sexta-feira, junho 17, 2005

“FORRÓ DESCAIÇARA”

Robson Chagas*
O País está assustado com as atuais notícias na política da esfera federal, onde revela práticas fisiológicas, clientelismo e corrupção. É o desmoronamento do PT, na sua vida administrativa. Com isso vai, não somente o dinheiro do povo, mas o bem de maior valor, que é a “esperança”. O pior é que o mesmo vem acontecendo também em nosso município, quando a Câmara Municipal de Ubatuba é gerenciada pelo PT – de Jairo dos Santos, irmão do ex-vereador Domingos dos Santos.
A Câmara municipal de Ubatuba, nunca esteve tão inchada de funcionários e nunca se gastou tanto. O estranho é que nada se vê de novo. As sessões e a Mesa ofendem os munícipes em suas casas em transmissão pela Kaybee. Existem certas coisas que o cidadão tem o direito de não ver.
Ubatuba somente vai melhorar quando existir conscientização de que a comunidade é responsável e não os gestores. Sim, responsáveis através do exercício da cidadania combatendo os NABABOS da política local.
Nesta questão de cidadania, sou obrigado a prestar as minhas honrarias e solidariedade ao Dr. Vicente Malta Pagliuso, que sempre foi um soldado da cidadania neste rincão. No ano passado, por conta de sua atuação, ganhou um abaixo assinado de repúdio e por pouco não obteve o título da C.M. - “ Moção derepúdio” , que estava sendo promovida por um nobre ex-vereador e um ex-assessor de outro vereador. Este ano o Dr. Vicente conseguiu de dois a quatro inquéritos policiais, em razão de ter feito um pedido de informação junto à Câmara Municipal, ressaltando-se, que este pedido não foi atendido. O que se pedia era o nome completo dos vereadores com as respectivas qualificações e a relação dos funcionários, funções, salários e onde se encontram lotados. Pasmem, isto resultou em instauração de inquérito policial, pela prática de crime de calúnia. Assim, o PT que sempre atacou, de todas as formas o antigo governo municipal, abusando de seu linguajar, agora é tolerância ZERO; até injusto.
Mas, na verdade é que no seu exercício da cidadania, preocupado com o marasmo que reina na cidade e a laxismo que hoje é a Câmara Municipal, fato notório, o Advgado referido, propôs AÇÃO POPULAR, contra os componentes da mesa, processo n. 552-05 em trâmite na Segunda Vara desta Comarca, questionando, o número de assessores, que permanece o mesmo, em que pese a diminuição de três vereanças. Segundo a ação, deveriam deixar de existir 9 assessores, que custam ao erário, considerando salário base, encargos e verbas rescisórias, em torno de R$ 360.000,00/ano, que daria para comprar várias ambulâncias ou construir a nova sede da Câmara Municipal junto ao Forum na Estufa II, em local já reservado para este fim em gestões anteriores. Além dos assessores fantasmas, possivelmente, existem àqueles funcionários com desvios de finalidades; ou seja: na portaria uma função e na vida prática outra função inferior, devido a sua desqualificação, ganhando mais que outros funcionários, que desempenham as mesmas funções... Assim é a Câmara Municipal de Ubatuba, na gestão do Petista JAIRO DOS SANTOS – “inchada, cara ao erário e com possíveis práticas fisiológicas, clientelismo e talvez corrupção na acepção geral do termo; a atual mesa é um fiasco, hoje, motivo de chacotas nas esquinas da cidade, tipo “quem for favoráveis que se levantem os que for contrários fiquem de pé”. Dizem até, considerando a apatia da Mesa, que quem manda mesmo hoje na Câmara é o Diretor, um advogado proveniente de Caraguatatuba, que reside há alguns poucos anos em nossa cidade. Ubatuba, com certeza, merece coisa melhor!!!
Para finalizar, uma curiosidade, o acessor do Vereador Jairo, presidente da associação dos caiçaras, é um argentino. Nada se tem contra estrangeiros ou argentinos, trata-se de um povo de valor. Entende-se, que naquela função não exista caiçara competente. Mas, como dito acima, não deixa de ser curioso. Ubatuba merece coisa melhor; precisamos, urgentemente, realmente, resgatar Ubatuba, com suas lindas praias, Ubatuba, sim, sim, sim. “A corte bailava enquanto a monarquia desmoronava”
* Presidente do PMN

Charles Medeiros visitou a Sesmaria

divulgação

Charles Medeiros, Eulália dos Santos e Antonio Clemente dos Santos

No último dia 14, o vereador Charles Medeiros visitou o bairro Sesmaria-Sertão do Ubatumirim. Na ocasião Medeiros encontrou-se com moradores que o questionaram sobre a ponte de balanço. O vereador informou que parte do material destinado à construção da nova ponte já está comprado. Ele disse ainda que gostaria que a comunidade indicasse um local para guardá-lo. “É importante evitar riscos de extravios”. Medeiros visitou um dos casais mais antigos da localidade, Antonio Clemente dos Santos, 92 e sua esposa Eulália Maria dos Santos. Eles também reclamaram da situação da ponte. “Meu filho! Eu ainda quero passar naquela ponte enquanto tô vivo!”, comentou o senhor Antonio. Após a visita o vereador reuniu-se com o prefeito Eduardo César para tratar de assuntos de interesse do município, dentre eles, a questão do término da aludida ponte. “Muitos moradores que atravessam o rio Ubatumirim pelo local onde existem as cabeceiras da ponte, enfrentam por diversas vezes enchentes, por outro lado, para se chegar na localidade utilizando a estrada há que se fazer uma volta de pelo menos cinco quilômetros. Existe também o problema do escoamento da produção agrícola, pois sem a ponte a dificuldade de transitar com a mercadoria é enorme”, comentou Medeiros.
Ainda segundo os moradores, a situação é preocupante. Os feirantes ficam vulneráveis às situações climáticas e também há a preocupação da comunidade com relação aos casos de urgência. Em situações de emergências médicas o morador enfrenta enormes dificuldades para ser transportado. Charles acredita que o problema logo estará resolvido, a região está crescendo e necessita de toda a atenção da municipalidade.
Fonte: Assessoria Charles Medeiros

Acabaram as pizzas!

Não se sabe bem quando de fato começou o PT, nem de qual cabeça surgiu a idéia de usar um operário e com ele chegar ao poder. Obviamente não partiu da cabeça de Lula. Foi coisa de intelectuais. Na época em que o partido foi criado o atual presidente da República queria apenas ganhar uns trocados a mais para tomar cervejas com os amigos depois do jogo do Corinthians. A intelectualidade que o cercou percebeu, com raro senso de oportunidade, o que ele poderia representar. Lula encarnava o acesso às massas. Lula era o elo de ligação entre a teoria e a prática, um diamante bruto necessitando apenas de polimento. Foi iniciada a construção do operário. Nasceu o mito Lula, um “símbolo” de fé. Homem simples e puro, quase santo. Ignorante é verdade, mas ungido pelos deuses. O mestre de obras do PT foi José Dirceu. Sem ele o partido não existiria e Lula seria apenas um ex-metalúrgico aposentado lutando para chegar vivo ao fim do mês. O projeto de poder durou mais de vinte anos para vingar. Como era apenas um projeto de poder, acabou em si mesmo. Uma vez lá, o partido ficou na situação do cachorro que persegue o carro. Quando este pára, fazer o quê? Ontem uma parte do PT afundou. José Dirceu é carta fora do baralho e não retornará mais à berlinda. Lula deve estar atônito. O sonho está terminando e o despertar se anuncia amargo. É triste ver uma figura como Roberto Jefferson posando de moralista. Como será que tudo isso vai terminar? Certamente não será em pizza.

Sidney Borges

Esperança do início

Roberto de Mamede Costa Leite
Que Raimundo Correa nos perdoe o plágio, mas hoje "Vai-se a primeira pomba escorraçada...".
Que Deus queira que outras, logo depois, também ruflando as asas, sacudindo as penas (quem sabe as da devida condenação), levantem vôo.
Que algumas, ao menos, ' waldomirando', se vejam nas malhas de Justiça.
Quem sabe seja o início de nossa redenção, 505 anos já perdidos.
O Brasil precisa e agradece.
E aqui?
r-mamede@uol.com.br

Convite

O presidente da Câmara Municipal de Ubatuba, Jairo dos Santos, PT, convida toda a população da cidade para participar de audiência pública, que será realizada no plenário da Casa de Leis, no dia 21 de junho, terça-feira, às nove horas da manhã, com a presença do engenheiro Ricardo Manckel Amadei, superintendente da Unidade de Negócios da SABESP, no Litoral Norte.
Tratamento do esgoto da cidade, fornecimento de água potável e municipalização dos serviços estão entre os temas de discussão.
A audiência pública pedida pelo vereador Gerson de Oliveira, PFL, durante a sexta sessão de Câmara, dia 15 de março, vai dar oportunidade para a população ouvir os esclarecimentos da SABESP sobre a falta de saneamento básico na cidade. “É muito importante a participação de todos os munícipes nesta questão porque a falta de saneamento básico tem causado muitas doenças como hepatite, verminoses e micoses e a participação popular sempre é um grande reforço para agilizar soluções”, disse Jairo dos Santos.
Fonte: ASCOM

Notícias da Prefeitura

divulgação

Ubatuba faz parte de projeto que pretende preservar o meio ambiente

Ubatuba integra Projeto Orla

Prefeitura de Ubatuba assinou convênio na semana passada; projeto visa uma gestão sustentável nas cidades litorâneas

O município de Ubatuba assinou na semana passada convênio para a celebração do Projeto Orla. Além de Ubatuba outras 12 prefeituras também foram conveniadas. O Projeto Orla busca ações no litoral para evitar danos ao meio ambiente em face da ocupação urbana e da exploração econômica. É uma ação conjunta entre o Ministério do Meio Ambiente, por meio da Secretaria de Qualidade Ambiental e Ministério do Planejamento através da Secretaria de Patrimônio da União. O projeto fornece apoio técnico e capacitação a municípios para que possam planejar a ocupação de sua orla marítima. Hoje a Prefeitura de Ubatuba conta com um profissional capacitado.
Dentre as ações que estão previstas no projeto estão a elaboração e a revisão de planos diretores municipais e a ampliação da participação social na gestão da orla. O convênio tem a validade de cinco anos. “O projeto irá nos ajudar a disciplinar as atividades de ocupação ao longo da orla marítima e ainda com o Plano Diretor e a gestão compartilhada com o Parque Estadual da Serra do Mar”, adiantou o secretário de Arquitetura e Urbanismo Ary Jardim.

