sábado, junho 03, 2006

Dia Mundial do Meio Ambiente

Dr. Ricardo Cortes fala sobre a importância da preservação

Na próxima segunda-feira, dia 5, comemora-se o Dia Mundial do Meio Ambiente. O Presidente da Câmara, vereador Dr. Ricardo Cortes, também presidente do Partido Verde, fala sobre a importância da preservação para o bem estar do ser humano.
Leia mais

Show da Agenda 21

"Agenda 21 Arte e vida"

Dia 03/06 às 20h 30 na Fundart.
MPB com Álvaro Hernandez, Kauê Varela e Grupo Canoá.
Escola Deolindo na luta pelo meio ambiente.

Rui Alves Grilo
Coordenador da Rede 21 da Agenda 21 do Litoral Norte

Inacreditável!



Senadora Heloísa Helena, PSOL- AL, em ensaio fotográfico para a revista Cláudia.
(Cláudio Humberto)

Repercussão do panelaço

Boa noite Sidney:

Foi um imenso prazer ler a nota a respeito da manifestação civilizada que os meus alunos organizaram. Mostra que no futuro teremos cidadãos atuantes e participativos na sociedade. Mas não vai parar por aí, agora que eles perceberam que podem lutar pela melhoria da escola e também da comunidade em que vivem tenho certeza que será difícil de segurá-los.
Me sinto orgulhosa e satisfeita por ver que apesar do jovem não ser levado a sério, desta vez eles foram e estão saboreando (literalmente) a vitória.


Um Abraço,

Daniela
Arte Educadora da EE "Profª Aurelina Ferreira (com muito orgulho)

Convite à população

FESTA DA TAINHA E FESTIVAL DE INVERNO NA PRAIA DA MARANDUBA – UBATUBA – SP.

A ASSOCIAÇÃO MAR VIRADO DE TURISMO DA REGIÃO SUL DE UBATUBA, com o apoio da Secretaria de Turismo “SETUR” e a Fundação de Arte e Cultura “FUNDART”, promoverá nos dias 23, 24,30 de junho e 1º de julho a 3ª Festa da Tainha, na Praça de Eventos da Maranduba. Praia da Maranduba km. 76,5 da Rodovia Caraguá-Ubatuba (Manoel Hipólito do Rego)
O evento contará com Shows com artistas regionais, apresentação de Grupos de Capoeira, Dança Country e Quadrilhas.
O convite custará para compra antecipada até 17/06 R$ 18,00 após esta data R$ 20,00 e dará direito a uma tainha assada acompanhada de arroz farofa e maionese.
15 Associações de Bairro e Grupo de Jovens estarão participando com suas barracas oferecendo quitutes típicos e caipiras, além de brincadeiras tradicionais de Festas Juninas. Nossa Feira de Artesanato também se fará presente, e continuarão em todos os finais de Semana do mês de Julho formatando o 1º FESTIVAL DE INVERNO, com apresentações de Bandas de Samba, Sertanejo, Hip-Hop, Reegae, e outros.


SERÃO 6 FINAIS DE SEMANA CONSECUTIVOS DE MUITAS BRINCADEIRAS E ALEGRIA. – VENHAM PARTICIPAR!!!

Contato: adrigrammont@terra.com.br / adrigrammont@hotmail.com

Região Sul

Vereador Jairo dos Santos atento aos problemas das comunidades da Região Sul

Os moradores do bairro da Fortaleza já estão livres dos constantes acidentes que aconteciam na estrada, próximo à rua São João, por causa do estreitamento da ponte. O vereador Jairo dos Santos, PT, atendendo os pedidos da comunidade, conseguiu, através do Administrador da Regional Sul, Mário Clarassotti, a conclusão das obras de ampliação da lateral da ponte.
Agora, o vereador Jairo está empenhado em obter uma autorização ambiental para alargar a estrada, no trecho próximo à Praia Brava. “Essa obra vai favorecer o tráfego local e, conseqüentemente, facilitar a vida das pessoas”, concluiu Jairo.

Fonte: Assessoria Jairo dos Santos

Devastação no Felix

Aqui, na Praia do Felix, há dois loteamentos: o maior, com cerca de 245 lotes chama-se Cachoeiro do Sobrado e o menor, a esquerda de quem desce o caminho principal, La Madrague.
No Loteamento Cachoeiro do Sobrado, composto por lotes redondos, houve a preocupação, deste seu planejamento, da preservação maior possível do meio ambiente e da vegetação.
Assim é que se instituíram área verdes que deveriam permanecer intocadas, por imposição de servidão registrada e imposta ao comprador, via escritura de aquisição.
Esta preocupação e obrigação já consta do projeto do loteamento aprovado pela Prefeitura Municipal de Ubatuba.
Há mais restrições, além das genéricas, feitas aos proprietários, aqui no Loteamento Cachoeiro do Sobrado, restrições que cabe ao Poder Público fiscalizar e tomar as providências de estilo e de ofício que lhe compete para fazer cumprir as medidas de preservação.
Quando do pedido para legalização e edificação de imóveis nos lotes, há que o proprietário manter recuos frontais e laterais, restringindo, ainda, a ocupação do lote a mais ou menos 33% ( trinta e treis por cento ), sob pena de não lhe ser concedida a licença de construir.
Este loteamento foi implantado no início da década de 1970 e, dali para cá, o próprio estado criou leis preservacionistas, ampliando, mesmo aqui no Felix, a defesa do meio ambiente.
Exceto uma ampliação da defesa de áreas de proteção permanente (APP), especificamente com a proteção de vegetação ciliar, aqui no Cachoeiro, mercê do espírito conservacionista e protecionista daqueles que implantaram o projeto e da grande maioria dos proprietários, nada mais precisava ser feito, eis que mesmo sem as medidas, em cálculo aproximado que fiz, teria o Cachoeiro, mesmo antes do advento das APPs., cerca de 80% ( oitenta por cento ) de sua área de vegetação preservada, mesmo que se construíssem em todos os lotes.
Não é pouco: antes é um exemplo de previsão de empresários com consciência e espírito preservacionista.
O Felix é o cartão de visita de Ubatuba.
Contudo, temos sempre que estar alertas.
É de lembrar da máxima de constitucionalista de presidente americano: 'O PREÇO DA LIBERDADE É A ETERNA VIGILÂNCIA'.
E é disto que aqui tratamos, após o intróito acima, que nos ajuda a nos colocar por dentro do que aqui são direitos e deveres, quer por imposição dos criadores do Cachoeiro, em defesa do meio ambiente do Felix, quer por força de leis preservacionistas posteriores à implantação do loteamento.
Conforme se percebe nas fotos que ilustram a presente, há imóvel à beira do caminho, edificação absolutamente ilegal.
É ilegal por determinação dos loteadores, aceita e feita obrigação para o comprador do lote.
Mais ainda: é obrigação de qualquer que intente aqui edificar, obrigação que compete à Prefeitura fazer cumprir, por ter aceito a condição restritiva quando aprovou o loteamento e recebeu a doação de suas partes públicas.
Enfim, não se pode construir à beira do caminho, sem recuo, mesmo que tal edificação estivesse no extremo de um lote redondo, o que não é o caso.
A casa fotografada está totalmente em área verde, fora dos limites extremos de hipotético lote.
A edificação irregular não tem ainda autoria precisa, podendo ser do proprietário de lotes da redondeza, pessoa que há muito se encontra doente.
Pode ser, ainda, de pessoa que se apresenta como seu caseiro e que já tem história como pouco afeito às restrições legais na ocupação de áreas de proteção ambiental, no lado de cima da rodovia Rio Santos, na invasão da reserva do parque estadual à altura da Praia do Felix.
É indagação que se deslindará, oportunamente.
O que importa, também, aqui é salientar, que além da impossibilidade da existência atual da edificação fotografada, é que se intenta, segundo voz corrente, amplia-la, sendo ato inicial do ilícito, o corte ora denunciado e fotografado.
Vale aqui ressaltar que se está cortando, em sua grande parte, bambus de raízes famosas por fixação de solo.
Neste caso, o solo constitui-se de encosta com precário equilíbrio e fixação, tanto que a sociedade que aqui administra foi obrigada, anos passados, construir grande e dispendioso muro de gabião, abaixo desta superfície inclinada, tentando evitar o desmoronamento da mesma, que já se anunciava, com potencial perigo de catástrofe material e humana dos que se encontram abaixo do local.
A bem da verdade, parte desmoronou e lotes foram perdidos na época, não havendo, então, praza os céus, perda humana.
Assim, o fixação natural, de boa qualidade, que ora se destrói, pode constituir-se, no futuro, como causa de imenso desastre.
Esperamos que, ao menos, a presente sirva de notícia, no futuro, de responsabilidades por potencial e sinistro acontecimento.
Finalizando, hoje demos notícia do fato e pedimos verificação do que ocorria e eventuais providências à Policia Ambiental, via telefônica.
Desconhecemos, ainda, os resultados de nossa solicitação.
Não há, ainda, tempo hábil para tanto.
Estamos usando, pela urgência, este meio de divulgação da notícia, pois sabemos que será recebida por muitas autoridades, “on line”, às quais pedimos, desde logo, potenciais providencias de estilo e de ofício.
Estaremos, também, se necessário, noticiando o ocorrido ao MP de Ubatuba.


