sábado, dezembro 10, 2005

Ricardo Cortes em ação

On-line

O vereador Dr. Ricardo Cortes acaba de lançar seu Site na Internet. Pelo www.drricardocortes.com.br os internautas e todas as pessoas interessadas poderão acompanhar os trabalhos por ele desenvolvidos no Legislativo. Além disso, através do link “fale conosco”, a comunidade poderá enviar sugestões e perguntas ao vereador. “Espero que este Site seja mais uma maneira de contribuir com o desenvolvimento da cidade e bem estar da população”, disse o vereador.
O PV (Partido Verde) do qual o vereador é presidente também implantou um Site, onde filiados e simpatizantes poderão acompanhar as ações do Diretório Municipal. Os interessados poderão acessar:
www.pvubatuba.org.br


Uma vida sem violência é um direito das mulheres


Hoje é o Dia Internacional dos Direitos Humanos e é nesta data que quero destacar um importante tema que envolve toda sociedade: “A violência contra a mulher”, pois uma vida sem violência é um direito das mulheres.
Como homem público e médico estou engajado em colaborar no combate a violência contra a mulher, que significa uma covarde manifestação de relações de poder desiguais entre homens e mulheres, manifestação esta que causa sofrimento físico, sexual, psicológico e até mesmo a morte.
Infelizmente isto acontece porque em nossa sociedade muita gente ainda acha que o melhor jeito de resolver um conflito é a violência e que os homens são mais fortes e superiores às mulheres. É assim que, muitas vezes, os maridos, namorados, pais, irmãos, chefes e outros homens acham que têm o direito de impor suas vontades às mulheres.
Embora muitas vezes o álcool, drogas ilegais e ciúmes sejam apontados como fatores que desencadeiam a violência contra a mulher, na raiz de tudo está a maneira como a sociedade dá mais valor ao papel masculino, o que por sua vez se reflete na forma de educar os meninos e as meninas.
Em todo o mundo o combate à violência contra a mulher se constituiu em uma preocupação fundamental dos movimentos sociais, por isso é importante que as pessoas reflitam sobre o assunto e, assim, ajudem a encorajar as mulheres brasileiras a denunciar as situações de violência e a encontrar o caminho para conquistar definitivamente seus direitos.


Vereador Dr. Ricardo Cortes (PV)
Enviado por: Laura Valesi Ennes

Ciclovias em Ubatuba

Thomas De Carle e Harumi Honda
Em todo o mundo busca-se minimizar a emissão de CO2 na atmosfera, com a finalidade de reduzir paulatinamente o efeito estufa, que gera o aquecimento global, o degelo dos pólos, os tufões, furacões, enchentes, secas e outros desarranjos climáticos. Nesse diapasão o uso de combustíveis não poluentes tem sido estimulado, tanto quanto a utilização de meios de locomoção compatíveis com as políticas ambientais, como a introdução do carro a álcool, elétrico e a dinamização do uso da bicicleta, mediante facilidades como as ciclovias, tão necessárias nas cidades onde a maioria da população se locomove sobre duas rodas. Assim, foi com satisfação que finalmente assistimos a disposição do governo municipal em implantar estas vias na área central da cidade de Ubatuba. Aplaudimos essa iniciativa. Mas, em contradição a todos esses fatos, testemunhamos hoje (10/12/2005), ao meio dia, uma manifestação contra a implantação das ciclovias, promovida por comerciantes no cruzamento da Av. Rio Grande do Sul com a rua Thomaz Galhardo, aparentemente liderada por um forte revendedor de bicicletas. Confessamos que ficamos surpresos. Há no caso um contra-senso. A política urbana moderna deve priorizar as formas de locomoção coletivas e não poluentes. O uso do biciclo deve ser instigado, inclusive com o aumento expressivo das ciclovias, e os fabricantes, vendedores, revendedores e mantenedores de bicicletas deveriam ser os primeiros a festejar e louvar a medida, ao invés de protestar contra essa política viária.

Liga da Justiça



Ronaldo Dias
Seus integrantes tem superpoderes. Suas ações contra o mal, na defesa incondicional das leis e da ordem, a qualquer custo, mesmo tendo que enfrentar figuras fantasmagóricas malignas, bandidos espaciais, invasores extraterrestres comedores de gente e tomadores de sangue, têm conseguido milhares de fãs incondicionais. Os super heróis, povoam o imaginário infantil. Para eles, que acreditam, estas personalidades transmitem euforia, alegria, sensações de segurança, de proteção e, imaginem, de justiça. As crianças criam clubes de fãs. Seguidores de seus idolos, fantasiam-se com seus ícones, colocam máscaras, usam palavras próprias, reproduzem suas mágicas, enfim, vivem neste mundo da imaginação, das mentirinhas e, do faz de conta. Bons tempos!

Fiat Lux

Comunidade do Camburí protocola propostas de alterações no Plano de Uso Tradicional do Camburí.

Após ter ocorrida a ocupação do Núcleo Picinguaba, para reivindicação de energia elétrica nos bairros do extremo norte do município que ainda não contam com este serviço, ocorreu no dia 24 de novembro no prédio da Polícia Ambiental uma reunião com vários, representantes de órgãos ambientais, do Programa Luz para Todos, da Prefeitura, Câmara Municipal, e a presença de grande parte da comunidade.
Na reunião definiu-se que para o prosseguimento dos projetos de eletrificação nos bairro do Camburí, seria necessária a assinatura do Plano de Uso Tradicional do Camburí, por parte da comunidade, documento proposto pelo núcleo Picinguaba e elaborado através de Câmara técnica específica para disciplinar as atividades no bairro do Camburí.
A comunidade convicta de que a proposta do Plano de Uso Tradicional não estaria atendendo suas expectativas, solicitou adendos ao documento, então foi proposta na ocasião um prazo para a comunidade apresentar uma contra-proposta com relação ao Plano, mesmo porquê a assinatura da comunidade seria algo indispensável para a instalação de energia elétrica no bairro, efetivando-se assim o Programa Luz para Todos.
Após isto, houve várias reuniões no bairro do Camburí feitas pela comunidade para se analisar o referido Plano e propor adequações que pudessem atender os anseios reais da comunidade;
Os encontros no bairro para formar o amadurecimento das idéias sobre o assunto foram coordenados pela Ong Núcleo de Desenvolvimento e Monitoramento Ambiental – ndma, através do Sr. Alexandre Lourenço de Oliveira, que através de uma parceria com a comunidade do bairro, visando subsidiar conhecimento técnico para a própria comunidade, repassando desta forma às autoridades, as vontades, idéias e reivindicações, bem como as suas reais necessidades apontadas pelos moradores representantes do bairro, garantindo de forma participativa a viabilidade do Plano apresentado, no seu planejamento, gestão e monitoramento. Todo este processo de discussão contou com o apoio ativo da Ong Cidade Cidadão, representada por Gerson Florindo, e o acompanhamento e apoio da assessoria externa do Vereador Charles Medeiros.
Tendo em vista a extrema necessidade de instalação de energia elétrica, no Camburí e nas comunidades vizinhas, e de acordo com o prazo proposto na reunião do dia 24 de novembro, os representantes do Camburí, Sr. Moisés Firmino Soares representante da AMBACA – Associação dos Moradores do Bairro do Camburí, e Carla Soares, da Associação Raízes do Camburí, juntamente com representantes da Cabeçuda, protocolaram dentro do prazo proposto, a solicitação de algumas adequações ao Plano de Uso tradicional do Camburí, visando desta forma, que o Parque respeite suas reivindicações e que com isso os moradores possam contar com a tão sonhada energia elétrica em suas residências.
No Sertão da Fazenda, a comunidade também vem se reunindo para elaboração de um P.U.T. para aquele bairro, onde após algumas reuniões já existe um consenso entre os moradores, uma vez que passam pela mesma dificuldade de seus vizinhos. É importante ressaltar que o Canto da Paciência não está sendo contemplado neste plano, e isto deve ser revisto, antes de uma proposta final de Plano de Uso para a região da Praia da Fazenda e Sertão da Fazenda. A comunidade tem força quando luta por seus ideais e pelos seus direitos.
Em nome da comunidade as lideranças deixam um especial agradecimento às Ong’s que participaram com o apoio técnicos para viabilização da proposta apresentada.
Desde já estamos à disposição das autoridades para maiores esclarecimentos.
Fonte: Ambaca /Associação Raízes do Camburí

Boas festas

De miolo mole?


Como será que voam tão perto e não batem uns nos outros?

Luiz Moura
Na terça-feira amanheci estropiado, mas mesmo assim não deixei de fazer minha caminhada matinal. Não consegui passar da Barra da Lagoa.
Após o banho, fui ver qual era minha temperatura. Tinha febre. Como acabara de tomar um banho, resolvi esperar mais um pouco para tirar, novamente, a temperatura. A febre tinha aumentado. Foram dois dias de febre. A garganta está em petição de miséria.
Hoje acordei às três horas. A febre tinha se estabilizado em 38,5°C. Levantei para trabalhar um pouco. Vai ser difícil. Não estou conseguindo me concentrar. Será que a febre cozinhou os meus miolos?
Os pernilongos que aparecem na foto acima, estão sobre um criadouro. O canal existente na rua Liberdade, por ter sua desembocadura sempre fechada torna-se um ambiente propício para tal.
Espero que um destes pernilongos não seja a causa do meu estado de saúde. É muito grande a quantidade de pessoas que trafegam pelo local.

Orçamento Municipal

Vereadores devem votar, na próxima terça-feira, 13, as emendas ao projeto do Orçamento Municipal de 2006

São 73 emendas ao Projeto de Lei 111/05 – que fixa a receita e despesa do Município para o exercício de 2006 - definindo as prioridades para a cidade.

