sábado, março 11, 2006

Necrológio



Bye, bye, John

Morreu aos noventa e um anos, John Profumo, ex-ministro da Defesa da Inglaterra. Pouca gente no Brasil sabe quem foi esse cidadão inglês de modos suaves e origem italiana. Nem deveria saber, Profumo há muito tempo não freqüentava as páginas dos jornais. No começo da década de sessenta as coisas eram diferentes, os Beatles não passavam de anônimos estudantes em Liverpool e Mick Jagger preparava-se para o mundo dos negócios na The London School of Economics. O primeiro ministro da Inglaterra era o conservador Harold McMillan e Profumo brilhava na pasta da defesa. A alta sociedade inglesa era atendida por um médico charmoso, que gostava de receber em animadas festas. Stephen Ward era o seu nome. De repente aconteceu o que os gauleses sempre temeram. O céu desabou sobre as cabeças de Ward e Profumo. O pivô da crise foi uma jovem de dezenove anos, que gostava de nadar nua em festas que Ward dava para políticos. Christine Keeler era uma garota de programas, bonita e sensual. Em uma das tais festas conquistou o coração do ministro Profumo, com quem passou a ter um caso. Volúvel, a jovem também freqüentava o leito do adido naval soviético. Em plena guerra fria, quando o triângulo foi descoberto a imaginação dos ingleses funcionou. Os favores que Christine concedia a Profumo poderiam obter segredos que seriam passados aos soviéticos. Sempre no condicional, nada jamais foi provado, mas Profumo renunciou e Ward acabou preso. Christine teve seus quinze minutos de fama, principalmente em razão da foto que circulou o mundo. Não mostrava quase nada, cabia à imaginação descobrir o que a cadeira escondia. Jogo praticado por nove entre dez adolescentes da época. Este escriba entre eles.

Sidney Borges

Notícias do Legislativo

Charles Medeiros apresenta projetos educacional e social

Foram aprovados, na última sessão de Câmara, os projetos de leis nº 130/05 e 144/05, ambos de autoria do vereador Charles Medeiros. Os projetos serão agora submetidos à sanção ou ao veto do prefeito.
Os projetos de lei de autoria de Charles Medeiros tratam, o primeiro, da inclusão da Educação Ambiental como disciplina na grade curricular das escolas municipais, e, o segundo, assegura aos deficientes visuais ingressarem e permanecerem com seus cães-guia nas repartições e em todos os locais públicos, nos meios de transporte, nos estabelecimentos comerciais, industriais e de prestação de serviços em geral.
Segundo o Vereador Charles Medeiros, a inclusão da Educação Ambiental como disciplina nas escolas do município possibilitará uma maior sensibilização da criança e do adolescente para com a natureza, bem como desenvolverá perspectivas de melhor interação sociedade-natureza e de desenvolvimento sustentável do município. A Educação Ambiental, continua o Vereador, tratará da conservação da natureza, que compreende a preservação, a manutenção, a utilização sustentável, a restauração e a melhoria do ambiente natural, para que este possa produzir o maior benefício, em bases sustentáveis, às atuais gerações, mantendo seu potencial de satisfazer as necessidades e aspirações das gerações futuras.
Quanto ao Projeto de Lei nº 144/05, Charles Medeiros declarou: “É uma conquista para os deficientes visuais. Os cães-guia são como anjos da guarda que permitem ao deficiente visual o exercício do direito à livre locomoção”. Disse ainda que conta com a sanção do Prefeito ao projeto de lei aprovado pela Câmara para que se possa proteger – não só os deficientes visuais residentes no município, mas também o turista – do arbítrio e da insensibilidade alheia. “Não podemos tratar o deficiente como cidadão de segunda classe” – concluiu o Vereador.


Charles Medeiros concede moção de congratulações à escola Dionísia

O vereador Charles Medeiros (PSB) concedeu uma Moção de Congratulações aos dirigentes, professores, pais e alunos da Escola Estadual Prof.ª Dionísia Bueno Velloso, pelo excelente desempenho nas provas do Enem no ano de 2005, realizadas pelo Ministério da Educação.
Os alunos obtiveram nota média acima de 44,99 nas provas de redação e questões objetivas, “considerando que a nota média nacional foi de 41,87, não poderia deixar de parabenizar, com muito orgulho, os alunos da escola Dionísia, que superaram inclusive a nota média dos municípios, que foi de 40,14”, disse o vereador.

Fonte: Laura Ennes - ASCOM

Região Sul


Dra. Dilei de Brito, Vereador Romerson de Oliveira e Mirza Zanon

Vereador Romerson de Oliveira preocupado com a Saúde da região Sul

No mês de fevereiro, o Vereador Romerson de Oliveira (Mico) – PFL, esteve reunido com a Chefe de Serviço de Medicina, Drª Dilei de Brito Nascimento e com a Srª Mirza Zanon da Silva, Chefe de Serviço da Secretaria de Saúde, tendo como pauta de discussão o atendimento de saúde aos moradores da Enseada, Perequê-Mirim,Saco da Ribeira, Lázaro , Rio Escuro e Corcovado.
Em visita a estas comunidades, o Vereador têm observado que o atendimento aos munícipes não tem sido amplamente suficiente, e desta forma, causado insatisfação e em alguns casos, dificultando o acesso dos moradores a estes serviços.
Mico expôs à Drª Dilei que os moradores da Praia da Enseada tem reclamado quanto a distância para serem atendidos, pois utilizam o Posto de Saúde do Saco da Ribeira, ou seja, aproximadamente 5 quilômetros, que além de estarem necessitando de cuidados médicos ainda dependem de transporte urbano, o que nem sempre contam com condições financeiras para se locomoverem.
Partindo destas necessidades, Romerson discutiu a possibilidade da construção de uma Unidade de Saúde em área pública localizada entre os Bairros do Perequê-Mirim e Enseada, assunto esse, que segundo Dilei de Brito, a situação e possibilidade serão estudadas e discutidas com maiores detalhamentos técnicos e financeiros.
Quanto ao Perequê-Mirim, o Posto de Saúde será ampliado e reformado, onde foi passado ao Vereador que as obras ainda não tiveram início, pois o Projeto retornou do Ministério da Saúde para alguns ajustes que já estão sendo realizados e disse que a obra será entregue até o dia 23 de fevereiro do próximo ano, tendo ainda a possibilidade de realização de Atendimento Odontológico, que inclusive é uma antiga reivindicação do Vereador.
“Fico feliz em ver a saúde do Bairro do Perequê-Mirim sendo tratada com respeito e ganhando atenção a qual merece. Lembro-me de quando eu estive por quatro anos na presidência da Sociedade Amigos de Bairro do Perequê-Mirim, ocasião que em sistema de mutirão ajudei a construir o atual Posto de Saúde e inúmeras outras vezes organizei mutirões de limpeza e de manutenção para que o bairro tivesse um atendimento mais humano à sociedade”, lembra Mico.
No mês de março, a Secretaria de Saúde estará realizando 12 Prés-Conferências com as comunidades de Ubatuba, com a intenção de estar promovendo um levantamento dos problemas da área da saúde, bem como as causas e suas conseqüências e as possíveis soluções e sugestões para amenizar tais problemas.
No dia 21 de março às 19 horas acontecerá a Pré-Conferência no Bairro do Perequê-Mirim, na Escola Municipal Maria da Cruz Barreto, onde o Vereador propôs a Drª Dilei que antes da Pré-Conferência houvesse uma reunião entre os Diretores dos bairros desta região, que para Dilei é de fundamental importância a união destas Associações e estará enviando um representante da Secretaria de Saúde para auxiliá-los em suas discussões.
O Vereador procurou a Srª Iramaia Antunes de Oliveira, Presidente da Sociedade em Defesa do Perequê-Mirim, sugerindo a reunião prévia com os Presidentes das Associações dos bairros das Toninhas, Enseada, Perequê-Mirim, Saco da Ribeira e Lázaro, onde poderão levantar os reais problemas, ouvir propostas dos líderes comunitários e buscar caminhos que possam viabilizá-los.
Acatando a idéia do Vereador, Iramaia Antunes marcou uma reunião com os Presidentes das Associações desta região que acontecerá no próximo dia 15 de março (4ª feira) às 18:30 horas na Sede da Associação de Bairro do Perequê-Mirim, onde os Presidentes serão convidados através da SDPM.
“Acho que esta reunião deve acontecer no Perequê-Mirim, pois é um bairro central nesta região e o único que tem uma Associação com sede própria”, explica Mico.
Outro assunto discutido pelo Vereador foi sobre o atendimento médico aos moradores do Rio Escuro, que para ele é uma questão emergencial.“Hoje, uma das minhas maiores preocupações é atender ao Bairro do Rio Escuro com uma Unidade de Saúde, pois é uma comunidade grande e carente destes serviços públicos, e que precisa do apoio e empenho dos poderes para sanar esta deficiência”, reforça Mico.
Segundo Drª Dilei, os Projetos do Posto de Saúde do Rio Escuro, Praia Dura, Sertão da Quina e Itaguá já estão prontos e estas Unidades serão construídas, pois são prioridades da Secretaria de Saúde do Município, onde nossa meta é entregar as obras até o dia 23 de fevereiro de 2007.
“Fico feliz com as conquistas da Secretaria de Saúde para nossa cidade, que neste ano, além da reforma e ampliação do Posto de Saúde do Perequê-Mirim, já tem verba destinada para os Bairros do Corcovado, Taquaral e Marafunda, e aproveito o momento para parabenizar o esforço da Secretaria de Saúde na pessoa do Drº Marcos da Silveira Franco e toda sua equipe e dizer que sempre estarei pronto a somar no que for preciso para buscar apoio e investimentos à Saúde de Ubatuba”, finaliza Mico.

Fonte: Laura Ennes - ASCOM

O tédio mata nosso ensino

Paulo Ghiraldelli Jr.
Um professor do ensino fundamental ganha, por mês, entre R$ 300 e R$ 800 nas escolas paulistas e paulistanas. Qualquer um que tenha um carrinho de cachorro-quente na frente da escola, não aprovado pela vigilância sanitária, ganha mais que isso.
A vida na escola é insuportável, no Brasil. O aluno adolescente ameaça fisicamente o professor. Se vier a se defender, o professor tem contra ele o juiz, o pai, o delegado, a mãe, o Conselho Tutelar do Menor e, enfim e mais decisivamente, a gangue à que o garoto pertence.
Os prédios escolares, então, são ambientes de "filme catástrofe". Computadores e vídeos, estragados, se existem, ficam empilhados em bibliotecas fechadas. O aluno de nariz sujo e o professor de "chinelo de dedo" se misturam no martírio de um improvável aprendizado de conteúdo que ninguém justifica. O quadro se completa com a venda de roupas e bijuterias - um modo de sobreviver ali.
Leia mais

Ponte do Ipiranguinha

A obra está parada ou em andamento?