Roberto de Mamede Costa Leite
r-mamede@uol.com.br

Devastação no Felix - 1



Casa ilegal, resto do bambusal que sustenta a encosta, e a esquerda da foto, parte dos bambus destruídos, dando a idéia da dimensão do ‘puxadinho’ que se pretende construir acima da encosta que ameaça ruina".

Devastação no Felix - 2



'Casa à beira do caminho, em local de área verde, em encosta, ameaçando ruína com a falta da sustentação dos bambus e cuja aumento se pretende com a devastação.

Devastação no Felix - 3



Área desmatada à beira da encosta, com supressão dos bambus e, especialmente, de suas raízes, grandes fixadoras de solo.

Textos legenda de Roberto Mamede

Tá querendo o quê?

Lula chama Alckmin pra briga

De Adauri Antunes Barbosa em O Globo, hoje:
"Um dia depois de voltar a trocar farpas com seu principal adversário, o ex-governador paulista Geraldo Alckmin, candidato do PSDB a presidente da República, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou ontem a atacar o tucano, embora de forma indireta, sem citar seu nome, criticando o “abandono premeditado” da escola pública em São Paulo.
Lula falou, no começo da tarde, na cerimônia de contratação de 292 jovens aprendizes pela Petrobras e de lançamento do primeiro edital do Plano Nacional de Qualificação Profissional do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp).
— Vou dar um dado para vocês ficarem surpresos: todo o sistema de ensino público do estado de São Paulo, que é o maior estado da federação, tem apenas 18% dos estudantes universitários em escolas públicas e 82% estão em escola privada, numa demonstração de que foi premeditado o abandono da escola pública neste país. Foi premeditado — disse o presidente".
Leia mais
aqui

Pagou por quê? Por que pagou?

Dantas fez pagamentos milionários para advogado de Dirceu

N'O Estado deste sábado:
"A polícia de São Paulo está investigando pagamentos milionários feitos a escritórios de advocacia pela empresa Brasil Telecom (BrT), quando sob controle do Banco Opportunity. 'Há diversos casos em que não é possível comprovar a prestação de qualquer serviço no interesse da BrT', acusa a empresa na notícia-crime apresentada à polícia. Os pagamentos passam de R$ 20 milhões. Um dos escritórios favorecidos é o de Antônio Carlos Almeida Castro, conhecido como Kakay, amigo do ex-ministro José Dirceu. O valor pago a Castro foi de R$ 7.987.107.20. O dono do Opportunity, Daniel Dantas, já declarou ter havido 'sincronia' entre a contratação de Castro e a liberação de dinheiro pelo BNDES. Os escritórios de advocacia emitiram notas fiscais de números de série próximos uns dos outros, às vezes seqüenciais. Castro alega que seu escritório é 'artesanal', por isso emite em média apenas duas notas por mês. A nova direção da BrT pretende cobrar R$ 600 milhões de Dantas na Justiça, entre outros motivos pela contratação da empresa de espionagem Kroll."

Campanha começa a esquentar...

Lula abandona estilo "paz e amor" e adota o "bateu, levou"

Por Tânia Monteiro, n'O Estado:
"O estilo paz e amor que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva prometeu adotar nesta campanha não resistiu a uma subida ao palanque. No Palácio do Planalto, assessores do presidente dizem que a tática agora não é deixar acusações da oposição sem resposta. Lula tem estabelecido agendas semanais, com cerimônias praticamente todos os dias, ou viagens, para que possa responder aos ataques. Segundo interlocutores do presidente, o timing para atacar é dele, não é recomendação de nenhum marqueteiro. A avaliação é que, quando Lula começou a subir nas pesquisas, a oposição se desesperou e passou a tentar criar uma crise artificial. O presidente, então, que vinha respondendo aos ataques com ironias, achou que estava na hora de começar a atacar, até porque a campanha oficial começa a menos de um mês. A prova de que a campanha já começou, de acordo com outro interlocutor, foi o clima que o ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro, encontrou em um debate, anteontem, onde estavam representantes de 39% do PIB brasileiro, quando sofreu ataques. Em um dos momentos mais constrangedores, um empresário perguntou ao ministro se, 'no fundo da alma', acreditava que Lula não tinha mesmo conhecimento dos atos de ex-dirigentes petistas, como Silvio Pereira e Delúbio Soares. Tarso respondeu: 'Sim, acredito. Assim como acredito também que o presidente Fernando Henrique Cardoso não sabia que foram comprados votos para sua reeleição.' Para este interlocutor, não se trata de adotar o estilo bateu levou mas, conforme justificou, em clima de campanha não dá para apanhar calado."

Manchetes do dia

Sábado, 03 / 06 / 2006

O Globo: “Polícia proíbe entrada de carros em favela do Rio”
O Estado de S.Paulo: “Polícia apura pagamento a advogado amigo de Dirceu”
Folha de S.Paulo: “Lobby vence e CPI proporá legalização os bingos”
Correio Braziliense: “Devassa no concurso da Câmara Legislativa”

Notícias da Prefeitura

Prefeitura busca parcerias para equipar Santa Casa

Camburi ganha Centro Comunitário totalmente ecológico

Festival de Música em escola de Ubatuba reúne 14 canções sobre a Copa do Mundo

Prefeitura inicia obra que vai mudar a aparência da orla central

Ubatuba prepara eventos para Campanha do Agasalho

sexta-feira, junho 02, 2006

Frases que ficarão para a história...

"Eu tenho uma predestinação para fazer com que os pobres deste país deixem de ser mais pobres".

Lula (Quem mais poderia ser?)

Rumo ao Hexa!



A indômita equipe do Ubatuba Víbora rema furiosamente em direção aos domínios teutônicos no intuito de mostrar o melhor do ludopédio mundial para os leitores ubatubenses. Arduíno, o pombo-correio albino, trouxe hoje informações precisas da localização da canoa "Viboralonga" e nosso departamento de arte confeccionou o mapa acima. Não percam a mais completa cobertura da Copa do Mundo de todo o universo, aqui no Ubatuba Víbora.
Fonte: Agência VíboraNews

ET na Ressaca



Meu cachorro, meu bravo e valente cachorro, latia furiosamente. Ele não gosta de fuscas, sempre que passa um ele late. Desta vez o latido era diferente, fui verificar. Ao sair tive uma surpresa, bem na minha porta estava um porco. Não era um porco qualquer, era elegante, parecia mais um javali, o que imediatamente me remeteu às aulas de latim do ginásio, onde meu apelido era "javali macer". Enquanto eu filosofava o futuro "Eisbein mit Sauerkraut" subiu a rua e desapareceu, da mesma forma como surgiu, misteriosamente. Seria um ET?

Sidney Borges

Pensata

A arrogância e a dissimulação de Lula

Após um período de humildade, no qual articulou bem nos bastidores a sua campanha à reeleição, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva cometeu nesta semana dois erros graves. Na quarta-feira (31/05), desmoralizou de vez a encenação sobre ter dúvida em ser candidato. Na quinta-feira (01/06), fez o que o tucano Geraldo Alckmin aguardava com ansiedade: desafiou a oposição a colocar o 'mensalão' na TV, falando de corrupção.
Na quarta, Lula recebeu o ex-governador Orestes Quércia no Palácio do Planalto para tratar de alianças na eleição presidencial e na paulista, na qual apóia o ex-líder do governo no Senado Aloizio Mercadante (PT).Tratou apenas de eleição. Na saída, Quércia revelou em entrevista algo já sabido, que o presidente oferecera a vice ao PMDB. Mais tarde, o sempre cordato ministro Tarso Genro (Relações Institucionais) cometeu uma indelicadeza. Desmentiu o convidado do presidente para tentar esconder o que já está mais à mostra do que umbigo de vedete. Lula é candidatíssimo e só fala disso.
Essa encenação é perigosa. O presidente a faz para não ser acusado de uso máquina em benefício eleitoral nas viagens e solenidades pelo Brasil.
Leia mais

Excelente idéia!

