sábado, junho 10, 2006

Varig: O cerco se fecha...

Pouso forçado

O Globo - Erica Ribeiro, Geralda Doca e Ronaldo D’Ercole
*RIO, BRASÍLIA e SÃO PAULO
A Boeing conseguiu ontem na Justiça de Nova York o direito a ter de volta sete aeronaves — cinco MD-11 e dois 777 - usadas pela Varig. A decisão foi da juíza Karla Moskowitz, da Corte Suprema do estado de Nova York, que, em seu parecer, argumentou que o atraso desde março nas parcelas de leasing está reduzindo o valor dos aviões. Pela decisão, os aviões permanecem na frota da companhia (atualmente de 54 unidades) até terça-feira, data da audiência no Tribunal de Falências do Distrito Sul de Nova York com o juiz Robert Drain, que decidirá se a proteção dada à Varig contra arresto de aviões por empresas de leasing será mantida ou não.A juíza deu prazo até meio-dia de terça-feira para que a Varig pare de usar os aviões, e até 1 de julho para que a companhia entregue-os à custódia da Boeing. Os advogados da Varig não vão recorrer. A Boeing confirmou ontem à noite, no Brasil, que conseguiu a liminar que autoriza o arresto.Segundo a Varig, a decisão a favor da Boeing poderá perder o efeito caso Drain mantenha a proteção à Varig no próximo dia 13.No mesmo dia da audiência em Nova York, vence também a data para que a NV Participações, criada pelas associações de funcionários da companhia que formam o Trabalhadores do Grupo Varig (TGV), deposite os primeiros US$ 75 milhões do pagamento pela empresa, se sua proposta for aprovada.O juiz Luiz Roberto Ayoub, da 8 Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio, intimou ontem os diretores da NV, única a apresentar proposta no leilão de quinta-feira pela Varig Operações (rotas domésticas e internacionais), a prestar esclarecimentos sobre a proposta.

Consultoria oferece US$ 800 milhões

A NV tem até segunda-feira para se manifestar. Se as condições não forem aceitas, há a possibilidade de o juiz avaliar propostas de empresas que se habilitaram no leilão. Entre as que participaram estão OceanAir, TAM, Gol e o fundo americano Brooksfield.Embora não tenha descartado decretar a falência da Varig, a tendência é que Ayoub aceite a proposta do TGV. O juiz quer saber se a entidade terá os US$ 75 milhões exigidos no edital. Se o dinheiro aparecer, Ayoub poderá aprovar a oferta e, com isso, dar fôlego à companhia. A empresa usaria os recursos para quitar parte da dívida atrasada com as empresas de leasing . Ele descartou a proposta apresentada ontem pelo fundo Multi-Long Corporation de comprar a Varig por US$ 800 milhões, com financiamento total do BNDES e sem garantias. - A proposta que estou avaliando é a do TGV. O valor ofertado, de US$ 449 milhões, supera o mínimo necessário para não ser caracterizado preço vil (o preço mínimo no leilão era de US$ 860 milhões).
Já o presidente da Infraero (uma das credoras da companhia), brigadeiro José Carlos Pereira, considerou a proposta do fundo estranha: - A proposta desse fundo é estranha e inaceitável. Por que eles não participaram do leilão?
Michael Breslow, presidente da consultoria Multi-Long, considera sua proposta, entregue ontem à Justiça do Rio e ao Ministério da Defesa, melhor do que a apresentada pela NV. Ele afirmou que sua empresa foi uma das que procuraram o BNDES em maio para o empréstimo-ponte à companhia aérea antes do leilão - o banco rejeitou por falta de garantias. Em sua nova proposta, Breslow oferece ao BNDES duas modalidades de financiamento, sem apresentação de carta-fiança. - Uma das formas é o aporte de US$ 800 milhões, 100% financiados pelo BNDES. A outra é o financiamento de US$ 365 milhões, com o restante do valor em debêntures da nova empresa e ações da Varig no mercado secundário da Bovespa, desde que nossa empresa fique com o controle da Varig - disse.Breslow - que diz ter esse nome por ser filho de ingleses - afirma que com US$ 800 milhões a Varig poderá, em cinco anos, retomar seu espaço no mercado. Segundo ele, sua empresa atua em consultoria para os setores industrial e aéreo desde 1998.
Em sua engenharia financeira, Breslow pede carência de três anos para iniciar o pagamento do empréstimo. Após esse prazo, o pagamento ao banco seria feito em oito anos, em parcelas semestrais. Ele afirma, ainda, ter uma carta da Boeing garantindo participação na operação. A Boeing negou ontem que tenha qualquer acordo com a Multi-Long. Segundo a Boeing, qualquer empresa com estrutura e capacidade financeira que venha a se interessar pela companhia aérea brasileira terá seu apoio.
Perguntado se colocaria dinheiro na operação, Breslow disse que sua contribuição será com o trabalho. - Entraremos com nosso empenho e nosso suor. O BNDES está sentado em cima de centenas de milhões e a situação da Varig é um motivo de força maior. Pedi três anos de carência, tempo dado pelo banco para compra de equipamentos. Não custa tentar. Sei que corro risco de ser barrado novamente pelo BNDES por não oferecer carta-fiança.
O BNDES informou que não recebeu qualquer pedido de aporte financeiro da Multi-Long esta semana. O banco não comenta sobre empresas que tiveram pedidos de financiamento recusados.
Também na segunda-feira, a diretoria colegiada da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) estará no Rio, quando tomará medidas decorrentes da decisão do juiz. Na terça-feira, o órgão regulador não enviará representantes a Nova York, como ocorreu no último dia 31. Se a Justiça americana tivesse determinado a retomada dos aviões naquela data, a Anac, em nome do governo brasileiro, pediria um tempo para colocar em prática o plano de contingenciamento.
Ontem, Marcelo Gomes, diretor da Alvarez & Marsal - consultoria responsável pela reestruturação da Varig - garantiu que a companhia terá fornecimento de combustível pela BR até terça-feira e que, em reunião com os diretores da NV, alguns dos investidores estrangeiros citados pela empresa como participantes do consórcio foram revelados.
(*) Com Bloomberg News

Jairo encontra Lula


Lula prometeu apoio à causa caiçara e aos quilombolas

Apoio jurídico ao povo caiçara

Foi o pedido do vereador Jairo dos Santos ao presidente Lula, em São José dos Campos

O vereador Jairo dos Santos, PT, o vice-prefeito de Ubatuba, Domingos dos Santos, o presidente da Fundart, Martiniano Nelson Viana e o presidente do Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores de Ubatuba, Maurício Moromizato, participaram do encontro com o presidente Luís Inácio Lula da Silva e o presidente da Petrobrás, José Sérgio Gabrielli, em São José dos Campos, no dia 02 de junho. Durante o discurso, Lula anunciou investimentos de cerca de dois bilhões de reais para o projeto de ampliação e modernização da REVAP, a quarta maior unidade de refino da Petrobrás. A previsão é que as obras tenham início até o final do mês, gerando, aproximadamente, 25 mil empregos diretos e indiretos. O presidente anunciou também, a implantação do Plano Diretor de Dutos, projeto avaliado em 700 milhões de reais além de investimentos de 90 bilhões de reais para o projeto Gemini, que prevê a produção de Gás Natural Liquefeito (GNL).

Fonte: Assessoria Jairo dos Santos

Editorial

Falta de compromisso com a clientela

O Ubatuba Víbora comunica aos leitores que os inúmeros e freqüentes atrasos na publicação devem-se aos péssimos serviços da conexão Speed. Instável, truncado, lento e caro, esse é o pacote que a Telefônica (digo Telefoníca) oferece. Como não há outra opção, resta ter paciência e esperar que a conexão via satélite se torne acessível.