Na resposta ao Pedido de Informação do vereador Edílson Felix, o prefeito diz que a reforma de uma ponte no bairro do Ipiranguinha está em andamento, mas a população do bairro reclama e diz que a obra está parada

O vereador Edílson Felix enviou, em novembro passado ao Chefe do Executivo, Pedido de Informação, de número 97/05, solicitando informações sobre o convênio assinado entre a Prefeitura e a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, visando a liberação de recursos para a reforma de uma ponte no bairro do Ipiranguinha, entre as ruas da Cascata e Frei Tarcísio.
Em matéria, da lavra da Assessoria de Imprensa, a Prefeitura dizia que
“De acordo com a Secretaria de Obras, o início da obra deve acontecer nos próximos dias e serão feitos reparos na super estrutura e no tabuleiro da ponte sobre o rio Ipiranguinha, entre as ruas Cascata e Frei Tarcísio. A ponte sofreu sérios danos durante as enchentes ocorridas no início do ano. Este serviço irá complementar as obras já realizadas pela Prefeitura na cabeceira e nos vigamentos da ponte”.
A matéria também informava que 80% do valor da obra seriam arcados pela Defesa Civil estadual.


Perguntas e Respostas

No pedido de informação do vereador Edílson havia as seguintes perguntas, que foram respondidas pelo Executivo, através do ofício 873/2005/GP-AEG:

P: Qual o valor da verba que está sendo liberada para o município através do referido convênio?
R: “ O convênio prevê o término da referida ponte (Super Estrutura e Tabuleiro), sendo que a infra estrutura e fundação já haviam sido iniciadas quando da visita do Corpo Técnico da Defesa Civil Estadual, portanto não foi contemplado no convênio a parte que já havia sido licitado em 30/04/2005”.

P: Em que conta da prefeitura a referida verba está depositada?
R: A Defesa Civil aguarda o início do processo licitatório para depositar o recurso, de acordo com o cronograma físico financeiro, conta – Nossa Caixa – Ag. 0229-1 – Conta 13000201-1 PMU-DEFESA CIVIL CONSTRUÇÃO DE PONTES.

P: Qual o valor da contrapartida da Prefeitura para a conclusão da obra?
R: Conforme item 1.

P: Qual o valor já gasto pela Prefeitura na execução das obras na cabeceira e nos vigamentos da referida ponte?
R: O valor já gasto pela Prefeitura foi de R$ 25.353,60 que refere-se a Fundação e Cabeceira, que trata-se de convênio diverso do contido no item 1./

P: Quando foi realizada a referida obra?
R: A obra iniciou-se em 02/06/2004, sendo paralisada em 12/07/2004, e retornando suas atividades em 14/11/2005.

P: Se a obra a que se refere o convênio é para reforma ou para o término da construção da ponte no referido local?
R: O convênio foi assinado visando liberar verba para o término das obras.

Obras paradas

Ocorre que a população do bairro procurou o vereador Edílson Felix para cobrar providências em relação à referida ponte. As obras encontram-se paradas e o local abandonado, conforme se pode ver pelas fotos, feita pela Assessoria do Vereador. O vereador Edílson Felix é claro: “o que a população do bairro quer saber é se o recurso prometido foi realmente depositado ou tudo foi apenas mais uma matéria de jornal e quando, efetivamente, as obras vão começar naquele local?"
Fonte: Assessoria do vereador Edílson Felix

Notícias da Prefeitura

Biblioteca disponibiliza livros em braille

Você sabia que a Biblioteca Municipal possui cerca de 80 títulos de livros em Braille? Entre os livros com linguagem especial para deficientes visuais, encontra-se até mesmo a Constituição da República do Brasil. Tem ainda obras de Jorge Amado, José de Alencar, Manoel Bandeira, Raquel de Queiroz, Fernando Sabino, e até mesmo o sucesso da escritora inglesa J. K. Rowling, “Harry Potter e o cálice de fogo”. Além desses títulos, a Biblioteca também disponibiliza CDs produzidos especialmente para deficientes visuais, com obras narradas de vários escritores, incluindo Vinícius de Moraes, Machado de Assis Nelson Rodrigues e outros. Os interessados podem passar na Biblioteca Municipal, que fica na Praça 13 de Maio, das 8h30 às 18h pedir informações aos atendentes. PMU


Surfistas de Ubatuba têm chances na final do Rip Curl

Filipe Toledo já garantiu o título na categoria grommets

A equipe da Escolinha Municipal de Surfe de Ubatuba disputa neste final de semana, 11 e 12, a etapa final do 7º Rip Curl Grom Search, na Praia do Tombo, em Guarujá.
As disputas começam no sábado a partir das 8h. No domingo, as finais acontecem a partir das 13h. O Rip Curl Grom Search tem quatro categorias e em duas os campeões já são conhecidos. Na grommets (até 12 anos), o ubatubense Filipe Toledo venceu as duas etapas já disputadas, o mesmo acontecendo com o paranaense Peterson Crisanto na iniciantes (até 14 anos).
Matheus Toledo tem possibilidades de conquista na categoria mirim, na qual ocupa a terceira posição do ranking, com 1.385 pontos (235 abaixo do líder). Tamaê Bettero com 1.260, e Gustavo Araújo, com 1.106, ocupam a quinta e sexta posição respectivamente. No feminino, Camila Cássia ocupa a terceira posição no ranking com 1466 pontos (434 atrás da líder), e ainda sonha com o título.
A delegação de Ubatuba será chefiada por Ricardo Toledo, que já foi por duas vezes campeão brasileiro de surfe, e contará com os atletas Matheus Toledo, Marco Aurélio, Tamaê Bettero, Gustavo Araújo, José Lucas, Lucas Santos, Giovani Ferreira, Filipe Toledo, Alexsandro Santos, Felipe Chagas, Davi Toledo e Wesley Dantas.
Inauguração – A Secretaria de Esportes e Lazer da Prefeitura de Ubatuba inaugura no próximo dia 18 a sede da Escolinha de Surfe da Praia Grande. O evento acontece a partir das 9h no canto norte da praia. Na ocasião a Tricats, patrocinadora da escolinha, fará a entrega das lycras aos alunos. A festa vai contar com grandes nomes do surfe e uma tenda de customização de peças, com renda revertida para a Santa Casa de Ubatuba. Para encerrar um show com a banda de surf music Los Tornados. PMU

sexta-feira, março 10, 2006

Sucessão

O que contam assessores de Alckmin

Ainda há pouco, dois assessores diretos do governador Geraldo Alckmin confirmaram ter ouvido dele que a fatura dentro do PSDB foi liquidada. E que o candidato a presidente da República será Alckmin. A confidência de Alckmin aos dois assessores foi feita depois da reunião dele no Palácio dos Bandeirantes com a Santíssima Trindade - Fernando Henrique Cardoso, Tasso Jereissati e Aécio Neves. E antes da trinca se reunir em seguida com o prefeito José Serra. Neste momento, a trinca e Serra estão reunidos no gabinete do prefeito.
Fonte: Noblat
Quando terça-feira chegar

O anúncio oficial do nome do candidato do PSDB à sucessão de Lula será feito na próxima terça-feira, dia 14. É o que acaba de revelar o senador Tasso Jereissati (CE), presidente do partido.

Celebração silenciosa

A ordem dada por Lula a seus assessores mais próximos é para não demonstrarem alegria com a eventual escolha do governador Geraldo Alckmin para candidato do PSDB a presidente da República.

Não será fácil.

Fonte: Noblat

Editorial

E por falar em Fascismo...

O Ubatuba Víbora não publica textos apócrifos. O Ubatuba Víbora não tem preferências políticas e também não é um trampolim para cargos na administração. O Ubatuba Víbora não concorda necessariamente com o que é publicado em suas páginas, mas quando a autoria se diz responsável, acredita que deve publicar. E publica. No Ubatuba Víbora não existe a necessidade da intervenção da Justiça para a obtenção de direito de resposta. Se porventura alguém se sentir ofendido, prejudicado, maculado, a defesa está automaticamente garantida. Sempre que alguém comete excessos, paga um preço por isso. Quem fala demais, sem medir o que está dizendo, cai em descrédito. Estou me referindo diretamente ao texto escrito por um cidadão sobejamente conhecido na cidade pelo pouco cuidado que tem com as palavras. Este cidadão enviou um texto para o Ubatuba Víbora. O texto foi publicado, impossível não notar nele um toque oriental. Tratava de um episódio ocorrido na Câmara, quando um vereador passou do aceitável ao defender o seu ponto de vista. Não me cabe julgar a atitude do vereador ou a do cidadão, ou a dos cidadãos que provocaram a ira do vereador. A minha função é divulgar, apenas isso. O que me causa espécie e estranheza é que em reunião na Câmara foi levantada a hipótese de processar o Ubatuba Víbora. Será que não seria melhor escrever um texto refutando o ataque? Stálin tentou calar a imprensa, Hitler também. Fidel Castro, Pinochet, Papa Doc e Stroessner lutaram para manter a verdade de uma nota só. Foram desmascarados. Um recado ao autor da infeliz sugestão. Estude. Só assim você ficará curado.

Sidney Borges

Fábula X

E a semana começou fervendo na cidadezinha. A notícia que circulava pelas esquinas e bastidores políticos enfocava um pedido de cassação do chefe do Executivo. O motivo? Parece que o chefe do Executivo junto com alguns assessores, pessoas de sua confiança, resolveram grilar uma grande área pública. Foi mais uma gota d´água no oceano da cidadezinha que levou cidadãos de bem a protocolarem na Casa de Leis o tal pedido de cassação.
A partir daí o cenário começou a pegar fogo. Um fala daqui, outro fala dali e o caso vem à tona como um trator passando por cima da cidadezinha. O chefe do Executivo, muito preocupado com sua imagem perante a população, talvez tenha tentado barrar o tal pedido no Legislativo, buscando apoio no corpo jurídico. Se isto realmente aconteceu, os esforços foram em vão e a população estava presente na sessão que, mesmo não aprovando o referido pedido, declarou em voz alta o ato ilícito daquele que deveria ter um comportamento exemplar perante seus eleitores, pelo menos.
A cidadezinha se reuniu naquela terça-feira para aguardar o resultado. O pedido foi rejeitado com oito votos contra dois. Só este fato já causa certa estranheza e uma dúvida na comunidade, que todas as terças-feiras, ouve atentamente os discursos dos vereadores da cidadezinha, onde aparecem como grifadas, as palavras, transparência, seriedade, ética, compromisso, etc..., enfim, aquelas que alguns políticos usam para tentar convencer, às vezes a eles próprios e aos outros, que estão no lugar certo, lutando pelo povo. Balela!!!
Depois da tal votação, que nem mesmo aceitou apurar as denúncias, (um absurdo), a população se manifestou. Isto deveria se chamar democracia para políticos sérios, mas ao que corre pela boca do povo é que nem esta atitude foi permitida àqueles que legitimamente vai ás urnas escolher seus representantes políticos. Toda a confusão partiu do secretário, o que é ainda pior. Ah Presidente se nem mesmo nessa hora tão importante para a cidadezinha não se manifestou!
Quando todo mundo dá um voto de confiança para o chefe maior e na hora “H” quem toma as rédeas da situação é o seu secretário, a coisa está indo muito mal, vocês não acham? Pobre cidadezinha que não está em boas mãos...


