
Firma: “Lopes Kalil Engenharia e Construções”.
Início da obra 31-07-06. (A data não coincide com a realidade)
Término da obra 31-12-06.(Data curiosa para entregar uma obra)
“Uso do dinheiro público com responsabilidade”.

Outros detalhes

Data de observação, 27-09-06. Parte da obra estava em ponto de andaime. Outra parte no alicerce.
Informação de funcionário, vinculado à empresa, comunicou que a obra terá, aproximadamente, 400 m² de área coberta.
A mesma empresa construiu a EM Horto-Figueira, ao custo de R$ 1.282.174,93 (um milhão e duzentos oitenta e dois mil e cento e setenta e quatro reais e noventa e três centavos), para uma metragem de 1.100 m².
O contrato venceu em 17-05-06 e, até a data de observação acima, não tinha sido concluída. A frente da escola está totalmente aberta. São fatos. Cabe aos fiscais de ofício cumprir seu dever.

Local da obra da creche

Obra localizada, junto às margens do Rio Grande de Ubatuba, aproximadamente, a vinte metros de seu leito, no final de duas ruas: Educação e Saúde.Para ambas, neste momento, tem acesso precário.
A área é remanescente de parcela maior cedida, pela Prefeitura, ao Governo do Estado, em 1997, com a finalidade de, a Fundação para o Desenvolvimento da Educação –FDE-, construir o prédio da EM. Madre Maria da Glória. Prédio transferido para a Prefeitura, no processo de municipalização do ensino de 1ª a 4ª séries. A FDE deixou aquela área, fora dos muros da escola, por considera-la inadequada para fazer parte de seus pátios e para permitir que, o Rio Grande de Ubatuba, possa espraiar suas águas, nas enchentes periódicas, sem ocasionar estragos. Ficou como área verde de preservação.
Nas proximidades da obra da creche, do outro lado do rio, encontra-se o chamado “Aterro Sanitário” (LIXÃO, para os ambientalista), emissor de chorume, gases, odores fétidos e procriador de moscas e insetos.Ver:(Guaruçá. “De olho em Ubatuba”, de 26-09-06, “Depósito de cheiros”. Luiz Moura).
Segundo informações, o local é insalubre, tem seu solo contaminado e sofre os efeitos das enchentes.
A comunidade quer a creche. Não naquele local. Está cheia de razão. As crianças do Parque dos Ministérios merecem ambiente melhor, mais adequado e salubre para passar sua primeira infância.
A solicitação da creche, pela comunidade, é antiga. Já em 2003-2004 a administração pretendia atende-la, em outro local, que, por problemas de documentação, não pode ser adquirido.
As autoridades estão em tempo de paralisar a obra e transferir, a creche, para local mais adequado.

Cláusula de barreira

Nove partidos não atingem cláusula de barreira

Nove dos 16 partidos que têm representação no Congresso não conseguiram ultrapassar a cláusula de barreira e podem perder representatividade em 2007. Legendas como o PPS, PV, PC do B, PSOL, PTB, PL, PSC, Prona e PTC não reuniram 5% dos votos nacionais e 2% dos votos em nove Estados nas eleições deste domingo e vão perder força e poder político no novo Congresso.

Em situação diferente estão: PT, PSDB, PFL, PMDB, PP, PDT e PSB. Esses partidos ultrapassaram a cláusula de barreira. O PSB conseguiu atingir a meta ajudado por nomes como Ciro Gomes, eleito deputado federal com quase 667 mil votos, e Luiza Erundina, que teve 195 mil votos.
Os partidos que não atingirem a cláusula de barreira não deixarão de existir. Mas serão impedidos de presidir comissões, não terão direito aos recursos do Fundo Partidário nem terão tempo de TV.
Leia mais
 
Free counter and web stats