sábado, julho 16, 2005

CPI em Ubatuba

Continuam as investigações sobre a fraude na Prefeitura.
A Comissão Parlamentar de Inquérito que apura o desvio de verbas na Prefeitura de Ubatuba já ouviu o depoimento de treze pessoas. Entre elas, Ernesto Cardoso e Geraldo que fazem parte da sindicância da Prefeitura e os secretários municipais, Gilson Ferreira da Silva e Silvio Bonfiglioli Neto, com o objetivo de esclarecer alguns pontos obscuros em relação à fraude. Quatro funcionários do banco, onde é depositado o dinheiro do pagamento dos funcionários da Prefeitura prestaram depoimento e se isentaram de qualquer responsabilidade sobre o desvio de verba. O inquérito de Alvelino Almeida Cruz Júnior, encarregado da folha de pagamentos e principal suspeito da fraude, aconteceu em Taubaté. A namorada dele, Carolina Mikie Suguimoto, supostamente envolvida no caso, foi ouvida pelos membros da CPI, Ricardo Cortes, presidente, Jairo dos Santos, relatos e Edílson Félix, secretário, na Câmara Municipal de Ubatuba. Apenas a irmã de Alvelino, também supostamente envolvida na frauda, não compareceu à audiência marcada na semana passada.
Fonte: ASCOM

Notícias da Prefeitura

divulgação

As "valentes" meninas da equipe de Ubatuba estão brilhando nas quadras

Vôlei feminino de Ubatuba disputa o Bronze nos Regionais

A partida acontece neste sábado contra Taubaté

A equipe de vôlei feminino de Ubatuba, perdeu na manhã desta sexta-feira, 15, para a equipe de Suzano, em partida disputada no ginásio do Poiares, em Caraguatatuba.
A equipe treinada por Geraldo Vanoni encarou o time favorito ao ouro dos 49º Jogos Regionais e perdeu por três sets a zero com parciais de 25/15, 25/13 e 25/10.
Agora as meninas enfrentam Taubaté (que perdeu para São José também por três sets a zero), na disputa pelo bronze, amanhã, em local e horário a ser definido pela organização dos Jogos.
PMU



Sábado de decisões no Estádio Ciccillo Matarazzo

Final do Interbairros e última rodada do campeonato da Escolinha

O Estádio Municipal Ciccillo Matarazzo recebe neste sábado, 16, a última rodada do torneio da Escolinha Municipal de Futebol Rubens Salles. Com a equipe de Rossi Calçados tendo garantido o campeonato por antecipação, a briga agora é pelo vice-campeonato.
Na briga pelo segundo lugar estão Quiosque Vovô Almiro, Marconi, Jija Locadora e Varejão Santa Rita.
Neste sábado, após a rodada acontece a entrega dos troféus e medalhas aos participantes e Luiz Aleixo, do departamento de futebol da Secretaria de Esporte e Lazer convida para acompanhar as partidas. “É uma grande festa para as crianças. Todas serão premiadas porque participaram dos jogos e não importa a classificação. Além do mais haverá uma surpresa para quem for ao estádio”, diz Aleixo. “O torneio vai ser encerrado com chave de ouro. Completamos o torneio na data certa, nenhum jogo terminou zero a zero e o principal, as crianças se divertiram e praticaram esporte”, finaliza Aleixo.
A última rodada, que começa às 10 horas tem os seguintes jogos marcados: Jija Locadora X Rossi Calçados, Rei do Camarão X Ismael Comida Caseira, Marconi X Varejão Santa Rita, Irmãos Ribeiro X Smidi Calçados e Quiosque Vovô Almiro X Mercado 24 Horas
Classificação: Rossi Calçados ,24 pts.; Quiosque Vovô Almiro, 15 pts; Marconi 14 pts; Jija Locadora e Varejão Santa Rita, 13 pts.; e Mercado 24 Horas e Smidi Calçados 11 pts.; Irmãos Ribeiro 9 pts.; Ismael Comida Caseira 2 pts.; Rei do Camarão 0 pt.
Interbairros: O campeonato Interbairros também terá a seu encerramento neste sábado, 16. Às 14 horas acontece a disputa pelo terceiro lugar com o jogo Sertão da Quina X Estufa I. As equipes do Ipiranguinha e da Silop fazem a grande final do torneio à partir das 15h30. Os Jogos também acontecem no estádio Ciccillo Matarazzo. PMU

Vereadora Luciana em ação

divulgação

Vereadora Luciana Machado, Fernando Longo e Fernando Furtado

Secretário Estadual de Turismo, Fernando Longo, recebe a vereadora Luciana Machado e assume o compromisso de apoiar Ubatuba

A vereadora Luciana Machado, PDT, esteve na Secretaria Estadual de Turismo, com o secretário Fernando Longo, na última terça-feira, dia 12. Luciana solicitou do secretário investimentos para a realização de eventos na baixa temporada e qualificação de mão de obra para o setor de Turismo. A vereadora pediu ainda, que sejam aumentados os recursos do DADE – Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias – para serem aplicados em saneamento básico. De acordo com Luciana Machado, investir em saneamento significa investir também no Turismo, uma vez que gera economia na Saúde do Município e qualidade de vida aos munícipes e turistas.
Luciana voltou a Ubatuba bastante otimista dizendo que a reunião foi muito proveitosa porque conseguiu sensibilizar o secretário Longo sobre a importância de se investir em saneamento básico. Segundo ela, o próprio secretário afirmou que Ubatuba é uma verdadeira indústria do Turismo, mas se não forem tomadas providências urgentes “poderemos perder este bem que não tem preço: as maravilhosas praias”. O secretário comentou ainda, que é intenção da Secretaria de Turismo trabalhar em parceria com as quatro cidades do Litoral Norte, Caraguatatuba, Ubatuba, Ilhabela e São Sebastião e realizar um projeto para o Turismo da região e, com isso, gerar benefícios para o comércio em geral e empregos para os moradores das cidades. Longo, que já conversou com Eduardo César, por ocasião da visita do prefeito a São Paulo, agendou uma reunião no Litoral Norte para discutir o projeto e prometeu também, rever o repasse de verbas do DADE para as Estâncias.

Fonte: ASCOM

Golpe ou incompetência

Os dados que a CPI requereu sobre movimentações bancárias ainda não foram entregues pelo Banco Central. Quinze dias para passar informações rotineiras. Experimente pedir um empréstimo e você verá como a sua vida bancária é escrachada em segundos. Ou é incompetência da grossa ou estão querendo ganhar tempo para encontrar uma saída. Quem sabe o Galeão!

Sidney Borges

sexta-feira, julho 15, 2005

Matinée

Produtores de Hollywood estão interessados em filmar a biografia de Lula, o único torneiro mecânico sem o mindinho que virou presidente de uma nação. O título da película já está definido: “O homem que não sabia demais”.

Sidney Borges

Até tu Vicentinho!

Quem diria, entre os deputados petistas acusados de participar do mensalão está o Vicentinho, que é da “república da língua plesa” como o Lula e o Palloci. Vicentinho faz tanta questão de parecer com o Lula que fala igualzinho. Se alguém perguntar para qual time ele torce, a resposta será:
- Companheiro, vou dizer de que eu torço para o Corinthians. Não é uma gracinha?
Sempre que os afazeres petistas permitem o trio se reúne para uma “sopa de massinha”. A acusação se baseia na presença do deputado no Banco, sempre que havia saques identificados como pagamentos do mensalão. Vicentinho vai ter muita coisa para explicar aos companheiros de sindicato.


Sidney Borges

Sem palavras

Fala ou morre!

A situação do Pinduca, digo do publicitário Marcos Valério, está ficando complicada. As provas vão se avolumando contra ele. Vai acabar preso. Ou morto. Sabe demais. Celso Daniel também sabia. Um possível roteiro da morte anunciada: a amante vai matá-lo e ser morta. Cena shakesperiana. Algum legista de encomenda dará verossimilhança à seqüência macabra. Dirá que ela se suicidou e depois o matou. O salvo-conduto está com o prazo quase expirado. No lugar dele eu convocaria a imprensa e abriria o bico. Fazer o quê? Ou é a cadeia ou a incerteza da morte. Com grande chance de ir para o inferno. Fazer companhia aos bispos do dinheiro voador.

Sidney Borges

Governo diz uma coisa e faz outra

Do Jornal do Brasil, hoje:

"O governo impediu ontem a votação, na CPI dos Correios, da quebra dos sigilos bancário, fiscal e telefônico do PT, da cúpula do partido e do empresário Mauro Dutra, amigo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, além da convocação do secretário de Comunicação de Governo, Luiz Gushiken, e do ex-presidente petista José Genoino.

O ex-ministro José Dirceu, o ex-tesoureiro Delúbio Soares, o ex-secretário-geral Silvio Pereira, Genoino e o PT já autorizaram as quebras de sigilo, mas a oposição queria votá-las, alegando ser uma segurança jurídica.
Após a aprovação de 11 quebras de sigilo consensuais, a oposição apresentou um pedido de inversão de pauta para votar 85 requerimentos polêmicos, entre eles as quebras de sigilo da cúpula petista. A tropa de choque do governo derrotou a proposta por 15 a 11.

- Vamos votar e cada um coloca a sua cara, a sua digital. Quero o jogo às claras - disse o deputado Antônio Carlos Magalhães Neto (PFL-BA), defendendo que o governo derrubasse os requerimentos em vez de impedir sua entrada na pauta:

- É a primeira vez que o governo assume a operação abafa - disparou."

Arthur Virgílio

Do senador Arthur Virgílio (AM), líder do PSDB, em entrevista, hoje, à rádio Bandeirantes, segundo o repórter Flávio Freire de O Globo Online:

- Eu me senti generoso (ao chamar Lula de idiota), porque se eu tivesse dito que ele é corrupto, eu teria que, no momento seguinte, pedir o impeachment dele e eu não quero fazer isso. Se ele (Lula) souber disso (sobre os esquemas de corrupção no governo) é um corrupto. Se não souber é o quê?

- Converse com as pessoas e você vai ver se não há um sentimento de desalento. Está virando clara a desaprovação (do Lula). Eu acredito que o presidente não tem a menor condição com esse acervo de denúncias contra ele.

- Não vamos pensar mais em Fernando Henrique. Já passou. Eu já disse que sou contra a candidatura dele. Vamos olhar para frente e virar a página.

- Eles questionaram que teria havido uma não-declaração de R$ 10 milhões na campanha do presidente Fernando Henrique, em 98. Ridículo mesmo é um presidente da República (refere-se a Lula) dizer que disputou a eleição e gastou apenas R$ 3 milhões. Essa campanha é subfaturada. Onde estão (os valores gastos com) os shows, aviões e gasolina? Então eu disse ao Lula: 'Vamos parar com cinismo e vamos procurar a verdade dos gastos de campanha eleitoral'.