Sidney Borges

O dinheiro tem de sair de algum lugar...

Chávez financia empresa comandada por facção petista

Por Paulo Moreira Leite, n'O Estado:
"Berço militante de ex-ministros e personagens de primeira linha do PT e do governo de Luiz Inácio Lula da Silva, nos últimos meses a tendência O Trabalho - conhecida no passado como Liberdade e Luta - passou por um processo de crise e divisão interna, consumada no fim de semana com o surgimento de duas organizações separadas. O episódio seria igual a tantos outros não fosse por um aspecto: os dirigentes de uma das correntes em conflito administram uma empresa semifalida que meses atrás recebeu financiamentos de milhões de dólares do governo da Venezuela, de Hugo Chávez. O acordo milionário foi assinado em Caracas, na presença do próprio Hugo Chávez, em outubro passado. Fiel à estratégia de não desperdiçar nenhuma oportunidade para ampliar sua influência no continente, Chávez determinou que uma estatal do setor petroquímico assinasse um contrato de cinco anos com a Cipla, uma das maiores empresas brasileiras do setor plástico, que desde 2002 se encontra sob controle de seus 1.000 funcionários, depois que os antigos proprietários se mostraram incapazes de pagar salários e outros direitos. O acordo prevê financiamento, com juros de pai para filho, para a compra de matérias-primas. No primeiro ano de contrato o valor anunciado é de U$ 16 milhões. A estimativa é que, ao longo de cinco anos, o financiamento chegue a U$ 70 milhões."

Se ele contasse o que sabe...

Rocha Mattos é condenado a mais 8 anos e 5 meses de prisão

Por Frederico Vasconcelos, na Folha:
"O juiz federal João Carlos da Rocha Mattos foi condenado a mais oito anos e cinco meses de prisão, em regime fechado, pelos crimes de falsidade ideológica, peculato e prevaricação. Os fatos foram apurados durante a Operação Anaconda. Esta é a quarta condenação do juiz pelo Tribunal Regional Federal. Ele acumula penas de 18 anos e nove meses. Cabem recursos contra as decisões. O ex-agente da Polícia Federal César Hermann Rodriguez foi condenado a sete anos e meio de prisão. Ele estava em liberdade e saiu preso. Rocha Mattos e César Hermann foram absolvidos, por unanimidade, da denúncia de corrupção. O Ministério Público Federal não provou denúncia de venda de sentença baseada em gravações. Com a ajuda de Hermann, o juiz falsificou o Imposto de Renda para ocultar aquisição de bens sem origem comprovada. A condenação por peculato baseou-se no desvio de arma apreendida em processo judicial. O juiz foi acusado de prevaricação por causa de telefonema em que pergunta se o advogado Sérgio Chiamarelli Júnior gostara da sentença que proferiu, absolvendo-o. O advogado do juiz, Antônio Celso Galdino Fraga, vai requisitar a transcrição das notas taquigráficas e impetrar habeas corpus no Superior Tribunal de Justiça com base nas divergências dos votos. Pedirá o trancamento da ação, por atipicidade das condutas imputadas ao juiz."

Time forte...

Mercadante define equipe para comando de campanha

Na Folha, por Malu Delgado:
"A equipe de comunicação e publicidade que fará a campanha do senador Aloizio Mercadante (PT) ao governo de São Paulo está definida. Os responsáveis pelos programas eleitorais serão Dante Matiusse e Marcelo Simões. Matiussi já trabalhou para o PT com Duda Mendonça. (...) A contratação de Matiussi, segundo Mercadante, ainda não está definida. Ele disse que o trabalho com Duda é apenas uma parte da vida profissional do jornalista, que tem uma carreira respeitável. O contrato com a Poli Marketing Político, que também tem como sócio Florestan Fernandes Jr., ainda não foi assinado, segundo o presidente estadual do PT, Paulo Frateschi. A candidatura será oficializada hoje, em convenção do PT, no Anhembi, ao custo de R$ 25 mil. O principal articulador e coordenador da campanha de Mercadante será Frateschi, que recusou o convite do PT nacional para auxiliar na campanha de Lula."

Manchetes do dia

Sábado, 10 / 06 / 2006

O Globo: “PF investiga se verba pública foi usada para invadir Câmara”
O Estado de S.Paulo: “Juíza deixa presos 42 líderes de sem-terra”
Folha de S.Paulo: “Justiça adia para segunda a decisão sobre Varig”
Correio Braziliense: “Promessa de aumento evita greve da polícia”

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 10 / 06 / 2006

Copa do Mundo é o tema de 14 composições que disputam Festival de Música em Ubatuba
Taxistas pedem ajuda da Prefeitura para fiscalizar táxis e vans
Ouvidoria Municipal atende reclamações da população ubatubense
Professora da rede municipal de Ubatuba expõe quadro na Itália
Prefeito apresenta projetos à comunidade do Perequê-Açu
Núcleo Gestor convida população para próximas reuniões do Plano Diretor Participativo
Setor pesqueiro e da maricultura ubatubense participam do II Simpósio de Controle de Pescados
Aslan & Kyrillos apresentam show de motocross em Ubatuba

sexta-feira, junho 09, 2006

Surfando em Ubatuba



Ubatuba Surf Challenge 2006

A primeira etapa do Ubatuba Surf Challenge 2006, denominado “Circuito Municipal de Surfe de Ubatuba”, foi iniciada hoje, no canto esquerdo da Praia Grande, na região central de Ubatuba.
A etapa havia sido cancelada por conflitar com alguns eventos importantes do calendário nacional e foi remarcada para que o maior número de atletas pudessem participar.
O circuito é realizado em três dias, tem 16 categorias e conta com uma média de 200 inscritos, sendo considerado o maior do gênero e a maior festa de confraternização do surfe local.
Destaque para a categoria profissional, onde os atletas sempre apresentam um espetáculo à parte e um surfe de alto nível com diversos atletas que compõe a elite do surfe nacional.
Nesta competição há um encontro único de gerações, pois há inscritos desde o “Petit”, que contém integrantes de 6 anos, até os veteranos acima de 45 no Longboard.

Petit, Infantil, Iniciante, Iniciante-feminino, Mirim, Júnior, Sênior, Gran-Master, Longboard, Longboard-Master, Longboard-Veteranos, Universitários, Open-Masculino, Open-feminino, Pro-masculino, Pro-feminino são as categorias que compõe o circuito.
As disputas começaram hoje e só terminam no próximo domingo, com exceção da categoria universitário - que foi finalizada hoje - devido à etapa do Circuito Paulista Universitário na praia do Cambury, em São Sebastião. Dessa forma, os atletas que forem competir terão tempo para viajar.
Edgar Bichof e Suelen Naraisa são os atuais campeões profissionais municipais e começam a defender o título a partir de hoje. Outro destaque do circuito é o jovem Emerson Santos, que no ano passado conquistou os títulos de duas categorias - Mirim e Júnior. O bi-campeão brasileiro de surfe profissional, Ricardo Toledo, também é destaque. No ano passado conquistou os títulos das categorias Universitário, Longboard Master, além de ficar com o vice-campeonato da categoria Master, o quarto lugar na categoria Sênior e a primeira colocação na Longboard. O evento conta com três etapas no total, mas as duas próximas ainda não têm data definida.
Fonte: Cristiane Zarpelão

Tuzino volta à ativa...