Rogério Frediani

Nada fez, nem resposta deu

Ofício nº. 14/02
Ubatuba, 23 de fevereiro de 2006.

Ilmo. Senhor Prefeito,

A falta de moradia para tantos cidadãos ubatubenses não é um problema de nossos dias, mas possui suas raízes num longo passado histórico. Raquel Rolnik defende a tese de que o problema urbano vivido por este centro é fruto não da ausência de políticas públicas, mas de uma política que esteve voltada para os interesses da elite dominante. Tal política desenvolvia áreas que eram de seu interesse e excluía dos bens mínimos as classes menos favorecidas. Dessa forma, coexistem em nossos dias bairros luxuosos e miseráveis, cuja semelhança se dá nos nomes e no dado fundamental: em ambos moram seres humanos. Entretanto, na sociedade onde o “ter” vale mais que o “ser”, na deterioração dos valores fundamentais, dentre esses a vida, em muitos bairros é possível perguntar: esses habitantes não são seres humanos?

Um olhar sobre a história

Com a explosão populacional ocorrida ao longo das décadas de 70, 80 e 90, a situação se agravou. Atualmente, pode-se dizer que milhares de pessoas vivem em condições absolutamente precárias, como em favelas. Próximo ao centro da cidade existe alguns cortiços, assim como também em alguns bairros, como o da Bela Vista, Sesmarias, Estufa I, Perêque - Mirim, Horto, Pedreira, Ipiranguinha, Perêque - Açú, Maranduba, Araribá e etc. Ainda se conta uma vasta população cujo teto são as estrelas do firmamento e cuja cama ainda são tiras de papelão jogadas na calçadas, em baixo de alguma sacada. Nesta casa, como dizia a inocente poesia, casa que não tinha teto, não tinha parede, não tinha nada, vivem homens e mulheres de todas as idades.
É necessário buscar, discutir e implementar uma plataforma política habitacional que permita uma reforma urbana. Política habitacional discutida, a fim de que se alcance uma cidade melhor, a dita “cidade que queremos, cidade de todos e para todos, e moradia como direito fundamental”.

Urgência de uma nova consciência


O confronto cruel com facetas da sociedade mostram quão profundas são suas chagas. Excluídos dos seus direitos, os pobres foram enviados para lugares cada vez mais distantes das áreas de possibilidade de emprego, educação e trabalho, os cidadãos empobrecidos perdem a vez e a voz.
Não somente lutar por moradia, mas por “uma cidade de todos e para todos”. Eis um ideal capaz de fomentar a transformação social em nossa cidade. Com isso, é necessário mostrar que é preciso desenvolver em nossa cidade, uma ética mínima de sobrevivência. Precisamos combater o caos que vai transformando nossas cidades, com a depauperação do meio ambiente e da qualidade de vida, com nossas águas contaminadas, a violência e a criminalidade aumentando por falta de perspectiva de vida. O não planejamento urbano é fator crucial para essa tragédia ecológica e humana. Afinal, o cosmo é uno. Nele convivem os seres humanos, os animais e as plantas em equilíbrio no eco-sistema. Por isso, a defesa da dignidade humana, manifestada no acesso à moradia digna, não deveria ser uma luta de movimentos, mas uma luta da sociedade. Sociedade que seja capaz de se auto gerenciar e mostrar que “um novo mundo é possível”.
Porém, enquanto isso, fica nos ares o imperativo: “As aves têm ninhos e habitam os céus, mas vejam onde moram os filhos de Deus”.

Atenciosamente,

Jairo dos Santos – PT
Vereador

Correção

Curso de panificação artesanal na ACIU mudou de data

As datas corretas são dia 14 e 15 de março das 8h00 às 12h00 ou das 14h00 às 18h00. Para mais informações (12) 3832 1449.

Cordialmente,

Cristiane G. Zarpelão

“CENTRO DE TRIAGEM DOS BOBOS”

Corsino Aliste Mezquita
Diversos articulistas estão convidando os críticos a olhar Ubatuba com otimismo, só enxergar suas belezas naturais, belas praias, lindas cachoeiras, clima ameno de eterna primavera-verão e a generosidade de nossos homens públicos e sua eficiência administrativa traduzida nas obras realizadas. Mesmo duvidando dos efeitos positivos do ufanismo e sabendo que todo ufanismo é assunto só para otário acreditar, estava iniciando um esforço para um processo de conversão. Nesse dilema, havendo tirado os olhos do artigo que recomendava o pensamento positivo, deparei com o título a seguir:
“CENTRO DE TRIAGEM ESTÁ EM FASE DE CONCLUSÃO E DEVE REDUZIR O NÚMERO DE ANDARILHOS”. (Litoral Virtual 03-03-06)
Opa!. Vibrei!. Primeira notícia positiva! As coisas estão acontecendo. Ótimo ter mudado a óptica.
Continuei lendo para confirmar o que acabava de ler e verificar como tinha sido aplicada a famosa “lei do funil” e encontrei o texto a seguir:
“A Secretaria de Cidadania e Desenvolvimento Social trabalha ativamente para a implantação de um “CENTRO DE TRIAGEM” em Ubatuba”.
“O projeto aguarda apenas a liberação de verba por parte do Governo do Estado para sair do papel”
“Estamos estudando alguns locais para a instalação do Centro. Tão logo a verba de 150 mil reais seja liberada o Centro começa a se transformar em realidade”.
Nossa decepção foi total. O iniciante ufanismo dissipou-se ao verificar que o Centro de Triagem não existia, nem na mente dos arquitetos, não tinha local escolhido, não tinha verba, não tinha paredes, não tinha teto, não tinha nada. Como diria Vinícius de Moraes era o “Centro de Triagem dos Bobos”.
Frente à decepção perguntamos: Quais as razões para publicar essa enganação, carta de intenções ou como queira se chamar essa propaganda inverídica?. A quem se quer enganar com essa estratégia?
Não conseguindo entender recorri “A CASA” de Vinícius de Moraes:


A CASA
Era uma casa
Muito engraçada
Não tinha teto
Não tinha nada
Ninguém podia
Entrar nela não
Porque na casa
Não tinha chão
Ninguém podia
Dormir na rede
Porque na casa
Não tinha parede
Ninguém podia
Fazer pipi
Porque penico
Não tinha ali
Mas era feita
Com muito esmero
Na rua dos Bobos
Número zero.


Vinícius de Moraes 1974.

DOZE QUILOS
Deixem de repetir que Lula emagreceu 12 quilos.
É visível que não. Emagreceu apenas 12 litros.

TERCEIRIZAÇÃO
E porque se chama de terceirização o ato de entregar a alguém uma tarefa?
Ah, sei, porque no meio disso tem alguém secundando.

MORDOMIAS
Uma vez que o privilégio é institucionalizado, a canalhice vira religião.

Millor Fernandes

VEJA-Edição 1946 – Ano 39 - N°9

Passe escolar

Charles Medeiros discute Passe escolar da rede estadual em Ubatuba

O vereador Charles Medeiros esteve neste último dia 09 reunido com a Supervisora de Ensino da Diretoria Regional de Ensino em Caraguatatuba, Mareci Rodriguez Gazzi, na oportunidade foram tratados de assuntos relacionados ao passe escolar dos alunos de Ubatuba, Segundo Mareci, até terça-feira,14 da próxima semana a situação estará normalizada. Medeiros explicou que pelo menos oitenta alunos do EJA do Sertão da Quina, Região Sul de Ubatuba, não está sendo contemplada com o passe escolar, solicitou ainda informações referentes à normalização da situação. A Supervisora se colocou a disposição e irá levar a questão a superiores na tentativa de normalizar a situação. Charles Medeiros já contatou o Executivo Municipal solicitando maiores providências. Mareci comenta que há a possibilidade do passe escolar ser pago com verbas do Fundef - Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério, mas também irá estudar a possibilidade de conseguir normalizar a situação através do PNAT -Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar.
“A educação é primordial para a formação de nossos cidadãos, principalmente aos alunos do Eja, que depois de muito tempo fora do ambiente escolar tanto se esforçam para voltarem as salas de aula”, finaliza Charles Medeiros.

Fonte: Assessoria Charles Medeiros

A DOR DA INDIGNAÇÃO

Quando vejo aquela expressão de dor na tela de Tv, onde o soluço chorado da pesquisadora do Sul transmite a indignação do acontecido e a impotência daquela situação, de ver todo o seu trabalho científico, de vinte anos, destruído por uma manada de humanos insensíveis do MST, que ainda tiveram a ignorância de vangloriar o feito, instigado e elogiado por aquele coordenador imbecil, volto a pensar no regime de “tolerância zero” ou de “pelotão na rua”, adotados nos Estados Unidos e na China.
Quando certos grupos de uma sociedade começam a destruir os avanços de ponta, ao invés de construí-los, sob o pretexto de uma causa (falsa), da forma como é feito por esse bando do MST, ainda que originalmente fosse justa alguma reivindicação, começo a sentir o retrocesso de uma camada da sociedade, que não quer conviver com o Estado de Direito.
Então, qual será a solução? Ora bolas, contingência de um plano alternativo de sufocar o bando e prender “os cabeças”. Nesta altura seria bem-vinda uma “Lei de Segurança Social”, onde o exército é chamado para conter a desordem social interna de cada Estado.
Vejamos a situação do Rio de Janeiro, de mal a pior! Depois de arrombado o portão e assaltado o quartel é que o Governo carioca acordou..., só para demonstrar a força pública que possui. Teimosia e arrogância são marcas do casal governantes. O toque de recolher já vem tardia demais...! Os bandos já se uniram e formaram um grande contingente de favelados armados.
Existe uma guerra civil “silenciosa” em alguns Estados. Existe, também, grande insegurança urbana e rural em todo o País. Está na hora de salvaguardar a nossa Democracia, com planos de contingência para o bem maior do Estado de Direito da Sociedade, contra esses grupos armados e bandos de comunidades isoladas.
Começo a pensar que o Min. Edson Vidigal do STJ tem razão em suas palestras, quando diz que o Estado deve construir presídios em algumas ilhas vulcânicas para alojar criminosos de alta periculosidade, seqüestradores, terroristas, subversivos, e multireincidentes. É isolamento total neles para não contaminar a sociedade do Bem.
São ridículas algumas decisões da Justiça dizer que os instrumentos (facão, faca, enxada, picareta, etc., modificadas em lanças pontiagudas ou martelos cortantes) dos chamados “sem terra” são instrumentos de trabalho; quando são usados para destruir patrimônio alheio têm que ser admitidos como armas artesanais ou armas fabricadas manualmente.
Está na hora de repensar outros valores...!

