sábado, agosto 20, 2005

Ique

DENUNCISMO?

Miriam Tabarro
Logo depois das declarações de Rogério Buratti, ex-secretário do intocável ministro Palocci em Ribeirão Preto, ouvi vários pronunciamentos pedindo “um pé atrás”, “cautela”, “muito cuidado” na aceitação de suas palavras. Isso para não melindrar a grande” pilastra” do governo que é a economia do país. Eles tem uma certa razão, já que a integridade do ministro foi duramente atingida e, por ele, muitos colocam a mão no fogo.
Porém, me pergunto se esses depoimentos mais recentes, como por exemplo, sobre as doações vindas de empresários ligados ao jogo, aos Bingos, para a última campanha de Lula, não são, muito mais do que denuncismo, a verdade que só agora começa a aparecer?
É mesmo denuncismo, mas no sentido de “dar a conhecer”, sem a conotação pejorativa que o termo também inclui. Melhor prestar bastante atenção, e com julgamento equilibrado. Talvez eles tenham revelações importantes a fazer e nós, influenciados pela resistência dos que não querem a verdade, não saibamos ouvir.

Gênios

Eu provocador?

Ontem um petista me acusou de parcial e provocador. Devo fazer um desconto. Foi um petista jovem. No verdor da inexperiência, acredita em quimeras e falácias. Aprendeu na escola que o marxismo é a redenção de todos os males e que o PT é um reduto sagrado de anjos imaculados. Sem paciência para confrontar o paredão de insensatez, pedi que trouxesse provas. Evidências de que o PT não praticou atos desabonadores. Subsídios de que Genoino saiu injustamente da direção do partido, Dirceu não aparelhou o Estado, Delúbio não usou caixa dois, Silvinho não traficou influência. Se surgirem tais informações e ficar comprovado que tudo foi um enorme mal-entendido, dou o pescoço para ser cortado. Antes da eleição de Lula eu perguntei inúmeras vezes a petistas próximos como seriam cumpridas as promessas dos programas de Duda Mendonça. Eles elogiavam o desempenho de “Lulinha paz e amor”. Nos cantos riam cúmplices da ingenuidade do povo e pensavam: o “fuherer” vai enganar a burguesia. Quando ele estiver no poder eles vão ver o que é bom. Com petistas é difícil conversar. Falta racionalidade. Sobram dogmas. Nunca consegui travar uma discussão civilizada sobre o embuste que foi a campanha de Lula. Donos da verdade me olhavam com desprezo. Do alto da superioridade dos ungidos, fugiam da raia. Quando respondiam pouco se aproveitava da torrente de chavões e frases feitas. Pensar dói. É melhor comprar uma versão, viver com ela e por ela e morrer com a certeza de ter desperdiçado a vida por falta de coragem de encarar o desafio da dúvida. É assim que age a intelectualidade brasileira. Ainda patina no sonho da sociedade marxista, quase vinte anos depois da remoção dos escombros da desastrosa experiência soviética, o paraíso igualitário que desmoronou por absoluta incompetência. O PT foi uma fase, que embora dolorosa trará benefícios. O país finalmente vai compreender que o Muro de Berlim caiu. É o limiar do século XX, pois ainda estamos no XIX, embora o calendário mostre outra realidade. O país passou muito tempo sem perceber que a corja que se escondia atrás da moralidade queria apenas se arrumar. E fazer festinhas com as “recepcionistas” de dona Jeanne Corner, que tem nome inglês e sotaque da Paraíba. De uma coisa eu tenho curiosidade. Com que cara Lula vai pedir “menas maracutaia”?

Sidney Borges

Corra, Lula, corra

André Petry
Eram os deuses uma quadrilha? Eram os deuses da ética, os deuses da moralidade pública uma corja de assaltantes disfarçada sob um manto vermelho? Eram eles apenas um grupo de salteadores que assaltava – em reais ou em dólares, com donos de bingo ou donos do lixo, nos cofres públicos ou nos cofres privados – com três objetivos claros: financiar um projeto de poder, comprar o apoio de deus e o mundo e, como ninguém é de ferro, dar uma embolsada num pedaço da grana para ter um carro melhor, morar num apartamento mais amplo...? Era disso que se tratava o tempo todo? De um bando de propineiros?

Corra, Lula, corra.

"Lula é mestre em esconder a sujeira embaixo do tapete", disse Hélio Bicudo, na avaliação mais forte, mais aguda e mais sólida ouvida neste escândalo todo. O jurista Hélio Bicudo, do alto de sua intocada biografia de 83 anos, do alto de sua militância petista de 25 anos, do alto da dignidade de quem combateu de frente os esquadrões da morte em plena ditadura militar, disse que Lula é mestre em esconder a sujeira! Mestre!

Corra, Lula, corra.

O presidente da República não consegue dar uma explicação satisfatória sobre seu empréstimo de 29.000 reais junto ao PT. E lá se vai um mês. O presidente da República não consegue dizer como fez, para que fez, quem pagou e com que dinheiro. Agora mesmo, o ex-tesoureiro do PT dá um depoimento e, além de confessar que a campanha do presidente foi parcialmente financiada com dinheiro de caixa dois desembolsado pelo onipresente Marcos Valério, afirma que os 29.000 reais do empréstimo – provavelmente – vieram dos recursos do fundo partidário. Quer dizer que o fundo partidário serviu para dar dinheiro ao mestre? O mesmo mestre cujo filho conseguiu vender sua empresinha por 5 milhões de reais a uma grande companhia telefônica?

Corra, Lula, corra.

Que saudade do tempo em que a banheira de Benedita da Silva era um escândalo ético no PT. Naquela época, já se sabia do escândalo do caso Lubeca (propina de 200 000 dólares, São Paulo, 1989), já se sabia das denúncias de que o compadre de Lula andava achacando empresários interessados em prestar serviços às prefeituras petistas, mas ainda não se falava em rios de dólares indo e vindo por paraísos fiscais. Não se falava de mensalão no gabinete do presidente da República. Não se falava de Antonio Palocci recebendo, como prefeito de Ribeirão Preto, 50 000 reais por mês – ou, na cotação petista, um João Paulo Cunha mensal!

Corra, Lula, corra.

No filme de Tom Tykwer, a personagem Lola tem vinte minutos para conseguir 100.000 marcos e salvar a vida do namorado – mas sua corrida incessante pelas ruas de Berlim pode ter três resultados distintos. Corra, Lola, Corra quer dizer que cada passo, cada esquina, cada detalhe, cada escolha que fazemos pode mudar todo o resultado final.

Eram os deuses uma quadrilha? Eram os deuses apenas um bando que morre de medo de um doleiro abrir a boca?

Corra, Lula, corra. Os vinte minutos ainda não se esgotaram, mas se esgotam já, já.

(VEJA Edição 1919 ; 24/08/2005)

Da Internet

Notícias da Prefeitura

Alunas dos cursos de Geração de Renda iniciam comercialização de produtos

Dia dos Pais e festa popular serviram como teste para recém-formadas dos cursos promovidos pela Secretaria de Assistência Social

Alunas dos cursos de Geração de Renda promovidos pela Secretaria de Assistência Social puderam colocar em prática o que aprenderam nas aulas de culinária promovidas no primeiro semestre. Durante o Festival da Paz (ocorrido entre os dias 11 e 13), algumas alunas puderam comercializar produtos como pães artesanais, balas de coco e biscoitinhos caseiros, entre outros quitutes. Segundo a secretária de Assistência Social, Kátia Nunes, a aceitação dos produtos foi muito boa. “Foi uma prova de fogo e as meninas se saíram muito bem. Teve gente que fez até encomenda dos produtos”, disse a secretária. Segundo a Secretaria a idéia é colocar sempre que possível um stand nas festas populares de Ubatuba.


Dia dos Pais

Alguns pais de funcionários públicos receberam um presente diferente no último domingo. As alunas dos cursos de Geração de Renda prepararam algumas cestas com pães e biscoitos para o café da manhã. Em parceria com o Fundo Social de Solidariedade, que ofereceu as cestas aos funcionários do Gabinete, trinta e oito cestas foram confeccionadas. As alunas optaram por reverter o dinheiro arrecadado em material para o aprimoramento técnico. “Fizemos apenas algumas para teste, e as pessoas acabaram gostando tanto que no final havia pedidos para mais cestas, mas o tempo era curto”, disse Sandra Nogueira Neto, chefe de Ação Comunitária da Secretaria de Assistência Social. Denise César, presidente do Fundo Social de Solidariedade e uma das idealizadoras da cesta do Dia dos Pais acha que o projeto deve continuar. “Vamos incentivar as alunas a preparar cestas para outras ocasiões, como Natal e aniversários. Essa experiência foi válida e deve se repetir”, disse a primeira dama. PMU

Vôlei de Ubatuba entra em quadra domingo

Partida acontece em Pinda e técnico está confiante

O Vôlei de Ubatuba volta a quadra neste domingo para o início das atividades do segundo semestre da LIVOVALI (Liga de Vôlei do Vale do Paraíba e Litoral Norte). A primeira equipe a entrar em ação é a mirim feminino, do técnico Geraldo Vanoni. As meninas de Ubatuba vão até Pindamonhangaba enfrentar a equipe da casa, em partida que acontece às 14h.Geraldo tem boas expectativas quanto aos resultados que podem ser obtidos. “Acho que as meninas têm condições de atingir um bom resultado na competição. Tivemos o primeiro semestre para trabalhar e as meninas estão bem entrosadas. Entramos na disputa com chances reais de medalha”, analisa o treinador.Na primeira fase, Ubatuba enfrenta, além de Pinda, as equipes do Atleta Cidadão (11/09), Jambeiro (25/09), São Sebastião (01/10, Mogi das Cruzes (08/10), Taubaté (09/10) e Tênis Clube (29/10). Os jogos contra as equipes Atleta Cidadão, Jambeiro, Taubaté e Tênis Clube serão disputados no Ginásio de Esportes Tubão. PMU



Profissionais de Saúde Bucal realizam Fórum em Ubatuba

Uma radiografia da realidade foi feita e ações já começam a ser realizadas, com o objetivo de melhorar o atendimento no município