Engenheiro Pedro Tuzino entre lideranças do PSDB

Pedro Tuzino coordena campanha de pré-candidato ao senado

O deputado federal Mendes Thame é um dos pré-candidatos ao Senado pelo PSDB

O engenheiro de Ubatuba Pedro Tuzino vem se consolidando como uma grande liderança estadual do PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) articulando a pré-candidatura do deputado federal Mendes Thame, ao Senado pelo Estado de São Paulo.
Tuzino, mesmo se recuperando de um grave acidente que sofreu há pouco mais de três semanas e vindo de uma cirurgia, fez questão de estar presente, sendo que ele é um dos principais articuladores da campanha de Thame ao Senado. “Mesmo ainda meio impossibilitado, não poderia deixar de participar desse evento, pois o Thame é um político honesto, que tem todas as qualidades para pleitear esse importante cargo que é o de Senador”, afirmou.
Thame está concorrendo com a também deputada federal Zulaiê Cobra para disputar uma possível indicação do PSDB ao Senado e na última segunda-feira, 05, juntamente com o deputado estadual João Caramez se reuniu em um almoço no Crowne Hotel para mostrar seu projeto para o senado, contando com a presença de mais de 30 autoridades entre prefeitos e vereadores.
Segundo o pré-candidato Mendes Thame, “o PSDB tem uma grande obrigação nestas eleições que é montar um grupo com vários candidatos para se unir ao Alckmin (Presidência) e ao Serra (Governo do Estado) que são candidatos excepcionais que têm um passado limpo e podem mostrar que são os melhores nomes para administrar esses governos”.
Fonte: Diogo Cruz

“Congelamento” em foco

Manifestação pede apoio de vereadores

Na noite da última terça-feira, moradores das regiões atingidas pelo Congelamento fizeram manifestação defronte à Câmara Municipal. Eles temem as demolições e foram pedir o auxílio dos vereadores para a sua causa. Em nome da Câmara o vereador Charles Medeiros disse que o governo está sensibilizado e atento para que o processo ocorra sem que ninguém tenha direitos feridos. As discussões sobre o Congelamento são saudáveis. A ação é correta e precisa do apoio de todos. O Ubatuba Víbora está à disposição para que os interessados se manifestem. Sempre é bom lembrar que da discussão nasce a luz. Veja as fotos abaixo.

Sidney Borges

Chimpanzé em loja de cristais...

Ronaldo compara "bebedeira" de Lula à sua "gordura"

EDUARDO VIEIRA DA COSTA
Editor de Esporte da Folha Online, em Königstein
O atacante Ronaldo comparou nesta sexta-feira as insinuações de que ele estaria acima de seu peso com as acusações ao presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, de que ele costuma consumir álcool em excesso.
Leia mais

Lula bebe?

Declaração "bombástica" de Ronaldo foi dada só às equipes de TV

PAULO COBOS
Enviado especial a Königstein
A declaração mais bombástica até agora na preparação final para a Copa do Mundo foi quase no final de um dia atípico para a seleção.
Ronaldo falou sobre a possibilidade de Lula se exceder na bebida no último instante da bateria de entrevistas dos cinco jogadores designados pela CBF para falar com os jornalistas.
Leia mais

Educação Infantil

Creches superlotadas

Enquanto os profissionais em Educação Infantil correm atrás de formação para melhor atender e garantir uma educação de qualidade, a Secretaria de Educação Municipal superlota as creches municipais, só para garantir cargo de alguns educadores eventuais.
Onde está o direito da criança de ser assistida em todas as suas necessidades?


Sandra da Silva
Auxiliar de Serviços Infantis

Rumo à Assembléia Legislativa



Dois momentos da visita de Antonio Carlos, com Sérgio Caribé e ladeado por membros do PSDB de Ubatuba

Antonio Carlos lança candidatura em Ubatuba

Na tarde de ontem, quinta-feira, 8 de junho, o ex-prefeito de Caraguatatuba, Antônio Carlos, esteve um Ubatuba lançando sua candidatura a deputado estadual pelo PSDB.

De todos os políticos do litoral norte ele é sem duvida o que tem a maior visibilidade e o maior prestígio, o que conseguiu através de duas administrações memoráveis na cidade vizinha, transmutada de patinho feio em cisne.
Quem visitava Ubatuba, Ilhabela ou São Sebastião, nos anos das décadas de setenta e oitenta, vindo pela rodovia dos Tamoios, queria deixar logo Caraguatatuba para trás.
A Cidade era feia e deprimente, mera passagem.
Aos poucos essa visão foi mudando, quem transita hoje pela avenida da praia percebe a ação transformadora de uma administração inteligente. Essa á a face visível do governo de Antonio Carlos, é bom lembrar que a notoriedade internacional da cidade se deve aos trabalhos desenvolvidos na área educacional.
É exatamente por isso que Antonio Carlos terá muitos votos e certamente será eleito. Bom para o litoral norte, bom para Ubatuba, cidade onde o ex-prefeito nasceu.

Sidney Borges

Projeto Ruas da Cidade

Giasone realiza confraternização

Em agradecimento aos participantes que estão apoiando o Projeto Ruas da Cidade, neste evento o setor do Lázaro, Saco da Ribeira, Sununga e Domingas Dias.
Dia 1º de junho, no aconchegante salão do Buffet Giorgio, sito a Av. Leovigildo Dias Vieira, 240, ao lado do Hotel Maré de Ubatuba, Giasone recebeu autoridades e empresários de Ubatuba. Após comprovar a tiragem prometida perante os presentes, apresentou o plano de distribuição, muito abrangente e que visa turistas e toda comunidade.

Leia mais

Comprou uma cartilha e coloriu...

Para Lula, nenhum outro governo fez tanto pela educação

Por Lisandra Paraguassú e Leonêncio Nossa, n'O Estado:
"O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse ontem que seu governo está trabalhando para corrigir erros de várias décadas e deve ser reconhecido por isso. Na cerimônia em que assinou diversos decretos, projetos de lei e a proposta de reforma universitária, ontem, no Palácio do Planalto, Lula fez uma enfática defesa dos projetos de seu governo na área de educação e mais uma vez criticou os antecessores. (...) 'Se cada presidente da República que passou por este país, desde a Proclamação da República, tivesse feito sua parte, certamente estaríamos hoje num país infinitamente mais avançado do que estamos.' (...) 'Nos anos 90, quando milhões de jovens bateram à porta do sistema educacional, a resposta foi desconcertante. Em 1998, o descompromisso com o futuro jogou uma pá de cal na esperança. A União foi proibida de criar novas escolas de ensino técnico e agrotécnico', disse, numa referência a uma lei do governo Fernando Henrique que passou a permitir que o governo federal desse apenas a estrutura física das escolas. 'A expansão do ensino técnico poderia ter criado a âncora que hoje falta na vida de milhares de jovens que perambulam sem destino. Ao invés de abrir portas, porém, a proposta de alguns foi reforçar um ferrolho, com uma nova aritmética penal, que abria vaga em cadeia a quem não teve vaga na escola', enfatizou, em uma parte escrita de seu discurso. Mais adiante, de improviso, disse duvidar que 'em algum momento da educação neste país o Ministério da Educação esteve tão envolvido com a educação quanto está'."

Hospício Brasil...