Novas cidades que integraram o Projeto Orla:
1 – Ubatuba (SP)
2 – Cabo Frio (RJ)
3 – Parati (RJ)
4 - Cabedelo (PB)
5 - João Pessoa (PB)
6 – Tamandaré (PE)
7 – Rio Formoso (PE)
8 – Sirinhaém (PE)
9 – São José da Coroa Grande (PE)
10 – Balneário de Camboriú (SC)
11 – Itajaí (SC)
12 – Macapá (AP)
13 – Beberibe (CE) PMU


Casanga e Ranário agora são áreas congeladas em Ubatuba

O objetivo do congelamento é impedir que a área continue a ser invadida ocasionando problemas ambientais e sociais

Durante essa semana uma equipe da Prefeitura de Ubatuba esteve nos bairros da Casanga e na região do Ranário (Itamambuca), onde realizaram a localização das casas por meio de GPS e as medições da área ocupada pela residência. A equipe, composta por funcionários das secretarias do Meio Ambiente, Arquitetura e Urbanismo, Assistência Social, Assessoria de Assuntos Comunitários e com o apoio da Guarda Municipal, deu continuidade ao processo de congelamento dos núcleos de preservação ocupados irregularmente no município. Na Casanga foram identificadas 48 habitações e no Ranário 22, onde as mesmas foram numeradas e fotografadas.
Na próxima semana, assistentes sociais da Secretaria de Assistência Social irão cadastrar as famílias que lá residem. Placas serão afixadas nas entradas dos bairros informando que os núcleos foram congelados e que a partir da data da colocação qualquer nova construção será demolida. Segundo Claudinei Salgado, da Assessoria de Assuntos Comunitários, essas áreas estão próximas do rio Itamambuca que ocasiona bandeira vermelha da Cetesb na praia que leva o mesmo nome, um dos cartões postais da cidade.
Desde o início dos trabalhos já foram congeladas as áreas do Morro da Pipoca, com 39 casas, e na Vila Indaiá I e II, com 31 residências.
PMU



Parcelamento de débitos continua até o final de julho

Contribuinte pode procurar Prefeitura de Ubatuba para pagar débitos municipais à vista , em 30 ou até 48 parcelas

Com o vigor da Lei 2668/05, que dispõe sobre a concessão de incentivo fiscal para pagamento de débitos, a Prefeitura de Ubatuba registrou até agora 198 pagamentos em cota única, representando R$ 258.373,63 e 625 acordos, o que corresponde a R$ 1.583.500,63. Segundo o secretário de Fazenda e Planejamento do município, Gilson Ferreira da Silva,
“essa é uma oportunidade para que os contribuintes em débito com a Prefeitura possam usufruir dos benefícios da lei”.

Os benefícios

Até o dia 29 de julho a Prefeitura de Ubatuba continua com o parcelamento dos débitos municipais (IPTU, taxas de alvará, vistorias, multas e outros) inscritos em dívida ativa ou ajuizados. Segundo a Lei que trata da concessão de incentivo fiscal para o pagamento de débitos, o contribuinte para usufruir dos benefícios deverá estar em dia com todos os tributos de 2005.
O contribuinte pode optar pelo parcelamento em até 30 meses, sem incidência de juros; em 48 parcelas, com juros e multas ou o pagamento à vista com isenção de qualquer taxa. As parcelas não podem ser inferiores a R$ 50,00. Para os débitos ajuizados é necessário o pagamento das custas processuais e dos honorários advocatícios. Quem optar pelo parcelamento deve comprovar a condição de proprietário ou caso contrário nomear um procurador. Para facilitar a localização dos débitos, a Prefeitura solicita que o interessado traga o número de identificação do imóvel.
PMU



Procon registra aumento de atendimentos

O PROCON (Órgão de Defesa do Consumidor) de Ubatuba divulgou nesta semana que até o dia 15 de junho registrou 989 atendimentos ao consumidor. O número é o mesmo registrado durante o atendimento de todo o ano de 2004. “Acreditamos que atingimos esse índice devido ao nosso horário de funcionamento, que desde o início dessa nova gestão é das 8 às 18 horas sem intervalo para o almoço”, explicou Henrique Zwibelber, coordenador do Procon.
Desde o dia 23 de maio o Procon está em novo endereço e está localizado na avenida Dona Maria Alves, 890, centro, no prédio em frente ao Paço Municipal. Os telefones do órgão de Defesa do Consumidor são 3833-3022 e 3833-5446 e 3832-6509.
PMU



Ubatuba poderá ter beneficiadora de pescado

A implantação de uma beneficiadora de pescado em Ubatuba foi o tema da reunião que o prefeito Eduardo César manteve na semana passada com uma equipe da USP. Esse projeto vem sendo desenvolvido desde 2001 pela equipe da professora Marília Oetterer, da ESALQ- USP (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo), pelo Ministério da Agricultura e pelo Instituto de Pesca, Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios e Secretaria de Agricultura e Abastecimento.
O projeto apresentado ao prefeito atenderia a pescadores e maricultores que poderiam processar seus produtos, com a qualidade e os aspectos de higiene e administração da empresa, conforme critérios estabelecidos pelo Serviço de Inspeção Federal – SIF. As comunidades envolvidas também se beneficiariam com a produção, vindo a comercializá-los com um padrão que possibilite até a exportação do marisco e dos pescados.
Segundo Valéria Cress Gelli, do Instituto de Pesca, a beneficiadora processaria mexilhões, camarões e peixes. “A produção de mexilhões atinge cerca de cem toneladas ano e os camarões e peixes completariam a demanda da beneficiadora”, diz Valéria. “Os pescados e mexilhões seriam processados e expedidos, prontos para ser embalados, congelados ou enlatados, de acordo com a necessidade do produtor", completa. Ainda segundo ela, o prefeito Eduardo César mostrou-se interessado no projeto, e tem a intenção de implantar a estrutura na região.

O projeto

O custo de implantação do projeto da USP gira em torno de R$ 100 mil cabendo a prefeitura buscar o local para as instalações. A professora da USP, Marília Oetterer, explica que a escolha do litoral norte viabilizou a pesquisa. “Ubatuba oferece todas as condições ideais para o desenvolvimento do estudo”, disse. Ainda segundo a professora, “tornando-se cooperados, os produtores passam a estabelecer o cultivo de forma sustentável, atendendo à demanda, conforme estabelece a legislação e não de forma clandestina e intermitente como vem sendo conduzida”. PMU



Muita criatividade na exposição de artesanatos da Fundart

Mais de cem artesãos numa só exposição. Uma incrível viagem pelas técnicas, materiais e cores. Cada objeto demonstra a ilimitada criatividade, a habilidade das mãos humanas, a inspiração soprada pela brisa ubatubense. Esse é o panorama encontrado pelos visitantes da exposição de artesanato da Fundart – Fundação de Arte e Cultura, que teve sua abertura no último dia 14, com mais de 300 pessoas presentes.
O local, Casarão do Porto, antiga construção colonial de Félix Guizard, atual sede da Fundart. Na exposição, bonecas de pano, cachecóis, bolsas de diversos estilos, roupas, cerâmicas, quadros, porcelanas, esculturas em madeira, durepox e argila; bijouterias, enfeites feitos de sementes ou fibras de coco, móveis... Difícil saber por onde começar a olhar, impossível querer comprar uma peça só. Enfim, um verdadeiro deleite para quem gosta de arte e artesanato. Os preços variam de R$ 0,50 a R$250,00. Muitas peças de bom gosto por preços acessíveis.
Organizada pelo grupo setorial de artesanatos da Fundart, essa é uma das maiores exposições de artesanatos legítimos que já aconteceu no município. A conselheira do grupo, Helena Otoni Tiacchi explica que essa iniciativa significa um processo de valorização e resgate da cultura e da arte caiçara. “Estamos lutando por um espaço para o artesão ubatubense. Queremos que essa atividade seja reconhecida como parte importante da nossa economia local. Se pudéssemos encontrar matéria-prima na cidade e se o comércio nos desse mais apoio, o dinheiro giraria no próprio município. Essa é a nossa luta”. A exposição pode ser apreciada de segunda a sexta, das 9h às 12h e das 14h às 18h. Sábados e domingos, das 16 às 22 horas, até o dia 30 de julho. O Casarão do Porto fica na Praça Anchieta, 38 – Centro. Para mais informações: (12) 3833-7000 / 7001.
PMU



Obras de Ubatuba seguem para a fase regional do Mapa Cultural Paulista

A etapa municipal do Mapa Cultural Paulista mostrou, mais uma vez, que Ubatuba é um recanto que abriga talentosos artistas, das mais diversas áreas. Ao todo, foram 34 trabalhos aprovados, entre dança, artes plásticas, canto coral, desenhos de humor, contos, poesias e fotografias. Na fase regional, os trabalhos serão encaminhados para diferentes cidades do Litoral Norte e Vale do Paraíba.
O Mapa Cultural Paulista objetiva identificar e ressaltar a produção cultural do interior de São Paulo em treze regiões, com as cidades sedes das expressões artísticas. O projeto promove o intercâmbio regional, o mapeamento dos produtores culturais e suas atividades, divulgando o talento desses artistas, proporcionando o apoio e a visibilidade necessária.
A iniciativa do Governo de São Paulo, em parceria com as Prefeituras Municipais, tem sido uma poderosa alavanca para o desenvolvimento cultural no Estado de São Paulo. O Mapa Cultural Paulista cresce a cada ano, abrangendo novas cidades e regiões. Em 2003-2004, participaram 316 municípios, com 1663 inscrições. A premiação varia entre R$ 1.800 e R$5.000.

Confira os classificados na fase municipal do mapa cultural paulista

Canto coral
1-
Alexandre Augusto Tavares
- Worth is the Lamb – Bíblia – Georg F. Handel
- Sicut Cervus – Bíblia – G.P. da Palestrina
- Alma de Cristo – S. Inácio de Loyola
- El Menú – Dangoa 1941 (Letra e Música
Dança
1- Azul Marinho Cultural (Responsável: Gisela Papado Poulos)
- Coreografia: “A mulher em quatro tempos: a infância, a adolescência, a maturidade e a morte”.
Conto
2-
José Antonio Gordilho Teixeira de Freitas
- A incrível história de Abracadabra, o Palhaço que virou mágico
Poesia
1-
Domingos Fábio dos Santos
- Tio Benedito e outros pássaros
Artes Plásticas
1-
Osvaldo Pires de Oliveira Júnior
- A Cruz
- Radiografia D’Alma
- Tramas
2- Wladimir Ferreira da Silva
- Pesca no Cruzeiro
- Canoa com Tralha de Arrasto
- Remendando a Rede
3- François Henri Louis Guérin
- Foliões
- Procissão Marítima de São Pedro
- Boi de Conchas
Desenho de Humor
1-
Jussara Cordeiro Guimarães
- Todo artirta tem que ir aonde o povo está
- O surfe é um esporte em constante evolução
- A ponte da Ressaca
2-
Franklin Espíndola de Oliveira
- Sutileza
- Inverno
- Verãããão
Fotografia
1-
Paulo Sérgio dos Santos
- Bem Distante
- Buscando o Céu
- Salvação
- Banho de Sol
- Flutuar
2-
Luciana Monteiro Comitre
- Conjunto de fotos: “Movimento”
3-
Juliano da Silva
- Paisagens que retratam norte, sul e centro de Ubatuba
4-
Maxiliano de Oliveira Silva
- Aves do Brasil
- Caiu na Rede, é Peixe!
- Lugar Especial
- Terra, Mar e Céu
5-
Tiago Salles Rizzo
- Série de fotografias, sem interferências digitais, onde prevalece a busca de um olhar singular a partir de formas comuns
PMU