Orlando V. Sales
Advogado

Notícias da Prefeitura


As guias estão pintadas. Agora faltam apenas alguns complementos

Prefeitura finaliza pintura de guias na Thomaz Galhardo e Conceição

A Prefeitura de Ubatuba finalizou na última quarta-feira, 8, a pintura total das guias do lado esquerdo das ruas Thomaz Galhardo e Conceição. A sinalização amarela, que indica a proibição do estacionamento do lado esquerdo de ambas as ruas, faz parte da implantação das ciclofaixas nestas que são consideradas as vias de maior movimento de veículos, motorizados ou não, em todo o município.
Na avenida Thomaz Galhardo diversos cones estão enfileirados, demarcando a área da ciclofaixa, local que é destinado exclusivamente aos ciclistas, que devem respeitar a sinalização, não trafegando na contramão, nem fora da área demarcada. O próximo passo é a pintura da faixa e a colocação de catadióptricos (“olhos de gato”) que vão delimitar o espaço da ciclofaixa na Thomaz Galhardo. Depois disso os cones passarão para a Rua Conceição, quando a ciclofaixa começará a entrar em prática efetivamente nesta rua, posteriormente recebendo também a faixa e os catadióptricos.
Para o prefeito Eduardo César, que esteve acompanhando os primeiros dias de funcionamento das ciclofaixas, “os motoristas estão de parabéns. Só com a pintura das guias de amarelo, já não se vêem mais carros estacionados do lado esquerdo em ambas as ruas. Agradeço a população por respeitar e compreender a necessidade de se organizar o trânsito em nosso município”. PMU

Orientação do trânsito


Membros da Guarda Municipal orientam ciclistas na Thomaz Galhardo

Guarda Municipal orienta trânsito pós implantação das ciclofaixas

Depois de feita a demarcação da ciclofaixa nas avenida Thomaz Galhardo, a Guarda Municipal de Ubatuba (GMU) está realizando um trabalho de orientação e conscientização tanto para os ciclistas como para motoristas, motociclistas e pedestres. Essa orientação é extremamente necessária para que os transeuntes aprendam a obedecer as regras para tornar o trânsito mais organizado e seguro.
Os homens da Guarda Municipal se posicionam principalmente no início da Thomaz Galhardo, onde o ciclista que vem da rodovia costuma trafegar pela direita. Ali eles ensinam como os munícipes devem proceder, entregam panfletos explicativos e orientam os ciclistas a não trafegarem na contramão, dando preferência aos pedestres e respeitando o limite das ciclofaixas, que por enquanto, está demarcado com cones até que sejam realizadas a pintura da faixa e a colocação de catadióptricos (“olho de gato”).
Para o Guarda Municipal Salomão, o trânsito é algo complicado e coletivo, merecendo por isso especial atenção. “Temos que insistir na educação no trânsito e regulamentar a situação do ciclista, ainda mais em Ubatuba, que teve sua frota bastante aumentada”. O sub-comandante José Geraldo Ferreira da Silva, da GMU, explica que durante os trinta primeiros dias após o início do funcionamento das ciclofaixas a Guarda continuará orientando, disciplinando e insistindo com os ciclistas e motoristas que esta medida vai beneficiar a todos. “Acredito que em breve poderemos autuar os ciclistas que desrespeitarem as novas regras, pois o número de infrações é reduzido quando o infrator tem certeza que se transgredir a lei será punido”, disse o sub-comandante. PMU

Dia Internacional da Mulher


Grupo de artesãs que expuseram suas obras na Praça Anchieta

Talento e arte feminina são expostos no Dia Internacional da Mulher

O Dia Internacional da Mulher, comemorado no dia 8 de março, marcou o início de uma série de atividades culturais voltadas para o gênero no município de Ubatuba. Neste dia, aconteceu uma exposição de artesãs ubatubenses na Praça Anchieta. No paço Municipal, teve início uma exposição só para mulheres pintoras. No final da tarde, as servidoras da prefeitura foram convidadas a participar de um café, com MPB ao fundo. Durante todo o mês, serão diversos eventos, que estão sendo organizados numa parceria entre a Coordenadoria de Projetos da Mulher e a Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba (Fundart).

Artesanato feminino na Praça


Cerca de 30 artesãs obtiveram autorização da Prefeitura para expor suas obras na Praça Anchieta durante todo o dia 8 de março, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. Nesse dia, as pessoas que por ali passaram puderam admirar centenas de peças artesanais, desde colares de sementes, anéis e pingentes de prata, até roupas, tapetes, cerâmicas e peças decorativas produzidas com materiais recicláveis.
A coordenadora do grupo setorial de Artesanato da Fundart, Helena Otonni, diz que essa foi uma forma de homenagear as artesãs ubatubenses. “Além de expor nossos trabalhos, nós estamos confraternizando e festejando essa data tão especial”. Segundo a presidente da Associação dos Artesãos de Ubatuba, Lucila Maria Fava, o ideal pelo qual os artesãos estão lutando é um espaço fixo, para que todos possam expor, durante todo o ano. "Essa idéia de realizar exposições ao ar livre em datas especiais também é interessante, porque movimenta a cidade e dá visibilidade ao nosso trabalho.”
Durante os dias 9, 10 e 11, as artesãs estarão expondo suas peças na Câmara Municipal. Além disso, uma exposição fixa, com peças de mais de cinqüenta expositores fica na sede da Fundart, todos os dias, das 8 às 18h.

Exposição “Mãos Femininas” enfeita o Paço Municipal

O Paço da Prefeitura Municipal recebeu, no Dia Internacional da Mulher, uma exposição só de pintoras ubatubenses. Com o tema “Mãos Femininas”, a exposição trouxe ao prédio uma atmosfera de sensibilidade e beleza. Os quadros ficam no Paço até o próximo domingo, dia 12. Na tarde do dia 8, o cantor de MPB, Gabriel Duarte apresentou músicas de MPB para mais de cem funcionárias públicas presentes no evento. A paisagista Marina Makiyama foi homenageada por sua relevante atuação no município. Ela é responsável pela manutenção de praças e jardins da cidade há mais de 20 anos. PMU

Meio Ambiente

Ubatuba representa o Brasil no Parlamento da Juventude pelas Águas

A Secretária Municipal de Meio Ambiente, Cristiane Gil, foi convidada para representar o Brasil juntamente com dois jovens ubatubenses no Parlamento Latino-americano e do Caribe da Juventude Pela Água”, que acontecerá de 13 a 15 de março, no México. A comitiva brasileira será formada por um rapaz de 16 anos, chamado Ramatis dos Santos e uma moça de 18 anos, chamada Raquel Rodrigues, além da secretária Cristiane Gil, que os acompanhará. Os jovens foram escolhidos por estudarem em escolas públicas e por já terem participado de projetos ambientais no município. A secretária de Meio Ambiente, Cristiane Gil, foi escolhida por sua relevante atuação em projetos de Educação Ambiental.
A proposta do Parlamento é realizar um debate entre jovens de diversas nacionalidades sobre as problemáticas enfrentadas em relação à água em seus países e suas propostas de soluções. Os resultados dos debates serão discutidos durante os dias 16, 17 e 18, no “IV Fórum Mundial da Água no México”, que contará com a presença de Ministros de Meio Ambiente.
Os jovens brasileiros apresentarão um projeto que defende a gestão integrada dos recursos hídricos, sob o tema “O encontro das águas dos rios com o mar”. Cristiane Gil explica que esse tema foi escolhido porque os órgãos ambientais sempre tiveram uma tendência a pensar em água doce e água salgada separadamente. “A nossa análise parte do princípio de que as águas dos rios desembocam sempre no mar, portanto, a poluição dos rios significa a poluição dos mangues e, conseqüentemente, de todo o oceano”.
O estudante Ramatis considera essa ida ao México uma grande oportunidade de absorver informações e conhecer a realidade de outros países. “Se tivermos problemas parecidos, poderemos encontrar soluções conjuntas e implantar projetos para melhorar a vida das pessoas”. Para a jovem Raquel, as pesquisas realizadas para o parlamento abriram novos horizontes. “Eu passei a enxergar o ecossistema de forma diferente. Hoje, eu observo melhor as coisas ao meu redor, vejo com olhos críticos o que pode ser mudado. Pretendo colocar em prática os conhecimentos adquiridos com esse trabalho.”
O Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte (CBH-LN) foi o responsável pela escolha da comitiva brasileira. Todas as despesas de alojamento, passagens de avião, alimentação e transporte da delegação brasileira durante a visita ao México, serão financiadas pelo Secretariado Internacional da Água. PMU

Veteranos

Melhor Idade de Ubatuba intensifica treinamentos rumo aos Jogos Regionais do Idoso

A equipe de Ubatuba que participará do 10º JORI (Jogos Regionais do Idoso) em São José dos Campos continua treinando intensamente. Com atividades no Tubão, Piscina Municipal e Academia Biodance, os atletas aprimoram a técnica para as competições que começam dia 22. Agora são 49 participantes, pois mais uma atleta foi incorporada à delegação que disputará competições de atletismo (corrida), bocha, buraco, coreografia (danças), damas, danças de salão, dominó, malha, natação, truco e voleibol adaptado, para atletas com idade igual ou superior a 60 anos.
A presidente do Fundo Social de Solidariedade, Denise César, acredita no sucesso do grupo. “Ano passado pude acompanhar a equipe em São Vicente e estarei também em São José, torcendo pelos bons resultados dos nossos atletas”, disse Denise. As competições acontecerão entre dia 22 e 26 de março.
Valéria Carvalho, coordenadora das atividades da melhor idade da Secretaria de Esporte e Lazer também aposta na equipe de Ubatuba. “A equipe cresceu, passamos de 36 para 49 atletas. As chances de bons resultados também aumentaram. Acredito que nossos ‘meninos e meninas’, surpreenderão”, disse Valéria.
A equipe de Ubatuba é composta por participantes do Projeto Atividade Física e Cidadania, desenvolvido por meio do Fundo Social de Solidariedade e da Secretaria de Esportes e Lazer de Ubatuba.
Novo horário para o vôlei masculino – O vôlei adaptado masculino agora passa a contar com horário exclusivo. A quadra do tubão poderá ser usada pelos atletas da melhor idade entre 11h30 e 12h30. As mulheres continuam com o horário entre 7h e 8h.
Tênis de Mesa – A melhor idade de Ubatuba ainda pode participar das aulas de xadrez e tênis de mesa que acontecem na Associação Ubatuba de Tênis de Mesa. Terças e quintas das 18h às 19h30 acontecem aulas de xadrez e das 19h30 às 21h entra em cena o tênis de mesa. As matrículas devem ser feitas na Secretaria de Esportes e Lazer. PMU