No início deste mês, aconteceu em Ubatuba, o 1º Fórum de Discussão para Profissionais de Saúde Bucal da Rede Municipal. Neste encontro, um esboço da realidade no município foi traçado e a partir disso, foram discutidas propostas relacionadas ao desenvolvimento das ações de saúde bucal. O resultado do Fórum foi encaminhado à Secretária de Saúde com metas que podem ser atingidas em curto, médio e longo prazo. O objetivo da discussão foi o de aperfeiçoar o atendimento público, de modo que a população seja beneficiada com a melhoria desse serviço e possa contar com um tratamento dentário de qualidade. Diversos debates neste sentido têm acontecido em Ubatuba, objetivando implantar sistemas eficientes de atendimento em Ubatuba. O novo coordenador de saúde bucal do município, Dr. Érico Vasconcelos diz que está abrindo espaços que favorecem a comunicação entre os profissionais. “Tanto os dentistas como os profissionais das categorias auxiliares relataram diversas dificuldades e necessidades sentidas em seus ambientes de trabalho. Essas experiências refletem também as sensações expressadas pela população”.
Ubatuba dispõe atualmente de oito cirurgiões-dentistas, 12 auxiliares de consultório dentário e dois técnicos de higiene dental em exercício na rede. Três cirurgiões-dentistas atuam nas equipes de saúde bucal do Programa Saúde da Família (PSF) dos bairros Ipiranguinha e Maranduba, enquanto os outros profissionais desenvolvem suas ações no Centro Odontológico Municipal. Segundo o Secretário de Saúde, Dr. Marcos Franco, a primeira proposta discutida no Fórum já está sendo encaminhada. “Vamos aumentar o número de equipes de saúde bucal no PSF, de forma a melhorar a cobertura da população ubatubense. A saúde bucal tem sido uma das áreas mais desprivilegiadas neste município e será uma das nossas prioridades nesta gestão", afirma o secretário. PMU



Concurso para escolha do símbolo do Museu do Surf encerra-se dia 8

Os organizadores do concurso para escolha do símbolo do Museu do Surf de Ubatuba avisam que os trabalhos podem ser entregues até o dia 8 de setembro. Nesta primeira fase os trabalhos devem ser encaminhados preferencialmente em folhas no formato A4, não importando a técnica ou material utilizado.Ao fim desse prazo, as dez melhores idéias passam à segunda fase do concurso, onde profissionais da área de design gráfico selecionarão os três melhores. Na terceira fase haverá uma exposição, e o vencedor será escolhido através da votação do público. Os dez melhores trabalhos receberão certificado de participação e o autor da obra vencedora receberá uma prancha que será especialmente fabricada em comemoração ao evento. Os trabalhos podem ser entregues no Centro de Informações Turísticas na Av. Iperoig de segunda a sexta, no horário comercial. PMU



Estudantes de Ubatuba se preparam para os Jogos Escolares da Semana da Pátria

Competições envolvem toda a rede de ensino de Ubatuba

A rede de ensino de Ubatuba prepara-se para a vigésima terceira edição dos Jogos Escolares da Semana da Pátria (JESP). A competição, que envolve os alunos do Ensino Fundamental e Médio (acima de 11 anos) das escolas municipais, estaduais e particulares da cidade acontecerá em duas etapas: a primeira será realizada entre 1 e 10 de setembro e terá disputas de natação, surf, atletismo, tênis de mesa, damas, xadrez, futsal e queimada; a segunda fase do evento acontecerá na segunda quinzena de setembro, com as disputas de vôlei e basquete.
Segundo Fábio Lima, coordenador de eventos da secretaria de Esporte e Lazer, essa divisão tornou-se necessária para melhorar o andamento dos jogos e a segurança do público. “Com o aumento da população da cidade, o Tubão ficou pequeno para o público que vinha acompanhar os jogos, por isso optamos por deixar o basquete e o vôlei para depois. Além disso, alguns atletas também disputavam outras modalidades e os horários coincidiam”, disse o coordenador. Para a edição de 2006 devem acontecer mudanças no sistema de disputa. “As competições de vôlei e basquete deixarão de ser disputadas no sistema ‘mata-mata’. Vamos iniciar as disputas dos jogos coletivos em abril ou maio e dividir as equipes em chaves, classificando os melhores para as finais em setembro. Com isso aumentaremos o nível técnico da competição”, concluiu Fábio. Em 2004 vinte escolas participaram do JESP.
O congresso técnico para elaboração das tabelas aconteceu na tarde de sexta-feira, 19, e as datas e horários devem ser divulgados no próximo dia 23. As disputas da natação acontecerão na Piscina Municipal; o surf terá a Praia Grande como palco; o atletismo será disputado no Estádio Ciccillo Matarazzo; os jogos do tênis de mesa serão disputados na Associação Ubatubense de Tênis de Mesa; o Futsal acontece nas escolas Maria Josefina (Estufa) e José Simeão (Taquaral), enquanto as partidas de queimada, damas e xadrez serão disputadas no Tubão.Os 23º Jogos da Semana da Pátria são uma realização das Secretarias de Educação e Esporte e Lazer.
Joguinhos – Os alunos do Ensino Básico (1ª a 4ª séries) também terão atividades que são os Jogos Escolares Mini / Mirim, os chamados “Joguinhos”, que acontecerão em novembro. Criados para integrar os alunos mais novos nas competições esportivas, os “Joguinhos” chegam a sua terceira edição, com disputas de futsal e queimada. PMU
Reunião discute futuro da Comtur

Proposta de integralização de capital será estudada pelos acionistas da empresa

Uma ampla reunião com os acionistas da Comtur, funcionários demitidos e atuais diretores da companhia, vereadores e representantes da Prefeitura, entre eles, o prefeito Eduardo César, realizada na noite de ontem, 18, discutiu por mais de três horas a atual situação da empresa e os caminhos possíveis para a sua viabilização.
Um diagnóstico da empresa foi apresentado pela diretoria da Comtur. Hoje a dívida da empresa ultrapassa os R$ 2 milhões, sendo que apenas ao INSS, a companhia deve cerca de R$ 1,2 milhão e quase R$ 700 mil de ações trabalhistas. Também foi demonstrado aos presentes os resultados da empresa nos últimos cinco anos. Segundo a diretoria da Comtur, de 2000 a 2004, a companhia teve uma receita de R$ 4.090.169,26, sendo que apenas em dois anos a empresa apurou lucros – no ano de 2000 o lucro foi de cerca de R$ 84 mil e em 2002 de R$ 96 mil. Nos outros três anos – 2001, 2003 e 2004 o resultado foi negativo, totalizando um prejuízo de R$ 287 mil.

Causas do caos


Na avaliação dos atuais diretores da Comtur as causas que provocaram essa situação caótica vivida hoje pela companhia foram a falta de planejamento, a má utilização dos recursos, o descumprimento dos princípios administrativos constitucionais e omissão por parte dos políticos que estiveram a frente da administração municipal e também dos acionistas. As conseqüências, segundo eles, foram o descrédito da capacidade administrativa da empresa perante a sociedade, a inadimplência, a demissão dos funcionários e o prejuízo ao desenvolvimento do turismo de Ubatuba.

Recomposição de capital


Um dos objetivos da reunião foi encontrar uma saída jurídica que permita o pagamento das verbas rescisórias e os salários atrasados dos 30 funcionários demitidos da Comtur há cerca de um mês. A possibilidade apresentada pela Prefeitura requer uma recomposição de capital por parte dos acionistas e que, de acordo com o capital social da empresa, não pode ser inferior a R$ 350 mil. Distribuídos pelos acionistas – 51% do capital pertence a Prefeitura o que equivaleria a ela uma injeção na ordem de R$178.500,00 – cabendo aos acionistas, num total de 49, o valor unitário de R$ 3.500,00.

Proposta mínima


Também foi apresentada pela Prefeitura uma proposta mínima de viabilização da empresa. A proposta inclui a urbanização das praias para o retorno da cobrança da zona azul e conseqüente modernização na forma de se cobrar; redução do quadro de funcionários com aumento de eficiência, a própria recomposição de capital, com atualização do estatuto da companhia e um planejamento dos gastos. Também foi desenhada como poderia ser a forma de cobrança, com venda de cartões (cerca de 80% das vendas) pelos próprios comerciantes do entorno das praias e uma efetiva fiscalização.
Para o prefeito Eduardo César, é preciso virar a página dessa triste história que envolve a Comtur. “Temos hoje uma situação muito complicada e as soluções dependem não só da Prefeitura, mas também dos acionistas e da própria Câmara Municipal”, afirmou o prefeito. Segundo a lei, a integralização do capital, que irá possibilitar o pagamento da rescisão contratual dos funcionários demitidos não pode ser feita apenas pela Prefeitura, por isso mesmo, uma nova reunião com os acionistas já ficou marcada para a próxima semana. “Nessa reunião, os acionistas vão nos dar uma resposta se eles vão lutar para viabilizar a empresa ou se a decisão é pelo seu fechamento”, afirmou o prefeito.

Autoridades

Representando a Câmara Municipal estiveram presentes os vereadores Charles Medeiros, Cláudio Gulli, Luciana Machado e o presidente Jairo dos Santos. Pela Prefeitura, além do prefeito Eduardo César, acompanharam os trabalhos da reunião, o secretário de Assuntos Jurídicos, Dr. Marcelo Mourão e a Assessora de Assuntos Externos, Dra. Denise Martins Silveira. Além dos representantes do Poder Público, usaram o microfone, acionistas, funcionários demitidos, ex-dirigentes da Comtur, o atual presidente, Marcos Gilheta, a contadora da empresa, Mara Cibeli Fragnhani e o advogado dos demitidos, Dr. Dalmo. PMU

Quem é Rogério Buratti

Do Fusca 79 à influência em Brasília
Fundador do PT em Osasco, o advogado Rogério Tadeu Buratti, de 42 anos, chegou a Ribeirão Preto em 1992 a bordo de seu Fusca 79 para ajudar o então candidato a prefeito pelo PT, Antonio Palocci. Apresentou-se como petista de confiança da cúpula por seu trabalho nos gabinetes dos então deputados estaduais paulistas José Dirceu e João Paulo Cunha. Ajudou a eleger Palocci prefeito de Ribeirão Preto em 1992, e, em retribuição, virou secretário de Governo da primeira gestão do hoje ministro (93 a 96).
Em julho de 1994, Palocci recebeu uma fita em que Buratti conversava com empreiteiros, dos quais cobrava comissões de 15%. Em setembro, Palocci o demitiu.
Como amigo de Juscelino Dourado, atual chefe de gabinete do ministro da Fazenda, Buratti montou a BBS Consultores e Associados, tendo Dourado como sócio. Buratti é padrinho de casamento de Dourado. A BBS entrou também no escândalo da GTech. Quando Waldomiro Diniz negociava com a renovação do contrato de R$ 650 milhões com a Caixa Econômica Federal (CEF), Waldomiro disse que só renovaria se a GTech contratasse a BBS e pagasse uma comissão de R$ 6 milhões para Buratti. Barquete morreu em julho do ano passado, de câncer, mas foi levado para a prefeitura de Palocci por Buratti.
O advogado montou também a Assessorarte, com a qual prestou consultorias para uma dezena de prefeituras petistas no Estado. Em 1998, virou diretor da empreiteira Leão & Leão. A empresa passou a fazer serviços de limpeza em várias prefeituras petistas, além de Ribeirão Preto, como Matão, Monte Alto, Sertãozinho. Buratti confessou ontem que pagava propinas a prefeitos, cujas comissões variavam de 5% a 15% do valor dos contratos.
A Leão & Leão já trabalhava na primeira gestão de Palocci, foi mantida na limpeza pública no governo seguinte, e continuou na coleta de lixo quando Palocci se elegeu novamente, em 2000. Nessa altura, Buratti já era o vice-presidente.
A empresa foi a principal colaboradora financeira da campanha de Palocci, com doação oficial de R$ 150 mil. O ministro recebeu, em junho de 2001, o troféu “Dr Leão”, criado para homenagear o fundador do grupo, Manoel Leão, falecido recentemente, e batizou como Doutor Manoel Ferreira Leão Netto um complexo viário que inaugurou em junho de 2001. Quando Leão Netto morreu, em 2001, Palocci decretou luto oficial pela “perda irreparável”.
Buratti só foi demitido da vice-presidência da Leão & Leão em março de 2004, depois que estourou o caso GTech e o seu nome foi envolvido no caso da cobrança de propina de R$ 6 milhões.
Buratti enriqueceu tanto que não tinha como justificar os bens. Do Fusquinha 79, seu patrimônio saltou para R$ 1,4 milhão em 2004. Melhorou financeiramente e se separou da mulher Elza. Arrumou uma namorada loura, chamada Carla, com quem vive atualmente em Belo Horizonte. Buratti a conheceu na mansão alugada no setor Dom Bosco, no Lago Sul de Brasília, pela Leão & Leão. Comenta-se que Carla trabalhava com Jeane Mary Corner, como recepcionista.
Na quebra de seu sigilo telefônico, Buratti tinha o número de Jeane Mary como o que mais ligava em 2004. Depois vinham Marcelo Frazine, diretor da Leão & Leão; Juscelino Dourado, o chefe de gabinete de Palocci; Ralf Barquete e, em quinto lugar, o próprio Palocci, com ligações inclusive para a casa do ministro em Brasília.