PT pode ter ajudado a custear invasão realizada pelo MLST

Por Ranier Bragon, na Folha:
"A invasão da Câmara dos Deputados por cerca de 500 integrantes do MLST (Movimento de Libertação dos Sem Terra) pode ter custado ao movimento R$ 82.790. Isso é o que indica uma agenda de Bruno Maranhão, um dos líderes, apreendida pela Polícia Legislativa. A Folha teve acesso a cópias dos papéis, nos quais aparece uma citação ao PT relacionada a orçamento, o que poderia indicar, na avaliação da polícia, alguma ajuda financeira do partido. Os petistas negam. Nos papéis, há a contabilização de gastos com alimentação (R$ 2,5 mil), água (R$ 1,28 mil), hospedagem (R$ 2 mil), aluguel de carro (R$ 680), ônibus (R$ 680), faixas (R$ 400) e 'deslocamento ao local" (R$ 3,2 mil). A única data registrada é o dia 4, dois dias antes da invasão. Além da data, há a seguinte inscrição: 'BSB/MLST, União financia'. Os papéis trazem a discriminação de valores por Estado, o que pode ser o cálculo da despesa para reunir manifestantes de várias regiões. Bruno Maranhão está preso por participar da invasão, na terça-feira, que resultou na depredação de parte da Câmara e deixou ao menos 41 feridos. (...) Ainda nos papéis que, segundo a polícia, são da sua agenda, há referência direta ao PT. Trecho traz a inscrição: 'Raquel fechar os números do PT p/ comigo e orçamento de passagens p/ R$ 6.000'. Raquel seria uma funcionária de Maranhão. Dinheiro relativo a salário O PT negou ontem que tenha recebido pedido de financiamento ou tenha transferido dinheiro para o MLST. Segundo o partido, o único dinheiro entregue a Maranhão foi relativo ao seu salário como integrante da Executiva. Eram R$ 6,8 mil mensais desde abril deste ano. Nas dez páginas a que a Folha teve acesso, não há menção clara à invasão. "

Destino: PFL de Lembo...

Cúpula do PT prepara expulsão de Maranhão do partido

Por Leonel Rocha, no Correio Braziliense:
"O secretário Nacional de Movimentos Populares do Partido dos Trabalhadores, o engenheiro Bruno Maranhão, está prestes a ser expulso do PT. Parlamentares e a cúpula do partido ouvidos pelo Correio consideram que o dirigente dificilmente será poupado da punição máxima prevista no estatuto, depois que foi considerado pela polícia o responsável pelo quebra-quebra que o Movimento de Libertação dos Sem-Terra (MLST) provocou na Câmara dos Deputados na última terça-feira. O presidente do partido, deputado Ricardo Berzoini (SP), envia hoje à comissão de ética da legenda um ofício pedindo a instalação dos trabalhos para que Maranhão, que está preso em Brasília, seja interrogado assim que saia da cadeia. A pressa de Berzoini foi a primeira sinalização oficial da intenção da cúpula do partido de expulsar Maranhão. O presidente petista não fez declarações oficiais. Mas comentou com colegas que não sabe por que Bruno Maranhão ainda está no PT, já que o sindicalista estava de malas prontas para o Partido do Socialismo e da Liberdade (PSol). Ele fazia parte do grupo que apoiou a candidatura do ex-deputado Plínio de Arruda Sampaio para a presidência do partido. Com a derrota interna, a corrente ideológica decidiu sair do PT. Mas em algumas regiões os dissidentes permaneceram na agremiação por falta de alternativa eleitoral viável nos estados, como era o caso de Pernambuco."

Manchetes do dia

Sexta-feira, 09 / 06 / 2006

O Globo: “Pressionado por políticos, TSE admite erro e recua”
O Estado de S.Paulo: “TSE volta atrás e libera aliança eleitoral ampla”
Folha de S.Paulo: “EUA matam o número 1 da Al Qaeda no Iraque”
Correio Braziliense: “União deu R$ 5 mi ao líder da baderna”

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 09 / 06 / 2006

Ubatuba confirma casos de dengue notificados em maio
Ubatuba participa da II Semana Nacional do Alimento Orgânico
Ubatuba participa do I Encontro de Observadores de Aves do Brasil
Escolas de Ubatuba entram em clima de festas
Professores de Ubatuba recebem capacitação
Artesãos ubatubenses expõem na Câmara durante feriado
Ubatuba estréia nos Jogos Abertos da Juventude
Saem nesta sexta, os semifinalistas do Municipal de Basquete de Ubatuba

quinta-feira, junho 08, 2006

Cidadania em discussão

Replantar, nem pensar

José Ronaldo dos Santos
No último dia 5 de junho, conforme o convite feito, aconteceu o reflorestamento do morro da Ressaca. Quarenta e cinco pessoas participaram; 500 mudas arbóreas foram distribuídas naquela feiúra (queimada). Trabalhamos das 14:00 às 17:00 horas e valeu a pena. Ninguém, de nenhum órgão afinado com questões ambientais, compareceu (pode ser que muitos dos presentes tenham percebido isso). Quem compareceu foi um senhor, Odaci de Araújo, que se apresentou como uma espécie de procurador do dono do terreno (que ele diz ser Rogério Marcico, da cidade de Lorena) e que tentou inibir qualquer iniciativa por parte da juventude e dos poucos adultos que lá compareceram. O argumento do referido senhor foi que existe um processo tramitando na Justiça, e por isso ele exigia a suspensão da ação. Argumentamos que nenhum dos presentes pretendia causar prejuízo ao proprietário, mas somente despertar uma nova consciência, que faça frente às ações de vandalismos.


Algumas questões:

Cadê qualquer tipo de cerca?
Onde está a placa indicando o proprietário?
Por que a propriedade não recebe estes e outros cuidados, tais como aceiro, reflorestamento etc.?
Enfim: botar fogo pode, mas replantar não.

Naquele mesmo dia, informando-me na Defesa Civil, responsável pelo combate daquele incêndio, juntamente com o Corpo de Bombeiros, há alguns meses, fiquei sabendo que o proprietário nem se preocupou em registrar uma ocorrência do fato. Como saber se o fogo foi aliado de alguém? Teve algum propósito que ainda permanece oculto?
Será que não está passando da hora de levar a sério as questões relacionadas ao meio ambiente? É preciso considerar uma frase dita pelo professor Maurício naquela tarde: “Já não se trata de uma questão ambiental; agora é questão humanitária mesmo!”
Aos interessados: não pertencemos a nenhuma ONG e não compactuamos com o descaso de parte do poder público. Somos apenas moradores de Ubatuba que desejamos deliberar pensando num bem maior. Ah! Para terminar: muitos dali, assim como eu, são caiçaras que, apesar da pouca idade, se assustam pela degradação ambiental galopante no município nas últimas décadas. Também estavam representados aqueles que vieram depois e adotaram a cidade de uma forma verdadeira, respeitando suas riquezas naturais como aquilo que há de maior valor. Porém, gostaríamos que o senhor que se apresentou como procurador do proprietário, “caiçara legítimo”, portanto testemunha viva da destruição, tomasse uma posição em favor da natureza, que é, na verdade, uma posição em favor da continuidade da sobrevivência humana. Infelizmente naquela tarde ele estava a favor do fogo, dos vândalos, dos especuladores sem escrúpulos.


Algumas certezas são irreversíveis:

a) É preferível plantar em vez de incendiar a mata.
b) É preciso estimular mais jovens para a prática do bem.
c) É preferível corrigir do que fomentar erros.
d) Cidadania é exercício.

Estamos interessados em continuar desenvolvendo tais ações. Isso é crime??? Esperamos que mais pessoas despertem para isso, nos indiquem áreas que possam receber o mesmo tipo de tratamento e, quem sabe, queiram participar de atividades como essa. Aos que compareceram e suaram, naquela tarde dedicada ao meio ambiente, nossos agradecimentos. Também agradecemos aos sites que fizeram a divulgação, ampliando a nossa ação. Até breve!