Do Blog do Noblat

Alô, alô comissão

Miriam Tabarro
Será que alguém já se deu conta de como aumentou o número de motos em circulação na cidade? Andando pela Rio-Santos, no trecho entre a rotatória da Praia Grande e a de Taubaté, onde está nosso valente guardião, aquele pescador magrelo (que aliás, tem um irmão bandeirante vigiando uma rotatória em Taubaté), levei um monte de sustos quando ultrapassada por esses veículos que, ao que parece, estão pouco a pouco, substituindo as bicicletas.
Não tenho uma estatística precisa, mas conversando com um comerciante de motos, soube que as facilidades no parcelamento e um salário regular estão levando ciclistas a trocar as bikes pelas “cegezinhas”.
Se dirigir em Ubatuba já era uma temeridade, o problema agora vai quintuplicar. Seria bom se essa comissão da prefeitura formada para tentar dar uma solução para o trânsito das bicicletas, medida muito bem-vinda e esperada pelos motoristas da cidade, incluísse em suas discussões alguns ítens relativos ao outro veículo de duas rodas.
Em São Paulo, motoqueiros em geral e moto-boys em particular, ajudam bastante a conturbar o trânsito. Aqui, pelo que vejo não vai ser diferente, com as motos andando pelas calçadas, ultrapassando sem a menor cerimônia, e até mesmo andando pela contra-mão. Sim, porque a educação não se fixa de repente, com um toque de varinha de condão, e esses neo-condutores de motos, como eu já disse, estavam há bem pouco tempo, pilotando suas bicicletas do jeito que a gente conhece, como uns alucinados.

Valério ameaça contar tudo

O empresário Marcos Valério Fernandes de Souza, acusado de operar o suposto mensalão do PT, procurou ontem o Ministério Público Federal para dizer que está disposto a revelar o que sabe em troca do benefício legal da delação premiada. Esse instituto prevê redução de pena para pessoas envolvidas em crimes que colaboram com a Justiça. Marcos Valério também fez novas revelações, que podem agravar a crise política.
(Leia na íntegra)

Da Daslu

Muito se tem falado da Daslu, loja freqüentada por ricos. Loja de produtos caros. Uma garrafa térmica pode valer dois mil e quinhentos reais, um vestidinho de algodão quatro mil e um terno sofisticado até cinqüenta mil. Não imagino como são as pessoas que têm tanto dinheiro. Isto é, imagino sim, devem ser parecidas com o senador Antonio Carlos Magalhães, cliente assíduo da casa, homem de gosto refinado. No dia-a-dia convivo com gente comum, que compra nas Casas Bahia e dá duro para chegar ao fim do mês. Mas, ao contrário dos detratores, que chamam os clientes da loja de “gente brega”, não me incomoda a existência da Daslu, na verdade até gosto. Entre os clientes há de fato alguns emergentes que são brega. Novos ricos. Fazer o quê? A Democracia tem inconvenientes, precisa ser aperfeiçoada. Por outro lado há finos e chiques como José Serra, Geraldo Alckmin, Hebe Camargo e Fernando Collor de Mello. Pena que o estacionamento seja tão caro. Não fosse isso eu iria lá passear e ver coisas bonitas e gente também bonita. Quanto às prisões, sou contra. Pessoas finas e perfumadas não fariam o que estão dizendo que fizeram. Jamais sonegariam impostos num país tão desigual. Uma pista para a polícia. Os criminosos devem ser moradores da favela ao lado. Cadeia neles. Lugar de preto e pobre é a cadeia. Aliás, agora que o Carandiru foi demolido a Daslu dava um belo cadeião.

Sidney Borges

Palestra na FUNDART

O tema será o mercado editorial
O Grupo Setorial de Literatura da Fundart (Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba) realizará hoje, sexta feira (15), às 19 horas, uma palestra sobre o mercado editorial. Com o título “Diálogos sobre o mercado editorial”, pretende promover um bate-papo com o público, sobre as realidades e possibilidades no mercado editorial brasileiro nos dias de hoje.
O ilustrador e editor Jorge Garcia Basso, falará sobre sua experiência profissional no mercado editorial e promoverá um debate sobre questões relativas ao universo do livro, às características e possibilidades da literatura enquanto produto cultural.
A Fundart fica na Praça Anchieta, 38 – Ubatuba – Centro. Mais informações pelo telefone (12) 3833-7000. PMU

Ponte metálicas para Ubatuba

As pontes metálicas têm custo reduzido e são de rápida execução, podendo resolver alguns problemas localizados em Ubatuba. Ressaca e Maranduba, por exemplo. O vereador Charles Medeiros, ciente da situação de carência dessas e de outras localidades do município, tomou a iniciativa. Em contato com o Sr. Alberto José Machado Filho, Secretario Adjunto da Secretaria Estadual de Agricultura e Pesca, solicitou o empenho da Secretaria para a realização e agilização de convênio com o Executivo de Ubatuba. O objetivo: a obtenção de pontes metálicas.
O secretario foi informado do pedido de Medeiros através de conversações com o José Bernardo Ortiz - Presidente do Codasp (Companhia de Desenvolvimento Agrícola de São Paulo) em março último, bem como através do Requerimento 122/05 do mesmo, aprovado por unanimidade na Câmara de Ubatuba.
Segundo Alberto, os documentos foram encaminhados ao setor de engenharia. No passado houve um pedido para que fossem construídas pontes em Ubatuba. “Não vingou por falta de documentação”, comentou o Secretario.
“Com as últimas chuvas, vários locais ficaram com o acesso complicado. A falta de pontes colocou em risco a atividade econômica. Agricultores encontraram dificuldade para escoar a produção, tendo de dar voltas consideráveis por falta de caminhos adequados. Por isso, como homem público, tenho a obrigação buscar alternativas sadias para o município. É um compromisso que assumi com a população e vou cumprir. Os contatos estabelecidos com as várias secretarias, companhias e departamentos do estado são de extrema importância para Ubatuba”, finalizou Medeiros
Fonte: Assessoria Charles Medeiros

Notícias da Prefeitura

divulgação

Quem sabe, da escolinha para o futuro, mais um campeão de Ubatuba

Torneio interno da escolinha de surf movimenta Perequê Açu

Cerca de cem alunos encerraram as atividades do semestre na confraternização

A Escolinha Municipal de Surf realizou no dia 13, um torneio de confraternização interno na praia do Perequê Açu. Participaram da atividade cerca de 100 alunos das escolinhas do Perequê, Praia Grande e pela primeira vez os alunos da Maranduba.
Durante todo o dia a garotada pode se divertir e aprender como funciona um campeonato de surf, com julgamento de ondas e baterias eliminatórias até a definição dos vencedores.
Muitos pais de alunos compareceram para conferir de perto o desempenho dos filhos nas ondas. O Secretário de Turismo Luiz Felipe Azevedo e o Assessor de Governo Mauro Freitas também estiveram no Perequê Açu e acompanharam as manobras dos pequenos surfistas.
Confira os campeões de cada categoria: Feminino iniciante – Elaine Costa; feminino avançado – Evelyn Santos; masculino iniciante – David Toledo; mirim – Willian Pinto; open - Dario Piona; open avançado – Luiz Antonio.
O torneio, que serviu também para marcar o final das atividades da escolinha no primeiro semestre contou com o apoio de Skina Pão, Casa de Carnes Nilo, Casa de Carnes Irmãos Ribeiro, Ousadia, Hidroflex, Maraberto Surf Shop, Mercado 24 Horas, Bazar Golfinho, TLD Family, Max out, Quiosque Yurg”s, Esquina das Modas, Foto kikuti e Assossiação Ubatuba de Surf.
PMU



O Fascínio da arqueologia na Ilha do Mar Virado

Ilha abriga importante sítio arqueológico; pesquisas começaram na década de 90

Ubatuba é mesmo uma terra que guarda grandes e intrigantes descobertas... A Ilha do Mar Virado é um desses lugares que são misteriosos até no nome. Além de selvagem e exótica, a Ilha do Mar Virado é um importante sítio arqueológico que vem sendo pesquisado por técnicos do Museu de Arqueologia e Etnologia da USP desde o início da década de 90. Já foram encontrados mais de 80 esqueletos humanos e 216 artefatos, entre utensílios e ferramentas.
Segundo as pesquisas, coordenadas pela arqueóloga Dorath Uchôa, esse grupo de pessoas viveu na Ilha por volta de 1.500 a.C. a 550 d.C. Era um grupo de cerca de 350 pessoas, entre homens, mulheres e crianças. A vida deles era bem rústica, utilizavam-se de uma tecnologia simples, composta por ferramentas de pedras e conchas.
A ilha proporcionava boas condições de sobrevivência, comida em abundância e água doce. Resíduos encontrados mostram que sua alimentação era à base de peixes, moluscos, pequenas caças terrestres, tubérculos, raízes e frutas encontradas na mata. Por essa razão, foram denominados “coletores-pescadores da pré-história”.
O grupo não conhecia a cerâmica ou a escrita, mas já expressava algum tipo de espiritualidade, uma vez que seus mortos eram enterrados em um ritual e levavam consigo seus pertences e enfeites. Dorath conta que os corpos eram colocados em posição fetal, pintados com tinta ocre, com a cabeça mais elevada, em cima das cinzas de uma fogueira que ardia durante o ritual de sepultamento. O corpo era cercado de grandes blocos de pedra.
“Tudo indica que eles acreditavam na vida após a morte, porque eles tinham uma grande consideração. Os indícios mostram que eles procuravam manter a alma de seus entes queridos por perto”.

Estudos

Os estudos que permitem tais descobertas são feitos por grupos de alunos doutorandos e pós-graduandos em arqueologia. Eles são formados em áreas diversas, como: geografia, antropologia e odontologia. Existe um convênio entre a Prefeitura Municipal de Ubatuba e a Universidade de São Paulo. Uma exposição com as peças encontradas está sendo programada para o mês de aniversário da cidade, em outubro.
De acordo com o convênio, os resultados dos trabalhos de campo são revertidos em exposições temporárias e palestras sobre o patrimônio arqueológico e ambiental. A arqueóloga Dorath Uchôa, já desenvolveu pesquisas nos bairros do Tenório e Itaguá.
PMU



Gengibre ganha festa em setembro

Idéia é mostrar outras formas de aproveitamento do produto

A Secretaria de Agricultura, Pesca e Abastecimeto de Ubatuba está preparando para os dias 9, 10 e 11 de setembro, a “1ª Festa do Gengibre”, que ocorrerá no Salão da Igreja São Francisco, no centro.
O município de Ubatuba produz anualmente cerca de 200 toneladas de gengibre por ano, sendo uma das culturas que mais se adaptou na região. Aparecido Cardoso da Silva, do setor de infra-estrutura de abastecimento da secretaria explica que a maior parte da produção se concentra na região Sul do município. “Temos grandes plantações no Sertão da Quina, Araribá e Rio Escuro, que chegam a produzir cerca de vinte e cinco toneladas por hectare a cada ano”, diz Aparecido.
O público encontrará na festa pratos e bebidas em que o gengibre entra na composição, como yakissoba, tempurá, quentão e doces como a cocada e a bala de gengibre.
A nutricionista Mirna Zucheratto explica que o gengibre não serve apenas como alimento. “Podemos dizer que o gengibre é um alimento funcional. Além da culinária pode ser utilizado como planta medicinal em vários casos”, diz a nutricionista.