O presidente da Câmara, Jairo dos Santos, PT, extraiu as prioridades das comunidades, durante as reuniões públicas ocorridas em todas as regiões do município, nos meses de outubro e novembro, e protocolou as emendas.
“Como se trata de matéria de grande interesse para toda a população, é muito importante a presença dos representantes das comunidades, do comércio, da sociedade civil organizada, das Ongs, no plenário da Casa de Leis, na terça-feira”, afirma Jairo, que reafirma o convite a todos.
Todos os bairros, de norte a sul, deverão ser beneficiados com as emendas que estabelecem obras de pavimentação de estradas, construção de pontes, postos de saúde, escolas, quadras poliesportivas, áreas de lazer, canalização de águas pluviais, além da construção de um túnel para passagem de veículos e pedestres sob a Rodovia Mário Covas, BR-101, ligando os bairros do Sumidouro e Perequê Açu. Outras emendas merecem destaque, como a abertura de uma estrada que dê acesso da Almada ao cemitério do bairro do Ubatumirim, na região Norte; construção de um Mercado Municipal para a conservação e venda de pescados e frutos do mar, na Maranduba, região Sul; implantação do Serviço Geológico Municipal, conforme previsto no artigo 86 da Lei Orgânica do Município, para suprir a imensa demanda de serviços em recuperar áreas degradadas de antigos barreiros e demarcar com exatidão os locais de licenciamento; construção de casas populares para o reassentamento dos moradores em áreas de manancial do Pé da Serra; compra de aparelho de mamografia para o Posto de Saúde do Centro; instalação de aparelho clorador automático para várias comunidades, entre elas, o Camburi, região Norte, Araribá e Praia de Fortaleza, região Sul.
Uma das emendas refere-se à subvenção ao Ensino Superior para estudantes das duas comunidades indígenas do Município. Outra determina a recuperação da memória e cultura caiçara, do saber tupinambá e colonial, mantidos por séculos e que hoje correm o risco de desaparecer.
Saneamento básico, instalação de luminárias, de telefones públicos, extensão de rede de energia elétrica em várias localidades também estão entre as 73 emendas ao orçamento.
A emenda 71 determina promover licitação para todas as permissões de uso de área pública na orla das praias utilizadas para exploração comercial de módulos especiais de que trata a Lei 840/86, se necessário através da contratação de empresa especializada para realizar a licitação. Na justificação da emenda, o vereador Jairo dos Santos lembrou das permissões com prazo de validade vencido, como acontece com alguns módulos instalados na Praia Grande, que estão com o funcionamento suspenso por ordem judicial. Assim, segundo Jairo, é urgente a necessidade de regularizar a situação dessas permissões através de um processo licitatório amplo, geral e irrestrito.
A última emenda, a 73, determina a transferência da verba de 4 milhões e 700 mil reais destinada ao serviço de coleta de lixo, da dotação da Secretaria do Meio Ambiente para a Secretaria de Obras. Jairo dos Santos justifica dizendo que a atribuição de coleta de lixo é mais adequada a Secretaria de Obras, uma vez que à Secretaria do Meio Ambiente cabe mais uma ação de política ambiental, que é sua atribuição específica.

Fonte: ASCOM

Denúncia

Presidente da Câmara Municipal de Ubatuba, Jairo dos Santos, denuncia a Prefeitura

O chorume da decomposição do lixo doméstico e hospitalar está sendo derramado às margens do Rio Grande de Ubatuba.

O presidente da Câmara de Ubatuba, Jairo dos Santos, PT, protocolou junto à Promotoria da Justiça Regional do Meio Ambiente do Litoral Norte, denúncia de crime ambiental contra a Prefeitura que, segundo ele, não tem qualquer cuidado com o lixo recolhido na cidade e levado ao aterro sanitário no bairro do Ipiranguinha. Com duas testemunhas, o vereador constatou que o chorume, líquido formado pela decomposição do lixo doméstico e hospitalar está sendo derramado nas margens do Rio Grande de Ubatuba. Jairo disse que não existe impermeabilização do subsolo, nem canos de captação e tratamento do líquido altamente tóxico e nocivo aos seres humanos, animais, vegetação, lençol freático, rios e nascentes da região e redondezas. Como não existem canos de liberação de gases provenientes da decomposição do lixo, Jairo dos Santos acredita que este agravante possa acarretar, a qualquer momento, uma explosão de “dimensões catastróficas”.
Na denúncia, o presidente da Câmara relatou também, que os habitantes da região, entre adultos e crianças que, inadvertidamente nadaram no Rio Grande foram acometidos de determinada espécie de micose, com alto grau de penetração, difícil de curar e as manchas verificadas na pele não desaparecem. Além disso, de acordo com o vereador, não há no local qualquer placa informativa da Prefeitura Municipal, Vigilância Sanitária ou Cetesb, que advertisse a população sobre o perigo de contaminação do rio. As testemunhas que acompanharam Jairo dos Santos, Amarildo Cesário do Prado, coordenador da Associação em Defesa do Povo Caiçara – ADPC, e José Lucas dos Santos Filho, membro do Conselho Municipal de Saúde, COMUS, também assinaram o protocolo de denúncia que foi instruída com fotos e CD-ROM que mostram bem a real situação.

Fonte: ASCOM

Ciclofaixas

Prefeitura implanta ciclofaixas a partir de 20 de dezembro

Ciclofaixas serão criadas inicialmente nas ruas Conceição e Thomas Galhardo

A Prefeitura de Ubatuba iniciou nesta sexta-feira, 9, a colocação de placas de trânsito nas ruas Conceição e Thomas Galhardo, no centro da cidade, com o objetivo de ir preparando motoristas e ciclistas para a implantação das ciclofaixas nas duas ruas a partir de 20 de dezembro. Além das placas avisando que é proibido parar e estacionar do lado esquerdo das duas ruas, também serão afixadas, na próxima semana, faixas alertando o motorista sobre as mudanças. Assim que as placas de trânsito estiverem colocadas, guardas municipais e Polícia Militar estarão nas ruas dando orientações aos motoristas e ciclistas. De acordo com o cronograma finalizado em uma reunião na manhã desta sexta-feira, 9, no Gabinete do Prefeito, a pintura da ciclofaixa será iniciada na próxima semana, mais precisamente no dia 14, data em que as tintas de demarcação estarão disponíveis na prefeitura. Presente a reunião, o prefeito Eduardo César defendeu a urgência da implantação da ciclofaixa. “Não podemos mais suportar o caos do trânsito no centro da cidade, que provoca tensão entre ciclistas e motoristas que infelizmente acaba culminando em sérios acidentes. Temos uma estatística que em média a Santa Casa de Ubatuba atende por dia três ocorrências envolvendo ciclistas”, diz. De acordo com o prefeito, a queda neste índice resulta em economia na Santa Casa e principalmente minimiza o sofrimento das vítimas e de suas famílias.

Apresentação pública

O projeto técnico do Programa Cicloviário, elaborado por um consultor do Ministério das Cidades, especialista em bicicletas, foi aprovado por unanimidade na sua apresentação pública. “Esta aprovação reflete o acerto do meu governo em planejar antes de realizar. Foram vários meses de estudo da realidade local e de planejamento das etapas de implantação do programa cicloviário para que tenhamos, num futuro próximo, a melhor solução possível, para a problemática da bicicleta na nossa cidade”, esclarece Eduardo César. “Acredito que estas duas ciclofaixas vão organizar o fluxo das bicicletas, que é intenso nestas ruas. Turisticamente é muito importante que já nesta temporada, que deverá receber público recorde, estimado pela Secretaria de Turismo em cerca de 1,2 milhão de pessoas, o trânsito nestas duas importantes ruas esteja organizado”, finalizou o prefeito.

Comunicado do STM

A Seção de Tributos Mobiliários (STM) da Prefeitura entregou nesta semana, a 218 comerciantes das duas ruas onde serão implantadas as ciclofaixas, um comunicado alertando que a partir de agora “serão apreendidas as coisas móveis, inclusive mercadorias expostas ou abandonadas em vias ou logradouros públicos sem a devida autorização da fazenda municipal”. Segundo Lucilene Maria Pereira Tavares, chefe do setor, o comunicado se reporta a implantação das ciclofaixas nas ruas Conceição e Thomas Galhardo e lembra aos comerciantes que esta determinação já é antiga e está prevista no artigo 69 da Lei Municipal 1011 de 18/12/1989 (Código Tributário Municipal). PMU

Confira o cronograma de implantação do Programa Cicloviário de Ubatuba:

9 a 13/12: instalação de placas de sinalização vertical

12/12 – Início da veiculação dos spots educativos nas rádios locais

13/12 – Colocação de faixas de divulgação sobre a proibição de parar e estacionar do lado esquerdo das ruas que terão a ciclofaixa e início da orientação dos motoristas por parte da Guarda Municipal e Polícia Militar sobre as mudanças no trânsito, inclusive com entrega de folhetinhos.

De 14 a 19/12 – Pintura das faixas de demarcação das ciclofaixas

20/12 – Início da operação das ciclofaixas e colocação das faixas de orientação a ciclistas e motoristas e início da entrega de folhetos educativos

Protesto



A foto acima, de difícil leitura, foi enviada pela liderança dos comerciantes que se opõem à criação de ciclofaixas, como pretende a Prefeitura. Segundo os reclamantes, haverá prejuizo nas atividades que exercem. Junto com o texto, enviado também para a Câmara Municipal, constam diversas assinaturas.

Sidney Borges

Esportivas

Hora de decisão no futebol feminino e no dente de leite de Ubatuba

Bola rola sábado e domingo no Estádio Municipal

A última rodada da primeira fase do campeonato Dente de Leite da Escolinha Municipal de Futebol Rubens Salles acontece neste sábado, 10, com as partidas Caju X Auto Clean, Adega X Veraneio, Porto Marina X Ceregatti, O Madeireiro X MGM, Pontual X Tortilhão. A primeira partida acontece às 10h no Estádio Municipal Ciccillo Matarazzo. As semifinais acontecem no domingo às 9h também no Estádio. A grande final acontecerá no dia 17.

Classificação:

Grupo A – Tortilhão e Caju 9 pts; MGM 6 pts; Adega 2 pts; Ceregatti 0 pt.
Grupo B – Pontual 12 pts; Auto Clean 9 pts, O Madeireiro 7 pts; Veraneio 3 pts; Porto Marina 1 pt.