Basquete de Ubatuba define finalistas

Após duas semanas de descanso, equipes partem para as semifinais

O torneio de basquete da Escolinha Municipal entra em quadra na tarde desta sexta, 17, para as partidas da fase semifinal. Às 16h30 jogam SurfNet X Eletronorte e na sequência Ubatuba Automóveis X Mercado 24 Horas. Os vencedores fazem a final dia 24, enquanto
quem perder disputa a medalha de bronze. O torneio Adulto Masculino também tem as partidas semifinais disputadas nesta sexta-feira. Os jogos Docelar X Clínica de Fraturas e Hlera X Tortilhão vão esquentar a noite no Ginásio de Esportes Tubão.
As partidas semifinais da Copa Tamires Barbosa de Basquete Feminino serão disputadas no sábado, 18, à partir das 11h. Os jogos entre Maria Alves Ferragens X Pescados Katito e Restaurante Senzala X Sanets Dedetizadora definem os finalistas. As partidas também acontecem no Tubão. A final feminina acontece dia 25. PMU



Campeonato Fraldinha tem rodada importante neste final de semana

Equipes buscam melhorar posição na tabela de classificação

O campeonato da Escolinha Rubens Salles chega a sua quinta rodada. O torneio é disputado em pontos corridos e a rodada desta semana marca a passagem para a segunda metade da competição. As equipes já marcaram 89 gols, média de 4,45 por partida. A equipe de Rossi Calçados tem 100% de aproveitamento. Nas quatro partidas disputadas marcou quinze gols e sofreu cinco, conquistando os doze pontos que disputou.
Na outra ponta da tabela aparece a equipe O Rei do Camarão, que ainda não pontuou no torneio. O melhor ataque pertence à equipe de Jija Locadora que já balançou a rede do adversário 18 vezes e é também a defesa menos vazada, sofrendo apenas 2 gols. A defesa mais vazada é a do Ismael Comida Caseira, que já sofreu 17 gols.
A rodada deste sábado tem início às 10h, no Estádio Ciccilo Matarazzo com os seguintes jogos:
Rei do Camarão X Rossi Calçados, Mercado 24 Horas X Jija, Ismael Comida Caseira X Marconi, Smidi Calçados X Quiosque Vovô Almiro.
Classificação após 4 rodadas: 1º - Rossi Calçados, 12 pts ; 2º - Irmãos Ribeiro, Jija Locadora e Vovô Almiro 9 pts.; 5º - Mercado 24 Horas, 7 pts ; 6º - Marconi e Smidi, 4 pts. ; 8º Varejão 3 pts. ; 9º Ismael, 1 pt 10º Rei do Camarão 0 pt. PMU

quinta-feira, junho 16, 2005

AÇÃO E REAÇÃO

Hugo Gallo
Às vezes nos deparamos com procedimentos que nos parecem em uma primeira análise radicais ou inadequados. Se analisarmos mais fundo, indo até às prováveis causas, percebemos que os mesmos podem ser classificados como uma reação às ações anteriormente tomadas.
É o que me parece ser a Ação Civil Pública proposta pelo MDU contra os quiosques e a Prefeitura Municipal: Uma reação às obras iniciadas há cerca de um mês, na Praia Grande, pelos permissionários/proprietários de meia dúzia de quiosques e que representa na verdade uma gota d’água em um processo de quase duas décadas de irregularidades maiores ou menores, sempre ocorridas com a anuência explícita ou não da Câmara dos Vereadores e da Prefeitura Municipal. Agora, parte da sociedade protesta junto ao poder judiciário através de uma ONG cobrando que se cumpra a lei.
Esta questão, de concessão e uso de espaços públicos na cidade é ao mesmo tempo legal, social, ambiental e política .
Não há dúvidas de que os quiosques de praia são prestadores de serviços necessários a uma cidade turística que tem em suas praias seu maior “produto turístico”. Todo usuário de praias acaba se utilizando dos serviços prestados por um quiosque em maior ou menor grau. Este tipo de atividade, se bem executada e dentro de padrões arquitetônicos, estéticos, sanitários e ambientais que levem em consideração a preservação da paisagem, a não ocupação de grandes áreas na praia (pelo quiosque, varandas e mesas), a correta disposição dos dejetos líquidos e sólidos, a execução de música ambiente ou ao vivo sem amplificação e em volumes aceitáveis aos usuários da praia e vizinhos bem como a excelência e qualidade dos serviços contribuem para o turismo de qualidade. Quem dos leitores nunca se utilizou de um quiosque?
Os quiosques, se trabalhando corretamente do ponto de vista da economia formal também tem sua contribuição social. Geram receita e empregos na cidade.
O problema começa quando, há muitos anos e por razões políticas, a Prefeitura e Câmara começaram a permitir em certos locais um número maior de quiosques do que seria aconselhável, passaram a fazer vistas grossas à exigências de formalização da atividade tal como licitações, bem como às obras de ampliação e vendas das permissões de alguns (e não todos ) permissionários.
Esta estratégia adotada pelo executivo e judiciário de “empurrar com a barriga” levou ao impasse atual que vai dividir a sociedade ao invés de uni-la. Todos queremos uma Ubatuba melhor e devemos nos unir por ela. Por causa de meia dúzia de políticos ausentes e oportunistas e permissionários que quiseram ir além dos limites, todo um setor da sociedade poderá ser prejudicado.
Acredito que esta seja uma hora para debater esta e outras questões de nossa cidade de uma forma mais ampla. Volto aqui a insistir nos Conselhos Municipais de Turismo e Meio Ambiente. Se já existissem, nunca teríamos chegado a este ponto. Tenho certeza de que neste e em muitos outros problemas da cidade, o melhor caminho seria o do consenso.

Partido Verde

Depois de muitos anos de militância política Danilo Miranda entregou o bastão. Pediu desligamento do PV, conforme afirmou ao Ubatuba Víbora. Danilo pretende agora se dedicar exclusivamente aos negócios. Como político Danilo sempre foi um exemplo de dignidade e correção. O Ubatuba Víbora deseja boa sorte ao empresário e também aos verdes. Que o novo comandante seja do quilate daquele que está deixando o cargo.

Sidney Borges

Humanos, apenas isso!

No calor do debate que ora se trava em Brasília e que ecoa do Oiapoque ao Chuí, uma coisa fica bem clara. O governo do PT não é pior do que outros governos que o antecederam. É parecido, devem existir setores em que é melhor e outros em que é igual. Afinal de contas, os homens que comandam o país são os mesmos, saíram das mesmas escolas, freqüentaram os mesmos lugares, têm as mesmas virtudes e os mesmos vícios. O PT não é o único responsável pelos desmandos éticos que estão sendo apontados, seus membros apenas fizeram o que os políticos fazem desde que Cabral chegou. O PT errou quando mentiu, quando disse que ia fazer uma coisa e fez outra. Disse que iria mudar a forma de fazer política e agiu igual aos outros. Distribuiu verbas, propinas, cargos e acabou se lambuzando na lambança. Vai pagar caro pelas mentiras. Agora vamos assistir ao velho filme do moralismo explícito.Torrentes de acusações surgirão partindo dos novos salvadores da pátria, quem sabe teremos até um novo caçador de marajás patrocinado pela Rede Globo, que ficará sem amo. Dirceu vai cair. Em São Paulo acusam a ex-prefeita Marta de tudo quanto é vilania. Ela pode ter feito alguma coisa errada, seres humanos erram, mas que fique claro que os indicadores sociais da cidade melhoraram como nunca acontecera antes num prazo tão curto. A queda da violência atesta isso. Portanto, deve ser dito o que é verdade, Marta errou, mas também acertou. Para mim acertou mais do que errou. Lula também está fazendo um governo satisfatório, com erros e acertos, na minha opinião nada diferente do governo de FHC. Lula vai pagar caro pela mentira que o PT pregou ao se autoproclamar o partido que faria a diferença. No poder está sendo um fiasco. É terrível constatar que Lula é igual a qualquer político. Ele representou para a nação a esperança de dias melhores, foi considerado o último bastião da decência dos homens públicos brasileiros. E agora como ficamos? Existe alguma forma de sair do círculo vicioso? A resposta provavelmente está no aperfeiçoamento das instituições. Não são os homens que estão errados, eles apenas agem como seres humanos, são, portanto falíveis, corruptíveis, vaidosos e mentirosos. Não há exceções, em maior ou menor grau todos são exatamente assim. O jeito é mudar o sistema político brasileiro, fazer uma reforma política de verdade, capaz de coibir o jeitinho. Precisamos nos proteger de nós mesmos! O mal do Brasil não é a saúva, como foi apregoado durante muitos anos. É a falta de regras claras e definidas.

Sidney Borges

Ação Civil Pública

O MDU – PELA VIDA PELA PAZ - MOVIMENTO EM DEFESA DE UBATUBA, entrou hoje com uma ação civil pública contra a Prefeitura de Ubatuba e os quiosqueiros das praias daquele Município, em razão dos danos causados ao meio ambiente, ao padrão urbanístico e demais interesses difusos, uma vez que nunca houve uma licitação sequer para que os quiosqueiros se tornassem permissionários de uso dos quiosques. Foi indicada também a renúncia de receita fiscal decorrente da não cobrança dos preços públicos pelo uso daqueles bens. A medida não visa o prejuízo pessoal de nenhum dos permissionários, mas o cumprimento da ordem legal e a defesa da arrecadação de receita municipal, vez que nas quase duas décadas passadas o emaranhado de leis municipais permitiu a supremacia do interesse particular daqueles permissionários sobre o interesse público.