O gengibre

Versátil, o gengibre é delicioso tanto nos pratos picantes como nos doces e nas bebidas de outros países. O sabor do gengibre varia conforme o uso. A raiz fresca, chamada rizoma, tem um sabor delicado e leve, enquanto o sabor da raiz cristalizada é mais concentrado. Os pratos com gengibre em pó podem ser levemente ou muito picantes, dependendo da receita. O gengibre também é um ingrediente tradicional na medicina popular, porém ainda são necessárias investigações detalhadas que comprovem cientificamente os efeitos dessa raiz..
O gengibre é usado nos casos de cólicas, flatulência, sendo um bom aperitivo, utilizado para fabricação de bebidas. Empregado contra a rouquidão, irritação da garganta, bronquite e catarros. Uma boa maneira, por exemplo, de aliviar os calafrios e a congestão de um resfriado é preparar um chá de gengibre da seguinte forma: deixe ferver alguns pedaços da raiz por 10 minutos e para dar um sabor picante, coloque uma pitada de canela. Externamente, age como revulsivo suave, a tintura é prescrita em fricção e linimentos. PMU



Concurso de esculturas na areia movimenta manhã de domingo em Ubatuba

A equipe de recreação da Secretaria de Esporte e Lazer promove neste domingo, 17, à partir das 9 horas o tradicional “Concurso de Escultura na Areia”, na praia do Perequê Açu”.
O concurso já contou com a participação de diversos artistas anônimos que premiaram a assistência com verdadeiras obras-primas esculpidas na areia. O ultimo vencedor Adaury Carneiro (foto) venceu o concurso de 1997 com trabalho que representava São Pedro. Muitas crianças também se divertem criando formas divertidas e curiosas.
Kátia Castilho, coordenadora de recreação da Secretaria, lembra que basta boa vontade para participar. “As pessoas precisam levar o material que acharem necessário como pás, espátulas e baldinho, porém não será permitido o uso de formas ou moldes para confeccionar as esculturas. Basta um pouco de criatividade e as obras vão aparecendo”, diz Kátia.
O concurso será dividido em quatro categorias: mirim (até 10 anos), infantil (11 a 14 anos), Juvenil (15 a 17 anos) e adulto e a premiação irá para os três melhores trabalhos.
“Para as crianças menores é uma grande festa. Elas amam ficar mexendo na areia e nem se importam com os resultados”, completa a coordenadora.
As inscrições podem ser feitas diretamente no local, até às 10 horas, e os trabalhos deverão estar concluídos até o meio-dia, quando a comissão julgadora percorrerá a área do evento avaliando as esculturas.
O “Concurso de Escultura na Areia” conta com o apoio do Quiosque São Lourenço e Smidi Calçados. PMU



Assistência Social de Ubatuba entrega certificados de cursos de capacitação

Mais de cem alunos no primeiro semestre receberam instruções para aproveitar melhor os alimentos e gerar renda

A Secretaria de Assistência Social promove nesta sexta-feira, 16, a cerimônia de formatura dos participantes dos cursos de capacitação promovidos no primeiro semestre.
Os cursos ministrados no período foram de artesanato e alimentação e contaram com 183 pessoas inscritas, sendo que destas, cerca de 160 tiveram a freqüência necessária para obtenção do certificado de conclusão do curso.
A partir das 14h acontecerá uma palestra sobre “Treinamento para manipulação de alimentos”, que pode ser considerada a aula final, e a partir das 16 acontecerá uma exposição dos trabalhos realizados pela turma de artesanato e uma degustação dos quitutes produzidos pelas turmas de culinária. PMU



Vôlei feminino de Ubatuba passa por Arujá

A definição da vaga será contra São José e Caraguá

O vôlei feminino de Ubatuba venceu a partida de estréia na fase classificatória dos Jogos Regionais. Jogando em ritmo de treino, as meninas comandadas por Geraldo Vanoni fecharam a partida em dois sets a zero, com parciais de 25/8 e 25/4 em trinta e seis minutos de jogo. Atuaram por Ubatuba as jogadoras Patrícia, Marina, Bruna, Bárbara, Andréia, Érica e Greice Kelly. Nesta quarta feira Ubatuba enfrenta São José, adversário mais difícil do grupo, a partir das 15 horas no Ginásio do Morro do Algodão. A partida chave para Ubatuba acontece na quinta-feira, contra Caraguá. O jogo deve definir a segunda vaga do grupo.
Vôlei de Praia – No vôlei de praia masculino, Ubatuba, jogando com Régis e Edílson, perdeu para Poá por dois sets a zero. A equipe feminina, formada por Jéssica e Patrícia, como o masculino teve Poá pela frente e também não avançou para a segunda fase do torneio, sendo derrotada por dois sets a um.
PMU



Beach soccer feminino de Ubatuba estréia com vitória suada

Equipe vence com gol de pênalti no último minuto da prorrogação

A equipe de beach soccer feminino de Ubatuba suou muito para vencer Mogi das Cruzes pelo placar de três a dois na estréia da modalidade nos Jogos Regionais.
O início do jogo foi totalmente favorável à Ubatuba, com duas bolas na trave e dois gols de Meire. No segundo tempo as duas equipes criaram chances, mas faltou pontaria no arremate.
O técnico de Ubatuba André Paulo pediu às jogadoras que trabalhassem a bola no terceiro tempo, mas em duas jogadas rápidas, o time de Mogi chegou ao empate. A partir daí foi sufoco até o final com a partida terminando empatada em dois gols no tempo regulamentar. O ritmo da prorrogação mostrava que a decisão seria na cobrança de tiros livres, porém quando faltava um minuto para o final da partida, Meire avançou em direção ao gol e foi derrubada na área: pênalti para Ubatuba. Meire, que foi escolhida pela organização do torneio como a melhor jogadora da partida, bateu no canto esquerdo e marcou o gol da vitória. Ubatuba atuou com Carol, Nice, Milene, Tati, Meire, Anita, Kelly, Laura e Magá.
O prefeito Eduardo César acompanhou a partida e ficou empolgado com a vitória do time ubatubense. “A garra que essas meninas mostraram em quadra foi impressionante. Acreditavam em todas as jogadas e não desanimaram nem quando sofreram o empate. Lutaram até o final e conseguiram a vitória com méritos. O time está de parabéns”, disse o prefeito, que seguiu para a piscina do Centro Esportivo, onde se encontrou com o Secretário Estadual da Juventude Esporte e Lazer, Lars Grael.
O time de beach soccer feminino de Ubatuba ainda tem pela frente as equipes de Poá, Caraguá e Ilhabela. PMU

quinta-feira, julho 14, 2005

Brasil

sidneyborges

O melhor amigo do homem é o cão, que não exige mensalão

Meu cachorro está amuado com a onda de denúncias que varre o país. Ao saber das malas endinheiradas e da invasão da Daslu ficou com essa cara. Ele quer uma coleira "Dior" que custa a bagatela de 54 mil reais. Cachorro chic!

Sidney Borges

É hoje!

heart file


Força tricolor! Avante!

Poy, De Sordi e Mauro. Dino, Vitor e Riberto. Maurinho, Amaury, Gino, Zizinho e Canhoteiro. No banco Vicente Feola e o Dr. Paulo Machado de Carvalho. Em Ubatuba, Sidney Borges. Avante tricolor! Estamos torcendo!

Turismo em pauta

divulgação

A platéia acompanhou atenta apesar da longa duração dos trabalhos

Reunião discutiu formação do Conselho Municipal de Turismo

Empresários do trade turístico de Ubatuba estiveram reunidos na noite da última quarta-feira, 13, com o secretário de turismo e o prefeito municipal discutindo problemas e soluções para o setor. Entre eles, o motivo maior da reunião, estava a discussão sobre a formação do Conselho Municipal de Turismo. Os empresários do setor turístico da cidade ouviram do prefeito Eduardo César que toda a parte legal da criação da lei já está devidamente encaminhada e que a partir de agora, todas as decisões sobre o turismo da cidade será compartilhada com a sociedade civil organizada. “Os acertos iremos comemorar juntos, porém, os erros também deverão que ser assumidos conjuntamente”, disse o prefeito, que acredita que questões antigas e problemáticas da cidade, na área do turismo terão, em breve, um fórum competente e representativo para serem discutidas e solucionadas.
Durante a reunião, que durou cerca de quatro horas, inúmeras questões foram levantadas, como a problemática envolvendo os quiosques da cidade, o som alto de algumas casas de show, a falta de turistas, o fechamento de ruas em função de algumas festas populares e ainda o fim ou não da Comtur. Em todas elas, o prefeito Eduardo César mostrou sua posição e mais uma vez lembrou que o Conselho será o local adequado para todas essas discussões, já que terá a participação, não só do Governo municipal, como de representantes de todo o setor ligado ao turismo.

Planos

O secretário de turismo, Luiz Felipe Azevedo usou de seu tempo para apresentar para a platéia um resumo da atuação da secretaria nesses 180 dias de governo. Felipe também mostrou ao trade o seu cronograma de trabalho até dezembro, ressaltando que, além dos eventos já programados, está em andamento um grande trabalho para viabilizar o atracamento de cruzeiros marítimos em Ubatuba, a implantação de vôos regulares no aeroporto Gastão Madeira, além da construção de um Centro de Convenções. Ao final da apresentação, Luiz Felipe mostrou os oito vídeos institucionais e promocionais realizados nesses primeiros seis meses de governo, mostrando Ubatuba e seus eventos para um grande núcleo emissor de turistas. Bastante aplaudido, o secretário de turismo agradeceu o apoio que vem recebendo das várias secretarias da prefeitura e da comunidade para o desempenho de seu trabalho. PMU

Nota de esclarecimento

“CPI em Ubatuba”
A propósito do breve comentário instigativo de Thomas de Carle, meu amigo, publicado no Correio “Guaruçá” de 10/07 p.p. e observações diversas em outros veículos da imprensa local, a bem do conhecimento público, gostaria de lembrar que desde 20 de junho acha-se instalada a Comissão de Sindicância nomeada pelo Sr. Prefeito de Ubatuba, para no âmbito da Prefeitura apurar e responsabilizar as irregularidades observadas na Folha de Pagamento dos funcionários desta Prefeitura; outrossim, a Câmara Municipal de Ubatuba instituiu, também, uma CPI com a mesma finalidade, havendo saudável cooperação entre ambas comissões.
Os trabalhos da Comissão Sindicante estão bem avançados e espera-se que sejam concluídos no prazo de 30 dias que terminam dia 20 de julho p.v.. Será, então, apresentado Relatório Final Conclusivo ao Sr. Prefeito, acompanhado de toda a documentação comprobatória pertinente, que serão juntados ao processo instaurado pelo Ministério Público do Estado de São Paulo, para conclusão das investigações e final encaminhamento do processo à Justiça para julgamento do(s) responsável(eis).