Feminino – A semifinal do campeonato municipal de futebol feminino de Ubatuba acontece neste domingo, 11, no Estádio Municipal Ciccillo Matarazzo. Às 15 horas jogam Silop X Estrelinha e às 16h30 acontece a partida entre Itaguá X CERE Itamambuca. As vencedoras fazem a final no dia 17. O campeonato municipal de futebol feminino de Ubatuba é uma realização da Liga Ubatubense de Futebol e da Secretaria de Esporte e Lazer, com apoio da Associação dos Árbitros de Ubatuba. PMU


Basquete infantil de Ubatuba sai na frente na final da Liga Cone Leste

A equipe de Basquete infantil de Ubatuba venceu a primeira partida do play-off final contra Taubaté por 49 a 43. Agora a equipe permanece em treinamento, visando a partida final, com data e local ainda a serem definidos pela organização do evento. O time, treinado pelo experiente professor Fábio Medeiros, conta com Lucas Barroso, Daniel Romero, Alberto, Julio, Paulo Jr., Leonardo Donato, Leonardo Zen, Leonardo Getuba, Arthur, Robson e Fernando. PMU

Educação tem nova Secretária

Patrícia Gomes Veloso Pereira assume a pasta e Isabel Leite passa a coordenar a Educação Infantil

O prefeito Eduardo César anunciou na manhã desta quinta-feira, 8, uma mudança na administração da Secretaria de Educação. A titular da pasta passa a ser a ex-coordenadora técnica de Educação Infantil, a professora Patrícia Gomes Veloso Pereira e Isabel Roseli Leite deixa o cargo de secretária para cuidar das Emeis. “Vou me dedicar agora a uma área que gosto muito e conheço muito bem, afinal estou completando 19 anos de pré-escola”, afirma Bebel, como é mais conhecida. Segundo ela, a saída do cargo já estava em seus planos desde o momento em que assumiu. “Apenas aceitei este desafio temporário pelo profundo respeito que tenho pelo prefeito, que precisava, naquele momento, de uma pessoa da área, de confiança, e também por acreditar no seu projeto de governo. Acompanho a trajetória política do Eduardo desde o seu início e não tenho dúvida de que ele é a pessoa indicada para resgatar Ubatuba”, reforçou. Ainda de acordo com a ex-secretária, durante este ano, um grande trabalho de equipe foi realizado e entre as pessoas que fizeram parte deste projeto, a professora Patrícia se destacou pelo seu dinamismo e visão de futuro. “Desta forma, a mudança administrativa na secretaria acabou se tornando um processo natural, até porque continuarei fazendo parte da equipe, agora, numa área que conheço profundamente”, afirmou. Para o prefeito Eduardo César, a mudança na secretaria de Educação faz parte do processo natural de ajuste de qualquer administração, sempre em busca dos melhores resultados. “Quero agradecer o empenho que a Bebel fez este ano em prol da educação de Ubatuba. Foram 11 meses de muito trabalho e muita dedicação para reverter uma situação bastante problemática que encontramos na secretaria, especialmente com relação aos espaços físicos”, afirma o prefeito.

Nova secretária

A nova secretária, Patrícia Veloso, é professora da rede municipal há cinco anos, atuou nestes 11 meses como coordenadora das escolas infantis e nesta função interditou, em conjunto com a Vigilância Sanitária, duas creches da cidade que se encontram em situações calamitosas. A Emei centro, que tinha bolor e buracos por todo lado foi interditada logo em janeiro e a Emei da Estufa II, uma casa que tinha ralos de esgoto nas portas das salas e bolor pelas paredes foi interditada em abril. Todos os alunos foram removidos para novos espaços, preparados especialmente para receber as crianças. Entre as novidades para 2006, Patrícia adiantou que todos os alunos da rede irão receber kits escolares e uniformes que passarão a ser iguais para todas as escolas. Além disso, a nova secretária acredita que para o próximo ano, a demanda de mais de 500 vagas por creches na cidade deverá ser atendida quase que totalmente. “Estamos com vários projetos neste sentido e acreditamos que vamos conseguir, muito em breve, resolver um problema que se arrasta há muitos anos, que é a falta de creches em Ubatuba. PMU

sexta-feira, dezembro 09, 2005

O Diabo e a venda de almas

Lula, em entrevista ao jornalista Mino Carta, disse que não será candidato, caso isso signifique vender a alma ao diabo. O que será que ele quer dizer com vender a alma ao diabo? Espero que não tenha nada a ver com curvar-se ao FMI, praticar os juros mais altos do mundo, manter o país estagnado e enriquecer vergonhosamente os banqueiros. Se for isso, “Nosso Guia” tem razão em desistir. É por essas e por outras que admiro Lula, sempre coerente.

Sidney Borges

Mudança no secretariado

O prefeito Eduardo César fez ontem um remanejamento na Secretaria da Educação. Bebel deixa a secretaria e passa a cuidar da Educação Infantil enquanto Patrícia, ex-titular da Educação Infantil, assume a secretaria. Em breve teremos mais novidades.

Sidney Borges

Elektro informa

Desligamento de energia no Centro

A Elektro comunica que, no próximo dia 10, sábado, precisará interromper a energia elétrica no período das 6:30h às 9:00h, no centro da cidade. O objetivo do desligamento é executar serviços de melhoria no sistema elétrico. A Elektro informa ainda que, caso os serviços programados forem concluídos antes do prazo informado, o retorno da energia elétrica poderá ser antecipado. PMU

Saúde

Alunos de cursos técnicos realizam “III Check up Saúde”

Alunos dos Cursos Técnicos em Saúde do Colégio Taba realizarão o III Check Up Saúde no próximo dia 10 de dezembro, a partir das 7 horas. Durante o evento, que acontecerá nas dependências do Colégio serão feitos, gratuitamente, os seguintes exames: dosagem de glicose, dosagem de triglicérides, dosagem de colesterol, verificação da relação massa corpórea e aferição da pressão arterial. Quem estiver interessado em saber como está a saúde, deve levar um quilo de alimento não perecível para doar às famílias carentes do município. Os resultados dos exames serão entregues no mesmo local, dia 17 de dezembro. Para avaliar os pacientes, nesse dia, estarão presentes os médicos Dr. Antonio Maury Lancia Jr., Dr. André Figueiredo, ambos médicos do Programa de Saúde da Família, bem como o Dr. Mauro Ravanelli e o Dr. João Alfredo Oliveto Galvão. Todos os participantes, alunos, professores e profissionais estão envolvidos voluntariamente com o evento.O III Check Up Saúde visa a integração social e educacional dos alunos e a população, contando com o auxílio de profissionais da Saúde de Ubatuba.Compareça, pois além de cuidar de sua saúde você estará colaborando com o Natal das famílias carentes de nossa cidade. O Colégio Taba está localizado na Rua Cunhambebe, nº 999 – Centro. PMU

Segurança


Efetivo de Ubatuba receberá reforço de oito homens nos próximos dias

Policiamento de Ubatuba ganha reforço de três viaturas

A Segurança de Ubatuba ganhou, na manhã desta quinta-feira, 8, um reforço de três viaturas para compor a frota da Polícia Militar e Civil do município. As viaturas foram entregues em rápida cerimônia, no calçadão central da cidade, ao lado da Base da PM. Duas viaturas Gol foram destinadas a Polícia Militar e um Palio Weekend para a Polícia Civil. Segundo a PM, as novas viaturas devem entrar em operação imediatamente.O presidente do Conselho Comunitário de Segurança (CONSEG), Mohamad Ramadan El Ali, presente à cerimônia de entrega, parabenizou o empenho do Poder Público na questão da segurança. “A sensação de segurança aumenta ao ver que o governo estadual e a administração municipal estão firmes no combate e na prevenção ao crime”, disse Mohamad. A Polícia Civil esteve representada pelo delegado Eduardo Cembranelli. Para ele, a nova viatura irá ajudar muito as investigações. O Major Evandro Góes, comandante do 20º BPMI aproveitou a solenidade para anunciar que o efetivo de Ubatuba receberá reforço de oito homens nos próximos dias. Foi anunciada também a Operação Impacto, através da saturação de locais previamente relacionados utilizando-se o policiamento motorizado, além do desencadeamento de bloqueios nas principais vias de acesso da cidade, envolvendo 140 homens. A operação deve ocorrer ainda antes do Natal. Consta ainda no cronograma da Polícia, a entrega de seis motos para compor a ROCAM (Rondas Motorizadas com Apoio de Motocicletas), que consiste no emprego de motocicletas no patrulhamento das áreas de interesse de segurança pública, devidamente identificadas e mapeadas, utilizando-se da mobilidade e versatilidade características desses veículos.O comandante lembrou que além das duas viaturas, a PM em Ubatuba recebeu ainda um computador e coletes balísticos. “Vemos com bons olhos que Ubatuba tem conseguido manter níveis baixos de criminalidade. Com o aumento e o reforço do efetivo é certo que a queda da criminalidade se acentue”, disse o major. Na oportunidade, foi anunciada a parceria celebrada entre o Governo do Estado, através da Polícia Militar, com a Prefeitura de Ubatuba objetivando a reforma, através de obras estruturais e melhoria das instalações, da sede da 3ª Companhia PM, orçada em R$ 183 mil. O prefeito Eduardo César disse que a preocupação com a segurança é mais um compromisso de sua administração. “Ubatuba é um lugar onde se leva segurança a sério. A questão da segurança é mais um desafio a ser superado, assim como tem sido superadas as questões da Santa Casa, da Avenida Iperoig, do congelamento de áreas ocupadas irregularmente, entre outras”, disse o prefeito. A Polícia Militar informou ainda que disponibilizará para Ubatuba um total de 152 policiais para o reforço de seu efetivo próprio durante a Operação Verão 2005/2006, entre 26 de dezembro e 31 de janeiro. PMU

Escolinha reabre


Destruída após um vendaval a sede foi reerguida a custo zero

Escolinha de Surfe de Ubatuba reabre sede do Perequê-Açu

A Secretaria de Esporte e Lazer de Ubatuba reinaugurou a sede da escolinha de surfe do Perequê-Açu, na última quarta-feira, 7. Destruída após um vendaval no mês de agosto, a sede foi reerguida a custo zero para a Secretaria de Esporte, que teve como parceiros as empresas O Madeireiro e Marconi Materiais para Construção. A reinauguração marcou o fim das atividades de 2005 e os alunos fizeram questão de aproveitar cada momento da festa que teve muito surfe e churrasco após a aula.

Encerramento de atividades

As escolinhas da Secretaria de Esporte e Lazer de Ubatuba encerram suas atividades de 2005 com uma grande festa, nesta sexta-feira, 9, no Ginásio de Esportes Tubão. A partir das 15 horas serão entregues certificados aos alunos de surfe, natação, basquete, vôlei e futebol. PMU


quinta-feira, dezembro 08, 2005

Editorial

Devagar...

Há um dito popular que diz que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar. Como essa há muitas afirmações nascidas de observações destituídas de critérios. Tais verdades carentes de comprovação acabam adotadas pelo povo e de tanto serem repetidas terminam inquestionáveis. É assim porque é assim e pronto. No entanto, qualquer estudante com um mínimo de conhecimento de eletricidade sabe que o ditado é falso. Mantidas as condições iniciais o raio cairá exatamente no mesmo lugar. Contra raios existem pára-raios, de comprovada eficácia. No recente episódio de fraude na folha de pagamento da Prefeitura algumas considerações precisam ser feitas. Na primeira vez a falha foi descoberta por um funcionário que conhecia o processo a fundo. Se fosse honesto, deveria ter comunicado aos superiores. Preferiu locupletar-se, foi apanhado e deverá viver com o problema por muitos anos. Deve ficar claro que não existem sistemas que não possam ser violados. O Pentágono vez por outra sofre invasões, algumas vazam para a imprensa, outras sabemos anos depois. De qualquer forma, qualquer sistema que envolva dinheiro público ou segurança pública deve ser constantemente monitorado. Se for comprovada sua vulnerabilidade, convém que seja substituído. A segunda fraude na folha de pagamento teve como causa o conhecimento do modus operandi. O fraudador sabia dos pontos fracos e tentou repetir a façanha do amigo e mentor. O sistema de segurança funcionou atrasado, mas funcionou. Está na hora de acabar com esse tipo de fraude. Não pode haver uma terceira tentativa. Caso aconteça o prefeito enfrentará tempestades com ventos e raios, que sabemos, caem mais de uma vez no mesmo lugar. O sistema que comprovadamente não é seguro deve ser substituído ou reparado. Outra verdade nascida do povo afirma que um é pouco, dois é bom e três é demais. Ubatuba não vai perdoar outra tentativa de mesma natureza sobre o mesmo sistema. Cartago desafiou Roma uma vez, desafiou outra e na terceira pagou caro. Ainda ressoa nos desfiladeiros do planeta o grito de Catão. "Delenda est Carthago!"