Ubatuba, 07 de junho de 2006

Visita adiada

Cancelada a agenda do Deputado Federal José Eduardo Cardozo no Litoral Norte

Cardozo passaria a parte da manhã em Caraguatatuba e à tarde viria para Ubatuba

De acordo com informações da Assessoria Parlamentar do Deputado Federal José Eduardo Cardozo, PT, a visita que ele faria às cidades de Caraguatatuba e Ubatuba, na próxima sexta-feira, dia 09 de junho, foi adiada por causa de uma reunião em Brasília, para tratar de assuntos pertinentes ao Governo Federal. O deputado espera poder remarcar para breve um encontro com a população das duas cidades.
Fonte: Assessoria Jairo dos Santos

Quem vai pagar o prejuízo?

Maranhão diz que é "preso político" e não agiu como vândalo

Na Folha, por Letícia Sander:
"Algemado no corredor da 2ª Delegacia de Polícia do Distrito Federal, Bruno Maranhão, o principal líder do MLST (Movimento de Libertação dos Sem Terra), procurou ontem se descolar da confusão protagonizada na véspera pelo movimento no Congresso Nacional. Em entrevista à Folha, pela manhã, Maranhão alegou não ser um preso comum, mas um 'preso político'. Também disse não ter participado de nenhum ato de depredação e admitiu que seus companheiros agiram como 'hooligans' [torcedores ingleses de futebol conhecidos pelo seu comportamento violento e atos de vandalismo]. Mas afirmou que culpar o MLST pela confusão é 'elitismo da direita brasileira'. Natural de Pernambuco, Bruno Costa de Albuquerque Maranhão é filho de usineiros, mas militou nas Ligas Camponesas ao lado de Francisco Julião. Formado em engenharia mecânica pela Universidade Federal de Pernambuco, foi um dos fundadores, em 1968, do Partido Comunista Brasileiro Revolucionário (PCBR), tendo participado de assaltos a bancos durante a ditadura militar. Depois da decretação do AI-5, Maranhão passou a viver na clandestinidade. Exilou-se no Chile e na França. Em 1980, ajudou a fundar o PT. Dirigiu o partido em Pernambuco de 1983 a 1985. Já disputou uma vaga ao Senado, em 1982, e à Prefeitura de Recife, em 1985. Em 1997, ele foi um dos criadores do MLST, que comparou ao Movimento Zapatista, do México: 'Somos os zapatistas brasileiros'."

Com a eleição chegando...

Pela primeira vez, Lula critica Chávez por interferir no Peru

N'O Estado:
"Pela primeira vez desde o início do governo Lula, o Planalto deixou clara ontem a sua insatisfação com a intromissão do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, no processo eleitoral do Peru. O assessor de Assuntos Internacionais da Presidência, Marco Aurélio Garcia, declarou que o episódio foi 'desagradável' e que a atitude de Chávez 'não contribuiu' para o objetivo de integração da América do Sul. 'Nós, no Brasil, não intervimos em eleições na região. Achamos que certas declarações não ajudam.' No dia 28 de julho, Lula participará da posse de Alan Garcia, eleito no fim de semana."

Manchetes do dia

Quinta-feira, 08 / 06 / 2006

O Globo: “Tiroteio fere 17 crianças em escola”
Valor: “Varig chega ao leilão sem dissipar riscos da operação”
O Estado de S.Paulo: “Sem-terra premeditaram o vandalismo na Câmara”
Folha de S.Paulo: “Vídeo mostra que invasão da Câmara foi premeditada”
Correio Braziliense: “Badernaço premeditado”

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 08 / 06 / 2006

Ubatuba realiza oficina de aproveitamento dos frutos da palmeira Juçara
Prefeitura de Ubatuba entrega certificados de curso de geração de renda

Notícias do dia 07 / 06 / 2006

Crianças começam a ser vacinadas contra poliomielite em Ubatuba
Fundo Social de Ubatuba inicia Campanha do Agasalho 2006
Divulgada a ordem de apresentação das bandas de festival escolar em Ubatuba
Convênio entre Prefeitura e Senar oferece cursos a agricultores
Prefeitura recebe capacitação em regularização urbanística e fundiária
Prefeito de Ubatuba inaugura Centro Comunitário na Região Norte
Prefeito discute congelamento com comunidade do Perequê-Mirim
I Rali Ubatuba, Pura Aventura trouxe off roaders de várias partes do país
Vôlei masculino de Ubatuba começa com vitórias nas semifinais da LIVOVALI
Campeonato Fraldinha de Ubatuba entra na reta final

quarta-feira, junho 07, 2006

Editorial

Dia difícil...

Hoje foi um dia daqueles em que a gente fica pensando que seria melhor não ter saído da cama. Logo cedo, por volta de sete horas, liguei o computador para começar a postagem do Ubatuba Víbora. Havia trabalho por fazer, ontem chegaram muitos textos, eu precisava começar logo para poder ir dar aulas, o que faço diariamente. Liguei a máquina, fui até a cozinha pegar um café e quando voltei o escritório estava cheio de fumaça. O estabilizador de voltagem abriu o bico. Já era tempo, foi comprado em 1988. Por sorte eu havia previsto que isso estava para acontecer e comprei outro. Fiz a troca, liguei a máquina e surpresa! Apesar de ter trocado a bateria recentemente, o setup fora alterado. Tomei as providências, religuei a máquina e tentei entrar na rede. Não foi possível, apareceu a mensagem: o computador remoto não responde. Desliguei o computador e o modem, esperei dois minutos e tentei novamente. Nada. Experimentei inverter a polaridade do cabo da conexão modem-computador. Tentei conectar novamente. Nada. Liguei para 103 para saber se havia algum problema com o modem. Depois da meia hora de testes e mais testes o técnico consultou a central da região e descobriu que a conexão estava indisponível por problemas técnicos. Deram quatro horas de prazo para voltar ao normal. Isso aconteceu às nove horas da manhã. Liguei novamente por volta de uma da tarde e disseram para eu esperar cinco horas, ou seja um total de dez horas sem Internet. Finalmente às 16:40h tentei novamente e consegui. Aleluia. Imediatamente entrei no serviço de postagem do blog para dar uma satisfação aos leitores. Apareceu a mensagem:

Down for Maintenance
Blogger is temporarily unavailable due to an unexpected problem.
We will be back up as soon as possible.


Isso queria dizer que o Blogger estava temporariamente indisponível em função de um problema inesperado. Voltaria o mais cedo possível.
Definitivamente hoje o mar não esteve para peixe. Peço desculpas aos leitores, amanhã tudo volta ao normal. Agora vou dar comida aos pombos que acabaram de chegar com novidades da Copa.


Sidney Borges

terça-feira, junho 06, 2006

Copa do Mundo

Quem é o favorito?

Dia 9, sexta-feira, começa mais uma Copa do Mundo. Aqui no Brasil acreditamos que a vitória só escapa em função de algo extraordinário, como aconteceu em 1982 na Espanha, quando perdemos para a Itália. Naquele dia a verdade futebolística foi alterada pelo fator Paolo Rossi. Será que não estamos sendo cabotinos? Todos conhecem a história da coruja que pediu para a onça não comer seus filhinhos, que segundo sua descrição eram os mais lindos da floresta. Os pimpolhos acabaram devorados. Exatamente para evitar o corujismo, procurei saber o que vai pelas cabeças dos adversários. O que pensam sobre a nossa suposta superioridade? Consultei o maior site de apostas do mundo, o PinnacleSports.com. Surpresa, o Brasil é o franco-favorito, com um rateio de 5/2 o que quer dizer que dois dólares apostados no time de Parreira renderão cinco em caso de vitória. E os outros concorrentes, como estão? Depois do Brasil, os torcedores-apostadores acreditam na Inglaterra, na Alemanha e na Argentina com igualdade de chances e cotação de 8/1. Em seguida vem a Itália com 19/2 e depois a França com 14/1. Para quem gosta de zebras, sugiro fazer uma fézinha em Angola, a última colocada nas apostas, com cotação de 402/1. Caso você aposte cem reais no esquadrão africano e der a zebra, você embolsa R$ 40 200,00. Imagine então apostar dez mil reais, a fortuna amealhada seria de R$ 4 020 000,00. Simples não é? Basta Angola vencer a Copa.

