sábado, setembro 16, 2006

A coisa vai pegar...

Dossiê foi pago pelo PT

Da Agência Estado:
"O dinheiro destinado a comprar material para tentar acusar candidatos tucanos de ligação com a máfia dos sanguessugas veio de um representante da Executiva Estadual do PT em São Paulo. A informação foi passada à Polícia Federal nos depoimentos dos dois intermediários da venda presos na sexta-feira - o empresário petista Valdebran Padilha e o advogado Gedimar Passos.
Segundo a Polícia Federal, eles não revelaram o nome do representante, mas deram uma descrição física detalhada do emissário petista, as circunstâncias do encontro e até roupa que ele usava na ocasião. O presidente nacional do PT, deputado Ricardo Berzoini, não quis comentar a informação.
Os dois intermediários foram presos num hotel de São Paulo na manhã de sexta-feira com R$ 1,75 milhão, em notas de dólar e real. Eles tinham agendado encontro com Luiz Antônio Vedoin e o primo dele, Paulo Roberto Trevisan, que trariam dossiê relacionando o candidato tucano ao governo, José Serra, e o candidato à Presidência, Geraldo Alckmin, com o esquema de venda superfaturada de ambulâncias a prefeituras, a partir de emendas de parlamentares ao orçamento federal. Vedoin é um dos donos da Planam, empresa que funcionava como pivô do esquema, e foi detido em Cuiabá após a prisão dos intermediários."

Leia mais
aqui.

Editorial

Politiquinha...

Sinceramente não compreendo o raciocínio de certos atores da política nacional. Roberto Jefferson, por exemplo. Ao comentar o dossiê forjado contra Serra, citou o “Caso Lunus”, que como recordam os leitores, sepultou a candidatura de Roseana Sarney à presidência da República. Citou alfinetando Serra, a quem muitos consideram o estopim do escândalo. E quando o fazem, mostram indignação. Eis a duplicidade da alma tupiniquim, tão complexa, tão volúvel. Para quem não se lembra, a Polícia Federal, verificando uma denúncia, invadiu o escritório da empresa Lunus, em São Luiz do Maranhão, empresa ligada à candidata. Se nada de comprometedor fosse encontrado o caso não teria tido repercussão, ou melhor, não haveria caso. Porém, nas diligências, uma montanha de dinheiro sem origem apareceu. Todos sabem que é crime ter um cofre com mais de um milhão de reais sem que a Receita Federal saiba. A denúncia, portanto, tinha fundamento e teve conseqüências. Totalmente diferente da armação contra Serra, que resultou na prisão de Vedoin e de um membro do PT. Essa seguramente foi a armação mais infantil e burra que já vi. Quércia e IstoÉ, que papelão. Pegou mal. Quase eu ia me esquecendo. A verba destinada à compra do dossiê e apreendida pela polícia, um milhão e setecentos mil reais, é grana pra ninguém botar defeito. Seguindo sua origem a polícia vai desvendar a trama. De algum lugar saiu. “Deeep Throat” tinha razão. Follow the money.

Sidney Borges

Adiós...


Andrés Soliz Rada

Crise da Petrobras derruba ministro na Bolívia

O ministro de Hidrocarbonetos da Bolívia, Andrés Soliz Rada, pediu demissão nesta sexta-feira (15), depois que o governo voltou atrás na decisão de confiscar as receitas das refinarias da Petrobras.
Considerado o principal adversário da Petrobras no governo do presidente Evo Morales, Rada pediu demissão "em caráter irrevogável" e alegou "razões pessoais". Horas depois, foi substituído por Carlos Villegas Quiroga, que ocupava o cargo de ministro do Planejamento.
Para o lugar de Villegas no ministério, o vice-presidente boliviano, Álvaro Garcia Linera, nomeou Hernando Larrázabal Córdoba, que era vice-ministro de Planejamento.
Na quinta-feira (15), poucos antes de ser desautorizado pelo vice-presidente, Rada afirmou que o governo não voltaria atrás na decisão, anunciada na terça, de transformar a Petrobras em prestadora de serviços nas suas próprias refinarias e transferir o controle do fluxo de caixa da empresa à estatal boliviana YPFB.
Leia mais

Tentativa de...

Lula recebe informação de que PF investiga o PT

O presidente Lula foi informado de que o PT encontra-se sob investigação da Polícia Federal por suspeita de envolvimento no caso da tentativa de venda de um dossiê contra os tucanos José Serra, candidato ao governo de São Paulo, e Geraldo Alckmin, postulante ao Planalto. De acordo com a informação repassada ao presidente, pessoas ligadas ao petismo de Mato Grosso são mencionadas em grampo telefônico feito com autorização judicial.
O grampeado é Luiz Antônio Trevisan Vedoin, sócio da empresa Planam, que comandava a máfia das ambulâncias superfaturadas. Os telefonemas de Vedoin passaram a ser monitorados pela PF no final de julho, quando ele já havia sido posto em liberdade pela Justiça Federal de Mato Grosso, depois de ter concordado em colaborar com as investigações que levaram ao desbaratamento da quadrilha que trocava emendas orçamentárias de congressistas sanguessugas por propinas.
O sócio da Planam foi pilhado em diálogos nos quais entabulava a venda de documentos, fotos, uma fita de vídeo e um DVD. Contêm imagens de José Serra entregando ambulâncias num galpão da Planam, em Cuiabá, no ano de 2001, quando era ministro da Saúde de Fernando Henrique Cardoso. O DVD, de 23 minutos, traz uma edição reduzida das imagens contidas na fita de vídeo.
Um dos trechos exibiria um discurso de Serra, elogiando a ação dos congressistas da bancada de Mato Grosso, que viabilizaram, por meio de emendas, a aquisição de ambulâncias. São cenas que, levadas ao ar no horário eleitoral de televisão, produziriam inevitável estrago político. Mas que não bastam para configurar a participação efetiva no desvio de verbas públicas.
Segundo a informação repassada a Lula, além de Serra, apareceria numa das fotos apreendidas Geraldo Alckmin, que ocupava na época o cargo de governador de são Paulo. O presidenciável tucano nega que tenha participado de solenidade de entrega de ambulâncias da Planam. E
desqualifica o denunciante. Apareceriam ainda nas fotos e no DVD o ex-governador Dante de Oliveira (PSDB), morto recentemente e vários congressistas matogrossenses. Entre eles: Lino Rossi (PP). Pedro Henry (PP), Ricarte de Freitas PTB) e Antero Paes de Barros (PSDB).
Guiando-se pelo que ouviu na escuta telefônica, a Polícia Federal chegou, na noite de quinta-feira, a Paulo Trevisan, primo de Luiz Antônio Trevisan Vedoin. Prendeu-o em Cuiabá, no instante em que embarcava (23h30) num avião para São Paulo. Levava consigo as peças que que Vedoin acomodara sobre o balcão.
Avisada, a PF de São Paulo prendeu na capital paulista os supostos receptadores da mercadoria: Valdebran Padilha da Silva [o nome não é Valdemar, como se divulgou inicialmente] e Gedimar Pereira Passos. O primeiro é filiado ao PT desde 2004. Naquele ano, atuou como coletor de fundos eleitorais para o partido em Mato Grosso.
Antes de transacionar com o petismo, Vedoin tentara vender sua mercadoria ao comitê eleitoral de José Serra. Um emissário do dono da Planam propôs o negócio em reunião com duas pessoas ligadas à campanha de Serra. O blog conversou com uma delas, que contou que a proposta foi rechaçada.
A PF conduz as investigações em duas frentes. A primeira linha consiste em seguir o caminho do dinheiro apreendido em São Paulo com Padilha da Silva e Pereira Passos (cerca de R$ 1,7 milhão). O objetivo é chegar à pessoa que se dispôs a pagar pelo material reunido por Vedoin. A segunda vertente visa verificar a consistência do dossiê que o sócio da Planam tentou comercializar e até que ponto ele se constitui em prova contra José Serra.
A julgar pela terminologia usada nos documentos da PF, trabalha-se com a hipótese de que o material tem valor probatório. A justificativa para o retorno de Vedoin à cadeia foi a de que ele estaria patrocinando a "ocultação e venda de provas" e chantageando "pessoas envolvidas em crimes". Serra trata o episódio como uma “
baixaria de campanha”.

Fonte: Blog do Josias

IstoÉ

Prenúncios da farsa

Anteontem e ontem, dois blogs faziam alarde destas belezas de matéria, entrevista e rigor jornalístico da IstoÉ: o Blog do Noblat, que bastante gente lê, e o Blog do Zé Dirceu, que ninguém lê - acho que só os jornalistas o fazem para tentar saber qual é a última do rapaz. Como a gente vê, havia gente trabalhando direitinho. Um petisco já tinha sido oferecido no dia anterior pelo Correio Braziliense, que trazia um texto acusando o ex-ministro Barjas Negri de coisa nenhuma: trata-se de um documento em que o então secretário-executivo pede ao Fundo Nacional de Saúde empenho no convênio. Era sua função. Vendia-se o corriqueiro como escândalo. Barjas fazia as coisas de tal forma às escondidas, que assinava um ofício!!! Não me venham dizer que isso é burrice do jornalismo. É outra coisa. A matéria do Correio é assinada por Gilberto Nascimento, ex-assessor de José Graziano no inexistente Fome Zero. O mesmo documento serve à IstoÉ. Ah, sim: Dirceu não noticiou em seu blog a prisão de Valdebran. A IstoÉ botou a matéria em seu site. Até agora ao menos, não traz a prisão do seu “garoto da capa”.