Sidney Borges

Charles Medeiros em ação

Charles Medeiros busca parceria para segurança pública em Ubatuba.

Em setembro último, foi aprovado o Requerimento 341/05 do vereador Charles Medeiros que solicita de informações a respeito da implantação de convênios entre os executivos municipal e federal para aquisição de viaturas, destinadas à polícia e à guarda municipal. Segundo Charles Medeiros, o pacote faz parte do Fundo Nacional de Segurança Pública que apóia projetos na área de segurança pública. Os recursos do fundo se destinam a reequipamento, treinamento e qualificação de policiais e autoridades. Também faz parte do programa financiar projetos de sistemas de informações, inteligência, investigação, estatísticas, estruturação e modernização, como forma de prevenção ao delito e à violência. Em resposta a solicitação do vereador, o assessor especial do Ministro da Justiça, Paulo Pires enviou documentos contendo os termos para a celebração de convênio. O projeto deverá ser encaminhado ao Departamento de Execução e Avaliação do Plano Nacional de Segurança Pública, através de Daelson Oliveira Viana, responsável pelas propostas. Depois de aprovado o projeto e celebrado o convênio, o solicitado será encaminhando ao município sob a responsabilidade da Secretaria de Segurança do Estado. Charles Medeiros encaminhou ofício nº. 430/05 ao Prefeito Eduardo César com as respectivas informações, bastando agora o Executivo elaborar um projeto em parceria com a secretaria estadual responsável e encaminhar ao departamento federal pertinente. “Tal parceria se faz necessária devido à necessidade de maiores investimentos na área de segurança no município, não podemos perder esta oportunidade”, afirmou Charles Medeiros.
Fonte: Assessoria Charles Medeiros

Manifestação jovem

Ontem o Ubatuba Víbora publicou um texto de uma jovem preocupada com o andamento da cidade. Hoje recebemos dois e-mails correlatos que reproduzimos a seguir.


"Isis, você não tem idéia do quanto me alegra saber que existem jovens com o seu entendimento de cidade, de comunidade, de patrimônio público e, de oportunidades e inclusões sociais. Aqui vão dois parabéns. Um pela matéria e, outro pela sua coragem".

Ronaldo Dias


"Muito obrigada pelo elogio! Queria aproveitar e avisar que tal conscientização está se formando em um pequeno grupo de jovens mas que com certeza abrange uma grande parte dos moradores de Ubatuba que de certa forma se esgotaram em tentar ajudar essa cidade, por isso, por sermos ainda jovens, queremos criar uma esperança nessas pessoas que tanto tentaram e nunca conseguiram fazer nada, impedidos por pequenos grupos conservadores!
Minha carta não foi um desabafo, foi uma tentativa de vitalizar pessoas como você para pensarmos juntos com a coragem dos jovens e a experiência dos adultos. Não é porque Ubatuba está como está que não podemos fazer nada, aliás, ela implora socorro, e cabe a nós acudi-la.Muito obrigada e peço mais do que uma parabenização, peço sua colaboraçãopara espalhar o movimento!!!"

Um grande abraço,

Isis Andreatta

Fiscalização: um direito do cidadão



Luiz Moura
Você constata na foto acima (avenida marginal à rodovia estadual SP-55, no bairro do Perequê-Mirim) o desrespeito à legislação com a ocupação de espaços públicos, por particulares, sem que o poder público desempenhe o seu papel. Estas "visões" fazem com que a penúria seja associada, pelo visitante, ao nosso município.
Ontem, recebi um e-mail cobrando "carinho em meu olhar" e perguntando se não vejo nada de positivo na "nova" administração. Professor, com a passagem destes 340 (trezentos e quarenta) dias ainda devo considerar a atual administração como "nova"? Devo desconsiderar os 12 (doze) anos de vereança (e suposta fiscalização com acúmulo de experiência) de nosso alcaide? Não cabem aqui elogios à obrigação de fazer inerente aos cargos que ocupam. Lembrando sempre que eles (os governantes) são pagos para isto, muito bem pagos!
O político, após ser eleito, passa a ter ojeriza pela fiscalização feita (sobre os seus atos) por quem quer que seja. Continua pregando transparência, mas faz de tudo para dificultar o acesso a dados que tenham a mínima possibilidade de "comprometê-lo", de trazer a tona a sua incapacidade para gerir a coisa pública. Isto é uma regra.
A visão distorcida de que a fiscalização dos atos da administração pública é feita por vingança e não como um direito do cidadão faz com que a maioria acredite que "quem fiscaliza é do contra". A população, incentivada pelos políticos contidos na regra enunciada anteriormente, passa a entoar o cântico de que cabe aos parlamentares, aos Tribunais de Contas e ao Ministério Público a fiscalização destes atos. Responsabiliza ainda os Conselhos, as Associações e os Sindicatos na feitura de um papel que também é seu. Esconde-se atrás de uma série de desculpas para ocultar o medo que sente de possíveis retaliações, de perseguições, enfim, de ficar na "mão do denunciado".
Em Ubatuba, uma cidade essencialmente prestadora de serviços e por ser a Prefeitura a "empresa" que mais emprega, temos este "medo" em proporções, às vezes, irritante.
Não há o que temer. A administração Eduardo César (PL + PT), desde a ocasião da campanha eleitoral de 2004, vem pregando a "Transparência e participação" e o "Quem manda é a população". Está tudo enunciado em "Diretrizes do Programa de Governo - Resgate Ubatuba".
Não acredito que a gestão de Eduardo César baseie-se na proteção de amigos e perseguição de inimigos, onde impere o preconceito para com os que não são da "turma". Estou errado?

Foto: Arquivo UbaWeb

Maria Comprida


O que mais impressiona é o comprimento da Maria Comprida

Maria Comprida, a vedete das canoas, ganha abrigo na Prefeitura de Ubatuba

Após alguns meses sendo reformada pelo Mestre Baeco, a famosa canoa ubatubense “Maria Comprida” ganhou uma nova morada. Ela está sendo exposta no “Paço Municipal” desde o último dia 6, terça-feira. Considerada um patrimônio da cultura local e medindo 9,20m por 0,8m de largura e pesando, aproximadamente, 200k, a “Vedete das Canoas”, como é carinhosamente chamada pelos caiçaras, precisava de um bom espaço para se abrigar. Na opinião do presidente da Fundart, Martiniano Viana, o Paço oferece segurança e condições adequadas de conservação para esse objeto tão estimado pela comunidade caiçara. “Além disso, a Maria Comprida torna-se agora mais atrativo cultural exposto à visitação”, declarou Martiniano.

A fama da canoa

Pouca gente sabe, mas a famosa canoa Maria Comprida, que existe até hoje, foi batizada com esse nome em homenagem à primeira canoa, com o mesmo nome, que venceu a primeira corrida de canoas do município. O sucesso da corrida foi tão grande que a cidade de São Sebastião começou a realizá-la também e competir com os nossos remadores. Eram várias categorias: dois remos, três e cinco remos. Na corrida de cinco remos, São Sebastião sempre vencia, pois tinha uma boa equipe e uma canoa rápida.
Nei Martins, um dos maiores estudiosos da cultura caiçara ubatubense, conta que a segunda Maria Comprida foi esculpida em um pé de louro encontrado à beira da Rodovia Oswaldo Cruz. “Um caçador chamado Virgílio Alexandre era amigo do pessoal do Itaguá, que competia nas corridas. Em uma de suas andanças, ele descobriu uma grande árvore que poderia virar uma bela canoa. Rapidamente, contrataram o Sr. Agrício, do Sertão do Ubatumirim e seu filho Benedito, que trabalharam durante vinte dias. A canoa media 9 metros e pesava cerca de 200 quilos. Os pescadores não tiveram dúvidas: deram a ela o nome de Maria Comprida”, relata Martins.Em 1970, a Maria Comprida ganhou sua primeira competição, na Praia de São Francisco, em São Sebastião. Durante três anos consecutivos, ela foi vencedora e conquistou o troféu Fita Azul, oferecido pela cidade de São Sebastião. Depois disso, Maria Comprida foi personagem de grandes realizações. Participou da 1ª Jornada Marítima - Ubatuba a Santos, uma prova sem caráter de competição, em homenagem à Paz de Iperoig, assinada em 14 de setembro de 1563.De 1975 a 1987, a corrida de canoas não foi mais realizada em Ubatuba. Em 1988, a Fundart passou a organizar esse evento e a Maria Comprida deixou saudades. Anos mais tarde, o Tamoios Iate Clube adquiriu a canoa bastante danificada e ela foi cedida para a Fundart. Em 1997 ela foi restaurada e voltou ao mar em 2003. PMU

Livro é lançado em Ubatuba

Livro sobre Educação Fiscal é lançado em Ubatuba

O Salão da Igreja São Francisco recebeu nesta quarta-feira, 7, aproximadamente 600 professores para o lançamento do livro “Educação Fiscal / Litoral Norte SP – A Conscientização construindo um futuro mais solidário”, um trabalho desenvolvido pelo Programa Nacional de Educação Fiscal (PNEF).
Com atividades elaboradas por professores do Litoral Norte em um trabalho coordenado pelo Grupo de Educação Fiscal, o livro será distribuído nas quatro cidades e fala da importância do cumprimento das obrigações tributárias e incentiva o exercício dos direitos que se contrapõe a essas exigências.Participaram da cerimônia de entrega, Tabir Macedo Filho (representante do PNEF na Secretaria Estadual da Fazenda), Degnaldo José Zapparoli (rep. do PNEF na Receita Federal 8º R.F.), Amador Marcondes Garcia (rep. da Regional de Ensino), Cosme Damião Lemes (Adm. do Tebar – Petrobrás), Paulo Carreiro (Del. Subst. Da Receita Federal em S. Sebastião), Isabel Roseli de Souza Leite (Sec. Mun. Educação) e Gilson Ferreira da Silva (Sec. Mun. Finanças e Planejamento).
O delegado da Receita Federal, Paulo Carreiro, disse que a sua expectativa é ver o conteúdo do livro em prática. “É um trabalho muito bonito, muito bem feito, mas que não foi elaborado para ficar enfeitando estantes. Precisamos ver esse trabalho sendo aplicado nas salas-de-aula”, declarou o delegado. “Ubatuba fica feliz em fazer parte desse projeto tão importante que se torna realidade a partir de hoje com o lançamento desse livro”, disse o Secretário de Finanças, Gilson Ferreira da Silva. “Os professores de Ubatuba que participaram deste projeto talvez ainda não tenham a noção da importância deste trabalho. O tempo mostrará que realmente estamos construindo um futuro solidário, através do ensino da educação fiscal”, disse Isabel Leite, Secretária de Educação de Ubatuba. Após o lançamento do livro, Degnaldo Zapparoli apresentou um breve resumo das atividades de 2005 do PNEF em Ubatuba, seguida de palestra com Mauro Luis Silva, da Receita Federal. PMU
Ubatuba sedia 8º Encontro Regional de Gestão de Previdência Municipal