Pela Vida Pela Paz
Movimento em Defesa de Ubatuba

“O TEMPO PASSA”

Corsino Aliste Mezquita – Professor*
Anteriormente publicamos artigo sob o título ”Caminhos para o resgate”, comentando a oportunidade concedida, à atual administração municipal, para proceder a uma reforma estrutural de toda a área de recursos humanos da Prefeitura Municipal de Ubatuba. Na oportunidade dávamos algumas sugestões para desenvolver o processo, de modo a modernizar a Prefeitura e conceder-lhe competência e profissionalismo.
Essa reforma, de longa data, é reivindicada pela sociedade, pelo Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público de Ubatuba, recomendada pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo e, agora, exigida pelo Tribunal Regional do Trabalho de Campinas.
Para todos que reivindicam essas providências, a reforma, significa diminuir a incompetência decorrente dos cargos em comissão atribuídos a apadrinhados políticos ou religiosos sem vontade de trabalhar.
Observa-se também que, esses apadrinhados, não costumam conhecer seus limites e considerando-se apoiados pelas autoridades se prestam a processos menos legais e até a perseguir e incomodar ocupantes de cargos de provimento efetivo.
Na análise da crise nacional em curso, os comentaristas políticos, atribuem aos cargos em comissão ou de confiança, existentes em grande quantidade, nos três poderes e em todos os níveis do poder, uma das principais causas da corrupção. Fortes indícios são também observados em Ubatuba. As evidências de que existe algo a ser ocultado foram confirmadas pela resposta parcial ao pedido de informação, do Ver. Edilson Félix, sobre os titulares dos cargos em comissão e sua formação para ocupá-los. A atitude da administração é surpreendente e em total discordância com as promessas de campanha e com o comportamento dos administradores quando titulares da vereança. Está também em desacordo com a publicidade dos atos de governo exigidos pelo Artigo 37 da Constituição Federal e a prática de governos como o municipal de São Paulo e o estadual de Nosso Estado.
Outra observação registrada nas análises é que os salários dos comissionados são sempre superiores aos de provimento efetivo e, como conseqüência, não sobram recursos para reajustar os salários dos funcionários de carreira. Dando origem a crises como as existentes na Previdência Social, com as esposas dos militares e greves nos diversos setores públicos.
Como afirmamos, em artigo anterior, todas essas mazelas poderão ser corrigidas, em Ubatuba, praticando, com grandeza, a reforma funcional que o município de Ubatuba se comprometeu a realizar ao assinar o “TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA n° 1339” aos 05-11-04, em Campinas.
Por esse termo o município assumiu o compromisso de:
1°-Não contratar empregados sem prévia realização de concurso público.
2°-Extinguir a maior parte dos cargos de provimento em comissão de Chefe de Serviço, Chefe de Seção e Chefe de Setor.
3°-O preenchimento dos cargos, em substituição dos extintos, só poderá ser feito mediante realização anterior de Concurso Público Regular em obediência ao Artigo 37 da Constituição Federal. “As leis municipais 1345 / 94 e l495 / 96 deverão ser alteradas mediante projeto de lei a ser enviado à Câmara Municipal até o mês de Março de 2005, demonstrando o envio do Projeto até 30 de Abril, nestes autos”, diz o Termo.
4°-O processo deverá estar encerrado até 31 – 12 – 2005.
“Fica ciente o Município de Ubatuba de que o presente TERMO DE COMPROMISSO tem eficácia de título executivo extrajudicial, conforme dispositivos legais acima referidos, e que o seu descumprimento implicará em multa de natureza indenizatória que incidirá, quando da constatação, por qualquer meio, inclusive fiscalização do Ministério do Trabalho, no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais), e as treinte que incidirá de 30 em 30 dias a contar a partir da data da constatação, no valor de R$ 2.000,00 (dois mil reais) por item descumprido e cessará com o efetivo cumprimento das obrigações aqui assumidas, até a data do efetivo pagamento e reversível ao FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador)”.
“Requisite-se fiscalização do SDT a partir de janeiro de 2006”. (A denunciante é a Vara do Trabalho de Caraguatatuba).
São providências realmente sérias e que tem tempo determinado para serem executadas sob pena do Município de Ubatuba ser onerado com multas significativas. O poder público municipal não pode dar-se ao luxo de gastar nossos já minguados recursos no pagamento de multas, por omissão, no cumprimento de seus deveres primordiais.
Um dos maiores inimigos da administração pública é o tempo. Passa celeremente e, se não for bem aproveitado, as realizações não acontecem quando deveriam. Já se passaram quase seis meses de administração e o resgate, neste sério compromisso, nem há indícios de ter sido pensado.
O problema está ai. Soluções e providências já foram sugeridas. Cabe a quem de direito encaminhar as soluções, com urgência. O tempo passa.
* Ex-secretário da Educação de Ubatuba

Dúvida

Roberto de Mamede Costa Leite
Acabo de ler, sobre a medida cautelar movida pela Prefeitura de Ubatuba, a seguinte notícia do Litoral Virtual: "Ainda segundo o despacho, a juíza determinou o sigilo dos autos nos termos do artigo 151, I do Código de Processo Civil, por se tratar de bens públicos."
Em primeiro lugar, creio que a notícia falha ao reproduzir o dispositivo legal em que basear-se-ia a decretação do que, creio, seja 'Segredo de Justiça'.
O dispositivo que trata do assunto é o art. 155, I, do Código de Processo Civil.
Trata-se, ainda, de medida cautelar que dependerá do eventual ajuizamento de ação principal, pela Prefeitura, administradora dos bens públicos, ou seja, de nosso patrimônio.
Traduzindo, são procedimentos em defesa dos bens do distinto público desta cidade de Ubatuba, patrimônio social e público, que é administrado por funcionários públicos de carreira e dos eleitos para tanto, para fazê-lo em nosso nome.
Como e por que guardar segredo dos titulares, dos verdadeiros donos do patrimônio, dos mandantes dos eleitos, enfim, do distinto público, o que está ocorrendo para deslindamento dos problemas e das medidas para recuperação de seus bens e de sua dignidade?
Como guardar segrêdo das providências e andamentos para apuração e acusação dos responsáveis por sua dilapidação, por seu roubo?
O conhecimento do andamento do feito judicial e de seus acessórios, o que está sendo feito em favor da proteção do bem público, é satisfação diuturna que acalma o clamor popular aos que tem direito a tanto - o distinto público -.
Este distinto público, salvo melhor juízo, demonstra maturidade e tem direito a acompanhar o andar da Justiça.
Este direito conquistou quando vota, quando recolhe seus impostos, quando dá seu trabalho e sofre as conseqüências da falta destes recursos públicos surrupiados.
É a satisfação possível pela falta criminosa que compromete, injustamente, sua segurança, sua saúde, sua educação, sua dignidade.
O que se deveria verificar, no momento, é se a decretação do 'Segredo de Justiça' atende providência objetivamente indisponível, legal e processualmente, ou se o é por deferimento a pedido de alguma das partes...
Se for pela segunda hipótese, seria conveniente que o distinto público seja informado quem pediu o SEGREDO DE JUSTIÇA, e as razões do pedido.
Nossa sociedade está madura para o exercício cívico de lidar com a verdade.

Ateneu Antenado acontece na Fundart

Nesta terça-feira (14), às 20 horas, na sede da Fundart - Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba, ocorreu o primeiro Ateneu Antenado. O evento que será realizado mensalmente tem como objetivos fomentar a criação literária e promover discussão sobre a cultura local. Organizado pelo Grupo Setorial de Literatura, é aberto à comunidade ubatubense.
"Já está mais que na hora de começarmos a discutir a cultura em nosso município. Só assim poderá nascer, de baixo para cima, uma política cultural que satisfaça as aspirações da nossa população", disse Luiz Roberto de Moura, coordenador do Grupo Setorial de Literatura, na abertura do evento.
Dentre os presentes estavam os coordenadores dos Grupos Setoriais de Artes Cênicas e Dança, José Antonio Gordilho Teixeira de Freitas; Folclore e Tradições Populares, Júlio César Mendes; Artes Plásticas, José Paulo Alves Barreto, História e Geografia, Carlos Augusto Rizzo e o presidente da Fundart, Martiniano Nelson Viana.

"Acredito que com esta união poderemos fazer muito pela cultura em nossa cidade", comentou Martiniano.
Luiz Moura aproveitou a oportunidade para anunciar os representantes de Ubatuba nas modalidades Conto e Poesia no Mapa Cultural Paulista. Os escolhidos foram: Poesia - Tio Benedito e outros pássaros de Domingos Fábio dos Santos e Conto - A incrível história do Abracadabra de Aiyan Zack. A classificação dos contos e poesias que participaram da escolha dos representantes de Ubatuba foi feita por professores da Universidade de Taubaté.
Julinho Mendes, Luiz Ballio, Carlos Rizzo, Martiniano Viana e Aiyan Zack contaram casos e declamaram poesias antes de se começar um debate sobre a cultura em Ubatuba. Todos os presentes participaram da discussão.
Com o intuito de iniciar uma troca de experiências sobre a criação literária, os participantes resolveram escrever poesias com o tema "Mar" para o debate do próximo encontro.
"A data do Ateneu Antenado será divulgada na programação da Fundart para o mês de julho de 2005", finalizou Luiz Moura, agradecendo a presença de todos.
A ocasião foi retratada pelo artista plástico François Henri Louis Guérin.

Fonte: O Guaruçá

Notícias da Prefeitura

divulgação

Oficias do Exército e representantes da Prefeitura reunidos em Ubatuba

Exército fará exercícios em Ubatuba em setembro

Oficiais de Operação da 2ª Divisão do Exército Brasileiro estiveram reunidos na manhã de hoje, no Gabinete do Prefeito para discutir a viabilidade da cidade receber, em setembro, pela primeira vez, tropas de soldados pra exercícios de garantia da lei e da ordem. Representantes da Polícia Militar, Civil, Instituto Florestal, Sabesp, Elektro, Aeroporto e Horto Florestal estiveram presentes a reunião para ouvir do major Alexandre Gouveia Mosca, as explicações de como será o treinamento das tropas e também apoiar a iniciativa do Exército.
Segundo o major Mosca, a operação acontecerá no período de 12 a 16 de setembro, ainda com um número indefinido de homens, já que será a partir da vistoria das áreas disponibilizadas pela prefeitura para o acampamento do soldados que sairá essa definição. “O nosso objetivo é treinar nossas tropas através de situações fictícias contra forças adversas, que serão representantes também pelos nossos soldados”, adiantou o major, que fez questão de deixar claro que a grande preocupação do Exército é não prejudicar o funcionamento da cidade. A tropa, estimada em dois mil homens, será dividida pelas cidades de Caraguatatuba, São Sebastião e Ubatuba. “Uma pequena parcela será destinada também a Ilha Bela, mais precisamente, na travessia da balsa”, adiantou o major.
Uma semana antes do exercício propriamente dito, virá uma equipe da Inteligência Militar, que definirá os exercícios que serão realizados durante o período de 12 a 16. Entre os exercícios que serão realizados em Ubatuba estão: inspeção de viaturas, desocupação de áreas públicas, resgate de reféns, tráfico de entorpecentes, entre outros.
PMU