Conheça um pouco mais Valdebran, este aliado de Lula e Berzoniev

Valdebran Padilha, o petista da mala preta, é um velho conhecido de quem investiga falcatruas. Ele mesmo já foi acusado de participar do esquema dos sanguessugas por Ronildo Pereira Medeiros, sócio dos Vedoin. À Justiça, Ronildo disse que o ex-senador Carlos Bezerra (PMDB) “prometeu facilidades dentro da Fundação Nacional de Saúde, em Mato Grosso, através de Valdebran, da empresa Saneng, o qual teria, por sua vez, indicado Evandro, Superintendente Regional da Saúde, em Mato Grosso”. Pois bem: e o que é a Saneng Saneamento e Construção Ltda? Uma das empresas dos irmãos Padilha - os outros são Valdemir José e Vicente.
A empresa tem uma enorme folha corrida, incluindo 65 títulos protestados em cartório e 13 cheques sem fundo da CEF. Uma auditoria da própria Controladoria Geral da União (CGU), datada de maio de 2006, viu indícios de simulação de competição em licitação em Santa Cruz do Xingu para a construção de uma unidade de saúde. A suspeita envolvia três empresas: V3, Engesan e Saneng. As três pertencem aos três Padilhas!!! Valdebran, como se sabe, foi tesoureiro da campanha de Alexandre César, do PT, à Prefeitura de Cuiabá. Do seu bolso, doou R$ 600 reais ao candidato. Já a Saneng foi menos modesta: R$ 50 mil. (Reinaldo Azevedo)

Propaganda enganosa

Ignorado pelo mundo

Por Clóvis Rossi, na Folha de S. Paulo, hoje:
"Eu conheço o mundo, e o mundo me conhece", tem dito, nos "spots" de TV, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A primeira parte da frase é falsa. Se Lula conhecesse o mundo, não levaria a surra que está levando até dos líderes de países absolutamente periféricos no sistema internacional (Evo Morales, para ficar apenas no exemplo mais recente).
Se de fato conhecesse o mundo, seu governo não teria perdido todas as eleições a que se aventurou no sistema internacional.
Se de fato conhecesse o mundo, não teria insistido em uma reunião de cúpula para destravar a chamada Rodada Doha, de negociações comerciais, ante a visível indiferença de seus parceiros mais relevantes no caso. A rodada naufragou.
Se de fato conhecesse o mundo, deveria naturalmente conhecer ainda mais o mundo mais próximo, o latino-americano, no qual, aliás, predominam hoje dirigentes que foram ideologicamente próximos do PT antes de o partido e Lula jogarem no lixo tudo o que disseram antes de chegar ao poder. Mas é justamente nessa vizinhança que Lula toma surras mais vistosas. "


Assinante da Folha leia mais aqui.

Nas ondas



Câmara Municipal Aprova Repasse de Verba

A Câmara Municipal de Ubatuba foi palco no último dia 12 da votação que aprovou o repasse da verba municipal para a Associação Ubatuba de Surf.
Aprovado por unanimidade, a verba será destinada à realização dos eventos de surfe em Ubatuba para o ano de 2006/2007, fato que se tornou inédito na história do Surfe do esporte.
Para o vereador Marquinhos "Tio Sam", "Essa é a única forma de combatermos a sazonalidade de Ubatuba, fazendo eventos fora de época, com isso todos ganham" comentou.
A verba vem atender os seguintes eventos: o Circuito Municipal Ubatuba Surf Challenge, Surf Treinos, etapas do Paulista Profissional e amador, campeonatos Universitários, Super Surf e a etapa de nível 6 estrelas da divisão de acesso do circuito mundial, o WQS realizado pela Onbongo com a parceria da AUS e prefeitura.
A cidade de Ubatuba certamente vai ganhar muito com a realização desses eventos, isso será também uma forma de retribuir aos atletas por tudo o que têm feito pelo município.
Agradecemos ao Prefeito Eduardo César e aos Secretários de Esporte Bittencurt Junior e de Turismo Luiz Felipe pelo grande empenho em celebrar este convênio, lembrando que o título Capital do Surfe foi instituído através de um projeto de lei de autoria do ex-vereador Eduardo César, fato que comprova sua paixão pelo esporte.
Agradecemos também a todos os vereadores que aprovaram por unanimidade e reconheceram a importância deste esporte em nosso município, esporte que projeta Ubatuba para o Brasil e o mundo.

Rege Galvão
Assessor de Imprensa
www.aus.org.br

A cidade em foco

Vereador elabora projeto de Lei que estabelece normas para o som na cidade

Depois de várias reuniões com dezenas de músicos e comerciantes da cidade, o vereador Jairo dos Santos, PT, definiu um novo projeto de Lei, que deverá estabelecer critérios, diretrizes e normas para a emissão de ruídos urbanos e proteção do bem estar e do sossego público. Com a aprovação do novo projeto, a Lei nº. 2102, de 21 de outubro de 2001, com suas alterações, deverá ser revogada.
A grande queixa dos músicos e dos comerciantes é que a Lei 2102/01 é extremamente proibitiva, o que, segundo eles, compromete o trabalho e acaba afastando os turistas que vêm à cidade e querem curtir um som ao vivo, principalmente nas noites de verão.
O empresário Danilo Salsa e o músico João Terra expuseram, em uma carta aberta à população, os danos e os prejuízos causados pela proibição da música, imposta pela Lei:


“1- Gerou queda brutal da freqüência de público, afetando gravemente o faturamento de dezenas de estabelecimentos;

2- Dezenas de músicos que dependem diretamente dos bares para sobreviver ficaram sem trabalho;

3- Centenas de turistas, que presenciaram a queda da música, levaram péssimas impressões da cidade e do Poder Público, prometendo não voltar mais;

4- Comerciantes que apostaram e investiram na cidade estão perplexos e a permanência indefinida da proibição, causará falência ou mudança, gerando grande desemprego na cidade;

5- A cidade mais bela do Litoral Paulista está se tornando fúnebre, devido a nossa ignorância social, política e cultural”.

O vereador Jairo dos Santos, que tem como grande característica a participação popular para toda e qualquer decisão, ouviu os interessados e, dentro dos limites que garantem o sossego e o bem estar da cidade, elaborou o projeto de Lei que abre espaço para a atividade dos músicos e dos comerciantes. De acordo com ele, o Comércio de Consumo Local ou Associado a Diversões, como parques, bares, cafés, danceterias, restaurantes, cantinas, boates, etc. que pretendem ampliar a atividade desenvolvida no estabelecimento para incluir apresentação de música ao vivo, poderão fazê-lo, desde que respeitadas as diretrizes, critérios e normas para emissão de ruídos urbanos e proteção do bem estar e do sossego público. Os estabelecimentos, se necessário, terão de realizar tratamento acústico para atenuar a intensidade sonora e assim, resguardar o sossego público.
Na última reunião, na segunda-feira, 11, Jairo apresentou aos músicos e comerciantes, o projeto que deverá ir a votação dos vereadores nos próximos dias. Eles leram, analisaram, gostaram muito e aprovaram.

Fonte: Assessoria do vereador Jairo dos Santos

Opinião

Quem cala consente

Estive recentemente vitima de um grave acidente, e praticamente fiquei afastado 120 dias desta cidade. Volto e deparo com tanta injustiça e usurpação de poder, algo jamais visto na história deste município, poderia sim me calar, e como estratégia dos políticos ultrapassados praticar a lei do Nóe comigo. Mais antes de político e de profissional de engenharia, sou de fato um ser humano como qualquer outro e pai de família, e não poderia deixar de me calar diante de avassaladora situação.
Diante das perseguições e processos judiciais, diga-se de passagem, pagos com o dinheiro públicos de nossa cidade, venho a público repudiar as atitudes do Governo Municipal, bem como me solidarizar com todos os atingidos, principalmente com Thomas de Carle, Sidney Borges, Luiz Moura, Edílson Felix, Jairo dos Santos, Charles Medeiros, Emilio Campi, Professor Cursino, Elaine Macário e os companheiros tucanos, os pescadores, e os caiçaras vitimas de abuso de poder.
Posso diante das possibilidades momentâneas e dificuldades, apoiá-los e desejar a vocês que tenham força e busquem sempre a paz e o equilíbrio junto aos amigos e pessoas de bem desta cidade, e transmito a vocês dois trechos de um autor que sempre primou pela justiça e soube transpor as dificuldades e as barreiras impostas pelos poderosos:
"De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto".

(Senado Federal, RJ. Obras Completas, Rui Barbosa. v. 41, t. 3, 1914, p. 86)
Eu não troco à justiça pela soberba. Eu não deixo o direito pela força. Eu não esqueço a fraternidade pela tolerância. Eu não substituo a fé pela superstição, a realidade pelo ídolo. (Rui Barbosa – O Partido Republicanos Conservador, 61).
A vocês que diante das dificuldades, não preferem se encolher e nem recuar, e que pela coragem do enfrentamento aceitam se expor em defesa dos seus ideais, nosso desejo de sucesso e persistência.


Engº Pedro Tuzino

Assessor da Secretaria de Energia, Recursos Hídricos e Saneamento do Estado de São Paulo, Engº civil e sanitarista, Consultor e Empresário

Manchetes do dia

Sábado, 16 / 09 / 2006

Folha de São Paulo:
"PF prende acusados de vender a petistas dossiê contra Serra"
A Polícia Federal apreendeu ontem US$ 248,8 mil e R$ 1,168 milhão (R$ 1,7 milhão), em um hotel de São Paulo, em poder do petista Valdebran Carlos Padilha da Silva, empreiteiro mato-grossense, e de Gedimar Pereira Passos, advogado e ex-agente da PF. Eles estavam intermediando a compra de vídeos, fotos e documentos que mostrariam suposto envolvimento dos candidatos tucanos Geraldo Alckmin e José Serra com a máfia dos sanguessugas.
O material, que teria sido reunido e arquivado por Luiz Antonio Vedoin, um dos donos da Planam, foi encontrado e apreendido em Cuiabá (MT), na noite de anteontem. Vedoin, apontado como chefe do esquema dos sanguessugas, foi preso ontem pela Polícia Federal, na capital mato-grossense, sob acusação de "ocultação e venda de provas" e "chantagem de pessoas envolvidas em crimes".