O Instituto de Previdência Municipal de Previdência de Ubatuba, em conjunto com a Associação Paulista de Entidades Previdência Municipal e Prefeitura Municipal realizará nos próximos dias 13 e 14, o 8º encontro Regional de Gestão de Previdência Municipal, nas dependências do Itamambuca Eco Resort. O evento contará com a presença de, aproximadamente, duzentos participantes de diversas cidades dos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro, entre autoridades do Ministério da Previdência Social e Procuradoria Geral da República. Durante o encontro, serão discutidos diversos temas sobre o cenário previdenciário e as expectativas para 2006. Na opinião do diretor administrativo financeiro interino do Instituto Municipal, Altair dos Santos, um evento desse porte é importante porque qualifica os servidores para a gestão da previdência própria, além de trazer prestígio para a cidade. “Esses encontros são realizados em diversas cidades do Estado. Ubatuba está entre as cidades escolhidas porque os trabalhos desenvolvidos junto ao Instituto servem de exemplos para os demais municípios”. PMU

Aposentados e pensionistas

Aviso da Previdência aos servidores municipais aposentados e pensionistas

Por força de decisão do Supremo Tribunal Federal, através da Ação Direta de Inconstitucionalidade nº 31/05, que declarou inconstitucionais os incisos I e II do parágrafo 1º do caput do Art. 4º, emenda constitucional nº 41/2004 , o Instituto de Previdência Municipal de Ubatuba, em conjunto com a Prefeitura Municipal irá promover a devolução das contribuições previdenciárias dos servidores aposentados e pensionistas, referentes aos meses de abril a setembro de 2004, na folha de pagamento do mês de dezembro. PMU

Cursos de capacitação

Assistência Social e Fundo de Solidariedade entregam certificados de cursos de capacitação

A Secretaria de Assistência Social e o Fundo Social de Solidariedade realizaram na tarde desta quarta-feira, 7, mais uma formatura de alunos dos cursos de capacitação promovidos no segundo semestre. Desta vez receberam certificados cerca de 80 formandas que fizeram cursos de alimentação, na sede da Secretaria.A primeira dama Denise César, ao entregar os primeiros certificados declarou estar muito contente com o resultado da parceria. “É uma alegria muito grande estar entregando esses certificados hoje. Pude ver o empenho de todas vocês e espero, que possam em breve, começar a ganhar dinheiro com o que aprenderam aqui”, disse. Ela lembrou ainda que um dos cursos previstos para 2006 é o de corte e costura, que vai se juntar aos de artesanato e alimentos. Neste segundo semestre já foram entregues certificados na Maranduba e Sertão da Quina. No sábado é a vez das alunas da Folha Seca receberem os certificados. PMU

REMOÇÃO DE FAMÍLIAS

José Nelio de Carvalho - advogado
A página C-4 da Folha de São Paulo, de 4ª.feira desta semana, 7/12, traz notícia sobre o processo de aprovação do Plano de Manejo do Parque da Serra do Mar, que pelo que consta da reportagem já está pronto, devendo ser aprovado pelo Estado e pelo Consema (Conselho Estadual do Meio Ambiente). Sob o título "FAMILIAS TRADICIONAIS NÃO SERÃO REMOVIDAS", : "Em vez de expulsar todas as pessoas que vivem no Parque Estadual da Serra do Mar para garantir sua preservação, o plano de manejo prevê que os moradores tradicionais (como quilombolas e caiçaras) permaneçam no local...Por ser uma unidade de conservação integral, não deveria haver ocupação na área preservada...não há cadastro dos moradores..." E continua a notícia : "Para os idealizadores do plano de manejo, os habitantes tradicionais podem impedir invasões ." Queremos oficializar a permanência mediante o compromisso de conservar a área", diz a coordenadora do plano, Adriana Matoso. "Moradores não poderão ampliar o terreno".
A matéria traz também a afirmação de que o Plano de Manejo é "documento equivalente ao Plano Diretor de uma cidade".
O Parque Estadual da Serra do Mar em Ubatuba, começando desde a divisa com Paraty, na cota 0, no nível do mar, segue por esta cota até a divisa entre Praia Brava e Almada, englobando diversos núcleos já existentes, inclusive a Vila de Picinguaba, antigo distrito criado por lei estadual. No restante do município, o Parque atinge algumas ocupações, nos sertões, sendo considerado no entorno, uma área de amortecimento. O Plano de Manejo prestes a ser aprovado, incidirá sobre toda essa área, importante para os moradores e para Ubatuba como um todo.
Por omissão do Poder Público Municipal estamos assistindo há algum tempo uma intervenção, não sei se branca ou verde no município de Ubatuba por parte do Estado.
É momento de lembrarmos que o Brasil é um Estado Democrático de Direito, significando com isto que todos, inclusive governantes e seus agentes devem obediência às leis. E que existe uma lei complementar à constituição denominada Estatuto da Cidade, de 10 de julho de 2001, que estabeleceu prazos e formas para que os municípios planejem todo o seu território. Os assuntos de interesse local, por imposição da Constituição, são de competência exclusiva dos municípios (art.30 C.F.).
O meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo (não só de alguns privilegiados) é essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público (também ao Municipal) e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações. (art.225 da C.F.).
A questão é por demais complexa e importante para que o Município fique omisso e a reboque do Estado nesta questão. A aplicação do Estatuto da Cidade, que contém vários dispositivos expressos sobre a questão ambiental, dará a garantia necessária ao Estado, às organizações ambientalistas e ao próprio Ministério Público, fiscal da lei, de que o Município de Ubatuba não abdicou de suas obrigações constitucionais.
O Estatuto da Cidade, lei complementar à Constituição estabelece que o plano diretor deverá englobar o território do município como um todo (art.40-par.2º.).
Os conflitos previsíveis com a aplicação do plano de manejo pelo Governo do Estado poderão ser minimizados se os órgãos municipais e os agentes públicos cumprirem também a sua parte, dentro da legalidade, para que a o Parque da Serra do Mar participe do processo que poderá transformar Ubatuba num município com desenvolvimento sustentável e não se torne abrigo de guetos incontroláveis.

quarta-feira, dezembro 07, 2005

Edição Extra!



Interrompemos nossa programação para dar uma informação de última hora. O presidente Roosevelt acaba de comunicar que forças do Império do Japão desfecharam um devastador ataque aéreo contra a base aeronaval de Pearl Harbour, no Hawai. O ataque causou inúmeras baixas entre as tropas americanas e destruiu a maior parte das forças navais estacionadas no Pacífico. Assim que tivermos mais detalhes voltaremos a informar.

7 de dezembro de 1941
Ubatuba Víbora

“TODOS AMAMOS UBATUBA”

Corsino Aliste Mezquita - Professor*
Os filósofos platônicos, ao dissertarem sobre o amor, concluem que, só amamos as pessoas e as coisas que vislumbramos possuidoras do bom, do belo, do prazeroso, do complementar de nossas necessidades e do realizador de nossos anseios. Só procuramos ou desejamos possuir aquilo que amamos. Esses amores, quando se trata de um município, podem ser qualificados como inatos ou adquiridos, Inatos para os que aqui nasceram e se criaram. Adquiridos para aqueles que foram atraídos por algum dos atributos relacionados pelos filósofos platônicos.
Aqueles que aqui nasceram e se criaram amam a Ubatuba que os viu nascer e crescer e manifestam esse amor recordando os encantos, o naturalismo e o bucolismo do banho de rio ou de mar, da pescaria, da caçada no meio do mato, da balada inocente e pura, das manifestações folclóricas, da segurança, das portas e janelas sem fechaduras, trancas e grades, etc. etc. Aquela paz e natureza pura e perdida cantada e poetizada por Idalina do Amaral Graça.
Naturalmente sofrem quando observam, aquela Ubatuba, sendo destruída e vendo, a nova Ubatuba, decorrente da imigração desordenada e da exploração imobiliária, descuidada, maltratada, esquecida, cheia de problemas que, não são enfrentados como deveria e poderia ser. Gostariam transportar para a atualidade, da primeira Ubatuba, aquilo que pode ser preservado, ver, a segunda Ubatuba, limpa, bem cuidada, bem administrada e seus homens públicos interessados na solução de seus problemas. Isso não acontecendo todos sofrem. Cada um manifesta o seu sofrimento e seu amor contrariado de uma forma. Alguns o fazem mostrando, aos poderes constituídos, os erros, falhas, omissões, etc. O fazem arrastados pelo seu amor a Ubatuba, mesmo sabendo que, estão se expondo a perseguições dos mais diversos tipos e modalidades. Sabem que esse é seu direito e, é dever, das autoridades, ouvi-los e respeita-los.
Maioria dos atuais moradores de Ubatuba, não nasceram no município. Foram atraídos, para estas terras, por ofertas de trabalho, possibilidades de investimentos, clima, recomendação médica, vida mansa, com qualidade e retirada. Segundo os filósofos platônicos, impulsionados pelos seus amores. Todos também manifestam seu amor de alguma forma e sabem que morar, investir, votar, produzir, pagar impostos, participar da vida do município, etc, são indicadores do cumprimento dos deveres sociais e geradores do direito de reivindicar, dos poderes constituídos, educação, saúde, segurança, transportes coletivos, cidade limpa e cuidada. Todo isso feito com dedicação, qualidade, competência, eficiência, honestidade e transparência. Tem consciência de seu direito a serem respeitados.Assim agem, por amor a Ubatuba.
Nessa Ubatuba multi-racial, pluri-cultural, cheia de contrastes e diferenças não pode esperar-se consenso, unicidade de pensamento e de opiniões. Pensar em impor, esse consenso, com perseguições a quem reivindica, amordaçando a imprensa, desenvolvendo uma linguagem mítica e afirmativa de que tudo, no governo, está muito bom e dividindo, os cidadãos, em dualidade maniqueísta, entre os que pensam como os governantes e tem seus mesmo credos e aqueles que pensam de modo diferente, é, no mínimo, absurdo, desrespeito às diferenças e o caminho para o fracasso.
Os governantes democratas, bem intencionados, que procuram o bem comum sabem que, só quem mostra os erros e indica soluções, colabora para o progresso e o desenvolvimento.
Esses devem ser ouvidos e meditar suas críticas e constatações. O administrador que assim procede acertará em suas decisões. Já quem só ouve bajuladores estará chamado à paralisação e ao atraso.
Nossos administradores devem manifestar seu amor a Ubatuba (que certamente existe) cuidando melhor, investindo melhor, sendo transparentes, honestos e respeitando todos aqueles que, também amam Ubatuba, e manifestam seu amor criticando erros, solicitando esclarecimentos do duvidoso, sugerindo soluções e se expondo a retaliações. Assim procedem porque amam Ubatuba. Todos que, em Ubatuba, moramos, amamos-la e a desejamos cada vez mais próspera.