Guarda Municipal comemora 11 anos com solenidade festiva

O 11º aniversário da Guarda Municipal de Ubatuba foi comemorado no último sábado, 11, num evento festivo que reuniu o prefeito Eduardo César, o vice-prefeito Domingos dos Santos, secretários, assessores, o novo comandante da Polícia Militar de Ubatuba, o capitão Valter Padula, bem como os membros e oficiais da corporação.
Em seu discurso, o sub comandante da Guarda Municipal, Luiz Carlos de Carvalho, ressaltou o privilégio que a cidade de Ubatuba tem em possuir uma corporação municipal preocupada com a segurança da sua comunidade e de seu patrimônio, além de conseguir uma grande sintonia entre todas as corporações de segurança existentes na cidade.
“Numa sociedade que vive ameaçada pela criminalidade e violência desmedida é um privilégio termos em nossa cidade estruturas policiais sincronizadas em só ideal: SEGURANÇA!”
Já o prefeito Eduardo César falou da luta de sua administração para que se tenha uma cidade com índices cada vez menores de criminalidade. “A Guarda precisa estar melhor equipada, o Quartel precisa de uma reforma e os nossos valorosos membros da corporação anseiam por um plano de carreira. Espero que no próximo aniversário da Guarda todas essas reivindicações já estejam atendidas, isso sem contar no aumento efetivo no número de homens, medida já sendo estudada pelo nosso setor Jurídico”, reforçou o prefeito.
Ainda na solenidade festiva, quatro integrantes da Guarda Municipal foram homenageados pela dedicação e comprometimento com a segurança da cidade. Receberam um diploma os guardas Osiel Hecher, Valmor Mariano Ballio, Alex Sandro dos Santos e Nerly Aparecido de Souza.
PMU



Secretaria de Educação realiza ciclo de palestras sobre meio ambiente

Será um dia inteiro de sensibilização para diretores de escolas municipais, estaduais e particulares sobre a importância de se criar um município educador

A Secretaria Municipal de Educação de Ubatuba realizará, no próximo dia 24, o “I Ciclo de Palestras - Painel de Educação Ambiental”. Todos os diretores das escolas municipais, estaduais e particulares estão convidados a participar do evento que acontecerá durante todo o dia no Hotel São Charbel. O objetivo do ciclo de palestras é apresentar aos diretores de escolas as entidades, ong´s e pessoas que podem colaborar com a educação ambiental no município.
Representantes do MEC (Ministério de Educação) estarão presentes, falando sobre o programa “Vamos Cuidar do Brasil com as Escolas”, que visa construir um processo permanente de educação ambiental na escola e na comunidade. O Ministério do Meio Ambiente também trará representantes para falar sobre o programa “Município Educador Sustentável”, que busca criar diálogos entre os diversos setores organizados da sociedade municipal, com o objetivo de criar projetos e ações nos quais o cidadão se torna educador e difusor do conhecimento sócio-ambiental.
Profissionais de diversos segmentos da sociedade ubatubense falarão sobre seus setores e sobre a contribuição que podem dar ao município no sentido de desenvolver projetos em parceria com os educadores. PMU



Região Norte receberá serviço telefônico

A Região Norte de Ubatuba receberá até o final do ano dez orelhões que serão distribuídos em cinco bairros. A reivindicação partiu da Prefeitura de Ubatuba. Os bairros do Cambucá, Praia do Poruba, Sertão do Ubatumirim e Praia do Engenho (Almada) receberão dois orelhões cada. A Prefeitura também já oficiou a Telefônica solicitando a integração também do Sertão do Poruba para a instalação de dois orelhões.
Na semana passada técnicos da Telefônica efetuaram testes nos bairros. Nestas localidades ainda não há sinal para o funcionamento de telefones celulares e lá já estão instaladas quatro escolas, cinco postos de saúde e arruamento reconhecido pela municipalidade.
No mês de fevereiro o prefeito Eduardo César, juntamente com José Roberto Júnior, representante da Regional Norte e o hoje Assessor de Expediente de Gabinete Délcio José Sato estiveram reunidos com o superintendente regional da Telefônica João Francisco Carvalhaes.
PMU



Circuito de Águas Abertas movimentou a Praia da Almada

Bom público acompanhou de perto os nadadores da região

A praia da Almada esteve em festa para a etapa inicial do 9º Circuito Ubatuba de Águas Abertas, no último domingo, 12. Mais de mil e quinhentas pessoas acompanharam a prova, que contou com mais de 250 atletas, representando vinte e um clubes, que caíram na água para a disputa de provas com percursos de 250, 500, 1000 e 3000 metros, divididos em trinta categorias.
Segundo a organização os atletas mais novos tinham sete anos de idade enquanto o mais experiente, Romano Vilasco, competiu na categoria acima de sessenta e cinco anos. A equipe da Secretaria de Esporte e Lazer de Ubatuba ficou com o título por equipes, tendo a Winner/Swim América em segundo e o Atleta Cidadão, de São José dos Campos em terceiro. Segundo Fábio Lima, coordenador de eventos da secretaria, a etapa da Almada foi uma das melhores já realizadas nesses nove anos de Circuito. “O dia colaborou. Domingo de sol, mar calmo, praia cheia e atletas de nível. As academias saíram satisfeitas e isso só aumenta nossa responsabilidade para a próxima etapa, onde teremos que fazer igual, e se possível melhor”, disse.
Além da equipe da Secretaria de Esporte, competiram por Ubatuba a academia RH Positivo e Spazio. A segunda etapa do 9º Circuito Ubatuba de Águas Abertas, deverá ser realizada em agosto, em praia ainda a ser definida. O Circuito é uma realização da Secretaria de Esporte e Lazer e a primeira etapa teve o apoio de Sthill e Sociedade Amigos do bairro da Almada. PMU



Campanha do agasalho vai às ruas em Ubatuba

A Campanha do Agasalho 2005 em Ubatuba foi aberta oficialmente nesta quarta-feira, 15.

O Fundo Social de Solidariedade promoveu um “Dia de Lazer” na Avenida Iperoig, que reuniu mais de duzentas e cinqüenta crianças. Participaram do evento a Sabesp, que apresentou seus veículos - entre eles um caminhão-pipa, que ofereceu água potável à garotada-, Correios, Polícia Rodoviária Federal, Elektro, Defesa Civil, Guarda Municipal e Moto Clube Cruz de Ferro. As crianças puderam conhecer equipamentos utilizados em resgate de vítimas de acidentes automobilísticos, materiais para retirada de colméias de abelhas, caminhões para limpeza de esgoto e reparos na rede elétrica, além das possantes motos do Moto Clube.
A Secretaria de Esporte e Lazer enviou monitores que coordenaram atividades esportivas e lúdicas durante todo o dia. Ao final do dia uma grande quantidade de agasalhos foi arrecadada e será encaminhada ao Fundo Social. A presidente do Fundo, Denise César, presente ao evento, ficou contente com o resultado e lembrou que a campanha continua. “Hoje foi só o primeiro dia. A coleta continua nos postos de arrecadação, e na Carreata do Agasalho, que acontece sábado. Contamos com a colaboração e participação de todos”, disse a primeira-dama. Os agasalhos podem ser entreguem em qualquer um dos postos de arrecadação, a qualquer dia da semana, mesmo após o dia 18.

Postos de Arrecadação:

Prefeitura Municipal de Ubatuba
Av. Dona Maria Alves, 865
Secretaria de Assistência Social
R. Paraná, 375
Ginásio de Esportes Tubão
R. Professor Thomaz Galhardo S/Nº, Centro
Sabesp
Av. Dona Maria Alves, 88, Centro
Elektro
R. das Hortencias, 125, Jardim Carolina
Correios
R. Cel. Ernesto de Oliveira, 178, Centro
Ubadesklimp
Av. Prof. Thomaz Galhardo, 932 - Centro
Auto Posto Kamomê
Rod. Gov Mario Covas, km 50 – Estufa I
Auto Posto Utiyama
Av. Dona Maria Alves, 376 - Centro
Auto Posto Andorinha do Mar
Av. Marginal, 774 – Praia Grande
Associação Aposentados de Ubatuba
R. Sebastião Benedito da Rocha, 95 - Silop
Associação Comercial e Empresarial de Ubatuba
Av. Dona Maria Alves, 587, Centro
Guarda Mirim de Ubatuba
R. Pinheiros, 120 - Estufa 2
Banco do Brasil
Praça Nóbrega, 682, Centro
Rádio Gaivota
R. Dr. Esteves da Silva, 147 salas 113,114, Centro
Sociedade Amigos do Itamambuca
Av. Itamambuca 1.021
Supermercado Paulista – Lázaro
Rodovia SP 55 Km 249
Supermercado Porto Ribeira
Av Marginal – Lázaro
Farmácia Praia do Lázaro
Av Marginal – Lázaro PMU

quarta-feira, junho 15, 2005

Pizzaria Planalto

Deu no Estadão de hoje:

“PT já admite confessar doações ao PTB e PL

Plano seria dizer, para amenizar o impacto das denúncias, que repasse foi feito por uma minoria

A cúpula do Partido dos Trabalhadores (PT) já discute a hipótese de admitir publicamente que houve transferência de dinheiro do partido para outras legendas, como tem denunciado o presidente do PTB, Roberto Jefferson”.

Até ontem o PT era inocente. Hoje já se admite que não é bem assim. Mais uma vez vão contar uma história verdadeira como uma nota de trinta e dois dólares. A culpa será imputada ao andar de baixo, que teria agido nas sombras. Os modelos de virtude, Lula, Dirceu, Genoino & companhia, foram traídos novamente. O que será que esses caras fazem que nunca sabem de nada e são sempre passados para trás? A roupa do rei está ficando transparente. A plebe ignara logo vai perceber que os finos trajes nunca passaram de nudez.

Sidney Borges

Notícias da Embraer

embraer


Embraer entrega primeiro jato Legacy a cliente britânico

Avião é entregue por meio da Harrods Aviation

Paris Air Show (Le Bourget, França), 14 de junho de 2005 – A Embraer anunciou hoje a entrega do primeiro Legacy Executive registrado no Reino Unido. O avião foi entregue por meio da Harrods Aviation, representante autorizada de vendas do Legacy no Reino Unido e Irlanda. “Desde que nos tornamos representantes autorizados da Embraer no Reino Unido e Irlanda, em outubro de 2004, sentimos que a Harrods Aviation e a Embraer construíram um relacionamento muito especial, e esperamos sucesso mútuo no futuro”, disse Mike Creed, Diretor de Vendas da Harrods Aviation.
O Legacy é o maior jato executivo em termos de tamanho de cabine certificado para operar a partir do Aeroporto de London City (LCY). Partindo de LCY com oito passageiros e velocidade normal de cruzeiro, o alcance do Legacy se estende a destinos como Moscou, Cairo e Açores. “Estamos satisfeitos por entregar este Legacy a um cliente que se beneficiará do conforto de voar até seus destinos preferidos a partir de um aeroporto considerado o mais conveniente pela aviação executiva de Londres”, disse Luís Carlos Affonso, Vice-Presidente para o Mercado de Aviação Executiva da Embraer. “Outros clientes europeus já conhecem as vantagens da operação do Legacy a partir de LCY e de sua capacidade deaproximação íngreme.” O Legacy desfruta de prestígio no mercado mundial, com 52 unidades operando em 13 países. Por mais de 35 anos, a Harrods Aviation Ltd, anteriormente chamada de Metro Business Aviation Ltd, tem operado a maior rede de FBOs do Reino Unido e oferecido serviços da mais alta qualidade no país. Com instalações nos aeroportos de Luton e Stansted, ambos em Londres, a prioridade da Harrods Aviation é assegurar que seus clientes se beneficiem do melhor serviço de FBO de todo o mundo.Para mais informações sobre o Legacy, visite o endereço
www.Legacybyembraer.com.br
Fonte: Assessoria Embraer

SEGREDO DE JUSTIÇA?