O Globo:
"Venda de dossiê contra Serra leva Vedoin e petista à prisão"
A Polícia Federal prendeu ontem três pessoas - Luiz Antonio Vedoin, principal operador da máfia dos sanguessugas, um empresário filiado ao PT e um advogado ligado a petistas - acusadas de negociar documentos com supostas denúncias contra os candidatos tucanos Geraldo Alckmin e José Serra. O empresário Valdebran Padilha da Silva, que foi arrecadador da campanha do PT à prefeitura de Cuiabá em 2004, e o advogado Gedimar Passos foram presos num hotel perto do Aeroporto de Congonhas com mais de R$ 1,7 milhão em reais e dólares. Segundo a PF, Valdebran tentava comprar o dossiê, que teria imagens de uma solenidade de 2001 em que o Ministério da Saúde entregou 40 ambulâncias vendidas pela Planam, empresa de Vedoin. Ao depor na CPI dos Sanguessugas, o próprio Vedoin disse não ter denúncias a fazer contra Serra. À noite, uma reportagem da revista "Istoé" sobre o assunto foi parar no programa eleitoral de TV do candidato Orestes Quércia (PMDB), que disputa o governo de São Paulo com apoio do presidente Lula.


O Estado de São Paulo:
"Educação melhora, mas mais crianças trabalham"
A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) de 2005 revela que nos primeiros três anos de governo Lula o Brasil teve aumento no trabalho infantil e recuo do rendimento real do trabalho ao menor nível em dez anos. Mostra também dados positivos, como redução mais rápida da desigualdade social, embora de forma heterogênea: os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística indicam que a desigualdade aumentou em São Paulo e caiu de forma substancial no Maranhão, por exemplo. Segundo o levantamento, o brasileiro tem mais acesso a telefone (71,6% dos domicílios) do que a rede de esgoto (69,7%). Nos últimos dez anos, subiu a média de anos de estudo, aumentou o ingresso na escola e caiu a taxa de analfabetismo. A Pnad é o mais completo levantamento socioeconômico do IBGE.

Valor Econômico:

"McDonald's vende lojas em operação de R$ 1,5 bi"
O McDonad's decidiu rever sua forma de operação na América Latina e colocou à venda as lojas próprias que mantém na região. A decisão decorre de problemas enfrentados pela empresa em suas subsidiárias na região, que apresentam baixa rentabilidade. Só no Brasil, onde a empresa faturou R$ 2,5 bilhões em 2005, o grupo tem 307 restaurantes próprios, de uma rede de 544 lojas.
O plano é vender as lojas em bloco para master franqueadores, investidores que ficarão também com a gestão das demais lojas franqueadas. Com isso, em vez de ter subsidiárias integrais e responder pela administração da rede, a multinacional passará apenas a receber royalties. O novo modelo de negócio é chamado pelo McDonald's de "developmental licensees" que poderia ser traduzido como "licenças de desenvolvimento".

sexta-feira, setembro 15, 2006

Estranho é pouco.

PF prende empresário sanguessuga e integrante do PT

A Polícia Federal voltou a prender nesta sexta-feira Luiz Antônio Vedoin, sócio da Planam - empresa acusada de liderar o esquema de compra superfaturada de ambulâncias que está sendo investigado pela CPI dos Sanguessugas. Ele foi preso num motel de Cuiabá (MT) e depõe novamente nesta sexta-feira.
A prisão de Vedoin ocorreu após Paulo Roberto Dalcol Trevisan, primo do sanguessuga, que depôs ontem e complicou o empresário da Planam. Trevisan disse para a PF que recebeu de Vedoin uma fita de vídeo, fotografias e documentos que envolveriam o ex-ministro da Saúde José Serra e o ex-governador Geraldo Alckmin com a Planam. Serra e Alckmin são candidatos do PSDB a governador de São Paulo e presidente, respectivamente.
Leia mais

Istoé

Darci e Luiz Antonio Vedoin envolvem Serra na máfia dos sanguessugas

Reportagem da Revista Istoé desta semana destaca que, do total de 891 ambulâncias comercializadas pela Planam entre 2000 e 2004, 681 tiveram verba liberada até 2002, durante a gestão de Serra e Barjas Negri

Os empresários Darci Vedoin e Luiz Antonio Vedoin, donos da Planam, envolveram o ex-ministro da Saúde José Serra, candidato do PSDB ao governo de São Paulo, no escândalo da máfia dos sanguessugas, em que parlamentares apresentavam emendas para compra de ambulâncias superfaturadas, liberadas pelo Ministério da Saúde, em troca de propina.
Segundo eles, a distribuição de propinas começou em 1998, durante a gestão de Serra no Ministério. "Naquela época, a bancada do PSDB conseguia aprovar tudo e, no Ministério, o dinheiro era rapidamente aprovado", disse Luiz Antonio, em entrevista publicada na Istoé que circula a partir de hoje no País. A assessoria do candidato José Serra não quis comentar a reportagem da Istoé, alegando que não teve acesso a ela.

Leia mais

A cidade em foco

Convite da SABATA para a população da cidade

Representantes da Associação dos Moradores do Bairro do Taquaral convidam toda a população da cidade para a reunião de posse da nova diretoria da SABATA, no dia 18 de setembro às sete e meia da noite, na Escola Municipal “José de Souza Simeão”, no Taquaral. Entre os convidados, estarão presentes representantes da Câmara Municipal de Ubatuba e o prefeito Eduardo César. Além da confraternização, a reunião também servirá para que a comunidade coloque suas principais reivindicações para as autoridades municipais.

Plano Diretor

Manifesto do Instituto de Arquitetos do Brasil

Núcleo Ubatuba, a respeito do Plano Diretor Participativo de Ubatuba

Nós, os Arquitetos de Ubatuba, representados pelo IAB local, vimos por meio desta, manifestar nossa opinião a respeito do Plano Diretor do município.
Para tanto, analisamos o mesmo sob dois aspectos – o do processo de elaboração e o do conteúdo.


O processo

Entendemos que houve excessiva morosidade por parte do Poder Executivo para dar início aos trabalhos e debates a respeito do plano. No entanto, se fizermos uma leitura sob perspectiva histórica, podemos constatar que o diagnóstico dos problemas, bem como soluções apontadas, já tivera início quando da elaboração do PL 106 (projeto para nova lei de uso e ocupação do solo), que, apesar de não aprovado, não pode ser descartado como processo de discussões, com ampla participação dos poderes constituídos e entidades representativas da sociedade civil organizada.
Consideramos, portanto, que ampla parte da sociedade já sabia o que queria em relação ao futuro da cidade antes de o processo de debates sobre o Plano Diretor ser oficialmente iniciado, o que compensou, até certo ponto, o pouco tempo disponível para elaboração da atual minuta.
Gostaríamos de ressaltar que o Plano Diretor não é um fim em si mesmo, ou seja, é um processo em constante evolução, e que, no momento, apenas passou da responsabilidade do Executivo para a do Legislativo, que deverá receber os questionamentos da sociedade acerca de detalhes da minuta, realizar debates para que se esclareçam as dúvidas e as resoluções se encaminhem de forma a melhor atender aos anseios da população.
È preciso haver a consciência de que há um prazo legal para a aprovação do Plano - 10 de Outubro - que se não for cumprido resultará em penalidades ao nosso município, o que ao nosso ver, deve ser evitado. E que, mesmo depois de aprovado pela Câmara, não se encontrará finalizado, pois há várias leis complementares ao Plano que deverão ser elaboradas, reforçando o caráter de processo contínuo ao qual nos referimos acima.


O conteúdo

Estamos realizando debates para discutir o mesmo, e nos pronunciaremos assim que tivermos nossas conclusões, que serão protocoladas na Câmara para deliberação dos vereadores. A princípio foi constatado apenas o caráter genérico das propostas apresentadas, o que pode ser positivo, se houver a devida participação da sociedade na elaboração das leis complementares ao texto, que tratarão justamente dos detalhes fundamentais para a implantação e execução do Plano.
E é o que exortamos as entidades representantes da sociedade civil a fazerem também. Realizar debates e discutir intensamente as questões junto aos vereadores, para que se enriqueça o Plano. E que mantenhamos-nos participativos tanto na elaboração das leis complementares quanto na vigilância civil para que este Plano Diretor seja efetivamente implantado. Não podemos permitir que após a participação da sociedade em sua elaboração, o mesmo seja engavetado, como aconteceu com o anterior (Lei Municipal 1500).


Ubatuba, 15 de Setembro de 2006.


Arq. Daniel Corrêa da Silva

Presidente

Mazelas tupiniquins

Trabalho infantil sobe 10,3% em 2005, diz IBGE

O trabalho infantil apresentou avanço no ano passado. O número de crianças de 5 a 14 anos que trabalham subiu 10,3% entre 2004 e 2005, influenciado pelo aumento no trabalho para o próprio consumo - construção e criação para si próprio - e atividades não-remuneradas, ambas tipicamente agrícolas.
A conclusão faz parte da Pnad 2005, elaborada pelo IBGE, que constatou ainda que o contingente de crianças entre 5 e 17 anos que trabalham subiu e passou de 11,8% para 12,2% entre 2004 e 2005.
Leia mais

Meio ambiente

Ártico perde 700 mil km² de área de gelo em um ano

Um satélite da Nasa registrou mudanças drásticas na camada de gelo do Oceano Ártico entre 2004 e 2005.
A área de gelo permanente - a camada que fica congelada durante todo o ano - foi reduzida em 14%, o equivalente a mais de 700 mil quilômetros quadrados. A média das últimas décadas é de redução de 0,7% da área congelada por ano.
De acordo com um estudo da agência espacial americana Nasa, publicado na revista científica "Geophysical Research Letters", o padrão pouco comum de ventos registrados em 2005 é um dos principais fatores para o fenômeno.
O aquecimento global também pode estar entre os motivos. As temperaturas no Ártico têm aumentado o dobro da média mundial.
Leia mais

Luís Inácio falou...