Obras

Prefeitura constrói sarjetas na principal rua da Marafunda

A Prefeitura de Ubatuba, por intermédio da Secretaria de Obras, em parceria com a Assessoria de Desenvolvimento de Assuntos Comunitários e com a AUM (Associação Unidos da Marafunda), iniciou na última quinta-feira, 9, a construção de sarjetas na Rua Laurentina B. de Almeida. Além de ser uma antiga reivindicação dos moradores do bairro, as sarjetas foram pedidas pelo prefeito Eduardo César, em 2000, quando ainda era vereador. A situação foi se tornando cada vez mais urgente, já que o esgoto corria a céu aberto, causando mau-cheiro e colocando em risco a vida da população local. Desta vez foi o vereador Claudinho Gulli que efetuou a indicação na Câmara Municipal e, com o apoio da atual administração, efetivou-se então a colocação das sarjetas que tanta falta faziam em um local onde passam cerca de mil e quinhentas pessoas diariamente e no qual situam-se duas escolas (Emei Prefeito Silvino Teixeira Leite e EEPG Maria Alice Alves Pereira).
Em aproximadamente quinze dias será realizada também a colocação de tubos para drenagem de águas na referida rua e também nas ruas Sebastião Camargo, João Silveira Franco e José Pinto de Oliveira, tornando a obra completa e eficaz para os moradores da Marafunda, que há tantos anos aguardavam uma atitude das antigas administrações e têm agora atendido um pedido tão importante. PMU

Natação

Natação de Ubatuba busca medalhas na final do “Peixinhos e Golfinhos”

A natação de Ubatuba enviará 32 atletas para a final do 7º Torneio Peixinhos e Golfinhos, que acontece neste domingo, 12, em Jacareí. Os atletas da categoria pré-mirim disputarão a prova de 25 metros Nado Livre; a categoria mirim disputa a mesma distância no nado livre e nado costas, enquanto as categorias petit I e II disputam também o nado peito. Os atletas das categorias infantil e juvenil disputarão provas de 50 metros nos estilos livre, costas, borboleta e peito.
A competição será realizada no Sesi de Jacareí. As provas das categorias mirim e pré-mirim estão marcadas para as 10h e as categorias petit 1 e 2, infantil e juvenil terão inicio às 14h.
O coordenador de natação da secretaria de Esportes e Lazer de Ubatuba, Cristiano Eusébio, acredita em bons resultados. “Acho que poderemos conquistar até 10 medalhas. Os atletas conquistaram boas marcas na classificatória e acredito que poderão ser melhoradas na final”, disse Cristiano.
Os atletas estarão acompanhados pelos professores José Eduardo e Leandro, que terão o apoio do estagiário Felipe. PMU

Pesca esportiva

Definido o calendário da pesca esportiva em Ubatuba para 2006

Principal torneio, o 6º Ubapesc será disputado em novembro

O Clube de Pesca de Ubatuba (C.P.U) divulgou o calendário de provas que acontecerão em 2006. A principal mudança aconteceu em relação ao Ubapesc, torneio para duplas, que acontecia em outubro e foi transferido para o mês de novembro. A competição faz parte do calendário desportivo nacional. O circuito interno individual será disputado em cinco etapas e outras duas provas comemorativas estão definidas. “Talvez alguma equipe marque alguma prova, mas isso não altera o calendário oficial que já foi apresentado à Federação Paulista de Pesca e Lançamento”, disse Juscelino Barbosa, presidente do Clube.
“Temos recebido um grande apoio da Prefeitura, por meio de várias secretarias, a Associação Comercial também está acreditando que a pesca esportiva movimenta a cidade”, concluiu Juscelino.
O diretor de pesca do clube, Jose Carlos de Macedo, acredita que os pescadores de Ubatuba poderiam se integrar mais às atividades do C.P.U. . “Alem das provas em Ubatuba, participamos de torneios estaduais e nacionais. Sei que temos ótimos pescadores em Ubatuba e gostaríamos que eles fizessem parte do nosso quadro de associados”, convida José Carlos. Mais informações sobre o clube e seus torneios podem ser obtidas através do telefone 3833-7074.

Calendário de Eventos CPU

2/4 – 1ª Etapa do Circuito Interno - Cassandoca
29 e 30/4 – Prova de Aniversário - Cruzeiro
14/5 – 2ª Etapa do Circuito Interno – Barra Seca
10 e 11/6 - Torneio da Amizade – Praia Dura
9/7 – 3ª Etapa do Circuito Interno – Praia Dura
3/9 – 4ª Etapa do Circuito Interno – Maranduba
4 e 5/11 – 6º Ubapesc (duplas) – Cruzeiro
9/12 – 5ª Etapa do Circuito Interno – Cruzeiro PMU

quinta-feira, março 09, 2006

Enquanto isso...



Cangaço Nacional absolve mais dois

Thomaz Magalhães
Luizinho, o professor do PT, que não sabia dos 20 mil reais do Valério maleiro sacado pelo seu cupinhcha, acaba de ser absolvido pelo plenário da câmara. Durante a tarde, Roberto Brandt do pefelê, que ganhou 120 mil, mas não usou no caixa dois, usou pra outra coisa, também foi perdoado pelo plenário do cangaço nacional. Mais um duro dia de labuta do jaguncel.
Fonte: Trem Azul

HITLER NÃO MORREU

Lamentável a postura inadequada do Vereador Charles “Loco” Medeiros na última sessão da Câmara Municipal de Ubatuba quando da votação do pedido de cassação do Prefeito Eduardo Cesar, grilo nosso digo grifo nosso, truculento e ao mesmo tempo covarde, provocando, insultando e partindo para provocações desnecessárias a comunidade presente.
O nobre Vereador foi obrigado a sair do PSDB, após derrota desconcertante, quando apoiado pelo prefeito teve apenas 22% dos votos, sendo que a chapa que faz oposição à administração o massacrou com 78% dos votos, em seguida não restando nenhuma alternativa o edil se mandou do partido. Isto, segundo sua assessoria, mexeu e abateu o vereador de forma tão profunda, que o mesmo alterou por demais o seu comportamento.
Logo Medeiros ficou tentando filiar-se a outros partidos, o que não foi uma tarefa tão fácil pois seu comportamento frente aos tucanos manchou sua imagem política, pois política exige ética e lealdade.
Conseguiu então entrar no PSB por cima, ou seja, enfiado goela a baixo, sem aprovação do diretório municipal. O PSB, tem uma liderança natural e de peso que disputou uma eleição majoritária neste município com muita garra e força de vontade, O engº Fabrício Gomes, diga-se de passagem um dos candidatos mais éticos e de bons costumes do pleito passado.
Vereador, o Senhor deveria ter carregado em seu coração o “D” da democracia, letrinha que está presente na sua antiga sigla partidária, será que não apreendeu o que é respeitar o povo? Será que o Senhor não sabe que é empregado do povo e a este deve trabalho e respeito?
Infelizmente o Senhor vive apenas desta política, ou melhor, sua família também, pois virou adepto do nepotismo, e o Senhor sabe muito bem que se estivesse permanecido no PSDB já teria sido expulso pela comissão de ética. E se o diretório do PSB tiver a oportunidade de assistir o vídeo de seu comportamento na sessão irá com certeza convidá-lo a sair.
Aqui vai alguns trechos de seus berros na sessão:
População: Comprado! Comprado!
Charles: Você é valente (apontando em dedo em riste) repete! Repeteeee! Grava, grava grava ele (dirigindo-se ao câmera), conste em ata, quero que conste em ata.
População: È uma vergonha! Hitler esse cara é um Hitler!
Charles: repete! Chame a guarda (dirigindo-se aos funcionários da Câmara)! Filma, filma, apontando para o denunciante, intimidando a manifestação popular (ato de abuso de poder).
Mais vou parando por aqui, pois a população devera assistir à fita e tirar suas próprias conclusões. Ainda quero mostrar minha indignação com o Presidente da Câmara que deveria ter contido a manifestação transtornada do vereador, pois quem tem que tomar atitudes é o Senhor Presidente. Fica provado que o Doutor não manda nada, é um fantoche na mão de Charles, por favor honre o Partido Verde, imprima uma administração séria nesta câmara, esses desmandos não podem continuar, episódios lamentáveis como esse não se apagam da memória da população.
Medeiros, depois destas atitudes, o Senhor demonstrou desequilíbrio, condição mínima para exercer qualquer mandato, desista da vida pública e aviso aos vereadores, este elemento quer ser o Presidente da Casa, quero ver vocês darem o aval. E Se ninguém levou vantagem não precisa ficar nervoso, e se carapuça serviu, ninguém pode ser inibido de se manifestar ao contrário, pois a ditadura já foi a muito tempo, digo isto por que fui reprimido e preso pelo militarismo, apenas por cantar uma musica de Geraldo Vandré: “Vem vamos embora que esperar não é saber quem sabe faz a hora não espera acontecer.”
A Corrupção é uma maneira segura do município perder dinheiro, pode enriquecer alguns por algum tempo, pode tornar a disputa eleitoral desigual, e pode ter certeza é sempre prejuízo, mais cedo ou mais tarde acaba se refletindo na imagem corporativa dos políticos e a ética deverá prevalecer na próxima eleição. Fiquem espertos, jacaré um dia a lagoa há de secar! Abaixo o ditador “sapo barbudo”

Benedito Moreira Santos
DITINHO DO PV
Eleitor a 26 anos em Ubatuba

Cidadã exemplar



Essa é a minha sobrinha Valentina. Hoje ela me disse que agora só anda de bicicleta na ciclofaixa. Sempre respeitando a mão. Apoiei.

Sidney Borges

Colcha de Retalhos

Mas uma vez causa estranheza, e tristeza, a maneira como são propostas modificações na Lei de Uso e Ocupação do Solo de Ubatuba. Os dois projetos de lei apresentados pelo vereador Claudinho Gulli, propondo a criação de dois novos “corredores comerciais”, provocam as seguintes indagações:

Houve alguma análise, por técnicos habilitados, que dê embasamento a estas propostas?

Nesta eventual análise foi feita projeção de seus impactos sobre o entorno, ao longo do tempo?

Estas propostas têm parecer do CMD, órgão legalmente habilitado a fornecer subsídios a tais questões?