Segrob Yendis - ENVIADO ESPECIAL
De um ponto do Oceano Atlântico

Plano Diretor Participativo:

Destaque da visita do deputado José Eduardo Cardozo em Ubatuba

A sexta-feira, 09 de junho, é o dia que o deputado federal José Eduardo Cardozo, PT, escolheu para visitar Caraguatatuba e Ubatuba. Logo pela manhã, às oito e meia, o deputado dará uma entrevista em uma rádio de Caraguatatuba. Depois, fará uma caminhada pelas ruas centrais da cidade. À uma hora da tarde, já em Ubatuba, Cardozo vai dar uma entrevista através da rádio Costa Azul, indo, em seguida, visitar a Fundart. Às 15 horas, ele tem encontro marcado com o prefeito Eduardo César, na Prefeitura e às 16 horas, ele vai ser entrevistado pela rádio Gaivota. Depois de participar, às 16:30 horas, da abertura do Parlamento Regional, no Hotel São Charbel, ele fará uma palestra sobre o Plano Diretor Participativo, na Câmara Municipal, das 18 às 20 horas, a convite do vereador Jairo dos Santos, PT. O deputado Cardozo e o vereador Jairo reafirmarão a importância de um Plano Diretor Participativo para uma reforma urbana abrangente, permitindo um desenvolvimento sustentável, com eficiência econômica, proteção ambiental e justiça social. O deputado José Eduardo Cardozo vai encerrar a visita no bairro da Maranduba, região Sul, onde participará de reunião com as comunidades locais.
Fonte: Assessoria Jairo dos Santos

Visita ilustre



Mais um Covas na política

Na última terça-feira, há uma semana portanto, ao sair da Câmara após a sessão, entrei na pizzaria Bucaneiros para cumprimentar amigos que lá estavam. Na mesa, qual não foi a minha surpresa ao ser apresentado a um jovem candidato a deputado. Candidatos há muitos, mas quando o sobrenome é Covas, a dimensão é outra. O jovem em questão era Bruno Covas (na foto), neto de Mário Covas, com quem trabalhei e a quem aprendi a admirar. O passado vitorioso do avô vai dar o impulso inicial à carreira do jovem político, atualmente presidente da Juventude do PSDB. Boa sorte Bruno, que você tenha uma trajetória equivalente à memória de seu avô. Será bom para o Brasil.

Sidney Borges

Bem feito...

Casoy ganha da Record

No processo que o jornalista Boris Casoy move contra a Rede Record para receber a multa pela rescisão de seu contrato, o Tribunal de Justiça de São Paulo, além de confirmar liminar para pagamento imediato dos meses restantes do contrato, julgou a emissora “litigante de má fé”. A tevê ainda foi condenada a pagar mais R$ 540 mil, a título de penalidade. (Cláudio Humberto)

"Nosso Guia", o infalível, errou. Buá...

Lula reconhece que errou ao desafiar oposição a usar CPIs

Por Kennedy Alencar, na Folha:
"O presidente Luiz Inácio Lula da Silva reconheceu ontem em reunião com seus principais ministros que errou na semana passada ao desafiar a oposição a usar a 'tortura' das CPIs na propaganda na TV e ao receber o ex-governador Orestes Quércia (PMDB-SP) no Palácio do Planalto para tratar de eleição. Lula disse que voltaria 'a ficar paz e amor', segundo relato de um auxiliar direto à Folha. (...) A autocrítica de Lula foi feita em reunião ontem de manhã no Palácio do Planalto, com os ministros que compõem a Coordenação de Governo. "Eu quero que eles coloquem CPI na televisão todo dia, toda hora. Eu quero que eles coloquem as torturas que eles fizeram com muita gente lá", disse Lula na última quinta-feira. A maioria dos ministros avaliou que o presidente errou ao desafiar a oposição. De acordo com o relato de um ministro, Lula admitiu que não devia ter feito o desafio, mas que acabou deixando escapar a frase.(...) Foi decidido ainda que, quando Lula assumir a candidatura, a Granja do Torto, uma de suas duas residências oficiais, será usada para encontros de natureza claramente eleitoral. Hoje à noite, haveria um encontro assim no Torto com a ala governista do PMDB. Como Lula ainda não assumiu a candidatura, mudou de opinião ao longo do dia e decidiu fazer a reunião no Palácio do Planalto. Oficialmente, Lula discutirá a agenda congressual com o PMDB. Na realidade, tratará de alianças estaduais com o partido. Os governistas estimam que Lula possa receber o apoio de 14 a 16 seções estaduais do partido. Os governistas do PMDB deverão ainda repetir para o presidente o que ele já sabe: a verticalização, regra que proíbe alianças nos Estados entre adversários na eleição nacional, impedirá o partido de lançar candidato próprio ao Planalto ou de apoiá-lo oficialmente."

Meus sais... Vai acabar em duelo!

Lembo e ACM continuam a trocar acusações pela imprensa

Na Folha:
"O governador de São Paulo, Cláudio Lembo, e o senador Antônio Carlos Magalhães (BA), companheiros do PFL, voltaram a se atacar ontem. Em entrevista à rádio BandNews FM, que deve ir ao ar hoje entre as 9h e as 10h, o governador chamou o senador de 'senhor de engenho' que 'lambe a bota dos militares'. O baiano disse que Lembo "abusa da burrice". Ao comentar os conflitos entre PSDB e PFL, Lembo chamou ACM, sem citá-lo nominalmente, de 'mal-educado', 'rústico' e 'grosseiro': (...) 'Representa] o homem que bajula, que lambe a bota dos militares para ser prefeito, para ser governador e, portanto, não merece meu respeito -tanto que eu não cito o nome dele'. O senador respondeu ontem mesmo. Informado do teor da entrevista, ACM disse que Lembo (que presidiu a seção paulista da Arena, que apoiava a ditadura) é que era 'produto dos militares': 'Cláudio Lembo não merece respeito porque ele sim é produto dos militares, ele sim é um governador incompetente, que nunca recebeu um voto e ademais abusa da burrice. Não tenho tempo a perder com quem já acabou antes de terminar seu mandato.' "

Com a contribuição dos bingos...

Palocci planeja voltar à política como deputado federal

Por João Domingos, n'O Estado:
"O ex-ministro Antonio Palocci prepara sua volta política. Pretende disputar vaga na Câmara e, para isso, conta com a ajuda de antigos aliados de Ribeirão Preto. O PT local fez prévia para indicar candidatos a deputado, e Palocci foi escolhido por 316 dos 529 votantes. Em quarentena depois de deixar a Fazenda, em 27 de março, Palocci deixou de lado as manifestações públicas sobre economia e política e, na primeira entrevista que deu fora do cargo, anteontem, falou de gripe aviária. 'Ele será eleito', aposta o deputado Luiz Eduardo Greenhalgh (PT-SP). 'O PT vai se empenhar para limpar o nome dele.' O ex-ministro permanece semi-escondido atrás dos muros do Condomínio Forest Lake, no Lago Sul, para onde se mudou no início de abril. Não pretende voltar a morar na cidade da qual foi prefeito por duas vezes, embora vá fazer sua campanha como candidato da região. Na capital do País, seu interlocutor mais freqüente é o senador Tião Vianna (PT-AC). Palocci é um poço de mágoas. Até o fim do mês que vem ele terá a garantia do salário de R$ 8,4 mil, pois ainda se encontra de quarentena. Não pode falar nem de política nem de economia. Como é médico sanitarista, tem feito palestras sobre o assunto, uma forma de reforçar o caixa da família."