"O PT foi construído para ser o símbolo de que era possível fazer política diferente. E de repente eu vejo algumas pessoas do PT enveredar pelo mesmo círculo vicioso da política brasileira, achando que o PT poderia fazer o que todo mundo faz sem pagar nenhum preço. Eu me senti traído por quem cometeu erro".

Lula

Visitantes

Internacional

PT Cakra Lintas Nusantara, Indonesia. É a razão social de um visitante do Ubatuba Víbora desta manhã. Será que o PT d'além mar tem o mesmo significado daqui? Em caso afirmativo, fico imaginando o que um petista indonésio imagina encontrar neste humilde blog. Quem sabe alguma frase do tipo: estamos construindo o socialismo, ou vamos redimir as massas ou então a mais usada no momento: o governo promove a maior distribuição de renda da história do Universo. Se era isso que ele queria, encontrou. Fazer frases é fácil. Proferí-las então, é mais fácil ainda. Difícil é transformá-las em realidade. Dez milhões de empregos... (Sidney Borges)

Opinião

Abusando de nossa paciência

Corsino Aliste Mezquita
Lendo as “NOTIFICAÇÕES”, emitidas pelo Sr. Marcelo Santos Mourão, Secretário de Assuntos Jurídicos da Prefeitura M. E. B. de Ubatuba, entregues por funcionários da Prefeitura, aos SENHORES: Vereador
JAIRO DOS SANTOS e Eng. LUIZ ROBERTO DE MOURA, desfilaram, por minha mente, as famosas CATILINÁRIAS de Marco Túlio Cícero e aquele retumbante: “ATÉ QUANDO, O CATILINA!, ABUSARÁS DE NOSSA PACIÊNCIA?”.

Lia, dias passados, que: “quando se passa dos sessenta, são poucas as coisas que nos parecem absurdas”. No caso da Ubatuba atual, o assombro, está atingindo todas as idades. O Sr. Secretário de Assuntos Jurídicos, da Prefeitura Municipal de Ubatuba, está abusando de nossa paciência (da de alguns especialmente), desrespeitando direitos sagrados garantidos pela Constituição da República, agredindo o livre exercício da cidadania, a honra das pessoas e o sagrado direito humano de não ser incomodado por quem não tem autoridade para fazê-lo.

Não conhecerá, o Sr. Secretário de Assuntos Jurídicos, os abusos e supostas ilegalidades que estão sendo praticadas com os veículos da Prefeitura e, de modo singular, com os da Secretária Municipal de Educação, do PSF e outros? Caso não conheça, não tenha observado, não se tenha ligado, deveria, antes de incomodar cidadãos para provarem o que toda a cidade conhece, registra, anota e comenta, informar-se do que estava ocorrendo. Tendo conhecimento, a ele, poderíamos recomendar a expressão poética de Antonio Machado:


Perguntando o que já sabe,
Seu tempo não haverá de perder.
E a pergunta, sem resposta,
Quem poderá responder?

Neste momento cabe lembrar a todos que tem o dever de ofício de garantir a segurança física, psíquica e moral, promover a justiça e o livre exercício da cidadania, em sua plenitude, o artigo dezenove da Declaração Universal dos Direitos Humanos da ONU:

Artigo Dezenove: “Todo indivíduo tem direito à liberdade de opinião e de expressão, o que implica no direito de não ser inquietado por suas opiniões e no de procurar, receber e difundir, sem considerações de fronteiras, as informações e idéias por qualquer modo de expressão”.

Impressionado com acontecimentos que se repetem, em nossa sociedade do século XXI, concluo com uma frase que faz pensar: “Um psicopata como mostra a ‘SUPERINTERESSANTE’ deste mês, é capaz de destruir a vida de várias pessoas, inclusive crianças, sem derramar uma gota de remorso”. (Luis Fernando Vianna, “O homem e a fera”, Folha A2, de 11-07-06).

Nota: Agradeço o apoio do Eng. Pedro Tuzino e de todos que se tem manifestado através de e-mails, telefone e pessoalmente. É confortante saber que não estamos só.

Manchetes do dia

Sexta-feira, 15 / 09 / 2006

Folha de São Paulo:
"Bolívia suspende confisco das receitas da Petrobrás"
Após pressão do governo brasileiro, a Bolívia decidiu recuar e suspender as medidas de confisco das receitas das refinarias da Petrobras no país vizinho. No início da noite, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou que a Bolívia havia "congelado" a decisão de assumir a rede produtiva de hidrocarbonetos e a venda de gás e derivados de petróleo no país. Horas depois, em La Paz, o governo Evo Morales confirmou a suspensão para que as novas condições sejam negociadas com a companhia brasileira.
"É uma decisão para favorecer, para criar um clima favorável às negociações e aos acordos determinados pelo nosso decreto de nacionalização dos hidrocarbonetos", afirmou o vice-presidente da Bolívia, Alvaro García Linera. A decisão foi anunciada após uma longa reunião entre o vice-presidente e cinco ministros de Estado, entre eles o titular dos Hidrocarbonetos, Andrés Soliz, que tinha afirmado previamente que a Bolívia não recuaria.

O Globo:

"Morales prejudica Petrobras de novo e Lula quer 'ajudar Bolívia'"
A decisão da Bolívia de assumir o controle das duas refinarias da Petrobras no país abriu nova crise com o Brasil. O decreto do governo boliviano, um desdobramento da nacionalização das reservas de petróleo e gás feita em maio, surpreendeu novamente a estatal brasileira, que, na intenção dos bolivianos, se transformará em mera prestadora de serviços. A YPFB, estatal boliviana, ficaria com a produção das refinarias, sem estabelecer indenização. A Petrobras reagiu anunciando que abandonaria a atividade de refino no país. Mas o presidente Lula moderou o tom.
À noite, em entrevista à TV Bandeirante, disse que negociaria com o governo de Evo Morales para que a medida, adotada a 15 dias das eleições presidenciais no Brasil, fosse congelada. E manteve o tom de compreensão com as atitudes de ruptura de Morales: "O Brasil precisa ajudar a Bolívia", disse Lula. Os candidatos Geraldo Alckmin e Heloísa Helena criticaram a subordinação do governo brasileiro.

O Estado de São Paulo:

"Bolívia provoca nova crise e confunde governo Lula"
Uma resolução do governo boliviano transformou a Petrobras em simples prestadora de serviço no refino de petróleo. A medida causou ontem grande confusão no governo, que durante o dia ameaçou tomar medidas enérgicas contra a decisão. À noite, o presidente Lula disse que a medida estava "congelada". A informação foi confirmada pelo ministro de Minas e Energia, Silas Rondeau, atribuindo-a ao vice-presidente boliviano, Álvaro García Linera. A resolução havia causado irritação na Petrobrás. Segundo nota da empresa, o governo boliviano tem manifestado "disposição belicosa".
A empresa poderá deixar o refino na Bolívia, disse ontem o presidente da companhia, José Sérgio Gabrielli, embora isso não possa ser feito já por força de compromissos assumidos. Por enquanto, com a resolução suspensa por tempo indeterminado, continua valendo a disposição da empresa de recorrer, se for preciso, a uma arbitragem internacional. A resolução foi mais uma surpresa da Bolívia para Lula, a 17 dias da eleição.


Correio Braziliense:
"Bolívia faz o Brasil passar novo vexame"
O golpe, de surpresa, não veio da oposição. Mas de um colega e suposto aliado político do presidente brasileiro: Evo Morales. A menos de três semanas das eleições no Brasil - e com todas as pesquisas dando como certa a vitória de Lula em 1º turno -, Morales decidiu passar à YPFB, estatal boliviana, o controle financeiro das duas refinarias da Petrobrás naquele país. Como da vez anterior, quando a Petrobras foi confiscada e invadida por tropas do Exército boliviano, a reação do governo brasileiro se mostrou desarticulada.
O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, e o ministro das Minas e Energia, Silas Rondeau, foram duros. Mas Lula aliviou, dizendo que a resolução havia sido "congelada". O vice-presidente da Bolívia, Álvaro Garcia Linera, confirmou a informação. Mas à noite, em entrevista a agência de notícias, o ministro boliviano Soliz Rada afirmou que o governo de Morales não voltará atrás. A queda-de-braço afetou as ações da Petrobrás e influenciou a Bovespa, que voltou a fechar em baixa.

quinta-feira, setembro 14, 2006

Cruz credo

Traído again

Lula tem amigos estranhos. Evo Morales, por exemplo. O que deu nele de avançar contra interesses brasileiros na véspera da eleição? Nosso presidente e guia infalível vai ter de sair de cima do muro. Apesar da solidariedade bolivariano-socialista, tem muita grana envolvida. Lula é esperto, sabe que não pode contrariar os homens da grana. Se ficar calado apanha dos tucanos. Se tomar uma posição contra os pobres e oprimidos camponeses bolivianos apanha do companheiro Chávez. Como dizia Trotsky: é solitária a vida dos que salvam as massas. Banqueiros não admitem perder dinheiro. Se a Petrobras perder eles perdem. E se enfurecem. Banqueiros enfurecidos são de dar medo no demo. E também são volúveis. Contrariados, passam a apoiar outro candidato. E aí “Nosso guia” volta para São Bernardo. Adeus Aerolula. Tudo por culpa daquele índio com cara de japonês que diz ser amigo. Amigo inimigo. É isso que ele é. Ingrato. Sabotador. Direitista...