REFLORESTAMENTO NO MORRO DA RESSACA

Utopia é uma palavra de origem grega. Se tornou famosa graças à obra de Tomás Morus (Utopia – 1516). Literalmente significa “lugar nenhum”; designava uma ilha onde existiria uma sociedade imaginária na qual todos os cidadãos seriam iguais e viveriam em harmonia. É um termo que possibilita projetar, lançar germe da transformação da sociedade. Assim, neste dia 5 de junho, próxima segunda-feira, quando se dedica a data para refletir e agir em prol do meio ambiente, eu e o professor José Esteno, lançamos um desafio à juventude, principalmente aos nossos queridos alunos:
Vamos reflorestar o morro queimado da Ressaca?
Esta foi a proposta para dar um sentido bem concreto ao termo utopia(estudado em Filosofia), ou seja, se valer de um absurdo – queimada -, fruto de mente(s) fraca(s), que desconhece(m) a importância da cobertura vegetal para a continuidade da vida na Terra, pois ela é a garantia de água, para lançar novas questões utópicas. Chegará um dia em que o planeta será reflorestado. Para isso é preciso dar pequenos passos: investir na educação e promover ações desde já. Além do mais, isso é investimento-cidadão, ou seja, destes jovens e de suas ações o conceito de cidadania ganha novas feições, recebe novo ânimo e apressa uma sociedade livre da impunidade, onde não existirá mais assistencialismo, pois as pessoas serão cidadãs, terão seus direitos conquistados dignamente, cumprirão seus deveres porque saberão deliberar. A concórdia vencerá o egoísmo.
Não será uma ação pensando em projeções pessoais; felizmente a juventude que abraçou o desafio já procura se desvencilhar da hipocrisia reinante em nosso meio. Está em jogo uma questão estética, afinal um morro arruinado, além de ser um horrível cartão postal, também contribui para um desequilíbrio psíquico, uma quebra de harmonia. Um outro fator, mais preocupante que o primeiro, é o seguinte: assim que só capim brotar no espaço que foi queimado, ele se transformará em mais material para a próxima queimada, avançando ainda mais sobre a mata e multiplicando mais o espaço para capim e futuras queimadas. Resumindo: queima mais porque tem mais capim e nasce mais capim porque queima mais. Enquanto isso...adeus às nascentes d’águas, aos animais e pássaros que dependem também da fantástica cobertura vegetal, decorada na escola e na mídia como Mata Atlântica, mas tão devastada em todo seu restante.
Utopia serve para caminhar
Esta mensagem tem a intenção de explicar a iniciativa (brotada a partir da tristeza do professor José Esteno em ver o morro queimado) e convidar mais pessoas de boa vontade a comparecerem ao local com disposição de nos apoiar, de trabalhar com os jovens. Tragam suas ferramentas, suas mudas, suas crenças utópicas. Não há causa maior que esta –a preservação e o resgate ambiental.
A ação está prevista para acontecer na segunda-feira, 5 de junho entre as 14:00 e 16:00.


Abraços. Até lá!


José Ronaldo dos Santos
Professor de Filosofia da EE Deolindo de Oliveira Santos

Boletim do Sindicato

REAJUSTE, PALAVRA INSIGNIFICANTE PARA ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL!

Após a reunião do dia 16 de maio que informamos na CARTA ABERTA, o Sindicato em respeito ao prazo estipulado até o dia 24 de maio, aguardou resposta do Executivo sobre o reajuste salarial. E, somente na manhã do dia 26 de maio, o Chefe de Gabinete nos informou que o reajuste salarial seria dado, segundo o Secretario de Finanças, somente no mês de outubro com o índice de 5%.
O Sindicato solicitou ao Chefe de Gabinete que esse reajuste nos fosse dado agora, pois o servidor está sendo penalizado pela demora da reposição.
É do conhecimento de todos que a Prefeitura de São Sebastião deu um reajuste de 10%, Caraguatatuba 5% e Caçapava 6%. E O PAGAMENTO JÁ SERÁ A PARTIR DESTE MÊS!!!
Isto que a administração está fazendo com seus funcionários é pouco caso. O trabalhador vem perdendo mês a mês seu poder de compra com o salário defasado, e nos três últimos meses do ano que ele vier receber esse reajuste, já não será de grande valia, pois na virada do ano de 2006 para 2007, tudo será novamente reajustado!!! Queremos um pouco mais de respeito por parte desta Administração, que só quer agradar “amigos”, dando Portarias, contratando por vias de entidades etc.
E O NOSSO SERVIDOR EFETIVO, COMO FICA???????? Somos mais 1.300 e merecemos um pouco de consideração. A Tabela de Salário publicada na Carta Aberta deixa claro a defasagem salarial perante o Salário Mínimo. Até quando vamos ter que esperar para termos nosso salário corrigido por desmandos de outras administrações???? E que a atual vem praticando a mesma política em não querer recuperar as perdas em nossos salários!!!!
Em 2005 disseram que tínhamos que esperar, pois o orçamento não era deles. E ESTE ANO, O ORÇAMENTO É DE QUEM?????? Porque não fizeram um estudo para que o funcionalismo a partir deste ano pudesse começar a recuperar seus salários??? Sabemos e entendemos que uma administração não vai conseguir corrigir todos os erros e distorções do passado, mas o que simplesmente pedimos É AUMENTO REAL DE SALARIOS PARA TODOS !!! O FUNCIONALISMO PÚBLICO MUNICIPAL NÃO IRÁ SE CALAR PERANTE ESTA DECISÃO. E SE NOS PRÓXIMOS DIAS, O PEDIDO FEITO PELO SINDICATO NÃO FOR ATENDIDO, A ADMINISTRAÇÃO IRÁ TER A RESPOSTA POR MEIO DE SEUS FUNCIONÁRIOS QUE ESTAO DESCONTENTES. E VAMOS MOSTRAR A TODA SOCIEDADE O QUE VEM ACONTECENDO DENTRO DO SERVIÇO PÚBLICO MUNICIPAL, E O QUE ESTÃO FAZENDO COM O DINHEIRO DE SEUS IMPOSTOS!


A Diretoria

PCdoB informa:

Convenção

O PCdoB de Ubatuba convoca seus filiados para a Convenção Eleitoral Municipal, a ser realizada no dia 10 de Junho de 2.006, às 16h00, na Câmara Municipal.
Oportunamente, convida todos os cidadãos para participar de um encontro político que realizar-se-á imediatamente após à Convenção, a partir das 19h00.


Mário Ricardo Castanho,
Presidente do Comitê Municipal

Mensagem imparcial

Filosofia de um céptico contrariado e de um sábio taoista.

Do “Contra” – Há um tipo de cidadão que tem um prazer muito especial em contestar. É contra as opiniões alheias e, se possível, faz disto motivo para grandes discussões. Além de discordar sempre que é contrariado, adora ser ostensivamente “do contra”. É prolixo e exagera no vocabulário debochado. Necessita de que todos ouçam os seus excitados discursos. Não importa a idade; sempre se comporta como “aborrecente” implicante. Enquanto não consegue intrigar bastante, não pára com as provocações, tentando de variadas formas infernizar quem o contraria.

Complexo de “Pavão” – Esse tipo de cidadão lança mão de qualquer recurso para aparecer e brilhar. Ornamenta-se como quem vai entrar em cena, exibindo “performances” teatrais de um profundo mau gosto e de nenhuma arte. O tipo “pavão” vive o amor próprio do avesso, embriagado por uma fantasia exibicionista e um atroz complexo de superioridade. Esforça-se para parecer mais do que é e não se satisfaz. Ostenta-se uma arrogância para os observadores mais sagazes. Quer sempre aparentar que está melhor ou é melhor do que os demais.


Complexo de “César” – A mistura se origina de sua vaidade e de seu orgulho doentio. O complexo de “César” se traduz em – “preferir ser o primeiro da aldeia do que o segundo em Roma”. Imagina-se tão extraordinário, que deve sempre estar em primeiro plano, chamando a atenção de todos ou recebendo deferências especiais, é sinal de pouco desenvolvimento espiritual, prepotente e autoritário.

Moralismo – Uma faceta bem marcada do tipo é o moralismo exacerbado que, em alguns casos, chega às fronteiras do ridículo. Esse indivíduo se arroga o direito de julgar e condenar os erros de seus oponentes. Afirma, com uma certeza assombrosa o seu mérito pelo seu autovalor. E diz a outros o que deveria ser feito, ser dito e ser pensado. Também é marca de sua personalidade uma postura paradoxal – ele cria uma lei para o mundo exterior, bem rígida e austera, e outra para si mesmo, bastante amena e incrivelmente elástica. No papel de julgador é implacável. O que é errado para os outros deve ser punido ou, pelo menos, criticado. Quando flagrado em erro, ele tem explicações para tudo, defende-se com veemência e lança mão de qualquer trunfo que argumente a seu favor.

Do sábio taoista:

“Aquele que conhece o outro é SÁBIO;
Aquele que conhece a si mesmo é ILUMINADO;
Aquele que vence o outro é FORTE;
Aquele que vence a si mesmo é PODEROSO;
Aquele que conhece a alegria é RICO;
Aquele que conserva o seu caminho tem VONTADE;
Seja humilde e permanecerás INTEGRO;
Curva-te e permanecerás ERETO;
Esvazia-te e permanecerás REPLETO;
Gasta-te e permanecerás NOVO;
O Sábio não se exibe, por isso BRILHA;
Ele não se faz notar e por isso é NOTADO;
Ele não se elogia e por isso tem MÉRITO;
E, porque não está competindo...
Ninguém no mundo pode competir com ele”.

(Lao Tse – estrategista chinês que viveu entre VI e V séculos antes da era cristã).