É importante lembrar, entre outras coisas, a dificuldade de implantação das ciclofaixas em outros corredores comerciais (ruas Prof. Thomaz Galhardo e Conceição), assim como a dificuldade de estacionamento e circulação de veículos.
Não podemos esquecer que até outubro teremos um novo Plano Diretor para o município, e estas alterações poderão resultar inúteis.
Será que mais uma vez estas mudanças estão sendo propostas sem que haja um mínimo de planejamento, sobrepondo o interesse de alguns aos interesses da coletividade?


Arq. José Marques Mendes

Eng. Carlos Augusto Malheiros

Escola sem manutenção


A entrada da escola é motivo de reclamação de pais e alunos

Sou pai de aluno uma aluna da EEPG Sueli Aparecida Figueira dos Santos eestou indignado com a situação em que se encontra a escola.
A caixa d’água não recebe limpeza há uns 4 anos, sem manutenção (há até ninho de urubu em cima) o mato e o entulho tomam conta de toda a área do estabelecimento, sem contar o portão improvisado, que coloca em risco a segurança dos alunos. A iluminação é precária.
É um verdadeiro abandono, um desrespeito com as nossas crianças.

Célio Feliciano de Moura
(Pai inconformado)

Notícias da Associação Comercial

Você é Empreendedor?
Empretec - O que conta é a Atitude!!

Não perca: Palestra elucidativa gratuita sobre o Empretec é hoje!


Fazer bons negócios é uma lição que não se aprende na escola. O ensino tradicional sempre esteve mais inclinado a formar empregados do que empreendedores.
No balcão, leva vantagem quem faz cursos de capacitação empresarial.
O Empretec é um programa criado pela ONU e viabilizado no Brasil através do SEBRAE, incentivando a criação e o desenvolvimento de empresas. A sua metodologia é Comportamental e visa capacitar futuros empreendedores e empresários a obterem melhores resultados à frente dos negócios e ajudar na criação de novas empresas. O objetivo é que se possa fazer uma auto-avaliação das principais características que todo empreendedor deve ter, tais como, iniciativa na busca de oportunidades, capacidade de correr riscos calculados, persistência, comprometimento, objetividade no estabelecimento de metas, capacidade para planejar e monitorar, capacidade para buscar e valorizar a informação, persuasão e rede de contatos, independência e autoconfiança, exigência de qualidade e eficiência.
Hoje, o empretec está em mais de 21 países e no Brasil, mais de 64.000 pessoas já fizeram o curso.

Uma pesquisa realizada com os "empretecos" confirmou a eficácia do curso:

·1 93% dos participantes classificaram o curso como excelente;
·2 75% das empresas criadas por "empretecos" cresceram em média 63%;
·3 51% das empresas aumentaram o lucro;
·4 31% de aumento do nível de emprego;
·5 36% de aumento do salário.

Venha você também fazer parte do maior seminário de empreendedorismo do mundo.
Palestra Dia: 9 de março (quinta-feira)
Horário: 19h00
Local: Salão de eventos da ACIU (R. Dona Maria Alves 587- Centro)
Fonte: Cristiane Zarpelão – Comunicação ACIU

Notícias da Prefeitura


Lu Alckmin cumprimenta membros da Comunidade Emaus

Lu Alckmin visita Ubatuba e inaugura Padaria Artesanal

No Dia Internacional da Mulher, a primeira-dama do Estado conheceu também as futuras instalações da Casa do Brinquedo de Ubatuba

A presidente do Fundo Social de Solidariedade de São Paulo – Fussesp, Lu Alckmin, esteve nesta quarta-feira, 8 de março, em Ubatuba, inaugurando uma Padaria Artesanal e visitando as instalações da futura sede da Casa do Brinquedo, no centro da cidade, além de uma unidade já existente projeto “A Onda é Brincar” no Posto de Saúde da rua Rio Grande do Sul. Recepcionada pelo prefeito Eduardo César e pela presidente de Fundo Social de Solidariedade de Ubatuba, Denise Montemor César, além de vereadores, secretários municipais e dezenas de participantes do projeto “Atividade Física e Cidadania da Melhor Idade”, Lu Alckmin chegou por volta das 10 horas, no aeroporto Gastão Madeira e permaneceu na cidade até às 13 horas.
“A Casa do Brinquedo de Ubatuba é linda”, disse entusiasmada a primeira-dama do Estado, se referindo à casa, que lembra um castelinho, alugada pela prefeitura na rua Salvador Correa, no centro da cidade, para abrir a sede fixa da Casa do Brinquedo, que desde junho do ano passado já funciona em Ubatuba, de forma itinerante. Depois de conhecer as novas instalações e conversar com a equipe da Casa do Brinquedo de Ubatuba, Lu Alckmin e comitiva visitaram também a unidade da Casa do Brinquedo que funciona dentro do Centro de Saúde da rua Rio Grande do Sul. “Fiquei emocionada ao ver aquelas crianças ali brincando, curtindo cada brinquedo, adorando estar ali. É uma forma maravilhosa de amenizar o sofrimento destas crianças que precisam de tratamento médico”, disse.

Padaria Artesanal

Dezenas de pessoas já esperavam a primeira-dama do Estado na Comunidade Emaús, na Vila Pierra, onde aconteceu a inauguração da Padaria Artesanal, uma iniciativa do Fussesp que integra o programa de capacitação e geração de renda. Durante a solenidade foi lembrado pela primeira-dama do município, Denise Montemor César, o privilégio de Ubatuba receber, no Dia Internacional da Mulher, a representante feminina mais importante do Estado. “É uma honra para a nossa cidade receber Lu Alckmin neste dia. Só temos a agradecer não apenas a sua visita mas toda a ajuda, empenho e carinho para com a nossa comunidade neste período em que estamos à frente da administração municipal”, lembrou Denise.
O prefeito Eduardo César também agradeceu a presença da primeira-dama do Estado em Ubatuba num dia tão significativo para as mulheres de todo o mundo. “Aproveito para parabenizar todas as mulheres de nossa cidade e falar da alegria que sinto em lembrar que o Estado tem 645 municípios e a mulher mais importante do Estado está, neste dia tão especial, em Ubatuba, trazendo cidadania e melhoria de vida para nossa população carente”. O prefeito também lembrou da bela história envolvendo seu Jorge da Cruz Oliveira, presidente da Comunidade Emaús, que de menino de rua de Salvador se tornou um cidadão ubatubense (título outorgado a ele pelo próprio Eduardo César, ainda enquanto vereador). “Ubatuba só tem a agradecer pessoas como o Sr. Jorge que trabalham incansavelmente pela melhoria de vida e pela dignidade de nossa população”, afirmou o prefeito, acrescentando que isto mostra que com trabalho e amor ao próximo as pessoas conseguem mudar toda uma história.
Durante todo o discurso de seu Jorge, um homem simples mas com muita sabedoria, a presidente do Fussesp não conseguia esconder as lágrimas. Ao usar o microfone, Lu Alckmin, muito emocionada, contou sobre o início do projeto das padarias artesanais e o motivo de ter se emocionado tanto com o discurso de seu Jorge. “Quando me tornei voluntária atuando ao lado da esposa do nosso saudoso Mário Covas, percorri a periferia de São Paulo e numa das primeiras reuniões que liderei, para mais de 350 mulheres, percebi que elas não prestavam atenção ao que eu dizia. Até que uma delas me disse: Dona Lu, a gente ta com fome. A gente quer pão. Meu coração partiu e a partir daquele dia decidi que me dedicaria a construir algo que gerasse renda. Logo depois, o Geraldo assumiu o Governo do Estado e na primeira reunião com a minha equipe falei sobre este desejo que acabou se transformando no projeto de Padaria Artesanal”, contou Lu. Segundo ela, há cerca de 8 mil padarias implantadas em todo o Estado, nos 645 municípios, e em 2.500 entidades sociais e associações de favelas da Capital. “Isto sem contar que hoje 17 estados brasileiros já enviaram pessoas para serem capacitadas pelo nosso programa”, comemora.

Kit Padaria

O projeto, que tem como objetivo principal a capacitação profissional, a melhoria na qualidade da alimentação e especialmente a geração de emprego e renda, já capacitou mais de 14 mil agentes multiplicadores no Estado. Depois de capacitadas as duas pessoas indicadas pelos fundos municipais, são entregues os kits de Padaria Artesanal, compostos por um forno de inox, batedeira, liquidificador, balança, assadeiras de alumínio e um botijão de gás, doados pela iniciativa privada, ao custo unitário de R$800,00 a R$1.200, dependendo da fornecedora e da negociação do parceiro. PMU

Foto: Renato Boulos/USC

Obras


Prefeitura atende reivindicação de moradores e recupera rua do Lázaro

Prefeitura inicia recuperação da Rua Andrelino Miguel

As obras representam a realização de uma antiga reivindicação dos moradores

A Prefeitura de Ubatuba, por meio da Secretaria Municipal de Obras, iniciou nesta terça-feira, 7, as obras de recuperação da Rua Andrelino Miguel, situada no Lázaro, região sul do município. A manutenção da referida rua é uma antiga reivindicação dos moradores e veranistas que lá freqüentam, já que o local estava em situação de abandono há muito tempo.
A atual administração decidiu atender aos apelos da população e realizar o sonho dos moradores, que nada mais queriam além de poder residir em uma rua com uma infra-estrutura no mínimo razoável, já que, até então, as águas pluviais corriam a céu aberto, fato do qual se aproveitaram algumas pessoas para jogar esgoto no mesmo local.
A Prefeitura vai recuperar o pavimento da Rua Andrelino Miguel e de mais quatro travessas da mesma, retirando os bloquetes e realizando o recapeamento.
A previsão para conclusão das obras é de quatro meses. Os gastos chegam a R$ 140 mil, referentes a recurso próprio da Prefeitura. O prefeito Eduardo César esteve na tarde da terça-feira, 7, vistoriando as obras no Lázaro. “Estamos inaugurando o calendário de obras de 2006 e agora passo a me dedicar muito mais às vistorias de obras como esta da Andrelino Miguel, a qual os moradores já estão agradecendo antecipadamente por verem seu sonho realizado”, disse o prefeito. PMU

O tempo passa...

quarta-feira, março 08, 2006

Sessão da Câmara

Ontem comecei a acompanhar a sessão da Câmara pela rádio Gaivota, em companhia de minha sobrinha Valentina, de três anos e meio.
Em dado momento ela me disse:
- Tio, muda de estação.
Curioso, perguntei o porquê. Ela replicou:
- Se assustei!
Mudei rapidamente.