Sidney Borges

Evo Morales é amigo. Imagine se não fosse...

Lula defendeu "reação firme" contra Bolívia, diz ministro

PATRÍCIA ZIMMERMANN da Folha Online, em Brasília

Após ser bastante criticado pelas declarações diplomáticas sobre o decreto divulgado em maio que nacionalizou as reservas de petróleo e gás da Bolívia, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva agora defende uma reação "firme" do governo brasileiro, segundo o ministro Silas Rondeau (Minas e Energia).
O ministro afirmou que a decisão de cancelar a viagem que faria a partir de hoje à Bolívia - que contaria também com a presença do presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, e tinha como objetivo a negociação dos preços do gás - foi tomada em conjunto pelo Palácio do Planalto, Itamaraty e Ministério da Casa Civil."
O presidente Lula reagiu de uma forma bastante firme porque todo o clima tinha sido construído no sentido de entendimento, e de repente esse assunto surpreendeu a nós todos", disse Silas Rondeau.
O cancelamento da viagem foi em resposta da decisão da Bolívia de assumir o controle de duas refinarias da Petrobras sem pagar nenhuma indenização e "representa uma resposta política, uma reação política" do governo brasileiro à "medida adotada de forma unilateral" pelo governo Evo Morales.
Leia mais

A cidade em foco

Vereador e editor de site são notificados pela Prefeitura

Cristiane Zarpelão
A Prefeitura Municipal de Ubatuba através do secretário Municipal de Assuntos Jurídicos, Marcelo Mourão, notificou no último dia 5, o editor do site Ubaweb, Luiz Moura e no dia 11, o vereador Jairo dos Santos. Em relação ao vereador, a notificação se deveu em virtude da nota oficial escrita por Jairo, intitulada “Nota de Repúdio”, veiculada pela Internet, no dia 3 de setembro, através da “revista O Guaruçá”, no site
www.ubaweb.com.
Já em relação à Luiz Moura, a notificação se deveu ao texto escrito pelo editor, no dia 4 de setembro, com o título “Preparação para a campanha eleitoral de 2008”, veiculado pela Internet também através da “revista O Guaruçá”. Segundo o secretário, ambos os textos fazem acusações gravíssimas de uso da máquina administrativa em benefício de determinada candidatura. O vereador Jairo dos Santos afirma que veículos oficiais da Prefeitura de Ubatuba estavam no comitê de campanha do candidato a deputado estadual Gil Arantes (PFL), localizado no bairro do Perequê-Açú.
Já sobre Luiz Moura, o secretário alega que o editor elaborou o texto com “nítida finalidade política”, onde faz a mesma acusação: “Na manhã de sábado, quando cheguei em frente ao comitê de campanha de Gil Arantes (PFL), no bairro do Perequê-Açú, os veículos da Prefeitura de Ubatuba já tinham ido embora”, citou o editor no texto.De acordo com a notificação, a Prefeitura Municipal diz desconhecer o fato de que veículos oficiais, registrados perante seu patrimônio mobiliário, tenham sido cedidos ou estejam sendo utilizados, diretamente ou em benefício de qualquer partido ou candidato às eleições que se aproximam. “Tais afirmações, além de inverídicas, denigrem a imagem do Município de Ubatuba, alcançando um limite indefinido de leitores, tanto em termos numéricos como em extensão territorial, mormente em se considerando que o veículo empregado para divulgação daquelas afirmações não encontra fronteiras espaciais”, diz o secretário na notificação.
O secretário diz ainda que o fato agrava-se pelo motivo que o vereador possui meios próprios e adequados para a manifestação de todo e qualquer posicionamento. “O vereador poderia fazer suas manifestações em Plenário, na Tribuna da Casa de Leis, não sendo necessário, nem de bom tom sequer, que venha a público através da internet, manifestar-se contra a Prefeitura Municipal ou a conduta de qualquer dos agentes políticos em exercício de funções na mesma”, diz Mourão.
Na nota acrescenta-se que na condição de pessoa jurídica de direito público interno, o Município, por força da Súmula 227 do Superior Tribunal de Justiça, pode ser sujeito passivo de dano moral.“A Secretaria de Assuntos Jurídicos da Prefeitura Municipal de Ubatuba não poupará esforços no sentido de evitar que o nome, imagem, patrimônio e moral expostos por estas notas veiculadas sejam levados ao descrédito”, concluiu o secretario na notificação.

Outro lado

Na sessão de Câmara desta terça-feira, o vereador Jairo dos Santos fez o uso da tribuna da Casa de Leis e disse repudiar publicamente a notificação. Jairo disse que, como legislador do município e fiscal do Executivo, dentro das atribuições institucionais do poder legislativo, autônomo e independente, poderia ter ignorado a notificação, “por um mero secretário municipal”.
O vereador se disse surpreso com “o atrevimento e a prepotência do secretário”, que deu um prazo de 24 horas para que o vereador provasse suas acusações, sob pena de ação judicial por danos morais. “Primeiro, repudio publicamente esse tipo de ameaça, rotulada de notificação. Até porque não merece resposta. E digo mais, não há lei que proíba um vereador manifestar por palavras ou opinar por escrito, fora do recinto da Casa, descrevendo um fato de forma narrativa”, enfatizou Jairo na tribuna.
Depois, ainda na tribuna, o vereador dirigiu-se ao presidente da Câmara Municipal, Ricardo Cortes, e aos demais vereadores dizendo-se estar em protesto, e solicitou que fosse registrada em ata o pedido de providências urgentes contra “essa forma de ameaça, prepotência e incompetência deste mero secretário municipal, que se sente poderoso para encaminhar diretamente a um membro desta Casa, questionando sobre a minha manifestação, livre opinião e pensamento, garantidos pela Constituição Federal da República”.
O vereador terminou o uso da tribuna dizendo que, de acordo com a Lei Orgânica da Câmara Municipal de Ubatuba, o artigo 16 assegura aos vereadores a inviolabilidade por suas opiniões, palavras e votos no exercício do mandato e na circunscrição do município, dando a ele imunidade parlamentar.
Depois de Jairo, foi a vez do vereador Charles Medeiros fazer o uso da tribuna. Medeiros foi enfático: “Tudo isso é uma triste tentativa da Prefeitura de esconder um fato. As provas são contundentes. E tentando acobertar o ocorrido, eles notificam um vereador”, criticou.
Medeiros acusou ainda que o prefeito “mente, que é tamanha a covardia, que ele tenta coagir, perseguir.
Mas verdades virão no decorrer deste processo. Justiça será feita”, concluiu o vereador.
O presidente da Câmara Ricardo Cortes, lembrou na sessão que a cidade possui três poderes, o Executivo, o Legislativo e o Judiciário, e afirmou que é “primordial que esses três poderes trabalhem em paz e união”. Por este motivo o presidente explicou que a Casa de Leis vai levar o caso ao Jurídico para que se descubra quem está com a razão. “Vamos investigar e descobrir, doa a quem doer”, garantiu Cortes.
Procurado pela reportagem, Luiz Moura disse que não tem a mínima idéia de que o texto tenha sido elaborado com finalidade política. “Que política é essa que ele quer dizer”, questionou?
Moura disse que a notificação foi extra-judicial, e que uma notificação dessas pode ser mandada de qualquer pessoa para qualquer pessoa. “Só recebi para tomar conhecimento do teor. Fiquei surpreso com a forma que me foi enviada. Três pessoas vieram me trazer o “papelzinho”, fora do horário de expediente, e uma delas era bem grande. Por que não mandaram um guarda-mirim?”.
Em relação à acusação da Prefeitura estar usando carros na reunião do candidato Arantes, Moura disse que conversou com pessoas que estavam lá e que elas disseram que de fato havia carros da Prefeitura, levando e trazendo pessoas. “Constatei a veracidade do fato através de fotos tiradas de uma máquina digital”, acrescentou.
Para Moura o que está acontecendo é “uma tentativa da Prefeitura tentar calar a boca das pessoas que falam” e afirmou que não deixará de escrever e que suas respostas estarão contidas nos textos que redigirá.
Foto: Renato Boulos/USC
Fonte: Imprensa Livre

Banqueiros apoiam Lula

Lucro de bancos sobe 43% até junho

Folha de S.Paulo

Uma mudança na legislação tributária reduziu a despesa dos bancos com impostos e impulsionou o lucro do sistema financeiro no primeiro semestre deste ano. Segundo levantamento do Banco Central, os ganhos do setor somaram R$ 22,2 bilhões entre janeiro e junho, valor 43% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado.
No mesmo período, as despesas das instituições financeiras com Imposto de Renda e CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido) caíram quase pela metade: de R$ 6,421 bilhões para R$ 3,497 bilhões.Os números apurados pelo BC incluem todo o sistema financeiro, que, além dos bancos, é formado por bancos de desenvolvimento (como o BNDES) e cooperativas de crédito.
Esse movimento se explica, principalmente, pelo novo tratamento contábil dado aos chamados créditos tributários. Esses créditos permitem que empresas paguem menos impostos em determinados anos para compensar prejuízos registrados no passado.
Inicialmente, os bancos tinham até cinco anos para usar esses créditos. Ou seja, depois de apurado o prejuízo, a instituição financeira ganhava direito a um "desconto" nos seus tributos que poderia ser usado em, no máximo, cinco anos.
Em março passado, porém, o CMN (Conselho Monetário Nacional) aumentou esse prazo de cinco para dez anos. Com isso, muitos bancos - especialmente os públicos - puderam se beneficiar de créditos tributários que já estavam vencidos.