Orlando Vicente Sales
Advogado e funcionário da Câmara Municipal de Ubatuba

Festa junina

Direto do arraiá da Unitau:

A ACIV – Agência de comunicação integrada voluntária do Departamento de Comunicação Social da Universidade de Taubaté realizará, no dia 13 de junho, terça-feira, uma festa junina solidária.
O Evento visa a integração dos alunos e a mobilização por uma causa socialque destinará todo benefício arrecadado para o auxílio de duas entidadescarentes da cidade de Taubaté:
O projeto “Rindo à toa” e a “CEEP – Centro de atendimento e educaçãoespecial”.
As pessoas que visitarem a festa poderão saborear comidas típicas, se divertir com brincadeiras, DJs e bandas.
Vale ressaltar que a entrada é franca e a festa se iniciará a partir das18:00 horas.
Contamos com o seu apoio para a divulgação deste evento.

Nosso agradecimento.

Agência de Comunicação Integrada Voluntária ACIV

Atuação parlamentar

Vereador solicita atualização de convênio para os estudantes universitários de Ubatuba

O vereador Charles Medeiros PSB, encaminhou ao Chefe do Executivo, solicitação de estudos para atualização e correção de convênio com a Associação dos Estudantes Universitários de Ubatuba. A Lei que foi sancionada em 1996 trata-se de um convênio entre a prefeitura e a associação, que prevê repasse de subsídio à categoria para auxílio no transporte até as Universidades. Com o crescimento do número de estudantes universitários, o valor proposto pela lei não vem suprindo a necessidade da categoria. O vereador propõe ao Executivo elaboração de estudos urgentes para a atualização do repasse de verbas, a fim de corrigir a defasagem do subsídio às despesas decorrentes do transporte intermunicipal. O trabalho do vereador em defesa dos estudantes universitários de Ubatuba vem desde 2001, na época, Charles Medeiros recebeu uma homenagem da Associação pelo empenho na briga pela liberação do transporte na da Rodovia Oswaldo Cruz, para modalidade fretamento, aos universitários de estudavam em Taubaté. “Devemos apoiar e valorizar nossos estudantes universitários, pois são de vital importância no desenvolvimento de nosso Município”. Afirma Charles Medeiros.



Charles Medeiros solicita bloquetes para o bairro da Estufa I e II

O vereador Charles Medeiros solicitou junto ao Chefe do Executivo a elaboração de estudos urgentes para a transferência dos bloquetes retirados da Avenida Iperoig (obras de urbanização) para serem utilizados na pavimentação das ruas do bairro da Estufa I e II. A Estufa é o segundo bairro mais populoso da cidade, e que há várias administrações a população vem aguardando melhorias urgentes como colocação de guias, sarjetas e principalmente a pavimentação dos acessos. O vereador Charles Medeiros vem desde sua primeira legislatura buscando melhorias para o bairro, além da melhoria definitiva dos acessos, outra briga do vereador é o término da implantação da rede de esgoto, bem como a construção das estações elevatórias.
Fonte: Assessoria Charles Medeiros

Já ganhei...

Lula ironiza adversários e diz que devem 'aprender a perder'

No Correio Braziliense:
"Empolgado e seguro com os resultados das últimas pesquisas que lhe dão uma confortável dianteira sobre o tucano Geraldo Alckmin, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ironizou ontem as declarações do candidato do PSDB ao Palácio do Planalto. Alckmin criticou o desconhecimento alegado pelo presidente Lula sobre as denúncias de corrupção envolvendo o governo. 'Eu não posso responder. Até nem fica elegante ele (Alckmin) ser grosseiro. Ele não tem jeito para ser grosseiro. Não combina com ele', disse Lula durante visita ao Amazonas. Depois, com um tom mais duro, Lula pediu aos adversários que sejam 'democráticos' e que 'aprendam a perder'. O presidente disse, em discurso, que a oposição tem que entender 'que um metalúrgico é capaz de fazer muito mais do que eles', e que a sabedoria de um governante não se mede pelos anos de escolaridade, mas pelo coração e pelos compromissos com o povo. Afirmou que a oposição busca sistematicamente prejudicar o seu governo, mas que tal comportamento será julgado pelo povo."

Nota do Editor - Sobre previsões entusiásticas sempre é bom lembrar as lições da história. Em fins de 1941, com os exércitos alemães às portas de Moscou, Hitler anunciou ao mundo o fim da União Soviética. Foi tão convincente que até ingleses e americanos acreditaram. Hitler esqueceu de avisar os soviéticos, que contra-atacaram e só pararam em Berlim, pondo fim ao estúpido regime nazista. Cantar vitória antes da hora é perigoso. E deselegante.

Manchetes do dia

Sexta-feira, 02 /06 / 2006

O Globo: “Lula desafia oposição a usar cenas de CPI em campanha”
Folha de S.Paulo: ”Lula desafia a oposição, e Alckmin o chama de cínico”
O Estado de S.Paulo: “Governo quer tornar permanente a CPMF”
Valor: “Câmbio leva exportador a abrir mão de contratos”
Correio Braziliense: “Governo antecipa natal para aliados”

Notícias da Prefeitura

Eduardo Cesar e Patrícia Pereira participam de encontro regional de educação

Guarda Municipal de Ubatuba comemora aniversário com futebol

Vôlei de Ubatuba disputa semifinais da LIVOVALI

Municipal de Basquete de Ubatuba tem rodada nesta sexta-feira

Prestadores de serviços turísticos deverão se cadastrar junto ao Ministério de Turismo

I Rali Ubatuba, Pura Aventura começa nesta sexta-feira

Ubatuba realiza Semana do Meio Ambiente cheia de atrações

quinta-feira, junho 01, 2006

Vida difícil...

Conselho Municipal de Desenvolvimento Paralelo?

Apesar de Constituído em 07 de fevereiro de 2006, o CMD não conseguiu até agora aprovar sequer seu Regimento Interno, na última Assembléia Ordinária dia 25 p.p., não houve quorum.
Em contrapartida, conforme noticias veiculadas no Correio Guaruçá, no dia seguinte, 26 p.p. estiveram reunidas várias Entidades da Sociedade Civil que fazem parte deste Conselho, para se discutir as Obras da Av. Iperoig.
Fica claro, portanto, que o esvaziamento se deve ao fato de que os assuntos que deveriam estar sendo colocados para apreciação do Conselho não estão sendo apresentados.
Em Assembléia anterior onde o quorum ainda permanecia, discutimos o Regimento Interno, e a necessidade de Reuniões mais freqüentes inclusive dando facilidade as Convocações Extraordinárias em virtude de conhecermos a situação em que vive a Cidade.
Infelizmente a opção foi o envolvimento total para o Plano Diretor.
Resultado, estamos assistindo a um Conselho Municipal de Desenvolvimento PARALELO.


Fernando Pedreira
CMD – CMT – CRT.

Circulando na Internet

Estou pensando seriamente em formar o SCC (Segundo Comando da Capital) veja porque:

1) Marcola só usa roupas com marca Lacoste.
- Eu só uso roupas da 25 de Março.

2) Marcola toma banho de sol todos os dias, com isso mantem um ar saudável.
- Eu fico trancafiado no escritório das 8:00 as 18:00 sem saber se faz sol, se chove, se a temperatura caiu ou subiu.

3) Marcola é um verdadeiro intelectual já leu mais de 3000 livros.
- Tudo que consigo ler é e-mail pois falta tempo, junto com a canseira fica quase impossível ler até gibi.

4) Marcola pratica atividade física, diariamente, para se manter em forma.
- Eu fico sentado o dia todo, trabalhando onde ganho uma bela barriga e a noite estou tão arrebentado que não consigo pensar em ir para academia.


5) Marcola é defendido pelos Direitos Humanos, pela igreja, e outros segmentos da sociedade.
- Quanto a minha defesa, eles querem que eu me dane.

6) Marcola tem um paladar apurado só come picanha acompanhada de fritas.
- Eu só como ensopado de carne de segunda cozida pra ficar mais macia.

7) Marcola tem tanto dinheiro que até o CV deve pra ele, detalhe 100% isento do imposto de renda.
- Eu ganho quase nada e o governo ainda fica com 27,5%.

8) Marcola só negocia com a alta cupula do governo.
- Eu fico o dia todo só recebendo ordens do meu chefe que não aceita nenhuma negociação.

9) Marcola quando está cansado do colchão bota fogo.
- O meu está esperando ser trocado há mais de 5 anos, mas por falta de grana fico adiando a troca.

10) Marcola é famoso no mundo inteiro.
- Eu trabalho, pago impostos, pago as contas, e não passo de um merda.

"Agora, quando olho para meu título de eleitor, entendo o verdadeiro significado de "Zona Eleitoral"

Editorial

Reuniões e reuniões...