Luiz Gustavo B. de Oliveira - Advogado
Todas as manhãs, como de costume, leio as colunas desse “blog” para tomar conhecimento dos fatos que aconteceram na nossa cidade. Na seção “Notícias da Prefeitura”, me interessei pelo título “Liminar garante à Prefeitura de Ubatuba bloqueio dos bens de envolvidos em fraude”. E, inicia-se a matéria “Juíza determinou também sigilo de justiça por se tratar de patrimônio público”. Continuei lendo a notícia e me surgiram as seguintes indagações: Se a Municipalidade requereu o segredo de justiça, e esse foi deferido pelo magistrado, estaria correto a Assessoria de Impressa divulgar, quase que na totalidade, o conteúdo do processo? Para que o segredo então? E se no final se provar que algum dos envolvidos é inocente? De quem será a responsabilidade? Dos órgãos de imprensa que veicularam a matéria ou da Prefeitura que enviou o “release”? Com efeito, o Segredo de Justiça é princípio que restringe a publicidade inerente aos processos, em face do interesse público, imanente a determinadas causas (art. 155, inciso I, do Código de Processo Civil). Portanto, se foi determinado o segredo, as informações contidas no processo devem restringir-se exclusivamente às partes. Se uma delas rompe esse segredo e divulga detalhes do processo e o nome dos envolvidos, bem como reproduz despacho de concessão de medida liminar desvirtua de sobremaneira a aplicação desse instituto processual, expondo desnecessariamente os implicados. A apuração dos fatos deve ser conduzida com seriedade e discrição, observando-se o devido processo legal e o contraditório. Os responsáveis devem ser punidos de forma exemplar e o erário ressarcido. Promover a caça às bruxas em nome da “moralidade” pode, lá na frente, causar mais prejuízos aos cofres públicos. Lembre-se, a ineficiência também é uma imoralidade.

Filme velho

As principais diferenças entre o público e o privado situam-se no poder dos subalternos e na informação dos comandantes. Na vida pública a coisa anda como se num avião de carreira a aeromoça mudasse a rota sem que o piloto se desse conta. Nas empresas privadas, pequenas, médias ou grandes, a informação é fundamental para que os negócios fluam. Nelas, tesoureiros cuidam de sua parte e não decidem estratégias, tarefa que cabe ao dono ou ao seu preposto. Já na vida pública a coisa não é bem assim. O comandante parece um bobo, é o marido traído, o último a saber. Quem não se lembra do ex-presidente Collor, que inocente não sabia das artimanhas de seu assessor PC Farias. Agora é o "Presidente Viajante" que se vê às voltas com Delúbios e Waldomiros. Embora anônimos, eram muito importantes, não só tinham poder de comprar políticos aliados, estorquir bicheiros e decidir quais eram os partidos que deveriam receber propina, como faziam tudo sem que o presidente soubesse. O ministro da casa Civil também foi traído, não sabia de nada, seu assessor manipulava milhões sem que o ministro tivesse conhecimento. Na próxima eleição não eleja um presidente. Presidentes não sabem de nada. Vote em Waldomiros ou Delúbios, vote em assessores. Eles é que mandam. Será que ao contar essas histórias os políticos nos confundem com idiotas? Quando isso vai acabar?

Sidney Borges

Notícias do Legislativo

Boletim da Sessão da Câmara de Ubatuba de 14/06
Hugo Simeão

19ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Ubatuba, realizada no dia 14 de junho de 2005.

FORAM VOTADOS

Projetos:

Aprovado por unanimidade o PROJETO DE LEI nº 018/05, do Ver. CHARLES MEDEIROS – PSDB, que dá denominação de "Professor José Carlos Pereira" a EMEI do Centro, localizada à rua Paraná.

Retirado da pauta por motivo da ausência do autor o SUBSTITUTIVO ao PROJETO DE LEI nº 38/05, do Ver. GERSON DE OLIVEIRA - PMDB, que altera o artigo 11 da Lei 1.667/97, que dispõe sobre o comércio expansionista.

Adiado por 1 Sessão o PROJETO DE LEI nº 042/05, do EXECUTIVO, que dispõe sobre as Diretrizes Orçamentárias para elaboração do Orçamento do Município para o Exercício de 2.006.

Pedidos de informação:

Aprovado por unanimidade o PEDIDO DE INFORMAÇÃO nº 58/05, do Ver. EDILSON FELIX – PSC, sobre a situação dos 5 (cinco) módulos especiais de praia, autorizados pela Lei 1339/94, para ajudar na manutenção das entidades assistenciais do Município.

Aprovado por unanimidade o PEDIDO DE INFORMAÇÃO nº 59/05, do Ver. RICARDO CORTES – PV, cópias de todas as permissões de uso de módulos especiais instalados em nosso Município.

Requerimentos:

Aprovado por unanimidade o REQUERIMENTO nº 210/05, da Verª LUCIANA MACHADO – PDT, à Sabesp, sobre construção de estações elevatórias para o sistema de esgoto do Município.

Aprovado por unanimidade o REQUERIMENTO nº 211/05, do Verª LUCIANA MACHADO – PDT, à Sabesp, sobre o sistema de saneamento básico, em diversas ruas do bairro da Estufa I.

Aprovado por unanimidade o REQUERIMENTO nº 212/05, do Verª LUCIANA MACHADO – PDT, à Telefônica, informações sobre data prevista para instalação das linhas de telefonia fixas, no bairro do Sertão do Ingá.

Aprovado por unanimidade o REQUERIMENTO nº 213/05, do Ver. CHARLES MEDEIROS – PSDB, à Secretaria Estadual da Agricultura e Abastecimento, a doação de um trator tracionado para Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Pesa, da Prefeitura Municipal de Ubatuba.

Aprovado por unanimidade o REQUERIMENTO nº 214/05, do Ver. CLAUDIO GULLI – PMDB, à Telefônica, instalação de um orelhão comunitário, na esquina entre as ruas São Paulo e rua Amazonas, no bairro da Lagoinha.

Aprovado por unanimidade o REQUERIMENTO nº 215/05, do Ver. OSMAR DE SOUZA – PFL, à Telefônica, instalação de um orelhão na rua Paranaense, no bairro da Estufa II.

Aprovado por unanimidade o REQUERIMENTO nº 216/05, do Ver. OSMAR DE SOUZA – PFL, à Telefônica, instalação de um orelhão na rua Flamengo, no bairro da Estufa II.

Aprovado por unanimidade o REQUERIMENTO nº 217/05, do Ver. OSMAR DE SOUZA – PFL, à Telefônica, instalação de um orelhão na rua Ary Vieira, próximo ao supermercado Maná, no bairro da Estufa II.

Aprovado por unanimidade o REQUERIMENTO nº 218/05, do Ver. ROMERSON DE OLIVEIRA – PFL, à Elektro, poda de galhos de uma amendoeira na rua Elídio Pato, em frente ao nº 201, no bairro das Toninhas.

Notícia de última hora

Agência Pessonha - Califórnia – Atenção, a notícia estourou como uma bomba na Bolsa de New York. A Microsoft, a maior empresa de software do mundo foi vendida para um bicheiro boliviano por dois milhões de dólares. A transação foi feita pelo funcionário Robert Prescott, chefe do pessoal e homem de total confiança de Bill Gates, com quem chegou a dividir apartamento. Ao saber que perdera a empresa Bill Gates chorou. Ele disse que nunca autorizou a transação e que foi traído. Entrevistado pela Agência Pessonha, Prescott disse que pretende morar em Brasília e trabalhar como lobista. Disse também que é inocente e que tudo não passa de manobra da imprensa que só quer saber de denunciar e não se preocupa em construir.

Sidney Borges

Histórias da Carochinha 1

arquivo


Ele não sabia de nada. Ignorava as artimanhas de Waldomiro e Delúbio. E o Waldomiro sabia do Delúbio? E o Genoíno, tinha conhecimento? Lula tem um álibi, estava viajando. Estou desconfiado que estão rindo da nossa cara.

Sidney Borges

Notícias da Prefeitura

divulgação

Políticos de Ubatuba visitaram a Petrobras em busca de royalties

Diretoria da Petrobrás recebe políticos de Ubatuba e promete enviar técnicos para análise de áreas

Representantes do Executivo e Legislativo estiveram no Rio para pleitear instalação da Unidade de Processamento de Gás Natural no município

Uma comitiva de Ubatuba esteve ontem na sede da Petrobrás, no Rio de Janeiro, para discutir com a diretoria de Exploração e Produção a possibilidade do município sediar a Unidade de Processamento de Gás Natural, do Campo de Mexilhão. Do diretor de Exploração e Produção, Guilherme Estrela, a equipe de Ubatuba liderada pelo prefeito Eduardo César recebeu a notícia que técnicos da Petrobrás estarão na cidade na próxima semana para avaliar as áreas que a Prefeitura apresentou durante a reunião.
Além das áreas, os técnicos da Petrobrás deverão conhecer o Cais do Porto de Ubatuba e também o aeroporto, duas vantagens importantes na corrida para sediar a base de processamento ou mesmo a base de operação da estatal. Segundo o vice-prefeito Domingos dos Santos (PT), a Petrobrás necessita de uma área de 700 mil metros quadrados, em terreno plano, que não pode estar localizada muito próxima em regiões urbanizadas e de fácil acesso ao mar. “Temos duas áreas para serem analisadas pelos técnicos da Petrobrás além da vantagem de termos um cais que pode ser adaptado e também um aeroporto que recentemente recebeu obras de melhoria no valor de R$ 2,2 milhões”, lembrou Domingos. Além do prefeito Eduardo César, do vice-prefeito Domingos dos Santos e do presidente da Câmara, Jairo dos Santos, vários vereadores e secretários municipais participaram da reunião com o diretor de Exploração e Produção Guilherme Estrela, além do pesquisador científico do Instituto Geológico, Cláudio José Ferreira. Depois dessa primeira reunião, uma parte da comitiva esteve numa reunião com Getúlio da Silveira Leite, da Superintendência de Controle das Participações Governamentais da ANP – Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis ouvindo explicações do funcionamento da legislação do pagamento de royalties. PMU



Liminar garante à Prefeitura de Ubatuba bloqueio dos bens de envolvidos em fraude

Juíza determinou também sigilo de justiça por se tratar de patrimônio público

A Juíza de Direito Ana Lia Beall concedeu liminar à Prefeitura de Ubatuba garantindo a indisponibilidade de bens de Alvelino Almeida da Cruz Junior e de sua sócia, envolvidos em fraude contra a Prefeitura, causando desfalques na folha de pagamento.
Segundo o despacho, “a liminar deve ser deferida, pois há nos autos probabilidade que, com o passar do tempo, os bens sejam dissipados, restando muito pouco ou nada para que a Prefeitura posse se ressarcir.”
Foram expedidos ofícios solicitando os bloqueios à Corregedoria Geral da Justiça do Estado de São Paulo, Receita Federal, Banespa e Bacen. Ainda segundo o despacho, a juíza determinou o sigilo dos autos nos termos do artigo 151, I do Código de Processo Civil, por se tratar de bens públicos.