Assinante da Folha leia mais

Notícias da Unitau

Alunos da Unitau são premiados em evento nacional de comunicação

O Departamento de Comunicação Social da Unitau garantiu 10 prêmios entre primeiro, segundo e terceiro lugar, além de 3 menções honrosas na 13ª Expocom, exposição que reúne trabalhos de estudantes de comunicação de todo país. O evento é realizado paralelo ao Congresso do Intercom, encontro que reuni pesquisadores e professores da área de comunicação. Este ano, todas as atividades foram sediadas na UnB - Universidade de Brasília - entre os dias 6 a 9 de setembro.
Trinta e cinco trabalhos foram enviados para o Expocom e os premiados estavam nas modalidades de Cartum, Charge, História em Quadrinhos, Fotografia Artística, Ensaio Fotográfico, Radionovela, Organização de Evento, Projeto de Assessoria de Comunicação, Projeto Experimental Institucional, Vídeo Institucional, Campanha de Promoção, Jornal Digital e Livro Reportagem.
Para José Felício Goussain Murade, chefe do Departamento de Comunicação, a participação em eventos deste nível é fundamental para a valorização dos alunos e dos cursos oferecidos pela Universidade. “Esta é uma oportunidade para mostrarmos as atividades que desenvolvemos. Todos os trabalhos enviados não foram produzidos para o Expocom. Eles fazem parte de nossa rotina pedagógica”, afirma.
O chefe do departamento ressalta a importância da valorização dos professores envolvidos nos trabalhos como orientadores. “As premiações e as menções honrosas também revelam o engajamento de nossos professores no desenvolvimento de projetos. Nosso corpo docente é capacitado e a prova disso é a qualidade dos trabalhos apresentados na Expocom e as premiações em outros eventos no ano de 2006, como a Semana Estado de Jornalismo e a Expocomsur”, ressalta.
O Congresso da Intercom é realizado todos os anos no mês de setembro. Em 2007 a cidade sede será Santos e o tema sugerido pelos sócios abordará o mercado e a comunicação na sociedade digital.

Staphanie Moreira
Agência de Comunicação Integrada
Departamento de Comunicação Social da Unitau

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 14 / 09 / 2006

Prefeito entrega reivindicações de pescadores ao ministro da Pesca
Rua Irene, no Itaguá, passa a ter mão dupla
Ubatuba comemora Dia Mundial de Limpeza de Rios e Praias
50ª Festa de Nossa Senhora das Dores começa na sexta-feira
Santa Casa recebe doação de brinquedos para projeto "Fazendo Arte"
Ubatuba brilha no Brasileiro de Kung Fu e Tai Chi Chuan

Leia aqui

Manchetes do dia

Quinta-feira, 14 / 09 / 2006

Folha de São Paulo:
"Jovens são 45,5% dos desempregados"
Pesquisa divulgada pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) mostra que 45,5% do total de desempregados brasileiros têm entre 16 e 24 anos. Ao mesmo tempo, os jovens representam apenas 25% da população economicamente ativa. O levantamento, feito com números de 2005, identificou 3,241 milhões de desempregados no Distrito Federal e nas regiões metropolitanas de São Paulo, Porto Alegre, Belo Horizonte, Recife e Salvador -1,473 milhão tinha até 24 anos.
Para o Dieese, faltam oportunidades para jovens no mercado de trabalho, que tem uma taxa de desemprego de quase o triplo da dos demais. Segundo os números do Dieese, o índice de desemprego das pessoas entre 16 e 24 anos alcança 31,82%, mas cai para 12,76% entre quem tem 25 anos ou mais, nos dados de 2005.


O Globo:
"Detran não cassa carteira por infrações há 18 meses"
Desde março do ano passado, o Detran suspendeu a punição de motoristas que deveriam ter as carteiras cassadas após a perda de 20 pontos ou mais. O órgão decidiu rever os processos depois que a Justiça cancelou as multas entre 1998 e 2004, mas não explica por que a punição parou. A medida beneficia os motoristas que cometem imprudências que resultam em tragédias como a da Lagoa. Com o uso de bafômetro, a PM começa amanhã a reprimir o abuso de álcool entre jovens que desrespeitam a proibição de consumo nos postos de gasolina.


O Estado de São Paulo:
"FMI prevê que o Brasil continuará crescendo pouco"
A economia brasileira continuará a crescer menos que a economia global em 2006 e 2007, segundo o Fundo Monetário Internacional (FMI). Para o Brasil foi estimado crescimento de 3,6% do PIB este ano e de 4% no próximo, informa o enviado Rolf Kuntz. Mas são projeções superiores às de abril, na edição anterior do relatório Panorama Econômico Mundial. Na América Latina, diz o documento, o baixo crescimento e a lenta redução da pobreza têm gerado frustração: "A incerteza política permanece uma preocupação, em parte refletindo as questões sobre a capacidade dos governos, em alguns países, de resistir a medidas populistas". O crescimento econômico dos Estados Unidos foi projetado em 3,4% para este ano e em 2,9% para o próximo, com inflação diminuindo em 2007, mas ainda superior à de 2004 - o que poderá causar a elevação dos juros no país. A expansão européia deverá desacelerar, assim como a japonesa. Mas a maior parte da Ásia continuará em expansão acelerada.

Jornal do Brasil:

"Cesar Maia: "Toda a Barra está na Justiça"
A disputa judicial pela propriedade do terreno em que será construído o condomínio Riserva Uno se estende por toda a Barra da Tijuca. Ao constatar o fato, o prefeito Cesar Maia afirmou que o município não tem como intervir no caso. O secretário de Urbanismo, Augusto Ivan Pinheiros reforça: nada há a fazer.

quarta-feira, setembro 13, 2006

Mistério

Lá no Planalto Central...

Brasília jamais será a mesma. Neste momento membros de uma comitiva jurídico-parlamentar de Ubatuba estão a caminho do Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos. Três vereadores e um advogado com curso de especialização em Direito Eleitoral, além de muitas pastas com documentos e inúmeras fotografias. Não consegui saber o propósito da viagem. Ontem entrei sem querer na sala em que estavam reunidos. Ao me ver guardaram rapidamente os papéis que havia sobre a mesa. No entanto, consegui vislumbrar de relance uma foto de um carro branco com listras azuis no capô. No papel em que estava grampeada notei uma palavra de três letras, das quais só consegui ler a primeira. Era um g. Preciso mudar os óculos. Pelo que apurei a comitiva está tão ansiosa para entregar os documentos, que fez três jogos dos mesmos. Os viajantes deixaram escapar a possibilidade de voar em aviões diferentes por medida de segurança. Depois do onze de setembro tudo é possível. Fica no ar a pergunta: o que eles vão fazer em Brasília? Lula corre algum tipo de risco?

Sidney Borges

A propósito de Turismo...

Comunicado

Em abril de 2004, portanto há dois anos e meio atrás, inconformado com a inércia com que se desenvolvia o turismo de nossa Cidade, em especial de nossa Região, tendo em vista a quantidade de recursos turísticos disponíveis, passamos a pesquisar sobre este tema.
Encontramos o Sebrae, como ponto de apoio de diversos lugares e tomamos como exemplo um bem próximo de nós a COSTA DOS ALCATRAZES, que visitamos e constatamos um desenvolvimento fantástico na qualidade das Pousadas, Hotéis, Restaurantes e Comércio em geral, em detrimento de uma infra-estrutura precária no que se refere aos serviços públicos.
Visualizamos, então, a possibilidade do desenvolvimento ser gerido apenas com os Empresários e o Sebrae, no que se denomina PDTR Programa de Desenvolvimento Turístico Receptivo.
Procuramos então o Sebrae, que nos informou que esta possibilidade existia, porém seria melhor se tivéssemos ao nosso lado um CMT e a Setur, o que descartamos, pois não contávamos na época com esta possibilidade. A exigência do Sebrae era, portanto que déssemos amparo à parceria com uma Associação devidamente formalizada.
Começamos então a caminhada para angariarmos pessoas, principalmente empresários para a formatação desta parceria. Não obtivemos sucesso.
Não obstante fomos surpreendidos com esta parceira feita pela Associação Comercial.
Aproveitamos então esta oportunidade e começamos a desenvolver os projetos que faziam parte do Programa de Desenvolvimento Turístico Receptivo – PDTR, onde as lideranças comunitárias do Extremo Sul se interessaram, e sendo somente estas as pessoas com quem contávamos em nossas reuniões, pois os empresários jamais participaram, salvo pequeníssimas exceções.
Acreditava, portanto que de posse destes projetos poderíamos sensibilizar os empresários para que participassem, em vão.
Como fomos insistentes, pois estes projetos só continuaram com 4 ou 5 pessoas, acabamos vendo inseridas a Setur e a própria Associação Comercial, que até então só entrara com o nome e o espaço físico para as reuniões.
Portanto vimos as coisas se inverterem, ou seja, quando pensávamos em desenvolver o Turismo apenas com o Sebrae e Empresários, acabamos ficando com Sebrae, Setur, Associação Comercial e Comunidades.
Porém esta atividade, na realidade é desenvolvida, sem outra possibilidade, por Empresários e estes continuaram fora.
Nossa proposta, portanto sempre foi voltada a projetos que iriam Sensibilizar, Capacitar, Formatar Produtos Turísticos Atrativos, Criar um Receptivo, Criar uma forma de Gerir e COMERCIALISAR o turismo de forma sustentável e ordenada, e ainda hoje estamos lutando por isso.
Foram dois anos e meio numa determinação incansável e uma Esperança, como dizem, a última que morre.
Acreditávamos ainda que nossas falhas fossem o motivo da falta de participação dos empresários do setor e que no momento certo estaríamos envolvendo o empresariado e finalmente levando avante tão importante projeto.
Convidado a participar de reunião onde seriam discutidas as estratégias e arrecadações para a queima de fogos do Reveillon no Extremo Sul da Cidade, vimos a oportunidade de, com os empresários reunidos e com o consentimento dos organizadores, poder informar sobre nossa atuação nos Conselhos Regional e Municipal de Turismo, bem como, a atual situação do PDTR.
Infelizmente, fomos, de forma humilhante e preconceituosa, contestados e rechaçados pelos Empresários presentes. Apesar de serem apenas três, mas dentre Eles figura importante no contesto do turismo de nossa cidade, pois trata-se de um ex-Secretário de turismo e Conselheiro Municipal de Turismo, percebemos o ledo engano que estávamos cometendo.
Portanto comunicamos a Sociedade Ubatubense nosso afastamento deste projeto, deixando como última forma o “Bastão” para que aqueles que ainda participam continuem nesta batalha. Outrossim, estaremos levando ao Conselho Municipal de Turismo a atual situação do PDTR para que se assim desejarem possam agregar e levar avante este que ao nosso entender é um Plano de Desenvolvimento de Turismo perfeitamente compatível com as nossas necessidades.
Outrossim, seria importante que tanto as Comunidades, como a Setur e o Conselho Municipal de Turismo ficassem atentos para não permitirem que o evento do Reveillon do Extremo Sul seja dirigido para beneficiar alguns.