Em Ubatuba acontecem muitas reuniões, a maioria sem conseqüências. A prática é fruto de uma sociedade sem compromisso com produtividade. Tirando os comerciantes, que sabem que o bolso arde e às vezes dói, a imensa maioria é constituída por funcionários públicos, que merecem respeito, mas que não perdem o sono com a origem do dinheiro que os paga. Nos anos da década de oitenta, quando trabalhei em emissoras de televisão, aprendi que reuniões longas serviam para encher lingüiça, eram desnecessárias e caras. Éramos um time afinado, cada um sabia o seu papel, tínhamos sido contratados no mercado e não por pertencer a uma organização religiosa ou política. Quando havia um grande evento cada chefe de setor era incumbido de uma tarefa, não me recordo de ter passado mais de uma hora com meus superiores e nunca perdi mais de uma hora com meus subordinados. Sobre responsabilidade e competência não é preciso dizer que o produto final era julgado por milhões de telespectadores. Também é desnecessário lembrar que qualquer pisada na bola era rua e um abraço. É por isso mesmo que jamais vou entender tantas reuniões, a maioria sem que os presentes tomem notas. Imagino que não conseguirão saber depois do que trataram. E não há porque saber. Não há um depois, não existe cobrança, não existe compromisso, assim como a morte é certa, a vida é fácil para os que puxam os sacos certos. E tudo vai devagar, devagar, quase parando. Isso precisa mudar...

Sidney Borges

Plantão Víbora informa:

Palestra sobre Acessibilidade foi desmarcada

A Secretaria de Cidadania e Desenvolvimento Social da Prefeitura de Ubatuba e o Conselho Municipal para Assuntos da Pessoa Portadora de Deficiência (CMPAPPD), que estavam promovendo para o próximo dia 5 de junho a palestra “Acessibilidade: você também tem compromisso" teve de ser desmarcada.
Célia Leão, deputada estadual, que ministraria a palestra, teve um compromisso urgente de última hora e foi obrigada a desmarcar.
Os organizadores pedem desculpas à população e informam que ainda não foi agendada uma nova data.
Fonte: Cristiane Zarpelão

Esqueçam o que eu disse...

Recordar é viver

De O Globo, hoje:
"Houve um tempo em que Orestes Quércia era nazista para Luiz Inácio Lula da Silva. O peemedebista não fazia por menos — considerava o petista um fascista. O clima entre os dois era de permanente tempestade verbal ao longo da campanha presidencial de 1994. Quércia criticou o PT, disse que Lula era o candidato da direita — e levou troco pesado:
— Ele está usando métodos semelhantes aos utilizados pela Gestapo durante a Segunda Guerra Mundial — atacou o hoje presidente, referindo-se à polícia secreta de Adolf Hitler".
Leia mais
aqui e aqui

A verdade incomoda...

ANJ critica decisões judiciais contra a liberdade de imprensa

N'O Globo:
"A Associação Nacional dos Jornais (ANJ) protestou ontem contra decisões judiciais que, para a entidade, estão pondo em risco a liberdade de imprensa. As decisões foram proferidas nos últimos dias a pedido de políticos que tentam impedir a divulgação de notícias sobre suas condutas administrativas. 'A Associação Nacional de Jornais alerta para essa sucessão de equívocos cometidos por juízes, motivados por ações de governantes e ex-governantes inconformados com a livre divulgação de informações e o pleno exercício do jornalismo', diz a nota. A entidade cita caso envolvendo O GLOBO e a série de reportagens sobre denúncias de irregularidades no governo do Estado do Rio. 'O jornal divulgou informações sobre irregularidades que teriam sido cometidas pelo governo do estado e a Justiça lhe impôs a publicação de ‘direito de resposta’ dez vezes maior do que a suposta ofensa, em decisão tomada em caráter liminar, antes mesmo do julgamento do mérito', diz o texto da ANJ. A entidade cita ainda decisões judiciais como a que obrigou a Folha do Amapá a retirar de sua edição na internet reportagens sobre o governador do estado, Waldez Góes. Em Campo Grande, a Justiça determinou ao Correio do Estado a publicação de direito de resposta que, segundo a ANJ, extrapola o conteúdo de reportagens sobre o ex-prefeito André Puccinelli. (...) A entidade Repórteres Sem Fronteiras também divulgou nota lamentando decisão da Justiça contra o Correio do Estado; 'A medida, que impõe censura preventiva, obriga o jornal a pagar multa de 168 euros para cada exemplar impresso caso o jornal cite nominalmente André Puccinelli, ex-prefeito de Campo Grande e candidato ao cargo de governador, investigado pela Justiça Federal por lavagem de dinheiro'."

“INJUSTIÇADOS E SOLIDARIEDADE”

Corsino Aliste Mezquita
São de todos conhecidos os alertas que, BERTOLT BRECHT (1898-1956), faz, na sua obra, convidando o povo a pensar, agir, participar da vida em sociedade, ser solidário e defender seus direitos e os de seus vizinhos, quando injustamente atacados por governos com vocação de ditadores mesmo que, não sejam tão violentos como o nazismo que ele enfrentou.
Neste sentido é significativa a triste confissão do pastor presbiteriano alemão, Martin Niemoeller, sacrificado pelos nazistas e por ele transcrita:
“Primeiro eles vieram buscar os comunistas.
Não falei nada porque não era comunista.
Então vieram buscar os judeus.
Não falei nada porque não era judeu.
Depois vieram buscar os operários, membros dos sindicatos.
Nada falei porque não era operário sindicalizado.
Então eles vieram buscar os católicos.
Não falei nada porque sou protestante.
Finalmente vieram me buscar.
Quando isto aconteceu, não havia ninguém para falar.”

Esses comportamentos violentos de governantes, com nuanças, matizes e características diferenciadas repetem-se sempre que um “ditadorzinho” de plantão quer implantar seus objetivos pessoais e para que não apareçam as fontes da corrupção tenta silenciar seus opositores com perseguições, calúnias, difamações, injúrias, processos e, dependendo das circunstâncias, até com a morte.
Observando a vida nacional, de um ou outro estado e de alguns municípios, podemos encontrar dezenas de histórias parecidas à contada por Bertolt Brecht. Prestando bem atenção, algumas semelhanças, podem ser observadas, neste quadrante histórico de nossa Ubatuba. Não é necessário citar personagens e situações.
Felizmente para a JUSTIÇA, para os INJUSTIÇADOS e, principalmente, para a DEMOCRACIA e a MANUTENÇÃO DA PAZ NA SOCIEDADE, nem todos se calam, como fez o pastor Martin Niemoeller, pensando que a injustiça praticada para os outros não é com ele. Mesmo numa sociedade “mansa” e pouco solidária como a de Ubatuba, existem os que não se calam ante a injustiça praticada por nossos políticos com a certeza de impunidade.
Da primeira parte da frase acima, sou testemunha agradecida, nestes dias de perseguições, calúnias, difamações e processos por delitos que não cometi.
Enquanto à segunda parte, “certeza de impunidade para nossos políticos”, podemos afirmar que quando se aciona a JUSTIÇA, com seriedade e pelos cominhos legais, também não existe certeza de impunidade. Terça feira, “UBATUBA VÍBORA”, publicou a súmula do acórdão, do Tribunal de Justiça de São Paulo, que confirma a condena, por unanimidade, de um cidadão de Ubatuba, a três meses de cadeia, por ter injuriado, caluniado e insultado, na Rádio Costa Azul, em 1999, quando era prefeito de Ubatuba, o conhecido casal, Helena Leal Costa Leite e Roberto Mamede Costa Leite, assim como a obra de caridade e sensibilidade humana por eles desenvolvida.
Alguns dos que ouvimos o programa, além de prestar-lhes solidariedade, conforto e apoio, na época, estimulamos o processo que agora teve desfecho e condenação, sem direito a apelação.
A lição que devemos tirar, desse exemplo, nós cidadãos comuns, é que não devemos nos intimidar ante a injustiça praticada pelos poderosos de plantão. Temos o dever de reagir dentro dos parâmetros de legalidade. Reagir, na imprensa, publicando as injustiças e perseguições de que somos vítimas e gerando aquele “murmúrio” e opinião silenciosa que pune nossos políticos, primeiro na “boca do povo” e, posteriormente, nas urnas.
A todos os poderosos de plantão cabe pensar que, o poder é efêmero e que a injustiça clamará por justiça.
Existe também a possibilidade do tiro sair pela culatra e, o vendaval de injustiças, despertar iras e avivar fogos amortecidos.
Concluímos com a frase de Cláudio Andrés Telles: “A corrupção, por sinal, é inseparável de qualquer projeto totalitário, e, a maior tristeza que pode atingir uma sociedade é tornar-se tolerante à prática da corrupção”. (“O Preço que se paga”. Guaruçá, 26-05-06)

Terceiro Setor

Vereador realiza abertura de evento sobre Terceiro Setor

No último dia 29, nas dependências da Câmara Municipal, o vereador Charles Medeiros representou o Presidente Ricardo Cortes na abertura do evento sobre o Terceiro Setor. Estiveram presentes os Srs. Orlando Gonzalez Rodrigues, representante do Infoc (Instituto de Fomento ao Conhecimento) e Takashi Yamagushi, representante do Siai (Sistemas de Apoio Institucional). O Siai possui atividades em todo o território nacional e em parceria com o Infoc têm como objetivo a elaboração de projetos de desenvolvimentos econômicos nos municípios, montagem de entidades de Terceiro Setor com ênfase para desenvolvimento econômico e social, bem como a promoção sustentável de uma região, através das Instituições do Terceiro Setor. Segundo Yamagushi, muitas empresas não se utilizam adequadamente dos incentivos e renúncias fiscais disponibilizados pelas legislações. Há um aumento de atividades sociais, mas sem as ferramentas disponíveis para tal finalidade.
O vereador Charles Medeiros destaca a importância do Terceiro Setor para o desenvolvimento de nosso país, principalmente nas áreas sociais, culturais, educacionais e esportivas. “O Terceiro Setor está chegando a locais que possuíam sérios problemas e eram inviáveis a qualquer projeto, sua atuação tem transformado estas realidades, seu trabalho é de extrema importância para nossas comunidades”, afirma Charles Medeiros.