A ação


A Prefeitura de Ubatuba protocolou no dia 9 de junho junto ao Fórum uma ação de Medida Cautelar Inominada contra Alvelino Almeida da Cruz Junior, ex-funcionário público municipal e de sua sócia e namorada. A ação tem como objetivo o bloqueio dos bens dos acusados e o ressarcimento dos danos causados ao patrimônio público pelos desvios ocorridos na folha de pagamento da Prefeitura. Além disso, a Prefeitura ainda solicita a condenação de Alvelino por atos de improbidade pelas condutas ilícitas lesando os cofres públicos. Segundo o Banco Banespa, a namorada e sócia do ex-funcionário aparece no relatório de pagamento nominal dos servidores do mês de dezembro de 2004.
A Prefeitura estima que deverá ser ressarcido aos cofres públicos mais de R$ 300 mil, levando em conta a média de transferências ocorridas desde outubro do ano passado.

Comissão de Sindicância

A Comissão de Sindicância nomeada pelo prefeito deverá se reunir amanhã para dar inícios aos trabalhos. Composta por três funcionários da Prefeitura – José Geraldo Ferreira da Silva, da Guarda Municipal, Ernesto Ferreira Cardoso Júnior, do Gabinete e Adriano Felix Narciso, do Centro de Processamento de Dados, a comissão terá 30 dias para apresentar o relatório conclusivo, podendo esse prazo ser estendido por mais 15 dias, caso seja necessário. Sob a presidência de José Geraldo Ferreira da Silva, a comissão poderá recorrer a Secretaria de Assuntos Jurídicos para auxílio nos trabalhos. Durante o período investigatório, a comissão é independente e cabe a ela determinar os procedimentos que serão adotados, além de não poder tornar público todo e qualquer fato apurado.

Auditoria Interna.

Nesta quarta-feira, dia 15, técnicos do IBAM - Instituto Brasileiro de Administração Municipal estarão reunidos com o Secretário de Administração Silvio Bonfiglioli Neto, para definir os trabalhos da auditoria interna, que ao lado da comissão de sindicância interna irá apurar as irregularidades na folha de pagamento da Prefeitura. PMU



Aniversário do levante do Presídio da Ilha Anchieta terá solenidades neste sábado

Evento homenageia policiais que morreram tentando evitar a fuga dos presos

A Comissão Pró-Resgate Histórico da Ilha Anchieta, entidades de classe da Polícia Militar e o Parque Estadual da Ilha Anchieta programaram para o dia 18 de junho, a solenidade do 53º aniversário do Levante do Presídio da Ilha Anchieta e o 8º Encontro dos Sobreviventes da Rebelião da Ilha Anchieta. Segundo a Comissão, a finalidade do evento é homenagear os policiais militares e civis que morreram no levante, preservar a história e com isso divulgar o turismo local. O evento conta com o apoio da Prefeitura de Ubatuba. A saída para a Ilha Anchieta está prevista para às 8h30, do Píer do Saco da Ribeira.
A programação tem início às 9h30 com um culto ecumênico, seguido de homenagem com coroa de flores na Capela do policial militar Laurindo Santa Cruz, visita às celas do presídio, exibição de filme documentário, depoimentos dos Filhos da Ilha e participação da Banda Lira Padre Anchieta com peças musicais da época. O encerramento está previsto para às 16 horas.

A História

Em 20 de junho de 1.952 na Ilha Anchieta existia uma cidadezinha em torno do presídio com mais de cem famílias. Naquele presídio havia desde os presos por vadiagem até os de alta periculosidade que vinham da Casa de Detenção e Penitenciária do Estado, no Bairro do Carandiru em São Paulo. As famílias eram respeitadas pelos presos que embora não saíssem da Ilha, saíam do presídio para trabalhar e às vezes jogar futebol na Praia da Palmas.
Mais de 180 presos liderados por mentes malignas, porém inteligentes conseguiram conquistar a confiança dos responsáveis pelo presídio, tomaram o estabelecimento, soltaram todos os 453 detentos e quase duas centenas deles conseguiram atingir o litoral causando pânico aos moradores da orla marítima.
Nessa rebelião morreram oito militares e dois civis além de mais de cem presos contando com os que, feridos, foram devorados por tubarões na travessia e os que morreram em troca de tiros com as Forças deslocadas para contê-los e recapturá-los.
As famílias sobreviventes dessa rebelião são denominadas de "Filhos da Ilha", que todos os anos voltam ao local reverenciar seus antepassados que lá tombaram. PMU



ASSU e SEMA realizam gincana em escolas na Semana do Meio Ambiente

As gincanas fizeram parte de uma série de ações que a “Associação Sócio-ambientalista Somos Ubatuba”, tem realizado em parceria com a Secretaria do Meio Ambiente

Durante os dias 9 e 10, a ASSU (Associação Sócio-ambientalista Somos Ubatuba) e a SEMA (Secretaria Municipal de Meio Ambiente) realizaram a segunda “Gincana Ecológica da Semana do Meio Ambiente”, como parte do “Programa de Ações Ecológicas” desenvolvido durante o mês de junho. As atividades aconteceram em duas escolas públicas do município de Ubatuba e envolveram mais de 750 alunos de 1ª à 7ª séries.
Os alunos desenvolveram redações com temas ecológicos, coletaram lixo, imitaram animais da Mata Atlântica, criaram canções, responderam a perguntas, e receberam mudas para plantio. Além disso, participaram interativamente da construção de um grande painel coletivo e foram convidados a darem “uma mãozinha para o meio ambiente”. Eles realizaram uma arte, imprimindo suas mãos na forma da folhagem de uma colorida árvore.
Nos dias 15 e 17, a equipe retornará às escolas para coleta de alimentos não perecíveis, que serão doados à Aldeia Boa Vista; e entrega da premiação. Segundo a oceanóloga Karina Sarilho, coordenadora do projeto, o trabalho foi um sucesso, “Pretendemos ampliar nossa equipe para atender, todas as escolas da rede pública do município numa próxima edição”. PMU



Melhor Idade de Ubatuba tem evento na Quadra da Piscina

Acontece neste domingo, 19, na Quadra da Piscina Municipal, o “Domingão da Melhor Idade”, à partir das 9 da manhã. Os monitores do projeto “Atividade Física e Cidadania” desenvolvido pela Secretaria de Esporte e Lazer esperam receber os participantes de todos os bairros onde o projeto é realizado. O encontro servirá também para apresentar as atividades desenvolvidas para quem ainda não conhece o projeto. “O projeto atende cerca de 400 pessoas em diversos bairros e vamos nos reunir para integrar os grupos que ainda não se conhecem. O grande objetivo vai além da prática esportiva, serve para aumentar o ciclo de amizades dessas pessoas”, diz Sidney Rocha, coordenador do projeto. Quem comparecer poderá aproveitar atividades como esportes adaptados, jogos de mesa, gincanas e muita diversão. PMU



Rossi Calçados assume a liderança isolada no campeonato da Escolinha de Futebol

A equipe de Rossi Calçados, que venceu o Quiosque Vovô Almiro por 3 a 1 no último sábado,11, é a única invicta no campeonato da Escolinha de Futebol Rubens Salles após quatro rodadas. Agora a equipe lidera sozinha a competição com 12 pontos ganhos. Apenas uma equipe ainda não pontuou no torneio, O Rei do Camarão, enquanto a defesa mais vazada é a do Ismael Comida Caseira, que já sofreu 17 gols. O melhor ataque pertence a equipe de Jija Locadora que já balançou a rede do adversário 18 vezes.
Resultados - Mercado 24 Horas 1 X 0 Irmãos Ribeiro, Smidi Calçados 2 X 2 Marconi, Varejão Santa Rita 5 X 1 Ismael Comida Caseira, Rei do Camarão 0 X 4 Jija Locadora, Rossi Calçados 3 X 1 Quiosque Vovô Almiro
Classificação após 4 rodadas: 1º - Rossi Calçados, 12 pts ; 2º - Irmãos Ribeiro, Jija Locadora e Vovô Almiro 9 pts.; 5º - Mercado 24 Horas, 7 pts ; 6º - Marconi e Smidi, 4 pts. ; 8º Varejão 3 pts. ; 9º Ismael, 1 pt 10º Rei do Camarão 0 pt. PMU



Ubatuba nos Jogos Abertos da Juventude

A delegação de Ubatuba que participará da fase regional dos Jogos Abertos da Juventude embarcou nesta segunda-feira, 13, rumo a Votuporanga, onde acontecerá a disputa.
Nove atletas representarão a cidade, sendo oito na Ginastica Rítmica Desportiva (GRD) e um na Natação. Chefiada por Nicrano Gomes Junior, a delegação deve permanecer em Votuporanga até sexta-feira.
A GRD compete na quarta-feira, 15, e a natação, com Antônio Pinto Neto, que disputa os 100 metros peito, na quinta-feira, 16. Nicrano acredita em bons resultados. “Os atletas vão com chances reais de medalha. Não será surpresa ver Ubatuba no pódio”, acredita o chefe da delegação. PMU



Vôlei de Ubatuba vence e vai à final na Livovali

As equipes infantil e infanto-juvenil masculino da Secretaria de Esporte e Lazer de Ubatuba, comandadas por Marcos Jardim estão na final da Livovali. No sábado, a equipe infanto-juvenil entrou em quadra e venceu Taubaté por 3 sets a 0, parciais de 25/13, 25/16 e 25/15. Na final a equipe enfrenta Mogi das Cruzes em melhor de três jogos, com a primeira partida acontecendo domingo, 19 em Mogi. O jogo de volta será no dia 25 no Tubão a partir das 15h30. Havendo necessidade, o terceiro jogo acontece no dia 28, também em Ubatuba.
No domingo, 12, foi a vez da equipe infantil vencer Caraguá, também por 3 a 0, parciais de 25/15, 25/20 e 25/15. Com a vitória Ubatuba faz a final também contra Mogi das Cruzes. A primeira partida em Mogi acontece no dia 21, sendo que o jogo de volta será dia 21, às 19:30 no Tubão. Caso necessário, a partida de desempate acontece dia 2 de julho, também em Ubatuba.
Infanto-juvenil - A equipe infantil feminino da Secretaria de Esporte e Lazer também vai a final da Taça Prata da Livovali. No sábado, 11 o time venceu Jambeiro, no jogo de volta do play-off por três sets a zero, parciais de 25/21, 25/14 e 25/13. A final será disputada em melhor de três jogos, sendo que a primeira partida acontece dia 18 em Mogi. A partida de volta está marcada para o dia 19, às 14h no Tubão. Se necessário, a terceira partida acontece dia 22, também em Ubatuba. PMU