Não necessitamos, pois, de “algum Roberto Jefferson”, uma vez que não nos move qualquer interesse político e as medidas de apuração estão tomadas; tampouco, é tempo, ainda, de “dar nome aos bois”, ou divulgar o “modus operandi”. O silêncio, neste momento, é uma imposição ética enquanto perdurarem as apurações, tomarem-se os depoimentos e analisarem-se as provas.

Atenciosamente

Ernesto F. Cardoso Jr. – Presidente da Comissão Sindicante

Recursos Hídricos e Gestão Ambiental

O Instituto SEIVA Advogados pela Natureza e o Instituto Argonauta para Conservação Marinha têm a grande satisfação de convidar toda a sociedade para a Palestra 'Gestão de Recursos Hídricos e Gestão Ambiental : subsídios para sua Integração', a ser proferida pela Dra. Eldis Camargo, no dia 23 de julho deste ano, às 19 horas, no Auditório do Aquário de Ubatuba (Rua Guarani, 859 – Itaguá, Tel: 12 3832 1382). A água é um direito à vida, é um bem ambiental, por excelência, os usos dos recursos hídricos pelo ser humano garantem a sua sobrevivência e o desempenho de suas funções produtivas. Estes usos estão relacionados com o estilo econômico adotado para cada país. Segundo Dra. Eldis Camargo, o estilo econômico escolhido pelo povo brasileiro é o que consta na Constituição Federal, em seu art. 170, estabelecendo que dentre os princípios econômicos está a defesa do meio ambiente (para garantir a sobrevivência e a sadia qualidade de vida). Assim as normas ambientais dão o controle e o comando das atividades e ações próprias para proporcionar que as presentes e futuras gerações usufruam o bem ambiental, uso comum de todos. O uso dos bens ambientais ou dos recursos ambientais (dentre eles a água), faz parte de como se exerce a gestão desses recursos. Os municípios do Litoral Norte de São Paulo pertencem a um mesmo Comitê de Bacias e possuem aspectos socioambientais bastante semelhantes, inclusive problemas sérios na gestão dos recursos hídricos, haja vista que, de forma individualizada ou coletiva, o abastecimento de água potável ocorre através dos rios existentes, ao mesmo tempo em que estes mesmos rios recebem grande parte do esgoto sem tratamento. Além disso, há sérios problemas relativos ao uso e à ocupação das encostas e margens dos rios, o que nos remete à urgência de uma gestão integrada e participativa de nossos bens ambientais, bem como à necessidade de informação e conhecimento sobre as normas legais deste processo. Esta palestra também tem por objetivo elencar temáticas a serem incorporadas em outras palestras e cursos futuros, os quais possam auxiliar na gestão ambiental da região. Maiores informações podem ser obtidas com: Maria Luiza Camargo - Instituto SEIVA Advogados pela Natureza - Tel: 12 3835 2334 luluca@usp.br www.seiva.org.br

Valério tinha fantasma de bolso cheio

Chico Otavio e Rodrigo Lopes*
BRASÍLIA e BELO HORIZONTE
O ferroviário mineiro Jonas de Pinho morreu no dia 31 de dezembro de 1999, aos 81 anos, de choque séptico, pneumonia e doença pulmonar obstrutiva crônica, como atesta a sua certidão de óbito. Porém, relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) entregue à CPI dos Correios informa que, três anos e sete meses depois de sua morte, Jonas de Pinho aparece como responsável por um saque de R$ 152.875 da conta da agência SMP&B, do publicitário Marcos Valério, na agência Assembléia (Belo Horizonte) do Banco Rural.
(leia na íntegra)

Bobagem quixotesca

Helio Schwartsman
O Parlamento aprovou na semana passada o projeto de lei nº 3.987/00 do deputado Átila Lira (PSDB-PI), que obriga escolas públicas e privadas de ensino médio a oferecer o espanhol como disciplina optativa no horário regular de aulas. Se o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não vetar a proposta, ela se converterá em lei. Nada indica que vá fazê-lo, uma vez que o ainda ministro da Educação, Tarso Genro (PT-RS), é um dos mais entusiasmados apoiadores da iniciativa. Se se tratasse apenas de oferecer aos jovens a oportunidade de aprender direito o idioma de nossos vizinhos, eu mesmo assinaria embaixo da medida. O problema é que ela se inscreve num quadro legislativo e de realidade que a precede e que ela acaba por perturbar.
(leia na íntegra)

Charles Medeiros em ação

Com a preocupação em melhorar o visual da cidade e também tentar oferecer um melhor atendimento às comunidades mais distantes, o vereador Charles Medeiros busca em várias frentes as parcerias necessárias com instituições, institutos, empresas e quem puder estar interessada em colaborar para o bem-estar de nossa comunidade.
Em relação às melhorias visuais, Medeiros entrou em contato com Francisco Stuart Neto, Gerente Executivo da Elektro, para solicitar maiores informações sobre a viabilização do Programa Padrão de Arborização Urbana. Segundo Stuart o programa vem atendendo com satisfação e tem agradado muito aos municípios contemplados. “Recebemos o Requerimento Nº 202/05 do Vereador Charles Medeiros, solicitando encaminhamentos necessários para a formalização da parceria ente a Elektro e a Prefeitura, estamos elaborando com isto providências para o convênio”, comentou Stuart.
Segundo Medeiros, “a idéia da celebração da parceria é para melhorar o sistema elétrico de distribuição, bem como reduzir a necessidade de podas e no caso de necessidade, fazer de forma correta. Essa atitude, além de proporcionar uma arborização urbana mais harmoniosa, garante o equilíbrio, a saúde e a estética das espécies plantadas.”
Preocupado com as comunidades mais distantes, Medeiros encaminhou ao Comus um ofício – 186/05, esclarecendo das dificuldades encontradas pelos pacientes que necessitam retirar material para exames e que residem nos extremos do município.
Sensível a situação, o Comus encaminhou cópia a Secretaria de Saúde, onde a mesma reconhece a necessidade e informa que já está providenciando a descentralização da coleta. Informa ainda que já está havendo coleta de material na Unidade Mista da Maranduba e que para as demais equipes o processo depende da aprovação da Vigilância Sanitária.
“Sabemos que ainda falta muito para agradar a todos, mas já é um passo. Muitas pessoas não têm tempo e nem dinheiro para ir ao laboratório retirar material para exame, principalmente os moradores dos extremos do município”, finalizou Medeiros.
Fonte: Assessoria Charles Medeiros

Dois meses!

divulgação

Comissão interna nomeada para resolver o problema das bicicletas

Ubatuba irá disciplinar trânsito de bicicletas

O prefeito de Ubatuba, Eduardo César (PL) nomeou uma comissão interna de estudos com o objetivo de solucionar o trânsito de bicicletas na cidade. A comissão é composta por representantes da secretaria de Arquitetura e Urbanismo, Guarda Municipal, secretaria de Meio Ambiente, Assessoria de Assuntos Comunitários, Gabinete e serviço de trânsito. A Câmara Municipal esteve representada pelo vereador Charles Medeiros. “Queremos uma solução real e um trânsito organizado para os ciclistas”, enfatizou Eduardo César.

Nota do editor - Esta notícia chegou à redação do Ubatuba Víbora em 12 de maio de 2005. Estamos republicando para lembrar às autoridades que o trânsito de bicicletas em Ubatuba continua uma calamidade. No mês que vem tem mais.

Pão e circo !

Ronaldo Dias
A quantidade de malas (e cuecas) recheadas de dinheiro que circulam por aí, justificam a falta de recursos para tudo. Nada de retorno para os contribuintes e, para os programas sociais que são sustentados pelos primeiros. As ações da PF e da Receita, contra grades empresas, em busca de "sonegadores" visa apenas, a mudança do foco das atenções, do real destino destes recursos arrecadados. Não há o que chega para a volúpia dos corruptos. As acusações do Deputado Jeferson são apenas a ponta de um imenso Iceberg. Assim, o PT, com trincas profundas e generalizadas, como o Titanic, faz muita água. Mesmo se flutuar, jamais será o mesmo. Muitos abandonarão este transatlântico, transformado em canoa furada. No fundo, como sempre nós, que pagamos todas estas contas (com o nosso suor e não com os gordos mensalões) sofreremos, mais uma vez, os desgastes da costumeira "correria" que deixará a (já sem fôlego) economia interna estacionada. Estes fatos trazem saudades da década de 70. Eu, pelo menos, era feliz e não sabia. Dane-se o Dirceu e o falso genuíno ou, genuíno falso. Quanto ao Lula, me lembra bem o Tancredo. Enquanto houver interesse das forças ocultas (serão as mesmas do Jânio?) continuará sutilmente, por de traz do sofá, bem escorado, para mostrar às "câmaras" e, aos flashs, que apesar de tudo, mesmo com aquele sorriso amarelo, sobrevive! Será que a sua esperança, de continuar no palácio, vencerá o medo de voltar ao ABC? Com tanto circo, quem precisa de pão?