Fonte: Assessoria Charles Medeiros

Convite

DESAFIOS DO LITORAL NORTE:

“Educação de Qualidade - Vamos construir essa idéia na sua cidade?"
Dia 03/06/2006 às 15:00 h
Na Câmara Municipal de Ubatuba


EXPOSITOR
DR. CÉSAR PIMENTEL, advogado da APEOESP


DEBATEDORA
Profª. Nilcéa Fleury Victorino, secretária de Formação da APEOESP


MEDIADOR
Dr. MAURÍCIO MOROMIZATO (Presidente do DM Ubatuba)


Partido dos Trabalhadores
MICRO REGIÃO DO LITORAL NORTE

Partido dos Trabalhadores - DM de Ubatuba

“Desafios do Litoral Norte – Plano Diretor Participativo”

“A partir da ética é possível formular os cinco princípios concretos da democracia: igualdade, liberdade, diversidade, participação e solidariedade.” (Herbert de Sousa – Betinho)


“Não nasci marcado para ser um professor assim (como sou). Vim me tornando desta forma no corpo das tramas, na reflexão sobre a ação, na observação atenta a outras práticas, na leitura persistente e crítica. Ninguém nasce feito. Vamos nos fazendo aos poucos, na prática social de que tomamos parte”. (Paulo Freire)

O Diretório Municipal do PT de Ubatuba está organizando uma palestra com debate a ser realizado em Ubatuba–SP, sobre o tema “Educação de Qualidade - Vamos construir essa idéia na sua cidade?”, onde se tratará desta questão tão urgente e significativa para os nossos municípios. A participação popular, exigida por lei, em muitas ocasiões não tem sido respeitada pelas prefeituras do Litoral Norte, e este debate vem, na medida de sua importância e necessidade, contribuir para que em outubro de 2006, os municípios que ainda não têm o Plano Diretor, possam apresentá-lo sem máculas legais, ou seja, com a participação efetiva da população. A educação como mecanismo de promoção social e base de um povo e não pode ficar excluída dessa discussão.
O evento será realizado no dia 03 de junho ás 15:00 horas, no auditório da Câmara Municipal de Ubatuba. O debate será conduzido pelo Dr. César Pimentel, advogado da APEOESP e pré–candidato a Deputado Federal.
Ficaríamos honrados com o interesse de Vossa Senhoria em participar neste evento.


Cordialmente,


DM do PT de Ubatuba

Orçamento do Estado

Vereador Jairo dos Santos apresentou vinte emendas para o Orçamento do Estado – 2007

A Audiência Pública do Orçamento do Estado para o ano de 2007 atendeu a região litorânea de São Paulo, na Câmara Municipal de Santos, no dia 26 de maio.
As propostas de Ubatuba foram levadas à Audiência Pública, que trata do aprimoramento da Lei de Diretrizes Orçamentárias - LDO – e do Orçamento do Estado – 2007, pelos vereadores Luciana Machado, PDT, Jairo dos Santos, PT, e por representantes de comunidades da região Sul da cidade.
Presente no encontro, o vice-prefeito de Ubatuba, Domingos dos Santos, cobrou do Estado, investimentos para a construção de casas populares para os moradores de áreas de Parque e APP – Área de Preservação Permanente, além de investimento para a conclusão das obras de saneamento básico no Município.
O vereador Jairo dos Santos usou a tribuna e reforçou a cobrança para a agilização das conclusões das obras da SABESP, principalmente, na região de habitações populares e pediu a construção de uma Unidade Escolar Estadual, no bairro do Poruba. Além disso, o vereador apresentou outras vinte emendas: saneamento básico para as regiões sul, Picinguaba e Rio Escuro; habitação popular para moradores de áreas de Parques e Área de Preservação Permanente; pavimentação das estradas vicinais do bairro do Araribá, Folha Seca, Caçandoca, Camburi e Sertão da Quina; urbanização do Parque Guarani, Botafogo, Jardim Ipiranga, Vale do Sol, Parque das Rosas, Rio Escuro e Ilha dos Pescadores; conclusão das estações elevatórias de esgoto dos bairros do Lázaro, Estufa, Perequê-Mirim e Perequê-Açu; urbanização das marginais da Rodovia Manoel Hipólito do Rego, entre os bairros da Maranduba e Lagoinha; construção de um Centro de Eventos; construção de Teatro Municipal, de Museu Regional e construção da ponte da Maranduba; casas populares para moradores do Camburi; reforma do Cais do Porto; reforma das Escolas Municipais; criação de FATEC; construção de Centro Esportivo; construção de Portal Turístico na rodovia Osvaldo Cruz e conclusão do Portal da Rodovia, no bairro da Tabatinga; ampliação e reforma da Santa Casa; reforma do Casarão do Porto – FUNDART.

Fonte: Assessoria Jairo dos Santos

Manchetes do dia

Quinta-feira, 01 / 06 / 2006

O Globo: “Brasil volta a crescer mas BC segura juros”
Valor: “Ultra faz oferta de compra para globalizar produção”
Correio Braziliense: “O Brasil voltou a crescer”
Folha de S.Paulo: “PIB cresce 1,4% e BC reduz ritmo de queda de juros”
O Estado de S.Paulo: “Consumo e investimentos fazem PIB aumentar 1,4%”

Notícias da Prefeitura

Prefeito Eduardo Cesar recebe prêmio em Balneário Camboriú

Guarda Municipal de Ubatuba completa doze anos

Artigo Quinto toca no Calçadão nesta sexta-feira

Prefeito se reúne com comunidade da Vila Mariana Teixeira

quarta-feira, maio 31, 2006

Na mosca!

O futuro a Deus pertence...

Pára com isso, Serra!

Do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso em conversa recente com um amigo do peito:

- O Serra tem de parar de falar mal de mim. Eu botei o Alckmin para perder essa eleição e o Serra foi preservado para ser candidato em 2010.

Fonte: Blog do Noblat

Política

De passagem...

Fernando Pedreira
Como dissemos estivemos na Audiência Pública do Orçamento Participativo da Assembléia Legislativa em Santos.
Alguns fatos políticos curiosos aconteceram na ocasião.
Quando menos esperávamos, após o pronunciamento do Deputado Enio Tato (PT) onde inflamado observava que de nada adiantariam tais audiências uma vez que as verbas ali aprovadas no ano anterior não foram até então encaminhadas aos seus destinos e que faltavam alguns dias para que isso ocorresse sobre pena de não mais poderem ser viabilizadas.
Partindo de um Partido que naquele momento era Oposição, uma vez que o Governo Estadual é hoje o PFL, tudo normal.
Mais eis que de repente, surge na tribuna o Deputado Edmir Chedid (PFL) relator da Comissão do Orçamento e nada mais nada menos, detona a candidatura Alckmin, entre alguns argumentos, diz que este governo (Alckmin) passou todo o tempo negociando com bandidos e que sabia que os atentados aconteceriam, deixando na mão do atual Governador Cláudio Lembo uma bomba relógio.
Não obstante salientou também que o Governador Alckmin não teve projetos para o Estado e jamais teria para a Nação.
Complementou que o Governo Lula teve uma herança maldita de Fernando Henrique e que ao ser reeleito poderia então poder Governar da forma proposta em sua primeira Gestão.
Tais pronunciamentos foram avalizados pelo Deputado José Caldini Crespo também (PFL) Presidente da mesa que humorado comentou que tais pronunciamentos deixavam corados até os próprios Deputados do PT Enio Tato, Maria Lucia Prandi (PT), e outros que me falham a memória.
Se não quiserem acreditar temos várias testemunhas...

Opinião

O voto dos funcionários públicos

Comentário da cientista política Lucia Hippolito na CBN"
Como todo mundo está cansado de saber, o funcionalismo público sempre representou uma parte importante do apoio político e eleitoral do PT e do presidente Lula. A sindicalização acelerada que aconteceu na máquina pública também contribuiu para fortalecer os laços entre a burocracia e o PT.A tal ponto chegaram esses laços, que em certo momento a CUT contava com mais de 60% de funcionários públicos entre seus mais altos dirigentes.Nunca é demais lembrar que o atual presidente da central sindical, João Felício, era funcionário público. Em todas as eleições que Lula disputou, constituíam-se nos mais variados órgãos da administração pública grupos de trabalho que municiavam o candidato com importantes informações sobre inúmeros aspectos da vida brasileira.Dados sobre economia, saúde, transporte, educação, distribuição de renda etc.Não foi diferente nas eleições de 2002.
Leia mais

Palestra na ACIU

Vice-presidente da Facesp dará palestra na Associação Comercial

Marco Aurélio Bertaiolli ministrará amanhã uma palestra voltada aos empresários da cidade, às 19h30, na Associação Comercial de Ubatuba

Bertaiolli é vice-presidente da Facesp - Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo, presidente da Associação Comercial de Mogi das Cruzes e vice-prefeito de Mogi das Cruzes.