* Ex-secretário da Educação de Ubatuba

Fertilidade



Dizem que no Brasil "em se plantando dá". Eis um exemplo vivo de que o aforismo faz sentido. O perigo é enfiar o pé na jaca, o que pode trazer dissabores a quem o faz. Quando você for ao prédio da prefeitura, pare e observe essa magnífica árvore. E não fique tentado, é propriedade do governo...

Sidney Borges

Fique por dentro



Eis a face oculta da Maria Comprida, obra-prima da artesania local. Vá até a prefeitura visitar a canoa mais famosa de nossa terra, bonita por fora e por dentro, como atesta a foto.

Sidney Borges

Editorial

CPI da folha de pagamento

Na sessão da Câmara de ontem, 6 de dezembro, foi apresentado o relatório da CPI que investigou desvios na folha de pagamento da prefeitura. Coincidentemente, no mesmo dia a cidade teve conhecimento de outra tentativa de fraude, de mesma natureza. O autor, um jovem estagiário, prontamente identificado, responderá pelo crime. O relator da CPI, vereador Jairo dos Santos, do PT, fez a leitura das conclusões finais do documento, conforme o rito regimental. Foram apenas sete páginas, o presidente da CPI, vereador Ricardo Cortes, do PV, pediu para que fosse suprimido o restante. Ricardo Cortes também pediu adiamento da votação por uma sessão, no que foi atendido pelos demais vereadores. A iniciativa dará a eles a oportunidade de examinar o relatório com a atenção que o documento requer. Embora Jairo dos Santos pretendesse que o relatório fosse votado de imediato, teve de aceder ao pedido de adiamento. Ainda na sessão de ontem o vereador Charles Medeiros, do PSB, falou sobre a nova fraude, ou melhor, sobre a tentativa. Charles disse que houve preocupação evidente com a segurança do sistema. A ação imediata da prefeitura indica que o sistema está menos vulnerável. Charles ao fazer essa colocação estava respondendo ao vereador Jairo dos Santos que ao terminar a leitura afirmou que nada havia sido feito para melhorar a segurança e que o problema continuava. O que podemos dizer a respeito é que a atitude do vereador Ricardo Cortes demonstrou maturidade política. O relatório de mais de cem páginas precisa de tempo para ser lido e assimilado, anter de ser votado. Na semana que vem, na última sessão ordinária do ano, a votação deverá finalmente acontecer. O relatório deverá ser aprovado.

Sidney Borges

Motociclismo

Motociclistas do Brasil se encontram em Ubatuba no 9º Motorcycle

O Cruz de Ferro Motoclube realiza nos dias 10 e 11 de dezembro o 9º Motorcycle, tradicional encontro de motociclistas na cidade de Ubatuba. O evento acontece pela primeira vez em uma praia, e a escolhida é a Vermelha do Norte. “Resolvemos mudar o visual, já que sempre nos reunimos no centro. A Vermelha do Norte é uma praia muito bonita e o pessoal vai gostar muito do local”, disse Luiz Roberto Sant'anna de Paula, o Beto, presidente do Cruz de Ferro.
A expectativa, segundo o presidente do Clube, é reunir aproximadamente 300 motoclubes de todo o Brasil. “Já temos confirmação de pelo menos 250 motoclubes. Outros devem confirmar presença no decorrer da semana”, garantiu Beto. Os encontros realizados anteriormente já trouxeram a Ubatuba motociclistas do Acre, e até da cidade de Viamão, no Rio Grande do Sul. Para o encontro deste ano a confirmação mais distante, até o momento, veio de Brasília.
Entre as atrações, shows de rock e gincanas. Haverão ainda estandes com peças, acessórios e roupas. Os motociclistas que quiserem acampar, terão uma área reservada. O 9º Motorcycle tem o apoio da Prefeitura Municipal de Ubatuba e da Associação Comercial e Empresarial de Ubatuba.

O clube

Fundado em 29 de outubro de 1997 em Ubatuba, o Cruz de Ferro Moto Clube é uma entidade de conotação motociclística, sem fins lucrativos, destinada a ensinar aos seus integrantes a prática do moto turismo, criando uma auto confiança nos motociclistas no que diz respeito a se aventurar nas viagens, quer seja em grupo ou até mesmo sozinho, e a ter sempre o ideal companheirismo e respeito pelos demais cidadãos. O clube possui facções no Vale do Paraíba, em Tremembé e em Paraty (RJ). PMU

Educação

Vestibulinho do Tancredo movimenta estudantes de Ubatuba e região

A Escola Municipal Tancredo de Almeida Neves realizou no último domingo, 4, as provas do Vestibulinho 2006. Cerca de 400 alunos disputaram as 180 vagas disponíveis para os cursos técnicos de Administração, Contabilidade, Secretariado e Turismo. Alunos de outras cidades do litoral vieram tentar vagas nos cursos. Vários alunos chegaram após o fechamento dos portões e ficaram impossibilitados de prestar o exame. Alguns deles chegaram a acionar a polícia, que nada pôde fazer diante do fato. “Os horários constavam do edital e foram divulgados pela imprensa, não havia motivo para reclamações”, disse a diretora da escola Rose Barboza Marangoni. Os resultados serão afixados na escola no dia 3 de janeiro e as matrículas poderão ser feitas a partir desta data. PMU

Folias de Reis

Grupos de Folias de Reis iniciam visitas às Capelas

“25 de dezembro, quando o galo deu sinal
que nasceu menino Deus, numa noite de Natal”
Cantiga de Folia de Reis

Ubatuba continua na luta para manter vivas as tradições. Começaram, nesta semana, mais precisamente no dia 5, as visitas das Folias de Reis a 28 presépios de capelas espalhadas por toda a cidade. O projeto, desenvolvido pela Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba (Fundart), propõe resgatar as cantigas seculares em saudação ao nascimento de Jesus, reativar os grupos das Folias e incentivar a montagem dos presépios nas capelas, que também estava sendo deixado de lado.
Atualmente, existem seis grupos de Folias de Reis em Ubatuba, contando com instrumentos bem típicos, como o machete, um tipo de cavaquinho caiçara, a rabeca, espécie de violino, também produzido pelos nativos, viola, pandeiro e caixa, um instrumento parecido com a zabumba. Além das capelas, os grupos visitam também as casas dos moradores que apreciam a tradição. Segundo Mário Gato, um dos foliões, as visitas são feitas mediante convite. “Tem casas que a gente já está costumado a visitar, mas sempre tem casas novas para ir. É só chamar a gente e deixar o bolo com café prontinhos, que a gente vai cantar, com a maior alegria!”
Segundo Nei Martins, folclorista da Fundart, a Folia de Reis é uma das manifestações de cunho religioso e cultural mais antigas do país. “Em 1583, o Padre Cardin já citava a presença de grupos de Folias de Reis no Jornal “O Carapuceiro”, o primeiro do Brasil. Como é de seu costume, o folclorista pesquisou as origens da Folia de Reis em Ubatuba e registrou as memórias dos caiçaras mais antigos, para que “as tradições não se percam em meio à modernidade.”

Cigarra cantou, afina a viola!
Por Nei Martins

“No mês de novembro, quando as cigarras começavam a cantar, papai dizia:
- Meu filho, tá na hora de afinar a viola pra cantar os Reis! Eu era rapazinho e ficava contente, porque acompanhava meu pai nas andanças da cantoria de Reis. Naquele tempo não tinha estrada, nem luz. À noite, eram usados fifós (tochas feitas de bambu com azeite de nogueira dentro) para clarear o caminho. Então, as pessoas que não cantavam os Reis carregavam os fifós. Era aquela procissão de madrugada, uma beleza! Ah, meu Deus, que saudades!”

Ozório Antônio de Oliveira, nascido em 1899, morador do Sertão do Promirim

Calcula-se que a tradição da Folia de Reis tenha chegado em Ubatuba por volta de 1846, época em que o rico fazendeiro, Manoel Baltazar da Cunha Fortes construía sua residência. Ele trouxe do Rio de Janeiro a mão de obra especializada para essa construção. O caiçara Sr. Manoel Hilário Prado, nascido em 1909, diz que seu avô contava que “os camaradas (trabalhadores) do Baltazar Fortes eram bons cantores e tocadores de violas e que também conheciam umas músicas lindas em homenagem ao nascimento de Jesus”.
Com o passar do tempo, muitos agrupamentos de foliões surgiram em Ubatuba e que foram acrescentando elementos novos à cultura caiçara. A partir dos anos 70, quando o desenvolvimento da cidade se acentuou devido à chegada da luz elétrica e da BR 101, essa pratica foi desaparecendo e acabou por ficar adormecida até 1997. Naquele ano, a Fundart promoveu uma noite de cantorias para exaltar a figura do menino Jesus, em um presépio montado no mesmo casarão onde tudo começou. Apenas dois grupos se apresentaram nessa ocasião, porque poucas pessoas tinham o conhecimento das letras. No ano seguinte, a proposta de recuperar essa manifestação foi estendida aos bairros, como forma de incentivar a armação de presépios. PMU