Fonte: O Globo

sexta-feira, agosto 19, 2005

Paixão

A literatura está farta de gestos extremos cometidos por um homem apaixonado. Quando à paixão se adicionam apuros com a Justiça, o melhor é passar longe dele.
Rogério Buratti se apaixonou por Carla, uma loura belíssima apresentada a ele pela promotora de eventos Jeany Mary Corner.
Palocci comentara com Buratti a respeito de Carla, a quem conhecera antes numa recepção em Brasília.
Foi amor à primeira vista. Buratti largou a família em São Paulo, montou apartamento para Carla em Belo Horizonte e foi viver com ela. Eram felizes - e ainda não deixaram de ser.
Até que o vírus da desconfiança se inoculou ou foi inoculado no coração de Buratti.
Preso, ontem, em Ribeirão Preto, acusado de ter enriquecido por meios ilícitos, Buratti perdeu a cabeça, negociou com o Ministério Público a delação premiada e começou a contar o que sabe e o que imagina saber.
Sobrou para Palocci.

O texto acima foi publicado originalmente no Blog do Noblat e dá margem a reflexões. A cúpula do PT está resistindo bravamente. Digo isso porque o que estamos assistindo é puro teatro. Os atores tentam provar a quadratura do círculo, isto é querem que acreditemos que depois de vinte anos de convívio promíscuo, Lula era café-com-leite. Não sabia de nada. A farsa prossegue com alguns arranhões e prosseguirá até que os nervos de alguém não agüentem o repuxo. Delúbio nitidamente dopado escorregou na CPI do mensalão. Bastou para complicar mais a vida de Lula. Talvez o elo fraco seja o “Romeu” Buratti, que só pensa naquilo e não quer ir para a cadeia e deixar sua amada para algum aventureiro lançar mão, o que fatalmente acontecerá dados os atributos da moça. De qualquer forma, todos os dias mais um preguinho é acrescentado ao caixão de Lula. A sensação que tenho é que o povo vai formando lentamente um conceito da crise. Quanto mais ela durar, mais descrédito o governo terá, até que as massas saiam às ruas pedindo para que algo seja feito. Vai demorar um pouco, mas como todo evento com probabilidade de acontecer, acontecerá. Quem viver verá.


Sidney Borges

Outra vaca no brejo



Até tu Palocci? Lula logo estará dizendo: - Não me deixem só!

Recado para o Alvelino

Caro jovem:

Entre em contato com o Ubatuba Víbora. Estamos dispostos a ouvir o que você tem a dizer. Iremos aonde você quiser e publicaremos na íntegra o que disser. Em casos como o que você está envolvido, a transparência é fundamental. Garantia de integridade de quem sabe demais. Estamos aguardando contato.

Atenciosamente:

Sidney Borges

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Secretaria de Turismo vem a público esclarecer informações que foram veiculadas pelo jornal Vale Paraibano no último dia 15 de agosto, e reproduzida na íntegra pelo site Litoral Virtual, na mesma data.
Ocorre que o jornal divulgou uma matéria sobre navios internacionais aportando em Ubatuba citando que será a primeira vez que o navio “Endeavour” (o jornal escreveu de modo incorreto, como sendo o “Endvour”), virá a Ubatuba, fato que não foi confirmado pela Secretaria de Turismo.
“Quando o repórter nos ligou, ele já possuía todas as informações de outra fonte, que não foi a Setur. Quando ele nos perguntou se sabíamos do assunto, demos todas as informações corretas, ou seja, dissemos que esta embarcação já esteve na Ilha Anchieta em outras ocasiões, que se tratava de um evento isolado e específico. Quando nos perguntaram sobre Ubatuba receber cruzeiros, informamos que estamos nos preparando para iniciar o procedimento apenas em 2007, como pode inclusive ser lido na mesma matéria publicada pelo Jornal”, informou Luiz Felipe de Azevedo, titular da Secretaria.
“Espero ter esclarecido o assunto, uma vez que algumas pessoas ficaram em dúvida se a matéria havia sido editada pela Assessoria de Comunicação da PMU, mas, como pode ser verificado no site Litoral Virtual da data, a fonte é citada de modo claro. Em contato com o editor do site, Sr. Emílio Campi, fomos informados que foi ele quem colocou as fotos de navios, apenas a título ilustrativo da matéria, e que as mesmas não foram enviadas pela Setur”, finalizou Luiz Felipe.

Fonte: PMU

O Ubatuba Víbora responde:

Anteontem o Ubatuba Víbora recebeu um e-mail do leitor Cristiano Crato que não sabemos quem é, mas desconfiamos quem seja. O tema envolvia Turismo. Na cidade todos sabem quem tem compulsão freudiana pelo tema. A matéria versava sobre um navio que parece linho, mas é linholene. Segundo “Crato”, motivo de propaganda enganosa. Chamem o Conar! Publicamos. Discordar é parte da vida civilizada. Não havia ofensas, então achamos que seria bom despertar a polêmica. Entendemos ser a questão menor, parece coisa de quem gosta de pesquisar pêlo em ovo. Nas democracias, quando uma parte se sente ofendida, deve replicar. Não foi o que aconteceu. Uma leitora irada e raivosa atacou injustamente a imprensa nanica. O Ubatuba Víbora foi chamado de sitezinho insignificante, o que ofendeu profundamente o editor. “Dormirei de botinas em face de tamanha injuria”, disse ele. O Víbora, como é carinhosamente chamado pelos leitores, que reunidos cabem num Karman-Guia, não é, e jamais será um sitezinho. É um bloguinho. Viu, cara de pavio, bloguinho. Blog pequenininho. Como aquela coisa que o seu namorado... Deixa prá lá. O editor, segundo a mensagem, também é insignificante e não passa de um reles “sampaulino”. Aqui mora a contradição. Primeiro xinga, depois faz um elogio rasgado. Incoerência pura. O editor do Víbora é de fato “sampaulino”. Desde que o Tricolor de Poy, De Sordi e Mauro, Dino, Vitor e Riberto, Maurinho Amauri, Gino, Zizinho e Canhoteiro espetou três azeitonas no time da marginal sem número e ganhou o campeonato de 1957. Ele estava no Pacaembu com o avô corintiano, vestindo terno e chapéu. O e-mail falou também que os que escrevem para os sitezinhos deveriam respeitar quem trabalha. Concordamos. Para terminar, o editor do Víbora manifestou apreço ao Felipão. “É um cavalheiro e se não faz mais pelo turismo da cidade, pelo menos tenta”, disse Sidney Borges. Continuou: “Felipão, não vou publicar a carta da sua advogada. Está cheia de erros de português e como você sabe, o Ubatuba Víbora é um “bloguinho” honrado. Sugiro que você desmonte o Cristiano Crato. Mostre que o que ele insinuou é mentira. E compre uma gramática para a sua amiga. Ela está precisando”.

Atenciosamente,

Sidney Borges
Editor do Ubatuba Víbora

Comtur

Na noite de ontem, nas dependências da Escola Anchieta, aconteceu uma reunião para discutir os rumos da Comtur. Estive presente enquanto foi discutido o atacado. O varejo não me interessa e nem à maioria de meus leitores. O que importa é que a empresa vai voltar a funcionar. A intenção da Prefeitura, que detém 51% do capital, é retomar as atividades. Para isso os acionistas deverão integralizar a parte que lhes corresponde do capital, o que redundará em aproximadamente R$ 3500,00 para cada cota. Vai ser difícil. Alguns acionistas disseram não ter dinheiro. Outros temem a ratoeira que levam no bolso e que serve para que não caiam na tentação de colocar a mão lá. Na explanação sobre os novos rumos administrativos, ficou evidente que antes do impasse a empresa se assemelhava a um hospício. Funcionários arrecadavam dinheiro nos estacionamentos, levavam para casa e no outro dia prestavam contas. Sem que houvesse nenhum controle. Quando foi dito isso sai do recinto. Preciso zelar pela minha integridade mental. A Comtur é viável, necessita ser bem administrada. Não pode, em hipótese alguma, ser usada como moeda eleitoreira, como prêmio para correligionários que se aplicam em campanhas. Precisa de gente do ramo, de profissionais que se dediquem exclusivamente a ela. Em tempo integral. E honestos!

Sidney Borges

Notícias da Prefeitura

paulo zumbi

Ao criar novos cursos a Fundart ampliará suas atividades educativas

Fundart amplia cursos

Para o próximo ano Fundação está programando a implantação de novos cursos e a ampliação para outros bairros

A FUNDART (Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba) ampliou seus cursos neste ano e agora alguns bairros de Ubatuba também têm esta opção. Segundo Martiniano Viana, presidente da entidade, no início deste ano a Fundação só oferecia os cursos de ballet, óleo sobre tela e cerâmica. “Nossa proposta foi oferecer ainda mais opções a população. Já conseguimos ampliar o número de cursos e levá-los para alguns bairros. Queremos que cada vez mais todos tenham acesso a arte e a cultura”, avaliou o presidente.
Hoje a Fundart tem em sua sede os cursos de coral, tecelagem, teatro, piano/teclado, flauta, violão, percussão, desenho e aquarela, pintura em tela, cerâmica, ballet clássico, crochê e ler e escrever é viver. As mensalidades variam de R$ 10,00 a R$ 45,00 de acordo com os cursos. Para o curso de coral adulto as aulas são gratuitas.