Interbairros: a rede continua balançando em Ubatuba

A segunda rodada do Interbairros 2005 voltou a movimentar os campos nas quatro regiões de Ubatuba. A maior goleada veio do time da Estufa I que marcou 12 gols no Sumidouro.
A partida entre Maranduba e Saco da Ribeira foi anulada pela comissão organizadora, pois uma equipe não compareceu no horário marcado, e a outra, que seria benificiada com os pontos, apresentou atleta com documentação irregular. Por esse motivo a organização do torneio puniu ambas as equipes.
Confira os resultados da rodada: Jardim Carolina 0 X 6 Ipiranguinha, Valense 2 X 7 Lírio Bela Vista; Estufa I 12 X 0 Sumidouro , Perequê Açu 1 X 2 Itamambuca; Maranduba X Saco da Ribeira (jogo anulado) , Lagoinha 0 X 9 Sertão da Quina; Praia Grande 2 X 5 União dos Bairros, Silop 5 X 3 Itaguá.
Classificação: Chave A – Ipiranguinha e Lírio Bela Vista 6 pts, Valense e Vale do Sol Jardim Carolina 0 ; Chave B – Sertão da Quina 6, Lagoinha 3 , Saco da Ribeira, Rio Escuro e Maranduba 0 pts; Chave C – Estufa I 6 pts, Itamambuca e Perequê Açu 3 pts, Sumidouro 0 ; Chave D – Silop 6 pts, União dos Bairros e Itaguá 3 pts, Praia Grande 0. PMU



Dia de lazer abre Campanha do Agasalho em Ubatuba

Atividades esportivas e exposição de veículos marcarão o primeiro dia da campanha

A abertura oficial da Campanha do Agasalho 2005 em Ubatuba acontece nesta quarta-feira, 15. O Fundo Municipal de Solidariedade e seus parceiros nessa promoção estarão à partir das 9h, na Av. Iperoig com muita recreação para as crianças da região central. O trecho entre a Rua D. João III e a Rua Conceição será fechado ao trânsito no sentido Perequê Açu, para que as atividades possam ser executadas com segurança.
A Secretaria de Esporte e Lazer disponibilizará atividades como vôlei, basquete, tênis de mesa, oficina de pintura e jogos de mesa. Os parceiros do Fundo - Sabesp, Elektro, Moto Clube Cruz de Ferro, entre outros – estarão expondo seus carros de trabalho e motos. Para não atrapalhar as atividades escolares o evento será realizado até as 16 horas. Uma caixa para coleta de agasalhos ficará a disposição no local para quem quiser entregar seu donativo.
Carreata – Os preparativos para a Carreata do Agasalho, no dia 18, continuam a todo o vapor. Carros de som, cedidos pela Elektro, Sabesp e Associação Comercial devem percorrer a cidade, anunciando o percurso. A Guarda Mirim percorreu alguns bairros no sábado, 11 e já obteve bons resultados e o Posto Kamomê continua oferecendo um pão de queijo a quem colabora com a campanha. Mais informações podem ser obtidas com o Fundo Social através do telefone 3834-1055. PMU

terça-feira, junho 14, 2005

Recordar é viver

divulgação

Membros da Comissão que vai resgatar Ubatuba do transito caótico

No dia 12 de maio o Ubatuba Víbora recebeu da Prefeitura o texto que está publicado logo abaixo. Como já faz um mês, gostaríamos de saber quais foram as providências tomadas pela comissão nomeada pelo prefeito. É óbvio que o problema não será solucionado da noite para o dia. A publicação serve para lembrar que ele existe e precisa de providências concretas, além de reuniões. Publicaremos a matéria todos os meses, até que não haja mais bicicletas trafegando impunemente na contramão.

Sidney Borges

Ubatuba irá disciplinar trânsito de bicicletas

Consultor da Abraciclo esteve em Ubatuba nesta semana e sugeriu à Prefeitura contratação de especialista; cidade tem hoje um dos maiores índices de bicicleta por habitante do país

O prefeito de Ubatuba, Eduardo César (PL) nomeou uma comissão interna de estudos com o objetivo de solucionar o trânsito de bicicletas na cidade. A comissão é composta por representantes da secretaria de Arquitetura e Urbanismo, Guarda Municipal, secretaria de Meio Ambiente, Assessoria de Assuntos Comunitários, Gabinete e serviço de trânsito. A Câmara Municipal esteve representada pelo vereador Charles Medeiros. “Queremos uma solução real e um trânsito organizado para os ciclistas”, enfatizou Eduardo César.

Na última sexta-feira, 6, a comissão esteve reunida no Gabinete do Prefeito e optou por localizar um consultor especialista em trânsito de bicicletas. O contato foi feito com Moacyr Alberto Paes, diretor executivo da ABRACICLO – Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares –, que sugeriu que o assunto fosse tratado por um arquiteto urbanista. “Será necessário a elaboração de um estudo para o uso correto da bicicleta, onde se tenha maior fluidez e segurança no trânsito. Temos que conscientizar a população quanto ao uso correto da bicicleta”, explicou Paes.
Ontem, 11, a comissão e o diretor da Abraciclo estiveram nos principais pontos críticos da cidade para uma análise real do problema. “Teremos que começar com uma campanha educativa nas escolas e depois para toda a cidade. Estudaremos também a ampliação da instalação de paraciclos, ou seja, estacionamento para bicicletas no centro, onde buscaremos o apoio da iniciativa privada”, adiantou Ronaldo Lopes, chefe do serviço municipal de trânsito. Só para se ter uma noção do volume de bicicletas na cidade, em um único dia transitam no cruzamento das ruas Professor Thomaz Galhardo com Rio Grande do Sul cerca de 25 mil bicicletas, segundo estimativa do Serviço Municipal de Trânsito baseada em um levantamento realizado em 2001.
Hoje Ubatuba tem cerca de 70 mil bicicletas, segundo estimativas do serviço municipal de trânsito. E a população da cidade, segundo o IBGE está em torno de 80 mil habitantes. “Cogita-se que Ubatuba tenha hoje um dos maiores índices de bicicleta por habitante do país”, lembra Ronaldo Lopes. Os locais por onde circulam a maior parte das bicicletas são as ruas Thomaz Galhardo, Conceição, Maria Alves e Rio Grande do Sul, no centro. No Perequê-Açu a concentração está na avenida Padre Manoel da Nóbrega. No Ipiranguinha e adjacências, apesar da ciclovia, a maioria circula na rodovia Oswaldo Cruz. Na Rodovia BR 101, no trecho do trevo de Taubaté até o trevo do Indaiá também é grande o número de ciclistas. PMU

Quiosque ou osqueíte?

Eduardo Souza
Um internauta, a propósito da celeuma dos quiosques (meu Deus! Ubatuba ainda discute quiosques!...), em e-mail ao Litoral Virtual, falando pouco sobre o tema, acerta em cheio na mosca do quiosque. Diz ele: "... vou te falar uma coisa, a poucos dias fui conhecer Trindade, um pequeno vilarejo mas muito receptivo, praias maravilhosas, quiosques de bambu e sapé, tudo rústico e tipicamente caiçara. Fora de temporada ou feriado e as pousadas cheias, e tudo muito caro, recebendo um turismo de nível bem melhor que o nosso. O que você acha que as pessoas das grandes cidades vão procurar na beira da praia? Um monte de construções? Mesas e cadeiras até a beira da água ? Sons ensurdecedores? ..."
Diria a esse internauta que o grande problema de Ubatuba é o de ter feito a opção pelo turismo de massa. Desde os tempos em que o falecido Franco Montoro (o governador que fez a opção pelas pequenas obras...) construiu no Perequê-Açú aquele monstrengo, aquele pirangueiródromo que chamam de terminal turístico. E também porque a mentalidade dominante é a de botequim, de servir cachaça no balcão, para fazer o giro de caixa. Opção pelos pobres do interior, para que tenham praticamente de graça um lugar ao sol na beira da praia, em detrimento da opção que deveríamos ter pelos pobres nativos ou nativos pobres.
Lembro-me de que um turista, de nacionalidade estrangeira, que costumava freqüentar Ubatuba e se encantava de ver a pesca de arrasto e os ranchos de pescadores que havia na praia do Cruzeiro, nas proximidades do aeroporto, ficou indignado quando soube que a prefeitura os havia demolido. Mais condizente com a nossa mentalidade é o parquinho do Trombini, aquelas maravilhosas barracas de "artesanato" cobertas de plástico azul e os charmosos carrinhos de cachorro-quente. Só falta construir na orla da praia uma arena de touros e trazer as duplas sertanejas. Ta na moda, e aposto que não faltarão técnicos em turismo e marqueteiros de plantão para venderem a idéia aos nossos políticos.
A não ser que de inequívoca e extrema necessidade ao bem estar público, não é racional instalar entre a paisagem e o homem qualquer tipo de anteparo que o impeça de apreciá-la. Paisagens existem, principalmente em cidades que têm na natureza o seu maior atrativo, para que os homens as contemplem de pé ou sentado. Na orla da praia, qualquer componente urbanístico que não esteja dentro desse contexto e que seja estranho à história e à cultura nativa, àquilo que caracteriza a localidade e a diferencia das demais, deve ser repudiado. Isso é o óbvio. Mas o óbvio nestas plagas... Essa discussão sobre quiosque, no debutar do século vinte é um pé no... , digo, dá osqueíte.
Fonte: O Guaruçá

Charles Medeiros vistoriou ponte na Maranduba

divulgação

Construída com tecnologia primitiva, a ponte precisa ser substituída

Em visita a região Sul no último dia 08, o vereador Charles Medeiros vistoriou a ponte sobre o Rio Maranduba, que se encontra em péssimas condições de uso. Moradores solicitaram ao vereador colaboração no intuito de solicitar uma ponte nova e segura. Em Fevereiro de 2002, Medeiros encaminhou ao então secretário de Transportes, Eliseu Padilha, uma solicitação nesse sentido.
Nas últimas chuvas, a situação agravou-se e muitos moradores têm de dar uma longa volta, andar mais de seis quilômetros para chegar à escola daquela localidade.
Em 8 de março último, Medeiros colocou em votação na Câmara Municipal um Requerimento de número 84/05, que foi aprovado por unanimidade e que versa sobre a solicitação feita à Casa Civil do Estado. A cidade aguarda respostas.
“É uma solicitação legítima e tem todo o apoio deste vereador, estou entrando em contato com a Casa Civil para agendar uma conversa com o Secretário”, comentou Medeiros.
Fonte: Assessoria Charles Medeiros
 
Free counter and web stats