Sidney Borges

Lulalá

O PT está questionando a política econômica do governo Lula, que segredou a um conhecido jornalista não aguentar mais o partido. Raul Pont disse que é contra. Tarso Genro também é contra. Até o falecido José Dirceu afirmou em Cuba ser contra. No frigir dos ovos, petistas alfabetizados se opõem à política de Palocci, digo de Malan. Ou seria do FMI? Centenas de documentos serão produzidos para expressar o descontentamento. Melhor dizer, milhares. Lula está se lixando para eles. Lula é um homem feliz. Está livre de Dirceu, de Genoino de Delúbio, de Tarso Genro e de toda a camarilha petista. Lula vai para o segundo turno e então fará aliança com o PMDB. Se vencer vai governar sossegado, isto é vai viajar sossegado enquanto o partido mais fisiológico da história do Brasil cuidará de aumentar os juros. Lula só vai lutar por uma coisa. Uma emenda para outra reeleição. Com o apoio dos companheiros do PT que dirão que finalmente o país estará pronto para o socialismo. Quem viver verá.

Sidney Borges

"Dia Internacional da Mulher"

Os seios eram fartos,
tais como os quadris,
moldados que foram
nos diversos partos.

Pequeno nariz,
mãos calosas,
coxas vigorosas,
olhos brilhantes,
lábios falantes.

Era mulher, como outra qualquer!

Os sonhos? Esquecera
que um dia os tivera.
Tinha por metas
questões concretas:
o feijão a cozinhar
não podia queimar.
O filho a chorar,
tinha que calar.
O marido embriagado,
ser suportado...

Mas lhe sobrava
o que a algumas faltava:
determinação!

O marido dormia
e desconhecia sua intenção.
Desligou a panela,
fechou a janela,
reuniu as crianças
como quem tange gado.
Retirou dos guardados,
os últimos trocados.

Respirou esperança...

Trancou o portão
e encarou a rua.
O andar confiante,
confirma-lhe, adiante,
que apesar de crua
a vida é só sua!

(Henriette Effenberger- 'Biografia' - 1952)

Homenagem do vereador Jairo dos Santos, à todas às mulheres do mundo.

Editorial

Aguardando a Justiça

No período da campanha eleitoral de 1994 escrevi no Ubatuba Víbora recém criado e quase desconhecido, uma matéria sobre o encontro de dois políticos, na época adversários. Desabou uma tempestade sobre a minha cabeça. Além dos telefonemas intimidatórios para a minha casa, tive de enfrentar carrancas ameaçadoras por onde quer que passasse. O que sempre me intrigou foi que a ira recaiu sobre o escriba. Ninguém teve o cuidado de escrever um texto dizendo que o encontro não aconteceu. Teria sido mais racional fazer um desmentido. Não fosse o desconhecimento de comunicação dos candidatos e o episódio poderia ter tido peso no resultado da eleição. Agora noto que esse tempo é passado, qualquer questionamento é prontamente respondido. Na querela fundiária em voga, pessoas que ocupam cargos de relevância foram acusadas de se apoderar de áreas públicas depois de "esquentar" documentos. Os acusadores dizem ter provas irrefutáveis que apresentarão à Justiça. Os acusados afirmam que nada fizeram de errado e nada temem. Sabemos que acusações produzem estragos, ainda que infundadas. Mas sabemos também que o feitiço pode virar contra o feiticeiro, desde que haja um processo eficiente de comunicação. A verdade deve prevalecer e o Ubatuba Víbora dará amplo destaque ao que for decidido pela Justiça. Por ora evitaremos voltar ao tema por nos parecer improdutivo. Salvo em caso excepcional. As partes já tiveram a oportunidade de colocar suas versões. Resta aguardar. A verdade tarda, mas costuma aparecer.

Sidney Borges

MAR DE TRICAS E FUTRICAS

Herbert Marques
No dizer do meu amigo Eduardo de Souza, em outras palavras, estamos envolvidos em um mar de tricas e futricas que não leva a nada que não seja o deleite de uma meia dúzia de fuxiqueiros que nada têm a perder com o desenvolvimento da cidade. Incluo nessa meia dúzia, força de expressão, pois o número é bem maior, e põe maior nisso, a maioria dos políticos, que buscam sempre tirar proveito de qualquer situação que envolva seus pares para tirar sua casquinha e seu dividendo eleitoral.

Sugiro ao meu amigo Eduardo começarmos uma campanha com os seguintes focos:


a) – conscientização dos homens públicos de que são peças importantes para a sociedade e não a sociedade para eles;
b) – conscientização da sociedade de que ela independe dos homens públicos a partir do momento em que se estimula, em forma de terceira via, o seu verdadeiro destino;
c) – por derradeiro, somente com trabalho e determinação se constrói uma sociedade digna de seu nome e dos cidadãos que a compõem.

Vejamos um, de tantos outros exemplos. O projeto do Plano Diretor parece que ainda dorme e tenho certeza que seu sono é velado pelos mesmos homens que se preocupam no seu dia-a-dia, nas clássicas tricas e futricas. Não está a depender se seus elaboradores, mas certamente dos homens responsáveis pela sua viabilização política, mesmo que esteja com data limite marcada para sua aprovação, conforme determinação estabelecida na Lei 10.257/01. Este projeto deverá estabelecer a verdadeira vocação de Ubatuba e com ela, o caminho seguro para a busca de seu destino. É ou não é uma grande possibilidade de se estabelecer uma terceira via para um desenvolvimento sustentado que deverá suportar toda a vocação do município, pródigo em recursos naturais e carente de seres pensantes.

Dado a peculiaridade do município, prensado entre a Serra do Mar, de preservação permanente, e o Oceano Atlântico, margeado por terrenos do Patrimônio da União, somente uma definição clara e precisa poderá dar garantia jurídica para qualquer investidor, quer seja ele no ramo turístico ou de outra atividade econômica que possa ser criada com essa vocação.

Como se pode observar, sem arregaçar as mangas não se chegará a nada, ou melhor, chegará sim, a um mar de tricas e futricas.
hlmarques@terra.com.br

“BALA” de FESTIM

Inicialmente, gostaria de elogiar o Sr. Jair Caetano pela coragem de assinar uma matéria com o teor publicada pelos meios de imprensa virtuais de nossa cidade. Assim, como ele, invoco a Deus e lhe agradeço pela forma como as coisas ocorrem e como o tempo é soberano para depurar quem de fato está por trás de determinados assuntos e quem usa “balas de festim” para atingir seus mesquinhos objetivos, como meio de sobrevivência política, uma vez que o povo o negou nas urnas.
De fato, Sr. Jair “pau mandado”, desculpe, Jair Caetano, estou ocupando atualmente a pasta da Secretaria de Administração, na atual Administração Municipal e ocupei o cargo de Chefe do Serviço de Tributos na Administração Municipal no exercício de 2000, fato de que tenho muito orgulho, pois cada centavo que ganhei e ganho é honesto e é a retribuição do meu trabalho.
Entendo que os questionamentos que o Sr. lançou em sua matéria já estão ultrapassados, são objetos de análise pelo Poder Judiciário e pelo Ministério Público e eles, melhores do que eu ou o senhor definitivamente analisarão tal tema.
Admiro sua iniciativa de ser réu confesso como invasor de área pública, de fato isso poupa muitos trabalhos e somente legitima a ação da Prefeitura em retirá-lo da área, coisa que até o momento, pelo que parece, o senhor insistia em negar. Portanto, acredito que doravante o senhor se conscientize que não tem moral alguma para abordar qualquer tema como esse, muito menos questionando a ação da Prefeitura.
Com certeza o senhor achará um meio de sobrevivência, talvez com a mesma atividade em local legalmente possível. Certamente, isso possibilitará que o senhor se ocupe com algo que realmente lhe seja produtivo, ao invés de preocupar-se em encontrar “fantasmas” como o senhor mesmo relatou. Pode ter absoluta confiança que o senhor Adilson Viana, se convidado a se manifestar sobre os fatos o fará, pois absolutamente não há nenhum fato obscuro, até por que a transação foi legitimada pelo Poder Judiciário.
Não vou entrar no detalhe técnico da expressão jurídica correta que o senhor citou, primeiro que assim como o senhor, não tive e acho provável que tenha a oportunidade de fazer o curso de direito, como o Prefeito Municipal, ainda que seja “apenas” bacharel, e em segundo porque ao seu lado há pessoas com notória especialização no tema, inclusive com larga experiência em invasão de área pública o que não ocorre de hoje, mas de há muito tempo, inclusive com exploração comercial. Mas também tais fatos serão apurados oportunamente pela justiça.
Gostaria apenas de solicitar ao senhor e àqueles que lhe escrevem os textos que assina um pouco mais de respeito ao referir-se a pessoas a quem não conhece. Não se trata chefes de família como pertencentes a uma “quadrilha”, sob pena de, ao vê-lo associado a pessoas condenadas pela justiça por desvio de patrimônio público, outros denunciados no Ministério Público por desvio do Legislativo Municipal, o qual, aliás, se dependesse dos seus próprios esforço e trabalho, provavelmente seria seu concorrente no mesmo ramo de atividade, pois provado está que é péssimo administrador, também corre o risco de ser associado a tais pessoas com péssima reputação moral na Cidade, alguns já com uma considerável lista de fracassos políticos. Quem sabe, na próxima...Nesse contexto, seria o senhor também integrante de outra “quadrilha”?
Em relação às três indagações de ordem técnica, o senhor bem viu que os setores da Prefeitura que deveriam se manifestar o fizeram, não houve quaisquer influências e, caso as pessoas interessadas venham a propor a ação de usucapião, certamente a Municipalidade irá se manifestar, como a lei determina.
Aproveito a oportunidade para, em nome de todos os citados, retratar-nos por equivocadamente incorrer em erro ao nomear o ramo de atividade ilícita pelo senhor desenvolvido, lamento que para o senhor isso seja de real importância. De real importância é o meio ambiente, o qual a atual Administração tem dado grande valor, desocupando áreas invadidas, desenvolvendo uma política social de regularização fundiárias, inibindo construções clandestinas etc...
Ainda, aconselho ao senhor a começar uma discussão acerca da “pena de morte para políticos corruptos”, conforme o senhor sugeriu, com os que o cerca, pois se eles deflagrarem uma mobilização na sociedade para tal fim, certos de que tal pena se aplicará a eles próprios , certamente o inferno terá políticos, ex-políticos e pretensos políticos, mesmo que não tenham freqüentado a qualquer denominação religiosa ou o façam na obscuridade.
Encerrando, gostaria apenas que as pessoas que estão lhe “municiando” de informações e “orientações técnicas”, alguns que já exerceram o direcionamento de um Poder constituído, se unissem para construir uma Cidade melhor e lembrá-los de que o processo político se iniciará apenas mais à frente e que por enquanto temos um trabalho a ser desenvolvido.
Creio que a sociedade que paga seus impostos, que ocupa áreas regularmente e que produz algo para uma Cidade melhor não tem nenhum interesse em saber dos seus comentários infundados e politicamente maliciosos, mas convido-o a interpelar judicialmente qualquer irregularidade que observe, assim como o senhor terá que responder judicialmente. Certamente, se o Poder Judiciário declarar um ato como ilegal, inclusive os que o senhor argüiu, certamente o senhor terá o direito de propagar tal informação, assim como as ações da Prefeitura de desocupação de áreas públicas têm sido consideradas legítimas e o senhor tem prestado o bom serviço de divulgá-las.
Aproveito para lembrá-lo de que há muitos projetos para nossa cidade, como a urbanização da orla do Perequê-Açu, a reurbanização da Avenida Iperoig, inúmeras obras estão sendo executadas nos bairros de nossa cidade e uma grande frente de trabalho se iniciará visando dar uma melhor qualidade aos nossos Munícipes. Tudo sendo feito com os impostos daqueles que contribuem. Convido o senhor e a toda sociedade para conhecer esses projetos, os custos envolvidos, conhecer o procedimento licitatório, que ao contrário de administrações anteriores, são abertas ao público, e, com a atividade regularizada, com a sua honra profissional resgatada por um trabalho legitimado, com os seus impostos devidamente recolhidos, unir-se pela construção de uma Cidade que todos ansiamos, deixando de prestar-se a agir como tiros de “balas de festim” às mãos daqueles que foram repudiados pela sociedade nas urnas.