Notícias da Prefeitura

divulgação

O Estatuto da Criança e do Adolescente é uma conquista da sociedade

ECA faz aniversário e estimula discussão sobre o cuidado com os jovens no município

O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) completou 15 anos nesta quarta-feira, (12). No dia do aniversário do estatuto, representantes do Conselho Tutelar de Ubatuba, da Fundac (Fundação da Criança e do Adolescente) e do CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do
Adolescente) foram para o calçadão da Av. Dona Maria Alves, com o objetivo de divulgar o trabalho executado por cada um deles.
Fazendo uma avaliação e uma retrospectiva dos últimos anos, há um consenso de que muita coisa mudou, mas também de que ainda há muito por fazer para melhorar a qualidade de vida das crianças e adolescentes. A conselheira Yara Regina de Camargo diz que ainda há muita falta de informação, de participação da comunidade. “Muitas vezes, as pessoas não tem noção do nosso papel, mas nós estamos aqui para defender as crianças e adolescentes de abusos e violência, para garantir que seus direitos sejam cumpridos”.
Na opinião da presidente do CMDCA, Sônia Bonfim, muitos avanços aconteceram, mas para os órgãos de proteção funcionarem com mais eficiência, seria necessário um trabalho conjunto entre Conselho Tutelar, Delegacia de Polícia, Assistência Social e Ministério Público. “Precisamos agilizar os processos, diminuir o sofrimento das crianças, por isso, as parcerias são fundamentais”.
A Fundac realiza um trabalho com jovens em liberdade assistida. Através de projetos, prestações de serviços à comunidade, cursos profissionalizantes, acompanhamento psicológico, atividades esportivas e culturais, esses jovens vão sendo gradativamente reinseridos na sociedade. A diretora-presidente da Fundac, Josiane Brunácio Grunvald, explica que novos cursos estão programados para o segundo semestre, abrindo um leque maior de oportunidades para os adolescentes. “Estamos aumentado as opções de esportes, artes e técnicas de trabalho para que os jovens possam escolher o que mais gostam de fazer”.
Segundo o estatuto, a criança é um ser em desenvolvimento e como tal precisa de cuidados especiais, com prioridade absoluta, para que possa crescer em harmonia física e mental. Para isso, ela precisa de amor, carinho, atenção, cuidado e direito á vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária. PMU



IBAM inicia reforma administrativa em Ubatuba

O IBAM (Instituto Brasileiro de Administração Municipal) deu início na última terça-feira, 12, aos estudos da reforma administrativa da Prefeitura de Ubatuba que será dividida em duas etapas. Durante a manhã da terça-feira, dois técnicos que executarão os trabalhos nessa primeira fase estiveram reunidos com o prefeito Eduardo César. No período da tarde os técnicos fizeram uma explanação para os secretários e assessores de como funcionará os trabalhos visando a reforma. Logo após a reunião os secretários já começaram a ser entrevistados individualmente.
Ainda na primeira etapa todos os demais funcionários serão ouvidos individualmente para que a empresa possa saber das qualificações de cada um e assim adequá-los corretamente em suas funções. Segundo o IBAM esta primeira fase deverá ser concluída em 60 dias. Logo após, as propostas da reforma administrativas serão encaminhadas ao Legislativo. O secretário de Administração Sílvio Bonfiglioli Neto adianta que todo organograma da Prefeitura deverá ser alterado. Secretarias deverão ser criadas como a da Segurança Pública, que englobará a Guarda Municipal, Defesa Civil, Bombeiros e Serviços de Trânsito.
Na segunda fase das avaliações o IBAM estará revendo os estatutos do servidor, do magistério e o plano de carreira dos funcionários e deverá ser concluída até o final do primeiro semestre de 2006. “Precisamos valorizar nossos funcionários de carreira, por que entendemos que para resgatar o município, é preciso a colaboração e a participação do funcionalismo público municipal”, afirmou o prefeito Eduardo César. PMU



Psicóloga assume a FUNDAC em Ubatuba


Josiane Brunácio Grunvald é a nova diretora presidente da FUNDAC- Fundação da Criança e do Adolescente de Ubatuba. Psicóloga, Josiane é membro do Conselho Científico Estadual do Programa de Saúde Integral ao Adolescente, que desenvolve atividades na Universidade de São Paulo e no Hospital das Clínicas. Na secretaria de Saúde da Prefeitura de Ubatuba atuou por 12 anos.
Convidada pelo prefeito de Ubatuba Eduardo César, Josiane aceitou o cargo se propondo a nortear um modelo mais técnico de conduta que busque respeitar as potencialidades da criança e do adolescente. “É um grande desafio fazer a proposta e implantar um novo modelo de atendimento de integração da criança e do adolescente”, acredita.
Além de administrar a sua sede, a Fundação ainda gerencia o Abrigo (Lar do Menor), localizado no bairro do Itaguá, que hoje atende cerca de 56 crianças de 0 a 17 anos. Na sede, a Fundac mantém convênio com a Febem no projeto Amigos do Adolescente, onde aproximadamente 60 adolescentes que estão em liberdade assistida prestam serviços à comunidade.
Na próxima semana, Josiane já adiantou que pretende estar viabilizando para sede da Fundação a implantação de cursos, como de mosaico, história de Ubatuba, atividades de serigrafia, aulas de capoeira, jiu jitsu, karatê, judô e jogos de xadrez. Para o Abrigo já existem estudos para o desenvolvimento de oficinas. “Com essas atividades procuramos elevar a auto-estima e a moral da criança e do adolescente, ajudando assim em seu resgate”, acredita Josiane.
A nova presidente avalia que a contribuição do voluntariado é também importante para o êxito dos trabalhos. “Estamos abrindo nossas portas para a ajuda do voluntariado”, finaliza. A sede da Fundac está localizada na avenida Professor Thomaz Galhardo, 865 e os telefones são (12) 3833-9119 e 3836-1287. O Abrigo está situado na rua Capitão Felipe, 289, no bairro do Itaguá. Os telefones são (12) 3832-1980 e 3832-1421. PMU



Santa Casa de Ubatuba recebe doações

Nesta semana a Santa Casa de Ubatuba recebeu importantes doações de voluntários. A Associação Amigos Jardim Pedra Verde doou 10 latas de 18 litros de tinta Suvinil Acrílica Fosca. Um grupo de senhoras de Campinas, sendo elas Esmeralda Jesus Souza Moreira, Regina Stort e Telma Moreira doou 90 lençóis e uma máquina de costura Singer. Segundo a Provedoria da entidade parcerias como essas, de pessoas dedicadas, ajudarão a suavizar o dia a dia da Santa Casa. PMU

Petistas, tomem o PT dos ladrões! – 1

Fausto Wolff
Qualquer jornalista com alguma experiência sempre soube que nossos políticos, em sua grande maioria, são ladrões. Depois de roubarem o corpo do país, depois de roubarem a alma (a cultura) do país, passaram a vender o país, primeiro aos poucos e depois descaradamente, cumprindo ordens de Washington e das transnacionais sem pátria, mas com uma forte queda pelo Tio Sam. Sabíamos, é claro, que nos três poderes havia alguns honestos por burrice e outros por convicção e caráter.
(Leia na íntegra)

quarta-feira, julho 13, 2005

Barulho insano

munch o grito


Em Ubatuba se confunde festa com barulho. Neste momento estou no bairro da Ressaca. São 22:11h. O som da televisão da minha sala está sofrendo interferência do ruído proveniente da festa da Praça da Matriz. Qual o propósito?

Sidney Borges

Corretíssimo!

"Não tenho culpa nenhuma pela desigualdade social", diz a empresária Eliana Tranchesi, dona da Daslu. "Já faço muito pelo país investindo e gerando empregos." Concordo plenamente. Se alguém quer rasgar dinheiro comprando "status" na loja dela que o faça. Desde que comprove a origem. Quando digo rasgar dinheiro falo no sentido figurado. Pagar milhares de reais por uma bolsa diminuta me parece idiotice, porém eu sou suspeito. Não tenho milhares de reais. Se tivesse comprava um disco voador e ia embora deste planeta. Seres humanos fedem. O que a diligente empresária parece não saber é que contrabando é crime e dá cadeia. Mas não há o que temer. Sendo branca e rica, logo estará solta. Cadeia é para inferiores, gente pobre. Credo, que nojo! Há uma classe no país que parece estar acima de qualquer lei. Será que um dia isso muda? Por falar nisso, todos os dias milhares e milhares de dólares, na verdade milhões, saem do país pela maior lavanderia do mundo. O Aeroporto de Congonhas. O dinheiro deixa as terras descobertas por Cabral a bordo de jatinhos milionários, nunca importunados, blindados que estão por propinas acima de qualquer mensalão. Vai continuar assim, alguém duvida?

Sidney Borges

Recado para o Lula

O templo do modo de ser tucano está sob suspeita. A Daslu, loja reservada aos muito ricos, cara do ex-presidente FHC, está na mira dos companheiros. Corretíssimo. Se a idéia é limpar a lama então que a lama seja removida. Ainda que proveniente de pó de biscoitos finos dissolvidos em água Perrier. Os tucanos devem se preparar. Um recadinho para o Lula: que tal colocar uma força tarefa atrás da operação Cayman. E a privataria? Não sobra nada pra ninguém? Onde houve tanta fumaça deve ter existido algum fogo. Força Lula, não é só no PT que há corruptos. Estão rindo da tua cara e esperando você cair para continuar fazendo tudo igualzinho. Quando você falou em trezentos picaretas, estava coberto de razão, errou apenas no número. São milhares. Você deveria mostrar quem é o Lula de São Bernardo, corintiano roxo e apreciador de uma boa birita. Deixar claro para os engomadinhos que se cair leva consigo a república dos bananas. Nem é preciso fazer esforço, basta pegar os dados que a CPI do Banestado levantou e que o diligente companheiro Mentor varreu para baixo do tapete. Que bela oportunidade de passar o Brasil a limpo, como diria aquele “smart” jornalista, que presta serviços para os bispos que “tiram espírito”. O povo o apóia Lula, as pesquisas deixam isso claro. A melhor defesa é o ataque. Roberto Jefferson deu a dica. “Vai lá Lula, pega os caras”. Não seja pusilânime. Exagerei, ele não vai entender!

Sidney Borges

Pretos, brancos e amarelos...

A leitora Aline Bitencourt enviou a história de final feliz que está publicada abaixo. É antiga e versa sobre discriminação racial, que é antes de tudo uma grosseira manifestação de ignorância. Quem sabe um mínimo de biologia tem conhecimento que não há diferenças entre os homens. Somos todos iguais, independentemente da cor da pele. Para os que se julgam superiores: a diferença entre o DNA de homens e chimpanzés é mínima. Não adianta comprar na Daslu, você continua sendo um quase símio! Vamos à história.