Nos bairros todos os cursos são gratuitos, sendo eles:


Itamambuca – CERE – teatro, malabares e crochê
Estufa I – EMEI Dinorah – alongamento, entalhe, coral infantil e pintura em tela
Estufa II – sede da SABE – pintura em tela
Marafunda – escola Silvino Teixeira Leite – entalhe, teatro, malabares e crochê
Perequê-Mirim – sede da Associação de Bairro – entalhe, crochê e pintura em tela
Perequê-Mirim - escola Florentina Martins Sanchez - teatro e malabares
Sertão da Quina – campo de futebol – alongamento
Jardim Umuarama – escola Padre Anchieta – coral infantil
Corcovado – sede da Associação de Bairro – teatro e malabares
Para mais informações sobre os cursos e horários os telefones da Fundart são: (12) 3833-7000/7001. A Fundação fica na praça Anchieta, 38, centro. PMU
Reunião com a comunidade define rumos para demarcação de fazendas marinhas

A Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca promoveu, no início desta semana, duas reuniões com o objetivo de traçar os procedimentos a serem adotados em relação à demarcação de áreas de maricultura em Ubatuba. As fazendas aqüicolas serão utilizadas para criação de moluscos como mariscos e vieiras. Os encontros contaram com a presença de diversas entidades afins. Com essa reunião, Ubatuba saiu na frente na implantação dos parques aqüicolas e iniciará a demarcação de áreas nos próximos dias. Ao todo, serão 39 parques, divididos em toda a extensão da cidade. As áreas escolhidas serão implantadas mediante audiências públicas.
Após o mapeamento das áreas, um conselho gestor será criado para estabelecer um plano de desenvolvimento sustentável, além de tratar das questões burocráticas do licenciamento ambiental. Esse conselho será formado por representantes das esferas federal, estadual e municipal, incluindo membros da sociedade civil organizada. O plano municipal de desenvolvimento será responsável por licenciar as áreas para ocupação.
O objetivo do planejamento é promover uma ocupação responsável, evitando o desenvolvimento desordenado que gera a favelização do município e o desequilíbrio ambiental. A secretária municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Valéria Gelli explica que esse planejamento é pioneiro no Brasil e está sendo conduzido em nível municipal. “Nós esperamos servir de exemplo para que os outros municípios do Litoral Norte também apóiem o programa. Aqui em Ubatuba, nós estamos fomentando a participação da comunidade, porque acreditamos que o município só tem a ganhar com o desenvolvimento responsável”. PMU
CMDCA de Ubatuba tem novos representantes

Na noite da última quarta-feira, 17, foram eleitos os novos representantes da sociedade civil para formarem o CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente) de Ubatuba. A eleição, que ocorreu na escola municipal Padre José de Anchieta, contou com a presença de 14 entidades que tiveram direito ao voto.
Foram eleitos como titulares: Guarda Mirim de Ubatuba, 14 votos, Associação Esportiva de Ubatuba, 13 votos, Projeto Namaskar/Amurt, 11 votos, OAB Ubatuba, 11 votos, GAIATO, 10 votos, Fundação Alavanca, 8 votos. Como entidades suplentes foram eleitas: Associação de Defesa do Povo Caiçara, 5 votos, Grupo Escoteiro Iperoig, 4 votos, Igreja Evangélica Ágape, 4 votos e Movimento em Defesa de Ubatuba, com 4 votos.
Tiveram direito ao voto apenas um representante de cada entidade habilitada. As entidades que fazem parte do Conselho devem ser oriundas da sociedade civil organizada sem vínculo a órgãos públicos, de cunho não governamental e com fins filantrópico e assistencial, associações de bairros e clubes de serviços. Uma comissão eleitoral especial foi formada para fiscalizar o processo eleitoral.
CMDCA
O Conselho é criado por meio de lei municipal e é paritário, ou seja, metade de seus membros é indicada pelo poder público local e a outra metade eleita pela sociedade civil organizada, mediante fóruns constituídos por dirigentes de entidades envolvidas com a temática da criança e do adolescente. O número de conselheiros varia de acordo com a lei que cria o Conselho em cada cidade. O Conselho Municipal é por sua natureza órgão normativo, consultivo, formulador, deliberativo e controlador da política de atendimento e promoção da defesa dos direitos da criança e do adolescente. Em Ubatuba o CMDCA é formado por seis representantes da sociedade civil e seis do governo. PMU
Assistência Social de Ubatuba prepara atividades para Geração de Renda

Cursos de capacitação acontecerão também nos bairros

Os cursos de Geração de Renda promovidos pela Secretaria de Assistência Social, que no primeiro semestre capacitaram cerca de 160 alunos, estarão de volta a partir do dia 1 de setembro. Às quintas-feiras, a partir das 14 horas serão ministradas aulas de artesanato e os alunos poderão aprender crochê, tricô, reaproveitamento de tecidos, decupagem em tecido e madeira, fuxico, bolsas, cestaria e sabão. As aulas de alimentos acontecem às terças-feiras, também a partir das 14 horas e os alunos aprenderão a fazer pães doces e salgados, macarrão, derivados de soja, biscoitos, bala de côco, sequilho, glúten, paçoca de pipoca e amendoim.
Atividades nos bairros
Os cursos de geração de renda também serão levados aos bairros. No próximo dia 24 acontece um curso de macarrão na Fazenda da Caixa e no dia 5 de setembro começa um curso de alimentos na Sociedade Unidos do Sertão da Quina.
Em data ainda a ser confirmada, a comunidade da Almada receberá um curso de crochê; cursos de alimentos e artesanato acontecerão no Parque Guarani e Ipiranguinha (em parceria com a Associação de Mulheres); no Sertão do Ubatumirim acontecerão cursos de capacitação; na Missão Jesus é Luz serão realizados cursos de alimentação mensalmente e as 50 detentas da Cadeia de Ubatuba receberão curso de artesanato.
Maiores informações podem ser obtidas através do telefone 3832-6038 PMU
Triathlon é atração esportiva do domingo em Ubatuba

Ubatuba finaliza os detalhes para a etapa do Circuito de Inverno TriPaulista de Triathlon, evento que deverá contar com a participação de 250 triatletas, e acontece neste domingo, 21, a partir das 9 da manhã. A primeira etapa do Circuito foi realizada na USP, em São Paulo e os vencedores foram Antônio Mansur Filho e Carla Moreno que concluíram o percurso em pouco mais de uma hora.
Em Ubatuba, a largada da natação acontecerá em frente ao Centro de Informações Turísticas, e terá percurso de 1,5 km na baía da Praia do Cruzeiro. Em seguida os atletas passam pela área de transição e partem para 40 km de ciclismo num trecho que será percorrido na rodovia Gov. Mário Covas (BR 101), do trevo de entrada da cidade até o bairro do Prumirim, onde será feito o retorno. Na volta, na avenida Iperoig, os atletas deixam as bicicletas na área de transição e partem para 10 km de corrida, sentido Itaguá. A chegada acontece na avenida Iperoig.


Atletas de Ubatuba

A Secretaria de Esporte e Lazer pôde inscrever alguns atletas para disputar a prova, através de uma parceria com a Cia de Eventos, organizadora do Circuito. Os atletas que participarão do Triathlon representando a equipe da Prefeitura Municipal de Ubatuba/Secretaria de Esporte e Lazer são: Denis Alex de Souza Bruno C. Rodrigo, Fernando J.P. Ilário, Marcio S. Gouvêa, Ronaldo T. Silva, Carlos V. Silva, Luiz C.C. Conçalves (individual), Jorge E. Oliveira/ Enerly Fragoso/Antônio de Jesus (Revezamento)

Trânsito

O Serviço Municipal de Trânsito informa que serão necessárias algumas mudanças na área central da cidade. A Rua Professor Thomaz Galhardo estará interditada para o tráfego de veículos em toda a sua extensão no domingo, à partir das 7 horas. Para quem pretende cruzar a Thomaz Galhardo, as opções são avenida Rio Grande do Sul e Rua Cel. Domiciano. A Avenida Iperoig também estará interditada no trecho compreendido entre as ruas Liberdade e Conceição. A opção é a rua Salvador Corrêa.
A previsão é que por volta das 13 horas o trânsito possa ser liberado nas duas vias. Na rodovia Gov. Mário Covas (BR 101) haverá faixas de sinalização no trecho de ciclismo, pedindo atenção aos motoristas. PMU

Utilidade Pública

Atenção, papai e mamãe: este sábado é dia nacional de combate à poliomielite!

Em Ubatuba, 90% das crianças de 0 a 5 anos já tomaram a primeira dose no mês de junho, em diversos postos e unidades de saúde do município. O ideal é que sejam vacinadas 100% das crianças, para afastar totalmente o risco de poliomielite. Nesse sábado, dia 20, acontece a segunda etapa da Campanha de Vacinação. Toda criança de 0 a 5 anos deve ser vacinada e os pais devem procurar o posto de saúde mais próximo de sua casa. Essa doença está sendo erradicada no mundo, mas o vírus ainda existe em alguns lugares, por isso, é fundamental que todas as crianças sejam vacinadas.
A poliomielite, ou paralisia infantil, como também é conhecida, é uma doença contagiosa, transmitida pelo poliovírus através das vias aéreas superiores, caracterizada por causar uma paralisia de início súbito, geralmente em membros inferiores. Os sintomas da poliomielite são: febre, mal estar, dor de cabeça, acompanhada ou não de paralisia.
No início da década de 80, houve uma grande incidência da doença no Brasil, deixando milhares de deficientes físicos por ano. No fim dos anos 80, a doença foi controlada na maior parte do mundo, devido às ações de imunização. Ainda hoje, pode-se observar um grande número de pessoas com a síndrome pós-pólio, seqüelas deixadas pela infecção.
O objetivo das campanhas de vacinação em massa é produzir uma extensa disseminação do vírus vacinal, que competirá com a circulação do vírus selvagem, interrompendo a cadeia de transmissão da doença. A coordenadora da vigilância epidemiológica, Eliana Arantes, diz que, “embora não tenhamos mais a doença em nosso país, a vacinação é o único meio de manter ausente a circulação do vírus no meio-ambiente.”.
É importante que os pais ou responsáveis não esqueçam de levar a caderneta de vacinação da criança. PMU

quinta-feira, agosto 18, 2005

Um mau exemplo

Roberto de Mamede Costa Leite
Subscrevo, integralmente, a matéria e as conclusões do Dr. Herbert Marques, em UM MAU EXEMPLO'. Atrevo-me a acrescer ser necessário a OAB providenciar, via departamento competente, providências no sentido de reponsabilizar e exigir as conseqüencias legais dos culpados. Caso, 'sponte propria', o MP não dê andamento às providências de estilo, que a mesma OAB o provoque. Que a Corregedoria da Câmara, também, seja mobilizada pelos meios e por quem de Direito. Enfim, esperemos que as autoridades competentes atuem, independemente de convocação ou convite. E que tudo, dentro destes novos tempos que se insinuam, seja feito com a publicidade que a população de eleitores, contribuintes e cidadãos em geral, merecem.
r-mamede@uol.com.br

Dialética petista

- O senhor é amigo do presidente da República? - perguntou um deputado a Delúbio Soares.