Silvio Bonfiglioli Neto

Notícias da Prefeitura


O primeiro dia foi de estranhamento, logo tudo estará em ordem

Ciclofaixas
Clube de Ciclismo Ubatuba ajuda a orientar ciclistas e motoristas

O prefeito Eduardo César acompanhou o andamento do primeiro dia de funcionamento das ciclofaixas

Seis integrantes do Clube de Ciclismo de Ubatuba estão prestando serviço voluntário, ajudando a Prefeitura a orientar o trânsito após o começo da implantação das ciclofaixas. As orientações se referem principalmente a conduta que os motoristas e ciclistas devem adotar para adaptarem-se ao projeto cicloviário que inclui a utilização exclusiva das ciclofaixas por aqueles que se locomovem em bicicletas.
Os monitores do Clube de Ciclismo entregam panfletos informativos e abordam os ciclistas orientando que os mesmos devem trafegar no lado esquerdo da rua, respeitando os limites da ciclofaixas e nunca transitando na contramão. Já os motoristas que recebem os panfletos são orientados sobre a proibição do estacionamento no lado esquerdo e o novo modelo de tráfego, que separa os veículos motorizados das bicicletas, proporcionando um grande acréscimo na segurança para ambos.
O próximo passo após a conscientização é a abordagem direta, junto à Guarda Municipal, àqueles que por ventura venham a infringir as novas regras. Os infratores serão convidados a assisitirem a palestras sobre educação no trânsito. Se o infrator voltar a transgredir as regras de tráfego, pode ter seu veículo apreendido pela Guarda Municipal.
Luis Felipe Ennes, presidente do Clube de Ciclismo de Ubatuba, avaliou o primeiro dia de atuação do grupo com positividade: “Muita gente gostou da implantação das ciclofaixas, não vimos nada de negativo e principalmente os motoristas de carros aprovaram a idéia, já que não precisarão mais desviar das bicicletas enquanto trafegam pelas principais ruas do centro”.
As ciclofaixas devem estar completamente pintadas até o final desta semana, nas ruas Thomas Galhardo e Conceição, consideradas de maior movimento de bicicletas na cidade. O prefeito Eduardo César esteve durante cerca de uma hora na Rua Thomas Galhardo vistoriando as ações, acompanhando e ajudando nas orientações. PMU

Congelamento de áreas


Autoridades de Ubatuba reunidas com moradores de Vila Santana

Prefeitura realiza reunião na Vila Santana para apresentar projeto de congelamento

A Prefeitura de Ubatuba esteve reunida com os moradores da Vila Santana, na região sul do município, para apresentar o projeto de congelamento de núcleos irregulares que está sendo implantado em Ubatuba desde o início da administração do prefeito Eduardo César. Cerca de 150 pessoas acompanharam a reunião, que contou com a presença do prefeito, dos vereadores Osmar de Souza e Luciana Machado e do secretário adjunto de Gabinete e responsável pela Comissão de Congelamento, Claudinei Salgado, que realizou uma palestra explicativa sobre o processo de congelamento.
Segundo Claudinei, a Vila Santana, além de ser um local onde houve parcelamento irregular de solo, possui uma particularidade que é a indefinição da questão fundiária. O prefeito Eduardo César propôs que os moradores criassem uma comissão para procurar soluções para este problema juntamente com a Prefeitura. “Esta é a primeira vez que a administração pública está fazendo algo para resolver os problemas daquela comunidade. Os moradores saíram da reunião convencidos da necessidade de congelar aquela área, proibindo novas construções”, disse Claudinei Salgado.
A vereadora Luciana Machado, que também reside na região sul do município, apoiou a decisão de congelamento na Vila Santana. Durante a reunião foram respondidas as perguntas dos moradores e esclarecidas as dúvidas. A população local ouviu também sobre os projetos habitacionais que estão sendo desenvolvidos para atender as necessidades destas comunidades que residem em locais que foram ou serão congelados pela Prefeitura. PMU

Dia Internacional da Mulher

Prefeitura homenageia mulheres com programação cultural

Durante todo o mês de março, uma programação especial em homenagem às mulheres ubatubenses

O Dia Internacional da Mulher, comemorado no dia 8 de março, marca o início de uma série de atividades culturais voltadas para o gênero no município de Ubatuba, durante todo o mês. Todos os eventos estão sendo organizados numa parceria entre a Coordenadoria de Projetos da Mulher e a Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba (Fundart).
Para começar, no dia 8, tem uma exposição de artes plásticas, intitulada “Mãos Femininas”, que irá mostrar o talento das artistas ubatubenses no Paço Municipal da Prefeitura. A partir das 17h30, o cantor Gabriel Duarte Valino faz uma apresentação para as funcionárias da prefeitura no final do expediente.
Na sexta-feira, dia 10, a partir das 20h, a exposição se transporta para a Fundart, com uma abertura em grande estilo. Serão apresentadas músicas e poesias em homenagem às mulheres. No sábado, dia 11, acontece na Escola Estadual Semiramis Prado de Oliveira, situada no bairro Saco da Ribeira, um ciclo de palestras sobre questões do gênero, como: saúde, direitos e gravidez precoce. À noite, a Fundart apresenta a Banda Sinfonia Lira Padre Anchieta no Casarão do Porto, a partir das 20h30.
No dia 17, sexta, acontece uma apresentação musical de chorinho, interpretada só por mulheres, além do lançamento do livro “Mulheres Danadas”, de autoria da Dra. Alda Ribeiro, que fará uma palestra durante o evento. Dra. Alda é gerontologista, médica especialista em pessoas idosas. Ela é também, autora dos livros "Manual para viver bem uma longa vida", "Quebrando os tabus da velhice" e "O peixe morre pela boca, e você também".
No dia 24, acontece no Casarão do Porto, a partir das 20h, uma apresentação musical composta por diversas cantoras ubatubenses, interpretando clássicos da MPB.
Durante os dias 25 e 26, a ênfase será dada para a cultura africana. No primeiro dia, acontece o workshop “A África e sua Cultura”, no Atelier Benjamin Gonzáles. No dia 26, a “Tarde Afro” acontece no Espaço Azul Marinho, com um delicioso almoço africano, vendido a R$ 10,00. O cardápio conta com vatapá e moamba de peixe. Neste dia, acontecerão também apresentações de capoeira e danças afro. O evento tem o apoio da Associação de Mulheres Afro-descendentes.
Se você é mulher, ou então, ama e admira as mulheres que convivem contigo, participe dos eventos em comemoração a essa data tão especial. O Casarão do Porto fica na Praça Anchieta, Centro. O Atelier Benjamin Gonzalez fica na Rua Xavantes, 110, bairro Itaguá e o Espaço Azul Marinho fica na Avenida Iperoig, próximo à Fundart.

Confira os outros eventos da Fundart para este mês:

18 - SÁBADO
20:30 - Praça Exaltação da Santa Cruz
Apresentação Musical da
Retreta Maestro Pedrinho

19 - DOMINGO
21h - Praça Exaltação da Santa Cruz
Apresentação Musical do Grupo Artigo Quinto

25 - SÁBADO
20h30 - Casarão do Porto
Apresentação Musical do
Grupo Sexteto Caiçara

30 - QUINTA
20h - Casarão do Porto
Apresentação do filme e
debate do curta metragem:
“Acorda Raimundo, Acorda”

31 - SEXTA
20h - Casarão do Porto
“Serestas e Seresteiros” PMU

Serviços

Coleta de lixo terá novos horários a partir desta quarta-feira

A partir desta quarta-feira, 8, a coleta de lixo em Ubatuba vai voltar a funcionar no horário de baixa temporada. Durante os meses de dezembro, janeiro e fevereiro os horário foram mudados para atender a demanda devido à maior quantidade de lixo produzida durante a temporada de verão.
Confira abaixo os novos horários das coletas em vários bairros da cidade:

Segunda, quarta e sexta-feira, a partir das 6h: Av. Itaguá/Av.Iperoig, Barra da Lagoa, Centro, Parque Vivamar, Itaguá (bairro), Toninhas, Recanto da Lagoinha, Salga, Vila Mariana, Cabeça de Boi, Jd. Mirassol, Enseada, Barra Seca, Vermelha do Norte, Itamambuca/Sertão do Itamambuca, Ranário, Tiagão, Vila da Índia, Félix, Promirim, Puruba, Ubatumirim/Sertão do Ubatumirim, Praia do Estaleiro, Cambucá, Vila Rolim, Transbordo, Estufa I e II, Sertão do Sérgio, Sesmaria.
A partir das 14h30: Perequê-Açú, Pé da Serra, Figueira, Cachoeira do Macacos, Morro das Moças, Emaus, Vale do Sol, Ipiranguinha.

Terça, quinta e sábado, a partir das 6h: Perequê-Mirim, Vila Sumaré, Jardim Carolina, Jardim Samambaia, Bela Vista, Marafunda, Monte Valério, Rio Escuro, Lázaro, Sununga, Saco da Ribeira, Fortaleza, Vermelha do Sul, Praia Dura, Folha Seca, Corcovado, Beira Rio-Praia, Beira Rio-Bairro, Promove, Porto do Eixo, Sapezinho, Caçandoca, Sertão das Águas do Ingá, Sertão da Quina, Araribá, Rio da Prata, Tabatinga.
A partir das 14h30: Praia Vermelha do Centro, Tenório, Praia Grande, Containeres da Praia Grande, Casanga, Taquaral, Sumidouro, Usina Velha, Pedreira, Ressaca, Mato Dentro, Parque dos Ministérios.

Diariamente, a partir das 14h30: Silop, Sumaré, Centro
 
Free counter and web stats