Isso aconteceu num vôo da British Airways entre Johannesburgo e Londres.
Uma senhora branca, de uns cinqüenta anos, senta-se ao lado de um negro. Visivelmente perturbada, ela chama a aeromoça:
-Qual é o problema, senhora? Pergunta a aeromoça:
- Mas você não está vendo? Responde a senhora.
- Você me colocou do lado de um negro. Eu não consigo ficar do lado destes nojentos. Me dê outro assento.
- Por favor, acalme-se. Diz a aeromoça. Quase todos os lugares deste vôo estão tomados. Vou ver se há algum lugar disponível.
A aeromoça se afasta e volta alguns minutos depois.
- Minha senhora, como eu suspeitava, não há nenhum lugar vago na classe econômica. Eu conversei com o comandante e ele me confirmou que não há mais lugar na executiva. Entretanto ainda temos um assento na primeira classe. Antes que a senhora pudesse fazer qualquer comentário, a aeromoça continuou:
- É totalmente inusitado a companhia conceder um assento de primeira classe a alguém da classe econômica, mas, dadas as circunstâncias, o comandante considerou que seria escandaloso alguém ser obrigado a sentar-se ao lado de pessoa tão execrável.
E dirigindo-se ao negro, a aeromoça complementa:
- Portanto, senhor, se for de sua vontade, pegue seus pertences que o assento da primeira classe está à sua espera. E todos os passageiros ao redor que, chocados, acompanhavam a cena, levantaram-se e bateram palmas.
DIGA "NÃO" A DISCRIMINAÇÃO RACIAL

Semana Hans Staden

divulgação

Vereador Charles Medeiros, idealizador da "Semana Hans Staden"

No último dia 01, Charles Medeiros esteve em contato com Paulo de Tarso, delegado regional de Turismo e agente fiscal da Secretaria Estadual de Turismo. Na conversa Tarso manifestou entusiástico apoio ao Projeto 2681/05, que trata da "Semana Hans Staden" em Ubatuba. Ele está cuidando para que o projeto, uma vez materializado, possa entrar no Calendário Estadual de Eventos. Para o delegado, a "Semana" deverá se tornar um acontecimento de grande porte. O idealizador da "Semana Hans Staden", vereador Charles Medeiros está otimista. Ele acredita que o evento terá repercussão nacional e internacional nas mesmas linhas da FLIP de Paraty, Oktoberfest de Santa Catarina e o grande festival de Parintins. Hans Staden é um nome fixado no imaginário europeu, um aventureiro romântico que desbravou terras selvagens e descreveu com maestria suas andanças. A maior parte de suas aventuras aconteceu onde vivemos. A criação da "Semana Hans Staden" é uma forma de dar ao nosso Litoral merecida relevância histórica. Através da "semana" será feito o resgate da cultura e da história da região. Quem entrou em contato com Medeiros foi a moradora do bairro do Pereque-Açu, Maria José, figurante do filme Hans Staden rodado em Ubatuba. Maria fez o papel da índia casada com o ator Stenio Garcia. Ela ficou entusiasmada quando ouviu o vereador conceder uma entrevista onde mencionava sobre Hans Staden, ligou para o gabinete e se colocou à disposição para colaborar. Maria José tem contato com os figurantes da época e guarda lembrança de detalhes das filmagens, inclusive das danças.
Em tempo: Para que a semana Hans Staden realmente se torne realidade, os entendimentos entre o vereador e o Secretario de Turismo Luiz Felipe, estão bastante avançados. O prefeito Eduardo César manifestou apoio integral ao projeto.
Fonte: Assessoria Charles Medeiros

Notícias da Prefeitura

divulgação

Casa da Farinha, ponto de visita obrigatório para os turistas de Ubatuba

Fazenda da Caixa

Um fragmento de história em solo ubatubense

Quando alguém se dispõe a desvendar os mistérios de Ubatuba, pode ter certeza que encontrará muitos motivos para se encantar e muitas surpresas pelo caminho. As paisagens paradisíacas, o passado se misturando com os tempos atuais, a mata verde que cobre cada pedaço de chão e esconde os mistérios, as histórias, as lendas, o povo caiçara...
O passado está presente em pequenos detalhes encontrados aqui e ali. A Fazenda da Caixa é um desses fragmentos da história que resistem ao tempo e à falta de recursos para restaurá-los e mantê-los como provas vivas da importância de Ubatuba no contexto da formação do Brasil.
Indo pela BR-101, em direção ao Rio de Janeiro, cerca de 30 km do Centro, de um lado avista-se a Praia da Fazenda, majestosa e bela. Do outro, há uma entrada sutil, que parece querer conduzir ao interior da Mata Atlântica. Seguindo por essa estradinha de terra, percebe-se que é uma pequena vila, de moradores legitimamente caiçaras. Algumas casinhas de pau à pique, outras de bloco, senhoras na janela, crianças com pouca roupa, brincando nos quintais de terra. De repente, o caminho se bifurca e, ao final da estradinha à esquerda, uma construção diferente obriga o motorista a interromper sua viagem.
Ali, ao lado de um rio límpido e raso, ergue-se um grande moinho, uma roda de engenho, movida pela força da água. Nas paredes do fosso que abrigam a roda de madeira, uma demonstração da contribuição e do trabalho dos escravos. Pedras gigantescas encaixadas perfeitamente, pesadas colunas, uma chaminé bem alta, construída de tijolinhos, uma caldeira de ferro, corroída pelo tempo. No passado, mais precisamente no século XVIII, essa fazenda tinha o objetivo de beneficiar a cana, transformando-a em álcool, cachaça e açúcar. Embrenhada na mata está a Trilha do Corisco, que termina em Paraty e era uma das rotas por onde as mercadorias produzidas na “Fazenda da Caixa” seguiam. O rio, nessa época, era navegável, permitindo que a produção também seguisse em embarcações.
Hoje, os tempos são outros. A Fazenda da Caixa é chamada de “Casa da Farinha”, porque foi adaptada para a produção de farinha de mandioca, na década de 50. Virou propriedade do Governo do Estado e está situada no Núcleo Picinguaba, uma área de preservação que impede o plantio de mandioca na quantidade necessária para realizar a produção de farinha. A terra utilizada exaustivamente cansou-se de produzir e a Casa da Farinha só funciona de vez em quando.
Para as pessoas que gostam de ouvir histórias e conversar, não basta ver as paredes, é preciso ousar um pouco mais e procurar as pessoas que moram nos arredores da Fazenda. Os caiçaras mais velhos adoram receber visitas e contar seus “causos”. A cultura desse povo está se perdendo, mas ainda é possível encontrar pessoas que conhecem os costumes passados de geração para geração. Indo um pouco além da “Casa da Farinha” tem a casa do “Seu” Zé Pedro, um senhor simpático, descendente de escravos, dono de uma grande sabedoria. Seu Zé parece estar preparado para conversar sobre qualquer assunto. Apesar de não ter televisão, nem tampouco energia elétrica, assim como todos os moradores dali. É um homem politizado, um líder comunitário que conhece a todos e batalha por seus interesses. Ficando amigo do Seu Zé, o resto ele apresenta, conta a história da Fazenda da Caixa, da Casa da Farinha, dos escravos, da política municipal, das venturas e desventuras do povo caiçara e muito, muito mais...
Conversar com ele é ficar sabendo dos tempos em que a BR-101 não existia e os moradores iam para “a cidade” num pequeno barco, que ia buscando os moradores em diversas praias pelo caminho. “A gente pagava um cruzeiro pro dono do barco, mas acho que ele é que devia pagar uns três cruzeiros pra gente andar no barco dele. Espirrava um monte de água e balançava muito, a gente chegava molhado na cidade. Em Ubatuba tinha só uma pousada, tinha que pagar adiantado e não podia chegar depois das oito. Um dia, chegamos e já estava fechada, batemos na porta e o dono saiu bravo. Então, pedimos o dinheiro de volta e ele resolveu deixar a gente dormir, chegando no quarto, era pulga pulando pra todo lado”, diverte-se com a lembrança Seu Zé Pedro.
Enfim, conhecer Ubatuba, não é apenas tomar sol na Praia Grande, passear pela avenida e tirar foto no farol. Para quem não se contenta com o costumeiro, as surpresas são infindáveis. Beleza e história se misturam a cada palmo de chão. É preciso sair desvendando, buscando e pesquisando. Invariavelmente, o que acontece com quem ousa é se apaixonar perdidamente por essa terra e não querer mais ir embora, porque demora um bom tempo para descobrir tudo o que há. PMU



Secretaria de Saúde amplia atendimento

A Secretaria Municipal de Saúde está realizando, desde o início do ano, uma grande reestruturação que visa desafogar a demanda da Santa Casa e, conseqüentemente, proporcionar um melhor atendimento à população. Para tanto, as Unidades de Saúde da Família situadas em diferentes bairros estão sendo melhoradas. Serviços já existentes estão sendo otimizados, profissionais foram contratados e novas unidades estão sendo construídas em pontos estratégicos da cidade.
A Unidade da Maranduba, na região sul, que antes funcionava apenas durante 12 horas passou a funcionar todos os dias, 24 horas, oferecendo mais conforto e segurança aos moradores daquela região. Os equipamentos de emergência, que não funcionavam há mais de dois anos foram recuperados, o prédio passou por reformas gerais com a ajuda da comunidade, médicos e enfermeiros foram contratados para completar as equipes de PSF (Programa de Saúde da Família). Outro importante passo é a coleta de exames na própria Unidade, evitando que o morador da Região Sul tenha que se deslocar até o Centro.
Na região Norte, o número de médicos dobrou e os atendimentos que eram feitos apenas uma vez por semana, agora são todos os dias. As instalações da Unidade estão passando por reforma gradativa.

Novas unidades

A sede da Unir (Unidade de Recuperação), também está passando por mudanças. Uma casa com piscina está sendo alugada, com a verba que antes era utilizada para alugar uma piscina em outro local. Com essa mudança, será possível manter duas casas e novos serviços serão oferecidos à comunidade. No prédio onde hoje funciona a Unir, na rua Dom João III, funcionará o Centro de Referências e Especialidades, para grupos de apoio e casos de tuberculose, aids, câncer, hepatite C, cardiologia, dermatologia e neurologia. Os móveis para a nova sede estão sendo comprados e até o fim do mês, a mudança será efetivada.
O Centro de Especialidades, por sua vez, cederá espaço para realizar ali o pronto atendimento e um centro materno-infantil, com ambiência para receber crianças.
Unidades de Saúde da Família serão instaladas no Horto e Marafunda, com o objetivo de viabilizar o pronto-atendimento no Ipiranguinha. Até o fim do ano, quatro novas unidades serão inauguradas nos bairros Sertão da Quina, Praia Dura, Rio Escuro e Itaguá. O secretário de saúde, Dr. Marcos da Silveira Franco diz que até o fim do ano, as metas da campanha do prefeito Eduardo César na área da saúde estarão cumpridas. “Nós estamos nos esforçando para proporcionar à população um atendimento digno, apesar da situação caótica em que a saúde se encontra em todo o país. O poder público municipal está mais sensível às causas da comunidade. Estamos trabalhando com a mesma verba do ano passado, redirecionando recursos e realizando o que parecia impossível”, finaliza dr. Marcos. PMU



Ubatuba comemora 15 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente

O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) completa nesta quarta-feira (13), 15 anos de existência. Em Ubatuba o Conselho Tutelar e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) programaram atividades no Calçadão da avenida Dona Maria Alves das 10 às 16 horas. As entidades farão um trabalho educativo e de conscientização, onde estarão enfatizando a importância do zelo pelos direitos da criança e do adolescente, quais são os seus direitos e onde buscá-los. Os interessados também terão acesso a materiais informativos. O Estatuto da Criança e do Adolescente foi criado pela Lei Federal 8069 de 13/07/90 e trata da proteção integral à criança e ao adolescente.
PMU