- Tenho muita admiração pelo presidente - respondeu Delúbio.

- Não foi isso que perguntei. Perguntei se o senhor é amigo dele, goza da intimidade dele...

- Ele foi presidente do PT. Eu sou militante do PT.

- Não foi isso que perguntei. Perguntei se o senhor é amigo pessoal dele...

- É isso o que tenho a responder...


Nota do Editor - O diálogo surrealista acabou de acontecer na CPI do mensalão. E pensar que a nação deu um voto de confiança a pessoas que têm a cara-de -pau de agir como faz esse senhor Delúbio. Com testemunho televisivo. O resultado o Ibope já está apontando. Lula ficaria em quarto se os outros três candidatos fossem do PSDB, o maior rival do PT. O Partido dos Trabalhadores vai aos poucos se desmanchando num oceano de contradições e hipocrisia. Está repugnando a nação. Repilo!

Sidney Borges

CPI

Paulo Ramos, ex-prefeito de Ubatuba, depôs ontem na CPI que investiga o "rombo na folha de pagamento". Disse que não sabia de nada. Anteriormente, Zizinho Vigneron, também ex-prefeito, afirmou o mesmo. Nada diferente do que disse o atual prefeito, Eduardo César, que prestou depoimento como convidado. Ninguém sabe de nada e nesse caso, não há o que duvidar. A CPI só vai chegar a alguma conclusão quando o banco onde foram feitos os pagamentos abrir o bico. Basta verificar em quais contas o dinheiro foi parar. A Prefeitura tentou fazer isso, mas não conseguiu. O banco negou informações. Inexplicavelmente, segundo o próprio Prefeito. Afinal de contas, o que todos querem é a verdade, que como dizia o grande filósofo Fernando Collor de Mello, deve ser obtida “duela a quien duela”. O vereador Ricardo Cortes, presidente da CPI, não compareceu ao depoimento do ex-prefeito Paulo Ramos. Deve uma satisfação à cidade.
Foto: Arquivo

Sidney Borges

Mentirinhas ubatubanas

Cristiano Crato
Não sei porque tanto esforço (endeavour) em enganar com a fabricação de notícias que não condizem com a verdade. No artigo publicado no Litoral Virtual do dia 15 com o título "Ubatuba entra este ano na rota dos cruzeiros internacionais" foi anunciado que isto acontecia pela primeira vez.
Depois de ler o artigo do leitor Dalzel Bernardino Bueno Camargo (Litoral Virtual do dia 17), eu duvidei que um navio daqueles (2) passasse por Ubatuba por dois anos sem que ninguém mais visse. Eu pesquisei na internet e descobri que a verdadeira cara do Endeavour é essa que está ao lado (1) e não aquela publicada (2). Como podemos ver não é nenhuma Brastemp, mas para os pesquisadores interessados em outras coisas, deve ser uma maravilha.
O secretário de Turismo de Ubatuba demonstra um empenho (Endeavour) exagerado em noticiar que os navios estão chegando, como se o cargo dele dependesse só disso. Não sei dizer se ele perdeu o sentido da verdade ou pegou o gosto pela mentira. Estou vendo que ele faz de tudo para manter o cargo a qualquer preço e se esquece de se empenhar em informar corretamente.
Alguém precisa dizer para ele que ninguém engana todo mundo o tempo todo, ou melhor nobody deceive everybody every time. Já que ele errou até no nome do navio, eu castigo o meu inglês.

1 - Endeavour e 2 - Foto publicada como se fosse o Endeavour.

Charles Medeiros em ação

Esporte local é reconhecido pelo Legislativo

Foram aprovadas por unanimidade, na última sessão do dia 16, duas moções de autoria do vereador Charles Medeiros, que tratam de um tema que vem despertando interesse em todas as esferas da sociedade. Esporte.
Segundo o vereador, "temos que colaborar no que for necessário para que o esporte se torne matéria essencial em nosso município, pois temos excelentes atletas em nossa cidade, muitos deles sem o apoio devido. Ubatuba vem se destacando positivamente na mídia através das inúmeras conquistas realizadas e a cada dia descobrindo novos talentos".
Compareceram ao plenário da Câmara para receber as moções José Bittencourt Júnior (Secretário de Esportes Municipais), que possibilitou condições e apoio necessário para que os atletas participassem dos últimos Jogos Regionais do Estado de São Paulo, realizado na cidade de Caraguatatuba.
Também foram agraciados com moção os atletas e professores da equipe JÊ Ginástica e Dança Ubatuba, estendendo-se a todos os atletas e profissionais envolvidos. Foram eles os responsáveis pelos excelentes resultados obtidos nas últimas competições realizadas em Paraibuna - SP, conquistando a 1ª, 4ª e 5ª colocação, num evento da maior importância.

Fonte: Assessoria Charles Medeiros

UM MAU EXEMPLO

Herbert Marques
A imprensa noticiou e os escombros não deixam mentir, a grave manifestação de alguns dos moradores do bairro da Maranduba que, insuflados por vereadores do bairro puseram fogo em um parque temático ali existente já há algum tempo. Alegaram que tratava-se de área da área da União e estava sendo ocupada por empresa particular em detrimento dos cidadãos comuns onde lhes é garantido o acesso à praia. Péssimo exemplo dos tais homens públicos que poderão, além de responder por perdas e danos por parte da empresa prejudicada, sofrer sanções penais inclusive com perda de mandato.
A duras penas conseguimos construir uma nação que goza de pleno estado de direito, embora ainda falte muito para considerarmos um país civilizado o suficientemente para que o dinheiro público não seja objeto de cobiça de partidos e homens públicos. Contudo já vencemos a fase de fazer justiça com as próprias mãos, mesmo porque justiça é atribuição do Estado e este está aparelhado para, pelo menos em parte considerável, atender aos anseios da sociedade.
Ubatuba é uma cidade com cerca de cem mil habitantes, localizada entre os maiores centros do continente – São Paulo e Rio – e com boa formação cultural para não permitir uma barbárie dessa, principalmente vinda de homens públicos, eleitos pela sua sociedade. Se realmente foram os políticos nomeados pela mídia os responsáveis por esse verdadeiro atentado ao patrimônio público, nós estamos mal servidos de representantes, mesmo porque quem tem que dizer o que é público e o que é privado sãos os poderes constituídos que devem se pronunciar e até mesmo agir, de forma legal. Instigar a massa a fazer justiça com as próprias mãos não é papel de político sério e existe reserva legal para esse tipo de comportamento. É uma questão de esperar o resultado que deverá vir para desestimular outras açodadas manifestações.
18?ago/05

"Quem foi Hans Staden"?

Concurso na rede municipal de ensino estimula o aprendizado da história de Ubatuba durante as comemorações da Semana Hans Staden

Ubatuba - Com o objetivo de divulgar a importância de Hans Staden na história de Ubatuba, a Secretaria Municipal de Educação promoverá na rede municipal de ensino concurso "Quem foi Hans Staden?". Poderão participar do concurso todos os alunos do Ensino Fundamental da Rede Municipal, divididos nas seguintes categorias:
- 1º série e 2º série do 1º ciclo: Desenho
- 1º série e 2º série do 2º ciclo: Texto
- 5º e 6 séries: Pesquisa
- 7º e 8º séries: Poesia
- Educação Especial
- EJA e suas respectivas séries
A inscrição se efetivará na entrega dos trabalhos, até as 18 horas do dia 22/08/2005 na Secretaria Municipal de Educação.
O processo de seleção contará com uma comissão formada por 1 supervisor de ensino, 2 coordenadores da secretaria de educação; 2 professores de educação artística e 2 professores de ensino fundamental da rede municipal.
A avaliação será pautada nos quesitos criatividade, conteúdo, apresentação e coerencia e pertinencia ao tema tratado.
Aos 51 finalistas serão oferecidos certificados de participação, e os prêmios para os mesmos serão divulgados posteriormente.
Além do concurso, caravanas de alunos participarão da exibição do filme "Hans Staden", no Cine Porto Itaguá, que franqueará a entrada para a rede municipal, incentivando o conhecimento e aprendizado da história de Ubatuba para os alunos.
Projeto de Lei - A Semana Hans Staden é uma iniciativa do vereador Charles Medeiros, que através do Projeto de Lei 039/05 lei 2681/05, instituí no município de Ubatuba a “Semana Hans Staden”, a comemorar - se a cada ano, no mês de agosto, período em que se desenvolverá uma programação de atividades e eventos, ligada ao homenageado.
São objetivos da “Semana Hans Staden” a realização de uma série de programas relacionados aos eventos de intercâmbios culturais, históricos, educacionais, ambientais, esportivos e turísticos, bem como intercâmbios empresariais com Homberg, Estado de Hessen, cidade alemã origem do homenageado.
Os eventos e programas serão realizados por uma comissão de membros da comunidade ubatubense, com o apoio da iniciativa privada.
Fonte: Litoral Virtual

Notícias da Prefeitura

arquivo

As perigosas abelhas africanas, que podem até matar, foram removidas
Defesa Civil retira enxames de abelha africana em Ubatuba

A Defesa Civil tem sido acionada para retirar enxames de abelhas em diversos locais da cidade. Essa é uma época em que os insetos estão construindo suas colméias. Na semana passada, as abelhas invadiram a varanda de uma casa no bairro Jardim Carolina e uma madeireira no Bairro Perequê-Açu.
O trabalho de retirada da colméia demorou cerca de 12 horas, devido ao local onde estava. Foi retirado um volume de duas caixas de abelhas de um grande amontoado de madeiras que estava no local. O chefe da Defesa Civil, Pedro Marciano, explica que o trabalho é demorado porque exige muito cuidado para o enxame não debandar. “Nós temos que encontrar a abelha rainha e colocá-la dentro da caixa, para que as outras a sigam. No caso da madeireira, o acesso à colméia estava difícil, tivemos que tirar toda a madeira para alcançá-las”.
As abelhas costumam escolher um local protegido e fresco para fazerem suas colméias e costumam chegar de uma vez. Caso isso ocorra, a Defesa Civil orienta a população a solicitar o serviço de retirada. “As abelhas africanas são muito perigosas, podem até matar. Se uma pessoa inexperiente, sem a roupa adequada tentar retirá-las, elas atacam todos que estão por perto”, explica Pedro. PMU
Ubatuba é destaque na revista Aventura e Ação