Fernando Pedreira

Acidente no Itaguá

Sugestão genial

Li, matéria alusiva ao acidente fatal no Itaguá. A sugestão (inovadora) de se colocar (mais) lombadas de forma a servir de obstáculo físico a automóveis para coibir acidentes poderia concorrer, de igual para igual, com a de proibir, definitivamente, que veículos venham a Ubatuba. Ou, ainda, que veículos trasitem pelas ruas. Com a prática de qualquer destas sugestões o índice de acidentes ( com veículos) será ZERO ! Genial?

Ronaldo Dias

A cidade em foco

... e a tão falada continuidade?

A APAUBA - Associação Protetora dos Animais de Ubatuba tem sido procurada pela população da cidade com respeito às campanhas de esterilização que foram prometidas pelo Sr.Secretário de Saúde, Dr.Marcos da Silveira Franco, em janeiro do corrente ano. Grande parte da população é carente e não tem condições nem de arcar com as despesas de uma cirurgia a preço de custo,que por sinal, somente é realizada pela minoria dos veterinários, pois a maior parte não pode ou não quer diminuir o valor da cirurgia. Desta forma quem sofre são os pobres animais, que por não terem donos responsáveis para impedir que procriem, ou por não terem donos em condições financeiras ou porque também o Centro de Controle de Zoonoses não cumpre com sua obrigação de desenvolver as campanhas de esterilização, acabam sendo vítimas do descaso, e passam imediatamente a vilões desta triste história, que tem como tema principal o desrespeito aos animais. Esta inércia por parte dos órgãos municipais acarreta sérios danos à saúde pública, com a proliferação das zoonoses, que conseqüentemente afetam o ser humano. E VEJAM SÓ: o ser humano morador de Ubatuba e o ser humano turista, que vem à cidade e com certeza leva um choque ao se deparar com a grandiosidade de suas belezas naturais envolta no grandioso desrespeito aos animais. Se o turista ficar perplexo ao virar uma esquina e ver uma ninhada de cachorrinhos abandonados em meio à calçada, talvez fique mais entristecido na seqüência, ao encontrar um gato envenenado, dentre tantos que são vítimas de pessoas que não gostam de animais e resolvem exterminá-los. Mas caro turista, devemos preveni-lo que não é só isso: temos também aqueles indivíduos que por entenderem que há muitos animais nas ruas resolvem descarregar todo seu ódio, matando-0s com requintes de crueldade, arrancando-lhes parte do corpo ou perfurando seu corpo ou seus olhos, ou ateando-lhes fogo. Animais amarrados com fios a lixeiras ou postes para morrerem, que acabam cortando o pescoço e adquirindo bicheira e na seqüência apodrecendo em vida são infelizmente, muitos, por incrível que possa parecer. Chegamos uma vez a registrar uma ocorrência onde um poodle foi abandonado na rua Liberdade,após ter sido amordaçado, ter suas patas amarradas e ter sido colocado dentro de uma caixa de papelão toda fechada e lacrada . Sabem como ele foi encontrado? Cheio de bicheiras pelo corpo e com um mau cheiro que se sentia a muitos metros de distância. Existem pessoas cruéis, que são potenciais assassinos e iniciam sua caminhada criminosa com maus tratos e crueldades contra animais,conforme está provado estatisticamente. Chegamos a registrar uma ninhada de gatos com os olhos todos furados nas proximidades de uma escola e que segundo consta teria sido de autoria de determinados alunos que ali estavam matriculados(todos menores de 10 anos de idade). É assim que começa a violência. Se fizéssemos um trabalho preventivo, começaríamos educando nas escolas, com as campanhas de conscientização de posse responsável e de respeito a todas as formas de vida que compõem o meio ambiente e de fato conseguiríamos desenvolver uma efetiva proteção que resultaria na nossa própria proteção. Então nos perguntamos: como podemos falar em cuidados com o meio ambiente, sem uma política pública de proteção aos animais? Com certeza se isto ocorresse de fato, traríamos para a cidade de Ubatuba o turista que admira este comportamento grandioso e que sempre está disposto a conviver e a vivenciar este clima de respeito. Todos sairiam ganhando: os que gostam de animais e os que não gostam.

POR QUE É TÃO DIFICIL SE FAZER ALGO EM RELAÇÃO A ISSO? Dizia um amigo meu que é porque a religião e a política movem o mundo e que gatos e cachorros não se manifestam nem de uma forma nem de outra. Mas e a consciência do ser humano, de saber o que é certo e o que é errado?

Evely Reyes Prado

Notícias da Prefeitura

Reativação de programa leva saúde bucal aos bairros de Ubatuba

A idéia da retomada desse trabalho, desativado desde 1997, partiu da equipe de saúde bucal da Prefeitura, tendo o apoio da Associação dos Cirurgiões Dentistas de Ubatuba e se fortaleceu com a chegada da Unidade Móvel de Saúde Bucal

A Prefeitura de Ubatuba, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, está reativando o Atendimento Programado de Assistência Odontológica nos Bairros (Apaob) em Ubatuba. A Vila de Picinguaba será o primeiro local onde será realizada a ação, no dia 20 de setembro, a partir das 7 horas. Cerca de 20 profissionais da área de saúde bucal, entre funcionários da prefeitura e voluntários, estarão presentes. Toda a comunidade da região poderá ser atendida nesse dia, desde crianças até idosos. Além da consulta odontológica, os profissionais prestarão informações sobre doenças bucais e prevenção.
Depois de Picinguaba, a proposta da equipe de saúde bucal, que tem o Superintendente da Atenção Básica, Érico Vasconcelos na organização de suas ações, é estender as atividades da Apaob por todo o município, realizando-as a cada 15 dias nas regiões norte, sul e centro-sul, com retornos semanais para o acompanhamento dos pós-operatórios. A próxima Apaob está prevista para acontecer na primeira semana do mês de outubro no bairro do Araribá.
A idéia da retomada desse trabalho, que estava desativado desde 1997, partiu da equipe de saúde bucal que atua na rede municipal de Ubatuba, tendo o apoio da Associação dos Cirurgiões-Dentistas de Ubatuba (ACDU) e se fortaleceu com a chegada da Unidade Móvel de Saúde Bucal. O trabalho consiste em facilitar o acesso das populações que residem em localidades mais distantes às ações de saúde bucal, que abrangem educação, prevenção e assistência.
Érico Vasconcelos afirma que o principal objetivo do projeto é amenizar a demanda reprimida existente, que possui necessidades acumuladas de tratamento odontológico. "Eu não vejo outra maneira das ações de saúde bucal acontecerem de maneira eficiente. O Apaob é um formato de atendimento que corresponde às expectativas da população. A chegada da Unidade Móvel representa grande avanço para o município nesse sentido. Finalmente, poderemos propiciar atendimento às populações mais carentes e distantes do município".
Para o prefeito Eduardo Cesar, a Saúde Bucal é uma necessidade que merece atenção no município. Ele ressalta que essa questão foi citada pela população em todas as conferências de saúde acontecidas neste ano. "A saúde do ser humano começa pela boca, pela alimentação, pela fala e pelo sorriso. Proporcionar atendimento odontológico à população também é oferecer respeito e dignidade ao cidadão." PMU

Manchetes do dia

Quarta-feira, 13 / 09 / 2006

Folha de São Paulo:
"Lula está 22 pontos à frente de Alckmin"
A 19 dias da eleição, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) oscilou um ponto para baixo, mas mantém altas suas chances de ser reeleito no primeiro turno, revela pesquisa Datafolha divulgada ontem. O petista lidera a corrida com 50% das intenções de voto, enquanto seu principal adversário, Geraldo Alckmin (PSDB), tem 28%. O tucano oscilou um ponto para cima em relação ao levantamento anterior do instituto, realizado na semana passada. No entanto, se a eleição para a Presidência fosse hoje, Lula estaria reeleito com 56% dos votos válidos (excluídos os nulos, os em branco e os eleitores que se declararam indecisos), um ponto percentual a menos do que o índice anterior.

O Globo:

"Governo anuncia pacote para moradia a 19 dias da eleição"
Após uma semana de intensa propaganda sobre habitação no horário eleitoral gratuito do rádio e da TV, e faltando apenas 19 dias para o primeiro turno das eleições, o governo anunciou ontem um pacote para estimular o setor imobiliário. Entre as medidas, estão a opção de eliminar a TR dos contratos para compra de imóvel, a permissão de desconto em folha salarial para prestações da casa própria e a injeção de R$ 4,6 bilhões para crédito a empresas, principalmente por meio da Caixa Econômica Federal.
Destes, R$ 1 bilhão foi prometido já para este ano. Houve ainda redução de alíquotas de Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) para chuveiros elétricos e sanitários, entre outros materiais. A solenidade contou com a presença do presidente Lula, que não fez pronunciamento, e dos ministros Dilma Rousseff (Casa Civil), Guido Mantega (Fazenda) e Márcio Fortes de Almeida (Cidades). Os empresários da construção civil presentes à cerimônia elogiaram as medidas
.