Manchetes do dia

Terça-feira, 06 / 06 / 2006

O Globo: “STF investigará 15 deputados sem revelar os seus nomes”
Folha de S.Paulo: “Presidente do BC dos EUA derruba ações pelo mundo”
Correio Braziliense: “Congresso dá novo drible no trabalho”
O Estado de S.Paulo: “Bolsas caem com ameaça de inflação nos EUA”
Valor: “Computador popular chega à classe C e vendas disparam”

Notícias da Prefeitura

Doação de árvores faz sucesso no dia do Meio Ambiente

Fundart aquece o friozinho de Ubatuba com arte

Jovens construindo a Cidadania

segunda-feira, junho 05, 2006

Esperteza é o que conta...

Remarcado juri de Suzane

Da Agência Estado:
"O juiz Alberto Anderson Filho remarcou o julgamento de Suzane von Richthofen para o dia 17 de julho, mesma data do julgamento do irmãos Daniel e Cristian Cravinhos, e decidiu que a jovem continuará aguardando ao julgamento em prisão domiciliar, segundo a Rádio Jovem Pan.
O promotor Nadir de Campos Júnior havia solicitado que Suzane deixasse o Fórum Criminal da Barra Funda, onde ocorreria o julgamento, e fosse levada diretamente para a cadeia. Com a decisão do juiz, Suzane voltará para a casa de seu tutor, o advogado Denivaldo Barni. O promotor Roberto Tardelli criticou a decisão, que classificou de absurda.
Uma manobra da defesa de Suzane conseguiu que o julgamento fosse adiado, a exemplo do que ocorreu com o dos irmãos Daniel e Christian Cravinhos.
Na saída do fórum, Tardelli criticou a atitude dos advogados, que classificou de deboche. "Os advogados vieram prontos para não fazer o júri. (...) Meu sentimento é de indignação, de revolta. Estou indignado. Não suporto ver o deboche, não suporto esse achincalhe". Sobre a possibilidade de separação do julgamento de Suzane e dos irmãos Cravinhos, Tardelli foi enfático: "Não tem como separar os dois".
O início do julgamento de Suzane e dos irmãos Daniel e Cristian Cravinhos, réus confessos do assassinato dos pais dela, Manfred e Marísia von Richthofen, em 2002, estava marcado para as 13 horas. Mas, os advogados dos Cravinhos, Geraldo e Gislaine Jabur, não se apresentaram e o julgamento dos irmãos foi adiado".
Leia mais
aqui

Plano Diretor Participativo

Seminário com o deputado federal José Eduardo Cardozo

O Convite é para você que quer construir uma cidade melhor para todos

O vereador Jairo dos Santos, PT, convida toda a população da cidade, empresários, representantes de comunidades, da sociedade civil organizada, das ONGs, de órgãos públicos, para mais um seminário sobre o Plano Diretor Participativo. Desta vez, o palestrante é o deputado federal José Eduardo Cardozo, PT, que vai falar sobre a importância da participação de todos, para que a cidade de Ubatuba cresça de forma planejada, abrangendo os aspectos econômicos, sociais, administrativos e físico-territoriais do município.
O encontro será na próxima sexta-feira, dia 09 de junho, das 17 às 20 horas, na Câmara Municipal. Não percam. Participem.
De acordo com o vereador Jairo, somente através de um Plano Diretor Participativo que a reforma urbana é realizada com todas as condições para o desenvolvimento sustentável, com eficiência econômica, proteção ambiental e justiça social, permitindo aos cidadãos uma cidade melhor para todos. “É o povo construindo a cidade que deseja, onde vai viver melhor”, conclui Jairo.

Fonte: Assessoria Jairo dos Santos

Começa hoje o julgamento

Suzane senta no banco

De Laura Diniz em O Estado de S. Paulo, hoje:
"Começa hoje o julgamento de Suzane von Richthofen, de 22 anos, e dos irmãos Daniel, de 25, e Christian Cravinhos, de 30, réus confessos do assassinato dos pais dela em 31 de outubro de 2002. A sessão tem início marcado para as 13 horas, no Fórum Criminal da Barra Funda, e previsão de três dias de duração. O juiz-presidente será Alberto Anderson Filho, titular do 1º Tribunal do Júri.
Se condenada à pena máxima de 60 anos - 30 pelo assassinato de cada um de seus pais -, Suzane poderá pedir para cumprir pena no semi-aberto depois de cerca de sete anos presa. Esse cenário é o pior que a jovem pode enfrentar".

Hospital é ampliado

Santa Casa de Ubatuba ganha piso superior

Será inaugurado ao final deste mês, o piso superior da Santa Casa de Ubatuba. Para a realização das obras, o Ministério de Saúde investiu R$ 420 mil, sendo que o Estado colocou R$ 240 mil e a prefeitura ficou responsável por aplicar R$ 150 mil. As novas instalações estão contando também com uma parceria com o Banespa, que está investindo R$ 400 mil em equipamentos. O piso superior compreende uma UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) com capacidade para dez leitos, duas salas de isolamento para pacientes com doenças infecto-contagiosas e uma clínica médica com nove quartos e 18 leitos.
Fonte: ValeParaibano

Taí um homem sério e sincero...

Maluf pleiteia vaga na Câmara e já faz viagens pelo Estado

No Valor desta segunda-feira:
“O ex-prefeito e ex-governador Paulo Maluf (PP) está preparando sua candidatura a deputado federal por São Paulo e há três meses mantém uma agenda intensa de viagens pelo interior do Estado. Seu nome deve ser confirmado para concorrer ao Legislativo na convenção partidária, neste mês. Caso consiga ser eleito, os processos contra Maluf, que atualmente correm na primeira instância, serão remetidos ao Supremo Tribunal Federal.”

Transgênicos

Ganha força lobby para aprovação de transgênicos

Por Mauro Zanatta, no Valor desta segunda-feira:
“A três meses do início do plantio da safra 2006/2007, o lobby favorável aos organismos geneticamente modificados avança nos bastidores para reduzir o quórum necessário à aprovação comercial de novos transgênicos pela Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio). A ofensiva reabre a polêmica iniciada com a aprovação da soja transgênica em 1997 e pode levar a um novo embate entre ambientalistas e pró-transgênicos. Com a simpatia e aprovação de parte do governo, indústrias de sementes, multinacionais de biotecnologia e associações de produtores conseguiram um acordo com lideranças do Congresso para derrubar o veto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à nova Lei de Biossegurança, sancionada em março de 2005. “Temos a posição favorável de líderes no Senado e na Câmara para apressar a votação do veto”, disse o produtor e suplente de senador Gilberto Goellner (PFL-MT) ao Valor. Em 2005, ele ocupou por quatro meses a cadeira do senador Jonas Pinheiro (PFL).(...) Para derrubar o veto de Lula, porém, é preciso que a medida seja analisada por uma comissão específica do Congresso. Antes disso, será necessária uma decisão política da cúpula do Congresso para acelerar a tramitação. Um acordo entre os líderes poderia furar a extensa fila de vetos ainda sem análise. Depois, o veto deve ser apreciado em sessão do Congresso Nacional, que reúne os membros da Câmara e do Senado. Há 486 vetos de 80 projetos de lei pendentes de uma análise pelo Congresso. Muitos dos vetos são ainda do governo Fernando Henrique Cardoso.”

Naquela época era assistencialismo barato...