Ele trabalha ao lado de empreendedores e representantes de entidades com o objetivo de desenvolver projetos, dinamizar a economia e gerar empregos. “Defesa das micro e pequenas empresas”. Esta é a principal bandeira de trabalho de Bertaiolli, que defende o associativismo, a atração de novos empreendimentos, fomento dos negócios já implantados, criação de nichos de mercado e mudanças na legislação. O presidente da ACIU Ahmad Khalil Barakat (foto) ressalta que “através do associativismo, da formação de núcleos, da participação integrada, os empreendedores conseguem melhores resultados, tanto na solução de problemas conjuntos, como na viabilização de novos negócios”, salienta.
O empresário Marco Aurélio Bertaiolli tem 38 anos e uma ligação com o setor comercial há mais de 20 anos. Tornou-se comerciante aos 16 anos. A experiência precoce proporcionou uma visão mais ampla do mercado, além das tendências e transformações ao longo dos anos.
Fonte: Cristiane Zarpelão - Comunicação ACIU

Exterminadores do futuro

Ronaldo Dias
Se não cuidarmos não irá sobrar nada! A degradação ambiental está célere e, se não houver uma reversão, pouco sobrará para os nossos netos. É preciso preservar. Para preservar é preciso conscientizar. Para conscientizar é preciso, muito antes, educar. São muitas as organizações, são severas as legislações, são inúmeras as propostas. O clamor pela defesa da natureza é uma boa bandeira para qualquer outro objetivo, até mesmo os mais escusos. A fundamentação científica dos argumentos torna-se imprescindível. As paixões “a primeira vista” precisam ser abandonadas em nome da razão. A negação do crescimento vegetativo e migratório das populações tem causado “baixas” irrecuperáveis, tanto quanto a falta de uma política realistica e corajosa, que produza e coloque a disposição dos atores as ferramentas necessárias para o enfrentamento do problema. A negação da existência deste fator (crescimento das populações) transfere e adia soluções tornando-os cada vez mais insolúveis em qualquer meio, muito mais nos quais se pretende “preservar”. Na prática, o modelo existente atesta sua incompatibilidade. Funciona como uma foto e, não como um filme. Como uma represa, contém um demanda (reprimida), sem propor alternativas, tapa os olhos para a realidade latente. Vide Manifestações pela regularização fundiária. Serão os manifestantes impedidos de procriar? Onde, dentro no município, nos oferecem espaços físicos disponíveis ( suficientes) para a ocupação humana ( a garantir os direitos constitucionais de4 ir e vir, moradia, sustento etc) com alguma infra-estrutura? Quais as alternativas econômicas (sustentáveis) que nos propõe, para o “ganha pão?" Irão nos oferecer alguma ( como tantas outras) “bolsa preservação”? Toda preservação precisa priorizar o homem. Ele é o foco e a sua razão de existir. Imposições legais e as pressões de toda ordem das não governamentais do segmento que não levarem em conta a simples existência do homem local, suas necessidades matérias, espaciais e aspirações, estão fadadas ao fracasso. O resultado prático das restrições de ocupação existente é tapar o sol com a peneira. A punição radical tem sido tanto maior, quanto maior for o “IBOP” alcançado com a ação. É circense. É preciso democratizar as decisões tomadas nos gabinetes refrigerados e traze-las a tona da realidade. Aos locais( moradores) além das restrições é preciso oferecer alternativas exeqüíveis de sobrevivência e, um mínimo de qualidade de vida. Vamos parar de escrever, de ler e ouvir “poesias”. A nossa realidade é outra. Compatibilizar o uso com a preservação e a proteção ambiental, de forma realística e racional é sensato. Vamos priorizar o homem, principalmente aquele que vive no, e do local que se pretenda preservar. O que queremos (afinal) preservar para o futuro? A arquitetura de quatro andares dos prédinhos malajambrados da Praia Grande? Os quiosques embargados? O novo Prédio (nas Toninhas) da Colônia de Férias da Associação. Dos Funcionários do Estado de São Paulo (um verdadeiro CPD, um monumento ao mau gosto)? As disposições urbanas dos (já incontáveis) carrinhos de lanche? As esquinas tomadas por Churrasquinhos de Gato? A “nova” Feirinha Hippie? As incontáveis lojinhas de maiôs? Este é o modelo ( que recebemos pronto e frio) de desenvolvimento “sustentável” que nos é oferecido pelo estado? O que se pretende? A o pouco que resta da economia do município está combalida. Os meses de inverno são “congelantes”. Falta dinheiro para tudo. E como preservar o palmito com filhos pedindo pão? É preciso termos certeza de que estamos construindo um futuro melhor para os filhos desta terra. É preciso refletir sobre discursos inflamados de “haoles” oficiais (ou não), que tem empregos e salários garantidos (pagos pelo estado) que acenam, impingem e propõe ações inexeqüíveis e inconseqüentes. Vamos olhar para o mundo ou para outros estados da União e, baseado em suas experiências de sucesso escolher e planejar nosso o melhor caminho. O caminho da preservação responsável. O nosso caminho. Somos menores? Incapazes? Precisamos de tanta tutela? Afinal, ainda não sabemos caminhar? O Plano Diretor poderá ser um marco de novos e melhores tempos.

Movimentação partidária



Jurabelo no PTB

O mais atuante repórter radiofônico das margens brasileiras do Oceano Atlântico, o popular Jurabelo, acaba de assinar ficha de filiação no PTB. Devagar o partido do presidente Tato vai abrindo caminho e se consolidando como uma das grandes forças políticas de Ubatuba. Grande aquisição do PTB, como todos sabem, se um dia o mundo acabar, Jurabelo estará a postos com seu inseparável gravador entrevistando os autores da façanha.

Sidney Borges

Participação popular...


A foto mostra com clareza que é grande a necessidade de ouvir o povo

Regularização fundiária

Luiz Moura
No final da tarde de ontem, 30, em frente ao prédio onde funciona a Câmara Municipal de Ubatuba, uma multidão pedia a ajuda dos vereadores para que representantes das comunidades do Indaiá, Itamambuca, Parque Guarani, Botafogo, Pedreira, Vale do Sol, Pé da Serra, Seismarias e outras áreas com problemas fundiários tivessem participação na elaboração do Plano Diretor de Ubatuba.
Luiz Felipe Azevedo, secretário municipal de Turismo, declarou em entrevista dada a Elísio Russo (rádio Gaivota), dia 22, no evento que marcou o lançamento do Plano Diretor de Ubatuba que ele (o Plano) privilegiaria o turismo. Vislumbrando um jogo com cartas marcadas, a comunidade exige que também os seus anseios sejam expressos no Plano.
Na busca de uma solução satisfatória, os moradores das áreas congeladas pelo prefeito Eduardo César (?), querem a garantia de que o Plano Diretor de Ubatuba trace as diretrizes de uma política fundiária não excludente. Para isso pleiteiam participar de sua confecção.

Foto: Marcelo Mungioli

Alckmin ou Alckmín?

Rima rica

Dora Kramer em "O Estado de São Paulo"
A pronúncia "Álckmin" não combina com as toadas com que a militância tucana tem recebido o candidato em outros Estados, principalmente do Nordeste. Observadores atentos apontam a impossibilidade de combinar o acento paulistano com os versos "Ô Alckmin, cadê você, eu vim aqui só pra te ver" e "Um, dois, três, quatro, cinco, mil, é Alckmin pra presidente do Brasil". A rima só sai se o Geraldo em questão for chamado de "Alckmín". Daí, há conselheiros do tucanato sugerindo a rápida adoção do acento na última sílaba.

Pensamento do dia

“Um pequeno núcleo dirigente do PT conseguiu em poucos anos o que a direita não obteve em décadas, nem nos anos sombrios da ditadura: desmoralizar a esquerda”. Pior do que as maracutaias é ver o medo, frente injunções dos banqueiros, vencer a esperança.