Vôlei masculino de Ubatuba vence e garante vaga na próxima fase

Partida contra Taubaté definirá primeiro colocado do grupo

A equipe de vôlei masculino de Ubatuba estreou com vitória nos 49º Jogos Regionais.
Em partida que aconteceu na tarde desta segunda-feira, 11, no Ginásio do Morro do Algodão, a equipe de Ubatuba derrotou Poá por três sets a zero, com parciais de 25/19 e 25/20. Com o resultado Ubatuba garante lugar na segunda fase do torneio. A equipe folga nesta terça-feira e define o primeiro lugar do grupo na quarta, 13, contra Taubaté, às 15h mais uma vez no Ginásio do Morro do Algodão.
O time de Ubatuba, comandado por Robson Cruz e Marcos Jardim atuou com Leandro, Samuel, Salatiel, Duane, Serginho, Antonio e Régis (líbero). PMU

terça-feira, julho 12, 2005

Fogão à Lenha

Ronaldo Dias
Compõe os cardápios, inúmeras receitas e, inusitados sabores. Dos pratos mais criativos, elaborados ou criados por profissionais formados nas mais diferentes escolas culinárias do planeta, até as receitas caseiras, guardados a sete chaves, como verdadeiros segredos da família, o objetivo é, surpreender os paladares. Apenas os gourmets, conhecedores dos ingredientes, podem admirar e degustar as perfeitas combinações, como uma verdadeira obra de arte. Há, entre tantos chefs, como em todas as outras artes, os enganadores. Papagaios de receitas, no máximo repetem desastrosamente, o que já viram fazer. Atendem uma demanda (enganada) de (falsos gourmets) comedores. Posso afirmar com esta última observação que, a infinidade de variedades e, as surpreendentes quantidades de ingredientes disponíveis, jamais garantem o resultado. A culinária é coisa para quem sabe e, para quem tem "dom" não é para quem quer. Não basta entrar na cozinha e combinar ingredientes. Quem sabe, pode obter excelentes resultados em um simples fogão à lenha. É lamentável, quando a desculpa, para todos os pandelós queimados, seja a falta do fogão a Gás. Aqui em casa, o problema se agrava quando o feijão não sai. É a fome! Por aí, a demora insuportável, a constatação da inabilidade do "pessoal da cozinha" e, a contemplação da enorme quantidade de ingredientes na dispensa, restará aos "famintos" ocupar e saquerar a despensa. Já não começou?

Macaco Simão

"E o Lula tem que baixar mais uma medida anticorrupção: todo petista tem que andar sem cueca! Rarará. E como disse uma amiga minha: Ô Cueca Poderosa! E aquela secretária mentiu deslavadamente na CPI: o dinheiro não é transportado em malas, é transportado em cuecas. E eu quero ver a foto da cueca. Se é dourada, se é de oncinha, se é samba-canção! Aliás, a Zorba podia lançar a cueca PTzão! Seu pingolim vale um milhão! E eu demorei dois dias para acreditar nessa história. Burrice não é porque já extrapola! Eu acho que esse cara é um agente da CIA participando de uma conspiração internacional do Bush para derrubar os líderes populares da América Latina. Não tem outra explicação! E o cara foi pego com cem paus na cueca. Pobre sou eu que só tenho um pau na cueca! E como diz um amigo meu: sendo que a minha cueca é o que tá dentro dela, não vale um tostão. E o cara é meio bagulhão. Mas com US$ 100 mil na cueca qualquer homem vira um Brad Pitt! Rarará".

José Simão

Ética jornalística

Ancelmo Góis escreveu no Globo: “Ontem, o fato mais importante do dia, a prisão do deputado-bispo, não foi chamada no telejornal de Boris Casoy na TV Record, da Igreja Universal”.
Pegando carona em outra notícia da WEB, dá para afirmar que Boris Casoy mostrou humanidade. Afinal de contas, “quem tem cueca tem medo”. Boris ganha bem.


Sidney Borges

Conselho de Turismo

Reunião do Trade para tratar do Conselho Municipal de Turismo

Sempre atenta aos anseios da população, comerciantes e empresários de Ubatuba, a diretoria da ACIU, Associação Comercial e Industrial de Ubatuba, decidiu ceder espaço para realização de reunião visando discutir assuntos de interesse para o desenvolvimento do turismo no município. Na pauta, constam o Conselho Municipal de Turismo e projetos de infra-estrutura turística a serem implantados no chamado “corredor turístico” que abrange toda a orla das praias do Itaguá e Iperoig, assim como os acessos pela Capitão Felipe e Thomaz Galhardo.

Para a reunião estão sendo convocados o “trade, entidades ligadas ao turismo no município e o atual Secretário de Turismo.

A reunião será realizada na quarta-feira 13/07/2005 às 20:00 h na sede da Associação Comercial.

Fonte: Terramare Consultoria

Planejamento

César Prates
Ao futuro cabe o planejamento, não politicas imediatistas:
Pensava ainda nesta semana da mesma forma do arquiteto Renato Nunes, será que precisaremos ser o tal botijão verde para sermos felizes e auto-suficientes.
Acredito que poderíamos fazer um plebiscito ou uma enquête para sabermos sobre a questão da Petrobrás aqui ou não, a priori sou contra, porém também não sou o dono da verdade e acho que um bom dialogo seria imprescindível.
Tenho uma idéia para nossa economia, que dependerá de pouco da Prefeitura e da Câmara e demais da iniciativa privada, que é a flexibilização para a verticalização de condomínios de médio padrão e de luxo em áreas degradadas ou de baixo valor imobiliário.
Conheci há alguns meses a Riviera de São Lourenço e o Condomínio Laranjeiras, e sou sincero em dizer que me espantei com o que vi, terrenos de mais de US$ 1.000.000,00, coisa absurda, porém real e existente, e com qualidade de vida para quem serve de auxiliar ao luxo, coisa que me deu até inveja.
Inclusive em Ubatuba temos zeladores de prédio que estão com patrimônio de dar inveja a qualquer doutor, estes recebem bons salários e tem todas as garantias trabalhistas, os condomínios ao meu ver são o melhor negocio para a cidade, traz o turista o ano todo, emprega pessoal de manutenção, e o dinheirinho da taxa é sagrado e vem todo mês, e quando não vem move a maquina judiciária dando trabalho aos advogados e auxiliares da justiça.
Então antes de recorrermos a Petrobrás poderíamos convencer nossos legisladores e nosso executivo a viabilizar a construção de mais condomínios em nosso município dando incentivo fiscal, revendo a lei de uso do solo, e fazendo uma justiça fiscal em nosso IPTU.
Mesmo porque os condomínios são auto-suficientes e não precisam de esmola da Prefeitura, podem coletar seu lixo, pavimentar suas ruas cuidar da segurança, enfim desafogar o poder publico.
Sobre o bendito IPTU não adianta termos um dos impostos mais caros sendo pago por poucos, o ideal e o lógico seria ser mais barato e ter maior adesão, mesmo porque os que não são pagos dão gastos e custos a Prefeitura que não tem retorno, ta quase tudo prescrito, por outro lado IPTU é matemática pura, é só estudá-lo que se faz o que quiser.
Neste nosso mundo do faz de conta não adianta o super herói se fechar no mundo das estórias em quadrinhos e misturar o canal com a disneylândia e ficar dando ouvidos a Pato Donald, Tio Patinhas e a Maga Patalógica, ouça a coletividade, veja só a idéia de funcionar a Prefeitura aos sábados me pareceu conhecida e já ta em andamento.
Outra coisa, é preciso pensar e estudar antes de fazer publicidade, como feita no anuncio do Jornal a Cidade sobre parcelamento de IPTU se diz a “vista sem taxas”, vocês da nova administração sabem por acaso a diferença entre multa, juros e taxas?
Vocês, ao meu ver, estão abrindo um precedente para um pedido de cassação do Prefeito por improbidade administrativa, pois o Prefeito não pode abrir mão de receita dando desconto de taxas, como a de lixo e a de conservação e limpeza.
Se virar moda, todo mundo peticionar ao Juízo local que sua divida seja recebida sem taxa de conservação e de lixo, por conta de uma anuncio mal feito, o prejuízo seria aos cofres municipais por conta de descaso, e incompetência, e vejam mais, vocês não podem nem reclamar que ganham pouco, pois além de terem emprego têm os melhores salários do município.
Aproveito a oportunidade para fazer outro apelo, este aos nossos pretensos candidatos a deputado, devemos também trabalhar em torno de um só nome, pode ser qualquer um, mas que deva se fazer uma prévia para ser ver quem tem mais potencial, e também não vamos ficar apoiando deputado pára-quedista.
E por ter falado bastante em justiça, que façamos justiça e parabenizemos o empresário Djalma Sabóia que após tanta discussão esta conseguindo terminar sua obra e dando um colorido que está alegrando aquele pedaço.
regularize@estadao.com.br

“HISTÓRIAS DE MANOLO”

Corsino Aliste Mezquita - Professor*
Nos seus dias de descanso, em Ubatuba, meu amigo, Manolo, costuma visitar-me e passar horas filosofando sobre problemas políticos e sociais, brasileiros e globais.
Na última visita contou uma história bastante original. Relatou o que estava ocorrendo em um determinado município brasileiro. Para não informar o nome do município e do estado e homenageando o quarto centenário da publicação do “QUIXOTE”, de MIGUEL DE CERVANTES SAAVEDRA, iniciou o relato com a mesma frase do Quixote.
“En un lugar de la Mancha de cuyo nombre no quiero acordarme”
(Num local da região da Mancha (Espanha) cujo nome não desejo lembrar) e passou a contar sua história.

Nesse município, de determinado estado, as eleições, de outubro de 2004, foram vencidas por um candidato filiado a determinada igreja, dessas que se intitulam evangélicas e, nas quais, o Evangelho é totalmente esquecido. São centros de negócios realizados com o dinheiro dos inocentes úteis e bem intencionados que pagam o dízimo ou depositam o dinheiro, que tem com eles, nas sacolas que constantemente, os obreiros e obreiras, passam pelos corredores do templo durante os cultos.

Essa suposta igreja tem um projeto de poder e para efetiva-lo a maior parte dos cargos em comissão foram atribuídos a membros da suposta igreja, independentemente de qualificação para prestar bons serviços, sob a coordenação de um pastor principal que se apresenta como profeta e sócio da divindade.

Listagem dos comissionados da Prefeitura filiados à suposta igreja, com seus salários, são entregues ao tesoureiro para que cobre o dízimo de cada um. Ninguém pode escapar.

Problemas da Prefeitura e métodos para anular possíveis opositores são discutidos na suposta igreja ou nas reuniões dos grupos ou células, em que está dividida, para doutrinação dos membros.

No serviço todos se cumprimentam como irmãos e quando alguma coisa dá errado se juntam em grupo, no horário de serviço, para fazer oração e pedir a Jesus que os proteja e os livre de novos erros. É uma filosofia original do trabalho e da religião. Não conhecem aquela frase de São Bento, já no século 5°: “Ora e labora. Ora quando labora. Labora quando ora.

Desprezam, perseguem e caluniam os que não comungam com suas idéias e atentam, por todos os meios, contra seu moral e prestígio.

Os empresários da cidade estão apavorados. A Prefeitura está estimulando os membros da suposta igreja a criarem empresas para só eles negociarem com ela. Assim o dízimo aumenta e, o negócio é, cada dia, mais produtivo.

As empresas já contratadas ou que operam sob concessão tem que contratar uma quota de irmãos.