O Estado de São Paulo:

"Câmara corta 1.018 cargos de confiança"
A direção da Câmara dos Deputados anunciou que, a partir do dia 3, demitirá 1.018 funcionários ligados a deputados, contratados sem concurso público e com salários que variam de R$ 1.500 a R$ 8.200. Outros 145 servidores na área administrativa e não vinculados a parlamentares serão substituídos por meio de concurso em 2007. A medida - uma tentativa de diminuir o desgaste político da Câmara - resultará em economia de R$ 47 milhões, 40,17% do total de R$ 117 milhões gastos por ano com cargos de natureza especial (CNEs).
A partir de 3 de outubro, os ocupantes de CNEs não poderão trabalhar nem nos gabinetes nem fora da Casa. Também não poderão ser nomeados parentes até segundo grau de parlamentares, de membros do Tribunal de Contas da União e de chefes de órgãos da Casa. Para evitar que os cargos sejam preenchidos no futuro, a Mesa elaborou um projeto de resolução que precisará ser aprovado pelo plenário.

Jornal do Brasil:

"Governo dá crédito para casa própria"
A três semanas da eleição, o governo lança um pacote de bondades para facilitar a compra da casa própria. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai financiar a construção de imóveis para funcionários de empresas e o crédito consignado será estendido à habitação. Incorporadores avaliam que os mais pobres ficarão excluídos do benefício.

terça-feira, setembro 12, 2006

Política

Idéias luminosas

Qual teria sido o panorama da política brasileira sem a reeleição? Fernando Henrique Cardoso teria feito o sucessor, disso não há a menor dúvida. É provável que este encontrasse dificuldades face à conjuntura internacional, que mudou repentinamente e se tornou desfavorável. Isso abriria caminho para a vitória de Lula e hoje FHC estaria no páreo, com grande chance de vitória. Quando eu era criança ouvia dos maiores: "quem tudo keds nada tênis". Pois é, a reeleição foi uma péssima idéia. Acabou se virando contra o criador. Se as pesquisas se confirmarem teremos mais quatro anos de Lula e depois será a vez de Serra ou Aécio. E se der Alckmin, oito anos dele ou o retorno de Lula, ou quem sabe, alguém novo. FHC dificilmente voltará à presidência. De quem teria sido a idéia da reeleição?

Sidney Borges

Nas ondas



Renato Galvão é vice em Itacaré

Terminou nesse último final de semana (11/09) a quarta etapa do Super Surf na praia de Itacarezinho (BA). Renato Galvão foi o melhor ubatubense na competição ficando com o vice-campeonato na etapa.
Galvão vinha embalado rumo a final após vencer vários confrontos difíceis.
O primeiro foi sobre o guarujaense Eric Miyakawa. Renato surfou uma onda salvadora nos últimos segundos para garantir sua vaga.
Embalado com sua vitória sobre Miyakawa, Galvão repetiu a dose contra o catarinense Rafael Becker. Galvão ainda deu o troco ao vencer Simão Romão, que havia tirado Odirlei Coutinho da briga pelo título da etapa.
Na segunda semifinal, Renato Galvão venceu o carioca Leonardo Neves de virada. Galvão precisava de 7.37 pontos e fez 7.23 em sua penúltima onda, diminuindo a diferença.
A três minutos do término, Galvão passou a precisar de 6.14 e não desperdiçou seu último cartucho. Mandou uma rabetada de frontside e atacou a junção com força para arrancar 7.77 pontos dos juízes.
Na decisão, Renato Galvão foi barrado pelo cearense Heitor Alves por 14.83 a 13.33 pontos.
Pelo vice, Renato Galvão embolsa R$ 9,6 mil e soma 860 pontos. O ubatubense precisava da vitória para seguir na briga pelo título nacional, mas com esse resultado a briga está agora entre Odirlei e Jihah.
Edgley Santos não deu sorte e foi barrado no seu round de estréia pelo paulista Flávio Tavares.
Em seguida, o potiguar André Fagundes bateu o experiente paulista Tadeu Pereira por uma vaga no evento principal. Começava a briga pelo tão sonhado título de campeão brasileiro para o atual vice-líder Odirlei Coutinho.
Odirlei teve dificuldades para vencer o baiano Armando Daltro. Armando teve a melhor nota da bateria (6.23) e precisava de apenas 4.43 para vencer. O baiano deixou passar uma onda importante nos últimos minutos e se deu mal, pois as ondas sumiram no fim do confronto.
Melhor para Odirlei que continuou na briga.
O confronto pelas oitavas reuniu o carioca Simão Romão e Odirlei Coutinho. Jihah, líder do ranking já havia perdido e para Odirlei o que interessava era avançar na competição. Simão achou as ondas e mandou três porradas de backside para descolar 9.53 pontos. Simão ainda somou um 7.67, deixando Odirlei em combinação de notas.
Odirlei deu adeus à competição, mas ainda segue na disputa pelo título de campeão brasileiro de 2006.
No feminino, Luana Prado perdeu na rodada de estréia. Suelen barrou Francisca Pereira nas quartas de final, mas foi superada por Claudia Gonçalves na segunda semifinal. O palco da decisão do título será a Praia a Barra da Tijuca, Rio durante os dias 11 a 15 de outubro.
Vamos todos torcer por mais um título brasileiro aqui pra Ubatuba com Odirlei Coutinho.
Foto: Aleko Stergiou

Rege Galvão
www.aus.org.br

A cidade em foco

Movimento de turistas surpreende o comércio em Ubatuba

Cristiane Zarpelão
Com previsão de mau tempo, os comerciantes de Ubatuba já se diziam desanimados acreditando que o feriado seria fraco. Preferiram não estocar muitos produtos e não contrataram mais funcionários para assim não terem prejuízos. Mas a partir da sexta-feira foram surpreendidos com o bom tempo e um grande movimento de carros nas estradas e na cidade.
As principais praias e o comércio de Ubatuba registraram movimento intenso de turistas neste feriado.
O movimento chegou a surpreender os comerciantes instalados à beira-mar. Segundo o presidente da Associação dos Quiosques, Carlos Roberto do Lago, o feriado surpreendeu. “Como vínhamos de uma época muito ruim, com o tempo frio e feio, acreditávamos que o feriado seria fraco. Muitos não contrataram mais funcionários e até estocaram muito pouco acreditando que seria ruim. Na quinta-feira, o mar estava ressacado e não tinha muitas pessoas descendo. Graças à Deus abriu o tempo e muitos turistas nos visitaram. Foi uma surpresa muito boa”, disse Carlos Roberto.
O presidente da Associação de Bares e Restaurantes, Alfredo Luiz Filho também se disse surpreendido em relação ao movimento, mas ressaltou que de qualquer maneira esse feriado seria melhor, pois no ano passado caiu em uma quarta-feira. “Por este feriado ter caído em uma quinta, com certeza seria melhor em relação ao ano passado, mas o bom tempo ajudou muito. Infelizmente a mídia nunca favoreceu Ubatuba com previsões do tempo. Não sei se isso é algo político, mas sempre indicam chuva, quando na verdade acaba abrindo o maior sol. Nossa sorte é que temos turistas fiéis que adoram nossa cidade”, disse Alfredo.
O presidente da Associação Comercial de Ubatuba, Ahmad Khalil Barakat, ressaltou que o bom movimento deste feriado traz folego e ânimo aos empresários da cidade. "Muito positivo o balanço deste feriado, traz boas perspectivas para a temporada de verão", acrescentou.
Já o representante do Sindicato de hotéis e pousadas, Ignácio Strass considerou um feriado médio. “Nos hotéis e pousadas esperávamos um movimento maior. Tivemos entre 60 a 70% de hospedagens. Acredito que as previsões de mau tempo influenciaram muito no nosso movimento. O maior número de turistas que vieram são aqueles que possuem casa ou apartamento aqui”, acredita Strass.
Segundo a Cetesb - Companhia de Tecnologia Ambiental, todas as praias da região apresentaram boas condições de balneabilidade.

Alerta

Alfredo Luiz Filho que é presidente da Associação de Bares e Restaurantes, possui um estabelecimento na Avenida Leovigildo Dias Vieira, Itaguá - local onde houve um atropelamento com vitima fatal neste feriado. Ele pede para que as autoridades tomem alguma atitude com urgência. “Essa avenida vira uma pista de corrida. Em um ano, este é o segundo caso de morte no local. As autoridades precisam colocar uma lombada, ou tomar qualquer atitude que impeça os motoristas de correr. Quantas mortes serão necessárias para que alguma coisa seja feita? O feriado de 12 de outubro está aí, não podemos deixar que o fato lamentável se repita”, apontou o comerciante.

Notícias da Associação Comercial

Palestra Gratuita
Autônomos e contratos de prestação de serviços

Descritivo: O que é ser autônomo estabelecido e não estabelecido; qual a diferença em relação ao empregado registrado; o que caracteriza o vínculo empregatício. Contrato de prestação de serviços, como ter absoluta validade.
Quais as diferenças entre autônomos e empregados; qual o perfil do profissional autônomo; como elaborar o contrato do profissional autônomo.

Dia: 20 de setembro
Horário: 19h00
Duração: 2 horas (aproximadamente)
Local: Associação Comercial de Ubatuba
Vagas limitadas
(Não serão aceitas inscrições sem o CPF)
 
Free counter and web stats