Frei Betto

Censo em Caraguatatuba

Censo deve quantificar portadores de deficiência em Caraguatatuba

A Apae Caraguatatuba lança neste dia 1º de junho projeto que pretende identificar na cidade a quantidade e condições de atendimento de pessoas portadoras de deficiência.
O levantamento de dados deve contar com o apoio da Prefeitura Municipal através da Secretaria Municipal de Saúde e de Educação; da OAB – Ordem dos Advogados do Brasil em Caraguatatuba e da Igreja católica que falou sobre a questão dos portadores de deficiência durante a Campanha da Fraternidade deste ano com o tema “Levanta-te e vem para o meio”.
A Diocese de Caraguatatuba aceitou o desafio e deve, através das pastorais sociais (pastoral da criança, Catequese, Vicentinos, Cáritas e demais serviços que atuam através de visitas domiciliares), buscar o maior número de informações possíveis que possibilite que o levantamento chegue o mais próximo da realidade. Com isso, segundo a presidente da Apae, Madalena Fachini, será possível buscar junto aos órgãos públicos, especialmente de saúde e assistência social, melhor atendimento e cobertura aos portadores e suas famílias: “Infelizmente não temos dados concretos sobre a situação dos deficientes, suas condições de acompanhamento de saúde e nem mesmo quantos são. Acredito que esse levantamento nos traga dados importantes e nos ajude a lidar melhor com essa realidade. Ainda há muito preconceito nas famílias que acabam por não permitir que aquela pessoa, portadora de algum tipo de necessidade especial, possa ter uma melhor qualidade de vida.”
O evento acontece na Câmara Municipal de Caraguatatuba às 20 horas e contará com a presença de lideranças e autoridades locais. A Apae lançou deve lançar o desafio para as demais cidades do Litoral Norte realizem esse trabalho, a exemplo da cidade de Limeira, que já começou com o Censo incentivada pelo tema da Campanha da Fraternidade.

Fonte: Diocese de Caraguatatuba

A velha dialética...

Greve terá restrições

Os presidentes dos poderes discutiram ontem as várias demandas salariais do funcionalismo e um tema sensível: a restrição ao direito de greve no setor. Para a surpresa dos presentes (Lula, os presidentes da Câmara e do Senado e a presidente do Supremo Tribunal Federal), coube ao comunista Aldo Rebelo defender a limitação desse direito: “Greve no serviço público é greve contra o povo pobre”. Só a ministra Ellen Gracie, do STF, foi contra. (Cláudio Humberto)

Nota do Editor - Já não se fazem comunistas como os de antigamente...

Reflexão

Sobre leis bastardas

Gilberto Geraldo Garbi
Antes que o leitor fique chocado com a contundência do título deste artigo, permita-me socorrer-me em Rui Barbosa, que, já em 1922, dizia: "Mas, no Brasil, a lei se deslegitima, anula e torna inexistente, não só pela bastardia da origem, senão ainda pelos horrores da aplicação." Portanto, escudado em Rui, sinto-me em condições de falar sobre a existência de leis bastardas no Brasil, o que, aliás, é um truísmo, porque certos legisladores jamais perderiam a oportunidade de imprimir a marca de seu DNA nas leis que produzem.
Comecemos pela que considero uma das mais bastardas dentre as que compõem nosso farto estoque de leis bastardas, a chamada Lei de Execuções Penais.
Leia mais

Um fato em foco:

"Rebelião da merenda"

Os alunos da E.E. Profa. Aurelina Ferreira, cansados de tomar “todinho” e comer bolachinhas na merenda escolar armaram um panelaço na porta da prefeitura. O motivo, segundo uma mãe de aluno, foi falta de merenda quente. Há mais ou menos um mês os fogões estavam desativados, em condições precárias, colocando em risco a vida das merendeiras e, portanto, desligados. O Prefeito, ao saber do caso, enviou dois fogões e quatro botijões de gás e o problema foi resolvido, para gáudio de todos e felicidade geral da nação.

Sidney Borges

Manchetes do dia

Quarta-feira, 31 / 05 / 2006

O Estado de S.Paulo: “Bolsa cai 4,54%; BC segura alta do dólar”
O Globo: “Lula corre para dar aumento a servidor antes das eleições”
Folha de S.Paulo: “BC intervém para segurar o dólar; Bovespa cai 4,5%”
Correio Braziliense: “Aumento para mais 240 mil servidores”
Valor: “Credores da Varig tentam impedir leilão da empresa”

Notícias da Prefeitura

Ubatubenses poderão adotar árvores no Dia do Meio Ambiente

Prefeitura atende 700 pessoas com o Projeto Ação Ubatuba

Prefeitura capacita fiscais para atuação em campo

Prefeitura de Ubatuba inaugura unidade base da Casa do Brinquedo

Centros de Educação Infantil de Ubatuba começam a funcionar dia 1º de junho

Ubatuba terá palestra sobre Acessibilidade

Justiça dá sentença favorável à Prefeitura com relação à Praça Bip

terça-feira, maio 30, 2006

Quase lá...

Presidente do Diretório Estadual do PSB confirma vaga de pré-candidato a deputado estadual a Charles Medeiros de Ubatuba

O Presidente do Diretório Estadual do PSB, Marcio França (na foto) informou ao vereador Charles Medeiros de Ubatuba, que o mesmo terá o compromisso de fortalecer o PSB no Litoral Norte, sendo pré-candidato a deputado estadual da legenda na Região. Medeiros afirma que se sente honrado com a escolha, colocando se a disposição do Partido em nossa Região, “isto se deve ao trabalho que nosso Presidente, engenheiro Fabrício Gomes, vem executando para fortalecer o PSB de Ubatuba, nosso partido tem coerência entre o discurso e a prática, isto é fundamental na política”, afirma Charles Medeiros.

Fonte: Assessoria Charles Medeiros

Atleta de Ubatuba na Espanha

Ubatuba no Ironman Lanzarote

No último dia 20 de maio, nas Ilhas Canárias, Espanha, foi realizado o "Ironman de Lanzarote" nas distâncias 3.8 km de natação, 180km de ciclismo e 42 km de corrida.
45 nações participaram da disputa. O Brasil foi representado por três atletas: Luiz Cláudio Huka de Ubatuba, Ramiro Godinho e Carlos Paiva.
O percurso da prova é considerado o mais difícil do mundo devido ao forte calor, aos ventos que chegaram a 40km/hora e uma trajetória no ciclismo onde a somatória das inclinações chega a 2250 metros.
Participaram 1006 atletas de 18 a 78 anos de idade com o tempo limite de 17 horas para terminarem a prova.
Huka terminou a prova em 11 horas e 56 minutos, ficando em 293º na classificação geral e 76º em sua categoria.

Fonte: Cristiane Zarpelão

Condenação confirmada

Conforme publicação do DOTJSP, de 25052006, adiante reproduzida, fica confirmada, por unânimidade, a condenação do Sr. Euclides Luiz Vigneron, conhecido como ZIZINHO, à pena de prisão por 3 meses.

830011.3/9-0000-000 · Ubatuba - rei. des. RUY ALBERTO LEME CAVALHEIRO - APTE/APDO(s): EUCLIDES LUIZ VIGNERON e ROBERTO DE MAMEDE COSTA LEITE - CONHECENDO DO APELO. NEGARAM PROVIMENTO A ELE. V.U. PARTICIPARAM DO JULGAMENTO OS EXMOS SRS DES. MARCO ANTÔNIO (2° JUIZ). PEDRO GAGLIARDI (3° JUIZ) - advls): ALCIDES CARDOSO FILHO (QDO) e CLÁUDIO BERENGUEL RIBEIRO (QTE) e JONAS ALVES DOS SANTOS (QDO) e ROBERTO DE MAMEDE COSTA LEITE (EM CAUSA PROPWA) (QTE).

Roberto de Mamede Costa Leite

r-mamede@uol.com.br

Os tempos mudam...

Reforma na Constituição

Comentário da cientista política Lucia Hippolito na CBN
"Temas como o fim do direito adquirido, a limitação dos salários do funcionalismo público, a desvinculação entre salário-mínimo e aposentadorias, entre outros, que constituíam o cardápio do inferno para qualquer petista, agora freqüentam as preocupações de um dos principais porta-vozes do PT e do governo Lula".
Leia na íntegra

Notícias da Santa Casa

A Santa Casa agradece:

A APEVE – Associação Amigos do Jardim Pedra Verde por transformar a secadora de roupa de elétrica a gás;
Ao Sr. Sérgio Caribé pela continuidade na reforma dos apartamentos, que está em fase de término do segundo apartamento e mobiliário adequado (cama hospitalar, cadeira, suporte para soro, televisão, ar-condicionado, lustres, frigobar, etc);
Aos alunos do Colégio Taba pela doação de 67 litros de óleo de soja;
Aos alunos do Colégio Dominique pela doação de 117 litros de leite longa vida e 30kg de arroz;
Ao Madeireiro pela doação de 01 folha de fórmica branca lisa e 01 lata de tinta Nova Cor;
Ao Comercial Itaguá pela doação de 01 lata de tinta Nova Cor;

Ao Litoral Tintas pela doação de 01 lata de tinta Nova Cor;
A SOS FARMA pela doação de 27 pacotes de fralda infantil EG e 25 pacotes de fralda P;
Ao Sr. Carlos Lourenço da Neves (Português), técnico de refrigeração, por consertar a câmara fria;
Ao trabalho dos voluntários que diariamente colaboram com o Hospital.
Nosso Muito Obrigado!
Fonte: Cristiane Zarpelão
 
Free counter and web stats