Utilizando o conceito: “Vai para a praia? Deixe a prancha e a parafina em casa”, a revista aborda outras opções que a cidade oferece além das praias

Neste mês de agosto a cidade de Ubatuba foi destaque na revista de circulação nacional Aventura e Ação. A foto de capa traz o Pico do Corcovado com o guia de turismo de Ubatuba, Gabriel, observando a vista que o lugar proporciona. Segundo o secretário municipal de Turismo, Luiz Felipe de Azevedo, a revista aborda um segmento ainda não muito explorado em Ubatuba. “É mais um passo histórico em Ubatuba. Saímos do lugar comum e oferecemos muitas outras belezas do nosso município além de sol e praia”, avalia o secretário.A matéria de cinco páginas, intitulada “Ubatuba para quem não surfa” destaca as belezas da cidade com dicas de trilhas, caminhadas, mergulho, remada, pedaladas, boulder e trekking, com fotos de mergulho na praia do Bonete Grande, remada na praia da Almada e trilha no Corcovado.
A revista Aventura e Ação será o veículo oficial do Adventure Sport Fair, que acontecerá de 25 a 28 deste mês em São Paulo. O Adventure é o maior evento de Esportes de Aventura da América Latina, recebendo milhares de pessoas de outros países. Ubatuba estará inserida na feira em conjunto com o Sebrae, divulgando o Circuito Litoral Norte Paulista.
Outro destaque A revista deste mês ainda destaca em sua edição, numa foto de duas páginas, a dupla global Dani Monteiro e Sabiá durante uma exibição radical na 2ª Etapa do Circuito Chevrolet Montana de Pára-quedismo realizada no começo de julho deste ano em Ubatuba. PMU
Exposição de trabalhos sobre posse responsável de animais termina nesta sexta-feira

Redações e desenhos participaram de concurso promovido pela Associação Protetora dos Animais de Ubatuba

Termina nesta sexta-feira, 19, a exposição de alguns trabalhos de alunos da Rede Municipal de Ensino que participaram da promoção que escolheu um nome para o cão símbolo da APAUBA (Associação Protetora dos Animais de Ubatuba). O nome foi escolhido através de concurso que reuniu mais de cinco mil sugestões segundo Evely Reyes Prado, voluntária da Associação. “Foram mais da cinco mil idéias de nomes para nosso mascote. Muitas delas vieram através de alunos da Rede Municipal de Ensino, por meio de redações e desenhos, dos quais selecionamos alguns para essa exposição”, disse Evely.
O objetivo do concurso foi promover a conscientização nas crianças sobre a posse responsável de animais domésticos. O nome vencedor (ARC - iniciais de Amigo, Responsável e Carinhoso) veio de uma aluna da Rede Municipal. “Vamos manter essa parceria, contando com a ajuda dos professores. Tentaremos promover diversos concursos de redações e desenhos sempre com o tema ‘Posse Responsável’”, finalizou Evely. O mural com os trabalhos dos alunos encontra-se no saguão de entrada do Paço Municipal. PMU
Entidade de apoio ao paciente com câncer realiza movimento no calçadão

A SAPO-UBA - Sociedade de Apoio ao Paciente Oncológico realizará, na próxima sexta-feira, dia 19, um movimento de conscientização e divulgação dos trabalhos da entidade no município. O evento acontecerá no calçadão da avenida Maria Alves e está destinado aos portadores de câncer, seus pacientes e amigos e às pessoas interessadas em participar da sociedade.
A idéia de montar uma sociedade de apoio surgiu há algum tempo, com um grupo de mulheres portadoras de câncer, que perceberam as dificuldades pelas quais pacientes e familiares passam em Ubatuba, por falta de profissionais e entidades especializadas. Durante um fórum realizado na semana da mulher, a Coordenadoria Municipal da Mulher lançou a proposta, que foi bem aceita pela comunidade e por autoridades do município. Em junho, a entidade já começou a funcionar.
A sociedade será uma Oscip (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público), um tipo de organização que tem como principal característica fazer parcerias com o poder público e a iniciativa privada. A SAPO tem o apoio da Secretaria Municipal de Saúde e da Coordenadoria da Mulher da Prefeitura de Ubatuba. PMU



Atletismo abre Jogos da Melhor Idade

A Secretaria de Esporte e Lazer em parceria com o Fundo Social de Solidariedade de Ubatuba realiza neste final de semana a abertura do Torneio da Melhor Idade. O evento será disputado em três fases - a segunda e terceira acontecem em outubro e dezembro - e os participantes vão somando pontos conforme a classificação obtida. Os vencedores de cada categoria representarão Ubatuba nos Jogos Regionais do Idoso em 2006, em cidade ainda a ser definida.
No dia 19, às 9h começa a competição de atletismo, no estádio Municipal Ciccillo Matarazzo. A cerimônia de abertura está marcada para o Ginásio de Esportes Tubão, às 18h30. Na seqüência acontece o concurso de Miss e Mister Melhor Idade. O concurso definirá os representantes de Ubatuba para a disputa estadual de 2006. Os candidatos serão avaliados em beleza, elegância, simpatia e desenvoltura em duas categorias, 50 a 59 anos e acima de 60 anos. Cerca de trinta candidatas concorrerão ao Título de Miss Ubatuba Melhor Idade. Entre os homens o número de inscritos é menor: até a manhã de quarta feira, apenas cinco haviam garantido inscrição.
No dia 20, à partir das 9h, no Tubão e na Piscina Municipal acontecem as disputas das demais modalidades: bocha, buraco, damas, dominó, malha, natação, tênis de mesa, truco, vôlei adaptado e xadrez.

Dança de salão

Ainda no sábado, só que a partir das 18h30, no Tubão, acontece a competição de Dança de Salão. Os casais deverão se apresentar em três ritmos - valsa, fox e samba - e os jurados avaliarão sete requisitos: ritmo, sincronismo, elegância, leveza, graciosidade, criatividade e diversificação de passos.
Antes da prova acontecerá apresentação de grupos de dança locais.A entrada para os eventos no tubão é um quilo de alimento não perecível, que será encaminhado ao Fundo Social de Solidariedade. PMU



Campeonato Dentinho realiza terceira rodada neste sábado

O campeonato da Escolinha Municipal de Futebol Municipal da categoria Dentinho realiza a terceira rodada neste sábado, 20. As partidas do grupo A acontecem no Estádio Municipal Ciccillo Matarazzo, a partir das 10 h, enquanto o grupo B terá as partidas acontecendo no campo do Horto.
A equipe do Chaveiro Ligeirinho ocupa a liderança do grupo A com seis pontos enquanto o time de Smidi Calçados ponteia o grupo B. A artilharia do torneio pertence a Ricardo, do Ligeirinho, com sete gols, seguido de Orlando, do Quiosque Pica-Pau, que marcou quatro vezes. Os goleiros menos vazados são Carlos, do Ligeirinho e Mark da equipe Jija Auto Posto.
Confira a rodada deste fim de semana: Grupo A – Quiosque Pica-Pau X Casa Globo, Porto Marina X Chaveiro Ligeirinho, Pousada Ubatuba Paradise X Kutelak, Ismael Comida Caseira X Ubadesklimp. Grupo B – Smidi Calçados X O Madeireiro, Mercado 24 Horas X Auto Posto Jija, Calçados Fernandes X Restaurante Baleia Branca. PMU

quarta-feira, agosto 17, 2005

Notícias da Prefeitura

divulgação

A demolição de construções em áreas de preservação inibirá invasores
Casa construída em área de preservação é demolida

A Prefeitura Municipal de Ubatuba efetuou na manhã desta terça-feira, 16, a demolição de uma construção que se encontrava em Área de Preservação Permanente na Vila Indaiá, a segunda área congelada em Ubatuba.

Em maio deste ano, quando foi feito o congelamento da Vila Indaiá, o local foi vistoriado por técnicos que fizeram um mapeamento físico do local, medindo as moradias e situando a localização delas através de GPS e distância entre as casas. Naquela ocasião foi afixada uma placa na vila avisando aos moradores que a área estava congelada e que qualquer nova construção ou ampliação estaria sujeita a demolição.
Na semana passada, a Polícia Ambiental foi até a área, efetuou nova medição e constatou irregularidades em uma construção. O proprietário da casa em questão havia dado continuidade a obra mesmo após o congelamento, o que provocou a ordem de demolição. “A prefeitura tem que cumprir a determinação da lei que proíbe construções nessas áreas. Conseguimos chegar a um consenso onde o proprietário entendeu a irregularidade e mesmo tendo prejuízo concordou com a demolição”, disse Claudinei Salgado da Assessoria de Assuntos Comunitários e coordenador do projeto de congelamento da Prefeitura.
Essa foi a segunda construção a ser demolida dentro do projeto de congelamento da Prefeitura de Ubatuba. No final de julho, uma casa construída em Área de Preservação Ambiental (APP) no loteamento irregular conhecido como Parque Guarani também foi demolida. A casa estava desocupada e, segundo vizinhos, a moradora da área morreu há algum tempo. “A Prefeitura fez a demolição para que não haja novas invasões no local”, afirmou Claudinei Salgado, da Assessoria de Assuntos Comunitários, responsável pelo projeto de congelamento da Prefeitura de Ubatuba.
PMU



Justiça manda demolir casas na Praia da Fazenda

Juiz concedeu prazo de dez dias para demolição espontânea das edificações; caso isso não ocorra, determinou que a prefeitura em conjunto com a Polícia Florestal e Instituto Florestal promovam a demolição.

Na semana passada, o juíz da 1ª Vara Cível de Ubatuba determinou a demolição das edificações existentes na Praia da Fazenda, na área conhecida como Canto da Paciência, pertencente hoje ao Parque Estadual da Serra da Mar. Na intimação, o juiz estipula um prazo de dez dias para que as pessoas (cerca de 30) procedam espontaneamente a demolição das casas existentes e caso não cumpram essa ordem, ficou determinado também que a Prefeitura, auxiliada pela Polícia Florestal e Instituto Florestal proceda a demolição, desocupação e limpeza dos lotes.

História antiga

A Ação Civil Pública, promovida pelo Ministério Público do Estado de São Paulo teve início em setembro de 1996, ainda no primeiro mandato do ex-prefeito Paulo Ramos. A ação alegava que foi realizado um parcelamento irregular do solo através de vendas de frações e abertura de rua (loteamento clandestino). No mês seguinte, em 10 de outubro, foi concedida uma liminar proibindo novas construções no local, sendo proibida também a permanência de pessoas nas construções já erguidas, bem como a realização de qualquer atividade no local, seja de fracionamento do solo, seja de ocupação. A justiça determinou ainda o bloqueio da matrícula imobiliária da área para impedir todo e qualquer outro registro e averbação, já que toda a situação era irregular.