Alckmin lembra que Bolsa Família só reúne ações de FHC

Por Leandro Beguoci, na Folha desta segunda-feira:
"Geraldo Alckmin, pré-candidato do PSDB à Presidência, afirmou ontem, na Bahia, que o Bolsa-Família é criação do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e do senador Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA). Também elogiou o Plano Real e disse que a moeda e a rede de proteção social são as melhores realizações do governo FHC. Na Bahia, PFL e PSDB são adversários, e Alckmin optou pelo PFL. Quem guiou o tucano na visita ao Estado foi o governador Paulo Souto e o candidato à reeleição ao Senado pelo PFL, Rodolfo Tourinho. ACM não foi, segundo o PFL, porque tinha compromissos em São Paulo. O PSDB também tem um pré-candidato ao Senado na Bahia, Antonio Imbassahy. No sudoeste da Bahia, em visita à cidade de Guanambi (a 546 km de Salvador), que tem 75 mil habitantes, Alckmin disse: "Vamos manter os programas sociais, porque eles nasceram conosco, no governo do presidente FHC, como o Bolsa-Escola, o Bolsa-Alimentação, o Vale-Gás. Eles foram unidos no Bolsa-Família. Vamos manter, aperfeiçoar e ampliar". Em seguida, elogiou ACM. Disse que toda a rede de proteção social "se originou por um baiano, o senador Antonio Carlos Magalhães, que criou o fundo de combate à pobreza, e foi o fundo que criou o recurso para se dar o primeiro passo para a criação de uma rede de proteção social". A rede de proteção social de FHC tomou forma em 2001, com o Projeto Alvorada. O Fundo de Erradicação da Pobreza (nome oficial do fundo criado por ACM) foi aprovado pelo Congresso em 2000.”

Manchetes do dia

Segunda-feira, 05 / 06 / 2006

Estado de S. Paulo: “Emprego formal é o maior desde 2003”
Folha de S.Paulo: “Mensaleiros mantêm a influência na Câmara”
Correio Braziliense: “Adolescente é assassinado dentro do Caje”
O Globo: “Brasil está pronto para a estréia”

domingo, junho 04, 2006

Ubatuba Víbora no Surf



Petrobras Longboard Classic
Ubatubenses faturam no pranchão em Santos

Maresias
Super Surf em Maresias


Ubatuba Surf Challenge 2006
Maior Circuito Municipal do Brasil abre temporada 2006 em Ubatuba

Câmara Municipal em foco:

Vereador Marcos Francisco amplia horário de funcionamento de estabelecimentos comerciais

Vereador solicita atualização de convênio para os estudantes universitários de Ubatuba

Vereador realiza abertura de evento sobre Terceiro Setor

Hélio Pinto recebe Moção pelo trabalho voluntário na Santa Casa

Vereador Jairo dos Santos homenageia Guarda Municipal

Leia aqui

Não brinco mais...

Empresário amigo de Lula diz que não apoiará reeleição

Por Vannildo Mendes, no Estado de S. Paulo deste domingo:
“Amigo de Luiz Inácio Lula da Silva e o pilar da campanha do PT em 2002, na conquista de apoios e contribuições de empresários, Oded Grajew avisou que não moverá um músculo para ajudar a reeleger Lula. Dizendo-se “decepcionado” com o governo petista, afirmou ao Estado que o problema não está nas pessoas, mas no sistema político, o que percebeu depois de quase um ano como assessor especial da Presidência. Empresário renomado, presidente do Conselho Deliberativo do Instituto Ethos e integrante do Conselho do Pacto Global das Nações Unidas, Grajew acusou o PT de ter ficado refém, no governo, dos financiadores da eleição de Lula. Ainda assim, diz que vai repetir o voto no amigo, de quem se diz afastado. A decepção de Grajew, que desde 1989 atuou nas campanhas de Lula e do PT, começa no governo pouco ousado e desemboca na corrupção. “Não esperava todos esses escândalos, absolutamente”, lamentou. Sua saída do governo é anterior ao escândalo do mensalão “Não tinha a menor idéia de nada disso.”

Sapo barbudo e blindado...

Mensalão 3: Lula julga que "sobreviveu", apesar do PT

Por Kennedy Alencar, na Folha de S.Paulo deste domingo:
“O presidente Luiz Inácio Lula da Silva avalia que sobreviveu, apesar do PT. Um ano após o início do escândalo do mensalão, Lula debita na conta do seu partido a pior crise de sua administração. E acha que as realizações na economia e na área social foram suficientes para mantê-lo vivo politicamente, como atestariam pesquisas que o dão como favorito na eleição. Em momentos da crise, Lula chorou e ficou deprimido, relataram à Folha ministros de convívio quase diário com o presidente. Uma das piores horas foi o depoimento do publicitário Duda Mendonça à CPI dos Correios, no início de agosto do ano passado, quando ele admitiu ter recebido de Marcos Valério no exterior pagamentos da campanha de 2002. Naquele mês, Lula temeu que a oposição pudesse tentar levar adiante a tese de impeachment. Chegou a classificá-la de golpista. A partir do depoimento de Duda, Lula começou a cair nas pesquisas. (...) Outro momento difícil foi a revelação, em julho, de que a empresa da qual um dos filho de Lula é sócio recebera da Telemar aporte de recursos de R$ 5 milhões. (...) O ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, e o então titular da Fazenda, Antonio Palocci, tiveram encontros reservados com Serra e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso para costurar acordo que deixasse familiares fora das CPIs. Deu certo. O filho de Lula nunca depôs no Congresso, apesar de ameaças da oposição. Em pesquisas do marqueteiro João Santana, consultor da Presidência e futuro coordenador do marketing da campanha à reeleição, a imagem de Lula teria se descolado do mensalão.”

"Igrejeiros": Lula não, PT menos ainda...

PT perde apoio de católicos de esquerda para PSol e voto nulo

Por Gilberto Nascimento, no Correio Braziliense deste domingo:
“Aliados tradicionais do PT, os setores mais à esquerda da Igreja Católica estão divididos para a eleição deste ano. Depois do escândalo do mensalão e denúncias de uso de caixa dois na campanha política, uma boa parte dos chamados “igrejeiros” — militantes de esquerda ligados a movimentos eclesiais de base e pastorais — ficou frustrada com o partido do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Nos últimos meses, esses militantes discutem internamente qual posição vão adotar na disputa para a presidência da República e para os governos estaduais. Alguns grupos cogitam o apoio ao PSol ou mesmo a uma campanha a favor do voto nulo. O PSol deve lançar para a disputa ao governo de São Paulo o ex-deputado petista Plínio de Arruda Sampaio, também um ex-democrata cristão e historicamente ligado à Igreja e a movimentos de base. Essa aliança já se consumou, apesar das influências de correntes trotisquistas do PSol, com as quais os “igrejeiros” nunca mantiveram familiaridade. O deputado Orlando Fantazini, ex-petista e ligado a movimentos católicos, também deve concorrer pelo partido da senadora Heloísa Helena. Como possível apoiador do PSol ou do voto nulo, aparecem outros militantes antigos como Waldemar Rossi, o metalúrgico que se encontrou com o papa João Paulo II em julho de 1980, no estádio do Morumbi, representando os trabalhadores brasileiros diante de 130 mil pessoas.”

Manchetes do dia

Domingo, 04 /06 / 2006

Estado de S. Paulo: “Gasto real com salário na Justiça sobe 103%”
Folha de S.Paulo: “Doleiros enviaram aos EUA US$ 20 bilhões ilegalmente”
Correio Braziliense: “Isonomia salarial entre servidores triplica gastos”
O Globo: “Lula: 'O Brasil tem o melhor ataque do mundo'”
 
Free counter and web stats