As portarias de nomeação de comissionados, que são públicas e deveriam ser publicadas, não são informadas nem à Câmara em pedidos de informação. São segredos eclesiais.

Em decorrência desse hermetismo pouco está sendo feito, os partidos políticos, que foram coligados na eleição, cobram as promessas de campanha, a sociedade reclama, na rua, mas ações efetivas para cobrar respeito à Constituição e à separação que deve existir entre Estado e Igreja, não existem.

O problema é tão agudo que alguns fieis, bem intencionados, não suportam mais o comércio, a enganação e a hipocrisia, nos testemunhos dos novos convertidos por critérios políticos e para aproveitar-se das vantagens oferecidas aos membros, e estão se afastando da suposta igreja.

Contaram-me que um desses crentes convictos ficou revoltado ante o testemunho falso e hipócrita de um suposto corrupto que, segundo o próprio, tinha abraçado a Jesus, e que profundamente contrariado foi transportado para fora do templo, em estado de êxtase. Já fora viu Jesus na sua frente com rosto triste. Cheio de admiração exclamou: “Mestre”! “O Senhor aqui”! “Fora do templo”!... “Meu filho, para Mim não existe lugar lá dentro. Todos os espaços foram ocupados pelo dinheiro, a enganação e a exploração da fé. Usam meu nome e o de Deus em vão, para lavar dinheiro e sonegar impostos”.

Para concluir seu relato e para que os leitores não pensem que ele é contra a religião citou um artigo do Caderno Mais, da Folha de São Paulo, de 03-07-05, pg. O7 “Pragmatismo samaritano” de Paulo Chiraldelli Jr. “O problema que vivemos não é o das pessoas adotarem ou não religiões, mas sim o das pessoas levarem o dogmatismo quase que inerente à religião para fora do campo íntimo. Isso seria um complicador da vida democrática.... A religião só perde e só nos faz mal saindo do campo da intimidade”.

As experiências que estamos vivenciando, nestes dias, em nível nacional, confirmam as idéias e Manolo.
* Ex-secretário da Educação de Ubatuba

O Conluio da Grande Imprensa

Gerson Florindo*
Apresenta-se no cenário político nacional, uma avalanche de denúncia contra o PARTIDO DOS TRABALHADORES, fruto de um serviço articulado entre a mídia e o PSDB, representante maior da elite brasileira.
O objetivo principal é desgastar a imagem do PT, detonando o seu patrimônio principal que sempre foi a ética e a responsabilidade com o dinheiro público. Com o apoio da mídia, também principal arma da elite brasileira vem desgastando a imagem do PT, premeditando crime, acusando sem julgamento e sem comprovação, como mais uma ofensiva eleitoral, visando as eleições do ano que vem.
A crise política existe desde 1º de janeiro de 2003, quando Lula assumiu e os mais interessados são os próprios políticos, maioria viciada, mas maracutaias do congresso. A compra de votos por R$ 200.000,00 para cada deputado que votasse na reeleição do FHC, não causou tantos alardes e marés.
A imprensa que deveria se pautar no seu papel social como órgão informativo de falar a verdade, com transparência e sem tendências, porem com a responsabilidade para a estabilidade da democrática e não sendo a principal arma responsável pelos terremotos políticos nos países em desenvolvimento, como Venezuela, Chile e Bolívia. O PT já foi vitima da grande imprensa, quando denunciou Paulo Bisol, impedindo que o mesmo foi o vice do Lula em 1989. Até
hoje nada se comprovou e a elite política atingiu seu objetivo de permanecer no poder por mais de uma década. A grande imprensa levou Getulio Vargas ao suicídio com base em nada Quase impediu Juscelino Kubistchek de tomar posse, levou Jânio Quadros a renúncia com base em nada e colaborou com o golpe de estado em 1964.
Com pavor do sucesso do governo Lula e da provável governabilidade no 2º mandato, onde o PT teria a chance de ser o partido com a maior base de deputados, o PSDB prevendo tomar uma verdadeira surra em 2006, busca equilibrar o jogo para voltar ao poder, e dar continuidade ao seu projeto neoliberal que faliu o Brasil nos últimos oito anos de FHC, enfraquecendo a instituição com suas práticas neoliberais de entrega do país aos interesses escusos nacionais e internacionais.
Há inda uma deturpação como se só no governo LULA existisse corrupção, quando a mesma desde os primórdios sempre foi o câncer do desenvolvimento do nosso pais e nunca houve tanto combate a corrupção como há neste governo tudo que aumentou o efetivo da policia federal de nove mil para 14 mil homens e todo dia aparece ações e prisões nos noticiários e jornais.
No dia 19 de julho o Presidente Lula estará em Taubaté e o PT de Ubatuba estará presente para dar o apoio à política de transformação e crescimento do Brasil, no sentido de fazer o contraponto com a elite elite e com o PSDB, no sentido de impedir que a política do quanto pior melhor venham a destruir o projeto de desenvolvimento do Brasil.
Não esta descartada a possibilidade da população ir às ruas com movimentos organizados em defesa do governo Lula, como exemplo do que ocorreu na Venezuela, quando a burguesia tentava golpes para derrubar o Presidente Hugo Chaves. Estão tentando colocar em risco a democracia e a institucionalidade do país.
* Membro da Executiva do PT de Ubatuba e Diretor do Sindicato dos Bancários
.

Notícias da Prefeitura

“Caravanas do Conhecimento” leva crianças de Ubatuba para conhecer o interior

“Caravanas do Conhecimento” é uma iniciativa do Cepam, em parceria com diversas secretarias do estado, prefeituras municipais e empresas privadas.

Cerca de 100 crianças de Ubatuba embarcaram nesta segunda-feira, dia 11, rumo a uma realidade diferente. Elas vão conhecer a rotina das crianças de duas cidades do interior paulista. “Redescobrindo o Interior” é o nome dessa etapa do programa “Caravanas do Conhecimento”. As cidades escolhidas para receber os estudantes foram Pinhalzinho e Pedreira. Em janeiro, Ubatuba participou do “Interior na Praia”, recebendo mais de 700 crianças, de 11 cidades, em três etapas durante o mês janeiro.
Durante o verão, as crianças do interior visitam cidades de todo o litoral paulista. Depois, nas férias de julho, os estudantes do litoral é que vão passear, no campo. Segundo o coordenador do projeto em Ubatuba, Edison Soler, “o objetivo desse programa é promover a interação entre as crianças de diversas cidades, envolvê-las em atividades interdisciplinares. Em conseqüência disso, a bagagem cultural das crianças aumenta e todos saem ganhando”.
Durante uma semana, crianças da rede municipal de ensino, de 9 a 11 anos conhecerão represas, comidas típicas, pontos turísticos, fazendas e seu cotidiano, com criações de animais e agricultura local. Esse ano, a prefeitura de Ubatuba renovou o convênio com o programa, permitindo o intercâmbio. A Secretária de Educação, Isabel de Souza Leite diz que é muito gratificante proporcionar às crianças essa oportunidade de conhecer lugares diferentes. PMU



Ubatuba conquista três medalhas na primeira semana dos Jogos Regionais

O esporte de Ubatuba conseguiu bons resultados na primeira semana de competição dos 49º Jogos Regionais, que acontecem em Caraguatatuba. Três medalhas de bronze foram conquistadas: Ednaldo Muniz e José Antônio Machado Júnior, no karatê e na ginástica artística por equipes, com os bons resultados obtidos pela atleta Munike Couto Munch.
O futebol feminino passou a segunda fase da competição enquanto o masculino voltou para casa após a disputa da primeira fase, assim como o futsal feminino.
A equipe de damas quase obteve o bronze, o mesmo ocorrendo com o tênis de mesa feminino sub 21, que ficaram na quarta posição. Judô, atletismo e tênis de campo também marcaram presença, o mesmo acontecendo com o skate (exibição), modalidades em que Ubatuba ocupou posições intermediárias.
Nesta semana Ubatuba disputa as seguintes modalidades oficiais: vôlei (M/F), vôlei de praia (M/F),basquete (M),capoeira (M/F), xadrez, natação (M/F), ciclismo e ginástica ritmica desportiva. As modalidades de exibição que representarão Ubatuba são:
kung fu e beach soccer. Os 49º Jogos Regionais prosseguem até o dia 17. Segue abaixo algumas atividades cujos locais e horários já foram definidos pela organização dos jogos:

12 de julho
Ginásio do Morro do Algodão – Vôlei Feminino
8:00 – Ubatuba X Arujá
Ilha Morena - Xadrez
14:00
Ginásio do Travessão – Basquete Masculino
15:00 – Ubatuba X Ferraz de Vasconcelos
Congresso Específico – Ilha Morena
Xadrez – 14h
Congresso Específico - Ceprolin
Ciclismo, 19h

13 de julho
Centro Esportivo
9:00 – Ubatuba X Sta. Isabel
Ginásio do Morro do Algodão – Vôlei Masculino
15:00 – Ubatuba X Taubaté
Ginásio do Poiares – Vôlei Feminino
15:00 – Ubatuba X São José

14 de Julho
Congresso Específico – Ceprolin
GRD, 18 hs PMU



Julho com várias atrações em Ubatuba

Esporte, gastronomia, cultura e religiosidade estão na programação de julho que Ubatuba oferece

As secretarias de Turismo, de Esporte e Lazer e a Fundart programaram para o mês de julho uma série de atividades recreativas e culturais. Logo no início do mês Ubatuba sediou a 2ª Etapa do Circuito Chevrolet Montana de Pára-quedismo. Ainda no mesmo final de semana Itamambuca foi o placo do Freesurf. A semana Mazzaropi que terminou ontem reuniu objetos pessoais de Amacio Mazzaropi, além de figurinos de seus vários filmes, que estiveram em exposição na FUNDART (Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba). Até o dia 17 Ubatuba estará participando dos Jogos Regionais que este ano estão sendo disputados em Caraguatatuba. Também até o 17 de julho acontece todas as noites na praça da Igreja Matriz a 139ª Festa do Divino, com atrações musicais, programação religiosa e barracas de doces, salgados e da tradicional tainha assada.

Confira a programação para os próximos dias de julho:

Dia 13 - Escolinhas de Surf/Tag Team - Praia Grande
Dia 17 - Esculturas na areia - Perequê-Açu
Dias 17, 24 e 31 - Cine Clube Infantil - Fundart
Dias 18 a 24 - Mundial de Soccer Infantil
Dias 23, 24, 26 e 29 - Cine Clube - Fundart
Dia 24 - Vôlei/Frescobol/Futvôlei - Praia Grande

Dias 28 a 31 - 13º Festival do Camarão - Almada
Dia 30 - Evento Gospel / Igreja Renascer - Praça de Eventos
Dias 30 e 31 - Circuito Municipal de Skate - Praça Capricórnio
Dia 31 - Soccer Five - Praia Grande PMU
 
Free counter and web stats