Melhor Idade

Jogos da Melhor Idade de Ubatuba terminam neste fim de semana

Competição definirá equipe para os Jogos do Idoso em 2006

Os atletas de Ubatuba que pretendem participar dos Jogos do Idoso em 2006 irão disputar nos próximos dias 9 e 10, a última etapa dos Jogos da Melhor Idade. No dia 9, às 8h30, acontecem as disputas do atletismo, no estádio Municipal Ciccillo Matarazzo. Os atletas e acompanhantes terão um ônibus à disposição, que sairá do Ginásio de Esportes Tubão, às 8 horas. Ainda na sexta-feira, acontecem as disputas de buraco e malha, na quadra da piscina, à partir das 13 horas. No sábado, 9, serão realizadas as provas da natação, vôlei adaptado, bocha e dominó, à partir das 8h; as disputas de tênis de mesa, damas e truco começam às 13h. A competição que fecha os Jogos da Melhor Idade de Ubatuba é a Dança de Salão, que acontece no Ginásio de Esportes Tubão à partir das 18h. Em seguida acontece a cerimônia de premiação e todos participantes do projeto Atividade Física e Cidadania participarão de um jantar de final de atividades, que deve reunir aproximadamente 400 pessoas. Os Jogos da Melhor Idade são promovidos pela Secretaria de Esporte e Lazer em parceria com o Fundo Social de Solidariedade. PMU

Visita ilustre



Ministra em Ubatuba - A Secretária Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, ministra Matilde Ribeiro participou no último sábado, dia 3, do encontro Quilombos do Brasil, realizado na Praia da Caçandoca. Na foto, a ministra posa ao lado do vice-prefeito Domingos dos Santos e da chefe de gabinete, Silvana Niel, que trabalhou incansavelmente para que o evento nacional realizado em Ubatuba tivesse o êxito almejado. PMU

Manifestação jovem

Sou uma das jovens que estava presente na manifestação contra a construção de uma cobertura fixa na feirinha de “artesanatos e afins” de Ubatuba. Me envolvi em tal movimento pois cansei de ver nossa cidade sendo usada como moeda de campanha eleitoral e que em momento algum foi capaz de pensar em um projeto maior que abranja toda a cidade, cansei de ver obras aqui e ali sem sentido algum, sem projeto algum, sem no mínimo pensar numa cidade próspera. Do que adianta cumprir promessa de campanha só para conseguir mais meia dúzia de votos paras as próximas eleições? São atitudes como essa que levam nossa cidade para um poço cada vez mais fundo e escuro, são exemplos: a questão da praia grande, a questão da orla do Itaguá, da feirinha de “artesanato e afins”, dos carrinhos de lanche, do “parque de diversões”. Não nego a importância de todos esses empregos nem das famílias que dali tiram seu sustento, mas nem essas famílias nem os políticos que lhe prometeram tais obras possuem uma visão de futuro. Sendo Ubatuba uma cidade que vive do turismo a prioridade que lhe cabe é manter um mínimo de beleza para os visitantes. Sendo, além de turística, litorânea, essa beleza se resume a praia, a orla. É uma infelicidade pois uma das coisas mais horríveis de nossa cidade é a situação da avenida da praia do centro até o Itaguá e que se repete na Praia Grande.
O caso da feirinha de “artesanato e afins” é séria pois se enquadra em todos esses aspectos de promessa de campanha que ocorre em Ubatuba. Uma futura cobertura instalada ali ferirá a todo um projeto maior de arquitetura e urbanismo que poderia ser implantado. Mas seguindo o princípio de promessa e alcance de votos esse projeto se torna impossível pois não carrega uma grande massa de votos.
Nossa manifestação portanto vem reivindicar o caso específico desta feirinha mas carrega consigo a revolta de todo um contexto de tradicionalismo que impede e sempre impediu projetos interessantes para nossa cidade. Queria exigir a publicação do tal projeto da cobertura da feirinha de “artesanato e afins” pois a população comum tem o direito de avaliar o que pretendem fazer com nossa cidade.
Nosso grupo não quer destruir lares de família nenhuma só quer ao menos conscientizar a população que a participação democrática é fundamental para quebrar normas estabelecidas e enraizadas na política de Ubatuba.
Através desta carta deixamos um aviso: nossa reivindicação hoje é específica mas estamos de olho em tudo que “não fazem” com a nossa cidade e pretendemos exigir um grande projeto de futuro para Ubatuba.
O Trombini que nos aguarde...

Isis Andreatta - 17 anos

terça-feira, dezembro 06, 2005

Tentativa de fraude

E agora José?

Político sem mandato não é nada. Pode até pensar que é, ficar iludido, mas na prática não é. Quem viveu os tempos “colloridos” sabe do que estou falando. Naquela época ainda não existia TV a cabo nem Internet. Nas noites dos domingos o Fantástico reinava absoluto. Era difícil assistir ao desfile idiota de frases estúpidas nas camisetas do presidente. Ao lado o séqüito de puxa-sacos, sempre liderados por um magrelo barbudo, o maior exemplo de “papagaio de pirata” da história da República. Depois a corrida com o presidente-atleta, sempre de cenho franzido. Um quadro patético. O fato é que hoje Collor pode andar despreocupadamente por qualquer cidade brasileira, ninguém vai incomodá-lo nem pedir nada. A Globo finge que ele não existe. Rei morto, rei posto. Viva o novo rei, o sapo-barbudo. No âmbito partidário ainda pode restar ao político sem mandato um ambiente de massagem no ego. Mas é sem efeito real, como se fosse sexo virtual, de mentirinha. Isso o político sem mandato só percebe depois de algum tempo. No começo ainda resta uma espécie de inércia de poder, os serviçais fiéis continuam mostrando submissão e o político sem mandato faz de conta que ainda é dono do osso. Em breve José Dirceu viverá a experiência.

Sidney Borges

Prevaricação?

Mara Gabrilli é tetraplégica. Em março de 2003, ela conversou com o presidente Lula, na casa dele. O encontro durou cerca de 20 minutos. Na ocasião, teria contado sobre o esquema de corrupção em Santo André, na prefeitura de Celso Daniel. Lula fazia perguntas, assessores anotavam o que ela dizia. Lula disse que tomaria providências, prometeu averiguar o caso, mas não deu retorno. Mara acusou o ex-secretário de serviços municipais, Klinger de Oliveira Souza, de cobrar propina da empresa de transporte coletivo “Expresso Guarará” de propriedade da família dela. Rosângela Gabrilli, irmã de Mara, já depôs na CPI dos Bingos, no dia 23 de novembro e confirmou a história da propina. Hoje Mara Gabrilli prestou depoimento na CPI dos Bingos e chorou ao lembrar da pressão sofrida por sua família.

Sidney Borges
Com agencias de notícias

CPI

Hoje, na sessão da Câmara, será apresentado o relatório da CPI que investigou desvios na folha de pagamento da prefeitura. Devido ao conteúdo extenso do documento deverá ser solicitado novo adiamento, a exemplo do que aconteceu na sessão passada. A votação poderá ficar para o ano que vem. A posição é coerente. Analisar com critério um alentado volume, de extrema gravidade, repleto de meandros jurídicos, demanda tempo. Há também o fato do prefeito ter sido mencionado como omisso por não impedir a fraude, item do qual a maioria dos vereadores discorda. Como dizia Ulisses Guimarães, “na Câmara, quem tem maioria, faz o que quer, só não faz mulher virar homem, nem homem virar mulher”. Valendo o raciocínio do relatório inicial, alguém poderia acusar o presidente Lula de prevaricação por não ter impedido o recente desfalque no INSS. O autor foi um estagiário de dezoito anos, caso amplamente divulgado pela imprensa.

Sidney Borges

Charles Medeiros em ação

Charles Medeiros encaminha reivindicações ao deputado Arnaldo Faria de Sá.

O Vereador Charles Medeiros PSB de Ubatuba, mantendo sua luta em defesa dos interesses da comunidade, e buscando sempre abrir portas junto às esferas dos Governos Federal e Estadual, obteve importante apoio do deputado federal Arnaldo Faria de Sá. Charles teve boa impressão do deputado quando o mesmo esteve em Ubatuba na abertura do 3º Salão de Artes Plásticas. Após um bate papo rápido sobre as necessidades do município, Arnaldo Faria de Sá de pronto se colocou á disposição de defender os interesses da comunidade de Ubatuba junto aos Governos Estadual e Federal, fato de grande relevância para o nosso município. Na ultima semana, o vereador teve importante conversa com o deputado, onde solicitou apoio na área da saúde, reivindicando recursos para nossa Santa Casa e para Assistência Social. Arnaldo Faria de Sá é extremamente sensível às causas sociais, tem um longo histórico em defesa da comunidade, “não podemos perder esta oportunidade de ajudar a população de Ubatuba”, afirmou Medeiros.
Fonte: Assessoria Charles Medeiros

Nepotismo

Está tramitando na Câmara de Vereadores de Ubatuba o Projeto de Lei nº 119/05, do Ver. Marcos Demo – PSC, que proíbe, nas esferas do Poder Executivo e Legislativo Municipal, a admissão em cargo de provimento em comissão e de confiança na Administração Direta e Indireta, de cônjuge e parentes de 1º e 2º graus, do Prefeito, Vice-Prefeito, Secretários e Vereadores, a partir do Mandato e Legislatura de 2.009, com Emendas do Ver. Jairo dos Santos – PT.

A respeito, enviamos ao presidente da Câmara a seguinte mensagem eletrônica:

"Sr. Presidente, a lei orgânica municipal (04.04.90), no § 1o. de seu art. 11, diz que "Não poderá votar o Vereador que tiver interesse pessoal na deliberação, anulando-se a votação se o seu voto for decisivo". Sendo assim,não seria interessante, ético, necessário e IMPRESCINDÍVELpublicar a relação dos vereadores que têm parentes em 1o. ou 2o. grau, não concursados, em atividade na Câmara e/ou no Executivo, ANTES da votação do Projeto de Lei 119/05? Até mesmo ANTES de qualquer adiamento? Há vereadores nessa situação? Eles serão realmente impedidos de votar? Serão convocados os suplentes? Destes, não haverá algum na mesma situação (com parentes)?
O assunto merece resposta a esses questionamentos. um abraço:

malheiros/josé marques

"Parece-nos que a sociedade deveria ser melhor informada sobre o assunto, especialmente quanto a proibição expressa no art. 11 da Lei Orgânica.Além disso, não terá havido outros projetos envolvendo "interesse pessoal" (termo expresso na Lei Orgânica) de algum vereador? As votações, nesses casos, terão sido lícitas?