Cumprimento da lei

No entanto, ao perceber que a medida liminar estava sendo desrespeitada, inclusive com novas alienações de lotes, o juiz, na semana passada, decidiu ampliar os seus efeitos, determinando a demolição das edificações. Para o prefeito Eduardo César, é lamentável que a situação tenha chegado a esse ponto, porém o cumprimento da lei está em primeiro lugar. “Lamento que essa situação esteja acontecendo e isso venha provocar sofrimento para algumas pessoas, no entanto, a Prefeitura tem que cumprir a determinação da Justiça”, afirmou Eduardo.

Congelamento

Ao analisar a situação do Canto da Paciência, o prefeito de Ubatuba traça um paralelo com o projeto de congelamento de áreas irregulares que está em curso na Prefeitura. “É exatamente para evitar que cheguemos a extremos como esse, é que estamos trabalhando firme no processo de congelamento de áreas irregulares visando o fim dessas ocupações. A Prefeitura não está medindo esforços no sentido de traçar uma política habitacional para o município que possibilite, num futuro próximo, o fim dessas ocupações irregulares”, afirmou o prefeito. Segundo ele, é muito difícil encontrar em Ubatuba e em todo Litoral Norte áreas com documentação regularizada para que o CDHU possa autorizar a construção de casas populares. “Isso acaba provocando atrasos para o início efetivo das construções, mas esperamos contar com o apoio da população para que ela entenda que todas essas ações – congelamento, demolições impostas pela Justiça, tem o objetivo de preservar nossas riquezas naturais e principalmente nossa sobrevivência, já que nossa grande fonte de receita é o turismo”. PMU

O silêncio dos 'inocentes'

Roberto de Mamede Costa Leite
Exceto o nato-confesso Jacinto Lamas, os demais, a partir de Lulla, devem restringir-se à pétrea declaração de que: "EU NÃO SOU EU'.
r-mamede@uol.com.br

Vandalismo na Maranduba

Cerca de 100 moradores de bairros da região sul de Ubatuba invadiram e depredaram anteontem o parque temático Radical Hooter's Jet, instalado na praia da Maranduba.Os manifestantes afirmam que o parque ocupa cerca de 1.500 metros quadrados de praia, área considerada da União e de uso comum da população. Segundo a prefeitura, a empresa tem alvará para explorar apenas 26 metros quadrados na praia.
Acompanharam a manifestação o padre José Ailton, da paróquia da Maranduba, e os vereadores Jairo dos Santos (PT), Osmar de Souza (PFL), Luciana Machado (PDT) e Cláudio Gulli (PMDB). O presidente da Câmara, Jairo dos Santos (PT), afirmou que a reivindicação dos moradores é justa. "O espaço sempre pertenceu à comunidade", disse.
Vale Paraibano – 16/08/2005

Nota do Editor – O Brasil, apesar de estar atravessando uma crise institucional é uma nação séria, tem poderes constituídos que devem ser respeitados. Por mais justa que fosse a reivindicação dos moradores, a ação violenta não pode ser admitida. O Ministério Público tem a obrigação de apurar o que houve.

Pelo menos um...

Há muita gente querendo afundar de vez o PT. Refundar o PT. Gente de dentro do PT. Oportunistas. Fingem que não sabiam do caixa dois e das malas e cuecas. Talvez algum membro mais religioso da extrema esquerda não soubesse. Um tipo do time dos que vão dormir esperando acordar com a chegada da revolução proletária. Dos que rezam para que Henver Hoxa esteja no paraíso. Malucos sempre haverá. O restante sabia. E calava. Não era conveniente abrir o bico. No entanto, alguns que estiveram do lado direito do chefe tiveram a coragem de pegar o boné. Como o jornalista Ricardo Kotscho. Amigo pessoal de Lula tornou-se poderoso em Passárgada. Não gostou do panorama e saiu. De fininho, à francesa. Um dia vai contar o que o fez sair. Seus netos certamente terão orgulho em saber que o avô resistiu, não afundou no mar de lama. Nem tudo está perdido. Há decência no front...

Sidney Borges

Constatação Bacana!

Ronaldo Dias
Pude constatar, em minhas andanças por aí, que algumas, das muitas pessoas que conhecia de longa data, de repente, melhoram suas aparências. Teriam rejuvenescido? Suas aparências de disposição e, de vivacidade, seriam resultado das horas de malhação na academia? Ficaram, da noite para o dia, mais simpáticas? Mais cordatas? A aparência ficou mais "limpa"! Seria o resultado do uso de algum creme rejuvenescedor, anunciado na TV? Depois de muitos auto questionamentos e, de inúmeras consultas a outros ciosos conhecidos, pude constatar e, finalmente concluir, que minhas observações estavam muito bem fundamentadas. Elas mudaram! Estas referidas pessoas retiraram, por completo, de suas aparências, barbas, bigodes e, madeichas. Creio ter sido o fim deste arraigado modismo, que, na verdade, "escondia" esses meus conhecidos; ou, eles se escondiam atrás deste modismo! Ufa! que bom! Velhos conhecidos, mais novos! Ouvi dizer que agora, usar barbas, de qualquer forma ou tipo, é démodé. A moda, para o rosto, é clean. Bacana!

Notícias da Prefeitura

Festival da Paz reuniu cerca de 10 mil pessoas

O primeiro “Festival da Paz” realizado no último final de semana na avenida Iperoig, centro da cidade, reuniu as comunidades de Ubatuba em torno da culinária caiçara e muita música Gospel. O secretário de Turismo, Luiz Felipe Azevedo avaliou que o evento, apesar de algumas falhas, foi aprovado pelo grande público que prestigiou o festival. “Por ser o primeiro evento realizado em parceria com o Conselho de Pastores pudemos identificar algumas falhas, que foram notadas durante os três dias, como os horários de início da festa e das apresentações musicais. O público pediu que abríssemos a praça de alimentação mais cedo e faremos isso nos próximos eventos”, disse o secretário.
Outro aspecto que irá merecer um cuidado melhor nas próximas edições do evento, é com relação a aparência das barracas. “Faltou pintura, decoração e o piso do local também precisa de melhorias. Sei que deixamos a desejar nesse quesito, porém, nos próximos anos teremos mais tempo e cuidaremos melhor do aspecto visual da área”, disse Luiz Felipe.
Segundo o secretário houve uma boa presença também de turistas. “Tivemos excursões vindas de Caraguá, Sul Fluminense e do Vale do Paraíba na sexta-feira, dia da apresentação de Ludmila Ferber. No total, o evento reuniu cerca de dez mil pessoas nos três dias. Enfim, Ubatuba criou uma nova data em seu calendário turístico e vamos incrementar cada vez mais esse evento”, completou o secretário.
Diversas comunidades puderam apresentar pratos típicos caiçaras, como o Azul Marinho, lambe-lambe, bobó de camarão e outras delícias. A parte musical ficou a cargo de grupos de louvor das Igrejas Nova Aliança, Videira, Beulah e Ágape, além da Pastora Ludmila Ferber, que proporcionou momentos emocionantes na noite de sexta-feira.
Participaram do evento as comunidades da Estufa 2, Almada, Ubatumirim, Enseada, Associação dos Maricultores do Estado de São Paulo, Associação Pólo Produtivo de Ubatuba, Santa Casa, Secretaria de Assistência Social (alunas do curso de geração de renda), Fundart (artesanato caiçara) e Secretaria de Agricultura, Pesca e Abastecimento.
O Festival da Paz foi realizado pela Prefeitura Municipal de Ubatuba e contou com o apoio do Conselho de Pastores de Ubatuba. PMU
Escola Maria Josefina realiza “Encontro Cultural”

Escola da Estufa II programou três dias de atividades para a comunidade

A EMEF Maria Josefina Giglio Silva promoverá, de 24 a 26 de agosto, o 1º Encontro Cultural. A diretora da escola, Flavia Cômitte do Nascimento diz que o evento visa proporcionar ao alunos e a comunidade um contato com manifestações culturais locais. “Pretendemos com esse encontro, valorizar a pluralidade cultural do nosso município, através de apresentações das culturas caiçara, indígena e afro-brasileira. Traremos também outras escolas que desenvolvem projetos culturais, para que nossos alunos possam vivenciar a diversidade dos trabalhos aplicados no município”, contou a diretora.
No dia 24, os alunos da escola receberão o projeto “Casa do Brinquedo”, parceria da Secretaria de Educação com o Fundo Social de Solidariedade, que disponibiliza tendas de interesses diversos, onde as crianças de 2 a 12 anos, podem se divertir à vontade com monitoração e acompanhamento pedagógico. A abertura oficial acontece à partir das 19 horas, na quadra poliesportiva da escola, com apresentações de alunos. O Encontro Cultural contará ainda com apresentação da Fanfarra Padre Anchieta, Ballet da Fundart, Projeto Alavanca, teatro e outras atividades ainda a serem confirmadas.
A Escola Maria Josefina Giglio Silva fica na Rua Vasco da Gama, 430, na Estufa II e todas as atividades do “1º Encontro Cultural” são gratuitas e abertas à comunidade. PMU
Prazo para renovação de licença vai até o fim do mês

Até o dia 31 de agosto os ambulantes já licenciados poderão efetuar a renovação de suas licenças. É necessário que o interessado apresente cópia da licença do exercício anterior, comprovante de residência, carteira de vacinação atualizada e certidão do cartório eleitoral.
Já para as novas licenças de comerciante ambulante (incluindo feira de artesanato) o prazo irá de 1 a 30 de setembro. O interessado deverá apresentar a cópia dos seguintes documentos: cédula de identidade, CPF, carteira de vacinação atualizada, título de eleitor de Ubatuba com comprovante de votação da última eleição, prova de incapacidade física, comprovante de residência por mais de dois anos em Ubatuba, duas fotos 3x4 recentes, declaração de bens imóveis e veículos automotores que possua e certidão expedida pelo cartório eleitoral atestando a validade do título de eleitor do município.
Os pedidos de renovação e novas licenças deverão ser solicitados junto ao Setor de Protocolo da Prefeitura de Ubatuba, localizado à avenida Dona Maria Alves, 865, centro. O horário de funcionamento é das 9 às 16 horas. PMU