Carlos Malheiros
RG 1024820431 - SSP/RS
augustomalheiros@ig.com.br

José Marques Mendes
RG 3484798 - IFP/RJ
jose.marques.mendes@itelefonica.com.br

Os Reis e as Rainhas d’O Guaruçá



Luiz Moura
A existência da "diversificação de atrações" é um fator positivo para o desenvolvimento turístico de uma região. Em grande quantidade, amplia as opções à disposição do visitante, possibilitando a ocupação total do seu tempo de permanência. A sensação de não ter feito tudo o que poderia (e desejava) em sua estada, por falta de tempo disponível, fará com que queira voltar em uma próxima oportunidade. Bem tratado, teremos nele um elemento divulgador de valor incomparável.
O item "Criar uma nova identidade para Ubatuba, que seja mais abrangente." constante no tópico Turismo, do "Diretrizes do Programa de Governo - Resgate Ubatuba" preparado por Eduardo César (PL) em conchavo com o PT (Partido dos Trabalhadores), mostra que "Ubatuba - A Capital do Surf" não abarca toda a potencialidade que temos. Proponho, portanto, a elaboração de um concurso com a participação de toda a comunidade para a escolha de um slogan condizente.
O Código Mundial de Ética do Turismo em seu item 4: Turismo, fator de aproveitamento e enriquecimento do Patrimônio Cultural da Humanidade, reafirma que a "atividade turística deve ser concebida de forma a permitir a sobrevivência e o desenvolvimento de produções culturais e artesanais tradicionais, bem como do folclore, e que não provoque a sua padronização e empobrecimento".
A cultura viva praticada pela comunidade no seu dia-a-dia é um insumo turístico importante. Cabe aos agentes do desenvolvimento turístico proverem a sua manutenção e incentivarem o seu crescimento.
Na sexta-feira (2), fui presenteado com uma apresentação especial da Companhia de Reis do grupo O Guaruçá. Difícil falar da emoção sentida. Sensações como estas, proporcionadas por pessoas que lutam para resgatar e manter as tradições caiçaras, não se esquecendo da evolução que se faz necessária, são indescritíveis.
Agradeço aos componentes do "grupo folclórico e alegórico" O Guaruçá: Agnaldo dos Santos, Ana Maria, Julinho Mendes, Luiz Ballio, Marcelo Brasileiro, Mariza Muniz e Mariza Taguada pelo carinho. Sou honrado pelo grupo, que adotou o nome da primeira revista eletrônica do Litoral Norte Paulista e que também tem como objetivo a divulgação da cultura caiçara.
Conclamo os governantes de plantão a assumirem as obrigações de fazer inerentes aos cargos ocupados. Já está "mais que na hora" de arregaçar as mangas e iniciar a trabalhar. Um ano já passou...

Foto: Arquivo UbaWeb

Prevenção ao Câncer de Pele

SAPO-UBA faz plantão para informações sobre o Câncer

No próximo dia 9, sexta-feira, das 10 às 17 horas, no Calçadão do Centro, a ONG SAPO-UBA - Sociedade de Apoio ao Paciente Oncológico de Ubatuba, fará plantão para prestar esclarecimentos sobre a doença e sobre a entidade.
Desta vez, em parceria com a Secretaria de Saúde de Ubatuba, integrada à Campanha Nacional da Sociedade Brasileira de Dermatologia de Prevenção ao Câncer de Pele 2005, contará com o apoio da médica dermatologista, Drª Marina Midori, que passará todo o tempo dando informações sobre o câncer de pele.
Segundo a dermatologista o sol é imprescindível para o desenvolvimento de todos os seres vivos, sendo fonte de energia, bem-estar e saúde, porém, a exposição excessiva pode acarretar diversas alterações cumulativas e progressivas na pele que poderão desencadear até um câncer de pele: “Como a incidência dos raios solares está cada vez mais agressiva, recomenda-se todo tipo de medidas de proteção para evitar-se exposição excessiva”, explicou.

Veja os cuidados recomendados pela doutora Marina para a prevenção do câncer de pele:
  • Uso de protetores solares com FPS mínimo de 15, com reaplicações freqüentes, até de 2/2 horas, conforme banhos de mar ou transpiração.
  • Dar preferência aos protetores cuja embalagem conste proteção para UVB e UVA (muitos só filtram UVB)
  • Uso de chapéus e camisetas nos horários mais críticos
  • Evitar exposição no intervalo das 10 às 16h(horário de verão) devido pico de intensidade da radiação UVB.
  • Crianças devem usar protetor solar a partir dos 6 meses de idade.
  • Existem protetores solares apropriados para uso infantil cuja fórmula é diferente das formulações para adultos,sendo altamente protetora e menos alergizante.(só não são muito usadas por adultos devido o aspecto mais opaco, sendo portanto, por um motivo mais cosmético)
  • As barracas na praia devem ser de algodão ou lona, que absorvem 50% da radiação UV. Já as de nylon,deixam passar 95% da radiação UV.
Direito e Cidadania

A SAPO-UBA vai prestar também outros esclarecimentos sobre como a lei pode amparar os pacientes e seus familiares desde o diagnóstico até sua reintegração à comunidade, com melhor qualidade de vida. PMU

Perspectiva no Desenho

Fundart promove oficina sobre Perspectiva no Desenho

O arquiteto francês François Guérin realizará, em Ubatuba, no próximo dia 10, um workshop voltado para arquitetos, artistas plásticos, decoradores, designers e pintores artísticos. O tema da oficina é “A Perspectiva no Desenho” e tem como objetivo apresentar o uso da perspectiva de forma prática, com um método simples. A parte teórica da oficina acontecerá no Casarão do Porto, a partir das 10 horas. A prática será treinada na nova Praça das Artes, em frente à Câmara Municipal, aproveitando o dia de sua inauguração. Esse trabalho é mais uma iniciativa do Grupo Setorial de Artes Plásticas da Fundart e já foi apresentado também no último dia 19, em Paraty, fazendo parte da programação do Festival de Artes Plásticas de Paraty 2005.

A importância da perspectiva no desenho

A perspectiva é uma ciência aplicada ao desenho para representar objetos tridimensionais num plano bidimensional, baseado num conjunto de leis e métodos fundados na geometria.François explica que o desenho é um meio de expressão que acompanha a vida das pessoas desde a infância. Com o tempo e à medida que se adquire conhecimentos, o traço se afina passando por várias etapas, até que a representação dos objetos se aproxima da realidade. Neste processo, aprendem-se as noções básicas de desenho em cursos de geometria e arte durante a formação escolar. “Agora, nessa oficina, trataremos das leis da perspectiva, permitindo uma compreensão melhor da realidade visual. Serão vistas, preliminarmente, explicações de conceitos fundamentais para um bom entendimento do tema. Observação e percepção corretas ajudam na elaboração de um desenho bem construído”.

A evolução da perspectiva

Na Antiguidade, as pessoas tinham a noção de perspectiva, mas ignoravam as regras cientificas.O encontro da Arte e da Ciência na Itália do Século XV (Renascimento) é o momento do conhecimento e divulgação da perspectiva. Em 1443, o arquiteto Leon Battista Alberti elaborou uma teoria da perspectiva baseada no conceito de raio luminoso, ou cone visual. Esse conceito é a base da construção legítima. Em 1500, Leonardo Da Vinci se interessou pela perspectiva, utilizando uma construção geométrica, chamada método de pavimentação na representação do piso.Em 1525, o alemão Albrecht Dürer elaborou uma teoria das representações, chegando a idéia de projeção. De fato, a perspectiva é uma projeção cônica num plano vertical do objeto visto pelo observador. Em 1545, o arquiteto Sebastiano Serlio mostra o processo de transferência dos pontos na “perspectiva artificialis”, passando do circulo em vista frontal ao oval em perspectiva, ou elipse. Em 1799, o matemático francês Gaspard Monge desenvolveu a geometria descritiva. Ela consiste em representar um volume num plano só, usando duas projeções ortogonais: a elevação e a planta. PMU

Encontro com prefeito e secretários


A reunião teve a presença de importantes lideranças comunitárias

Associações de Bairro participam de encontro com prefeito e secretários


Praticamente todos os presidentes de Associações de Bairro de Ubatuba participaram, na manhã do último sábado, do 2º encontro das entidades realizado este ano com o prefeito Eduardo César e secretários municipais. Durante o evento, que aconteceu na Escola Tancredo, os representantes das sociedades amigos de bairro de Ubatuba puderam acompanhar apresentações de algumas secretarias, a exemplo do Turismo, Saúde, Educação e Esporte, onde foram abordadas as ações realizadas durante o ano e alguns projetos para 2006, além de um vídeo sobre Plano Diretor e uma explanação sobre o projeto de congelamento da Prefeitura. Na segunda parte do evento, o prefeito ouviu perguntas dos presidentes das associações. Entre elas, porque a prefeitura ainda não melhorou as ruas da cidade; se a prefeitura está preparada para as chuvas fortes da temporada e quais os motivos da demora na implantação do sistema de esgoto no município. Sobre o esgoto, o prefeito lembrou que se trata de obras do governo estadual realizadas através da Sabesp e que várias reuniões já foram realizadas, a última inclusive com a presença do superintendente do órgão. “Vamos continuar gestionando junto a Sabesp, buscando a agilização destas obras”, reforçou o prefeito, fazendo um convite às associações para que se engajem neste movimento.

Operação tapa buracos

Quanto aos questionamentos dos presidentes sobre a situação das ruas da cidade, com muitos buracos, o prefeito voltou a explicar a questão do embargo da usina de asfalto. “A usina de asfalto da prefeitura foi embargada pela Cetesb neste ano porque havia suspeita de contaminação do solo da região. Essas irregularidades vem se arrastando há anos e agora estamos viabilizando uma série de obras para que o asfalto seja feito sem prejudicar o meio ambiente e conforme determina a lei”, esclareceu o prefeito. Eduardo César lembrou também que agora falta muito pouco para que a usina volte a funcionar e a prefeitura possa retomar a operação tapa buracos e mesmo o recapeamento de algumas ruas. “As fortes chuvas que têm castigado nosso município ao longo deste ano aliado ao asfalto de qualidade duvidosa que fizeram em anos anteriores deixaram as nossas ruas nesta situação lamentável”.


Prevenção a enchentes

O prefeito informou também aos presidentes de associações que um grande trabalho de limpeza de rios e valas está sendo feito na cidade para evitar transtornos com as chuvas de verão. Uma escavadeira hidráulica S-90 que está no município através de uma parceria com o DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica), do Governo do Estado está viabilizando um grande trabalho de aprofundamento de leitos de rios e serviços da dragagem para evitar possíveis enchentes. “Este trabalho fará com que tenhamos mais segurança e tranqüilidade, principalmente para os moradores da região da Praia Grande, Toninhas, Perequê-Açu, Lagoinha e Maranduba”, disse o prefeito. O evento, que contou com um agradável café da manhã e música ao vivo foi organizado pela Assessoria de Assuntos Comunitários. “O nosso objetivo foi aproximar os dirigentes municipais das associações de bairro, promovendo um intercâmbio de idéias e a busca de soluções em conjunto para os problemas que infelizmente ainda atingem a nossa população”, afirmou Adilson Lopes, da Assessoria. PMU


 
Free counter and web stats