Campeonato Dentinho de Ubatuba realiza segunda rodada

Os jogadores da categoria Dentinho da Escolinha Municipal de Futebol Rubens Salles voltaram a campo no último sábado, 13 para a segunda rodada do campeonato. Na chave A o Chaveiro Ligeirinho aplicou mais uma goleada (6 a 0 no time da Kutelak) e começa a despontar como um dos favoritos a vaga na semi final.
Na Chave B os times de Smidi Calçados e Calçados Fernandes marcaram os melhores resultados da rodada.(5 X 1 e 5 X 2 respectivamente).
Confira os resultados da rodada: Chave “A” : Porto Marina 0X2 Ismael Comida Caseira, Quiosque Pica Pau 1X4 Ubadesklimp, Kutelak 0X6 Chaveiro Ligeirinho e Pousada Ubatuba Paradise 2X1 Casa Globo. Chave “B”: Mercado 24 horas 2X5 Calçados Fernandes, Smidi Calçados 5X1 Restaurante Baleia Branca e Papelaria do Estudante 1X1 Auto Posto Jija PMU

terça-feira, agosto 16, 2005

Hai Kai

Brasil, que destino
sai Lula
entra Severino

Miriam Tabarro

Toninho da Barcelona

Integrantes da CPI dos Correios vão ouvir nesta terça-feira, a partir das 15h, o depoimento do doleiro Antônio Oliveira Claramunt, o Toninho da Barcelona, preso em Avaré, interior de São Paulo, por evasão de divisas.
A Secretaria da Segurança Pública de São Paulo já está providenciando o deslocamento do doleiro para a capital, onde ele será ouvido na Delegacia Geral de Polícia, na região central da cidade.
Os parlamentares escolhidos para o depoimento do doleiro - Osmar Serraglio (PMDB-PR), Heloisa Helena (PSOL-AL), Eduardo Paes (PSDB-RJ), Ideli Salvatti (PT-SC), Antonio Carlos Magalhães Neto (PFL-BA), Pompeo de Mattos (PDT-RS), Demóstenes Torres (PFL-GO), Álvaro Dias (PSDB-PR), Ônyx Lorenzoni (PFL-RS), Romeu Tuma (PFL-SP), Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), Maguito Vilela (PMDB-GO) e José Eduardo Cardozo (PT-SP)- devem sair de Brasília por volta do meio-dia.
Folha Online

Nota do Editor – É pouco provável que dessa seara saia alguma coisa. Os integrantes da comissão vão ouvir apenas o que lhes convier. O fio da meada da corrupção brasileira de grosso calibre passa pelo envio de dinheiro para o exterior. Há muito tempo o PT evita que Toninho fale. Além de poder esclarecer coisas do “affair” Santo André, onde tudo é escuridão, ele também sabe da vida do PSDB, do PFL, do PP, de todo mundo. Não há inocentes em Brasília. Em maior ou menor grau todos são culpados.

Tudo vai bem...

Aviso aos navegantes. A economia brasileira “vai bem” num momento em que a economia mundial vai muito bem. Não se pode prever o que aconteceria se “Wall Street” tivesse um acesso de tosse. Também não dá para saber exatamente como o “vai bem” que o governo apregoa se enquadra no campeonato mundial de ignomínia social. Somos os penúltimos em aviltamento humano. O “vai bem” de Palocci pode reverter esse quadro? Não, é óbvio que não. Então nada vai bem. Empurra-se com a barriga. Há evidentemente setores que apresentam bom desempenho. Atrelados ao governo. Dependentes do governo. Em conluio promíscuo com o governo. O Brasil precisa integrar as massas que vivem ao largo. Que sobrevivem de forma indigna. O Brasil precisa desenvolver uma política educacional que atenda aos interesses da nação. Escolas não são meras lavanderias de dinheiro. Escolas são portas de entrada para outra realidade, menos cruel, mais justa e prazerosa. A educação é o meio de sairmos do brejo. Disso ninguém fala. Discutem Weber ou Marx. Estão no século XIX. E lá continuarão. Elite? O que é isso?

Sidney Borges

Favela à beira-mar

arquivo ubaweb

As barracas tinham aparência de "barracos"...

Luiz Moura
Escutar que existe profissionalismo na organização e/ou execução dos eventos feitos pela administração municipal em Ubatuba é por demais irritante.
Os responsáveis por estas "festas", não respeitando os moradores do município, demonstram o desconhecimento de como fazer de Ubatuba um local freqüentado, obrigatoriamente, por turistas estrangeiros em visita ao Brasil. Os turistas que por aqui passam, se tratados como merecem, serão nossos melhores divulgadores.
A foto acima, mostra a favelização de nossos eventos. Nos três últimos (falando apenas dos que ocorreram no centro da cidade): Festa do Divino (1), Jesus Cristo, O Senhor (2) e Festival da Paz (3), as barracas tinham aparência de "barracos".
Neste final de semana, servindo de cicerone para um casal de turistas japoneses que estavam me visitando, tentei demovê-los de conhecer a praia de Iperoig (Cruzeiro), onde estava acontecendo o tal de Festival da Paz. Não consegui. Eles queriam conhecer o lugar onde são realizados vários campeonatos de pesca e onde foi quebrado o recorde brasileiro da espécie Parati Barbudo (Polydactylus SP) com um exemplar de 875 gramas. Notei claramente que eles, percebendo meu constrangimento, fingiram não ver aquela coisa horrorosa (foto acima) e aceleraram o passo quando por ali passamos.
Espero que após terem conhecido as praias e a indescritível Mata Atlântica não se lembrem daquela visão deprimente imposta pelos "profissionais" que compõe a administração municipal.

Notícias da Prefeitura

Pipas colorem o céu do Perequê-Açu. Mais de cem pipas participaram de concurso em Ubatuba.

O espaço aéreo ficou colorido na manhã do Dia dos Pais.

No domingo, 14, a equipe de recreação da Secretaria de Esporte e Lazer da Ubatuba reviveu o tradicional Concurso de Pipas. Centenas de pessoas acompanharam as evoluções das 143 pipas inscritas nas categorias maior pipa, beleza e originalidade.
Ao final os vencedores receberam a premiação das mãos dos Secretários de Esporte, Bittencourt Jr., de Administração, Silvio Bonfiglioli Neto, e de Claudinei Salgado, da Assessoria de Assuntos Comunitários, que prestigiaram o evento.

Confira os vencedores de cada categoria:

Beleza: 1º - Gustavo Lopes – Pipa Batman, 2º - Bruna Goulart – Pipa Itália, 3º - Maria Izabel Pipa Lua;
Originalidade: 1º - Guilhermo Salazar – Pipa Arara, 2º - Ernani Silva – Pipa Jamaicano, 3º - Álvaro Motta – Mensalão;
Maior Pipa: 1º - Tropical – Pipa Tropical 8,19 metros , 2º - Jurandir Camargo 4,66 metros, 3º - Silvio Patrocínio 3,85 metros.

A Elektro participou do evento distribuindo cartilhas de conscientização sobre a importância de empinar pipas com segurança e brindes aos participantes.
O Concurso de Pipas teve o apoio do Quiosque São Lourenço, Restaurante Senzala, Ótica Alvorada, Cia do Suco, Restaurante Tortilhão, Hlera Vídeo Bar, Comercial Avenida, Auto Elétrica Marquinhos, Tadioto Materiais para Construção, Gato Auto Elétrico e Mecânica, MWM Sprint e Cruz de Ferro Moto Clube. PMU



Prefeitura de Ubatuba concede novamente incentivos fiscais

Contribuintes terão prazo até 12 de setembro para ajustarem dívidas com a Prefeitura

A Câmara de Ubatuba aprovou na última sessão o Projeto de Lei do Executivo que prevê a concessão de incentivo fiscal para o pagamento de débitos municipais. Uma Lei anterior a esta esteve em vigor até o dia 29 de julho. Diante da grande procura de contribuintes para a regularização dos débitos municipais, a Prefeitura encaminhou um novo projeto ao Legislativo.
De acordo com levantamento feito pela Secretaria da Fazenda e Planejamento, durante o benefício anterior, dos contribuintes que estavam inscritos em execução fiscal 348 pagaram à vista e 691 optaram pelo parcelamento. Já os contribuintes que estavam inscritos em dívida ativa (não executados), 127 realizaram pagamento em parcela única e 2023 realizaram parcelamento. No total os acordos e pagamentos à vista representaram R$ 2.404.014,80.

Benefícios da Lei

A Lei prevê que o contribuinte que estiver em atraso com seus tributos municipais (IPTU, taxas de alvará, vistorias, multas e outros) inscrito em Dívida Ativa, ajuízados ou não, poderá quitar seu débito utilizando o incentivo fiscal, desde que esteja em dia com todos os tributos de 2005.
O pagamento poderá ser efetuado em até 30 parcelas, sem incidência de juros, em 48 meses, sem qualquer desconto ou à vista com isenção de qualquer taxa. Para os débitos ajuizados, será necessário o pagamento das custas processuais e dos honorários advocatícios. Para o parcelamento, o contribuinte deverá comprovar a condição de proprietário ou caso contrário nomear um procurador. Para qualquer tipo de parcelamento as parcelas não poderão ser inferiores a R$ 50,00.
O prefeito de Ubatuba, Eduardo César, acredita que esta será mais uma oportunidade dos contribuintes regularizarem seus tributos. “No exercício da outra Lei a procura foi grande, mas mesmo assim acredito que dentro deste novo prazo que iremos oferecer muitos aproveitarão para regularizarem sua situação”, afirmou o prefeito. PMU



Santa Casa de Ubatuba agradece doações

A Santa Casa de Ubatuba agradece aos feirantes da “Feira Livre aos Sábados” pela doação de legumes e verduras e aos voluntários que atuam nos setores de nutrição aos pacientes, bazar e cantina. O resultado da arrecadação na cantina em julho, R$ 1.381,86, foi utilizado para a complementação de despesas, com medicamento e material.
Neste mês a Santa Casa esteve participando do Festival da Paz, com a barraca do Gengibre, onde arrecadou R$ 835,53 e agradece aos comerciantes que apoiaram a entidade: Sra. Ane Kamiami , Recanto das Toninhas, Pistache Gelateria, Supermercado Paulista, Ubadesklimp e o Conselho dos Pastores que liberou o espaço para a barraca da entidade.
A Santa Casa informa ainda que no mês de julho a captação de recursos atingiu o montante de R$ 15.205,12, sendo que R$ 10.727,75 foram utilizados para o pagamento de diversas despesas. Com o saldo restante, a Santa Casa pretende adquirir uniformes para os setores de recepção e portaria.
PMU



Triathlon de inverno em Ubatuba

Ubatuba recebe no próximo domingo, 21, a 2ª etapa do Circuito de Inverno TriPaulista de Triathlon. A competição deve reunir 250 atletas e é válida pelo ranking da Federação Paulista de Triathlon com distâncias olímpicas: 1,5km de natação (Praia do Cruzeiro),40 km de ciclismo (sentido Norte até o Poruba) e 10 km de corrida (Orla da Praia, sentido Itaguá).
No sábado, 20, os kits de competição serão entregues aos atletas, no Ginásio de Esportes Tubão, a partir das 15h. A largada acontece às 9h do domingo, 21, em frente ao centro de informações da Av. Iperoig, local onde ficará a área de transição e a linha de chegada.
As inscrições podem ser feitas somente pelos telefones (11) 5581-3153 / 577-8855 até o dia 16. Os atletas federados pagam taxa de R$ 120,00, os não federados R$ 130,00 e as equipes de revezamento R$ 170,00 no total serão dezessete categorias, sendo nove no masculino, sete no feminino e uma no revezamento. PMU
 
Free counter and web stats